Carregando...

Alerta!

logo Carta aberta de PMs lamenta nomeações e promete vigilância no PR - Notícias - AN Notícias Carta aberta de PMs lamenta nomeações e promete vigilância no PR - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 19 de Junho de 2019

SAIBA MAIS

Dia do Vigilante - Dia do Cinema Brasileiro -
03/06/2019 03h10

Carta aberta de PMs lamenta nomeações e promete vigilância no PRO documento lembra que os militares estaduais representam mais de 70% do efetivo policial do estado

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

As quatro principais associações que congregam policiais militares da ativa e inativos do Paraná lançaram nesta noite (domingo, 3) Carta Aberta em que manifestam “desapontamento” em relação “às recentes nomeações para a Secretaria de Estado da Segurança Pública”. Referem-se à nomeação assinada pelo governador Ratinho Jr. de um oficial do Exército para o posto de secretário (coronel Rômulo Marinho) e de outro coronel (Pedro Stonoga) para a diretoria-geral em detrimento de nomes da PMPR.

A Carta Aberta é subscrita pela Associação dos Oficiais Militares e Bombeiros do Paraná (Assofepar), Associação da Vila Militar (AVM), Associação de Defesa dos Direitos de Policiais Militares Ativos e Inativos (Amai) e pela Sociedade Beneficente dos Subtenentes e Sargentos (SBSS).

O documento lembra que os militares estaduais representam mais de 70% do efetivo policial do estado e serem os únicos profissionais de segurança pública presentes em todos os 399 municípios do Paraná e reponsáveis pela grande maioria dos atendimentos de emergência da população. Apesar disso, “foram relegados a segundo plano, por ocasião da composição da SESP”, afirma a Carta.

Por fim, as associações afirmam que realização várias reuniões conjuntas nos próximos dias, “especialmente com autoridades do Poder Executivo e Legislativo” e que manterá “vigilância permanente para que a segurança da população não seja prejudicada”.