Carregando...

Alerta!

logo Paraná teve a mais alta taxa de mortes por Covid-19 no país na última semana - Notícias - AN Notícias Paraná teve a mais alta taxa de mortes por Covid-19 no país na última semana - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 16 de Setembro de 2021

SAIBA MAIS

Dia de São Cipriano - Dia Internacional da Paz - Dia de São Cornélio - Dia da Preservação da Camada de Ozônio -
14/07/2021 09h21

Paraná teve a mais alta taxa de mortes por Covid-19 no país na última semanaParaná ainda é o estado com a maior média móvel de mortes por 100 mil habitantes entre todas as unidades da federação

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Mesmo tendo registrado nos últimos sete dias reduções no número de casos novos de Covid-19 e também na taxa de contágio da doença, o Paraná ainda é o estado com a maior média móvel de mortes por 100 mil habitantes entre todas as unidades da federação.

Segundo dados do Farol Covid, extraídos ontem, o estado havia registrado nos últimos 7 dias uma média móvel de óbitos por 100 mil habitantes de 1,48, bem acima da média verificada no Mato Grosso do Sul (0,89) e em São Paulo (0,79).

Na última semana, entre 7 e 13 de julho, a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) divulgou um total de 1.261 falecimentos em decorrência de complicações causadas pela doença pandêmica. Na semana anterior (entre 30 de junho e 6 de julho), haviam sido divulgados 1.180 óbitos.

Quanto aos casos novos, a média móvel (últimos sete dias) por 100 mil habitantes foi de 28,35 no Paraná, a quarta maior taxa do país. Ainda assim, trata-se de um número menor do que o verificado na semana anterior aqui no estado (38,81 casos novos por 100 mil habitantes). Em números absolutos, numa semana a Sesa divulgou 22.164 novas contaminações pelo novo coronavírus e, na outra, 29.435.

Por fim, o estado também teve uma queda na taxa de contágio, que passou de 1,44 para 0,84, o que significa uma tendência de arrefecimento da pandemia, com redução na quantidade de novas contaminações. Se na última semana (dia 7) o estado apresentava a segunda maior taxa de contágio do país, hoje já fica na 20ª posição.

Médias móveis e taxas de cada estado

Unidades da federação com maior média móvel de novos casos por 100 mil habitantes

Roraima: 43,65
Mato Grosso: 35,42
Santa Catarina: 31,30
Paraná: 28,35
Tocantins: 27,28
Unidades da federação com maior média móvel de óbitos por 100 mil habitantes

Paraná: 1,48
Mato Grosso do Sul: 0,89
São Paulo: 0,79
Tocantins: 0,74
Roraima, Minas Gerais e Mato Grosso : 0,68
Unidades da federação com maior taxa de contágio
Roraima: 1,01
Maranhão: 1,00
Alagoas: 1,00
Distrito Federal: 0,96
Amazonas: 0,96

Fonte: Coronacidades – Farol Covid. Dados extraídos em 14/07/21

Fonte: AN Notícias com Bem PR

Galeria de Imagens