Carregando...

Alerta!

logo Depois da China, Chile e Egito também vão reabrir os mercados para as carnes do Brasil - Notícias - AN Notícias Depois da China, Chile e Egito também vão reabrir os mercados para as carnes do Brasil - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 19 de Setembro de 2018

SAIBA MAIS

Semana do Trânsito - Dia da Escola Bíblica - Dia do Ortopedista - Dia de São Januário - Dia do Comprador -
27/03/2017 12h24

Depois da China, Chile e Egito também vão reabrir os mercados para as carnes do BrasilApós a China anunciar que retomou as importações de carnes brasileiras, Chile e Egito também voltaram a negociar com o Brasil

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Após a China anunciar que retomou as importações de carnes brasileiras, Chile e Egito também voltaram a negociar com o Brasil. Os dois países vão passar a receber novamente o alimento brasileiro, exceto dos 21 frigoríficos investigados pela Operação Carne Fraca. Ambos tinham declarado a suspensão de todas as empresas do país.

Na manhã deste sábado (25), o Ministério da Agricultura, havia confirmado a decisão da China de abrir o mercado para a carne brasileira.

A União Européia ainda mantém a restrição para o produto exportado pelo Brasil dos estabelecimentos citados pela Polícia Federal. A UE movimentou em 2016 US$ 1,75 bilhão na importação de carne brasileira.

O Chile suspendeu a decisão após inspetores chilenos terem visitado o Brasil, para conhecer a condição sanitária dos principais frigoríficos exportadores. Em 2016, o Chile importou US$ 441 milhões em carnes do Brasil.

Já o Egito anunciou que, apesar de retomar as negociações, as remessas estarão sujeitas a checagens no país de origem e na chegada. No ano passado, US$ 683 milhões em carnes foram importados pelo Egito.

Fonte: AN Notícias com PR UOL

Galeria de Imagens