Carregando...

Alerta!

logo Alinhamento de Marte com a Terra traz tensões; entenda - Notícias - AN Notícias Alinhamento de Marte com a Terra traz tensões; entenda - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 21 de Junho de 2018

SAIBA MAIS

Dia da Música -
09/04/2014 08h49

Alinhamento de Marte com a Terra traz tensões; entendaMarte muito próximo do nosso Planeta nunca indica uma coisa boa, diz astróloga

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
Desde o ano de 2011, todos nós, como indivíduos e coletivamente, temos enfrentado tensões e dificuldades, situações que fazem parte do resultado de um difícil aspecto entre Urano e Plutão, dois planetas que atingem nossa vida. Podemos dizer que esses dois planetas quando unidos, possuem o enorme poder de desencadear mudanças importantes e efetivas.

Sabemos que vivemos momentos de intensas transformações, muitas vezes desencadeadas pelas perdas pessoais, mudanças de valores e dificuldade de adaptação a um novo estilo de vida, que quase sempre é imposto por uma força maior do que nós mesmos. Podemos dizer que todos passamos por processos cármicos, ou seja, situações que fogem do nosso controle, estimulando profundamente a expansão de nossas consciências e evolução de nossas almas.

Pois essa é a tarefa desses dois planetas, eles são responsáveis por acontecimentos pessoais e coletivos que fogem do nosso controle. Urano em Áries e Plutão em Capricórnio formam uma quadratura, um aspecto de 90º entre si. Isso atinge os signos de Áries, Libra, Câncer e Capricórnio, signos que venho dia após dia pedindo paciência e fé, pois, neste momento, são os mais atingidos.

Apesar destes signos mencionados acima serem os mais atingidos, todos nós somos afetados de alguma forma. Com a entrada de Marte em Libra, signo envolvido nessa poderosa e difícil dança entre planetas, temos mais uma quadratura com Plutão e uma oposição, que é mais um aspecto tenso que mobiliza esses quatro planetas. Júpiter, que se encontra no signo de Câncer, ajuda ainda mais na expansão da tensão, apesar de ser um planeta benéfico, que muitas vezes nos protege de tensões ainda maiores. Marte entrou no signo de Libra em Dezembro de 2013 e como vocês bem sabem, desencadeou situações bastante difíceis, especialmente nos dias das festas de final de ano.
 

Neste momento e até o final de Julho, Marte continua no signo de Libra e hoje ele se alinha com o Sol e o Planeta Terra. Marte muito próximo do nosso Planeta nunca indica uma coisa boa, pois como ele é um planeta de luta e de guerra, e ainda mais unido de maneira tensa a Urano e Plutão, podemos esperar por enormes tensões em nossas vidas individuais e coletivas. Que os tempos são de mudanças, todos nós sabemos, mas este mês de abril, traz as mudanças quadruplicadas, por esses difíceis aspectos e mais dois eclipses, que também são eventos que apontam para mudanças.

O eclipse que vai acontecer no dia 15 de abril carregará consigo essas tensas energias envolvendo os quatro planetas já citados e essas mudanças se estenderão por aproximadamente dois anos.

Mas especialmente nesta terça-feira (8), com esse alinhamento de Marte com a Terra, podemos esperar uma carga a mais de energias que devemos tentar dominar, pelo menos no que diz respeito ao pequeno espaço que vivemos, entre os que amamos e as pessoas que convivemos mais diretamente

Como Marte está no signo de Libra, os relacionamentos serão intensa e profundamente testados. Orações e muita meditação são necessárias, assim como a auto consciência, pois somente ela poderá nos conduzir a um mundo melhor. Em um tempo de quaresma, que antecede a Páscoa cristã e o Pessach judaico, passamos pelo deserto como o próprio Cristo, e arquetipicamente como ele, estamos sendo testados.

Por isso, autocontrole sobre nossa sombra e abertura do coração para a evolução de nossas almas são nossas tarefas nestes próximos dias.

Vivemos um momento designado pelos indianos de Kali Yuga, a era de Kali, a deusa escorpiana, com muitas facetas que traz a escuridão e as mudanças necessárias à Terra para que uma Nova Era possa despontar. É muito claro que ainda não estamos na Era de Aquário, tão esperada por todos, e acredito que ainda temos aproximadamente um século para entrarmos nela.

Até o dia 20 de abril, essas energias estarão bastante latentes. Depois disso, com a entrada do Sol no signo de Touro e com um eclipse nesse mesmo signo, poderemos voltar a respirar aliviados por algum bom tempo.

 

Fonte: Terra

Galeria de Imagens