Carregando...

Alerta!

logo Nasa anuncia planeta parecido com a Terra e com condições para abrigar vida - Notícias - AN Notícias Nasa anuncia planeta parecido com a Terra e com condições para abrigar vida - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 12 de Dezembro de 2018

SAIBA MAIS

Aniversário de Belo Horizonte - Dia da Bíblia - Dia de Nossa Senhora de Guadalupe Dia de Santa Dionísia -
24/07/2015 12h06

Nasa anuncia planeta parecido com a Terra e com condições para abrigar vidaO novo corpo é cerca de 60% maior do que o de nosso planeta

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Cientistas usando o telescópio Kepler, da Nasa, encontraram um planeta fora do sistema solar que é parecido com a Terra. O novo corpo, que é cerca de 60% maior do que o de nosso planeta, está localizado a 1.400 anos-luz de distância na constelação de Cygnus, anunciaram os astrônomos da agência espacial norte-americana nesta quinta-feira (23).

O Kepler-452b foi bastante comemorado pois está dentro da chamada "área habitável" -- ele orbita uma estrela como o sol e está a uma distância em que é possível haver água em sua superfície, condição fundamental para abrigar vida.

"No 20º. aniversário da descoberta de que outros sistemas solares podem hospedar planetas, o telescópio Kepler descobriu o planeta e a estrela que mais se assemelham à Terra e ao Sol", disse o administrador de missões científicas da Nasa, John Grunsfeld. "Essa descoberta empolgante nos deixa um passo mais perto de achar uma Terra 2.0", afirmou.

O "primo da Terra", como foi chamado pelos cientistas, tem um diâmetro 60% maior do que o de nosso planeta. Apesar de sua massa e composição não terem sido determinadas, acredita-se, devido a pesquisas anteriores, que tenha boa chance de ter solo rochoso.

Embora seja mais largo, o novo planeta tem uma órbita de 385 dias que é apenas 5% maior que a da Terra. Além disso, está distante de seu sol (a estrela Kepler-452) apenas 5% a mais do que nosso planeta está do nosso sol.

Cabe avaliar que a Kepler-452 é muito parecida com a nossa estrela -- tem a mesma temperatura e diâmetro apenas 10% superior.

"É inspirador considerar que o Kepler-452b passou 6 bilhões de anos na zona habitável de seu sol, tempo maior do que a Terra. É uma oportunidade substancial para a vida se desenvolver. Tem todos os ingredientes e condições para a vida existir neste planeta", disse o cientista e um dos líderes da missão da Nasa Jon Jenkins.

Com a nova descoberta, chega a 1.030 o número de planetas conhecidos pelos cientistas.

Fonte: AN Notícias com Agências

Galeria de Imagens