Carregando...

Alerta!

logo 4,6 toneladas: PRF faz maior apreensão de maconha do ano no PR - Notícias - AN Notícias 4,6 toneladas: PRF faz maior apreensão de maconha do ano no PR - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 15 de Setembro de 2019

SAIBA MAIS

Dia do Cliente - Dia da Independência da América Central - Dia do Musicoterapeuta - Dia de Nossa Senhora das Dores -
09/09/2019 02h44

4,6 toneladas: PRF faz maior apreensão de maconha do ano no PRDois paraguaios foram presos em flagrante, neste domingo (8), em Céu Azul, no oeste do Paraná, transportando mais de 4,6 toneladas de maconha

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
Dois paraguaios foram presos em flagrante, neste domingo (8), em Céu Azul, no oeste do Paraná, transportando mais de 4,6 toneladas de maconha (4.632 kg). Essa foi a maior apreensão de maconha do ano feita no estado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal).

A droga foi encontrada em um caminhão-tanque abordado na BR-277. Foram detidos o motorista, de 46 anos, e o passageiro, de 21 anos.

Durante a abordagem, os policiais rodoviários federais desconfiaram dos paraguaios e decidiram fazer uma inspeção minuciosa no caminhão, que deveria estar transportando uma carga de óleo vegetal.

Os fardos que escondiam a droga só foram encontrados dentro de um compartimento secreto. Os agentes federais usaram ferramentas desencarceradoras para cortar e expandir o tanque.

Ao se depararem com uma grande quantidade de maconha, a PRF acionou o apoio da concessionária, do Corpo de Bombeiros e do Exército. A pesagem, que totalizou 4.632 kg, foi concluída na noite deste domingo, horas depois da apreensão.
 

Maior apreensão de maconha do ano

Até então, a maior apreensão de maconha no Paraná havia sido realizada no dia 13 de junho. Na ocasião, 1,8 tonelada foi apreendida em um ônibus escolar de Alto Paraíso, na divisa com o Mato Grosso do Sul.

Aos policiais rodoviários federais, os paraguaios presos em flagrante informaram que trouxeram a maconha do país vizinho. A carga ilícita seria levada, a princípio, até Cascavel, na região oeste do Paraná. O destino final não foi revelado.

Por se tratar de um caso de tráfico internacional de droga, a investigação foi repassada à PF (Polícia Federal) de Foz do Iguaçu, na fronteira com o Paraguai. Os paraguaios seguem detidos.

 

Fonte: AN Notícias com PR UOL

Galeria de Imagens