Carregando...

Alerta!

logo Está preso na Cadeia Pública de Apucarana, Lucas David Ferreira Pinto, de 18 anos, que na madrugada do dia 31 de dezembro matou a tiros o segurança Claudinei Ockner - Notícias - AN Notícias Está preso na Cadeia Pública de Apucarana, Lucas David Ferreira Pinto, de 18 anos, que na madrugada do dia 31 de dezembro matou a tiros o segurança Claudinei Ockner - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 15 de Junho de 2021

SAIBA MAIS

Dia do Paleontólogo - Dia do Acre -
03/01/2008 07h52

Está preso na Cadeia Pública de Apucarana, Lucas David Ferreira Pinto, de 18 anos, que na madrugada do dia 31 de dezembro matou a tiros o segurança Claudinei OcknerRapaz confessa assassinato de segurança da Fusion Bar em Apucarana.

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
Está preso na Cadeia Pública de Apucarana, Lucas David Ferreira Pinto, de 18 anos, que na madrugada do dia 31 de dezembro matou a tiros o segurança Claudinei Ockner, de 24 anos, que trabalhava no Bar-Boate Fusion, área central da cidade. Ele agiu em companhia de um adolescente de 17 anos, dono da pistola 6.35 milímetros, utilizada para cometer o crime. O assassinato teria sido por vingança, uma vez que o autor foi flagrado utilizando de substância entorpecente no interior do banheiro do estabelecimento e retirado à força do local. O adolescente havia deixado em um terreno baldio a pistola que portava e a entregou a Lucas Ferreira Pinto, que ficou à espera no segurança nas proximidades. Quando Ockner estava na porta do estabelecimento, acompanhando a saída dos clientes, foi alvejado com dois tiros, morrendo no local.
Fonte: Agências

Galeria de Imagens