Carregando...

Alerta!

logo Preso foge de cela superlotada, mas toma bronca da mãe e volta à delegacia de Uber - Notícias - AN Notícias Preso foge de cela superlotada, mas toma bronca da mãe e volta à delegacia de Uber - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 15 de Setembro de 2019

SAIBA MAIS

Dia do Cliente - Dia da Independência da América Central - Dia do Musicoterapeuta - Dia de Nossa Senhora das Dores -
30/08/2019 05h12

Preso foge de cela superlotada, mas toma bronca da mãe e volta à delegacia de UberOutro fato que chamou a atenção da polícia foi que o suspeito tentou entrar na cela com um celular nas costas

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Um homem voltou à cadeia superlotada em Ibiporã, na região norte do Paraná, por orientação da mãe. O rapaz participou de uma fuga com outros 50 presos na última terça-feira (27), mas acabou voltando à delegacia de Uber, depois de não ter sido aceito na casa da família.

Outro fato que chamou a atenção da polícia foi que o suspeito tentou entrar na cela com um celular nas costas, grudado com fita crepe.

“Segundo o relato do próprio preso, ele teria chegado foragido e a mãe não aceitava ele porque achava que ia correr risco dele estar ali. Como ela também tem filhos pequenos e netos, achou que poderia gerar um risco para esse pessoal”, conta o delegado Vitor Dutra de Oliveira.

“É uma situação inusitada. Ele pediu um Uber, chegou na delegacia e ao fazer a revista pessoal, foi encontrado um celular, grudado com fita crepe, nas costas”, completa o delegado.

Homem é preso no PR suspeito de estuprar a própria filha, filmar e divulgar vídeos na internet CARCERAGEM SUPERLOTADA

A carceragem da Polícia Civil em Ibiporã, na Região Metropolitana de Londrina, sofre com a superlotação. A prisão tem capacidade para 35 presos, mas estava abrigando 195 pessoas. Ou seja, o número de detentos era seis vezes maior do que o normal.

“Mesmo com a fuga, a carceragem tem quase que quatro vezes mais o número de presos que devia conter. É muito difícil essa situação e dificulta a fiscalização. O pátio de sol fica muito próximo à rua e, muitas vezes, arremessam objetos para dentro da carceragem”, completa o delegado Oliveira.

12 dos fugitivos já foram recapturados e outros 37 estão foragidos. Outros dois acabaram falecendo em confronto com a polícia no município de Sertanópolis, próximo de Ibiporã, após terem cometido um roubo em um sítio.

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) pede para que a população da região ajude na recaptura os criminosos. Denúncias (anônimas ou não) podem ser feitas pelo 190, 191 ou 187.

GOVERNO

Em resposta à reportagem sobre a superlotação, a SESP (Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná) diz estar “ciente do problema histórico de superlotação nas carceragens das delegacias do Estado”.

De acordo com a nota, a Cotransp autoriza a transferência de presos de delegacias para o sistema prisional semanalmente. Entretanto, as vagas só são abertas com a saída de presos e, para isso, é preciso autorização do Poder Judiciário.

Além disso, lembrou que obras construção e ampliação de unidades prisionais estão em andamento. “Serão abertas mais de 6 mil novas vagas, tornando possível a remoção dos presos que estão custodiados em delegacias da Polícia Civil”, completa.

Fonte: AN Notícias com PR UOL