Carregando...

Alerta!

logo João Arruda defende aliança do MDB com PDT e PSB em 2020 e 2022 - Notícias - AN Notícias João Arruda defende aliança do MDB com PDT e PSB em 2020 e 2022 - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 23 de Outubro de 2019

SAIBA MAIS

Dia da Aviação Brasileira - Dia da Répública - Dia de Chulalongkorn - Dia de São Severino - Dia Mundial da Informação -
06/10/2019 02h01

João Arruda defende aliança do MDB com PDT e PSB em 2020 e 2022O presidente do MDB do Paraná, João Arruda, defendeu neste domingo, 6, em Brasília a aliança do partido com o PDT e o PSB

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

O presidente do MDB do Paraná, João Arruda, defendeu neste domingo, 6, em Brasília a aliança do partido com o PDT e o PSB nas eleições municipais de 2020 e nas eleições de 2022. “O MDB precisa ser protagonista. Eu ouvi falar em aliança, que o MDB vai apoiar esse ou aquele partido, não! É o MDB que tem que ser apoiado por outros partidos”, disse durante a convenção nacional do partido.

 

Mesmo com protagonismo, João Arruda disse ainda que o partido precisa definir o campo de alianças nas duas próximas eleições em 2020 (a prefeito e a vereador) e 2022 (deputado estadual, deputado federal, governador, senador e presidente). “É preciso definir o nosso campo (de alianças), dialogar com outros partidos, mas não podemos ficar isolados. Eu defendo a tese, sem olhar para trás com rancor ou ressentimento, que podemos estar alinhados em um projeto político junto com o PDT e PSB”.

“É que eu defendo aqui (na convenção nacional), é o que eu vou defender no meu estado (Paraná), longe do palanque do ódio, planejar um futuro, ter humildade para reconhecer os erros e, sobretudo, (ter) sabedoria”, completa.

João Arruda disse ainda que o partido precisa “renovar ideias, trazer novo fôlego para quadros (partidários)”. “Com a força de quem já combateu a ditadura, de quem tem história, mas que precisa seguir adiante”.

Neste domingo, o MDB vai eleger o deputado Baleia Rossi (SP) como presidente e o deputado Gabriel Souza (RS) como secretário-geral. O governador Ibaneis Rocha (DF) vai compor executiva e João Arruda, atual vice-presidente nacional, deve continuar na mesma função.

Fonte: AN Notícias com Blog Fábio Campana

Galeria de Imagens