Carregando...

Alerta!

logo Nova campanha do Governo vai comparar Temer a Tite, diz jornal  - Notícias - AN Notícias Nova campanha do Governo vai comparar Temer a Tite, diz jornal - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 21 de Junho de 2018

SAIBA MAIS

Dia da Música -
20/10/2017 01h12

Nova campanha do Governo vai comparar Temer a Tite, diz jornal O Governo Federal quer melhorar a imagem do presidente Michel Temer

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

O Governo Federal quer melhorar a imagem do presidente Michel Temer. Com apenas 3% de aprovação, segundo pesquisa realizada em setembro pelo Ibope, a ideia agora é comparar os feitos do atual presidente da república aso feitos do técnico da Seleção Brasileira Tite. A informação é do Blog de Andreza Matais, do Estado de São Paulo.

A campanha, que terá início nas redes sociais em dez dias, fará um paralelo entre a recuperação da seleção brasileira após a chegada de Tite e o momento da economia brasileira após Temer assumir a presidência. Dado curioso é que o treinador estreou na equipe canarinho dia 1º de setembro do ano passado, um dia depois da aprovação do impeachment de Dilma Rousseff no Senado, o que fez com que Temer passasse a ser oficialmente presidente do Brasil (de abril a agosto, período em que o processo de impeachment esteve aberto, Temer ocupou o cargo de forma interina).

O Governo também irá comparar Dilma Rousseff a Felipão e fará alusão à derrota para a Alemanha por 7 a 1 na semifinal da Copa do Mundo de 2014. As peças da campanha mostrarão um ranking com mais de 7 mil obras paradas que Temer herdou do governo de Dilma.

Números de Tite na Seleção Brasileira

Após a eliminação na primeira fase da Copa América Centenário, em junho de 2016, Dunga foi demitido do comando da seleção brasileira. Para seu lugar, o técnico, então no Corinthians, Tite foi contratado. À época, o Brasil estava em sexto lugar nas Eliminatórias para a Copa do Mundo e fora da zona de classificação para o Mundial.

A estreia do novo treinador foi no dia 1º de setembro, contra o Equador, na altitude de Quito. A vitória por 3 a 0 iniciou uma série de nove vitórias consecutivas, que só foi ser encerrada com a derrota por 1 a 0 no amistoso contra a Argentina em junho deste ano. O time canarinho se classificou para a Copa do Mundo com quatro rodadas de antecedência e garantiu o primeiro lugar das Eliminatórias, com dez pontos de vantagem sobre o Uruguai, segundo colocado. Em 12 jogos à frente da seleção, o técnico tem 12 vitórias, dois empates e uma derrota, com 33 gols marcados e apenas três sofridos.

Fonte: AN Notícias com MSN Brasil

Galeria de Imagens