Carregando...

Alerta!

logo Garota vai parar no hospital ao brincar com espíritos - Notícias - AN Notícias Garota vai parar no hospital ao brincar com espíritos - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 11 de Agosto de 2020

SAIBA MAIS

Dia da Consciência Nacional - Dia da Pintura - Dia do Empregado - Dia do Garçom - Dia do Direito e do Advogado -
25/06/2014 08h15

Garota vai parar no hospital ao brincar com espíritosUma garota mexicana foi levada às pressas para o hospital ao apresentar um comportamento esquisito

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Uma garota mexicana foi levada às pressas para o hospital ao apresentar um comportamento esquisito depois de brincar com uma tábua Ouija. O caso aconteceu na cidade mexicana de San Juan Tlacotenco, no sudoeste do país.

A tábua Ouija é uma placa de madeira com letras e números gravados. Ela vem acompanhada de um ponteiro que percorre a tábua formando palavras e frases. Os participantes da sessão colocam os dedos sobre o ponteiro e, se houver algum espírito presente, acredita-se que é possível trocar mensagens com o além.

Alexandra estava brincando com uma tábua Ouija, juntamente com seus dois irmãos, quando um espírito maligno teria aparecido e possúído o corpo da garota. Um vídeo do Daily Mail mostra o momento em que Alexandra é colocada na ambulância, fora de si e emitindo grunhidos.

No Brasil, há uma variante conhecida como a brincadeira do copo, em que um copo faz as vezes do indicador para as respostas.

Do além

Especialistas em assuntos mediúnicos alertam que o uso de tábuas Ouija é perigoso e dão dicas de como se proteger de algum espírito maligno. Entre elas: não usar a tábua sozinho; não deixar que os espíritos levem o ponteiro para fora da tábua (assim ocorre a possessão); se o ponteiro se mover para os quatro cantos da tábua, o espírito é maligno; não usar o tabuleiro quando estiver cansado, doente ou sob efeito de drogas; e nunca irrite o espírito fazendo perguntas idiotas ou sobre o futuro.

E o principal: nunca queime um tabuleiro Ouija. Se o fizer, terá apenas mais 36 horas de vida.

No creo em brujas, pero...

Religião

A igreja católica e os evangélicos geralmente são críticos em relação o uso de tábuas Ouija, brincadeiras do copo e afins. A recomendação é que seus fiéis não participem desse tipo de "brincadeira".

Uma história particular

Corria o ano de 1987. Um grupo de internos do Colégio Militar de Curitiba resolveu fazer a "brincadeira do copo". Algo deu errado e um dos participantes começou a agir estranhamente, babando e batendo nas paredes. De vez em quando, soltava um grito. Os colegas acreditavam que ele estava possúído por algum espírito que foi invocado na sessão.

Não participei desse evento, apenas fiquei sabendo da história. O colega em questão era um dos melhores alunos do colégio e, durante algumas semanas, ficou realmente esquisito, falando coisas desconexas e apresentando um olhar constantemente esgazeado.

Levaram o rapaz para uma igreja, onde recebeu uma bênção e, ao que tudo indica, ele voltou ao normal. Hoje é oficial das forças armadas.

O que comentaram na época é que, após a brincadeira, não quebraram o copo usado na sessão e isso teria motivado o espírito a possuir um dos participantes.

O colega nunca mais participou desse tipo de brincadeira e não comenta sobre o assunto.

 

Fonte: AN Notícias com Daily Mail

Galeria de Imagens