Carregando...

Alerta!

logo Cerveja fatal: sobem para 10 os casos de doença oriunda da cerveja em Minas Gerais - Notícias - AN Notícias Cerveja fatal: sobem para 10 os casos de doença oriunda da cerveja em Minas Gerais - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 06 de Abril de 2020

SAIBA MAIS

Páscoa - Dia de São Guilherme -
10/01/2020 10h34

Cerveja fatal: sobem para 10 os casos de doença oriunda da cerveja em Minas GeraisPolícia Civil esteve na sede da cervejaria Backer, na tarde desta quinta-feira, em Belo Horizonte

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Subiram para 10 os casos de pessoas com síndrome nefroneural na Grande Belo Horizonte. A informação foi divulgada pela força-tarefa criada para lidar com a situação na tarde desta sexta-feira (10). Antes do comunicado, oito pessoas eram acometidas pela mazela. Uma delas morreu.  Ainda de acordo com a operação, até o momento, três pacientes internados passaram por exames sanguíneos para verificar a presença do composto orgânico dietilenoglicol. Os resultados foram todos positivos.  Com isso, o tratamento dado pelos hospitais aos pacientes também deve mudar. Portanto, um novo protocolo clínico para intoxicação por dietilenoglicol será divulgado pelas autoridades.   

Além disso, a operação afirmou que novos lotes da cerveja Belorizontina, produzida pela Backer, continuam em análise.  O comunicado acontece um dia depois da Polícia Civil e o Ministério Público, por meio do Procon, informarem que o composto orgânico também conhecido como éter de glicol foi encontrado dentro de garrafas da cerveja Belorizontina da Backer.   Em caso de ingestão, a substância causa efeitos compatíveis aos sintomas sentidos pelos sete pacientes internados nos hospitais da capital mineira e sua Região Metropolitana. 

Contudo, as autoridades ainda não ligam, necessariamente, a cervejaria aos casos. Isso porque não há evidências sobre como o éter de glicol foi parar dentro das garrafas. O inquérito continua apurando o caso.   A corporação também disse que os consumidores devem entregar as cervejas do rótulo Belorizontina exclusivamente para a vigilância sanitária de BH. Nesta sexta, a Backer chegou a se colocar à disposição para recolher as garrafas.

Fonte: AN Notícias com MSN Brasil

Galeria de Imagens