Carregando...

Alerta!

logo Asus “turbina” Zenfone e aposta em preço agressivo para roubar mercado - Notícias - AN Notícias Asus “turbina” Zenfone e aposta em preço agressivo para roubar mercado - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 28 de Novembro de 2020

SAIBA MAIS

Dia do Soldado Desconhecido - Dia de São Rufo -
21/08/2015 12h57

Asus “turbina” Zenfone e aposta em preço agressivo para roubar mercadoZenfone 2, que chega com novos recursos e design diferenciado, será vendido a partir de R$ 1.299 no Brasil

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Depois de uma bem-sucedida entrada no mercado brasileiro, no fim do ano passado, a Asus lançou oficialmente nesta quinta-feira (19) o novo modelo da sua linha de smartphones Zenfone, que registrou 1,5 milhão de unidades vendidas no mundo no quarto trimestre de 2014. Ao contrário dos aparelhos anteriores, que habitavam a categoria dos celulares intermediários, o Zenfone 2 chega com a missão de bater de frente com tops de linha de outras marcas, como Samsung e Apple.

O hardware e o visual são os quesitos que de cara diferenciam o aparelho dos seus antecessores, o Zenfone 5 e 6. O novo modelo vem com a traseira reformulada, com um corpo curvo que favorece a pegada na mão e uma tampa que imita aço escovado, nas cores prata, preto, vermelho e dourado – o material, porém, segue sendo de plástico, apenas com acabamento em metal.
 

Outra diferença está na posição das teclas de volume, que foram parar na traseira, embaixo da câmera, e ganharam um visual chamativo, com o mesmo acabamento em metal escovado que estampa a frente interior do Zenfone. O botão utilizado para ligar o aparelho também saiu do lado do celular e foi parar no topo do aparelho – as mudanças são meramente estéticas e podem desagradar a quem é acostumado aos botões do lado do celular, opção adotada por boa parte das fabricantes.

Por outro lado, é preciso reconhecer que, de modo geral, a “recauchutagem” do visual do Zenfone 2 faz muito bem ao aparelho e deixa de lado o estilo simples e pouco inspirado dos modelos anteriores, para se aproximar do padrão dos tops de linha. Acredite, um Zenfone 2, virado com a tela para baixo em uma mesa, pode chamar a atenção de longe e arrancar elogios.
 

Desempenho

O Zenfone 2 também traz evoluções no hardware do aparelho, com um processador Intel quad-core de 2,3 GHz. O principal chamariz são os 4 GB de RAM – é a primeira vez que um smartphone traz essa configuração no mercado brasileiro, reforça a Asus. O aparelho será vendido com as opções de 16 GB e 32 GB de armazenamento interno.

Reunidas, essas especifidades garantem um desempenho rápido e fluído pelo Android Lollipop, à frente dos antecessores, e permitem dizer que o Zenfone 2 é “à prova de bugs”. Durante as duas semanas em que o aparelho foi testado pela reportagem, não foi constatado em nenhum momento lentidão ou travamento, independente do uso que se fazia.

Outras especificações bem-vindas, que aproximam o aparelho de modelos top, são a presença de conexão 4G e NFC.

O carregador do Zenfone 2 também vêm com um recurso de carga rápida, que segundo a empresa, permite recarregar a bateria do zero a 60% em apenas 39 minutos. Em teste feito pela reportagem, a carga foi de 15% para 50% em 24 minutos. O recurso é bem-vindo já que, mesmo em uso moderado – conectado ao 3G e navegando por aplicativos e pela internet, por exemplo – a carga do celular pode facilmente chegar a zero antes do início do dia seguinte.

Tela e câmera

O tamanho da tela fica exatamente no meio termo entre os modelos anteriores – tem 5,5 polegadas, frente às 5 do Zenfone 5 e 6 do Zenfone 6. A resolução Full HD com 1920 x 1080 pixels garante imagens nítidas e cores vibrantes, e a tecnologia IPS favorece a visualização da tela mesmo que se olhe o aparelho de ângulos diversos.

 

Fonte: AN Notícias com Gazeta do Povo

Galeria de Imagens