Carregando...

Alerta!

logo Facebook facilita acesso ao site pelo navegador anônimo Tor - Notícias - AN Notícias Facebook facilita acesso ao site pelo navegador anônimo Tor - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 24 de Novembro de 2020

SAIBA MAIS

Dia de São João da Cruz - Dia de São Porciano -
01/11/2014 10h43

Facebook facilita acesso ao site pelo navegador anônimo TorO Facebook anunciou nesta sexta-feira (31) a criação de um endereço que facilita o acesso à rede social pelo Tor

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
O Facebook anunciou nesta sexta-feira (31) a criação de um endereço que facilita o acesso à rede social pelo Tor, navegador anônimo e criptografado que garante mais privacidade aos usuários. Usuários do navegador têm dificuldades para acessar o site tradicional --www.facebook.com-- porque a rede social costuma identificá-los como pertencentes a uma botnet, ou seja, uma rede de computadores infectados usada para ataques hacker. O problema acontece porque o navegador é programado para esconder a localização real de seu usuário, estabelecendo conexões que migram entre servidores de diferentes países. A prática confunde o sistema de proteção do Facebook, projetado para suspeitar que algo está errado quando acessos à mesma conta são feitos de locais diferentes. "O Tor desafia alguns preceitos dos mecanismos de segurança do Facebook (...) [ao usá-lo] uma pessoa parece que está se conectando da Austrália em um momento e depois pode aparecer se conectando da Suécia ou do Canadá. Em outros contextos, tal comportamento pode sugerir que é uma conta hackeada(...), mas, no Tor, isso é normal", explicou a empresa. Com o endereço especial criado para a rede Onion, onde o Tor opera, o site de Mark Zuckerberg estabelece conexão direta entre quem acessa a página pelo Tor e os servidores da companhia, resolvendo estes problemas. Segundo o Facebook, o novo endereço pode ser utilizado sem que os usuários percam as proteções fornecidas pelo navegador anônimo. "Com o tempo, esperamos poder compartilhar algumas das lições que aprendemos --e que vamos aprender-- sobre medir e distribuir nossos serviços pelo endereço do Facebook na Onion", disse a companhia. "Temos muitas ideias e estamos ansiosos por aprimorar este serviço".

NA CONTRAMÃO

A iniciativa vai na contramão das frequentes críticas de invasão de privacidade direcionadas para o Facebook ao longo dos últimos anos. A rede social costuma ser criticada pela maneira com que utiliza os dados de seus usuários para publicidade e outros tipos de experimento. Em julho, a chefe operacional da companhia precisou se desculpar publicamente após o site divulgar um estudo psicológico no qual manipulou, sem qualquer tipo de aviso prévio, o feed de notícias de quase 700 mil pessoas, observando as emoções às quais as pessoas eram expostas.
Fonte: AN Notícias com Bem Paraná

Galeria de Imagens