Carregando...

Alerta!

logo Câmara vai abrir comissão para apurar denúncias em Borrazópolis - Notícias - AN Notícias Câmara vai abrir comissão para apurar denúncias em Borrazópolis - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 04 de Dezembro de 2020

SAIBA MAIS

17/05/2018 12h17

Câmara vai abrir comissão para apurar denúncias em BorrazópolisMorador encaminhou documento em forma de denúncia para o legislativo sobre venda de terrenos

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
A câmara de BorrazópoA câmara de Borrazópolis recebeu algumas denúncias na sessão de segunda-feira (14), do  morador e empresário Rafael dos Santos Rodrigues, que encaminhou para o legislativo, um documento, afirmando supostas vendas ilegais de terras na região do lago municipal em Borrazópolis e cobrando providências cabíveis a situação. Em sua denúncia, ele alega que a terra estaria sendo comercializada por empresários para várias pessoas, e quando ele precisou de adquirir a terra, foi barrado por uma das pessoas que estariam “responsáveis” pelo local.lis recebeu algumas denúncias na sessão de segunda-feira (14), do  morador e empresário Rafael dos Santos Rodrigues, que encaminhou para o legislativo, um documento, afirmando supostas vendas ilegais de terras na região do lago municipal em Borrazópolis e cobrando providências cabíveis a situação. Em sua denúncia, ele alega que a terra estaria sendo comercializada por empresários para várias pessoas, e quando ele precisou de adquirir a terra, foi barrado por uma das pessoas que estariam “responsáveis” pelo local.

Nossa reportagem optou por não divulgar o nome de nenhuma das pessoas que foram citadas, até que a denúncia seja encaminhada ao executivo municipal. Em plenário o presidente da câmara Marcelo Pires Rodrigues, afirmou que estará abrindo uma comissão composta por vereadores de diferentes coligações, conforme consta na lei e apurar todas as denúncias que foram encaminhadas pelo morador, onde alega ter provas de todas as situações. “Já procuramos o nosso departamento jurídico, para formalizar toda a situação em documentos. Vamos ter que ouvir todas as pessoas que foram citadas na denúncia e entender os motivos que essa terra foi colocada naquele local, documentos com a liberação do executivo e entre outras medidas que precisaremos estar adotando, e exercendo nosso papel de fiscalizadores” finalizou o presidente da câmara Marcelo Pires Rodrigues. Ouçam no vídeo a discussão sobre essas denúncias, que ocorreu na sessão de segunda-feira 14 de maio de 2018.
Fonte: AN Notícias com Jhonis

Galeria de Imagens