Carregando...

Alerta!

logo Betômetro - Promessômetro - AN Notícias Betômetro - Promessômetro - AN Notícias

Apucarana, 02 de Setembro de 2014

Min. 19°C 27°C Max
Bom

SAIBA MAIS

Dia do Livro Infantil - Dia do Florista - Dia do Repórter Fotográfico -

Betômetro
As promessas do prefeito Beto Preto na campanha de 2012

Beto Preto, 45 anos, é amasiado com Adriana e pai dos gêmeos Cecília e Pedro. Mora na Rua Coronel José Luiz dos Santos, na região central de Apucarana. Disputou quatro eleições sendo uma para Deputado e as demais para Prefeito e venceu está última em 2012.

É formado em Medicina pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), com especialidade em Medicina Nuclear pelo Instituto Rio Preto. Também é pós-graduado em Medicina do Trabalho. Trabalhou como perito do INSS e Sesi/Senai de Apucarana e Arapongas.

Foi ex-secretário de Saúde de Apucarana e Califórnia. Representou o Paraná no Ministério da Saúde em Brasília quando trabalhou na década de 2000.

ASSESSORIA DE IMPRENSA
Telefones
(43) 84514371
E-mails
betometro@annoticias.com.br
Estas informações foram extraídas do material de campanha dos Prefeitos eleitos, tanto em Jornais de campanha, plano de governo no site do candidato e no TRE-PR, além dos horários eleitorais do Rádio e TV.

Pontos positivos no mandato até o momento:

-Divulgou os atos dos antecessores na Imprensa de como estava a situação real da Prefeitura de Apucarana;

-Está divulgando quase que semanalmente as multas que a Prefeitura de Apucarana está recebendo das gestões anteriores que não honraram com alguns compromissos, como: INSS, PIS/PASEP entre outros;

-Mais uma sugestão da população, apresentada à administração municipal durante recente audiência pública que discutiu melhorias para o sistema viário, foi colocada em prática nesta semana pelo Departamento de Trânsito do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan). Após a promoção de melhorias em ruas importantes como a Desembargador Clotário Portugal e Munhoz da Rocha, a via que recebeu intervenções positivas foi a Rua Professor João Cândido Ferreira que, no trecho entre a rua Bandeirantes (proximidades do Cemitério da Saudade) até a Praça Rui Barbosa, agora oferece aos condutores duas pistas de rolamento. “Com esta modificação conseguimos fazer com que o trânsito, antes estrangulado, flua como deveria”, observa o prefeito Beto Preto. Por consequência, o estacionamento ficou restrito a apenas o lado direito da via;

-Conseguiu com parceria com a Sanepar, quase 100% de esgoto e tratamento de água em Apucarana em 2013. Obra vai começar em Apucarana;

-Realizou o Congresso Internacional do Turismo Religioso Sustentável;

-Conseguiu obter a promessa do Governador do Estado do Paraná em 2013 Beto Richa, em começar a duplicação da BR-369 no trecho Apucarana-Ponta Grossa por Apucarana;

-Conseguiu apoio da maioria dos Vereadores na Câmara de Apucarana;

-Asfaltou o restante do Lago Jaboti no início de 2013;

-Mudou o local do terreno que será construído a nova sede do Cisvir em Apucarana, nas proximidades da Rodoviária de Apucarana;

-Conseguiu mostrar para empresários e para o Governo Federal que o Aeroporto Capitão João Bussi pode ser um meio de transporte aéreo para a região transportar seus produtos.

-Abaixou a tarifa do transporte coletivo de Apucarana em R$0,10 em Junho/2013;

-Apresentou documentação que mostrava doação do terreno do Cephrusb para uma entidade ligada ao ex-prefeito Valter Pegorer que acabou gerando polêmica no início deste ano;

-Vai instalar mais 04 academias ao ar livre nos próximos meses na cidade;

-Beto Preto informou que contratou mais 04 médicos para atendimentos, sendo num total até o momento de 20 médicos contratados para atuar na rede pública de Saúde; número ainda é baixo, pois falta médicos em alguns postos da cidade;

-No período de um ano, mais de R$ 1,4 milhão serão repassados a pequenos produtores rurais de Apucarana através dos programas Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar (PAA) e Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Os recursos, provenientes do Ministério da Educação e do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, serão repassados através da Cooperativa dos Cafeicultores do Pirapó (Coocapi). A nova etapa do “compra direta” abrangerá 135 produtores rurais, que fornecerão alimentos de origem vegetal e animal;

-Os futuros moradores do Conjunto Habitacional Sumatra I, na região do Jardim Colonial, em Apucarana, conheceram em Julho de 2013, as 486 unidades do Programa Minha Casa, Minha Vida, que estão em fase de acabamento. A Prefeitura de Apucarana, por meio da Secretaria de Assistência Social, convocou para a visita os 348 inscritos, que já estão com sua documentação pronta na Caixa econômica Federal (CEF). Outras famílias, que ainda estão com sua documentação em análise devem aguardar uma nova convocação;

-Em Julho de 2013 a Secretaria de Meio Ambiente fez uma vistoria em uma empresa no Parque Industrial IBC na Zona Norte de Apucarana com a presença da Polícia Ambiental. Técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente estão vistoriando diversas áreas de despejo irregular de resíduos em Apucarana, buscando identificar os autores e, posteriormente, lavrando o auto de notificação;

-“Chá para as mulheres” contou com a presença da primeira-dama, Adriana Gonçalves, e da extensionista da Emater, Jandira Valmorbida. Conforme a Secretaria da Mulher e Assuntos da Família , houve a divulgação de vários cursos e algumas turmas já foram formadas, com início previsto para os meses de agosto e setembro no Distrito da Caixa de São Pedro em Julho de 2013;

-Regularizou o programa Família Guardiã Iniciativa beneficia crianças e adolescentes que, por diversos fatores, tiveram o vínculo familiar original rompido e encontravam-se em situação de risco social em Julho de 2013;

-Restaurou uma motoniveladora que estava parada no parque de máquinas sem condições de uso e após um investimento de R$ 29 mil acaba de ser incorporada ao maquinário da Secretaria Municipal da Agricultura em Julho de 2013;

-Fez operação tapa-buracos na região do Jardim Trabalhista, beneficiando as ruas Epitássio Pessoa, Wenceslau Braz, Juscelino Kubitschek e José Salido Byngton em Julho de 2013;

-A Patrulha Escolar da Polícia Militar (PE-PM) recebeu, em Julho de 2013 um novo veículo para melhor atuar na prevenção da violência no ambiente escolar através do Governo do Estado;

-Sancionou no dia (24/07), em ato no salão nobre da prefeitura, a lei municipal que garante a implantação, já neste mês de julho, de um abono salarial de R$ 254,78 para os agentes comunitários de saúde (ACS) e agentes de combate a endemias (ACE) da Autarquia Municipal de Saúde. No total, estão sendo beneficiados 240 profissionais. A medida representa um impacto a maior de R$42 mil ao cofre municipal;

-Anunciou investimentos de R$ 1.134.624,70 para a pavimentação de ruas do Jardim Marissol e do Residencial Garcia. Desse montante, R$ 330 mil são da contrapartida do Município e o restante – R$ 804.624,70 - foi conquistado junto ao Governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedu). Ao todo, serão beneficiados trechos de 10 ruas, somando mais de dois quilômetros de extensão; Vias que serão beneficiadas nesta etapa de pavimentação: Rua Maria de Macedo, Rua Ingo Kern, Rua Pedro Vicentini, Rua Fidelis Marques, Rua José Amadeu dos Santos, Rua Adilson Zanoni, Rua Adélio Gracioli, Rua Alta Gracia Hanna Chemouni, Rua Higino Sacchelli e Rua Carlso Nazato;

-Quatorze famílias de produtores rurais de Apucarana assinaram nesta segunda-feira (29/07), no gabinete municipal, contrato de adesão ao Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR). Criado no âmbito do Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV), a iniciativa visa garantir a permanência do homem ao campo e é desenvolvida em parceria pelo Governo Federal, Governo Estadual, através da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Caixa Econômica Federal e Prefeitura de Apucarana;

-A Secretaria de Serviços Públicos da Prefeitura de Apucarana concluiu no final de Julho 2013 a recuperação de novas pontes, uma na Estrada do Sebastião Crente, na região do Rio do Cerne, e outra na Estrada do Kuroda e Aquiles, na Água do Indaiá. O trabalho, segundo esclarece o prefeito Beto Preto (PT), faz parte do plano de governo para a agricultura e tem como meta promover manutenção e reconstrução de todas as pontes dentro do perímetro rural de Apucarana;

-O secretário de Estado da Saúde do Paraná, Michele Caputo Neto, entregou no final de Julho de 2013 em Apucarana, R$ 250 mil em equipamentos para o Providência e anunciou a liberação de outros R$ 250 mil para reforma do Pronto Socorro do hospital. De acordo com o secretário, o recurso já está garantido, dependendo apenas da conclusão do projeto da obra para liberação;

-Em ato que contou com a presença do prefeito Beto Preto (PT), a Secretaria da Mulher e Assuntos da Família da Prefeitura de Apucarana marcou de forma oficial o início das atividades do Centro de Qualificação Total. Voltado à capacitação profissional da população mediante a oferta de cursos gratuitos tanto para homens, quanto para mulheres, o novo programa municipal funciona no Jardim América em Agosto de 2013;

-A Comissão Estadual da Verdade desembarcou em Agosto de 2013 em Apucarana, onde tomaram depoimentos de pelo menos 20 depoimentos de familiares e vítimas da ditadura militar. O Prefeito Beto Preto teve seu Pai Pedro Preto como uma das vítimas da Ditadura Militar de 1975;

-O 4º Subgrupamento de Bombeiros Independente de Apucarana (SGBI) entregou em (09/08), as obras de ampliação do quartel do Corpo de Bombeiros da Vila São Carlos. A atual estrutura do Posto I ganhou mais 139 metros quadrados de área construída, somando investimentos de R$143 mil, oriundos do Fundo Municipal de Reequipamento do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado do Paraná (Funrebom);

-Em (08/08) A Prefeitura informou que já estão em fase de instalação quatro novas academias ao ar livre (AAL). As comunidades atendidas são as do Núcleo Habitacional Recanto do Lago, Núcleo Habitacional Parigot de Souza, Vila Nova (Praça Carlos Balthazar - Paróquia Santa Terezinha) e Colônia dos Novos Produtores/Conjunto Orlando Bacarin;

-Promoveu a substituição de todas as 150 luminárias do logradouro da Praça do 28 em Agosto de 2013;

-(CEPRHUSB) decidiu encerrar as atividades da Guarda Mirim, que historicamente acolheu milhares de jovens, que além de receber noções de civismo e disciplina eram encaminhados ao mercado de trabalho. Os jovens do projeto agora serão acolhidos pelo Centro da Juventude do município, que além do trabalho de capacitação vai ofertar outros serviços em apoio a secretaria de assistência social;

-Caixa deve fechar 2013 com um crescimento de quase 150%, em relação a 2012, na liberação de créditos em Apucarana. “Na área comercial a CEF deve atingir R$ 140 milhões em financiamentos neste ano, representando um crescimento de 50%, comparado ao movimento do ano passado nesta praça”, revelou o superintendente regional da Caixa. De acordo com Élcio José Coelho de Lara, para os projetos do setor habitacional a Caixa Econômica Federal liberou em 2012 um total de R$ 58 milhões em Apucarana. “Neste ano já havíamos atingido em junho R$ 89 milhões em créditos autorizados para Apucarana”, destacou Lara, acrescentando que existe a previsão de que, até dezembro, a instituição alcance o patamar de R$ 140 milhões na liberação de créditos na carteira de habitação;

-Maquinários e operários da Secretaria de Obras da Prefeitura de Apucarana concluíram nesta semana a recuperação da Estrada Erwin Schindler, que faz a ligação entre os distritos de Pirapó e Caixa de São Pedro em Agosto de 2013;

-Beto Preto (PT) expediu em Agosto de 2013, termo de rescisão de autorização de uso de bem público, a título não oneroso, de quatro lotes industriais (10 mil metros), na área da antiga “Lagoa Seca”, às margens da Rodovia Mello Peixoto – BR 369 – junto ao Distrito de Pirapó. As concessões haviam sido concedidas em dezembro de 2012 às empresas Miltão Indústria e Comércio de Pedras Ltda., Tanaby Comércio Varejista de Cereais Ltda., Apucafé Comércio de Café Ltda. e Terezinha Tomaz, Sacarias e Embalagens – ME. Expedidos no final do mandato do então prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB), os termos de autorização de uso de áreas públicas - pelo período de dez anos -, foram concedidos fora do que rege o Programa de Desenvolvimento Econômico de Apucarana (Prodea). Há ainda o agravante de que as autorizações sequer foram submetidas ao crivo da Câmara de Vereadores, constituindo-se numa ilegalidade flagrante;

-Acompanhado de cerca de 100 moradores, o prefeito de Apucarana, Beto Preto, realizou no dia (12/08/13) uma visita técnica às obras do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU). A estrutura, que está em fase final de construção, fica na Avenida Central do Paraná, no Jardim América, e 75% dos serviços previstos já foram executados. O CEU irá integrar num mesmo espaço ações assistenciais, culturais, esportivas e de lazer. A obra faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal, e o investimento é de R$ 1,5 milhão;

-O Registro Mensal de Atendimento (RMA Família), implantado no mês de abril em cinco estados brasileiros, vem sendo monitorado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). O Paraná é um dos estados escolhidos para a fase de testes e nesta terça-feira (13/08) técnicos do MDS estiveram em Apucarana. Atualmente, mais de 3.800 famílias apucaranenses estão registradas no cadastro único, que permite acessar programas como Minha Casa, Minha Vida, Bolsa Família, benefício do idoso e do deficiente, Projovem, Pronatec, Leite das Crianças, tarifa social de água e de luz. “Apesar de não ser obrigatório e de existir um período para adequação, Apucarana é um dos municípios paranaenses que mais utiliza o novo sistema. O objetivo é proporcionar um atendimento mais qualificado, a partir de um conhecimento maior das famílias cadastradas”, observa;

-Com o uso da miniusina de asfalto, a Secretaria de Obras da Prefeitura de Apucarana iniciou em Agosto de 2013 a reconstrução da Rua Nossa Senhora do Bom Conselho, no distrito de Vila Reis. Principal acesso à Vila Rural Manoel Piassa Sobrinho e propriedades rurais, a via em pedras irregulares estava em péssimas condições de tráfego devido à falta de manutenção;

-Alunos do maternal II ao pré I, que abrange crianças de dois a cinco anos de idade, do Centro Municipal de Educação (CMEI) Luiz Anibal Matiuzzi, no Núcleo Parigot de Souza, assistiram nesta segunda-feira (19/08) uma apresentação teatral dentro do Projeto “Trânsito”. Idealizada pela diretora Fabiana Josemeire de Lima, com envolvimento de todos os professores e funcionários, a iniciativa tem diversas etapas que preveem inclusive envolvimento da comunidade;

-A equipe de aplicação de emulsão asfáltica da Secretaria de Obras de Apucarana executou em Agosto de 2013 a recuperação de pavimento em trecho da Rua Professor João Cândido Ferreira. De acordo com o secretário da pasta, vice-prefeito Sebastião Ferreira Martins Júnior (Júnior da Femac), o investimento nesta frente de trabalho é de cerca de R$50 mil. “São seis quadras que estavam com o pavimento bastante degradado”, confirma Júnior;

-A Secretaria da Assistência Social da Prefeitura de Apucarana recebeu em Agosto de 2013, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), a garantia de que o município receberá, em duas parcelas iguais, o repasse de R$267,2 mil dentro do Programa Nacional de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas Trabalho). Segundo explica o prefeito Beto Preto (PT), o programa faz parte da Política de Proteção Básica de Apucarana e compreende o financiamento de ações - junto às famílias usuárias da política de assistência - dentro do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico (Pronatec);

-Cerca de 60 pessoas, envolvidas na implantação e no gerenciamento do Patronato Municipal, estão sendo capacitadas. A abertura do treinamento ocorreu nesta segunda-feira (26/08), no auditório Professor José Berton, localizado na Faculdade Estadual de Ciências Econômicas de Apucarana (Fecea). O Patronato de Apucarana é o segundo implantado no Paraná através do Programa de Municipalização da Execução Penal em Meio Aberto, desenvolvido pelo Governo do Estado. Autoridades judiciárias afirmam que o serviço proporcionará uma fiscalização mais eficiente e contribuirá com a ressocialização;

-A Secretaria da Agricultura da Prefeitura de Apucarana concluiu em (23/08) a recuperação de cerca de 70 quilômetros de estradas rurais. A frente de trabalho, realizada ao longo dos últimos dos 30 dias, representa mais de 10% da extensão de vias rurais existentes no município (600 quilômetros) e compreendeu adequação, cascalhamento e limpeza de caixas de contenção de água da chuva em estradas que vão desde os distritos de São Pedro Taquara e Correia de Freitas, passam pela comunidade do Pinhalzinho, Estrada do Kantor, Rio do Cerne, Xaxim, 100 Alqueires e chegam à Estrada dos Bertasso;

-Prefeitura de Apucarana e o Sesc são parceiros do Judiciário em mutirão de cidadania em Agosto de 2013;

-A Prefeitura de Apucarana, através do Centro da Juventude, incorporou no final de Agosto de 2013 a Guarda Mirim. Com isso, o local das atividades também mudou de endereço, passando a serem oferecidas na Rua Piratininga, no Jardim Diamantina. O prefeito de Apucarana, Beto Preto, acompanhou os trabalhos no Centro da Juventude, que recebeu os 56 adolescentes remanescentes da antiga estrutura;

-Operários da Secretaria Municipal de Obras iniciaram a recuperação da Rua Natividade, localizada na Vila Regina. Os serviços serão executados de acordo com a situação do pavimento, envolvendo trabalhos de tapa-buraco, aplicação de emulsão asfáltica e recomposição com o caminhão mini-usina do Município no final de Agosto de 2013;

-A travessia de pedestres sobre a linha férrea, através da passarela que fica nas imediações da antiga Estação Ferroviária e que faz a ligação com a Vila Regina, está mais segura no período noturno. A Secretaria Municipal de Obras recuperou o sistema de iluminação, substituindo lâmpadas queimadas e componentes, como fiação e reatores em Agosto de 2013. “A melhoria faz parte de um pacote de serviços, no valor de cerca de R$ 180 mil, e que visa deixar praças e logradouros públicos com uma iluminação adequada. Estamos acelerando os trabalhos, visando garantir mais segurança à população e também com o objetivo de que a cidade esteja mais iluminada para as comemorações dos 70 anos de Apucarana”, frisa o prefeito Beto Preto;

-Uma parceria entre o Grêmio Esportivo Recreativo de Apucarana (Gera) e a Secretaria de Esportes da Prefeitura de Apucarana viabiliza, para meados deste mês de setembro, a realização do 1º Campeonato Regional do Vale do Ivaí – Categorias Menores (Mirim, Infantil e Juvenil). “Recentemente tivemos a realização de um arbitral, que contou com a presença de secretários e diretores técnicos dos 10 municípios que estarão participando da competição”, destaca o prefeito Beto Preto (PT). Ele enalteceu a importância da iniciativa. “Esporte é sinônimo de vida saudável, confraternização. Este campeonato une os municípios e seus cidadãos”, comentou;

-O Centro da Juventude de Apucarana realizou nesta quinta-feira (29/08) o 1º Campeonato de Capoeira das Escolas Municipais. Participaram mais de 140 alunos de 4 escolas (José de Alencar, Albino Biacchi, Bento Fernandes e Karel Kober). O Campeonato teve duas modalidades: masculino e feminino em Agosto de 2013;

-Uma ação conjunta entre as secretarias de Obras e de Meio Ambiente e a Associação de Moradores do Jardim das Flores está possibilitando a recuperação de área pública às margens do Córrego Biguaçu em Agosto de 2013. “Esta é a filosofia que pregamos nesta administração, a de um governo popular, atento e de braços abertos para corresponder aos anseios da população”, disse o prefeito Beto Preto (PT);

-A construção de uma casa de passagem para os índios, que já está prevista no Orçamento da União, deverá ser agilizada. Essa ação foi priorizada pelo grupo de trabalho criado para discutir a situação indígena em Apucarana e que se reuniu com o prefeito de Apucarana, Beto Preto, nesta terça-feira (03/09/13). O local doado para receber a obra, entretanto, foi considerado inadequado e agora o Município fará uma consulta para verificar se ainda é possível mudar o local.;

-A merenda das escolas e dos centros municipais de educação infantil está sendo reforçada com produtos adquiridos de agricultores familiares. Após a retomada do Programa Compra Direta do Produtor, a central municipal de merenda escolar recebeu nesta terça-feira (03/09/13) o primeiro fornecimento do ano. A partir de agora, as entregas vão ocorrer todas as terças-feiras, enriquecendo ainda mais a alimentação dos alunos e gerando renda aos agricultores familiares;

-Em Setembro de 2013 depois de 4 dias de competições os primeiros resultados oficiais Jogos Abertos do Vale do Ivaí (JAVI’s) mostram Apucarana em primeiro lugar na classificação geral. A posição do município é resultado do título de campeão conquistado pelas equipes de atletismo e vôlei de praia;

-Dentro da política de atração de novos empreendimentos para o município, o prefeito Beto Preto (PT) e o secretário da Indústria no dia (03/09/13), no gabinete municipal, termo de doação de áreas industriais a sete empresas. “São terrenos localizados nos parques Zona Norte, Galan e Berté, e que revertemos neste início de mandato. Agora, estas áreas vão certamente ter a serventia que devem ter, sediando empresas geradoras de emprego e renda para a cidade”, assinala o prefeito Beto Preto. Ele lamenta que as referidas áreas estavam “abandonadas” por anos. “Estes terrenos foram doados por outras gestões e as referidas empresas beneficiadas não cumpriram com os requisitos previstos no Programa de Desenvolvimento Econômico de Apucarana (Prodea). A partir de agora todas as áreas doadas serão monitoradas pela prefeitura e aqueles que não cumprirem com os compromissos acordados, terão os benefícios revertidos”, informa;

-O escritório da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), que atualmente funciona no prédio do Sindicato Rural Patronal, ganhará sede própria. O anúncio foi feito pelo prefeito de Apucarana, Beto Preto, que se reuniu no dia (09/09/13) com representantes da Emater. O Município doará uma área para a execução da obra, na Avenida Central do Paraná, ao lado do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU). O prédio terá dois pisos (térreo e primeiro andar), totalizando 250 metros quadrados de área construída, e abrigará os escritórios local e regional da Emater. Prefeito também anunciou investimentos de R$ 1 milhão para a pavimentação em pedras irregulares de 6 quilômetros de estradas rurais;

-Operários e máquinas das secretarias de obras e de serviços urbanos estão desenvolvendo no início de Setembro de 2013 um mutirão de serviços na região da Vila Formosa. O primeiro trabalho, que está sendo concluído nesta sexta-feira (13) é a limpeza (recolhimento de pedras), tapa buracos com CBUQ e aplicação de lama asfáltica num trecho da Rua Paulo Frontin. A via, situada ao lado dos escritórios da Copel, estava em péssimo estado, com buracos, fissuras e pedras soltas. “Fizeram vários remendos aqui, mas com as primeiras chuvas os buracos surgiam novamente, agora é possível constatar que o serviço é de melhor qualidade e, com certeza, deve ter maior durabilidade”, comentou a moradora da Rua Paulo Frontin, Adelaide Demito Manosso. No trecho recuperado da rua estão sendo utilizadas 20 toneladas de massa de CBUQ (Composto Betuminoso Usinado a Quente) e mais 700 metros quadrados de lama asfáltica. No bairro também estão sendo realizados serviços de poda de árvores, limpeza de bueiros, tapa-buracos e lama asfáltica;

-A Secretaria da Mulher e Assuntos da Família de Apucarana está com as inscrições abertas em Setembro de 2013 para 24 novos cursos do Pronatec oferecidos gratuitamente pela prefeitura municipal em parceria com o Senac, Senai e Senat. As vagas estão sendo liberadas por etapas, mas todos os cursos serão ofertados até novembro. Independente dos cursos já ter data definida para começar ou não, todas as inscrições devem ser feitas agora.Todos os cursos são gratuitos e oferecem benefícios para o vale-transporte e o lanche. O Senac paga ao aluno R$ 8,00 por dia para que ele pague seu transporte e o lanche, já o Senat paga R$ 9,00 a título de benefícios. No ato da matrícula os interessados devem apresentar a cópia do RG e do CPF, comprovante de residência e Cadastro Único (número do NIS). No caso de menores de 18 anos (idade mínima exigida é 15 anos), é preciso a documentação do responsável. As inscrições podem ser feitas nos CRAS, na Agência do Trabalhador e no Centro de Qualificação Total (antiga Escola da Oportunidade). Maiores informações pelo telefone (43) 3426-7241;

-Um engenheiro e operários da Autarquia Municipal de Educação (AME) que trabalhavam no dia (12/09/13) na Escola Municipal Gabriel de Lara – vizinha do Santuário São José - levaram um grande susto quando limpavam uma área de pátio. Eles depararam com uma enorme voçoroca subterrânea que estava em vias de ruir;

-A prefeitura de Apucarana iniciou em Setembro de 2013 a recuperação asfáltica na Rua Rio dos Patos. A obra num trecho de 710 metros dessa importante via de ligação entre o Núcleo João Paulo, Jardim Sol Nascente, Jardim França e Vila Regina, está sendo executada com recursos próprios do município;

-Depois de cerca de 30 anos de espera, os moradores da Rua Alexandre Balan, no Jardim Novo Horizonte (região das "chacrinhas"), e da Rua Guapuruvu, no Núcleo Habitacional Afonso Camargo, vão dispor de pavimentação asfáltica. O contrato que prevê a liberação dos recursos, via Caixa Econômica Federal (CEF), foi assinado na quarta-feira (11/09/13), no gabinete do prefeito de Apucarana, Beto Preto. O investimento total será de R$ 1,1 milhão, dos quais R$ 789.800 são oriundos do Governo Federal e R$ 310.200 são relativos à contrapartida do Município;

-A Prefeitura de Apucarana realizou no dia (12/09/13) audiência pública para discutir o Plano Plurianual (PPA). O evento - que ocorre às 19 horas, no salão nobre da Prefeitura de Apucarana – é aberto a toda a população. O objetivo é colher sugestões e definir as prioridades administrativas para o próximo quadriênio (20142017). “A participação da população é de suma importância, pois o PPA vai nortear nossas ações para os próximos 4 anos . Queremos que o PPA contemple todos os anseios e demandas dos apucaranenses, sendo verdadeiramente um instrumento de participação popular”, conclama o prefeito Beto Preto. O PPA é, junto com o orçamento anual e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), o instrumento fundamental de planejamento na administração pública. O superintendente municipal de Gestão e Controle, Caio Augusto Pezarini Salinet, explica que o Plano Plurianual estabelece o planejamento de médio prazo e está previsto na Constituição Federal;

-Com uma programação continua de recuperação asfáltica no município desde janeiro, a Secretaria de Obras de Apucarana está trabalhando em setembro de 2013 na melhoria da pavimentação da Rua Otacílio Nascimento, no Jardim Tibagi. O serviço, executado com a mini-usina da prefeitura com caminhão MDR, é totalmente custeado com recursos do município;

-O Programa Parto Humanizado da CCR Rodonorte será retomado em Apucarana ainda neste mês de Setembro de 2013. A notícia foi recebida pelo prefeito Beto Preto durante a solenidade que lançou o mesmo programa em Califórnia;

-O Governador Beto Richa fez uma nova visita a Apucarana (18/09/13), ao lado do secretário de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Júnior, para assinatura de convênio de pavimentação asfáltica. Também integraram a comitiva que veio a Apucarana, os deputados estaduais Pedro Lupion, Evandro Júnior e Alexandre Curi, além do secretário do Trabalho e do Emprego, Luiz Cláudio Romanelli. Recepcionados pelo prefeito Beto Preto, seu vice e secretário de Obras, Junior da Femac, além de secretários e vereadores e populares, o governador e o secretário assinaram convênio que garante a liberação de R$ 800 mil, por meio do Programa Paraná Urbano, visando a pavimentação asfáltica de ruas do Jardim Marissol. O Município será responsável por uma contrapartida de recursos da ordem de R$ 310 mil;

-A prefeitura de Apucarana vai contratar 30 professores pelo sistema de Processo Seletivo Simplificado (PSS). As inscrições já estão abertas, exclusivamente pelo site da prefeitura www.apucarana.pr.gov.br. A medida visa atender a necessidade temporária da rede municipal de educação e o contrato será pelo prazo necessário à substituição de docente podendo ser prorrogado por quantas vezes forem necessárias, desde que não ultrapasse o limite de dois anos. O PSS selecionará os professores através de análise de títulos e currículo. Das 30 vagas a serem preenchidas, 25 são para educação infantil ou ensino fundamental, e 5 para atividades de educação física. O prazo da inscrição encerra no dia 26 de setembro, às 23 horas e 59 minutos, mediante o preenchimento da ficha de inscrição disponibilizada no site;

-Acumulando um déficit mensal de mais de R$ 20 mil, a diretoria do Grupo Soma, responsável pela manutenção do Abrigo do Menor de Apucarana, se reuniu na noite de segunda-feira (23) com o prefeito Beto Preto e alguns de seus secretários. A presidente do grupo, Cristiane Reis, fez um relato da complicada situação financeira da instituição e reivindicou ajuda oficial. Ela lembrou que a atual diretoria assumiu a instituição com um quadro muito complicado e sem certidão negativa de débitos, devido ao desvio de finalidade na aplicação de recursos oriundos do Fundo da Infância e da Adolescência (FIA). Infelizmente, conforme lembrou a presidente do Grupo Soma, na gestão anterior não foi aceita a prestação de contas de uma verba de cerca de R$ 90 mil, recebida do Estado. “Do total recebido, já foram ressarcidos R$ 80 mil e ainda faltam R$ 21 mil”, revela a secretária de Assistência Social, Márcia Regina da Silva de Sousa. Segundo ela, de acordo com as regras do FIA, se não houver a restituição dos recursos, com a conseqüente liberação da certidão negativa, a instituição fica sem receber uma dotação de cerca de R$ 130 mil, prevista para 2014;

-Após realizar ontem (23), no salão nobre da Prefeitura, uma audiência pública com o objetivo de demonstrar à população o detalhamento das receitas e despesas para o exercício de 2014, a prefeitura vai encaminhar para Câmara Municipal na próxima segunda-feira projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA), o qual prevê um orçamento de R$ 219.569.442,68 para o município no próximo ano. O valor representa um acréscimo de 11,74% em relação ao orçamento de 2013, estabelecido em R$ 193.785.881,69. Segundo o superintendente de Gestão e Controle, Caio Salinet, foi previsto no orçamento um aumento de recursos para Saúde e Educação. As duas áreas vão receber um investimento maior do que o obrigatório constitucional, que é de 15% para saúde e 25% para educação. “A administração municipal vai investir mais nestes dois setores, em percentuais que vamos divulgar nos próximos dias”, afirma Salinet. Também já está definido na LOA que o município irá investir 3,5% do total dos seus “recursos de livre utilização” na Assistência Social, também neste caso, um percentual maior que em 2013. Maiores detalhes da LOA serão divulgados quando do envio do projeto para Câmara Municipal;

- A Prefeitura de Apucarana, por meio da Autarquia Municipal de Educação (AME), tendo em vista a deturpação de objetivos da instrução normativa Nº 004/2013, presta os seguintes esclarecimentos aos pais de crianças atendidas nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e aos seus respectivos funcionários.

1 – Será mantido o sistema vigente dos últimos anos, durante o recesso escolar, com o fechamento dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs).

2 – No período que vai do dia 20 de dezembro de 2012, até o dia 21 de janeiro de 2013, os CMEIs estarão fechados e serão concedidas férias coletivas às assistentes infantis e diretoras.

3 – Durante o recesso, dois CMEIs serão mantidos em funcionamento em sistema de plantão, visando atender a demanda de pais que trabalham e precisam desta estrutura para continuar abrigando seus filhos.

4 – A Autarquia Municipal de Educação pondera que, infelizmente, devido a interferências externas, a meta de otimizar e ampliar o atendimento nos CMEIs, durante o período de recesso escolar, ficou prejudicada. As medidas foram planejadas de boa fé, mas a desinformação gerou transtornos, inviabilizando sua implantação ao final deste ano letivo.

5 – O estudo e planejamento para a contratação de mais servidores e ampliação da oferta de vagas nas creches, bem como a melhoria do atendimento no período de recesso escolar, terão continuidade, visando a sua implementação futura.

6 – Atualmente, são atendidas 2.443 crianças, nos 21 CMEIs de Apucarana. A meta da atual gestão é ampliar a oferta para 3.200 vagas ao final de 2014, com a reativação do CMEI Jandira Scarpelini (Jardim Ponta Grossa), conclusão do CMEI do Jardim das Flores, e construção de mais três CMEIs no Catuaí, Diamantina e Afonso Camargo.

7 – Importante ressaltar que o Município de Apucarana busca atender 100% da demanda de vagas nas creches. E que, em nenhum momento, a gestão municipal teve a intenção de causar restrição de direitos trabalhistas;

- A prestação de contas referente ao segundo quadrimestre de 2013 (maio-agosto), realizada ontem na Câmara Municipal, demonstrou que a gestão do prefeito Beto Preto conseguiu reduzir os gastos com pessoal. O índice de comprometimento da arrecadação com folha de pagamento de funcionários atingiu 45,91% do orçamento. “Estamos bem abaixo do limite máximo permitido em lei, que é de 54% e do limite prudencial recomendado, fixado em 51,3%”,, revelou o secretário de gestão pública, Marcello Augusto Machado, que acumula também a pasta da Fazenda. Conforme avalia o secretário, o índice é bem inferior ao que era praticado anteriormente, quando Apucarana estava quase ultrapassando o limite permitido. “O prefeito Beto Preto está cumprindo a sua meta de reduzir o custo da máquina, visando a sobra de recursos para investimentos em obras e serviços”, assinala Machado;

-A Secretaria da Assistência Social da Prefeitura de Apucarana realiza neste sábado (05/10), no Centro Social Urbano (CSU), Parque Bela Vista, um plantão social visando a regularização fundiária dos terrenos do bairro Novo Horizonte, pendente desde o início da década de 90. “Todas as famílias, cuja residência se enquadra na situação, devem enviar responsável para o mutirão que vai ocorrer das 8 às 17 horas”, alerta o prefeito Beto Preto (PT). Ele detalha que a regularização fundiária do Novo Horizonte será em fases. “Esta primeira engloba cerca de 100 lotes que pertenciam à Cohapar”, explica;

-Participando de um formato diferenciado de colação de grau, via web conferência, 55 alunos da Universidade Aberta do Brasil (UAB), polo Apucarana, do curso de Pedagogia – Oferta Complementar, egressos da Vizivali, se formaram hoje pela Universidade Estadual do Centro-Oeste, Unicentro, de Guarapuava. Com a presença do secretário estadual da Educação e vice-governador, Flávio Arns, a solenidade central realizada no auditório da Unicentro, em Guarapuava, teve a participação simultânea, via internet, de graduandos de polos de nove cidades. Todo cerimonial da formatura foi acompanhado pelos acadêmicos de Apucarana, Dois Vizinhos, Guaraniaçu, Lapa, Laranjeiras do Sul, Nova Tebas, Pato Branco, Pinhão e Prudentópolis, em suas respectivas cidades, até mesmo no momento de juramento dos formandos. Somente a entrega dos diplomas foi local, com a participação da representante da Unicentro, Sandra Polon. Esta é a terceira formatura que o pólo da UAB, em Apucarana, realiza neste ano. Na primeira foram 145 graduandos, também em Pedagogia, pela Unicentro. A segunda teve 55 formandos nos cursos de Geografia, História e Matemática, pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG);

-Apucarana é selecionada no Prêmio Gestor Eficiente da Merenda Escolar. Cidade foi a única classificada no Paraná entre os 54 finalistas de todo
o Brasil em Outubro de 2013;

-Com o sonho da casa própria assegurado através do Programa Minha Casa Minha Vida, as 486 famílias apucaranenses de baixa renda que tiveram cadastro aprovado pela Caixa Econômica Federal para residir no Conjunto Habitacional Sumatra I, vão saber neste sábado (19/10/13), através de um sorteio que será realizado a partir das 8 horas, no ginásio de esportes do Colégio Estadual Nilo Cairo, o lote, a quadra e a casa em que vão morar;

-O Barreiro, último distrito que não dispõe de estrada pavimentada na sua ligação com a cidade de Apucarana, será atendido mediante parceria firmada ontem entre o Estado e o Município. O convênio foi assinado na manhã de ontem, em Curitiba, pelo prefeito Beto Preto, o deputado estadual Pedro Lupion e o secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara. Os distritos de Pirapó, Caixa de São Pedro, Vila Reis e Correia de Freitas já são interligados com vias pavimentadas. O Estado irá repassar R$ 1.152.212,84 para custeio de 30 mil metros quadrados da “Estrada do Barreiro”, dentro do Projeto de Pavimentação Poliédrica de Estradas Rurais. O dinheiro será liberado em parcelas, de acordo com a medição da obra. Ainda com estes recursos Apucarana irá viabilizar o calçamento de mais um trecho de 6 mil metros quadrados, interligando a região do Conjunto Colonial com a comunidade dos Bertasso. A contrapartida da prefeitura se dará no custeio de despesas relacionadas a obra, em conformidade com o plano de trabalho definido no convênio. A prefeitura também ficará responsável pela execução direta da obra e contração de empresa especializada;

-Autoridades políticas, representantes de empresas e instituições da sociedade civil organizada, bem como membros de entidades ligadas ao Terceiro Setor de Apucarana e região, participaram em (09/10/13), no Polo Presencial da Universidade Aberta do Brasil (UAB), da solenidade de implantação do Núcleo Regional dos ODM’s de Apucarana e Vale do Ivaí. O evento foi uma promoção da Prefeitura de Apucarana e Movimento Nós Podemos Paraná, que é articulado pelo Serviço Social da Indústria (Sesi) e conta com o apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e da Secretaria Geral da Presidência da República, e desde o ano de 2006 promove a consciência social de que até o ano de 2015 o Brasil atinja os oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM’s);

-Evento realizado no Clube 28 de Janeiro, a solenidade de assinatura do termo de cooperação entre o prefeito Beto Preto, o presidente da concessionária, José Alberto Moita, e o secretário municipal, Hélio Kissina, foi marcada pela entrega de enxoval de bebês a 250 mulheres grávidas atendidas na Casa da Gestante. Ao lado de Ponta Grossa, Piraí do Sul, Imbaú e Ortigueira, Apucarana é a quinta cidade do estado a aderir ao Parto Humanizado em Outubro de 2013;

-Com apoio da Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura de Apucarana, a pista de skate do Complexo Esportivo José Antônio Basso (Lagoão) recebeu neste sábado e domingo (12 e 13/10/13), o evento “Encontro de Gerações – Meeting Generation”;

-O campus Apucarana da Universidade Tecnológica Federal (UTFPR) inaugurou nesta quinta-feira (10/10/13) o Restaurante Universitário (RU) e o “Bloco M”, que possui 9 salas de aula e 12 laboratórios. As obras entregues somam investimentos de mais de R$ 5,2 milhões e ampliam em 3.419 m2 a área construída da instituição. A solenidade reuniu diversas autoridades, entre as quais o prefeito de Apucarana, Beto Preto (PT), o deputado federal Alex Canziani, o reitor da UTFPR, Carlos Eduardo Cantarelli e o diretor-geral do campus Apucarana da instituição, professor Aloysio Gomes de Souza Filho, o ex vice-prefeito Waldemar Garcia e o ex-prefeito Valter Pegorer (PMDB);

-Com área de 1.200 metros quadrados e capacidade para 120 crianças, o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) do Jardim Diamantina será o primeiro construído em Apucarana com a tecnologia PVC Concreto, que dispensa a colocação de tijolos. O contrato que garantirá a obra, no valor de 1 milhão e 492 mil reais, foi assinado nesta quinta-feira (17/10) pelo prefeito de Apucarana, Beto Preto, e por André Daldosso, diretor de relações com o governo da Casa Alta Construções Ltda, de Curitiba, contratada para executar a obra através do convênio com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Na mesma oportunidade, o prefeito Beto Preto assinou o termo de compromisso para a construção de um centro educacional no Loteamento Sanches dos Santos. O documento integra o trâmite burocrático necessário para a liberação dos recursos, no valor de R$ 819 mil. “Essas duas unidades vão se somar com outras duas, uma no Núcleo Habitacional Afonso Camargo e outra no Jardim Catuaí, cujos processos estão em fase final de tramitação em Brasília”, destaca Beto Preto;

-Técnicos da Fundação Nacional do Índio (Funai) conheceram nesta quarta-feira (16/10) o novo terreno ofertado pela Prefeitura de Apucarana para a construção da casa de passagem para os índios. Com área de mais de 2 mil metros quadrados, o espaço disponibilizado fica atrás do Centro Social Urbano, no Parque Bela Vista. Os recursos para a obra, de cerca de R$ 500 mil, já estão previstos no Orçamento da União. A nova área foi indicada, pois a anterior, localizada no Parque Japira, foi considerada inadequada, especialmente por ficar distante de outras estruturas públicas de atendimento;

-O Ministério da Justiça premiou hoje, no Palácio da Justiça, os vencedores do concurso cultural sobre educação na prevenção do uso de drogas. Jovens de todo Brasil participaram do evento que premiou em até seis mil reais os ganhadores nas categorias fotografia, cartaz, vídeo, jingle e monografia. Com propósito de incentivar debate sobre o tema, anualmente o concurso é promovido pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça (Senad/MJ). Os primeiros colocados de cada categoria participaram da premiação e entre eles estavam jovens representantes do Paraná. Marcos Antônio da Silva, de Califórnia, John Keid de Souza Melo, de Apucarana, Kauan Aleksandro Mirkovski, de São José dos Pinhais, CamilleWengrat Correia, de Céu Azul, Maria LuisaMiquelão, de Santa Fé, Natanael Caetano Rosa, Samanta Silva de Oliveira e Mikaela Cardoso Biolo, os três de Cornélio Procópio, foram vencedores dos primeiros lugares no estado. O prefeito Beto Preto participou do evento e fez a entrega do prêmio de 1º lugar na Categoria Vídeo (na região sul do Brasil) para o jovem John Keid de Souza Melo, estudante do Colégio Estadual Osmar Guaracy Freire, de Apucarana/PR, cujo título do trabalho é: “Cada coisa tem seu lugar”. John estava acompanhado de sua mãe, Márcia Ferreira de Souza, e da professora Michelle Carolline de Almeida, uma das principais incentivadoras para o trabalho de John;

-O delegado geral da Polícia Civil no Estado do Paraná, Riad Farhat, e o delegado da Divisão de Interior, Rogério Antônio Lopes, estiveram nesta sexta-feira (18/10/13) na Prefeitura de Apucarana, onde foram recepcionados pelos secretários municipais de Governo, Petrônio Cardoso, e de Gestão Pública, Nikolai Cernescu Júnior, e pelo procurador jurídico do Município, Paulo Vital. Também participaram do encontro delegado-chefe da 17ª Subdivisão Policial de Apucarana (SDP), José Aparecido Jacovós, e os vereadores José Airton de Araújo e Aurita Bertoli, além de delegados de comarcas da região;

-Os futuros moradores do Conjunto Habitacional Sumatra I lotaram no dia (19/10/13) o ginásio de esportes do Colégio Nilo Cairo para acompanhar o sorteio que definiu qual a quadra e o lote em que vão residir a partir de novembro. Num clima de muita expectativa, o processo foi conduzido por uma equipe da Caixa Econômica Federal (CEF) e acompanhado de perto pelo Superintende da Regional Norte do banco, Élcio José Coelho de Lara, e do gerente geral da agência em Apucarana, Paulo Sérgio Vançan. No evento, com a presença de vários vereadores, o prefeito Beto Preto destacou que o momento representava uma vitória de cada família presente e agradeceu a paciência de todos até a chegada daquele momento. “O Sumatra I está localizado numa região bonita e vai atender a expectativa de quem vai morar ali. Estamos entregando uma área residencial com toda estrutura, como asfalto e meio-fio”, observou;

-O Ministério da Justiça premiou hoje, no Palácio da Justiça, os vencedores do concurso cultural sobre educação na prevenção do uso de drogas. Jovens de todo Brasil participaram do evento que premiou em até seis mil reais os ganhadores nas categorias fotografia, cartaz, vídeo, jingle e monografia. Com propósito de incentivar debate sobre o tema, anualmente o concurso é promovido pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça (Senad/MJ). Os primeiros colocados de cada categoria participaram da premiação e entre eles estavam jovens representantes do Paraná. Marcos Antônio da Silva, de Califórnia, John Keid de Souza Melo, de Apucarana, Kauan Aleksandro Mirkovski, de São José dos Pinhais, CamilleWengrat Correia, de Céu Azul, Maria LuisaMiquelão, de Santa Fé, Natanael Caetano Rosa, Samanta Silva de Oliveira e Mikaela Cardoso Biolo, os três de Cornélio Procópio, foram vencedores dos primeiros lugares no estado. O prefeito Beto Preto participou do evento e fez a entrega do prêmio de 1º lugar na Categoria Vídeo (na região sul do Brasil) para o jovem John Keid de Souza Melo, estudante do Colégio Estadual Osmar Guaracy Freire, de Apucarana/PR, cujo título do trabalho é: “Cada coisa tem seu lugar”. John estava acompanhado de sua mãe, Márcia Ferreira de Souza, e da professora Michelle Carolline de Almeida, uma das principais incentivadoras para o trabalho de John;

-Ouvintes do Jornal Fala Cidade fizeram agradecimentos ao Prefeito Beto Preto (PT) Apucarana. Dois ouvintes elogiaram o chefe do executivo, sendo um na Saúde o que é considerado uma raridade, e outro elogio seria no Trânsito da Rua Clotário Portugal. Depois de uma semana preta que o Prefeito Beto Preto viveu, teve quem elogiasse o sistema de Saúde do médico que tenta resolver os graves erros no atendimento médico de Apucarana. Sobre o trânsito complicado da área central, a Prefeitura de Apucarana resolveu mudar o estacionamento na Rua Desembargador Clotário Portugal na área central, e deixou o trânsito mais rápido e leve. Neste ponto a Prefeitura de Beto Preto acertou no alvo e deve expandir este mesmo processo em outras Ruas da cidade, conforme o AN Notícias colocou em enquete sobre as Ruas as quais o Estacionamento tem que ser mudado;

-Apucarana, Arapongas, Londrina e outros cinco municípios do norte e Norte Pioneiro serão contemplados com recursos da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), voltados para obras de pavimentação e saneamento. O valor dos montantes está sendo divulgado na manhã desta quinta-feira (24/10/13). Um evento será realizado pela presidente Dilma Rousseff (PT), no Palácio do Planalto, em Brasília (DF), para detalhar o pacote. O deputado André Vargas (PT) informou que dados do Ministério das Cidades mostram que 1.200 municípios dos 26 estados e do Distrito Federal receberão recursos. Desse total, 98 do Paraná serão contemplados com projetos de pavimentação e dois de saneamento. No norte e Norte Pioneiro, além de Londrina, estão na lista Alvorada do sul, Arapongas, Centenário do Sul, Porecatu, Primeiro de Maio e Siqueira Campos. Ao todo serão pavimentados 7,5 mil quilômetros de vias, além de ciclovias e 15 mil quilômetros de calçadas, sinalização e guias rebaixadas para acessibilidade.

Veja todos os municípios paranaenses contemplados:

Adrianópolis

Almirante Tamandaré

Alto Paraná

Alvorada do Sul

Amaporã

Anahy

Apucarana

Arapongas

-Com trabalhos focados no ministério dos Esportes e das Cidades, o prefeito de Apucarana, Beto Preto, com apoio do deputado federal André Vargas (PT/PR) atual primeiro-vice-presidente da Câmara busca em Brasília novas conquistas para a cidade. “Aguardamos apenas o ministério dos Esportes para a cobertura do ginásio do Lagoão; como também do ministério das Cidades para pavimentação de duas importantes vias do Jardim Novo Horizonte”, destaca o prefeito. A população deverá em breve acompanhar as obras nas ruas. Segundo o prefeito, o processo seguinte será a “fase final de licitação de ordem de serviço, e assim conseguir concretizar antigos sonhos dessas duas comunidades, tanto do Jardim Novo Horizonte como também da comunidade esportiva de Apucarana que tem no ginásio Lagoão a sua principal praça esportiva”. O ginásio está fechado a cerca de um ano para garantir a segurança e início das obras. Saúde - Na viagem à Brasília o prefeito aproveitou para participar de reunião com a bancada de deputados e senadores do Paraná. “Colocamos alguns pleitos relacionados à área da saúde, um deles para o consórcio intermunicipal de saúde de Apucarana e do Vale do Ivaí, e também para o hospital da providência de Apucarana que atende toda a região”, afirma o prefeito ressaltando o trabalho e parceria com o deputado André Vargas: “Temos o apoio incansável do deputado André Vargas, e nós estamos trabalhando para que as obras, os serviços e também as ações governamentais possam acontecer de maneira efetiva na nossa cidade de Apucarana e também no entorno na região do Vale do Ivaí”. Poder judiciário – Os deputados André Vargas e Alex Canziani estiveram com o prefeito Beto Preto na presidência do Superior Tribunal de Justiça (STJ), quando foram recebidos pelo presidente ministro Félix Fischer. “Estamos tratando aqui da manutenção da segunda Vara Federal para a cidade de Apucarana, conforme já tinha sido aprovada há cerca de 3 ou 4 anos”, afirma o prefeito Beto. Na reunião o ministro se comprometeu a levantar os dados relativos a instalação da Vara e dar os encaminhamentos. O prefeito saiu empolgado da reunião apostando que o ministro Fischer defenda a manutenção da Vara Federal na cidade;

-Apucarana foi contemplada no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2) do Governo Federal. O pacote de obras foi autorizado ontem pela Presidenta Dilma Rousseff e a ministra chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffman, em solenidade realizada pela manhã no Palácio do Planalto. O prefeito Beto Preto participou do evento, ao lado do vice-presidente da Câmara Federal, deputado André Vargas, e se manifestou entusiasmado com viabilização de várias frentes de pavimentação asfáltica em Apucarana. “Temos cerca de R$ 75 milhões em projetos cadastrados no Siconv, o Sistema de Convênios do Governo Federal, e desse total já garantimos a liberação de quase R$ 21 milhões em obras de infra-estrutura urbana, com verbas do Governo Federal”, comemorou o prefeito. Entre as obras autorizadas para Apucarana está a ampliação do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) da sede municipal; e a pavimentação e qualificação das vias urbanas nos bairros Jardim Marissol, Jardim Aviação, Jardim Santos Dumont, Vila reis, Recanto Mundo Novo e Rua Ouro Branco, no valor de R$ 9.067.376,98. O prefeito Beto Preto também assinou convênio para a pavimentação e qualificação das vias urbanas nos bairros Projeto Agrícola, Kaori Nakayama, Jardim Milani, Sanches dos Santos, Rua Alumínio (Parque Industrial Zona Norte) e Rua Coronel José Luiz dos Santos (Bairro 28 de Janeiro), no valor de R$ 6.367.765,19. “Isso fruto de muito trabalho político e de projetos bem elaborados pela nossa Secretaria de Obras e pelo Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento, o Idepplan”, frisou Beto Preto, lembrando que essa é uma conquista histórica para Apucarana que, em gestões anteriores, não tinham trânsito, nem força política junto ao Governo Federal;

-A empresa de abastecimento de aviões Petro Sapper começou a operar ontem segunda feira (28/10/13) no aeroporto municipal Capitão João Busse de Apucarana. A empresa é a segunda do segmento aéreo a instalar-se no município neste ano, há 15 dias a fabricantes de aviões ABS, do Rio de Janeiro, assinou com a prefeitura o termo de instalação em Apucarana, a empresa finaliza agora, o início da fabricação de aviões leves. A vinda da ABS atraiu a fornecedora de combustível para aviação Petro Sapper, que vai fornecer querosene e gasolina para aviões de pequeno e médio porte, além da ABS o posto deve atrair também para Apucarana, pilotos e empresários com plano de viagem entre as regiões sul e norte do Brasil. Após uma reunião com o prefeito Beto Preto, e o vice Júnior da Femac, e o proprietário da Petro Sapper Rodrigo Antônio Sapper falou sobre a instalação de sua empresa em Apucarana. Para o prefeito Beto Preto a vinda das duas empresas aéreas inicia o projeto de colocar Apucarana novamente na rota da aviação brasileira, no futuro, ainda oferecer vôos comerciais;

-O Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan) e a Superintendência de Trânsito continuam promovendo alterações no sistema viário de Apucarana. As mudanças chegaram agora à Rua Munhoz da Rocha, onde foram implantadas duas pistas de rolamento em toda a extensão da via e o estacionamento, por consequência, ficou restrito ao lado direito. De acordo com o superintendente de trânsito, Silnei Bolonhesi, a Rua Munhoz da Rocha possuía duas faixas de tráfego entre a Avenida Paraná, nas proximidades da Avenida Minas Gerais, até a Rua Guarapuava. “Agora, deixamos toda a via com duas faixas de rolamento, criando uma faixa de ultrapassagem. O objetivo é dar maior fluidez e trafegabilidade, eliminando as filas indianas que se formavam”, explica;

-Foi assinada nesta terça-feira (29/10/13), em ato realizado no gabinete do prefeito Beto Preto, a ordem de serviço para a pavimentação de ruas do Jardim Santa Helena, no valor de R$ 315.099,18. A benfeitoria será consolidada mediante uma parceria firmada entre a Prefeitura e os moradores do bairro, um dos mais antigos de Apucarana, criado na década de 50. As obras serão executadas pela Tapalan Construções e Empreendimentos Ltda, que terá um prazo de 150 dias para concluir os serviços. Pelo acordo, o Município bancará R$ 137.916,20, relativo aos custos de toda a drenagem e o meio-fio. Já os 76 moradores, que serão atendidos diretamente com a obra, irão arcar com um custo de R$ R$ 177.182,98, valor que será lançado em edital de contribuição de melhoria. “Fizemos duas reuniões neste ano com os moradores do Santa Helena e ficou acertado que os R$ 2.000 que cabem a cada morador poderá ser pago em até 24 vezes”, explica o engenheiro Herivelto Moreno, superintendente de Obras. Serão pavimentados trechos das ruas presidente Hoover, Roosevelt e Wilson, totalizando uma área de 5.300 metros quadrados, nas quais serão instalados 880 metros lineares de tubos, para escoamento da água das chuvas. “É um bairro antigo, criado em 1950, próximo do centro da cidade e que, com essa obra, terá asfalto em cerca de 90% das ruas”, esclarece Moreno;

-Depois de seis meses de curso, 85 alunos se formaram ontem no Projovem em Apucarana, durante solenidade que contou com a participação do prefeito Beto Preto, representantes da secretarias do Estado do Trabalho e da Família e Desenvolvimento Social, secretários municipais e vereadores. O evento, realizado no Clube Ucraniano, foi marcado por momentos de muita vibração e emoção entre os formandos e pela revelação de um dado local diferenciador: Apucarana foi a cidade que formou, neste ano, o maior número de alunos em todo o eixo Norte do Estado, que vai de Jacarezinho a Maringá, passando por Cornélio Procópio e Londrina;

-A remuneração deste mês dos 2.835 funcionários municipais de Apucarana vai estar disponível para saque três dias mais cedo do que o habitual. A antecipação do depósito, com recursos que totalizam R$6 milhões disponíveis aos trabalhadores já nesta segunda-feira (28/10), foi uma determinação do prefeito Beto Preto (PT) às equipes das secretarias da Fazenda e de Gestão Pública da Prefeitura de Apucarana e tem como propósito maior brindar o Dia do Funcionário Público Municipal, celebrado na data. “Além do tradicional ponto facultativo, esta medida foi uma forma que a atual administração encontrou para marcar ainda mais o dia, abraçando de forma carinhosa a todos os servidores que durante todo este ano têm lutado bastante ao nosso lado e, apesar das dificuldades herdadas, permanecem firmes na trincheira do trabalho. Com isto também reafirmamos mais uma vez o respeito que temos por toda a categoria, afinal, são os servidores que executam e mantém as políticas públicas junto aos cidadãos”, pontuou o prefeito;

-O prefeito de Apucarana, Beto Preto, assinou nesta sexta-feira (01/11) a lei que autoriza o executivo municipal a conceder o uso e ocupação do solo de um imóvel à Paróquia Cristo Sacerdote. O terreno, localizado na Rua Marquesa de Santos (próximo ao Estádio Olímpio Barreto) e com área de 847,09 metros quadrados, é destinado à construção de uma igreja, que será dedicada à Nossa Senhora do Rocio. De acordo com a lei, a donatária tem prazo de seis meses para iniciar as obras e dois anos para concluí-la;

-O prefeito de Apucarana Beto Preto participa em Brasília, nesta terça-feira (05/11/13) à tarde, da liberação de recursos para o Hospital da Providência. O investimento de R$ 3 milhões para o pronto socorro e UTI, e mais R$ 300 mil por mês para custeio do atendimento da rede de atendimento de urgência e emergência;

-Administrado pela Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Apucarana, o Bosque Municipal Parque das Aves é hoje referência regional não só pela forma com que faz o abrigamento e exposição dos animais aos visitantes, mas também pela maneira com que tem dispensado tratamento médico-veterinário. “No decorrer deste ano vencemos as dificuldades orçamentárias com a concretização de diversas parcerias, sobretudo com a Polícia Ambiental Militar Força Verde, universidades e também com profissionais especializados em animais silvestres”, observa Itamar Gomes de Oliveira, secretário Municipal de Meio Ambiente. Somente nestes últimos meses, relata Itamar, dois casos específicos chamaram a atenção no local. O primeiro foi o diagnóstico e cura de câncer de garganta em uma das araras-canindé e, o segundo caso, envolveu o resgate e cuidados a um macaco-prego ferido por um bando rival junto à mata do Parque Ecológico da Raposa. No caso da arara-canindé, conta o administrador do bosque, Alan Barneze de Lima, a identificação da doença veio por intermédio do trato diário. “No dia a dia dispensamos atenção especial a todos os animais e há dias nossa equipe vinha percebendo uma mudança de hábitos e rotina, sobretudo na hora da alimentação. Ao verificarmos mais de perto, percebemos um “calombo” em seu pescoço, que posteriormente foi diagnosticado pela equipe de biólogos e veterinários como sendo um tumor cancerígeno”, observa Lima;

-Em breve, Apucarana terá uma nova opção de lazer. Trata-se do Parque do Canal, que será implantado em área de cerca de 7 mil metros quadrados, localizada entre as ruas Urânio e Noboru Fukushima. O espaço onde passa, através de um canal de pedras, o Córrego Jaboti fica nos fundos do Senac e do Colégio PLGD e contará com diversos atrativos, como pista de caminhada e academia de ginástica ao ar livre. O prefeito de Apucarana, Beto Preto, acompanhado do secretário de Governo, Petrônio Cardoso acompanhou nesta sexta-feira (01/11) o início dos trabalhos de implantação do novo parque. “O canal foi construído na década de 80 com pedra bruta argamassada e, como não teve uma manutenção adequada, está cedendo em vários pontos. Além disso, o espaço ficou abandonado, havendo entulhos em vários pontos. Os operários iniciaram os trabalhos com a limpeza geral, fazendo a poda de árvores e retirando o lixo acumulado e a camada vegetal excedente”, relata Beto Preto;

-O prefeito de Apucarana, Beto Preto, assinou nesta sexta-feira (01/11/13) a lei que autoriza o executivo municipal a conceder o uso e ocupação do solo de um imóvel à Paróquia Cristo Sacerdote. O terreno, localizado na Rua Marquesa de Santos (próximo ao Estádio Olímpio Barreto) e com área de 847,09 metros quadrados, é destinado à construção de uma igreja, que será dedicada à Nossa Senhora do Rocio. De acordo com a lei, a donatária tem prazo de seis meses para iniciar as obras e dois anos para concluí-la;

-O AN Notícias trouxe nesta semana a enquete voltada a operação que a Prefeitura de Apucarana está realizando desde o início do ano com a poda de árvores na cidade. A secretaria de Meio Ambiente de Apucarana está realizando este serviço quase que semanalmente e em várias Ruas da cidade, vemos que algumas árvores ficaram “peladas” com o serviço feito pela Prefeitura. Algumas pessoas questionaram se esse tipo de serviço feito pela Prefeitura de Apucarana era legal, haja vista que, a Promotoria Pública de Apucarana do Meio Ambiente poderia impedir os cortes e podas de algumas árvores na cidade alta. O AN Notícias resolveu colocar a enquete sobre este assunto no ar, e a maioria dos internautas aprovou este serviço na cidade, mostrando que as podas nas árvores é essencial para o Apucaranense. Veja o resultado da enquete desta semana clicando na galeria de Imagens para ver o resultado;

-Beto Preto fez mais um anúncio relevante. “Na próxima semana Apucarana irá receber a visita de uma comissão do MEC, para avaliação das estruturas do Hospital da Providência, Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e do SAMU”, informou. Segundo ele, o objetivo é aferir a possibilidade de Apucarana abrir vagas para residência médica em Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Pediatria e Medicina da Família. “A Prefeitura de Apucarana será uma parceira vigorosa nesta nova empreitada”, garantiu Beto Preto. Conforme assegura o prefeito, Apucarana vai voltar a ser centro de referência médica. “Estamos trabalhando para isso e, a cada dia, somando novos apoios nessa luta”, comentou. O médico Beto Preto diz reconhecer que hoje, com o Hospital João de Freitas, Arapongas está num estágio mais avançado em procedimentos via SUS, inclusive socorrendo Apucarana em muitas situações. “Só temos a agradecer, mas reitero meu compromisso inadiável com a saúde pública que já melhorou e, tenho convicção, de que irá avançar muito mais em Apucarana”, avaliou Beto Preto, após sair da audiência como ministro Padilha, na noite de ontem, em Brasília;

-Atingindo 200 km de melhorias em estradas rurais nos primeiros 10 meses da atual administração, a Secretaria Municipal da Agricultura de Apucarana concluiu na última quarta-feira o trabalho de cascalhamento e compactação no trecho de 18 km que liga o distrito de Correia de Freitas ao distrito de São Pedro da Taquara e segue até a localidade de Pinhalzinho. Realizado em sete dias, o serviço foi complementado com a abertura e limpeza de caixas de retenção, bem como construção de lombadas para facilitar o escoamento da água da chuva. Com a realização da obra, foi possível atender a uma antiga reivindicação dos moradores do trecho entre São Pedro da Taquara e o Pinhalzinho. “Nosso trabalho foi feito para garantir o acesso permanente do transporte coletivo. Os ônibus não percorriam essa parte da estrada em dias de chuva, trazendo muito transtorno aos usuários”, observou o secretário da Agricultura, João Carmo da Fonseca;

-Inaugurado no início da década de 60, o Cemitério Cristo Rei finalmente ganhou calçada em todo o seu entorno. A Prefeitura de Apucarana executou o serviço em trecho de cerca de 250 metros, na Rua Conselheiro Pena, no Jardim Eldorado. A área de passeio foi implantada com a aplicação de concreto alisado na faixa de um metro de largura e o restante será completado com o plantio de grama. O investimento é de R$ 5 mil. De acordo com o prefeito de Apucarana, Beto Preto, a calçada é uma reivindicação antiga dos moradores desta região da cidade;

-Após a realização de uma oficina técnica na noite de quinta-feira 07/11/13 na Prefeitura de Apucarana, onde atendeu a interessados do poder público e sociedade civil, esclarecendo dúvidas sobre editais e o novo sistema para cadastro de projetos junto ao Ministério da Cultural (MinC) do Governo Federal, a técnica do Regional Sul e assessora do Programa Nacional de Apoio à Cultura (PRONAC), Clara Cristina Zitkoski, realizou uma visita “in loco” às obras do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), que está em fase final de construção em área cedida pela prefeitura na Avenida Central do Paraná, ao lado da Unidade Básica de Saúde Bolivar Pavão;

-Além da alfabetização de jovens, adultos e idosos, as atividades das turmas da EJA Fase I, sob a responsabilidade da Autarquia Municipal de Educação (AME), buscam oferecer sempre algo a mais para o alunado. Em uma iniciativa da professora Priscila Pedroso Godoy, regente das salas da EJA Fase I, alunos das turmas das escolas municipais Professor Idalice Moreira Prates (que funciona no período noturno em sala cedida pelo Sesc Apucarana) e da José Brazil Camargo (que funciona no período vespertino em sala cedida pelo CEEBJA), participaram recentemente do projeto intitulado “Beleza e Auto-estima: Um resgate à imagem Pessoal”;

-Nesta quinta-feira (14/11/13) mais 30 apucaranenses atendidos pelo sistema público de saúde ganham um novo motivo para sorrir mais. A partir das 8 horas, em sala do primeiro andar da Autarquia Municipal de Saúde (AMS), o Departamento de Odontologia realiza a entrega de próteses dentárias. Concedidas gratuitamente, o programa é subsidiado através de recursos conveniados com o Ministério da Saúde. Segundo o diretor municipal do setor, Dr. Luis Carlos Caramori, a meta é encerrar o ano com a entrega de mais de mil peças. Ele relata que em todo o ano de 2012, o governo anterior entregou apenas 749 próteses com a conquista de R$75 mil;

-Em audiência mantida ontem (18/11/13), em Curitiba, com o secretário João Carlos Gomes, da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, o prefeito de Apucarana, Beto Preto, oficializou o pedido de autorização para abertura de vestibular em 2014 na Faced. “O Município está disposto a abrir vagas nos cursos de graduação em Pedagogia, Letras (português e Inglês), Letras (Português e Espanhol) e Filosofia”, anunciou Beto Preto. Segundo ele, em julho, quando esteve em Apucarana para a solenidade de colação de grau de 54 formandos da Faced, o então reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa, deu a notícia do reconhecimento dos cursos. Com a formatura de 7 acadêmicos em 2012, 54 no mês de julho e de mais 104 que irão concluir seus cursos neste próximo mês de dezembro, todos saem da instituição com a garantia de diplomas reconhecidos;

-Para marcar o mês do Doador de Sangue, a ONG "No Name" realiza neste sábado (23/11) o dia "D" da campanha de doação de sangue junto ao Hemonúcleo de Apucarana. O movimento é iIntitulado: “Salvar vidas é a maior recompensa dos doadores: Doe Sangue!”. Objetivando incentivar um maior número de pessoas a doar, a divulgação junto à população vem sendo feita em rádio, TV, jornal impresso e na área central de Apucarana, além de faculdades e escolas de educação de adultos;

-Autoridades e lideranças de todo o Norte do Estado começam a se mobilizar pela manutenção do traçado original da Ferrovia Norte-Sul, que contemplaria toda a região. No projeto original, incluso no Programa de Investimento em Logística (PIL II) do Governo Federal e que chegou a ser divulgado pela Valec Engenharia, Construções e Ferrovias (estatal ligada ao Ministério dos Transportes), estava prevista a ligação de Panorama-SP até Apucarana e, a partir daí, seguindo pela região centro-norte do Paraná (Vale do Ivaí), até Guarapuava e depois Paranaguá. A nova ferrovia, de acordo com o planejamento, terá bitola de 1,60 m, permitindo maior capacidade de carga e velocidade de até 80 km/hr aos comboios ferroviários. Atualmente, as composições da Amércia Latina Logística – com bitola de um metro, trafegam a 25 km/hr. A meta do governo é estimular o agronegócio no interior do País e não apenas no sistema convencional, que direciona toda produção para exportação.O prefeito de Apucarana, Beto Preto (PT), e seu vice, Sebastião Ferreira Martins Junior (PDT), foram recebidos ontem (19/11/13) pelo prefeito de Londrina, Alexandre Kireff (PSD), em seu gabinete, para discutir estratégias em relação ao projeto da Ferrovia Norte-Sul. Beto Preto e Junior foram precursores na luta para evitar que o Norte do Paraná seja prejudicado no encaminhamento do PIL I e II;

-A Autarquia dos Serviços Funerários de Apucarana (Aserfa) e a Secretaria do Meio Ambiente (SEMA) da Prefeitura de Apucarana, com acompanhamento da Procuradoria Jurídica Municipal, firmaram nesta terça-feira (19/11), com a promotoria do Ministério Público do Meio Ambiente, um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) visando a promoção de melhorias nos três cemitérios municipais: Saudade, Cristo Rei e Distrito de Pirapó.Com o cumprimento das cláusulas contidas no documento, o município deve dar um fim ao trâmite de uma ação civil pública protocolada em março deste ano junto à 2ª Promotoria de Justiça do Fórum Desembargador Clotário de Macedo Portugal, pelo advogado Élvio de Freitas Leonardi, que pedia a suspensão de sepultamentos nestes locais tendo como base suposta não observância de critérios ambientais para a realização de sepultamentos. “Desde o início analisamos o fato com muita cautela, pois ao simplesmente impedirmos sepultamentos poderíamos criar um mal maior. Por isto pedimos um laudo ao Instituto Ambiental do Paraná (IAP), que em sua manifestação apontou algumas irregularidades. Com base nisto, a promotoria procurou o município para o estabelecimento deste TAC”, detalhou Dr. Vilmar Antônio Fonseca, promotor do Meio Ambiente. A ação civil questiona, sobretudo, situações ligadas à adequação às normas da legislação relativa à política ambiental e irregularidades estruturais, como necessidade de obras de drenagem para escoamento da água da chuva e contenção de erosões, bem como limpeza e conservação geral dos espaços;

-Mais 10 pequenos e médios empresários de Apucarana conquistaram terrenos para edificação de sede própria e expansão de seus empreendimentos em parques industriais de Apucarana. Ao todo foram repassados 20 mil metros quadrados de terrenos localizados nos parques industriais Galan, Zona Norte, Berté e Distrito de Vila Reis. Dentro da política de fortalecimento industrial do município, em setembro deste ano a Secretaria Municipal da Indústria e Comércio já havia oficializado a doação de 25 mil metros quadrados a outras sete empresas. O termo de repasse e regularização das novas áreas foi assinado e entregue diretamente aos beneficiários pelo prefeito Beto Preto (PT) em ato realizado na tarde desta quarta-feira (20/11) no gabinete municipal. “A prefeitura vem realizando o seu trabalho e cumprindo com o compromisso de fomentar oportunidades a quem quer investir ou expandir seus negócios na cidade. A partir de agora desejamos que todos possam ter ainda mais êxito em suas atividades, gerando mais empregos e renda”, disse o prefeito. Ele enalteceu as conquistas obtidas neste primeiro ano de mandato, apesar das dificuldades herdadas.“Sabemos que precisamos avançar ainda mais com relação aos parques industriais, sobretudo na questão do asfalto e outras benfeitorias, mas não se conserta anos de atrasos sem antes dispensar muito trabalho e é isto que fizemos ao longo do ano, colocamos em dia questões deixadas pela administração passada”, disse Beto, anunciando novos projetos;

-A Secretaria da Juventude e a Autarquia Municipal de Educação (AME), da Prefeitura de Apucarana, realizaram nesta quarta-feira (20/11/13) entrega de materiais esportivos que serão utilizados nas aulas de educação física nas 36 escolas da rede municipal. O ato, que aconteceu no salão nobre do prédio administrativo central, reuniu diretoras e coordenadoras escolares e contou com a presença do prefeito Beto Preto (PT), do secretário da Juventude, Paulo Kisner, da diretora-geral do Centro da Juventude, Jossuela Pinheiro e do diretor-presidente da AME, Fernando José de Freitas;

-A Prefeitura de Apucarana deu início nesta semana 22/11/13 à implantação de placas verticais reflexivas em diversos pontos da cidade. A meta é reforçar visualmente aos condutores os limites de velocidades permitidos na área urbana. “A ação tem contemplado inicialmente as vias com maior fluxo de veículos e faz parte do processo de modernização do trânsito que, além de melhor trafegabilidade, visa oferecer maior segurança tanto aos condutores quanto aos transeuntes”, destaca o prefeito Beto Preto (PT);

-Mais 545 estudantes da rede municipal de ensino foram formados através do Grupo Patrulha Escolar Mirim, uma iniciativa da Guarda Municipal de Apucarana. A formatura, envolvendo 10 escolas municipais, ocorreu nesta segunda-feira (25/11), no Cine Teatro Fênix. Na oportunidade, também foi divulgado o resultado do concurso de redação e feita a entrega simbólica dos certificados aos participantes.Além de alunos, educadores e pais, estiveram presentes na cerimônia o professor Fernando José de Freitas, diretor-presidente da Autarquia Municipal de Educação (AME), Paulo Kisner, secretário da Juventude, Ataíde Pantaleão da Silva, comandante da Guarda Municipal, Fábio de Souza, guarda municipal e coordenador da Patrulha Escolar Municipal. O evento também contou com a presença da Banda Municipal e de representantes de órgãos parceiros na iniciativa, como SAMU, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar Ambiental Força Verde. O momento religioso e de louvor foi conduzido pelo GM de Andrade.Essa foi a segunda formatura do ano, abrangendo alunos de quintas séries do Ensino Fundamental. Os conteúdos, ministrados desde julho, envolveram educação para o trânsito, ordem unida, hierarquia e disciplina, convivência entre colegas de escola, bullying, prevenção de conflitos e pequenos delitos, segurança e combate às drogas, primeiros socorros, crime ambiental e Defesa Civil;

- A Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), através do campus Apucarana, repassou 26 máquinas de costura ao Município. O termo de doação foi assinado pelo professor Aloysio Gomes de Souza Filho, diretor-geral da UTFPR, e pelo prefeito de Apucarana, Beto Preto, tendo por testemunha o vice-prefeito, Sebastião Ferreira Martins Júnior (Júnior da Femac). O Município recebeu 6 máquinas overlock, 15 interlock, 4 galoneiras e uma máquina de bordar. De acordo com o prefeito Beto Preto, os equipamentos serão destinados ao Centro de Qualificação Total e ao Centro de Oficinas da Mulher. “As máquinas serão utilizadas nos cursos de costura industrial e de corte e costura ministrados nestes dois locais, que estavam com dificuldades para oferecer a capacitação, pois as poucas máquinas disponíveis estavam sucateadas”, frisa;

-Com a presença de representantes do Observatório Social de Apucarana (OSA) e poucos membros da sociedade em geral, o plenário da Câmara Municipal de Apucarana Valmor Santos Giavarina, recebeu na tarde nesta quarta-feira (27/11) audiência pública de apresentação e debate do Plano Plurianual para o quadriênio 2014-2017 (Projeto de Lei nº 039/13) e do Orçamento Público para o exercício de 2014 (Projeto de Lei nº 139/13). Com relação ao orçamento público para Apucarana no próximo exercício, a prefeitura anunciou que a estimativa de receita total nos Orçamentos Fiscal e Seguridade Social é de R$220.272.802,68, sendo R$130.150.652,91 somente do Orçamento Fiscal. “Elaboramos o projeto de acordo com os programas de governo estabelecidos no Plano Plurianual, na Lei de Diretrizes Orçamentárias e com as novas exigências contidas na Lei de Responsabilidade Fiscal”, explicou Caio Salinet, superintendente da Controladoria Interna;

-Cerca de 200 mil lâmpadas vão iluminar as ruas centrais de Apucarana neste Natal. Quase mil pontos, entre árvores e postes de 4 praças e 11 ruas da área central, serão enfeitados com cordões luminosos, caracterizando o slogan da festividade de 2013: “Natal Rumo aos 70 anos. Apucarana Cidade Luz”. Anunciando uma decoração diferente e atraente, a prefeitura de Apucarana, através da Secretaria de Indústria e Comércio, já iniciou nesta semana a instalação dos enfeites natalinos. “O sistema será ativado no dia 7 de dezembro, quando acontece a tradicional chegada do Papai Noel na cidade. Estamos empenhados em oferecer uma grande festa neste dia e, sobretudo, proporcionar beleza, alegria, paz e segurança para as famílias apucaranenses neste período natalino”, declara o prefeito Beto Preto;

-A Prefeitura de Apucarana, por intermédio da Secretaria de Obras, iniciou a duas semanas, em ruas e avenidas mais próximas da área central, o serviço de desbaste (destoca) de árvores que há muitos anos foram cortadas. Trata-se de espécies impróprias para o perímetro urbano e que estavam condenadas e em vias de cair e provocar acidentes ou danos.O contrato firmado com a SK Coleta de Entulhos Ltda, vencedora do processo de licitação, tem validade por um período de doze meses. O valor contratado é de R$ 149.449,00, definido em processo de registro de preços, na modalidade de pregão presencial. O preço unitário (toco) ficou fixado em R$ 74,75 para um lote de dois mil tocos. A execução do serviço de desbaste de restos de árvores, principalmente no caso de algumas de grande porte, surpreendeu moradores de alguns bairros que conviviam com o problema a muitos anos. Até agora já foram eliminados um total de 250 tocos;

-A frente de trabalho do tapa-buracos está atuando em ruas da região da Barra Funda. Nesta sexta-feira (29/11/13) os operários recuperaram trechos das ruas Tamandaré, Munhoz da Rocha e José Domingues Alexandre. O serviço foi acompanhado pelo prefeito Beto Preto, que salienta a necessidade do serviço paliativo, para melhorar a trafegabilidade;

-Dentro das ações governamentais previstas no plano de trabalho “Apucarana 70 anos”, o Departamento de Engenharia da Autarquia Municipal de Educação (AME) já trabalha na elaboração de projetos arquitetônicos e planilha de custos que vai culminar em um pacote de obras para atender a escolas e centros municipais de educação infantil (CMEIs) com reformas e ampliações. O processo, autorizado nesta semana pelo prefeito Beto Preto (PT), faz parte da política de reestruturação dos prédios escolares que, na sua maioria, deixaram de receber manutenção adequada nos últimos 12 anos por parte dos gestores. Segundo esclarece o diretor do Departamento de Engenharia da AME, arquiteto Luciano Andrade, a idéia da administração municipal é levar, gradativamente, as melhorias estruturais às 36 escolas e 21 CMEIs.Por determinação do prefeito Beto Preto, serão atendidas no primeiro lote seis escolas municipais: Dinarte Pereira de Araújo, Albino Biacchi, Marilda Nolli, Augusto Weyand, Senador Marcos Barros Freire e Osvaldo dos Santos Lima e dois CMEIs: Irma Dulce e Olívio Fernandes.Os serviços serão contratados via processo licitatório e os investimentos envolvem desde obras estruturais, passam por intervenções de adequação de layouts internos, banheiros, cozinhas, refeitórios, centrais de depósito de merenda e de gás, e chegam à questão da acessibilidade, iluminação, paisagismo e instalação/reforma de playgrounds. “Vamos promover a padronização de todos os prédios, melhorando o visual e tornando o ambiente mais agradável”, revela o arquiteto municipal;

-O Batalhão da Polícia Comunitária Escolar (BPCE) em parceria com a Prefeitura de Apucarana, através da Autarquia Municipal de Educação (AME), realizou nesta semana, no ginásio de esportes do Colégio Nossa Senhora da Glória (Glorinha), solenidade de formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD). Ao todo, receberam a certificação de aprendizado 1,4 mil alunos da 5ª série de 32 escolas da rede municipal. Devido ao grande número de novos “proerdianos”, a formatura foi realizada em dois dias (quarta e quinta-feira) e o destaque ficou por conta das famílias dos alunos que lotaram a praça esportiva nos dois dias;

-Os agentes comunitários de saúde (ACS) da Autarquia Municipal de Saúde (AMS) da Prefeitura de Apucarana participam de um projeto piloto realizado pelo Governo Federal através da Caixa Econômica Federal (CEF). Além do trabalho de rotina inerente à função junto ao setor de saúde pública, a partir desta semana 02/12/13 os profissionais assumem mais uma incumbência como mobilizadores sociais e irão levar informações à população sobre o Crescer – Programa Nacional de Microcrédito, que tem como público alvo empreendedores, formais ou informais, com faturamento anual até R$120 mil. No município, a ação piloto é vinculada à Agência do Trabalhador e Caixa Econômica Federal. Segundo o gerente da Agência do Trabalhador, Lucas Ortiz Leugi, cerca de 150 agentes comunitários de saúde receberam capacitação por parte da CEF nesta segunda-feira, em um encontro realizado no Polo Presencial da UAB de Apucarana;

- O prefeito Beto Preto sancionou hoje leis que dão nova destinação a duas áreas da zona rural cidade. A lei 131/2013 altera o zoneamento de um terreno de 23 alqueires na região da Juruba, que será transformado num distrito industrial. A segunda lei 132/2013 declara de interesse social outra área, de 20 alqueires, também na região da Juruba. O terreno viabilizará mais um projeto do “Programa Minha Casa Minha Vida”, contemplando famílias com renda de até 3 salários mínimos. Serão construídas no local 900 casas rumo à meta do prefeito Beto Preto entregar 4 mil novas moradias à população de Apucarana em 4 anos de mandato;

-Secretaria Municipal da Agricultura está divulgando o Projeto Dengue Controle Natural, que utilizará plantas para eliminar e repelir o aedes aegypti, mosquisto transmissor da doença. Nesta terça-feira (03/12), o secretário da Agricultura, João Carmo da Fonseca, acompanhado de técnicos municipais, fez uma explanação sobre o programa no Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos (CEEBJA). A exposição esteve inserida dentro de um projeto de educação ambiental desenvolvido pelo CEEBJA e que incentiva o cultivo de pequenas hortas e jardins suspensos nas residências. “A exemplo de outras plantas, a citronela e a crotalária podem também ser cultivadas no quintal ou até mesmo dentro de casa, em vasos ou em recipientes que ficam suspensos, como pneus”, explica Fonseca;

-Um ano e maio após ser inaugurada, finalmente a Secretaria da Juventude da Prefeitura de Apucarana está podendo fazer uso da piscina semi-olímpica existente no Centro da Juventude Alex Mazaron. “Entregue à toque de caixa em momento pré-eleitorial, a obra não foi bem finalizada pela empreiteira. Inaugurada pelo então gestor até mesmo sem a autorização do Governo do Estado, através da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social (que financiou a obra), ao assumirmos o governo em janeiro deste ano foi um susto atrás do outro, onde nos deparamos com diversos problemas na execução, entre eles a piscina, que apresentava grave vazamento”, recorda o prefeito Beto Preto (PT);

-A prefeitura de Apucarana PR vai retomar a construção de um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) no Jardim das Flores, a obra está paralisada desde novembro do ano passado, quando o município deixou de honrar o contrato com a construtora. A interrupção do serviço vai gerar um acréscimo de R$ 32 mil, pela correção de valores de mão-de-obra e materiais de construção, no valor do imóvel orçado em R$ 670 mil há dois anos;

-Em audiência mantida nesta quarta-feira (04/12/13), em Curitiba, com a secretária de Justiça Maria Tereza Uille Gomes, o prefeito de Apucarana Beto Preto (PT), acompanhado do Diretor do Fórum da Comarca de Apucarana, Oswaldo Soares Neto, e o Procurador Geral do Município, Paulo Sérgio Vital, ofertou uma área de 23 mil metros quadrados, para abrigar um Centro de Detenção e Ressocialização (CDR) e também um presídio destinado a condenados que têm direito ao regime semi-aberto. A área está situada no Contorno Sul de Apucarana, junto ao quartel do 10º Batalhão da Polícia Militar e tem ótima topografia, conforme exigência da Secretaria de Estado da Justiça. No encontro, a secretária Maria Tereza reiterou que a decisão de adiar o projeto da penitenciária de Apucarana, foi do Estado, por intermédio do Departamento Penitenciário (Depen). Ela confirmou que isso ocorreu em função do acentuado declive e da espessa camada rochosa, da área que havia sido ofertada anteriormente. “Isso implicaria em custos bem acima do que estava previsto no projeto”, frisou a secretária. Na audiência, Maria Tereza anunciou às autoridades apucaranenses que a nova área será vistoriada ainda neste mês por técnicos do Depen. O jurista Maurício Kuhene, que também participou do diálogo, já ficou incumbido de realizar, no mês de fevereiro, uma audiência pública em Apucarana, com representantes da sociedade civil organizada. O objetivo é discutir a proposta de instalação de uma colônia penal industrial (semi-aberto) e de um CDR (penitenciária) em Apucarana;

-O prefeito Beto Preto, seu vice Junior da Femac e o secretário de Indústria e Comércio, Laércio Beani da Costa, assinaram em (05/12/13) escritura pública de compra e venda, com os senhores Laerte Campagnoli e Paulo Cézar Campagnoli, proprietários da Fazenda da Juruba, na região Sul da cidade, junto à BR-376. Uma área de 23 alqueires está sendo adquirida pelo Município, para criar toda a infraestrutura da “Cidade Industrial da Juruba”. O projeto, que está sendo finalizado, prevê duzentos lotes para receber empresas de pequeno, médio e grande porte. “Vamos dispor de 556 mil metros quadrados e já temos dezenas de empresários interessados em investir nesta nova área industrial de Apucarana”, anunciou o prefeito Beto Preto, reiterando seu compromisso de retomar o desenvolvimento econômico de Apucarana.No mesmo ato, realizado numa sala do Cartório de Registro de Imóveis Iedo Marques, também foi assinado contrato de compra e venda de mais 30 alqueires da Fazenda Juruba. O lote está sendo adquirido pela Construtora Cantareira, de Maringá, que irá construir no local o Residencial Fariz Gebrim, com 911 unidades do Programa Minha Casa Minha Vida. Segundo o diretor da Cantareira, Leandro Arruda, o investimento será de R$ 55,6 milhões, com previsão de início da obra no mês de abril de 2014 e entrega com prazo de 18 meses. “O conjunto habitacional é direcionado à faixa 1, para famílias com renda de até três salários mínimos, e no pico da obra iremos gerar cerca de 400 empregos diretos”, informou Arruda;

-O prefeito Beto Preto (PT) embarcou para Brasília nesta segunda-feira (09/12/13) e deve assegurar mais uma conquista para Apucarana junto ao Governo Federal. Em evento previsto para as 14h30 de hoje (10), com a participação do Ministro do Esporte, Aldo Rebelo e da Ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, a cidade deve receber oficialmente a confirmação da liberação de cerca de R$ 3,5 milhões, a fundo perdido, para a construção de um moderno Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) em área de 7 mil metros quadrados junto ao Parque do Japira, no Jardim América;

-Todas as ruas localizadas no Jardim Apucarana serão beneficiadas com a recuperação emergencial do asfalto. A Prefeitura de Apucarana, através da Secretaria Municipal de Obras, iniciou nesta terça-feira (10/12) a operação tapa-buracos pela Rua Rio Grande do Sul. De acordo com o engenheiro Eduardo Mendonça, os trabalhos avançarão ao longo da semana até atingir todas as vias do bairro;

-Num programa realizado em parceria com a prefeitura, a concessionária Rodonorte entregou hoje (10/12/13) Kits de enxoval para 230 gestantes atendidas na Casa da Gestante de Apucarana. Segundo a coordenadora dos programas sociais da empresa, Rúbia Galvão, conforme foi firmado no convênio assinado com a administração municipal em outubro, o atendimento vai continuar regularmente em 2014, com a primeira entrega dos kits já programada para fevereiro;

-Em reunião convocada nesta terça-feira (10/12/13) pelo comitê gestor do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem), lideranças da cidade e região decidiram se engajar na mobilização em favor da manutenção do traçado original da Ferrovia Norte-Sul. No encontro, realizado na sede da Associação Comercial e Industrial de Maringá (ACIM), ficou deliberado que todas as instituições da sociedade civil organizada, lideranças políticas, empresariais e do agronegócio estarão representadas na próxima agenda do movimento, prevista para dia 16 (segunda-feira), a partir das 16 horas, na Sociedade Rural do Paraná, em Londrina. A participação de todos os segmentos no evento já começou a ser trabalhada pela Agência Terra Roxa, em defesa da Metrópole Linear do Norte do Paraná;

-Após o trabalho de limpeza geral, feito por funcionários do próprio município, o prefeito Beto Preto assinou nesta quinta-feira (12/12/13) ordem de serviço para a reconstituição do leito por onde passa o Córrego Jaboti. Esta é mais uma etapa no processo de implantação do Parque do Canal 70 anos, uma nova área de lazer que está sendo viabilizada nos fundos do Senac, entre as ruas Urânio e Noboru Fukushima. O valor do contrato é de R$ 69.500 e a empresa que executará os serviços é a Construtora Rocha, de Bom Sucesso.Além da recomposição do canal, que foi construído originalmente com pedra argamassada, a empresa contratada colocará um gradil de proteção com tubos metálicos. Paralelamente, a Prefeitura abrirá novas frentes de trabalho no local para executar todo o projeto, que prevê ainda a construção de uma pista de caminhada, uma academia de ginástica ao ar livre e sistema de iluminação composto por 40 postes com lâmpadas de 200 watts. “Numa outra etapa pretendemos ainda implantar neste espaço uma concha acústica e, ainda em 2014, prolongar a pista de caminhada chegando até as proximidades do Lago Jaboti”;

- As 42 famílias de produtores rurais que aderiram à primeira etapa do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) em Apucarana deram mais um passo hoje (12) para construção de uma nova moradia em suas propriedades. Em reunião realizada por uma empresa de consultoria de projetos, no salão nobre da prefeitura, elas assinaram a documentação para entrada do processo de liberação dos recursos pela Caixa Econômica Federal (CEF). A próxima etapa, prevista para março, será a assinatura do contrato com o banco, o que permitirá o início das obras de imediato. Criado no âmbito do Programa Minha Casa, Minha Vida, o PNHR visa garantir a permanência do homem ao campo e é desenvolvida em parceria pelo Governo Federal, Governo Estadual, através da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Caixa Econômica Federal e Prefeitura de Apucarana. As famílias são beneficiadas com R$ 28,5 mil para contratação de mão-de-obra e aquisição de material de construção, mas só vão pagar R$1.140 pela moradia. São quatro parcelas anuais, ao longo de quatro anos, de apenas R$ 285. Os recursos são liberados de acordo com o andamento da obra, cabendo à Prefeitura de Apucarana fazer o acompanhamento da execução, medições, trabalho social, bem como procedimentos judiciais e administrativos. Com 54.87 metros quadrados, as unidades habitacionais terão dois quartos, banheiro, cozinha, sala e área de serviço. Para aderir ao programa, os proprietários rurais devem ter renda familiar bruta anual que não ultrapasse a R$ 15 mil e a propriedade não pode ter mais do que 23 alqueires;

-Parte das festividades em comemoração aos 70 anos de Apucarana, que serão comemorados no dia 28 de janeiro, a Secretaria da Agricultura da Prefeitura de Apucarana promove nesta quinta e sexta-feira (19 e 20/12), das 8 às 22 horas, na Praça Rui Barbosa, a Feira da Agricultura Familiar;

-As milhares de peças de roupas e acessórios produzidos ao longo deste ano nas aulas e oficinas profissionalizantes oferecidas gratuitamente à comunidade pela Secretaria da Mulher e Assuntos da Família da Prefeitura de Apucarana, através de cursos próprios e viabilizados via parcerias com outras secretarias, entidades de ensino técnico e governos Estadual e Federal, estão sendo doadas a entidades sociais. Nesta terça-feira (17/12), a equipe municipal realizou a entrega dos materiais à ala feminina da Casa de Misericórdia e ao abrigo do menor “Lar Sagrada Família”;

-O prefeito de Apucarana, Beto Preto, anunciou nesta quinta-feira (19/12/13) mais uma conquista para os moradores do Conjunto Habitacional Sumatra I, inaugurado recentemente. Conforme compromisso assumido ainda durante o sorteio de localização das casas, Beto Preto comunica que a taxa do cartório será restituída integralmente aos mutuários. O valor de R$ 315 relativo à escrituração do imóvel será devolvido a partir desta sexta-feira, na agência da Caixa Econômica Federal (CEF), localizada na Praça Rui Barbosa;

-Beto Preto vistoriou nesta quinta-feira (19/12) frentes de trabalho nas escolas municipais Vereador José Ramos de Oliveira, no Distrito de Pirapó, e Durval Pinto, que funciona anexo ao Complexo Esportivo José Antônio Basso (Lagoão);

-O primeiro avião fabricado em Apucarana ficou pronto nesta semana 20/12/13. A ABS Indústria de Aeronaves, instalada no Aeroporto Municipal Capitão João Busse, terminou a montagem da primeira aeronave, que já foi comercializada. O avião, com custo estimado em R$ 250 mil, deve render aos cofres do município cerca de R$ 25 mil;

-A partir da segunda quinzena de janeiro, a varrição manual das vias centrais de Apucarana vai estar a cargo da Costa Oeste Serviços de Limpeza Ltda., de Medianeira (PR). Com a proposta de R$1.078.740,00, a empresa especializada venceu nesta sexta-feira (20/12/13) o certame aberto pela Secretaria de Obras na modalidade concorrência pública. O prazo do contrato, que deve ser formalizado depois de pareceres da Procuradoria Jurídica (Secretaria de Governo) e da Controladoria Interna (Secretaria de Gestão Pública), é de 12 meses a partir da assinatura. De acordo com o secretário de Gestão Pública, Nikolai Cernescu Júnior, três empresas apresentaram proposta, sendo uma desclassifica por não apresentar uma das documentações exigidas em edital. “A empresa vencedora ofereceu R$48,75 por quilômetro varrido, contra R$54 da segunda colocada”, detalha o secretário. O prefeito Beto Preto (PT) destaca que a licitação além de possibilitar a contratação de uma empresa que vai poder prestar um serviço de melhor qualidade para a população, gerou cerca de R$300 mil de economia aos cofres municipais, já que o valor máximo total para gastos previstos no edital era de R$ 1.327.680,00. “O serviço será medido por quilômetro efetivamente varrido e vamos realizar constantemente avaliação da qualidade do nível técnico dos trabalhos e dos resultados”, informa o prefeito. Ao assumir a prestação de serviços, a Costa Oeste deverá manter em atividade pelo menos 50 varredores, além de arcar os encargos sociais, equipamentos de segurança e uniformes, além dos equipamentos (carrinhos) e sacos plásticos. O pagamento será feito após comprovação da realização do trabalho. A fiscalização do cumprimento do contrato caberá a Secretaria de Serviços Públicos. Na área central, a varrição será diária, enquanto nos bairros pelo menos três vezes por semana;

-Todas as Ordens de Pequeno Valor (OPVs), nas quais o Município foi citado pela Justiça do Trabalho para pagamento, foram liquidadas. A Prefeitura pagou cerca de R$ 460 mil, relativos a haveres trabalhistas como FGTS e licença-prêmio, entre outros “Esse valor é referente ao que ficou pendente em 2012, somado com os ofícios requisitórios gerados em 2013 em que o Município foi citado até novembro do corrente ano”, afirma o advogado Cecílio Luz Jr, diretor do Departamento Trabalhista da Procuradoria Jurídica do Município. Conforme Luz Jr, os ofícios requisitórios – que são semelhantes aos precatórios - são emitidos em casos de valores menores, que envolvem até 10 salários mínimos e, em situações especiais, até 30 salários mínimos. “São demandas trabalhistas. A Justiça apura o valor e, após a ação transitar em julgado, o valor é determinado e o Município é citado a fazer o pagamento”, explica;

-O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Apucarana (CMDCA) aproveitou a festa de confraternização organizada pela Secretaria da Assistência Social da Prefeitura de Apucarana, que aconteceu nesta sexta-feira (23/12) no Clube dos Ucranianos, para dar posse aos cinco conselheiros titulares do Conselho Tutelar, eleitos por voto da população em pleito realizado neste último domingo no Polo Presencial Apucarana da UAB. A condução oficial dos eleitos à função foi feita pelo prefeito Beto Preto (PT);

-O prefeito de Apucarana, Beto Preto (PT), confirmou nesta quinta-feira (26/12) que a prefeitura está doando terreno de 1.050 metros quadrados, em área da antiga Estação Ferroviária do Jardim América, para que o escritório regional do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) edifique sede própria. O projeto de lei sob o número 195/2013 está sendo votado nesta semana pelos vereadores em sessões extraordinárias;

==============================================================================================

2014

==============================================================================================

-Nessa segunda-feira (6/01/14), as prefeituras de Arapongas e de Apucarana anunciaram que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de ambos os municípios foram beneficiados pelo Governo Federal. A unidade de Arapongas recebeu um equipamento de Eletrocardiografia Digital Portátil, que tem por objetivo ampliar a assistência às vítimas de doenças cardiovasculares graves socorridas pelas ambulâncias. Já a unidade de Apucarana recebeu uma nova ambulância;

-A construtora Tapalam inicia as obras de drenagem e pavimentação no residencial Novo Horizonte. As duas principais ruas, Alexandre Balan e Guapuruvu vão ser pavimentadas na primeira etapa. O Governo Federal liberou R$ 789 mil e a obra é viabilizada com mais R$ 340 mil de contrapartida do Município. O contrato prevê a pavimentação de 3.300 metros quadrados de asfalto, 3 km de meio-fio, 6 km de calçadas, drenagem com tubulações adequadas e toda a sinalização horizontal e vertical;

-A programação alusiva aos 70 anos do Município contará com o concurso Miss Apucarana Globo. O evento, que acontece no dia 19 de janeiro, às 20 horas, no Cine Teatro Fênix, é classificatório para o Miss Paraná Globo, que neste ano será realizado em Apucarana. As candidatas deverão ter no mínimo 17 e no máximo 25 anos e podem já ter participado de outros concursos de beleza;

-Uma reunião realizada hoje (6) entre o prefeito Beto Preto e representantes de empresas de transporte coletivo intermunicipal e estadual definiu um novo itinerário para entrada e saída dos ônibus do terminal rodoviário de Apucarana. A mudança visa evitar o tráfego desses veículos pela Rua Maranhão cuja pavimentação está constantemente deteriorada já que não é adequada para a circulação de veículos pesados;

-O prefeito Beto Preto (PT) autorizou nesta terça-feira (07/01) a renovação da frota de veículos da Autarquia Municipal de Saúde (AMS). O assunto foi tema de uma reunião com o secretário interino, enfermeiro Roberto Kaneta, que é superintendente de Saúde e está cobrindo as férias do titular da pasta, médico Hélio Kissina. Segundo relatório apresentado por Kaneta, dos atuais 54 veículos da Secretaria de Saúde, pelo menos 20 estão com alto grau de depreciação, e apenas 15 podem ser classificados como em “bom estado”. “A logística de veículos é de suma importância para a administração. Saber o momento certo para a renovação da frota evita gastos excessivos e prejuízos financeiros que refletem em todo o processo de atendimento ao usuário”, destacou o secretário interino. Ele citou como exemplo uma ambulância, ano 2005/2006, que em todo o ano passado consumiu cerca de R$15 mil em manutenção;

-O prefeito Beto Preto (PT) e o secretário da Indústria e Comércio, Laércio Beani da Costa, iniciaram 2014 formalizando o repasse de áreas industriais a mais empresas. O ato de assinatura das leis que garantem a inclusão dos empreendimentos junto ao Programa de Desenvolvimento Econômico de Apucarana (Prodea) aconteceu nesta quinta-feira (09/01) no gabinete municipal. Ambas as empresas, uma no ramo de confecções e brindes, e outra na área de reciclagem, foram atendidas com terrenos no Parque Industrial Galan, localizado na estrada velha para Rio Bom;

-O primeiro evento da programação comemorativa aos 70 anos de Apucarana, neste mês de janeiro, começa neste sábado (11/01) a partir das 14 horas e prossegue domingo, durante o dia todo, no Aeroporto Capitão João Busse. Trata-se do 1º Festival de Paraquedismo de Apucarana, com a participação de instrutores e saltadores do Clube de Pára-Quedismo Sky Diver´s. Luis Vieira, líder do Sky Diver´s, informa que dezenas de apucaranenses e pessoas de outras cidades da região se inscreveram para experimentar a emoção da queda livre. “Os interessados em salto duplo, acompanhados de um instrutor, podem fazer a sua inscrição no local”, anuncia Vieira;

-Em menos de 15 dias de inscrições, a Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura de Apucarana já recebeu mais de mil adesões à 52ª edição da Prova Pedestre XXVIII de Janeiro, que neste ano acontece dia 1º de fevereiro. A parcial foi comemorada pela secretária Dione Gaspar. “Além da divulgação tradicional, por meio de cartazes, comunicação institucional e pelos veículos de comunicação de massa, neste ano temos utilizado as mídias sociais para atrair a participação”, conta a secretária. Segundo ela, diariamente, pela internet, é feita a busca de perfis de atletas e outras pessoas que praticam o pedestrianismo. “O período de inscrições vai até o dia da prova, por isto temos a certeza de que vamos atingir tranquilamente nossa meta, que é de reunir pelo menos 2,5 mil participantes nas provas de 5 e 10 quilômetros”, pontua;

-Diante da manifestação de alguns moradores em relação as condições da malha viária do bairro, o prefeito Beto Preto (PT) ponderou nesta segunda-feira (13/01) que devido a erros técnicos cometidos desde a execução da pavimentação inicial das vias, há mais de 30 anos, hoje 80% das ruas do Núcleo Habitacional Papa João Paulo I estão deterioradas. Segundo ele, para amenizar os problemas equipes de tapa-buraco chegam ao bairro nesta semana. “Já tínhamos em nosso cronograma esta operação emergencial. Nossas equipes atuam na região há dias, onde realizamos recuperação no asfalto no Parque Industrial Zona Oeste, no Núcleo Habitacional Osmar Guaraci Freire e na própria entrada principal do João Paulo”, explica Beto;

-A exemplo do que aconteceu em 2013, a Caixa Econômica Federal (CEF) vai patrocinar novamente a Prova Pedestre XXVIII de Janeiro, que neste ano chega a 52ª edição. A renovação do convênio, no valor de cerca de R$ 100 mil, ocorreu nesta terça-feira (14/01), no polo Apucarana da Universidade Aberta do Brasil (UAB). O ato contou com a presença do prefeito de Apucarana, Beto Preto, do gerente regional da CEF, Olides Millezi Junior, do gerente local, Paulo Sérgio Vançan, da supervisora de filial, Roberta Mantelato Neiva, e da secretária municipal de Esportes e Lazer, Dione Gaspar;

-O caminho ficou mais fácil para os pequenos empreendedores que precisam de dinheiro para iniciar, ampliar ou manter o seu negócio. A Caixa Econômica Federal (CEF) e a Prefeitura de Apucarana lançaram nesta terça-feira (14/01) o Programa Microcrédito Crescer, uma forma simplificada de obter recursos. O programa conta, como diferencial, assistência e orientação técnica no planejamento do negócio. Em Apucarana, os interessados terão um atendimento personalizado, nas próprias residências, feito pelos agentes de saúde e de endemias;

-Investindo na qualidade dos serviços prestados à população, a Autarquia de Serviços Funerários de Apucarana (Aserfa) já conta com 12 preparadores de cadáver certificados pelo curso de tanatopraxia. Qualificada pelo Centro de Educação Profissional C&S Ltda ME, de Londrina, a equipe já está atuando de acordo com essa técnica moderna do serviço. Antecipando-se a qualificação da equipe, a Aserfa adquiriu durante 2013 diversos equipamentos necessários para executar os procedimentos da tanatopraxia. “A implantação desse moderno sistema de preparação de cadáver visa proporcionar condições cada vez mais dignas nestes momentos difíceis”, afirma o diretor-presidente da Aserfa, Francisley Preto Godoi (Poim);

-A Prefeitura de Apucarana, por meio da Autarquia Municipal de Saúde, repassou ontem (15) um total de R$ 1.255.000,00 (um milhão, duzentos e cinquenta e cinco mil reais) ao Hospital da Providência. “Isso confirma que estamos rigorosamente em dia com o repasse de verbas com o Providência, inclusive com o reforço financeiro conquistado pelo prefeito Beto Preto e o deputado federal André Vargas, junto ao ministro da Saúde, Alexandre Padilha”, anuncia o secretário interino da saúde, o enfermeiro Roberto Kaneta. Deste total, R$ 790.000,00 (setecentos e noventa mil reais) são destinados à estrutura de atendimento dos setores de urgência e emergência do hospital. Outros R$ 465.000,00 (quatrocentos e sessenta e cinco mil reais) são oriundos do Incentivo Assistencial de Contratualização (IAC) com o Sistema Único de Saúde (SUS);

-A subprefeitura do Distrito de Pirapó concluiu nesta quinta-feira (16/01) os serviços de reparação de danos causados pela ação de vândalos no Museu Histórico do Café no início desta semana. Os baderneiros aproveitaram a madrugada de terça-feira para quebrar mais de 80 vidros, vasos sanitários, portas, além de danificar parte da instalação elétrica e hidráulica da edificação histórica. Nenhum envolvido ainda foi identificado pelas autoridades. Segundo relata o subprefeito, Franscyslei de Godoi (Poim), que também é líder comunitário no distrito, além do prejuízo financeiro aos cofres públicos, que é composto por dinheiro da própria população, a depredação entristeceu os moradores. “Este ponto turístico ocupa as dependências da antiga estação ferroviária e foi inaugurado em junho de 2012. Desde então, esta foi a segunda vez que o Museu do Café sofreu com o vandalismo. Todos os moradores ficaram muito entristecidos, pois o Pirapó é um distrito acolhedor, formado por famílias de bem”, disse Poim. Ele ressalta que pela beleza do local, ao final da tarde, muitos moradores praticam caminhadas pelo pátio do museu. “Estive acompanhando os trabalhos de reparos e todos aqueles (moradores) que passavam ficavam indignados com o que fizeram”, disse;

-A proposta da prefeitura é propiciar a comemoração dos 70 anos de emancipação política e administrativa, chamando a atenção para a auto-estima dos apucaranenses e garantindo uma grande confraternização popular sem a cobrança de ingressos. “A entrega de várias obras e toda a programação também serve de homenagem, principalmente aos pioneiros”, diz o prefeito. Quanto ao custeio dos shows com os cantores Sérgio Reis e Renato Teixeira, e a dupla Léo e Giba, a prefeitura informou que as contratações foram diretas com os músicos, sem a intermediação de terceiros. O processo público de inexigibilidade de licitação foi inclusive apresentado antecipadamente ao Observatório Social de Apucarana. “O custo vai ser inferior ao que era praticado anteriormente, na casa de R$ 110 mil”, assinala o procurador jurídico Paulo Vital, acrescentando que os demais equipamentos necessários, tais como palco, som, luzes e gerador, entre outros, está sendo contratado em licitação;

-Ruas do Jardim Santa Helena começam a receber asfalto. Ao todo, informa o prefeito Beto Preto (PT), serão contemplados 5.300 metros quadrados de pavimento, atendendo aos moradores das ruas presidente Hoover, Roosevelt, Jackson e Wilson;

-A Prefeitura de Apucarana, através da Autarquia Municipal de Educação (AME), investiu R$ 250 mil na aquisição dos itens que irão compor o kit escolar. O material começou a ser repassado nesta semana às escolas e Centros Municipais de Educação Infantis (CMEIs). “É uma preocupação a menos aos pais e uma garantia de que seus filhos terão o kit escolar à disposição no dia 10 de fevereiro, quando inicia o ano letivo”, assinala o prefeito de Apucarana, Beto Preto. De acordo com ele, serão beneficiados 7.857 alunos matriculados na rede municipal de ensino, dos quais 3.852 são da Educação Infantil, 3.815 da Educação Fundamental e 190 da Educação de Jovens e Adultos (EJA). “Acabamos com a relação de materiais que existia no passado e o kit será distribuído a todos, indistintamente. Se os pais quiserem complementar a lista, fica a critério de cada família, mas eles podem ter certeza de que o material é suficiente para as necessidades de cada turma”, tranquiliza. Segundo o professor Fernando José de Freitas, diretor-presidente da AME, a distribuição iniciou com o material necessário para atender o Ensino Fundamental e a Educação de Jovens e Adultos (EJA). “A partir da semana que vem, estaremos repassando os materiais da Educação Infantil e das salas especiais. O material será suficiente para atender a toda a demanda e haverá ainda uma reserva para reposição durante o ano”, completa Freitas. O diretor-presidente da AME lembra que as aulas começam no dia 10 de fevereiro, mas o retorno dos professores ocorre já no dia 3. “Eles participarão de uma semana pedagógica, com estudos e planejamento para o novo ano letivo. As atividades serão desenvolvidas durante cinco dias, antecedendo a volta às aulas”, esclarece. RETIRADA - Nesta quinta-feira, Daiani Benigno da Silva e Gisele Sanches, diretora e coordenadora pedagógica, respectivamente, da Escola Municipal Alcides Ramos, procuraram o depósito da AME para retirar o material. Elas levaram 931 cadernos de português, 546 cadernos de matemática, 161 de caligrafia e 161 de desenho, além de 805 lápis preto, 483 borrachas, 322 apontadores, 161 réguas, 161 tesouras, 126 canetas, 161 caixas de lápis de cor e 161 frascos de cola. Conforme Daiani, a escola tem cerca de 200 alunos e a espera pelo material sempre gera muita expectativa na comunidade escolar. “Nos pais, pelo aspecto financeiro, gerando mais tranquilidade. E, do lado dos alunos, pela ansiedade de começar uma nova etapa. Agora, vamos chegar na escola e montar os kits. O que recebemos é mais do que suficiente para atender os alunos”, garante Daiani;

- O prefeito de Apucarana, Beto Preto, apresentou nesta quarta-feira (22/01) sete profissionais que foram contratatos pelo município e que vão integrar o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf). O ato, realizado no gabinete municipal, contou com a presença do médico e deputado estadual, Gilberto Martin, que entre os anos de 1999 e 2001, trabalhou no Programa Saúde da Família em Apucarana. Foram contratados emergencialmente 2 educadores físicos, 4 fisioterapeutas e um nutricionista . “O grupo vai se integrar as quatro equipes do Nasf existentes em Apucarana. Eles estão sendo contratados em caráter temporário, até a metade do ano, quando a Autarquia Municipal de Saúde (AMS) realizará concurso público para preenchimento do quadro de servidores”, explica Beto Preto;

-O Secretário Estadual de Saúde do Paraná Michele Caputo Neto esteve nesta quinta-feira (23) em Apucarana. Ele falou com a Imprensa de Apucarana na central de apoio da 16º regional de Saúde de Apucarana, e entregou vários equipamentos da TeleSaúde do Governo do Paraná para mais de onze cidades que fazem parte da regional de Apucarana. O secretário falou sobre a provável saída do atual chefe da regional Drº Élcio Watanabe que confirmou sua saída ao final deste mês da chefia. Caputao Neto não quis adiantar quem irá comandar a regional, mas pode ser um funcionário de carreira da própria regional, e ao que tudo indica, desta vez será um Apucaranense, pois Watanabe é de Arapongas. O prefeito de Apucarana Beto Preto médico nuclear do (PT), não compareceu ao evento, e mandou seu vice JR da Femac (PDT), que já começa a aparecer mais nos eventos como titular devido à aproximação das eleições;

-A patrulha rural mecanizada, mantida pela Prefeitura de Apucarana, concluiu nesta semana a recuperação da estrada que liga o Distrito de Caixa de São Pedro a PR 444. O trecho, de cerca de 2,5 quilômetros de extensão, é um caminho alternativo para chegar à rodovia, bastante utilizado por produtores rurais para o transporte de grãos e de máquinas;

-A Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura de Apucarana realiza nesta sexta-feira (31/01), às 19h30, no salão nobre do prédio central, coletiva à imprensa para explanar sobre os destaques da 52ª Prova Pedestre XXVIII de Janeiro. Na ocasião serão apresentados os atletas de elite do Brasil e a dupla de africanos - Fikadu Seboka Dinbushe, da Etiópia, e Sara Ramadhani Makera, da Tanzânia - , que vão correr a prova principal, agendada para às 20 horas deste sábado (01/02), com largada na Praça Rui Barbosa. De acordo com a secretária da pasta, professora Dione Gaspar, no encontro serão informados ainda todos os detalhes finais da organização da tradicional prova, que já teve a inscrição de 2.217 corredores para as provas principais adulto (percursos de 5 e de 10 quilômetros) e de 300 atletas nas categorias até 17 anos, para a Vinteointinha, com largada também da Praça Rui Barbosa, às 15h30 deste sábado (01/02);

- Um dos momentos marcantes da programação festiva no dia do aniversário de Apucarana foi inaugurado ontem (28) o “Monumento ao Expedicionário”, erguido centro cívico de Apucarana, ao lado da Câmara Municipal. A solenidade foi prestigiada por autoridades do exército, com a presença general Altair José Polsin, comandante da 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada, de Cascavel, do prefeito Beto Preto e vereadores. Com a iniciativa, incentivo e patrocínio do colaborador Emérito do Exército, Oezir Marcelo Kantor, a obra contou com a parceria da Prefeitura e do 30º Batalhão de Infantaria Mecanizada (BIMec), de Apucarana;

-O prefeito Beto Preto inaugurou oficialmente na noite de quarta-feira a Academia ao Ar Livre (AAL), no núcleo habitacional Parigot de Souza, instalada na Praça Presidente Roosevelt, ao lado da creche Luis Anibal Matiuzzi. Os moradores da localidade já vinham usando os equipamentos desde outubro, mas a entrega simbólica foi programada para acontecer dentro dos festejos de 70 anos do município;

-Depois de 18 anos de espera, moradores do Jardim Colonial comemoraram ontem a entrega oficial da pavimentação asfáltica no bairro. A obra teve um custo de R$ 2,1 milhões, sendo R$ 1,4 milhão oriundo do Governo Federal, por meio de uma emenda parlamentar apresentada pelo deputado Abelardo Lupion (DEM). Ao município coube uma contrapartida de R$ 700 mil. A liberação dos recursos teve ainda o apoio e intermediação do deputado federal André Vargas (PT). A obra inclui 28.650 metros quadrados de pavimentação em CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente), com base compactada de 15 centímetros, mais 3,5 centímetros de capa asfáltica;

-Em coletiva de imprensa na noite desta sexta-feira (31), no salão nobre da Prefeitura de Apucarana, foram apresentados os atletas de elite confirmados para correr a Prova Pedestre 28 de Janeiro deste ano. A corrida com percurso de 10 km pelas ruas centrais de Apucarana terá largada neste sábado, dia 1º de Fevereiro, às 20 horas, na Praça Rui Barbosa, em frente da agência da Caixa Econômica Federal;

-Cerca de 750 professores da rede municipal de ensino participam das atividades da Semana Pedagógica, que teve início nesta segunda-feira (03/02), na Associação Cultural e Esportiva de Apucarana (Acea). A abertura dos trabalhos foi feita pelo prefeito de Apucarana, Beto Preto, e pela diretora-presidente da Autarquia Municipal de Educação (AME), Marli Regina Fernandes da Silva;

-A prefeitura de Apucarana inaugurou dia (3), no Recanto do Lago, a última das quatro academias ao ar livre programadas para serem entregues dentro da programação festiva dos 70 anos de Apucarana. A conquista do espaço, localizado ao lado da Escola Municipal José Brasil Camargo, foi muito comemorada pela comunidade do bairro;

-Trinta e um pássaros, que eram criados em cativeiro, estão de volta ao seu habitat natural. A soltura foi feita nesta terça-feira (04/02) numa área de mata fechada no município (local não foi divulgado), em ação conjunta da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Polícia Ambiental. De acordo com Ewerton de Oliveira Pires, que está respondendo interinamente pela Secretaria de Meio Ambiente, foram soltos 11 trinca ferros, 6 sabiás, 2 canários da terra, 8 azulões, um tico-tico, um chopim, um pintassilgo e um bico de pimenta. “São aves que foram apreendidas pela Polícia Ambiental de Londrina e Maringá e que estavam sob os cuidados do Bosque Municipal. Foram soltos após o período de quarentena e da análise do estado de saúde. Quando isso acontece, para nós é sempre um momento de alegria”, comemora;

-Os uniformes escolares que serão distribuídos para a rede municipal de ensino começaram a chegar a Apucarana na tarde de ontem (04). A empresa vencedora da licitação entregou ontem, via transportadora, as primeiras caixas com as camisetas dos uniformes. A Autarquia de Educação ainda não iniciou a conferência do material recebido, pois aguarda a chegada do restante do uniforme que ainda compreende blusa, boné, calça e bermuda. A entrega dos uniformes para os alunos deve acontecer nas primeiras semanas do ano letivo, que já começa na próxima segunda-feira. Os custos da compra foram pagos com recursos próprios da prefeitura.

-Teve início esta semana, a entrega dos uniformes escolares que a prefeitura encomendou para distribuir aos alunos da rede municipal de ensino em Apucarana. O uniforme será formado de boné, camiseta, blusa, calça e bermuda, sendo a maioria dos itens fornecidos por empresas de Maringá e Campo Mourão. Apenas os bonés serão fornecidos por uma empresa da cidade. O item Boné (7.482 peças) está sendo fornecido pela empresa Master Ind. Com. de Brindes LTDA de Apucarana, ao valor de R$ 2,87 a unidade. A empresa vai faturar R$ 21.473,34. As camisetas de manga curta (19.037 unidades) e manga longa (7.482 unidades) estão sendo fornecidas pela empresa Galeria dos Esportes de Maringá, ao custo de R$ 6,38 a unidade de Manga Longa e R$ 5,18 a manga curta. A empresa vai faturar R$ 146.346,82. Os conjuntos Jaqueta, calça e bermuda serão fornecidos pela empresa Hebrom Distribuidora e Confecções de Campo Mourão, que vendeu 7.482 unidades de conjunto (jaqueta e calça) ao valor de R$ 55,00 cada e 7.482 bermudas ao custo de R$ 15,00 cada. A empresa vai faturar R$ 523.740,00. O total da compra foi de R$ 691.560,16. Com o valor repassado pela Câmara de R$ 1,9 milhões, a prefeitura teve uma sobra de caixa de R$ 1,2 milhões;

-O prefeito de Apucarana, médico Beto Preto (PT), recebeu nesta terça-feira (04/02) em seu gabinete, a visita da diretoria do Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG), de Curitiba. O grupo, liderado pelo diretor-técnico da rede, Dr. Luiz Sallin Emed, contou ainda com a presença do administrador Flaviano Feu Ventorim, que assumiu recentemente a diretoria-executiva do hospital na capital do Estado, além das irmãs Maria de Fátima Sobral, diretora-geral do HNSG, e Ana Bonafin. “Agendamos este encontro para fortalecermos as parcerias entre o hospital e a prefeitura no sentido de fazermos frente aos desafios que o setor de Saúde sempre nos exige. A preocupação da população com a Saúde, apontam muitos levantamentos, chegam a ultrapassar o tema da Segurança, por isto é importante estreitarmos sempre os laços para buscarmos juntos as ferramentas necessárias para bem atender a sociedade”, disse Dr. Emed;

-Alunos do 4º e 5º anos de escolas municipais receberão noções sobre cooperativismo em 2014. Com a capacitação de um grupo de professores, o Programa Cooperjovem foi lançado nesta quinta-feira (06/02), no salão nobre da Prefeitura de Apucarana. Nesta etapa, o programa atenderá cerca de 300 alunos de cinco escolas municipais. O Cooperjovem é uma iniciativa da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), colocada em prática através de uma parceria entre cooperativas e secretarias de educação. Em Apucarana, o programa será desenvolvido pela Autarquia Municipal de Educação (AME), junto com a Cooperativa Agropecuária e Industrial (Cocari);

-O prefeito de Apucarana, Beto Preto, assinou nesta quinta-feira (06/02) ordem de serviço para a recuperação do pavimento com lama asfáltica, no valor de R$ 742 mil. A empresa vencedora da tomada de preços é a Asfaltopav Serviços de Pavimentação de Ltda, de Cambé, que no ato esteve representada por Diego Canevare, proprietário da empresa. De acordo com Beto Preto, os recursos são do próprio município e serão utilizados na melhoria da malha viária em dez regiões da cidade. “Esse processo licitatório é válido pelo período de um ano e iremos levar as melhorias obedecendo um cronograma de trabalho. A recuperação vai iniciar pela Barra Funda e Bairro 28 de Janeiro e depois, paulatinamente, beneficiará as demais regiões”, pontua. O prefeito informa que os recursos contratados serão suficientes para recuperar uma área total de 100 mil metros quadrados de asfalto. “Além da aplicação da lama asfáltica, estão previstos ainda serviços de limpeza, regularização das ruas, operação tapa-buracos e pintura de ligação com emulsão asfáltica”, explica. De acordo com o proprietário da Asfaltopav, a empresa obedece a todas as normas técnicas e ambientais. “A nossa empresa é nova, porém bem estruturada. Utilizamos um equipamento autopropulsado móvel e temos condições, caso as condições climáticas forem favoráveis, de recuperar uma área de 3 a 4 mil metros quadrados por dia”, observa;

-Mais de 600 pessoas estiveram no Cineteatro Fênix na noite de quarta-feira (05) para uma reunião sobre a construção de um novo conjunto habitacional em Apucarana. Trata-se do programa Minha Casa Minha Vida Entidades, que vai subsidiar até 90% o valor do imóvel. O loteamento vai ser próximo ao conjunto Orlando Bacarin. Cerca de 650 casas vão ser construídas. Neste projeto habitacional uma entidade social precisa fazer todo o processo de chamamento e cadastrar os interessados e encaminhar a documentação para a Caixa Econômica Federal. "Eu pedi a construtora que capriche, que faça casas da melhor qualidade possível, porque as pessoas merecem morar com segurança" disse o prefeito Beto Preto. O processo está na fase do cadastramento de interessados pelas casas. A estimativa da União de Moradores por Moradia Popular é que a obra começe no meio do ano. "O processo já está caminhando, hoje mesmo acertamos alguns detalhes com a Caixa Econômica para agilizar o acesso destas pessoas a casas", diz Aurita Bertoli, representante da União de Moradores por Moradia Popular do Paraná. O novo bairro é o segundo do gênero em Apucarana e no Paraná e deverá ser construído próximo ao conjunto Orlando Bacarin, já com creche, escola e posto de saúde. Neste sistema os mutuários, com renda familiar de até R$ 1,6 mil pagarão muito pouco sobre o imóvel, que é praticamente todo custeado pelo Governo Federal. "Nós temos 7,5 mil famílias na fila por casas para todo mundo, é nossa obrigação como prefeito. Se eu tiver esta força junto com o deputado André Vargas, com a presidente Dilma Rousseff vamos trazer logo estas casas para cá", frisou o prefeito;

-A Autarquia Municipal de Educação (AME) está convocando 40 candidatos classificados no Processo Seletivo Simplificado (PSS), realizado no segundo semestre do ano passado. Todos devem se apresentar no salão nobre da prefeitura, na próxima segunda-feira (10), às 14 horas. O não comparecimento do candidato implicará na perda da vaga. “Existe a necessidade dessa contratação para substituir professores tanto da educação infantil como do ensino fundamental que entrarão de licença, evitando assim qualquer prejuízo no processo educativo”, informa a diretora presidente da AME, Marli Regina Fernandes da Silva;

-O prefeito Beto Preto garantiu ontem (6) a manutenção do Projeto SESI Atleta do Futuro em escolas da rede municipal. Além de continuar disponibilizando espaço físico para o desenvolvimento das atividades, o município agora vai ceder três estagiários de educação física para atuarem no projeto. O entendimento aconteceu em reunião realizada no gabinete municipal com as presenças da gerente da unidade do Serviço Social da Indústria (SESI) em Apucarana, Márcia Kulka, a coordenadora regional do Atleta do Futuro, Luciana Izquierdo, e a coordenadora do projeto em Apucarana, Caroline Cruz. No encontro, que também contou com a participação do secretário da Educação e da Juventude, Paulo Kisner e do vereador Molina, Beto Preto manifestou o interesse do município de expandir o projeto para o maior número possível de escolas;

-O prefeito Beto Preto (PT) e o secretário interino da Saúde, Roberto Kaneta, autorizaram nesta quarta-feira (12/02) obras de reforma e ampliação da Unidade Básica de Saúde (UBS) Valdecir de Paula, no Jardim Presidente Kennedy. Com recursos na ordem de R98 mil conquistados junto ao Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB), do Ministério da Saúde, os serviços serão executados pela empreiteira Deca (vencedora da licitação), que tem 120 dias para concluir o projeto;

-A prefeitura de Apucarana está realizando serviço geral de roçagem no núcleo habitacional Afonso Camargo. Há cerca de 15 dias foi cortado o mato nas escolas, creches, postos de saúde e na praça. Nesta semana, o serviço avançou para a entrada do bairro, canteiros centrais, praça da igreja e nos terrenos particulares. O trabalho que deve ser concluído até meados na próxima semana. O serviço é terceirizado, mas está sendo acompanhado de perto pela secretária de Serviços Públicos. “Nos terrenos particulares temos que fazer uma foto antes e depois da limpeza para cobrança do serviço junto como o IPTU”, explica o fiscal de roçagem da prefeitura, Paulo Reis;

-Inaugurada em 1990, a Escola Municipal Senador Marcos de Barros Freire, localizada no Jardim Ponta Grossa, não era dotada de passeio público. A Prefeitura, em parceria com instituição de ensino, está acabando com a espera que já durava 24 anos. Nesta quarta-feira (12/02), o prefeito de Apucarana, Beto Preto esteve no local e verificou como está o andamento da obra. Ao todo, estão sendo executados 240 metros lineares de calçada, contornando toda a instituição de ensino. “A calçada tem uma largura média de 3 metros e o serviço soma, portanto, 720 metros quadrados de área. É uma obra que melhora bastante a mobilidade urbana, pois vai tirar os pedestres da rua”, frisa Beto Preto, salientando que o Município forneceu o concreto e que o serviço está sendo executado pelo caseiro da escola, que é funcionário da Prefeitura. O prefeito informa ainda que melhorias deste tipo serão executadas em outras escolas e também em determinadas regiões da cidade, especialmente nas ligações entre os bairros;

-Apucarana conquistou no ano de 2013 o melhor rendimento proporcional no Paraná, na relação número de vagas ofertadas com a população do município, dentro do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico (Pronaetc). A confirmação foi feita na noite de anteontem, pelo diretor regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Marco Secco, em solenidade de certificação de um grupo de quinhentos formandos, realizada no Clube 28 de janeiro. Segundo o dirigente do Senai, o mercado de trabalho, no Paraná e em todo território nacional, segue carente de mão de obra especializada em dezenas de áreas, e o Pronatec - instituído pelo governo federal -, vem de encontro a essa necessidade. “Neste contexto, Apucarana serve de exemplo para o Paraná, ao mobilizar a classe trabalhadora para o aproveitamento das vagas ofertadas em diversos cursos. “Reconhecemos publicamente a liderança e o trabalho realizado pelo poder público municipal, garantindo a capacitação de centenas de trabalhadores, muitos deles já empregados ou promovidos em suas áreas”, avaliou Marco Secco;

-A prefeitura de Apucarana, através de Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema), multou hoje (6) a empresa Sanepar em R$ 4 milhões pelo despejo de esgoto no Rio Pirapó. O crime ambiental foi constatado no último dia 29, na região do Parque Bela Vista e parecer técnico indicou a ocorrência de um vazamento de grandes proporções e por um período considerável, podendo chegar a semanas. A aplicação da multa é amparada nos fundamentos da lei municipal 036/05 e da lei de crime ambientais 9605/98, a qual prevê pena entre R$ 50 e R$ 50 milhões. “Dosamos o valor de R$ 4 milhões levando em consideração três aspectos. Primeiro, a recorrência. Em 2013 foram registrados de 5 ou 6 vazamentos de esgoto da Sanepar só no Lago Jaboti. Segundo, a extensão dos danos ambientais e por último o risco a saúde humana, já que o despejo atingiu um manancial de abastecimento de água”, explica o secretário do Meio Ambiente, Éwerton Pires. A Sanepar tem 30 dias para apresentar recurso para análise da SEMA e caso seja negado o próximo passo é a execução da multa, cabendo a empresa um prazo de 5 para efetuar o pagamento. “Esse recurso é destinado ao Fundo Municipal do Meio Ambiente e será revertido em ações ambientais”, informa Pires;

-A Secretaria de Meio Ambiente (SEMA) da Prefeitura de Apucarana promove nesta sexta-feira (14/02), audiência pública para debater “Arborização Urbana”. O evento está marcado para iniciar às 19h30 no salão nobre da Prefeitura e tem como meta reunir, de forma democrática, sugestões para formatação de um Plano Municipal de Arborização Urbana (PMARB). A discussão é aberta a todos os interessados. “A solução para evitar os conflitos com as estruturas urbanas e maximizar os benefícios da arborização está no planejamento, por isto nesta audiência esperamos uma efetiva participação com a presença de representantes da mais diferentes esferas da sociedade”, comunica Éwerton Pires, secretário interino do Meio Ambiente;

-O prefeito Beto Preto assinou hoje (12) autorização para abertura de licitação visando reformas nos ginásios de esportes do Jardim Ponta Grossa e do distrito do Pirapó. As duas obras serão executadas com recursos próprios do município, no valor total de R$ 76 mil. No ginásio Adildo Mecenas do Ponta Grossa, mais conhecido como “cebolão”, a reforma vai abranger o teto, incluindo a cúpula, solucionando o problema de goteiras. Os banheiros também vão passar por melhorias, com a troca do azulejo e piso. Já no ginásio Gérson Chagas, do Pirapó, o “caveirão”, será feito um reforço estrutural do prédio. As rachaduras nas paredes levaram a interdição do local pelos Bombeiros. Ainda será construída uma segunda saída de emergência e reformados os banheiros. A previsão é de que as duas estruturas estejam liberadas para prática esportiva em 90 dias. “Queremos diversificar a prática de modalidade esportiva nestes dois ginásios, que geralmente era limitada ao futsal. Serão mais duas opções para sediar competições em nossa cidade e desenvolver o trabalho com as escolinhas de base”, planeja o secretário de esportes, Paulo Kisner;

-Começam nesta terça-feira (18/02) as inscrições para a 1ª Conferência Intermunicipal de Proteção e Defesa Civil, que acontece neste dia 25 de fevereiro no campus Apucarana da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR-AP). Os interessados devem se inscrever no site da Prefeitura de Apucarana (www.apucarana.pr.gov.br), no Quartel do Corpo de Bombeiros da Vila São Carlos, ou no dia da Conferência. “Estão convidados 14 municípios da região, em especial o pessoal ligado às coordenadorias municipais de defesa civil, mas a pretensão é reunirmos ainda professores e acadêmicos de faculdades, representantes do Poder Público, de conselhos profissionais, comunidade científica, sociedade civil e organizada, bem como membros dos Núcleos de Defesa Civil Comunitária (Nudecs)”, relata o prefeito de Apucarana, Beto Preto (PT). De acordo com ele, a expectativa é de que a conferência reúna entre 100 e 200 pessoas. Segundo o Major Hemerson Saqueta, comandante do 4º Subgrupamento de Bombeiros Independentes de Apucarana (4º SBGI), o objetivo do evento é fortalecer a participação, o controle social e a integração das políticas públicas relacionadas à Defesa Civil, tendo em vista novos paradigmas para a Proteção e Defesa Civil;

-Professores aprovados no Processo de Seleção Simplificado (PSS), realizado no ano passado pela Autarquia Municipal de Educação (AME), começaram a ser convocados para assumirem temporariamente funções junto a diversas escolas da rede municipal, em especial para cobrir a ausência de professoras do quadro permanente que estão usufruindo do direto da licença-prêmio. Como apenas 17, dos 40 profissionais chamados no primeiro edital, apresentaram-se nesta quinta-feira (13/02), o prefeito Beto Preto (PT) já adiantou que uma nova convocação será feita de imediato, respeitando a ordem de classificação;

-O prefeito Beto Preto assinou hoje (13) edital de convocação de 36 assistentes infantis aprovados em concurso público de 2010. “Com a convocação destes 36 candidatos remanescentes encerramos a lista dos aprovados no concurso de 2010. A medida visa suprir a falta de pessoal nos Centros Municipais de Educação Infantil”, afirma a secretária da Educação, Marli Regina Fernandes da Silva. Todos devem se apresentar no salão nobre da prefeitura, na próxima segunda-feira (17), às 14 horas. O não comparecimento do candidato implicará na perda da vaga;

-Somente três municípios do Paraná foram selecionados pelo Ministério da Saúde para desenvolver um programa de enfrentamento das drogas, especialmente o crack. Apucarana, Laranjeiras do Sul e Prudentópolis tiveram seus projetos aprovados, visando a formação da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). Apucarana receberá R$ 296 mil, destinados à capacitação de profissionais de diversos setores e que atuam no atendimento ao dependente químico. Após o treinamento, a Autarquia Municipal de Saúde (AMS) vai aderir ao programa “Crack, é possível vencer”, também do Governo Federal;

-Acompanhado da primeira-dama Adriana Gonçalves e de seu filho Pedro, o prefeito de Apucarana, Beto Preto, fez a entrega de kits de materiais e uniformes escolares na Escola Municipal Papa João XXIII, localizada na Vila Regina. Simultaneamente, a distribuição está acontecendo nas demais 35 escolas da rede municipal de ensino e nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs). Ao todo, a Autarquia Municipal de Educação (AME) investiu mais de R$ 1 milhão na aquisição dos materiais, recursos oriundos das sobras do exercício de 2013 da Câmara de Vereadores e que foram devolvidos ao Município. A apresentação dos uniformes foi feita por seis estudantes, que vestiram os vários tamanhos disponíveis e posaram para a foto oficial. O ato contou ainda com a presença de pais alunos, professores, secretários municipais e da maioria dos vereadores, entre os quais o presidente do Legislativo, José Airton de Araújo (Deco). “Estamos resgatando um compromisso que integra nosso plano de governo e que conseguimos honrar graças à grande economia feita pela Câmara de Vereadores. É um material de qualidade, digno”, assinala Beto Preto. O kit escolar beneficia 10.400 estudantes, abrangendo os CMEIs, as escolas municipais e a Educação de Jovens e Adultos (EJA). “Se as professoras passarem mais tarefa e os alunos utilizarem mais caderno, vamos repor. Não vai faltar para ninguém”, tranquiliza o prefeito. De acordo com ele, dos R$ 260 mil investidos , existe uma cota de reserva que foi adquirida para eventuais reposições. O kit é composto, basicamente, por cadernos (caligrafia, aritmética, linguagem e desenho), lápis, canetas, borrachas, apontadores, réguas, lápis de cor e frascos de cola. Já o uniforme escolar atenderá cerca de 7 mil alunos, do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental ao custo de R$760 mil. “O uniforme identifica a escola e evita que alunos sejam tratados, dentro da própria unidade de ensino, de forma diferente”, observa. Cada aluno está recebendo duas camisetas de manga curta e uma comprida, além de uma bermuda, agasalho completo e boné. “Estamos repassando vários itens, pois a criança desenvolve muitas atividades dentro da escola. Faz educação física, corre no pátio, fica suada. E, não havendo a troca de camiseta, é um passo para pegar micose”, avalia Beto Preto;

-A formatura de 104 acadêmicos da Faculdade Apucarana Cidade Educação (FACED) foi marcada ontem (13) pela expectativa de recredenciamento da instituição de ensino Conselho Estadual de Educação. Os formandos da noite, pelos cursos de Pedagogia, Letras e Filosofia, protagonizaram em evento carregado de emoção diante da conquista, alcançada depois momentos de incertezas sobre o fechamento ou não da instituição de ensino;

-Já estão à serviço os veículos zero quilômetro comprados pelo Município, e em convênio com o Governo Federal para as secretarias de Educação, Assistência Social e Superintendência de Tributação. A frota é composta por 32 veículos, sendo onde oito ônibus, onze vans, um utilitário, nove automóveis e três motos. O investimento é de quase R$ 3 milhões e foi viabilizado no segundo semestre de 2013, mediante convênio firmado com o Governo Federal e recursos da própria municipalidade. O ato de entrega aconteceu sábado (15/02) na Praça Rui Barbosa, em frente à Catedral Nossa Senhora de Lourdes. Na solenidade, o pároco da catedral Monsenhor Roberto Carrara, e o pastor Daniel Acyolli, procederam a bênção dos veículos, para o transporte escolar, distribuição da merenda escolar, manutenção de escolas, atividades ligadas à Secretaria de Assistência Social e Fiscalização Tributária. A entrega simbólica das chaves foi feita pelo prefeito Beto Preto, vice-prefeito Junior da Femac, e os vereadores José Airton Araújo “Deco” (presidente da Câmara), Luiz Magalhães e José Vladimir, às secretárias Marli Regina Fernandes da Silva (Educação), Márcia Regina da Silva de Sousa (Assistência Social) e Anderson Tonin (Superintendente de Tributação). Ao apresentar os 32 veículos zero km o prefeito Beto Preto disse que, apesar de todas as dificuldades enfrentadas no primeiro ano de sua gestão, conseguiu investir na renovação da frota municipal;

-Em mais um trabalho preventivo de proteção a mulher no município, a Secretaria Municipal da Mulher e Assuntos da Família buscou parceria junto a Autarquia Municipal de Saúde para desenvolver um trabalho educativo sobre o tema. O ponto de partida aconteceu no último final de semana com a entrega da cartilha entitulada “Todos e todas mobilizadas/os para o fim da violência contra a mulher” a agentes comunitários de saúde. A cartilha mostra, por exemplo, que a violência contra mulher vai muito além da agressão física. Ela também pode ser psicológica, sexual, moral e até mesmo patrimonial, que neste último caso é configurada por atos de distribuição, venda ou furto de objetos e documentos pertencentes à vítima;

-O prefeito Beto Preto assinou hoje ordem de serviço para recuperação da estrada rural do Tatuzinho e do trecho entre a Estrada Ari Costa e o distrito de São Domingos. Os trabalhos devem começar ainda nesta semana e o prazo de execução é de em torno de 30 dias;

-O prefeito Beto Preto discutiu nesta terça-feira (18/02) com a equipe da Secretaria Municipal da Agricultura as ações para os próximos seis meses. O carro-chefe será o Programa Municipal de Desenvolvimento Sustentável, cujo projeto de lei já foi encaminhado para apreciação da Câmara de Vereadores. A reunião de planejamento contou com a participação do secretário, João Carmo Fonseca, e do superintendente da pasta, José Luiz Porto, além do secretário de Gestão Pública, Nikolai Cernescu Júnior. Através do Programa de Desenvolvimento Sustentável, o Município vai incentivar a manutenção e readequação de estradas rurais, além de oferecer diversos serviços, como de terraplenagem para a exploração da avicultura e construção de moradias rurais, roçagens e preparo do solo para plantio, apoio para a escavação de tanques destinados à piscicultura, repasse de calcário e fósforo para melhorar a fertilidade do solo e distribuição de mudas frutíferas;

-Com a previsão de utilizar cerca de 100 toneladas de massa asfáltica, a Secretaria de Obras da Prefeitura de Apucarana iniciou nesta semana a revitalização da malha viária em todo o Núcleo Habitacional Dom Romeu Alberti. “Pretendemos finalizar esta frente ainda nesta semana, devolvendo a trafegabilidade para quem mora ou precisa recorrer ao bairro”, informa Júnior da Femac, secretário da pasta. Além do tapa-buraco com concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ), os trabalhos da prefeitura envolvem a limpeza e colocação de pedra brita nos locais de reparo. “Estamos agindo com o auxílio de três caminhões, um rolo compactador e uma camioneta. No total são 12 operários”, complementa Júnior;

-Ao fazer um serviço rotineiro de limpeza de boca de logo, a equipe da Secretaria Municipal de Serviços Públicos descobriu que a principal causa do problema estava num serviço executado pela Sanepar. A rede de esgoto implantada pela companhia de saneamento “invadiu” a galeria pluvial, obstruindo parcialmente o escoamento da água. O fato foi registrado na Avenida Santa Catarina, esquina com a Rua Rubi, na Vila São Miguel. A Prefeitura foi acionada por moradores da região, que nos últimos 30 dias vinham reclamando do vazamento de água na boca de lobo. Além da água das chuvas, as galerias recebem despejo de empresas como postos de combustíveis e de lavagem de carros. “Com isso, o problema persistia também com o tempo seco. As pessoas ligavam no pátio de máquinas reclamando, especialmente do mau cheiro”, afirma Jaime Gonçalves, secretário municipal de Serviços Públicos. O prefeito Beto Preto foi até o local para verificar a situação e lamentou mais esse episódio envolvendo a companhia que detém a concessão de exploração do sistema de água e esgoto. Recentemente, a Sanepar foi multada em R$ 4 milhões pela Prefeitura por despejo irregular de esgoto no Rio Pirapó. “Já acionei a Secretaria Municipal de Serviços Públicos para que tome as providências necessárias. Vamos notificar a Sanepar, via ofício, e dar um prazo de 30 dias para que a companhia encontre uma solução para esse problema”, anuncia;

-Ao proceder um trabalho de rotina, a equipe de desobstrução de bueiros da Secretaria de Serviços Públicos da Prefeitura de Apucarana descobriu o verdadeiro motivo das águas da chuva não terem o devido escoamento na Rua das Pombas, localizada no Núcleo Habitacional Michel Soni, mais conhecido como Recanto do Lago. A galeria pluvial na via foi originalmente executada sem a construção de caixas de contenção. Além de receber, este equipamento de engenharia é fundamental para dissipação posterior da água da chuva. “Imaginávamos que se tratava de um típico entupimento, mas ao abrirmos o pavimento constatamos a inexistência das caixas em meio à tubulação”, conta Jaime Gonçalves, secretário da pasta. De acordo com o coordenador dos trabalhos, servidor Décio Alves Gomes, o trabalho no local já dura cerca de 20 dias. “No início deste mês demos início à construção de duas caixas de contenção no local, com implantação de tubulação de 60 centímetros de diâmetro, o que deve resolver por definitivo este problema histórico no Recanto do Lago”, afirma. Segundo ele, o serviço deve ser concluído nesta quinta-feira. “Grande parte do tempo foi dedicado à secagem do material usado na benfeitoria”, explica;

-Ao proceder um trabalho de rotina, a equipe de desobstrução de bueiros da Secretaria de Serviços Públicos da Prefeitura de Apucarana descobriu o verdadeiro motivo das águas da chuva não terem o devido escoamento na Rua das Pombas, localizada no Núcleo Habitacional Michel Soni, mais conhecido como Recanto do Lago;

-A galeria pluvial na via foi originalmente executada sem a construção de caixas de contenção. Além de receber, este equipamento de engenharia é fundamental para dissipação posterior da água da chuva. “Imaginávamos que se tratava de um típico entupimento, mas ao abrirmos o pavimento constatamos a inexistência das caixas em meio à tubulação”, conta Jaime Gonçalves, secretário da pasta. De acordo com o coordenador dos trabalhos, servidor Décio Alves Gomes, o trabalho no local já dura cerca de 20 dias. “No início deste mês demos início à construção de duas caixas de contenção no local, com implantação de tubulação de 60 centímetros de diâmetro, o que deve resolver por definitivo este problema histórico no Recanto do Lago”, afirma. Segundo ele, o serviço deve ser concluído nesta quinta-feira. “Grande parte do tempo foi dedicado à secagem do material usado na benfeitoria”, explica;

-O Departamento Nacional de Infra Estrutura Terrestre (DNIT) autorizou ontem a construção de viaduto em Apucarana, sobre a linha férrea, no acesso ao Núcleo João Paulo I. A solicitação foi entregue em mãos pelo vice-prefeito e diretor-presidente do Instituto de Desenvolvimento Pesquisa e Planejamento (Idepplan), o engenheiro Sebastião Ferreira Martins Junior, o “Junior da Femac”. O projeto foi viabilizado por emenda parlamentar apresentada pelo deputado federal Ratinho Junior (PSC), antes de se licenciar do cargo para ocupar a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano, a convite Dio Governador Beto Richa. “Estivemos em audiência com o Dr. Zeno Gonçalves, no DNIT, e depois de avaliar o projeto ele deu parecer favorável para a execução”, informou o vice-prefeito, acrescentando que a obra tem custo estimado em R$ 1,1 milhão;

-O grande número de interessados em disputar uma das 25 vagas para serviço de varrição de rua em Apucarana levou a Agência do Trabalhador a fechar a lista de candidatos à entrevista por volta das 12 horas de hoje (20). Em apenas 4 horas de atendimento para esse fim, mais de 30 pessoas se apresentaram para a oportunidade de emprego, a qual oferece salário de R$ 1.050, mais vale alimentação. Conforme orientação da empresa vencedora da licitação para execução dos serviços de limpeza das vias públicas da cidade, a Agência do Trabalhador teve apenas o dia de hoje para fazer a captação de mão-de-obra. A Costa Oeste Serviços de Limpeza Ltda vai proceder às entrevistas dos candidatos amanhã (21), a partir das 9 horas, já que deve começar a operar nas ruas no início de março;

-Trafegar pelas estradas rurais de Apucarana está cada vez mais seguro. Além de já ter promovido a recuperação de mais de 300 dos cerca de 600 quilômetros de vias pertencentes ao município, a Secretaria Municipal da Agricultura conta com parceria da Secretaria Municipal de Serviços Públicos que atua na frente de reforma e reconstrução de pontes;

-Uma espera de mais de 17 anos por asfalto terá fim dentro dos próximos 120 dias para os moradores do Jardim Marissol e Residencial Garcia, comunidades vizinhas e uma das mais carentes de Apucarana. Este é o prazo para a conclusão das obras de pavimentação asfáltica, cuja ordem de serviço foi assinada nesta sexta-feira (21/02) pelo prefeito Beto Preto (PT) e pelo secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano (Sedu), Ratinho Júnior (PSC), em concorrida solenidade realizada no salão nobre da prefeitura, que contou ainda com a presença dos presidentes das associações de bairro (Arno Kurtz Schneider/Jardim Marissol e Valdecir/Residencial Garcia), vereadores, do deputado federal Edimar Arruda e do representante da empreiteira vencedora da licitação, Tapalan Construções e Empreendimentos Ltda., Éder Moreira de Araújo. “Estou completando um ano à frente da Sedu e lá estava um projeto de Apucarana pedindo asfalto parado há anos, não se sabe o motivo. Ao perguntar ao prefeito Beto Preto qual destinação ele desejaria dar, fiquei duplamente contente. Primeiro pela luta do prefeito em buscar o recurso e segundo, pela escolha feita, quando ele frisou que iria atender bairros que ficam em uma das regiões mais humildes da cidade. Fico muito contente em poder contribuir com o desenvolvimento de Apucarana e, com aval do Governador Beto Richa (PSDB), liberar recursos para esta obra, sobretudo pelo motivo do município não precisar devolver. É a fundo perdido, como se fosse uma doação”, destacou Ratinho Júnior. Ao todo, serão beneficiados trechos de 10 ruas, somando mais de dois quilômetros de extensão. São 14.322,07 metros quadrados em um investimento de R$ 1.134.624,70. Desse montante, R$ 330 mil são da contrapartida do Município e o restante – R$ 804.624,70 - do Governo do Estado através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedu). “Este é mais um presente para a população dentro dos 70 anos da cidade. O projeto estava engavetado no Paraná Cidade e através de intermediação do ex-vereador Aldivino Marques da Cruz Neto (Val da Gráfica), conseguimos a destinação dos recursos, a fundo perdido, por parte do governador Beto Richa e agora, neste dia histórico, a liberação da verba com autorização da obra por parte do secretário Ratinho Júnior;

-Com a presença de representantes de 10 municípios, Apucarana sedia nesta terça-feira (25/02) a 1ª Conferência Intermunicipal de Proteção e Defesa Civil. Os debates vão ocorrer ao longo do dia, das 8 às 18 horas, no campus da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Além da escolha de delegados, o encontro definirá 10 princípios e 30 diretrizes, que serão apresentados na etapa estadual. A conferência está sendo organizada pelo Conselho Comunitário de Segurança (Conseg), em parceria com o 4º Subgrupamento de Bombeiros Independente e a Prefeitura de Apucarana. “Participarão dos debates representantes do Poder Público, de conselhos profissionais, comunidade científica, sociedade civil e organizada, além de membros dos Núcleos de Defesa Civil Organizada (Nudecs)”, cita Ana Maria Schmidt, presidente do Conseg;

-De olho em uma vaga no ensino superior, 110 alunos de baixa-renda oriundos da rede pública de Apucarana iniciam nesta segunda-feira (24/02) estudo junto ao Cursinho Pré-vestibular e de Aperfeiçoamento da Prefeitura de Apucarana. Oferecidas gratuitamente, as aulas acontecem no período noturno no prédio do Polo Presencial Apucarana da Universidade Aberta do Brasil (UAB), e têm duração de seis meses. Na aula inaugural, realizada na última sexta-feira (21/02), o prefeito Beto Preto (PT) esteve representando pelo secretário Especial de Ensino Superior, professor Fernando José de Freitas, que deu as boas-vindas aos estudantes;

-O serviço de varrição de rua em Apucarana começa no dia 10 de março. A data foi anunciada hoje pelo prefeito Beto Preto na solenidade de assinatura do contrato de prestação de serviço com a empresa vencedora da licitação, a Costa Oeste Serviços de Limpeza Ltda;

-Em audiência mantida na tarde desta terça-feira (25/02), em Brasília, com diretores da Agência Nacional de transportes Terrestres (ANTT), o prefeito Beto Preto reiterou a urgência em obter a autorização deste órgão, para a construção de um viaduto sobre a linha férrea, no acesso ao Núcleo João Paulo I, em Apucarana. Acompanhado de seu vice Junior da Femac, o prefeito lembrou que o Departamento Nacional de Infra Estrutura de Transportes (DNIT) já deu a sua liberação para a obra. “Defendemos a necessidade urgente da construção deste viaduto, levando em consideração o expressivo número de moradores desse de de outros bairros da região que, constantemente, são prejudicados com a obstrução de acesso, em função da passagem de comboios ferroviários da América Latina Logística”, argumentou Beto Preto;

-A Secretaria Especial de Ensino Superior da Prefeitura de Apucarana comunica que em breve estará sendo publicado o edital do curso de “Especialização em Gênero e Diversidade na Escola". Ofertado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), serão 360 horas e 50 vagas para professores da rede municipal de ensino. “Além disto, realizaremos o seminário dos cursos de Gestão que estão em andamento em nosso polo presencial da UAB, que acontecerá nos últimos dias do mês de março”, informa professor Fernando José de Freitas, secretário da pasta. Ele pede que os interessados acompanhem diariamente, pela internet, o blog http://poloapucarana.blogspot.com.br e também o endereço do Polo da UAB na rede social:https://www.facebook.com/poloapucarana.uab. “Nestes meios estaremos atualizando constantemente as informações dos cursos superiores e de pós-graduação com edital de inscrição e dos já ofertados”, indica Freitas. Segundo complementa a diretora-coordenadora do Polo Apucarana de Apoio Presencial/UAB, pedagoga e psicopedagoga Mara Regina Neves Nicolau, além das dezenas de cursos já oferecidos por intermédio de universidades como a UEPG, Unicentro, UFPR e UFSC, para o segundo semestre deste ano devem ser abertas inscrições para os cursos de especialização em Atividades de Processo de Mudança na Formação Superior de Professores de Saúde, pela Fiocruz; Ensino de Ciências, pela Unicentro; Ensino e Pesquisa na Ciência Geográfica, pela Unicentro; Gestão Escolar, pela Unicentro; e Aperfeiçoamento Facilitadores de Educação Permanente em Saúde, pela Fiocruz. “São cursos à distância, de qualidade, com aulas ao vivo webconferência e provas presenciais”, conclui a coordenadora;

-O prefeito Beto Preto assinou nesta segunda-feira (26/02) autorização para dar início ao processo de licitação de uma passarela na Vila Apucaraninha. “Trata-se de uma reivindicação da população daquela região da cidade que, em gestões anteriores insistiam na construção da passarela, visando dar mais segurança na transposição da ferrovia por pedestres, incluindo crianças e adolescentes que vão à escola”, informou, acrescentando que a comunidade espera pela obra há mais de 10 anos. O projeto da passarela já está executado pelo Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan) e a construção deve ser iniciada tão logo se conclua o processo de licitação. A América Latina Logística (ALL), empresa que detém a concessão de operação da ferrovia, já concordou em custear boa parte da passarela, que foi inclusive alvo de intervenção do Ministério Público (MP) com a proposição de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC). No ano passado, a obra tinha um custo estimado em R$ 150 mil;

-A Autarquia Municipal de Educação (AME), da Prefeitura de Apucarana, realizou nesta quinta-feira (27/02), no polo presencial da UAB, a primeira reunião do ano com as orientadoras e professoras da rede municipal envolvidas no Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). Uma iniciativa da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC), com envolvimento dos Estados e Municípios, cuja a meta é assegurar em todo o Brasil a plena alfabetização de todas as crianças da rede pública até os oito anos de idade, ao final do 3º ano do ensino fundamental;

-Com a chegada de cerca de 250 peregrinos, prevista para o dia 8 de março, Apucarana será integrada à Rota da Fé. Criada há cerca de 10 anos, o roteiro de turismo religioso pela primeira vez sairá do seu local de origem, que é a região de Campo Mourão. A peregrinação faz parte das atividades preparatórias à tradicional Festa de São José, que ocorre no dia 19 de março;

-A Secretaria Municipal de Serviços Públicos, que atua na frente de reforma e reconstrução de pontes, concluiu nesta semana a recuperação da travessia sobre o Rio Caviúna, na região da comunidade rural do Barreiro. “Trafegar pelas estradas rurais de Apucarana está cada vez mais seguro”, destaca Jaime Gonçalves, secretário Municipal de Serviços Públicos;

-A Sanepar e a Prefeitura de Apucarana, por meio da Secretaria de Assistência Social, realizam no próximo sábado (08/03), no Residencial Sumatra I, um mutirão para cadastramento dos moradores no Programa “Tarifa Social – Água para Todos”. Agentes comerciais da Sanepar permanecerão no Clube da Sabedoria, localizado na Avenida Aviação, 2.765 - Núcleo Hab. Castelo Branco, das 8 horas da manhã ao meio-dia. Também estarão sendo negociados débitos, visando o enquadramento no programa. Para ser beneficiada com a Tarifa Social a família precisa morar em imóvel de até 70 metros quadros, ter renda de até 2 salário mínimos (Nacional), ou, per capita de meio salário, e consumir até 10 metros cúbicos (m3) de água por mês, para até quatro pessoas, ou 2,5 m3/mês por morador;

-Os funcionários das secretarias Municipais da Assistência Social, da Mulher e Assuntos da Família, Indústria e Comércio, Agência do Trabalhador e do Centro de Qualificação Total de Apucarana iniciam neste próximo dia 19, a partir das 15 horas, capacitação em LIBRAS (Língua Brasileira dos Sinais). As aulas serão realizadas no Polo Presencial de Apucarana da Universidade Aberta do Brasil (UAB) e fazem parte de uma parceria com a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Segundo destaca o prefeito Beto Preto (PT), o objetivo da iniciativa é inserir os servidores municipais na “cultura dos surdos” através do desenvolvimento da LIBRA em seus aspectos gramaticais, linguísticos e sintáticos;

-De 3 a 6 de abril, Apucarana sedia o Campeonato Zonal Sul/Sudeste/Centro-Oeste de Karatê Interestilos 2014. A competição será disputada no Centro Esportivo Madre Josafata, no Colégio Nossa Senhora da Glória (Glorinha) em uma promoção da Associação Karatê Vida e supervisão da Federação Paranaense de Karatê Esportivo. Realizado nas categorias mirim, infantil, infanto, juvenil, júnior, adulto e master (masculino e feminino), a projeção da organização é contar com a participação de mais de 900 atletas, sendo 400 deles pertencentes ao Paraná;

-A Secretaria de Gestão Pública da Prefeitura de Apucarana publicou nesta sexta-feira (07/03) edital convocando 87 candidatos aprovados no concurso público realizado neste mês de fevereiro. Todos os relacionados devem comparecer nesta terça-feira (11/03), às 14 horas, no salão nobre do prédio central para ato de investidura no cargo, sob pena de perda da vaga. Para o cargo de auxiliar de serviços gerais estão sendo chamados os aprovados do 1º ao 41º lugar; para operário, do 1º ao 21º lugar; para motorista de veículo pesado, do 1º ao 15º lugar; para pedreiro, do 1º ao 3º lugar; para pintor, do 1º ao 3º lugar; para eletricista, do 1º ao 3º lugar; para encanador o 1º lugar;

-A Prefeitura de Apucarana apresentou oficialmente nesta sexta-feira (07/03), em evento no Centro da Juventude Alex Mazaron, o Calendário Esportivo Anual. Uma ferramenta de organização tanto para a administração municipal, quanto para equipes, dirigentes e atletas, o calendário apucaranense está afinado com o da Secretaria do Esporte do Paraná e prevê competições de âmbito municipal, regional e estadual. Segundo o secretário Interino de Esporte e Lazer da Prefeitura de Apucarana e secretário Especial da Juventude, professor Paulo Aparecido Kisner (Paulão), que no ato representou o prefeito Beto Preto (PT), a grade de eventos foi pensada para preencher as necessidades dos públicos das duas pastas. “Este documento apresenta detalhes de tudo que vamos realizar neste ano no setor, mês a mês, orientando para os prazos limites para envio de documentação, inscrição, congressos técnicos e data das realizações das competições”, destaca. São atividades esportivas para todas as faixas etárias “que envolvem desde as crianças das escolas municipais, adolescentes e jovens, adultos e veteranos”, resume, lembrando que a programação esportiva da cidade está aberta a inclusão de outras atividades. O calendário apresenta duas novidades: as criações do Circuito de Rua Santo Trevisan, em homenagem ao veterano atleta que disputou 51 dos 52 edições da Prova 28 de Janeiro, e dos Jogos Escolares Municipais, para atletas de 6 a 17 anos de toda rede de ensino da cidade, municipal, estadual e particular. Também está confirmado o retorno do Campeonato Amador de Futebol e do Campeonato Municipal de Futsal Adulto;

-A Sanepar e a Prefeitura de Apucarana, por meio da Secretaria de Assistência Social, promoveram hoje um mutirão para cadastramento dos moradores do Residencial Sumatra I no Programa “Tarifa Social – Água para Todos”. Das 486 famílias do novo bairro, pelo menos duzentas garantiram o benefício do programa já no primeiro dia de inscrição. Cerca de trinta funcionários da Sanepar e da Secretaria Municipal de Assistência Social trabalharam no cadastramento das famílias, das 8 às 12 horas, em evento realizado no Clube da Sabedoria, na Avenida Aviação, no Núcleo Habitacional Castelo Branco. Na mesma ocasião, também foi possível negociar débitos, visando o enquadramento no programa. O gerente interino da Sanepar, Luiz Carlos Jacovassi, explica que para ser beneficiada com a Tarifa Social a família precisa morar em imóvel de até 70 metros quadros, ter renda de até 2 salários mínimos e consumir até 10 metros cúbicos de água por mês, para até quatro pessoas, ou 2,5 m3/mês por morador. “A Sanepar já tem 1.800 famílias atendidas pela tarifa social da água em Apucarana”, assinala Jacovassi. O cadastramento vai continuar no escritório da Sanepar e os interessados devem comparecer, munidos de documentos pessoais, fatura da Sanepar e um documento do imóvel. Caso seja beneficiário de algum outro programa social do governo municipal, estadual ou federal, o cidadão deve apresentar o último extrato contendo o valor recebido. Famílias de até quatro pessoas passam a pagar apenas R$ 6,20 de água, como benefício da Tarifa Social. No caso dos moradores do Sumatra I, até agora a maioria das famílias estavam pagando R$ 23,63 pelo abastecimento com água tratada;

-A Secretaria Municipal da Juventude de Apucarana, em parceria com a Associação de Educação Familiar e Social do Paraná e Banco do Brasil, realizou neste início de mês o encaminhamento de jovens para o Programa de Aprendizagem Profissional. O secretário da Juventude, Paulo Aparecido Kisner (Paulão), acompanhou a apresentação dos quatro selecionados. “São jovens matriculados na Guarda Mirim e no Centro da Juventude de Apucarana, na faixa etária dos 15 aos 16 anos, estudantes da rede pública municipal de ensino que irão adquirir conhecimentos em serviços bancários. É muito gratificante acompanhar momentos como estes, ver nos olhos deles, e dos familiares, a alegria e a esperança de um futuro melhor”, destaca Paulão. Durante a realização do programa, conta o secretário, os jovens serão acompanhados pela equipe do Centro da Juventude que conta hoje com pedagoga e assistentes sociais;

-Profissionais da rede municipal de atenção básica à saúde de Apucarana participaram, na última sexta-feira, no pólo da Universidade Aberta do Brasil (UAB), de uma oficina de capacitação sobre os temas dengue e tuberculose. O evento reuniu médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, agentes comunitários de saúde, dentistas, auxiliares de odontologia, técnicos em higiene dental, funcionários do setor administrativo das Unidades Básicas de Saúde (UBS) e profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF);

-A Prefeitura de Apucarana, por meio da Secretaria Municipal da Agricultura, faz amanhã (terça-feira, dia 11/03), a partir das 9h30, no Horto Municipal, a entrega do primeiro lote de 100 mil mudas de café. O programa tem por objetivo estimular a manutenção de cafeeiros no município e a iniciativa vem obtendo adesão, já que 40 produtores já se inscreveram e hoje vão retirar suas mudas. No total, a secretaria da Agricultura está produzindo 300 mil mudas de café. As mudas estão sendo entregues aos produtores pelo preço subsidiado de R$ 0,25 a unidade;

-Atuando na área central e proximidades, a Costa Oeste Serviços de Limpeza Ltda iniciou nesta segunda-feira (10/03) o cumprimento do contrato de varrição manual das ruas de Apucarana. A empresa já contratou 25 garis e passará a responder pelo serviço no período de um ano. Com a consolidação do trabalho, a expectativa é que o grupo faça a limpeza de cerca de 60 quilômetros lineares por dia, abrangendo um metro da sarjeta e um metro da calçada. O prefeito Beto Preto destaca que o contrato – no valor de R$1.078.740,00 - proporcionará um serviço de melhor qualidade para a população. “A cada ano o número de garis do município vinha caindo e estávamos encontrando dificuldades para contratar novos através de concurso público. Com a terceirização, o serviço será executado por setores, beneficiando, inclusive, os distritos de Pirapó, Caixa de São Pedro, Vila Reis e Correia de Freitas”, frisa;

-O Arranjo Produtivo Local (APL Bonés) desenvolverá a partir de 2014 um projeto que incentivará as empresas do setor de confecções a fazer a correta destinação de resíduos. Entre as ações previstas, estão o suporte técnico para a obtenção da licença ambiental e para a elaboração do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS). De acordo com estimativa da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, pelo menos metade das empresas do setor não cumpre normas ambientais. O projeto começou a ser delineado na reunião semanal da governança do APL, realizada todas as quintas-feiras na sede do Sindicato das Indústrias do Vestuário de Apucarana e do Vale do Ivaí (Sivale). A convite do APL, o secretário municipal de Meio Ambiente, Éwerton Pires, participou do encontro e fez uma explanação sobre as ações desenvolvidas pela pasta neste setor, especialmente quanto ao trabalho de fiscalização;

-Em evento com a participação de representantes da comunidade, o prefeito Beto Preto assinou na noite de ontem (segunda-feira – 10/03), autorização para licitação de uma nova etapa da recuperação asfáltica no Jardim Interlagos. Acompanhado do secretário de obras, Junior da Femac, e do superintendente de obras, Herivelto Moreno, o prefeito informou aos moradores do Interlagos, que as obras terão um custo máximo de R$ 587 mil, incluindo 16.400 metros de recape e um trecho de 4.300 metros de reconstrução total do asfalto;

-A escrituração do imóvel é um trâmite burocrático essencial no serviço público, mas que muitas vezes não é respeitado. O prefeito de Apucarana, Beto Preto, vem trabalhando desde o ano passado para regularizar diversas situações e que estavam pendentes há anos. Nesta quarta-feira (12/03), com a assinatura da escrituração do imóvel da Escola Municipal João Batista, localizado na Vila Vitória Régia, mais uma situação foi resolvida. O prefeito explica que na década de 90 o prédio que abriga a instituição de ensino foi construído em terreno com área de 2.450 metros quadrados e que anteriormente havia sido doado ao Albergue Noturno Casa do Caminho. “O Albergue foi extinto e a propriedade transferida ao Edhucca (Escola de Desenvolvimento Humano Casa do Caminho), sendo construído a revelia no terreno a Escola Municipal João Batista”, esclarece;

-As várias novidades que serão implementadas na principal via de acesso ao Jardim Novo Horizonte provocarão uma transformação na rua, que por isso está sendo chamada de “Nova Alexandre Balan”. O projeto contempla - além do alargamento do leito da pista, calçadas, meio-fio, sistema de drenagem das águas das chuvas, asfalto e sinalização de trânsito - um novo projeto de arborização. Nesta quarta-feira (12/03), o secretário municipal de Meio Ambiente, Ewerton Pires, acompanhou o início do processo de substituição das árvores. “Iremos retirar 36 árvores, plantando posteriormente em torno de 70”, pontua, salientando que as árvores abatidas não são de espécie ameaçada e não possuem relevância ambiental. De acordo com ele, o projeto seguirá as diretrizes do Plano Municipal de Arborização Pública, que foi debatido em audiências públicas. “A rua ganhará árvores de seis espécies, garantindo heterogeneidade e densidade vegetal. Do lado por onde passa a rede de energia elétrica plantaremos espécies de pequeno porte. As mudas terão um metro e oitenta centímetros de altura e plantaremos uma em frente de cada lote, respeitando o alinhamento predial”, explica;

-Dentro das atividades previstas dentro do “Mês da Mulher”, equipes das secretarias de Assistência Social e da Mulher e Assuntos da Família da Prefeitura de Apucarana promoveram nesta quarta-feira (12/03), no Galpão da Solidariedade do Conjunto Habitacional Paz e Bem, uma dinâmica de grupo e palestra com a temática “Um olhar em busca do equilíbrio”. “Foi uma tarde bem produtiva, onde tivemos a oportunidade de reunir várias pessoas da comunidade, em especial componentes do grupo de idosas que fazem parte dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos”, informa Márcia Regina de Souza, titular da pasta da Assistência Social. Na oportunidade, ela salientou que a prefeitura iniciou nesta semana a reforma do Galpão. “Este espaço é bastante utilizado pela comunidade. É onde as pessoas se reúnem, inclusive o grupo de idosas, que semanalmente realizam oficinas onde confeccionam artesanatos. Além de estarem juntas, em ambiente de acolhimento, as oficinas realizadas pela nossa secretaria em parceria com a da Mulher e Assuntos da Família, propiciam ambiente propício ao complemento do nosso trabalho social”, explica;

-Para marcar o Dia Internacional do Consumidor, a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Apucarana, realiza neste sábado (13/03), das 8 às 13 horas, um mutirão para atendimento especial. A ação contará com a participação da Copel, Sanepar, OI, e TIM, que terão agentes autorizados para dar orientações e solução de problemas junto aos consumidores. O diretor do Procon, Robson de Souza Cruz, explica que “o Dia do Consumidor tem como objetivo orientar as pessoas sobre aos seus direitos, e, sobretudo, lembrar que o exercício da cidadania deve fazer parte do dia-a-dia de todos”, afirma. Ele destaca que o atendimento deste sábado é uma grande oportunidade para quem trabalha. “Estaremos com as equipes apostos para atender a todos que nos procurarem, protocolando e dando andamento a novos casos. Uma boa hora para que pessoas que não têm tempo durante a semana, aproveitar para fazer valer os seus direitos”, destaca. Bastante atuante, o Procon de Apucarana neste primeiro bimestre do ano atendeu a quase 2 mil consumidores. “Foram 1.204 atendimentos em janeiro e 706 em fevereiro”, relata o coordenador;

-Até 2012, os moradores do Loteamento Parque da Raposa I conviviam com vários problemas na malha viária. Parte das ruas do bairro não tinha pavimento e o restante estava com a benfeitoria deteriorada. A Prefeitura, através da empreiteira contratada, já asfaltou trechos que somam cerca de um quilômetro de pista e nesta quinta-feira (13/03) a empresa iniciou a aplicação do recape no restante das vias. “Vamos fazer o serviço completo, fechando o bairro e proporcionando uma malha viária digna em todas as ruas do Raposa I”, afirma o prefeito de Apucarana, Beto Preto;

-A Associação dos Municípios do Paraná (AMP) está realizando hoje um importante evento com sua diretoria e representantes das 19 associações regionais de municípios, em Foz do Iguaçu no Parque Tecnológico Itaipu. O prefeito de Apucarana, Beto Preto, integra a mesa diretiva do evento e participa do debate de temas relevantes ao municipalismo. Na pauta do encontro estão inclusos os seguintes temas: o SIM/AM, as Certidões Liberatórias e os problemas de transmissão das informações ao Tribunal de Contas do Paraná; o Portal da Transparência dos Municípios; o transporte escolar; as arrecadações compartilhadas (IPVA, ICMS, COPEL e outros); e a Lei Estadual sobre ICMS ECOLÓGICO. Também está sendo abordada a obrigatoriedade da implantação de programas ambientais, lixões e aterros sanitários; a ação sobre desoneração das contas dos municípios - IPI e IR; a recuperação previdenciária dos municípios e encontro de contas entre municípios e a Previdência Social, a lei municipal sobre distribuições dos royalties do petróleo para educação e saúde; e a agenda municipalista da CNM (Confederação Nacional dos Municípios);

-O empenho do prefeito Beto Preto junto a representantes paranaenses no Congresso Nacional acaba de resultar na conquista de uma emenda parlamentar no valor de R$ 800.000,00 (oitocentos mil reais). A emenda é subscrita pelos deputados Abelardo Lupion (DEM), Alfredo Kaeffer (PSDB) e o senador Roberto Requião (PMDB) e irá viabilizar a aquisição de equipamentos e materiais de uso permanente nas Unidades Básicas de Saúde. Serão beneficiadas as UBS´s do Aclimação, Ana Maria Pepato, Antonio Sachelli, Bolivar Pavão, Caixa de São Pedro, CSU, Correia de Freitas, Dona Maria do Café, Takayti Myadi, Eros Pacheco, Joaquim Trizoti, Leopoldo Hartwig Júnior, Mercedes Moreno, Orestes Marquito, Osvaldo Damin, Parigot de Souza, Pedro Barreto, Raul Castilho, Valdecir de Paula e Valter Lazarini. Os recursos permitirão a compra de equipamentos para consultórios odontológicos, fotopolimerizador de resina, ultrassom odontológico, raio-x odontológico, material de informática, e geladeiras para conservação de vacinas. Também está prevista a compra de aparelhos para casos de urgência médica, como reanimador pulmonar, desfibrilador externo automotivo, eletrocardiógrafo, oxímetro de pulso e dois automóveis;

-A Secretaria de Obras deu início nesta semana ao trabalho de conservação do asfalto na estrada velha para Rio Bom. A operação tapa-buraco, que é realizada anualmente, vai contemplar mais uma vez todo o trecho dentro dos limites do município de Apucarana. “Estamos recuperando 19 quilômetros, compreendendo trecho que inicia na confluência com o Contorno Sul até a divisa entre os territórios municipais, na ponte Nicolau Kowalski. É um investimento que temos que fazer periodicamente, pois o tráfego nesta rodovia é intenso o ano inteiro”, destaca o prefeito Beto Preto (PT);

- Com as 60 vagas ofertadas preenchidas, iniciaram hoje mais três cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico (Pronatec) em Apucarana, oferecidos gratuitamente pela prefeitura, através da Secretaria da Mulher e Assuntos da Família, em parceria com o SENAC. A qualificação em manicure e pedicure, cabeleireiro assistente e maquiador é totalmente gratuita e os participantes recebem uma bolsa formação com ajuda de custo para o transporte e alimentação. O material didático, bem como o utilizado durante as aulas práticas também são distribuídos sem custo algum as participantes. Ao final das 200 horas de curso, as alunas receberam certificado profissional do SENAC. Com 500 formandos em 2013, Apucarana conquistou no ano passado o melhor rendimento proporcional do Pronatec no Paraná, na relação número de vagas ofertadas com a população do município;

-Com a meta de zerar a fila de espera, a Autarquia Municipal de Saúde de Apucarana (AMS) deflagrou nesta semana uma campanha de cirurgias eletivas. A meta é atender, até o mês de julho, cerca de 400 pacientes, nas áreas de ortopedia, oftalmologia, ginecologia, cirurgia pediátrica e geral, otorrinolaringologia e vascular. A campanha abrangerá os 16 municípios da Regional da Saúde, mas a maioria dos pacientes – cerca de 60% - é de Apucarana. O prefeito Beto Preto informa que negociou diretamente com o Ministério da Saúde, o aumento do repasse que era de R$ 1,2 milhão, para R$ 2 milhões, visando custear os procedimentos de maior prioridade, de pacientes de Apucarana e região;

-Com a presença de representantes de 9 municípios, foi instalada oficialmente a Associação dos Surdos de Apucarana (Asap). O evento aconteceu no sábado (15/03), no Centro de Qualificação Total, localizado no Jardim América. A entidade, que será presidida por Carlos Alberto Franco, ainda não tem sede própria e utiliza momentaneamente espaços cedidos pelo Município para promover encontros e reuniões;

-A Autarquia Municipal de Saúde (AMS) iniciou o processo de descentralização no atendimento e fornecimento de próteses dentárias. O prefeito Beto Preto acompanhou nesta segunda-feira (17/03) o trabalho da equipe, no mutirão que está sendo realizado no Distrito de Correia de Freitas. Nesta etapa, deverão ser atendidas cerca de 40 pessoas, diretamente na Unidade Básica de Saúde Mário Verussa. A meta da AMS é, a cada dois meses, realizar o mutirão em uma região do município;

-O prefeito Beto Preto (PT) recebeu nesta segunda-feira (17/03) a visita do comandante da 2º Companhia da Polícia Militar Ambiental do Paraná, sediada em Londrina, primeiro-tenente André Ricardo Alves Carvalho. Durante o encontro, o oficial apresentou os planos de descentralização das atividades da política ambiental, que visa - com o auxílio da prefeitura - viabilizar uma sede própria para o pelotão em Apucarana;

-Referência no abrigo e na reabilitação de animais silvestres, o Bosque Municipal Parque das Aves, em Apucarana, no Norte do Paraná, atende a toda a região recebendo centenas de espécies, oferecendo cuidados a animais debilitados e, na maioria dos casos, reintroduzindo-os na vida selvagem. Além disso, o local é destino de milhares de interessados no turismo ecológico. Em uma área de aproximadamente 24 mil metros quadrados vivem cerca de 300 animais. Apesar do nome do parque, o local abriga não somente aves como répteis e mamíferos. Todos são atendidos diariamente por uma equipe de biólogos, veterinários e tratadores da prefeitura, segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, Ewerton Pires. A maioria dos bichos é encaminhada pela Polícia Ambiental após apreensões – em alguns casos, inusitadas. É o caso de um filhote de jiboia interceptado em uma agência dos Correios, em Londrina, no ano passado. Para abrigar o réptil, um cercado especial foi construído e a nova moradora do parque se tornou uma das principais atrações;

-O presidente do Sistema Fiep (Federação as Indústrias do Paraná), Edson Campagnolo, vai estar durante toda esta quarta-feira (19/03) e parte desta quinta-feira (20/03) em Apucarana. Após ser recepcionado pelo prefeito Beto Preto (PT), pelo vice-prefeito e diretor da Fiep, Sebastião Ferreira Martins Júnior (Júnior da Femac), além de representantes do empresariado local, Campagnolo inaugura, às 9 horas, a rádio interna do Colégio Sesi;

-As equipes próprias da prefeitura, responsáveis pela manutenção da malha viária de Apucarana, ganharam nesta semana um importante reforço. Tive início o trabalho da empresa Asfaltopav Serviços de Pavimentação Ltda, que foi contratada via licitação para promover aplicação de lama asfáltica em 100 mil metros quadrados de asfalto. A primeira rua beneficiada pelo contrato foi a Rua Gonçalves Dias, que corta as vilas Vera Cruz, Ivone e Vila Maria. “Nesta etapa inicial vamos promover recuperação das ruas do Bairro 28 de Janeiro e imediações, e da Barra Funda. Na sequência, paulatinamente, beneficiaremos diversas outras regiões”, pontua o prefeito Beto Preto (PT). Além da aplicação da lama asfáltica, estão previstos ainda serviços de limpeza, regularização das ruas, operação tapa-buracos e pintura de ligação com emulsão asfáltica. O investimento total do pacote é de R$ 742 mil. “São recursos do próprio município que serão utilizados na melhoria da malha viária em dez regiões da cidade”, esclarece Beto. O contrato com a empresa é pelo período de um ano;

-Ao cumprir extensa agenda de compromissos na cidade, o presidente do Sistema Fiep (Federação das Indústrias do Paraná), Edson Campagnolo, reuniu-se no final da tarde desta quarta-feira (19/03), no gabinete municipal, com o prefeito Beto Preto (PT), vice-prefeito e diretor da Fiep, engenheiro civil Sebastião Ferreira Martins Júnior (Júnior da Femac), secretariado municipal e com os vereadores José Airton Deco de Araújo (presidente da Câmara) e Aurita Bertoli. Na oportunidade, além de acompanhar uma apresentação multimídia com as principais conquistas e desafios da atual administração, Campagnolo conheceu os projetos de gestão para a área do desenvolvimento industrial, com destaque à Nova Cidade Industrial, ou Parque Industrial da Juruba, cuja área de 23 alqueires na região Sul de Apucarana já está sendo adquirida pela prefeitura, prevê 239 lotes e projeta oferecer além da infraestrutura básica, praça com prestadores de serviços (bancos, correio e comércio, posto avançado da prefeitura), além de unidades do Sesi, Senai e do Sebrae;

-Os candidatos aprovados no concurso público realizado pela Prefeitura de Apucarana no mês de fevereiro, e convocados na semana passada para investidura nos cargos, compareceram nesta quinta-feira (20/03) ao salão nobre do prédio central para uma reunião de instrução e de boas-vindas com o prefeito Beto Preto (PT). Dos 87 convocados, apenas 51 se apresentaram para assumirem funções nos cargos de auxiliar de serviços gerais (25 dos 41 chamados), para operário (16 dos 21 chamados), para motorista de veículo pesado (14 dos 15 chamados), para pedreiro (sem ausência), para pintor (sem ausência), para eletricista (sem ausência) e para encanador (sem ausência), por isto o gestor anunciou que novo edital de convocação deverá ser publicado nos próximos dias para suprir os desistentes;

-Professores das redes municipal e estadual de ensino participaram nesta sexta-feira (21/03) de uma capacitação sobre bullying. Os profissionais serão multiplicadores nas escolas, onde nos próximos dois meses será desenvolvida a campanha “Faça amizade, não faça bullying”. Após a temática ser trabalhada em sala de aula, alunos do 1º ao 9º ano participarão de um concurso de desenho e redação. A iniciativa é da Secretaria Municipal de Assistência Social, em parceria com a Autarquia Municipal de Educação (AME), Núcleo Regional de Educação (NRE), Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e Polícia Militar;

-A fase municipal dos 61º Jogos Escolares do Paraná, que vai ser disputado em diversas praças esportivas de Apucarana entre os dias 28 de março e 5 de abril, contará com 1.140 atletas de 26 colégios da rede pública e privada. Ao todo a competição vai envolver o trabalho de 96 professores de educação física em cinco modalidades nas categorias “A” (nascidos de 1998 a 2000) e “B” (nascidos de 2001 a 2003) no masculino e feminino: basquetebol, futsal, handebol, voleibol e vôlei de praia. A abertura festiva oficial está agendada para as 9 horas da próxima sexta-feira, no Centro Esportivo Madre Josafata, do Colégio Nossa Senhora da Glória (Glorinha). A composição dos grupos foi definida nesta sexta-feira (21/04) em congresso técnico realizado no Centro da Juventude Alex Mazaron. O início dos trabalhos contou com a participação do prefeito Beto Preto (PT), do vice Júnior da Femac, da superintendente Municipal da Juventude, Jossuela Pinheiro, e da coordenadora de Educação Física do Núcleo Regional de Educação (NRE), Lilian Beluco;

-O Departamento de Vigilância Epidemiológica da Autarquia de Saúde de Apucarana divulgou nesta sexta-feira (21/03) uma parcial dos resultados já obtidos localmente dentro da campanha de introdução da vacina contra o HPV (Papiloma Vírus Humano) no calendário nacional. Seguindo recomendação do Ministério da Saúde, Apucarana está fornecendo imunização gratuita a meninas de 11 a 13 anos. Na rede privada, uma única dose pode custar mais de R$300. Desde o dia 10, quando teve início os trabalhos, a primeira dose da vacina – de um total de três - já chegou a 1.100 adolescentes, o que corresponde a pouco mais de 37% da meta de atender a 2.960 meninas. “As ações estão sendo desenvolvidas na modalidade de busca ativa, com as nossas equipes da Saúde indo a todas as escolas da cidade, seja do ensino público ou particular, onde existam alunas dentro da faixa etária alvo”, frisa o prefeito Beto Preto. Nesta sexta-feira, as unidades atendidas foram as escolas estaduais São Bartolomeu e Izidoro Luiz Cerávolo;

- O prefeito Beto Preto e o secretário estadual do Meio Ambiente, Luiz Eduardo Cheida, na condição de amigos, médicos e gestores públicos, ministraram palestra ontem à noite, no Cine Teatro Fênix, durante o 1º Seminário de Gestão Pública, promovido pelo pólo da Universidade Aberta do Brasil (UAB) de Apucarana. A bagagem e a experiência profissional dos dois palestrantes contribuíram para atingir o objetivo de transmitir a experiência prática aos cerca de 300 estudantes que frequentam os cursos de graduação e pós-graduação em gestão pública do polo;

-Mulheres apucaranenses tiveram neste sábado (22/03) atendimento em várias áreas de saúde, nutrição e estética em cinco Unidades Básicas de Saúde (UBS). A programação foi desenvolvida pela Autarquia Municipal de Saúde e Secretaria da Mulher, em comemoração ao Dia da Mulher. No posto de saúde Takaiti Myadi, no Núcleo habitacional Dom Romeu, as atividades, de saúde e beleza, foram ofertadas às mulheres do bairro entre 9 e 17 horas e a expectativa era garantir ao menos duzentos atendimentos. No local, as mulheres tiveram exame preventivo contra o câncer de útero e puderam agendar exame de mamografia, além de atendimento odontológico;

-Graças ao mutirão de próteses dentárias, realizado no Distrito de Correia de Freiras, mais 41 pessoas tiveram a oportunidade de renovar o sorriso. “A meta foi alcançada, mas os números são frios e meramente estatísticos. O que chama a atenção é a satisfação, a gratidão, a alegria e o sorriso das pessoas beneficiadas”, afirma o prefeito de Apucarana, Beto Preto, que acompanhou a entrega das próteses nesta segunda-feira (24/03), na Unidade Básica de Saúde Mário Verussa;

-A Secretaria da Mulher e Assuntos da Família de Apucarana, em parceria com o Senai, está com as inscrições abertas para o curso de auxiliar de eletricista predial e residencial. A capacitação é exclusivamente para mulheres e acontecerá no Senai todos os dias, das 13h40 às 17h30. O curso, que terá duração de dois meses e meio, é gratuito e começará no dia 7 de abril;

-Programada para acontecer 15 dias antes período tradicional em função dos jogos da Copa do Mundo, a 20ª edição da Festa da Cerejeira de Apucarana será realizada entre os dias 5 e 8 de junho, na Associação Cultural e Esportiva de Apucarana (Acea). A data diferenciada foi anunciada oficialmente ontem durante visita da comissão organizadora do evento ao prefeito Beto Preto. “Viemos convidar o prefeito para prestigiar nossa festa e ao mesmo tempo buscar a parceria da administração municipal para realização do evento”, afirmou o presidente Acea, Paulo Yoshii;

-Com a presença do promotor da Vara da Infância e Juventude, Gustavo Marinho, foi lançado nesta quarta-feira (26/03) , no salão Nobre da Prefeitura de Apucarana, o I Concurso Municipal de Combate ao Bullying e o Cyberbullying. A ação faz parte da campanha “Faça amizade, não faça bullying”, criada para enfrentar a problemática em escolas da rede municipal e estadual de ensino. Após a temática ser trabalhada em sala de aula, alunos do pré ao 9º ano participarão de um concurso de desenho e redação;

-As mulheres atendidas pela Escola da Gestante agora têm exclusividade na realização de exames de ultrassonografia e não precisam mais esperar por uma vaga fornecida pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ivaí e Região (Cisvir). Isso graças à instalação de um equipamento de ecografia, repassado ao Município pelo governo do Estado, mas que há quatro anos estava “encaixotado”;

-O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) lembra que as pessoas físicas também podem doar parte do Imposto de Renda, para posterior destinação social. Em Apucarana, a entidade cadastrada junto à Receita Federal para receber esses recursos é o CMDCA. A doação pode ser feita somente por aquelas pessoas que optarem pela declaração completa do IR, podendo chegar até a 3% do valor devido. De acordo com Caio Salinet, presidente do CMDCA, o primeiro prazo expirou no dia 31 de dezembro, quando o percentual que poderia ser doado era maior: 6%. “Agora, de acordo com normas da Receita Federal, o percentual é de 3% e o prazo vai até o dia 30 de abril”, esclarece;

- Depois de fechar 2013 como o município que, proporcionalmente ao número de habitantes, mais formou alunos pelo Pronatec no Paraná, a prefeitura de Apucarana anuncia a previsão de início de 31 novos cursos profissionalizantes gratuitos para 2014. Outros 13, iniciados a partir de fevereiro, já estão em andamento e mais dois estão com início agendado para abril. “Ao todo já são cerca de 900 vagas em 47 cursos profissionalizantes totalmente gratuitos que estarão à disposição da população ao longo do ano. Estamos investindo forte na qualificação profissional dos apucaranenses, garantindo mais oportunidade de emprego e, consequentemente, qualidade de vida à população”, afirma o prefeito Beto Preto;

-A região do Santuário São José e do Colégio São José terão praticamente todas as ruas recuperadas pela Prefeitura de Apucarana. Os serviços de limpeza, tapa-buracos e aplicação de malha asfáltica começou nesta semana e prossegue nos próximos dias. Neste sábado o prefeito Beto Preto vistoriou as obras executadas pela empresa Asfaltopav, que foi a vencedora da licitação de um lote de 100 mil metros quadrados de lama asfáltica. “Vamos levar malha asfáltica para as regiões onde existe pavimentação com uma boa base”, explica o prefeito;

-O estacionamento rotativo regulamentado voltou a funcionar na segunda-feira (07) na área central de Apucarana. O sistema será operacionalizado pela empresa Explora Parking, contratada em caráter emergencial pela prefeitura. O rotativo deixou de ser cobrado no início de fevereiro após rompimento de contrato com a Lapaza. A nova empresa contratada por Beto Preto sofre problemas na prestação de serviços na cidade de Tubarão em Santa Catarina. O motivo de tantas reclamações no município catarinense é a falta de informações por parte de poucos agentes contratados pela empresa. Fato este registrado em Apucarana já no primeiro dia de serviço do rotativo. Uma funcionária do parquímetro é obrigada a rodar quase dois quilômetros na Avenida Curitiba sozinha, sendo a única a dar expediente aos clientes do rotativo. O gerente administrativo da empresa, Marcelo Rodrigues Filizzola da Silva, informa que o escritório da empresa já está funcionando na Rua Renê Camargo de Azambuja, nº 678, sala 5, no térreo do Centro Comercial Teodoro Alves. “Os talões com dez, vinte ou mais cartões já podem ser comprados pelos motoristas, no local ou com quatorze monitores nas ruas da cidade”, anuncia Silva. Os talões também já estão chegando para comercialização em bancas de jornais e revistas, lanchonetes, restaurantes, farmácias e outros estabelecimentos, junto à área de abrangência do rotativo, com cerca de mil e duzentas vagas de estacionamento. Todos credenciados para venda da “raspadinha” de estacionamento estarão identificados com banner e adesivo. O prefeito Beto Preto explica que a Explora Parking foi contratada por um período de apenas seis meses, após o rompimento com a Lapaza. “A partir de agora vamos avaliar o funcionamento do rotativo e começar a trabalhar uma nova licitação para a concessão do serviço em definitivo”, diz Beto Preto. O serviço está sendo retomado ao mesmo preço que era praticado pela Lapaza, ou seja, ao custo de R$ 1,40 por hora de uso da vaga. O rotativo funcionará das 8 às 18 horas de segunda a sexta-feira; e aos sábados das 8 às 12 horas. Nos sábados em que o comércio funcionar, o rotativo se estende até às 18 horas.


ÁREAS
Atualmente, a Explora Parking já opera áreas de estacionamento regulamentado nas cidades de Tubarão-SC, Catalão-GO e Andradina-SP. “Em breve vamos dar ampla divulgação dos pontos de comercialização dos talões nos meios de comunicação e também vamos transmitir orientações em nosso site e facebook”, revela Thaís Amanda Crepe, gerente da unidade de Apucarana. Mais informações a respeito do estacionamento rotativo regulamentado de Apucarana podem ser obtidas pelo telefone 3033-5099;

-Você já está cansado de ouvir aquele ditado que “antes tarde do que nunca”. O médico nuclear e prefeito de Apucarana Beto Preto (PT), aliado de André Vargas (PT) e toda a alta classe do Governo Federal, conseguiu nesta segunda-feira (14) a liberação depois de quase um ano e seis meses de mandato, (mais exatos dezesseis meses de administração), a liberação de 13 médicos do Programa Federal Mais Médicos para a cidade de Apucarana. Nesta segunda-feira em Curitiba, o Ministro da Saúde Arthur Chioro apresentou integrantes da quarta fase do programa Mais Médicos com 295 médicos estrangeiros que vão atuar no Estado do Paraná. No Vale do Ivaí, somente Apucarana que estava em baixa com a vinda dos médicos. Beto Preto enfatizou durante a eleição de 2012, que seria o prefeito da Saúde, mas as reclamações por falta de médicos na cidade não param, inclusive tendo vários procedimentos de investigação na promotoria Pública da Saúde em Apucarana. A Autarquia Municipal de Saúde de Apucarana conta com mais de 33 UBSs na cidade, tendo ainda há UPA 24 Horas, e o Hospital da Providência de Apucarana, mas não se sabe se estes médicos deverão atender no Hospital conveniado com o SUS. Treze médicos é um reforço emergencial que pode ajudar a solucionar a princípio, a falta de médicos na cidade de Apucarana, basta agora saber se a qualidade será de primeira, e se a população irá aprovar os trabalhos em nossa cidade;

-O prefeito Beto Preto (PT) comandou nesta terça-feira (15/04), no salão nobre da prefeitura, solenidade de recepção de 12 de um total de 13 médicos cubanos que vão atuar nas unidades básicas de Apucarana dentro do Programa Mais Médicos, do Governo Federal. O décimo terceiro profissional deve ser indicado e encaminhado à cidade pelo Ministério da Saúde (MS) nos próximos dias. O ato, que lotou as dependências do evento, contou com a presença do vice-prefeito Sebastião Ferreira Martins Júnior, presidente da Câmara Municipal José Airton Deco de Araújo, membros da diretoria do Hospital da Providência, além de diversas lideranças comunitárias, religiosas e outros vereadores. O trabalho dos médicos deve ter início já próxima semana. Já foi dado entrada nos pedidos, é já depois do feriado todos devem ter em mãos o registro profissional junto ao conselho da categoria no Brasil. Segundo o prefeito, os cubanos vão atender em unidades básicas de saúde (UBS’s) das regiões Norte e Leste. “Eles vão compor novas equipes no Estratégia Saúde da Família (ESF), ao lado de enfermeiros, auxiliares de enfermagem e agentes comunitários de saúde”, informa o prefeito. Entre os bairros que serão contemplados vão estar o Marcos Freire, Dom Romeu Alberti, Vale Verde, Colonial, Ponta Grossa, Paz e Bem, Sumatra, Diamantina e Aviação, entre outros. “O Mais Médicos é um programa completo. Devemos sempre buscar a quebra de paradigmas, cortar aquela marra que não deixa evoluir. Quando, em outros tempos estaríamos recebendo médicos de outros países?”, indagou o prefeito. Ele aproveitou o ato para agradecer ao Ministério da Saúde e a Organização Panamericana de Saúde (OPAS), que é responsável pela cooperação. “Assim como eu estou, tenho a certeza de que toda a cidade está feliz com a chegada destes novos profissionais da medicina” salientou o prefeito;

-A Prefeitura de Apucarana, por intermédio de empresa terceirizada, retirou 643 tocos de árvores situadas em calçadas de ruas e avenidas, em vários pontos da cidade. Trata-se de espécies impróprias para o perímetro urbano, que estavam condenadas e poderiam cair, provocando acidentes ou danos. O trabalho também vem melhorando a acessibilidade, principalmente aos portadores de necessidades especiais. O prefeito de Apucarana, Beto Preto, afirma que a iniciativa tem a aprovação popular e conclama os moradores a darem sequência no trabalho. “Com a eliminação dos tocos e das raízes, os proprietários de domicílios comerciais e residenciais podem providenciar a restauração da calçada. Com isso, vamos dispor de passeios mais seguros para os pedestres e propiciar um visual melhor no centro e em vários bairros”, argumenta Beto Preto. O contrato foi celebrado entre o Município e a SK Coleta de Entulhos Ltda – vencedora do processo licitatório - no final de outubro de 2013 e tem validade por 12 meses. De acordo com o balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Obras, o contrato é no valor total de R$ 149 mil, estabelecendo o limite de até 2.000 destocas. “O trabalho vem chamando a atenção de cidades da região. Recebi ligações de várias prefeituras, pedindo informações de como funciona o serviço”, informa Wagner Kreb, proprietário da empresa. De acordo com ele, o serviço de desbaste (destoca) é feito em árvores que há muitos anos foram cortadas. “Fazemos uma média de 10 destocas por dia, mas isso depende muito do lugar, do movimento existente e se há muitos carros estacionados”, observa, salientando que os pedidos para a execução do serviço devem ser feitos diretamente na Secretaria Municipal de Obras;

-Dez dos 13 médicos cubanos que vão atuar em Apucarana já estão trabalhando em Unidades Básicas de Saúde (UBS). No primeiro dia de atividades, além de serem apresentados às equipes, eles conheceram a estrutura do local de trabalho e a dinâmica do sistema público de saúde no Município. A expectativa é que, a partir desta terça-feira (13/05), eles comecem efetivamente a atender os pacientes. De acordo com o prefeito de Apucarana, Beto Preto, os cubanos estavam há mais de um mês na cidade e aguardavam a autorização especial para o exercício da medicina no Brasil, que foi concedida pelo período de 3 anos. Os médicos foram alocados nas unidades localizadas nos jardins América, Ponta Grossa, Trabalhista e Colonial, além dos núcleos Dom Romeu Alberti, Vale Verde e Parigot de Souza e da Vila Nova;

-Apucarana, município de 130 mil habitantes, situado na região centro-norte do estado, está ganhando dois novos parques ambientais. Trata-se das unidades de conservação permanentes Ubatuba-Dourados, próximo ao distrito de Caixa de São Pedro, às margens da PR-444; e Araucárias, junto à BR-369 e ao parque industrial Norte. O município já contava com o Parque Ecológico da Raposa e a Colônia Mineira. Os decretos de instituição das duas novas áreas foram assinados em ato realizado na noite de ontem (2), no Clube 28 de Janeiro, pelo secretário de estado do meio ambiente, Luiz Eduardo Cheida, e o prefeito de Apucarana, Beto Preto, além de representantes da Sema, IAP e ambientalistas locais;

-Dentro da política de fortalecimento do esporte amador na cidade, Apucarana deu início nesta segunda-feira (07/04) aos trabalhos de reforma nos ginásios de esportes do Jardim Ponta Grossa e do distrito do Pirapó. As duas obras serão executadas com recursos próprios do município, no valor total de R$ 72,4 mil;

-Lideranças de todos os segmentos e cidadãos em geral de Apucarana estão convidados a participarem de audiência pública nesta quarta-feira (9), a partir das 16h30, no plenário da Câmara Municipal. Durante o evento, o secretário municipal de Fazenda, Marcello Augusto Machado, e o superintende da Controladoria Geral do Municipio, Caio Salinet, irão apresentar tópicos diversos da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que é o documento preparatório para o orçamento do município para o exercício de 2015;

- Cada guarda municipal está recebendo uma cópia da Lei Maria da Penha e de uma cartilha com orientações sobre a violência contra a mulher. Os materiais foram repassados nesta quarta-feira (09/04) pela Secretaria Municipal da Mulher e Assuntos da Família. Na oportunidade, os guardas também participaram de uma capacitação e puderam tirar as principais dúvidas relacionadas ao tema. De acordo com Denise Canesin Machado, secretária da Mulher e Assuntos da Família, a iniciativa faz parte da capacitação da rede de atendimento, trabalho que iniciou em novembro do ano passado, durante os 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher;

-A Prefeitura de Apucarana realizou nesta quarta-feira (09/04) uma apresentação prévia das regras gerais que vão compor a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício de 2015. A audiência pública de iniciativa do Executivo Municipal foi aberta à participação da população e aconteceu no plenário da Câmara de Vereadores. O prefeito Beto Preto (PT), em viagem oficial a Curitiba, foi representado pelo secretário Municipal da Fazenda, Marcello Augusto Machado, e pelo superintendente de Gestão e Controle da Controladoria Interna Municipal, Caio Salinet, que em um telão reproduziram todos os pontos que integram o texto legal do documento que, entre outros pontos, fixa as metas e riscos fiscais da municipalidade para o próximo exercício;

-Em Assembleia Geral Extraordinária do Consórcio Paraná Saúde, realizada nesta quarta-feira (09/04) em Curitiba, com a presença de 82 prefeitos e secretários municipais de saúde, o prefeito de Apucarana, médico Beto Preto (PT), foi eleito conselheiro do órgão. Beto foi indicado pela Associação dos Municípios do Paraná (AMP), por meio do seu presidente, Luiz Lázaro Sorvos, como representante da AMP no consórcio. Sorvos justificou a indicação pela experiência do médico Beto Preto, que já presidiu o Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Paraná e a diretoria do Conselho nacional de secretários municipais de saúde, além de uma diretoria do Ministério da Saúde. Ele também somava apoio da 16ª e da 22ª regionais de saúde e da Amuvi. Contudo, durante a plenária do consórcio, surgiu o interesse de outros dois prefeitos e, diante disso, Beto Preto decidiu retirar sua indicação. Como não houve consenso, a maioria dos prefeitos e secretários presentes insistiu para que o prefeito de Apucarana, mantivesse seu nome na disputa. E, em votação direta, Beto Preto obteve 56 votos, contra 14 do prefeito de Uraí, e 12 do prefeito de Matelândia. Com o resultado, a partir de agora, o prefeito de Apucarana passa a integrar o Conselho Deliberativo do Consórcio Paraná Saúde, entidade que reúne 393 dos 399 municípios paranaenses. Criado há 15 anos, o consórcio tem a sua atuação focada na economia de escala em favor dos municípios, na compra de remédios e insumos na área de saúde;

-Com a participação de cerca de 100 pessoas, boa parte delas representando entidades da sociedade civil organizada, foi realizada na tarde deste sábado (12), no Polo da UAB, audiência pública de revisão do Plano Diretor de Apucarana. Os resultados de um ano de estudos e de outras seus reuniões técnicas e internas foi apresentado na audiência e na sequência houve um amplo debate e coleta de sugestões. Participaram do evento empresários da construção civil, imobiliaristas, engenheiros, arquitetos, representantes de associações de bairro e classistas. Também prestigiaram as discussões a Associação de Engenheiros e Arquitetos de Apucarana, Observatório Social, Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana, secrertários municipais e a Câmara Municipal, representada pelos vereadores Luciano Molina, Antoniassi e Aurita Bertoli. As explanações foram conduzidas pelos engenheiros Sebastião Ferreira Martins Júnior, o “Júnior da Femac”, vice-prefeito; e Herivelto Moreno, superintendente da Secretaria de Obras. Na avaliação de Júnior a audiência superou a expectativa, pela efetiva participação dos segmentos interessados e também em função do amplo debate proporcionado;

-

A oficialização de dois novos parques de preservação permanente em Apucarana - Ubatuba-Dourados, próximo ao distrito de Caixa de São Pedro, às margens da PR-444; e Araucárias, junto à BR-369 e ao Parque Industrial Zona Norte – repercutiu positivamente não só entre a população, mas também junto às autoridades ligadas ao setor de meio ambiente. Os decretos de instituição das duas novas áreas foram assinados na semana passada pelo então secretário de estado do Meio Ambiente, Luiz Eduardo Cheida, e pelo prefeito de Apucarana, Beto Preto (PT). Na visão do chefe do escritório Regional Londrina do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Raimundo Maia Campos Júnior, o Ceará, a delimitação de novas áreas de preservação permanente são sempre muito importantes, sobretudo, quando é lembrado que 92% da cobertura original de matas já foi retirada no Paraná. “O que a Prefeitura de Apucarana vem fazendo é muito bom e necessário. Além da questão ambiental, novas áreas destes moldes contribuem para a elevação da qualidade de vida da população”, frisou Ceará;

-Apucarana foi destaque no jornal A Voz do Brasil nesta terça-feira (15). A matéria foi sobre o atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O noticiário nacional informou que 20 municípios, de sete estados, vão receber recursos para Unidades de Pronto-Atendimentos, as UPAs, e o prefeito Beto Preto foi escolhido para relatar a experiência do serviço no município;

- Os médicos cubanos que irão atender em Apucarana através do programa federal “Mais Médicos” começaram o conhecer hoje (16) a estrutura de saúde do município. Nesta quarta-feira, o grupo visitou o prédio da Autarquia Municipal de Saúde (AMS) e acompanhou o andamento dos atendimentos prestados no local, como o ambulatorial. A agenda do dia também incluiu a passagem pelo SAMU, UPA e o NATTA. Acompanhado da superintendente do programa Estratégia Saúde da Família (ESF), Lilian Martins Spaciari, a programação de visitas ainda prevê locais como a Casa da Gestante, o Centro Infantil, o CAPS-Infantil e CAPS-AD, além das 27 Unidades Básicas de Saúde (UBS). “É importante esta fase de ambientalização dos médicos cubanos com nossa estrutura saúde e com a própria cidade. Estão previstos também treinamentos e capacitação com foco no conhecimento da realidade do atendimento médico no município”, informa Lilian;

- A prefeitura de Apucarana encaminhou nesta semana à América Latina Logística, (ALL) o projeto executivo para a construção de uma passarela sobre a linha férrea na Vila Apucaraninha. O documento foi entregue pelo engenheiro da prefeitura Eduardo Mendonça, e pelo chefe da Agência do Trabalhador Lucas Leugi ao setor de Engenharia da ALL em Curitiba. O projeto executivo é do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento (Idepplan). Ele foi desenvolvido após ter sido firmado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), entre o Ministério Público, a América Latina Logística e a Prefeitura de Apucarana;

- O prefeito de Apucarana, Beto Preto, entregou nesta terça-feira (22/04) a nova sede do Conselho Tutelar, que passa a atender na Rua Érico Veríssimo, 125, no prédio do antigo hospital Menino Deus, próximo ao Colégio Estadual Izidoro Luiz Cerávolo. O espaço passou por reforma e as salas de atendimento foram decoradas para tornar o ambiente mais acolhedor. Diariamente, o Conselho Tutelar de Apucarana atende uma média de 10 casos relacionados com crianças e adolescentes. Beto Preto destacou que as novas ações são possíveis graças à política de controle dos gastos implementada pela atual administração. “Poupando recursos no dia a dia, estamos conseguindo uma grande economia. Esse é o momento de ampliar as políticas e a capacidade de interagir com a sociedade, para que a população se sinta amparada”, frisa;

-De 12 a 17 de maio, Apucarana promove duas importantes campanhas sociais junto à população. A primeira alerta para o Combate à Violência e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. Já a segunda, celebra o Dia Nacional da Luta Antimanicomial. As iniciativas são uma promoção da Secretaria de Assistência Social e Autarquia Municipal de Saúde (AMS), com apoio da Fundação Cultural e Turismo de Apucarana (Funcap). O prefeito Beto Preto (PT) convida para o lançamento das campanhas, que vai acontecer às 17h30 do dia 12, no salão nobre da Prefeitura de Apucarana. “Está confirmada a presença de entidades que prestam atendimento à criança e ao adolescente e também aos usuários de Saúde Mental”, destaca;

-O prefeito Beto Preto se encontrou novamente com a senadora Gleisi Hoffmann, nesta quarta-feira (23), em Brasília. “Esse é um momento de articulação muito importante, por isso estou constantemente na capital federal, em especial para acompanhar a tramitação do Programa de Aceleração do Crescimento II, o PAC2, no qual Apucarana está contemplada”, informou Beto Preto. No encontro com o prefeito, a senadora Gleisi Hoffmann manteve contatos com técnicos de gerenciamento do PAC 2, para checar o encaminhamento da documentação de Apucarana. Segundo ela, está tudo regular e o anúncio oficial das obras deve acontecer neste mês de maio, pela própria Presidenta Dilma Rousseff. No programa, Apucarana será atendida com um pacote significativo de obras, destacando-se várias frentes de pavimentação asfáltica. “Temos cerca de R$ 75 milhões em projetos cadastrados no Siconv, o Sistema de Convênios do Governo Federal, e desse total já garantimos a liberação de quase R$ 21 milhões em obras de infra-estrutura urbana, com verbas do Governo Federal”, comema o prefeito Beto Preto. Entre as obras autorizadas para Apucarana está a ampliação do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) da sede municipal; e a pavimentação e qualificação das vias urbanas no Jardim Marissol, Jardim Aviação, Jardim Santos Dumont, Vila Reis, Recanto Mundo Novo e Rua Ouro Branco, no valor de R$ 9 milhões. O prefeito Beto Preto também informa que no PAC2 deve ser contempladas obras de pavimentação e qualificação das vias urbanas nos bairros Projeto Agrícola, Kaori Nakayama, Jardim Milani, Sanches dos Santos, Rua Alumínio (Parque Industrial Zona Norte) e Rua Coronel José Luiz dos Santos (Bairro 28 de Janeiro), no valor de R$ 6,3 milhões. “A conquista destas obras é fruto de intensa articulação política e de projetos bem elaborados pela Secretaria de Obras e pelo Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento, o Idepplan”, valoriza o prefeito, acrescentando que “essa é uma conquista histórica para Apucarana, assegurada pela força política que mantemos junto ao Governo Federal”;

-A Prefeitura de Apucarana vai executar calçamento com pedras irregulares na estrada do Barreiro e um trecho da Estrada dos Bertasso. A autorização para licitar a obra foi dada ontem pelo prefeito Beto Preto, na presença do vice-prefeito Junior da Femac, do secretário da Agricultura, João Carmo da Fonseca, e do seu superintendente, Luiz Porto.
A Estrada do Barreiro já teve pavimento asfáltico, mas sem uma base mais sólida e sem um escoamento de águas pluviais, com o tempo todo o material se perdeu. Agora o calçamento com as pedras irregulares vai garantir melhores condições de tráfego e mais comodidade para quem mora na região rural. O Governo do Estado irá repassar R$ 1.152.212,84 para custeio de 30 mil metros quadrados da “Estrada do Barreiro”, dentro do Projeto de Pavimentação Poliédrica de Estradas Rurais. A primeira parcela do dinheiro já está à disposição e o restante será liberado de acordo com medições da obra. Com estes recursos, Apucarana irá viabilizar também o calçamento de mais um trecho de 6 mil metros quadrados, interligando a região do Conjunto Colonial com a comunidade dos Bertasso;

-Cerca de 6 mil alunos do 1º ao 5º ano, das 36 escolas municipais, começaram a receber nesta sexta-feira (25/04) um segundo kit de uniformes escolares, destinado para o período de inverno. A entrega simbólica foi feita pelo prefeito de Apucarana, Beto Preto, na Escola Municipal Juiz Luiz Fernando de Araújo Pereira, localizada no Núcleo Dom Romeu Alberti. Cada estudante recebeu uma calça, uma jaqueta e uma camisa de manga longa. Além de pais, professores e equipe da Autarquia Municipal de Educação, a entrega contou com a presença do vereador Luiz Magalhães. Beto Preto lembra que no início do ano letivo os alunos já haviam recebido as peças para o verão: um shorts, duas camisetas de manga curta e um boné. O investimento do município nestas duas etapas, com recursos próprios, é de R$ 691mil. “Quero agradecer pela paciência dos pais, que já estavam pedindo pelos uniformes e que vão proteger contra o frio. Para o ano que vem, vamos melhorar ainda mais, tanto os uniformes quanto o material escolar”, assinala;

-Máquinas e operários da Prefeitura de Apucarana iniciaram nesta segunda-feira (28/04) uma operação de reparo emergencial da malha asfáltica em trechos da Rua Cristiano Kussmaul, importante via da região oeste da cidade que dá acesso a diversos bairros, entre eles jardins Paineiras I e II, Espanha, Solar de Toscana, Menegazzo, Europa, Alto da Boa Vista, Portal do Lago e Interlagos. “Quando esta rua foi asfaltada pela primeira vez, muitos destes bairros ainda não existiam, por isto sua base infelizmente não foi projetada para o intenso tráfego que recebe atualmente. O que existe é uma pequena lâmina de pavimentação asfáltica aplicada sobre a superfície de uma frágil base feita de piçarra compactada (ver foto)”, observa o prefeito Beto Preto (PT), que fiscalizou pessoalmente o início dos trabalhos de recuperação. “Principalmente nos últimos 10 anos, esta região cresceu bastante e como o sistema de escoamento das águas da chuva também é praticamente inexistente nesta via, o pavimento não suporta”, pontua Beto, ressaltando que onde a prefeitura está promovendo a recuperação a base está sendo feita com material resistente. A frente de obra, que deve se prolongar até sexta-feira, conta com trabalho de 18 operários, três caminhões, um rolo compactador, uma retroescavadeira e uma pá carregadeira. “Nesta etapa emergencial vamos investir mais de R$60 mil, garantindo o retorno da trafegabilidade”, frisa o prefeito;

-O prefeito Beto Preto sancionou hoje (28) a lei que estabelece um acréscimo de 15% no salário dos 30 guardas municipais de Apucarana. O percentual, que vai representar R$ 150 mil anual na folha de pagamento do município, é concedido a título de gratificação. Com esta verba a prefeitura está integralizando para a corporação os 30% do adicional de periculosidade previsto em lei;

-Dentro da política de qualificação das ações de saúde pública junto à população, o Departamento de Odontologia da Autarquia Municipal de Saúde (AMS), em parceria com a Autarquia Municipal de Educação (AME), oficializou nesta terça-feira (29/04), em ato no salão nobre do prédio da Prefeitura de Apucarana, a retomada do programa de Saúde Bucal “Bochecho com Flúor”. A iniciativa, tida como uma importante estratégia de prevenção do aparecimento da cárie, vai beneficiar 6,5 mil crianças na faixa etária de 6 anos matriculadas nos primeiros anos do ensino fundamental da rede municipal de ensino;

-O prefeito Beto Preto sancionou hoje (29) quatro leis que concede melhorias salariais para quadros específicos de servidores municipais. Entre as categorias beneficiadas estão os 160 agentes comunitários de saúde e 57 agentes de endemias da Autarquia Municipal de Saúde (AMS). A partir dessa lei, a administração municipal passa todo recurso que vem do Governo Federal para manutenção do Programa Agente Comunitário de Saúde (ACS) e Programa de Agente de Combate a Endemias (ACE) para os salários dos servidores. “O restante, como material de consumo, uniformes, encargos tributários, combustível, entre outros, é assumido pela prefeitura”, informa o secretário da Fazenda, Marcelo Machado. Outra lei equiparou o salário dos motoristas da SAMU aos salários dos motoristas de ambulância da AMS. Já os nove Técnicos de Higiene Dental tiveram alteração no nível da tabela salarial, o que representou um acréscimo do vencimento da categoria em torno de 18%. “É uma recomposição histórica desta categoria que ficou longo tempo a margem do processo”, destacou o prefeito Beto Preto. “Tudo isso foi concedido dentro de um contexto de possibilidade. O que estamos assumindo aqui tem que ser cumprido”, acrescentou;

-O prefeito Beto Preto (PT) autorizou nesta quarta-feira (30/04) a publicação de edital de concurso público para contratação imediata de 55 profissionais para a Autarquia Municipal de Saúde (AMS), além de formação de cadastro de reserva para cargos do quadro próprio. O certame será realizado pela Coordenadoria de Processos Seletivos da Universidade Estadual de Londrina (Cops/UEL). Para o nível superior, estão sendo oferecidas oportunidades para cirurgiões-dentistas em várias especialidades, educador físico, enfermeiro especialista em Saúde Mental, fisioterapeuta, médico clínico geral e médico plantonista para a UPA 24 horas, nutricionista e psicólogo. Para o nível médio e médio técnico, as vagas são para atendente de consultório dentário, atendente de farmácia, guarda de endemias e técnico em vigilância sanitária. Para o nível fundamental, está aberta vaga para vigia geral. Os salários vão de R$743,88 a R$4.862,61;

-Mais seis trechos de paralelepípedos, próximos da área central de Apucarana, serão substituídos por revestimento asfáltico. A ordem de serviço foi assinada nesta sexta-feira (02/05) pelo prefeito Beto Preto, autorizando o início das obras pela Tapalam, empreiteira que venceu a licitação, ao custo de R$ 240 mil. O engenheiro Herivelto Moreno, superintendente da Secretaria de Obras, explica que a obra consiste num reperfilamento, ou seja, aplicação de uma camada de dois centímetros de CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente), para tirar incorreções e buracos. “Depois disso, as vias vão receber mais três centímetros de CBUQ, garantindo um pavimento asfáltico de qualidade e redução de ruídos na rodagem de veículos”, informa Moreno. Os trechos em que o calçamento com paralelepípedos serão substituídos por asfalto incluem a Rua Bandeirantes, no trecho entre a Professor João Cândido e Renê Camargo; e no trecho entre a Renê Camargo e a Clóvis da Fonseca. Também serão contemplados o trecho da Clóvis da Fonseca, entre a Gastão Vidigal e a Nagib Daher; Rua Osvaldo Cruz, entre a Clotário Portugal e a Munhoz da Rocha; Rua Osório Ribas de Paula, entre a Clotário Portugal e a Munhoz da Rocha; e Rua São Jerônimo (Barra Funda), entre a Avenida Curitiba e Munhoz da Rocha;

-A Secretaria de Obras da Prefeitura de Apucarana deu início nesta semana ao trabalho de recuperação dos 19 quilômetros de asfalto que liga o distrito do Pirapó ao distrito de Caixa de São Pedro, duas importantes comunidades com características agrícolas. “Este é um serviço de rotina, que precisamos realizar frequentemente para dar condições de tráfego a esta importante rodovia. Por aqui passam diariamente caminhões e outros veículos. É um trânsito pesado que transporta mercadorias para os comércios, transporta trabalhadores e estudantes, auxilia no preparo da terra, no plantio, no cultivo, na colheita e no escoamento de toda riqueza produzida por dezenas de propriedades rurais servidas por este trecho”, observa o prefeito Beto Preto (PT);

-O Programa “Prefeitura nos Bairros: Comunidade Viva” acontece neste dia 17 de maio, das 8 às 17 horas, nas dependências do prédio do Centro Dia, localizado no Jardim Aeroporto. A atividade, encabeçada pela Prefeitura de Apucarana, em parceria com associações de classe, entidades de ensino superior e Câmara Municipal de Vereadores, visa aproximar e humanizar os serviços de saúde pública e outras ações junto à população. “Todas as atividades oferecidas serão gratuitas”, destaca o prefeito Beto Preto (PT). Além de orientação farmacêutica no uso de medicamentos, onde as pessoas poderão levar medicamentos que têm em casa para tirar dúvidas com profissionais da área, o programa “Prefeitura nos Bairros: Comunidade Viva” vai oferecer atividades de combate à hipertensão e diabetes, orientações sobre benefícios sociais e assistenciais, como o Bolsa Família, assistência previdenciária (aposentadoria, auxílio doença, pensão por morte, entre outros). “Também vamos levar informações sobre o Programa do Leite, Tarifa Social, Pronatec, que é o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e sobre acesso a documentação com serviço de confecção de carteira de trabalho”, detalha Márcia Regina de Sousa, secretaria Municipal da Assistência Social;

-A Secretaria Municipal de Serviços Públicos está levando nesta semana melhorias ao Residencial Villagio Di Roma, bairro localizado entre a Faculdade de Apucarana (FAP) e a Faculdade Estadual de Ciências Econômicas de Apucarana (Fecea). Duas frentes de trabalho, uma de tapa-buraco e outra de roçagem, foram abertas nesta região da cidade. Conforme Jaime Gonçalves, secretário de Serviços Públicos, na operação tapa-buraco deverão ser aplicadas cerca de 80 toneladas de massa asfáltica. “Vamos recuperar todas vias de acesso ao residencial, abrangendo as ruas Manoel Moliane, Nicolau Treuk, João Palka, João Marqueto e Antônio Huszcz, além das vias transversais”, enumera;

-A prefeitura lançou ontem (8) a campanha “Apucarana Alfabetiza” num evento que reuniu diretores de escolas municipais e CMEIs e lideranças da comunidade no salão nobre do prédio da administração municipal. A mobilização, que visa colocar Apucarana na condição de “cidade livre do analfabetismo”, é uma iniciativa da Autarquia Municipal de Educação em parceria com as secretarias da Mulher e Assuntos da Família e Assistência Social;

-Dez dos 13 médicos cubanos que vão atuar em Apucarana já estão trabalhando em Unidades Básicas de Saúde (UBS). No primeiro dia de atividades, além de serem apresentados às equipes, eles conheceram a estrutura do local de trabalho e a dinâmica do sistema público de saúde no Município. A expectativa é que, a partir desta terça-feira (13/05), eles comecem efetivamente a atender os pacientes;

-A prefeitura de Apucarana, através das secretarias da Ação Social e da Saúde, lançou hoje duas campanhas simultâneas. A primeira alerta para o Combate à Violência e Exploração Sexual contra Criança e Adolescente. Já a segunda, celebra o Dia Nacional da Luta Antimanicomial. A programação vai se estender por toda semana, envolvendo atividades culturais, debate e ato público, num trabalho de conscientização da gravidade do problema e de estímulo à denúncia;

-Representando o prefeito Beto Preto (PT), que está em viagem oficial a Brasília, o vice-prefeito de Apucarana, engenheiro civil Sebastião Ferreira Martins Júnior (Júnior da Femac), recebeu nesta terça-feira (13/05), no gabinete municipal, a visita de dois consultores na área de mobilidade urbana e transporte integrado. Os também engenheiros-civis, Euclésio Manoel Finatti e Jaime Salom Gracia, este último com vasta experiência internacional no assunto, apresentaram um pouco do know-how que possuem sobre o tema e a urgência das cidades brasileiras buscarem caminhos para a formatação do Plano Municipal de Mobilidade Urbana, uma exigência da Lei Federal 12.587/12, que instituiu a Política Nacional de Mobilidade Urbana;

-A Comissão de Licitação da Prefeitura de Apucarana responsável pela condução dos trabalhos que visa a contratação de empresa especializada para prestação de serviços de coleta e transportes de resíduos sólidos domiciliares (lixo doméstico) até o aterro sanitário, suspendeu nesta quarta-feira (14/05) o processo licitatório para análise mais aprofundada da documentação entregue pelas quatro empresas interessadas no contrato: Sanetran Saneamento Ambiental S/A e Costa Oeste Serviços de Limpeza Ltda, ambas do Paraná, Morhena Coleta e Engenharia Ambiental Ltda, de Mato Grosso, e Ebbeper Empresa Brasileira de Empreendimentos, Projetos e Consultoria Ltda., de São Paulo. Segundo o superintendente de Obras, engenheiro civil Herivelto Moreno, a suspensão foi necessária devido a complexidade de documentos envolvidos. O resultado das empresas habilitadas, ou não, serão conhecidas na sexta-feira. “A partir de então daremos continuidade ao certame, com fixação de nova data para abertura dos envelopes que contém as propostas”, pontua Moreno. Ele ressalta que a licitação está sendo acompanhada por membros do Observatório Social de Apucarana (OSA);

-O prefeito de Apucarana Beto Preto e seu vice, Junior da Femac, mantiveram audiência na tarde de desta quarta-feira (14/05), em Brasília, com o presidente da Empresa de Planejamento e Logística S.A. (EPL), Dr. Paulo Sérgio Passos. No encontro, foi retomada a discussão sobre o traçado da Ferrovia Norte-Sul no Paraná. “Tivemos uma ótima conversa com o Dr. Paulo Passos, que foi ministro dos transportes no Governo do Presidente Lula”, revelou Beto Preto. Segundo ele, surgiu uma boa novidade nesta discussão, que é a possibilidade de um novo traçado contemplando boa parte do Norte do Paraná, passando por Londrina, Arapongas, Apucarana e alguns municípios do Vale do Ivaí, chegando a Maringá, Campo Mourão e Cascavel, antes de rumar para Chapecó, em Santa Catarina”, informou. O engenheiro civil Sebastião Ferreira Martins Junior, o “Junior da Femac”, destacou que neste processo, felizmente, as posições de Apucarana tem sido ouvidas. “Para todo o Norte do Paraná é de extrema importância que uma ferrovia moderna de bitola de 1,60 m atenda a região, assegurando mais competitividade de mercado para diversos segmentos produtivos”, avaliou Junior;

-O prefeito Beto Preto (PT) autorizou nesta quinta-feira (15/05) a publicação de edital convocando mais candidatos aprovados no concurso público realizado em fevereiro deste ano. São 38 aprovados para o cargo de auxiliar de serviços gerais (classificados do 55º ao 92º lugar); 10 para motoristas de veículo pesado (19º ao 28º lugar); quatro aprovados para operador de máquinas (1º ao 4º lugar); e três para operário (28º ao 30º lugar). Segundo a superintendente de Recursos Humanos da Prefeitura de Apucarana, Dra. Rosmeire Riveline, os convocados devem comparecer ao salão nobre do prédio central às 14 horas desta terça-feira (20/05) para investidura no cargo. “O não comparecimento vai implicar na perda da vaga”, alerta. Ela frisa, contudo que o candidato convocado somente será contratado se obedecidos os requisitos previstos no edital de concurso;

- A programação da Campanha Municipal de Combate à Violência e Exploração Sexual contra Criança e Adolescente, bem como das comemorações do Dia Nacional da Luta Antimanicomial, foi marcada ontem (14) por um grande debate que reuniu cerca de 350 pessoas no Cine Teatro Fênix. O evento teve início com as palestras do psicólogo e docente na Universidade Estadual de Maringá (UEM), Fábio Lopes, e da advogada e docente na Universidade Estadual de Londrina (UEL), Vilma do Amaral, que abordaram os temas “Política nacional sobre álcool e drogas” e “Atos de Violência contra Infantes”, respectivamente. Na sequência, o público formado por profissionais, professores e alunos ligados as áreas da saúde, assistência social e jurídica se envolveu num caloroso debate. “Foi um evento muito produtivo com a participação de representantes dos vários segmentos envolvidos nesta problemática. Tivemos uma articulação muito importante na prevenção e combate à violência e exploração sexual contra criança e adolescente”, avalia a secretária da Assistência Social, Márcia Regina de Sousa;

-Em ato realizado no gabinete municipal, o prefeito Beto Preto e a secretária de Assistência Social, Márcia Regina da Silva de Sousa, assinaram convênios com representantes de entidades sociais de Apucarana, para o ano de 2014. “Estamos ampliando em 33% os recursos repassados para as entidades que prestam serviços sociais”, anunciou o prefeito, assinalando que há seis anos estas verbas não eram reajustadas.Assinaram os convênios representantes da ONG Comander, Ceprhusb, CASA, Conselho Central Sociedade São Vicente de Paulo, Cicack, Edhucca, Apae, Renascer, Casa da Misericórdia (masculino e feminina) e Asilo São Vicente de Paulo. Durante o evento, o monselhor Roberto Carrara, representando o Ceprhusb, disse que subvenção social garantida pela prefeitura é de fundamental importância para a manutenção das atividades mantidas pelas entidades. Ao se dirigir aos líderes de entidades sociais, o prefeito Beto Preto ponderou que, certamente, suas demandas são maiores, mas que, gradativamente, pretende aumentar as verbas. “Em 2012 os recursos destinados à Assistência Social em Apucarana representavam apenas 1,7% do orçamento do Município, e agora em 2014 já saltaram para 3,5%”, informou Beto Preto. A secretária de Assistência Social, Marcia Regina da Silva de Sousa, explica que R$ 600 mil reais começam a ser repassados às entidades de imediato, em parcelas mensais. Outros R$ 200 mil serão distribuídos a partir de outubro, de acordo com critérios definidos pelo Conselho Municipal de Assistência Social;

- A Secretaria Municipal de Agricultura conta com dois novos veículos para trabalhos administrativos e, especialmente, atendimentos no campo. Nesta sexta-feira (16/05), o prefeito Beto Preto repassou dois novos utilitários ao titular da pasta, João Carmo Fonseca. Nos próximos dias, a secretaria deverá receber um veículo de passeio para reforçar os trabalhos. Com a nova entrega, o investimento vai totalizar R$ 111 mil. Beto Preto ressalta que o investimento está sendo feito com recursos do próprio Município. “No início da gestão nem havia a Secretaria da Agricultura. Criamos a pasta, estamos estruturando o setor e criando novos programas que visam a geração de renda e a fixação das famílias no campo”, assinala, lembrando que a atual administração está renovando a frota de veículos. “Agora, já são 35 novos veículos entregues”, contabiliza;

- O prefeito Beto Preto assinou no final da tarde de ontem, ordem de serviço, com prazo de 10 dias para o início das obras de recape e reconstrução de asfalto deteriorado no Residencial Interlagos. O ato foi presenciado pelos vereadores Vladimir José da Silva, Aurita Bertoli e Gilberto Cordeiro, além do superintendente de obras, engenheiro Herivelto Moreno, e do empreiteiro Éder Moreira de Araújo, da Tapalan Construções e Empreendimentos Ltda. De acordo com Beto Preto, o investimento total, com recursos próprios da prefeitura, é de R$ 586 mil. “Estamos viabilizando 20 mil metros quadrados de recape asfáltico, com limpeza, tapa-buraco e aplicação de uma camada de três centímetros de espessura de concreto betuminoso usinado a quente, o CBUQ”, informou. Ele acrescentou ainda que outros 5 mil metros terão a reconstrução total do pavimento, que havia sido executado com base em piçarra e se deteriorou por completo. “Mais 20% do Interlagos vão receber ainda a recuperação das vias com lama asfáltica, mediante contrato já celebrado pela prefeitura, com a contratação de 100 mil metros quadrados com a empresa Asfaltopav,para atender vários bairros”, anunciou Beto Preto. Ao concluir sua fala na solenidade, o prefeito fez questão de ressaltar que o IPTU teve reajuste no Residencial Interlagos, onde a maioria dos proprietários de imóveis estavam pagando uma média de R$ 30 a R$ 40 ao ano e agora passam a pagar algo em torno de R$ 200. “Um terreno no bairro custa em média R$ 60 mil, então o valor venal estava muito defasado”, ponderou. “Importante lembrar que o Interlagos vai receber muitas benfeitorias e que essa contribuição dos moradores como IPTU é uma contrapartida para a recuperação do asfalto, construção de creche, escola e posto de saúde, além da duplicação da Rua Cristiano Kusmaull”, destacou o prefeito. Numa etapa anterior, foram investidos R$ 1,1 milhão em recape asfáltico, com 40% executado ao final de 2012, e 60% concluído no primeiro semestre de 2013;

-Apesar de algumas instituições da rede municipal de Apucarana e outros prédios públicos terem mais de 40 anos, é possível ainda hoje encontrar unidades que simplesmente nunca tiveram um passeio pavimentado. O descaso herdado de outras administrações está agora sendo solucionado por determinação do prefeito Beto Preto (PT), que desde o ano passado já autorizou a construção de calçadas em diversos locais, como escolas, cemitério municipal, entre outras repartições municipais. Neste mês, duas frentes de trabalho autorizadas atendem escolas: João Antônio Braga Côrtes, na Vila Formosa, e Professora Maria Madalena Côco (antiga Ébano Pereira), na Vila Martins. Os serviços são executados pela Secretaria de Serviços Públicos e foram vistoriados de perto nesta sexta-feira (16/05) pelo prefeito. “Fica até difícil fazer algum comentário diante do quadro que encontramos a cidade. Não dá para conceber uma escola, local de aprendizado, ter mais de 40 anos e nunca ter tido uma calçada, como é o caso da Madalena Côco. Só tenho agora que parabenizar ao grupo de funcionários da prefeitura que está executando esta melhoria e também às professoras, às diretoras e alunos destas escolas. A população pode ter a certeza de que fomos eleitos para resolver problemas como este e atuaremos neste sentido até o fim do nosso mandato. A meta é avançar”, diz o prefeito;

-“Uma grande festa de cidadania”. Desta forma o prefeito Beto Preto definiu o evento que está sendo realizado neste sábado, durante todo o dia, no Centro Dia, localizado junto aos jardins Aeroporto e Colonial, em Apucarana. “Nosso objetivo com esse mutirão de atendimento da comunidade é cada vez mais humanizar os serviços de saúde pública e outras ações junto à população com o Programa Prefeitura nos Bairros: Comunidade Viva”, explicou o prefeito. Das 8 às 17 horas, as atividades gratuitas ofertadas pela Prefeitura de Apucarana, em parceria com a Associação de Farmacêuticos de Apucarana, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Câmara Municipal de Vereadores, Senac, Centro da Juventude e Instituto de Identificação do Paraná, foram concentradas nas dependências do Centro Dia;

-Os profissionais de contabilidade desempenham importante papel no processo de regularização das empresas no tocante à legislação ambiental. O contador é o responsável pelas orientações na hora de abrir a empresa, bem como no momento de providenciar as adequações necessárias quando o empreendimento já está em funcionamento. Por isso, o Arranjo Produtivo Local (APL Bonés) está convocando os profissionais desta área para uma reunião de conscientização e esclarecimento, que acontece nesta quinta-feira (22/05), às 8h30, no salão nobre da Prefeitura de Apucarana. A ação faz parte da campanha desencadeada pelo APL desde o início do ano, visando a correta destinação de resíduos sólidos gerados pelas indústrias do vestuário no Município. “Semanalmente, a campanha é discutida e avaliada nas reuniões da governança do APL. Além das reuniões internas, estamos promovendo encontros com empresários do setor e agora com os contabilistas. A campanha está crescendo, com novas ações, com mais entidades participando e com a adesão voluntária de muitos empresários”, afirma José Henrique Martins, consultor do Sebrae e membro da governança do APL. Nesta quinta-feira, a reunião contará com uma palestra ministrada por Éwerton Pires, secretário municipal de Meio Ambiente, que abordará o processo de emissão das licenças ambientais e os Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS). Os dois documentos são obrigatórios e devem ser providenciados já na abertura das empresas. A iniciativa é uma realização do APL, através Sindicato das Indústrias do Vestuário de Apucarana e do Vale do Ivaí (Sivale), e conta com o apoio do Sindicato dos Contadores de Apucarana (Sicap), do Conselho Regional de Contabilidade e Câmpus de Apucarana da Universidade Estadual do Paraná (Unespar);

-Máquinas e operários da empreiteira vencedora da licitação iniciaram nesta segunda-feira (19/05) a limpeza, desobstrução de bueiros e lavagem das ruas do Jardim Interlagos que vão receber melhoria asfáltica. Além de recape asfáltico, os trabalhos vão envolver completa reconstrução em vários trechos. “A recuperação das ruas desta comunidade é um compromisso que tenho com os moradores e que ratifiquei em março deste ano em reunião que realizamos no próprio bairro, onde de forma transparente e democrática dialogamos com todos os presentes. Não vamos medir esforços para promover esta melhoria e recuperar o asfalto do Jardim Interlagos em sua totalidade”, destacou o prefeito Beto Preto (PT), que autorizou o serviço na semana passada. Ele lembra que esta é a terceira fase do plano de recuperação. “Outras duas frentes já amenizaram o problema em grande parte do bairro, que sofreu por anos o abandono”, salientou Beto. As obras de recape vão envolver 16,4 mil metros quadrados em trechos das ruas Anderson Gomes Ferreira, Pedro H. Martim; Rolivar Beje, Cornélio Kloster, Delmo L. Ribeiro, Mariza K R Robeiro, José Ferreira Freitas, Liberato Noli e José Ferreira Freitas. Já a reconstrução vai atender R$4,3 mil metros quadrados em trechos das ruas Antônio F. Porteiro, Gilda A. Marchi, Roque Calgani e José F. Freitas. O investimento da prefeitura, com recursos próprios, é de R$ 586.190,00 e prazo de execução do contrato é de 90 dias. A empresa responsável é a Tapalam Construções e Empreendimentos Ltda. Roçagem – A Secretaria de Serviços Públicos confirmou que nesta terça-feira (20/05) também tem início no Jardim Interlagos um mutirão de roçagem e limpeza de terrenos de particulares. Os proprietários que não atenderam ao chamamento para limpeza, feito via edital, terão agora os lotes limpos e as despesas do serviço serão lançadas em dívida ativa;

-As melhorias na sinalização do trânsito, que já contemplaram grande parte de Apucarana e disciplinaram o fluxo de veículos nas principais vias do centro e bairros, agora começam a ser executadas também nos distritos. Seguindo determinação do prefeito Beto Preto (PT), nesta terça-feira (20/05) foram promovidos serviços no Distrito de Vila Reis. “Esta intervenção é histórica para a comunidade. É incrível de acreditar, mas o trabalho que estamos executando aqui nunca antes existiu”, informa o prefeito. Com envolvimento de funcionários de uma empresa contratada e operários municipais, foram executados 2.150 metros lineares de pintura de faixas divisórias de pista. “Concentramos a execução das melhorias nas três principais ruas de acesso ao distrito, executando ainda a sinalização de seis cruzamentos (faixa de pedestres) e cerca de 25 lombadas”, esclarece Silnei Bolonhese, superintendente de Trânsito da Prefeitura de Apucarana. De acordo com ele, as melhorias – nunca antes realizadas na comunidade – vão trazer maior organização ao trânsito e segurança aos pedestres. “Sem a divisão de pista o transeunte não tinha como saber em que local o veículo ia passar. Agora há uma disciplina. Os pedestres também têm local seguro para atravessar a via”, conclui;

-Atendendo convite do prefeito Beto Preto (PT), vereadores de Apucarana realizaram nesta quarta-feira (21/05) uma vistoria dos principais canteiros de obras públicas em execução na cidade. Com recursos oriundos do Governo Federal, Governo do Estado e contrapartida do Município, a Prefeitura de Apucarana executa atualmente 30 obras de médio e grande porte, que ultrapassam R$ 13 milhões em investimentos. As benfeitorias envolvem as áreas de saúde, assistência social, educação, habitação, cultura, esporte, lazer e de infraestrutura urbana. Além do prefeito, embarcaram no “city tour” o vice-prefeito Sebastião Ferreira Martins Júnior (Júnior da Femac), o presidente da Câmara Municipal, José Airton Deco de Araújo e os vereadores Luiz Cordeiro Magalhães Filho, Gilberto Cordeiro de Lima, José Eduardo Antoniassi, Antônio Ananias, Alcides Ramos Júnior. Com exceção da vereadora Telma Reis, os vereadores Mauro Bertoli, Aurita Bertoli, Vladimir José da Silva e Luciano Augusto Molina Ferreira, justificaram a ausência por estarem em viagem;

-A prefeitura de Apucarana, através da Secretaria da Assistência Social, entregou hoje pela manhã 710 quilos de alimentos e 540 litros de suco de uva para Casa de Misericórdia. A doação faz parte do montante de 10 mil quilos de mercadoria repassado ao município na semana passada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), numa ação do Programa Fome Zero do Governo Federal. Atendendo no momento mais de 100 homens e 10 mulheres, a Casa de Misericórdia recorreu recentemente a uma campanha na cidade para arrecadação de alimentos. “Precisamos constantemente de uma grande quantidade de alimentos para manter nosso atendimento. Essa mercadoria vem em boa hora. Agradeço ao prefeito e todos os representantes de entidades que estão aqui presentes, que igual a nós trabalham pela vida”, disse uma das responsáveis pela Casa da Misericórdia, Maria Aparecida Henrique, durante a solenidade de entrega 300 quilos de arroz, 350 quilos de açúcar, 60 quilos de macarrão e 540 litros de suco de uva, na sede feminina da Casa da Misericórdia;

- A secretária da Assistência Social de Apucarana, Márcia Regina de Sousa, participou entre os dias 21 e 23 deste mês, no Centro Internacional de Convenções do Brasil, em Brasília, do debate sobre a “Agenda Pós: 2015: a construção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável no âmbito das Nações Unidas”. “Apucarana é sede do Núcleo Regional dos Objetivos do Milênio “Nós Podemos Vale do Ivaí”, e a Secretaria Municipal de Assistência Social é responsável pela coordenação deste núcleo, por este motivo fomos convidados, pela Secretaria Geral da Presidência da República, a participar do painel “Arena da Participação Social””, informa Márcia. De acordo com ela, o evento incluiu ainda a apresentação do Sistema Nacional de Participação Social, o ciclo de debates sobre o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil, seminário sobre as estratégias brasileiras para a consecução dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio e a 5ª edição de premiação das práticas exitosas em todo o território Nacional. “De um total de 1.200 projetos enviados, 65 foram selecionados e apenas 30 premiados, sendo 11 projetos da região Sul do país”, detalha a secretária. Na oportunidade, Apucarana apresentou o “Projeto Mamãe – Bebê”, que é promovido em parceria com a CCR Rodonorte e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. “Uma parceria que possibilita uma prática diferenciada, e um repasse anual no valor de R$90 mil para execução das atividades socioculturais, educativas, preventivas, trabalhos manuais, entrega de enxovais e cuidados pessoais com puérperas e bebês até o sexto mês”, frisa a secretária apucaranense;

-Milhares de quilos de arroz, açúcar mascavo, macarrão e litros de suco de uva foram repassados nesta terça-feira (27/05), pela Prefeitura de Apucarana, a entidades sociais responsáveis por acolhimento, cuidados e abrigamento de pessoas das mais diversas idades. O ato de entrega contou com a participação da secretária da Assistência Social, Márcia Regina de Sousa, e contempla, além das entidades cadastradas no Conselho Municipal de Assistência Social, os quatro Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), o Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua (Centro POP), o Centro Dia (atendimento aos idosos) e escolas da rede municipal. No domingo, um lote de alimentos já havia sido entregue à coordenação da Casa da Misericórdia Feminina. A secretária Márcia lembrou que os alimentos fazem parte de um lote de mais de 10 mil de alimentos e 13 mil litros de suco de uva repassados ao Município através do Fundo Municipal da Assistência Social, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em uma ação do Programa Fome Zero, do Governo Federal. “O cálculo da quantidade por entidade foi feito pela Conab”, explicou a secretária;

-Acompanhado do vice-prefeito Júnior da Femac, o prefeito de Apucarana Beto Preto (PT) vistoriou nesta semana as obras de melhoria asfáltica no Jardim Interlagos. Além de recape em 16,4 mil metros quadrados, os trabalhos que tiveram início há 10 dias e é realizado por uma empreiteira contratada via licitação, envolve completa reconstrução em R$4,3 mil metros quadrados em vários trechos. O investimento, com recursos próprios da prefeitura, é de R$ 586.190,00. Morador da Rua Rolivar Beje há 6 anos, o marceneiro Genílson Machado fez questão de enaltecer sua satisfação com a qualidade da obra. “De uns três anos para cá a situação ficou precária, não tinha nem meio-fio mais. O asfalto que a loteadora fez era muito fraco e com a passagem de caminhões de material de construção e outras máquinas pesadas, acabou tudo, parecia carreador de sítio. Agora está ótimo, compensa pagar o IPTU. Ficou de bom tamanho para nós moradores”, disse Machado. Ele também destacou que investimento da prefeitura resulta em valorização imobiliária. “A casa da gente também passa a valer muito mais com a rua sem buracos”, destacou;

-Foi realizada ontem (29/05) à noite, no Clube 28 de Janeiro, a formatura conjunta dos novos 89 alunos que concluíram cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico (Pronatec), do governo federal, e de 54 alunos do Centro de Qualificação Total, vinculado à Secretaria Municipal da Mulher e Assuntos da Família. A solenidade, prestigiada pelos familiares dos formandos e autoridades municipais, foi marcada por depoimentos sobre a importância e as mudanças que qualificação profissional provoca na vida dos trabalhadores. No evento, o Pronatec certificou profissionais como Mecânico de Máquina de Costura (SENAI), Auxiliar Administrativo (SENAI), Eletricista de Automóveis (SENAI), Auxiliar de Cozinha (SENAC), Vendedor (SENAC), Manicure e Pedicure (SENAC), Maquiador (SENAC). O Qualificação Total, por sua vez, formou trabalhadores nas áreas de Costura Industrial de Camisetas, Informática Básica (em parceria com Centro da Juventude) e LIBRAS Básica (em parceria com o POLO UAB e ASAP- Associação de Surdos de Apucarana);

-Em visita a cidade, a coordenadora estadual do Patronato Central do Estado do Paraná, Iris Nascimento, confirmou hoje a continuidade da parceria da Secretaria de Estado da Justiça (SEJU) com a prefeitura para manutenção do Patronato Municipal de Apucarana. A unidade implantada no município em agosto do ano passado conta com o repasse mensal de recursos do Seju para custear a contratação de profissionais de várias áreas. Iris veio a Apucarana para verificar os trabalhos desenvolvidos pela equipe do patronato no município. “O que está sendo feito aqui serve de referência no Estado. Essa é uma parceria que deu certo, com todos os envolvidos empenhados em alcançar os melhores resultados na função a que foi proposta”, avaliou. A coordenadora teve a oportunidade de acompanhar pessoalmente o trabalho de pintura que um assistido pelo Patronato está prestando no pátio da Escola Municipal João Antônio Braga Cortes;

-O prefeito Beto Preto, que cumpre agenda em Brasília nesta terça feira (3), repercutiu o índice Firjan de Desenvolvimento socioeconômico Municipal divulgado ontem e que posiciona Apucarana como a 3ª do Paraná e a 43ª no Brasil. “No meu coração, Apucarana sempre será a primeira, e vai continuar avançando sempre com a somatória de esforços de todos os apucaranenses”, assinala. Segundo Beto Preto, a cidade cresce, mesmo diante de todas as dificuldades enfrentadas. “Estamos lutando muito para melhorar a saúde, com mais recursos, equipamentos e mais médicos. Na educação, temos capacitação contínua dos professores, reforma de escolas, aquisição de eletroeletrônicos e novas ações para incrementar a merenda escolar, entre outras iniciativas como o Terra Forte”, relata. Para o prefeito, Apucarana segue avançando com a retomada do desenvolvimento econômico, criação de um novo parque industrial para atrair mais investimentos e redução do déficit habitacional. “Nosso trânsito está melhor e estamos planejando significativos investimentos de urbanização nas três entradas principais da cidade”, assinala. Conforme destaca Beto Preto, hoje em Brasília, na companhia de empresários do setor de bonés e confecções, a agenda da comitiva reafirma essa busca constante pelo desenvolvimento de Apucarana. “Estamos aqui para participar da solenidade de premiação do Prêmio Prefeito empreendedor, instituído há 13 anos pelo Sebrae. Vencemos a etapa do Paraná e agora concorremos na versão nacional, com um projeto elaborado e executado para contemplar as pequenas e micro empresas do setor de bonés”, informa. Ainda em Brasília, o prefeito destaca a agenda que teve hoje para articular a liberação de emendas parlamentares ao orçamento geral da União, no valor de quase R$ 2 milhões, em favor do Hospital da Providência, que tem como prioridade o atendimento via SUS. “As emendas são dos deputados André Vargas, Alex Canziani e Dr. Rosinha, e a liberação só depende dos projetos do próprio hospital”, conclui o prefeito;

-A região Norte do Paraná será contemplada no traçado da Ferrovia Norte-Sul. A notícia foi confirmada pelo prefeito Beto Preto e seu vice, Junior da Femac que, desde outubro de 2012, estavam engajados nesta mobilização. O anúncio foi formalizado em reunião de trabalho da Agência Terra Roxa, realizada na quinta-feira (5) em Apucarana, mas só ontem foi divulgado publicamente. “Tivemos recentemente uma reunião com o presidente da Empresa Brasileira de Planejamento e Logística (EPL), Paulo Sérgio Passos e, na ocasião, nos foi apresentado um traçado preliminar, voltando a inserir o Norte do Paraná no roteiro da Norte-Sul”, diz o prefeito Beto Preto;

-Em solenidade prevista para esta sexta-feira (13), as 15 horas, em seu gabinete, o prefeito Beto Preto assina a ordem de serviço para início das obras da sede própria do Consórcio Intermunicipal de Saúde de Apucarana e Região (Cisvir). Do ato participam prefeitos e secretários de saúde dos 14 municípios que integram o consórcio, além do superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Elcio de Lara. A partir da autorização, a Ecoracional, empreiteira vencedora do processo licitatório deve iniciar a obra de imediato. A primeira etapa do prédio, com 1.200 metros quadrados está orçada em R$ 2,4 milhões. O Governo Federal participa com R$ 1 milhão e o Governo do Estado, com mais R$ 473 mil. O Município de Apucarana irá custear cerca de R$ 700 mil, além de doar uma área de 11 mil metros, no Jardim Apucarana. Todas as alterações no projeto anterior, incluindo a ampliação da área construída e as adequações necessárias em função do novo terreno disponibilizado, foram aprovadas pelo Ministério da Saúde. O projeto anterior, em área do Parque Jaboti - considerada imprópria pelo Ministério Público devido às nascentes -, previa obra com 1.750 metros, em área de 5.500 metros quadrados, a um custo de R$ 1,9 milhão. O novo projeto foi ampliado para 1.950 metros de área construída, com custo orçado em R$ 2,2 milhões. Somente nesta primeira etapa do projeto, o Cisvir irá dispor de 20 salas para consultórios oftalmológicos, ginecológicos, urológicos, ultrassom, ambulatórios, eletroencefalograma, eletrocardiograma, sala de recuperação e Raio-X, além de sanitários, recepção, fraldário e administração. A localização do futuro centro de especialidades médicas do Cisvir é estratégica, pois está situada junto ao terminal rodoviário intermunicipal e da Avenida Minas Gerais, uma das principais vias de acesso à cidade. “Com a ampla área disponível, poderemos viabilizar inclusive um estacionamento para os ônibus que trazem pacientes de toda a região e, no futuro, dispor de espaço para ampliação do centro de especialidades”, adianta o prefeito de Apucarana e presidente do Cisvir, Beto Preto. O consórcio presta serviços numa microrregião de 350 habitantes, incluindo Apucarana, Arapongas, Sabáudia, Cambira, Jandaia do Sul, Bom Sucesso, Marumbi, kaloré, Borrazópolis, Marilândia do Sul, Novo Itacolomi, Califórnia, Mauá da Serra e Rio Bom;

-Toda criança tem o direito de brincar! Essa é a ideia da Prefeitura de Apucarana, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, que aproveita para convidar você a espalhar nesse dia 12 de junho Dia Mundial do Combate ao Trabalho Infantil a importância de toda criança estudar, brincar e quando adolescente ai sim se profissionalizar. A exploração e o trabalho infantil ainda são uma triste realidade brasileira. Milhões na América Latina e no Caribe, milhões de meninos e meninas trabalham. Desse total, milhares realizam trabalho infantil perigoso;

-A Prefeitura de Apucarana, por meio da Autarquia Municipal de Saúde de Apucarana concluiu anteontem (11) mais dois processos licitatórios. Uma das concorrências foi vencida pela Apucarana Auto Peças, que irá entregar ao município sete (7) GM Corsas, Modelo Classic Sedan, 4 portas, com direção hidraúlica, no valor de R$ 32.900,00 cada um, totalizando o valor de R$ 230.300,00 (Duzentos e trinta mil e trezentos reais). Os referidos automóveis serão utilizados para locomoção das equipes do PSF – Programa Saúde da Família.
No mesmo processo licitatório, o Município, também por meio da Autarquia Municipal de Saúde, concretizou a compra de um ônibus Marcopolo Volare de 31 lugares, com banheiro, frigobar, DVD e ar-condicionado no valor de R$ 320.000,00 (trezentos e vinte mil reais). A vencedora da concorrência foi a Rodoserv de Londrina. O ônibus será utilizado para transportar os pacientes que necessitam de tratamentos especiais em Curitiba. Todos os veículos serão entregues à Autarquia Municipal de Saúde num prazo máximo de 30 dias. Vale ressaltar que os recursos utilizados para a compra de mais oito (8) veículos zero quilômetro, são oriundos do caixa livre do município, ou seja, foram viabilizados com um rigoroso controle de gastos pela Secretaria da Fazenda. “Importante lembrar que neste mandado, em 18 meses a prefeitura já comprou um total de quarenta e seis (46) veículos zero quilômetro para atender melhor diversos setores da administração municipal, que prestam serviço à população, incluindo 10 ônibus, vans, caminhonetes e automóveis”, informa o prefeito Beto Preto. O prefeito diz que quando foi secretário de saúde, entregou o cargo com 22 equipes do PSF funcionando e 10 automóveis. “Em 2013 recebemos 38 equipes do PSF (incompletas)) e apenas 5 automóveis para o programa”, relatou, criticando desmantelamento da saúde de Apucarana;

-Apucarana planeja investir em manutenção e reforma de diversos imóveis da União, para utilização da máquina pública nas áreas de administração, turismo, indústria, assistência social e esportes. O tema foi discutido ontem em prolongada reunião técnica e de trabalho, com o superintendente da Secretaria do Patrimônio da União no Paraná, Dinarte Antônio Vaz. Durante o encontro, com a participação de secretários de várias pastas, o prefeito Beto Preto fez uma explanação geral de todos os projetos e objetivos do Município, em relação aos imóveis da União, situados na cidade. “Nosso intenção é obter a cessão de uso de vários imóveis e terrenos, para otimizar serviços direcionados à população”, anunciou Beto Preto. Entre o patrimônio requisitado da União, está um barracão de quase 8 mil metros, situado na Barra Funda (Avenida Governador Roberto da Silveira), junto à antiga estação ferroviária de Apucarana. “Neste local, se for autorizada a concessão de uso, vamos transformar o barracão da extinta Rede Ferroviária Federal, para a implantação do almoxarifado central da prefeitura”, informou o prefeito;

-A área de passeio, no entorno da Escola Municipal João Antônio Braga Côrtes, localizada na Vila Formosa, está sendo totalmente revitalizada. Os serviços avançaram nesta quarta-feira (11/06) com o plantio de 13 mudas de cerejeiras, executado simbolicamente por estudantes da instituição de ensino. A escola também está ganhando novo calçamento externo, com a colocação de pavers e de concreto usinado;

-Empresários e instituições ligadas ao Arranjo Produtivo Local (APL Bonés) iniciaram nesta quarta-feira (11/06) os debates que culminarão, daqui a três meses, num plano de desenvolvimento do setor. A atividade, realizada na sede do Sindicato das Indústrias do Vestuário de Apucarana e do Vale do Ivaí (Sivale), contou com a presença de Marcelo Costa, consultor da Fundação Carlos Alberto Vanzolini. O secretário municipal da Indústria e Comércio, Laércio Costa, conclama os empresários a participarem das discussões, que terão prosseguimento nos próximos dois dias. “Na quinta, devido ao jogo do Brasil pela Copa do Mundo, os debates irão até às 14 horas. Já na sexta-feira, será o dia todo, das 8 às 17 horas e com intervalo para o almoço”, observa;

- A procuradoria jurídica do município de Apucarana acaba de notificar extrajudicialmente a empresa Sanepar para que cumpra o decreto municipal 210/2002, o qual disciplina a execução de obras que exijam interdição, rompimento e recuperação de logradouros e vias públicas do município. O descumprimento da legislação implica na aplicação de multa de 1 a 100 UFM (Unidade Fiscal do Município), cujo valor é de R$ 56,96. “Ficam proibidos quaisquer tipo de corte ou abertura de valetas nas vias e logradouros pavimentados no município”, determina o artigo 1 do decreto, publicado há 12 anos. A regulamentação prevê que as travessias de tubulações, cabos, fios devem ser executadas por método não destrutivo do pavimento (cravação), evitando o rompimento da via asfáltica;

-A movimentação da Praça Rui Barbosa pode ser acompanhada on-line 24 horas por dia em tempo real de qualquer parte do mundo. A novidade, que com certeza vai agradar principalmente apucaranenses e pessoas ligadas à cidade que não vivem mais aqui, foi anunciada ontem pela prefeitura de Apucarana, a partir do início da operação de uma câmera panorâmica que capta a imagem de toda área da praça tendo como destaque a fachada da Catedral Nossa Senhora de Lourdes;

-Autoridades políticas de diversas cidades da região prestigiaram nesta sexta-feira (13/06), na Prefeitura de Apucarana, solenidade de assinatura da ordem de serviço para início da construção da sede própria do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ivaí e Região (Cisvir). Além do prefeito de Apucarana e presidente do Cisvir, Beto Preto (PT), assinaram o documento a prefeita de Califórnia Ana Lúcia Mazeto, prefeito de Rio Bom Moisés Andrade, vice-prefeito de Apucarana, Sebastião Ferreira Martins Júnior (Júnior da Femac), vice-prefeito de São Pedro do Ivaí, José Donizete, presidente da Câmara Municipal de Apucarana, vereador José Airton Deco de Araújo, chefe da 16ª Regional de Saúde, Clara Ilza Lemes de Oliveira, superintendente Regional da Caixa Econômica Federal, Élcio de Lara, presidente do Conselho Municipal de Saúde de Apucarana, Letícia Bento, diretora administrativa do Cisvir, Joana D’arc, secretário de Saúde de Apucarana, Roberto Kaneta, secretário interino de Obras de Apucarana, Herivelto Moreno e o gerente interino do escritório regional de Londrina da Paraná Edificações, Marlon Eduardo Rodrigues. Criada em 1996, desde então o centro de especialidades médicas que atende gratuitamente a população e que tem sua sede em Apucarana, funciona em imóveis alugados. O prédio próprio do Cisvir terá área construída de 1.950 metros quadrados e será edificado em área de 11 mil metros quadrados doada pelo Município de Apucarana no Jardim América. A empreiteira responsável pela obra foi escolhida através de processo licitatório, tendo como vencedora a empresa Ecoracional, de Londrina. Segundo Beto Preto, o investimento será de R$ 2,2 milhões. O Governo Federal participa com R$ 1 milhão e o Governo do Estado, com mais R$ 473 mil. Além de doar a área, o Município de Apucarana irá custear cerca de R$ 700 mil do projeto. “Tenho a certeza de que o Vale do Ivaí como um todo vai sentir muito a melhoria do atendimento no prédio novo, que já foi pensado para ser ampliado. Dentro de um ano finalmente o Cisvir vai ter uma sede digna, preparada para atender seus pacientes”, destacou Beto, enaltecendo o valor das parcerias para a viabilização da obra, em especial a relação de proximidade com a Caixa Econômica Federal. “Agradeço ao superintendente Élcio de Lara, e ao gerente local, Paulo Vançan. Junto com a prefeitura, a Caixa tem contribuído para que realizemos uma verdadeira revolução social em nossa cidade”, disse o prefeito;

-Durante vinte e cinco dias, operários da Prefeitura de Apucarana permaneceram no Distrito de Pirapó, onde trabalharam em serviços de melhorias na malha viária. No sábado (14), o sub-prefeito Francyslei de Godoi (Poim) vistoriou o resultado do mutirão de serviços, acompanhado do coordenador da frente de trabalho, Flávio Rossi. “O mutirão foi determinado pelo prefeito Beto Preto que já anunciou novas ações no Pirapó, incluindo a área da educação”, informou. Somente na operação tapa-buracos foram aplicadas cerca de 300 toneladas de massa asfáltica, beneficiando diversas ruas do Distrito, além do Conjunto Habitacional Diácono Moreau, da rodovia que liga o Pirapó a Caixa de São Pedro e da Estrada Cesário Benatati. A via conhecida como Estrada Velha, com base de pedras irregulares e que estava com muitos desníveis, foi restaurada com aplicação de CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente) e a colocação de oito caminhões de resíduos de asfalto;

-Com investimentos previstos de R$ 2,2 milhões, o Município irá reformar e ampliar quatro Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs). O prefeito de Apucarana, Beto Preto, autorizou nesta segunda-feira (16/06) a abertura de processo licitatório para a contratação de empresa se engenharia para a execução das obras. “As unidades praticamente vão dobrar de tamanho, ganhando refeitório, cozinha e banheiros novos. Os projetos estão adequados ás normas de acessibilidade e segurança, garantindo assim mais tranquilidade e conforto para as crianças, pais e servidores”, frisa Beto Preto. O ato, ocorrido no gabinete municipal, contou ainda com a presença da diretora-presidente da Autarquia Municipal de Educação (AME), Marli Regina Fernandes da Silva e dos engenheiros Herivelto Moreno, superintendente municipal de Obras, e Miriam Elena Favaratto Corbacho, diretora do Departamento de Engenharia da AME. Nesta etapa, as obras beneficiarão os centros educacionais Ana Luizão Festi (Distrito de Pirapó), Domingos Mareze (Parque Biguaçu), Irmã Dulce (Parque Biguaçu) e Olívio Fernandes (Conjunto Habitacional Tancredo Neves). “A nossa meta é promover a adequação e a melhoria do espaço escolar em outras regiões, chegando a 20 escolas e CMEIs”, projeta Beto Preto. No CMEI Irmã Dulce, serão reformados 202,35 m2 e as obras de ampliação atingirão outros 174,84 m2. No CMEI Olívio Fernandes, a área reformada também é de 202,35 m2 e a ampliação será de 165,93 m2. “Já no CMEI Ana Luizão Festi, além da reforma em área de 202,35 m2, o centro educacional ganhará mais 233 m2 de área construída. E no CMEI Domingos Mareze a obra contemplará a reforma e ampliação de 86,36 m2”, informa a engenheira Miriam;

-A empreiteira contratada pelo Município está concluindo as obras de substituição do calçamento em paralelepípedos por asfalto. As melhorias já foram executadas em vários trechos da área central e, graças a um aditivo ao contrato, também chegarão à via que liga o Núcleo Habitacional João Goulart aos jardins Paraná e Paraíso. O investimento total é de cerca de R$ 300 mil. O prefeito de Apucarana, Beto Preto, esteve nesta segunda-feira (23/06) na Rua São Salvador, acompanhado pelo secretário de Obras, Herivelto Moreno, e por cinco vereadores: José Airton Deco de Araújo, Luiz Magalhães, Vladimir José da Silva, Antônio Ananias e Alcides Ramos. “É uma ligação importante de bairros e que vai beneficiar a população de toda essa região. A obra vinha sendo reivindicada e está sendo viabilizada em uma área de 1.500 metros quadrados através de um aditivo ao contrato”, explica Beto Preto. No final de semana, a Tapalan Construções e Empreendimentos Ltda concluiu o recape em seis trechos localizados na área central, abrangendo a Rua Bandeirantes (trechos entre a Professor João Cândido e Renê Camargo e a entre a Renê Camargo e a Clóvis da Fonseca), Rua Clóvis da Fonseca (entre a Gastão Vidigal e a Nagib Daher), Rua Osvaldo Cruz, (entre a Clotário Portugal e a Munhoz da Rocha), Rua Osório Ribas de Paula (entre a Clotário Portugal e a Munhoz da Rocha) e Rua São Jerônimo (entre a Avenida Curitiba e Munhoz da Rocha);

-Após 120 dias de tratativas que contaram com a intermediação do prefeito Beto Preto (PT), o presidente do Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR), desembargador Altino Pedrozo dos Santos, esteve em Apucarana nesta quarta-feira (25/06) para conhecer o terreno que está sendo cedido à União, pela Prefeitura de Apucarana, para que possa abrigar a sede própria do fórum trabalhista do município. Localizado na Avenida Central do Paraná, em área da antiga Estação Ferroviária do Jardim América, o terreno mede 5.000,21 metros quadrados e, na visão do desembargador, é mais do que suficiente para que o TRT edificar um prédio para acomodar as duas varas hoje existentes e expandir futuramente sua área construída;

-A Secretaria de Obras de Apucarana concluiu ontem o serviço de reperfilamento asfáltico no acesso ao Núcleo João Paulo I. No local, o pavimento foi totalmente recuperado, com a aplicação de 45 toneladas de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ). “O serviço é de primeira qualidade, com uma espessa camada de CBUQ, bem assentada com rolo compressor”, assegura o secretário de obras, engenheiro Herivelto Moreno. Ele informa ainda que, no mesmo local, ficou pronta uma nova ilha, que serve de orientação para o acesso e saída do bairro, bem como para a proteção do sistema de sinalização vertical;

-Em reunião, no início da tarde desta quinta-feira (26), no gabinete do prefeito Beto Preto (PT), foi assinado o termo prévio do contrato destinado à construção de quinhentas casas do Residencial Solo Sagrado. As partes envolvidas são, além do Município, o Banco do Brasil – que é o agente financeiro -, a Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) e a Construtora Prestes (Ponta Grossa). Conforme explica o prefeito Beto Preto, para este primeiro módulo do Residencial Solo Sagrado, situado na região do Clube de Campo Águal Azul, o Ministério das cidades autorizou quinhentas unidades do Programa Minha Casa Minha Vida, na faixa 1 (renda familiar de 0 a 3 salários). Na sequência virão outros módulos, inclusive para a faixa 2 do programa, contemplando famílias com renda de cinco salários mínimos. Neste primeiro momento, foi firmado o convênio que garante de aporte financeiro no valor de R$ 1,5 milhão de subvenção por parte da Cohapar. O Governo do Estado participará ainda com mais R$ 1 milhão, por meio da extensão de redes da Sanepar e Copel. Já o contrato definitivo para a implantação do Solo Sagrado, no valor de R$ 31 milhões, será firmado na próxima semana com o Banco do Brasil;

-Dando prosseguimento ao cronograma diário de aplicação de lama asfáltica que vem mantendo desde janeiro em diversos bairros da cidade, a Secretaria de Obras de Apucarana concluiu hoje (26) a recuperação do pavimento da Rua Rodrigues Alves, no bairro 28 de Janeiro. O serviço executado com recursos próprios da Prefeitura consumiu cerca de 10 toneladas de lama asfáltica em 7,5 mil metros quadrados de obra;

-A Secretaria de Obras da Prefeitura de Apucarana tem aproveitado o tempo sem chuva para avançar com os trabalhos de recuperação da malha viária. Além da equipe de tapa-buracos, o prefeito Beto Preto (PT) destaca que o município mantém uma frente de rejuvenescimento asfáltico, que realiza a impermeabilização do pavimento com aplicação de emulsão, a chamada lama asfáltica. “Esta semana foi bastante produtiva. Além de terminarmos a frente de trabalho que cobriu com asfalto ruas próximas à área central que ainda eram de paralelepípedo, em um investimento de quase R$250 mil, conseguimos levar importantes melhorias também para diversos bairros, com destaca para a lama asfáltica, que dá maior durabilidade ao pavimento”, informa o prefeito. Segundo relatório divulgado pela secretaria, somente nesta sexta-feira a melhoria asfáltica chegou a três bairros. “Aplicamos lama na Rua Albino Biacchi, próximo à garagem da Viação Garcia, e promovemos o tapa-buraco em ruas do Núcleo Habitacional Osmar Guaracy Freire e do Jardim São Pedro”, detalha o engenheiro Eduardo Mendonça;

-A Ebepec, Engenharia, Obras e Meio Ambiente, de Londrina, foi declarada ontem vencedora da concorrência pública para operacionalizar o serviço de coleta de lixo doméstico e o transporte até o aterro sanitário em Apucarana. Há mais de vinte meseso serviço vinha sendo prestado em caráter emergencial - através de um contrato de prorrogação - pela Sanetran Saneamento Ambiental S/A, que opera o sistema desde 2002. Das quatroempresas que participaram da licitação, a Ebepec apresentou a melhor proposta de preço, fixada em R$ 103,21 por tonelada coletada e transportada. A Costa Oeste perdeu a disputa por uma diferença mínima no preço (R$ 103,98). Já a Sanetran propôs preço de R$ 118,99 por tonelada. Uma quarta licitante, a Morhena (Mato Grosso do Sul) acabou inabilitada por falta de documentos. Conforme explica o engenheiro Civil Herivelto Moreno, secretário de obras do Município, que coordenou a licitação, o valor praticado atualmente com a Sanetran é de R$109 por tonelada coletada, o que gera um gasto de R$ 270 mil/mês. E, neste novo processo, o preço máximo fixado para propostas foi de R$119 por tonelada coletada. “Como a proposta vencedora tem um valor inferior, a prefeitura deve economizar cerca de R$ 15 mil ao mês”, informa o secretário;

-

-

-

Pontos negativos no mandato até o momento:

-Nomeou o ex-secretário de Londrina Jacks Dias para seu Gabinete. O mesmo responde há vários processos na Comarca de Londrina. Jacks Dias (PT) é acusado pelo Gaeco de corrupção passiva quando ocupava o cargo de secretário de Gestão Pública no governo Nedson Micheleti. A ação, protocolada na 3ª Vara Criminal de Londrina, indica que o vereador na época teria recebido R$ 157,5 mil de propina. Foram duas oportunidades: R$ 52,5 na primeira vez e R$ 105 mil na segunda. Jacks Dias está empregado na Prefeitura de Apucarana desde o início da gestão de Beto Preto;

-Não conseguiu acabar com as filas dos postos de Saúde durante a madrugada, conforme compromisso de Campanha; Beto Preto alega que este ato foi devido a falta de transição entre o Governo de seu rival João Carlos de Oliveira (PMDB) e que 70% das filas já foram eliminadas;

-Empregou alguns parentes entre eles o sogro em uma Secretaria. Para o Ministério Público infelizmente isso não caracteriza crime de nepotismo, pois foi em auto-escalão, mas é imoral, segundo o MP de Apucarana que está de olho nesta prática;

-Empregou também algumas esposas de funcionários comissionados, que estão no primeiro e segundo escalão de seu Governo, onerando ainda mais a folha salarial de Apucarana, que só ela leva mais da metade do orçamento anual de investimentos na cidade;

-Contratou em cargo de comissão uma funcionária que estaria com dupla função em uma outra Prefeitura do Vale do Ivaí e o caso está sendo investigado pelo Ministério Público;

-Nomeou em cargo de comissão um funcionário com cargo de Diretor que até passagem pela Polícia teve na Comarca de Arapongas por assalto a instituição financeira;

-Está mantendo no cargo um atual secretário que está sendo investigado e respondendo processo no Ministério Público de Apucarana;

-Escolheu sua líder na Câmara Municipal a qual aparece em lista divulgada no Jornal Gazeta do Povo como funcionária Fantasma dos Diários Secretos da Assembleia Legislativa do Paraná. A Assembleia desrespeitava a lei estadual que determina a publicação, uma vez por ano, da relação de funcionários, com o cargo e o local de trabalho. Fez isso pela primeira vez em 2009, mas de forma incompleta. A falta de informação sobre quem eram os funcionários e onde eles deveriam trabalhar ajudou a esconder funcionários fantasmas. Em 2010, o rol de servidores foi publicado ainda de forma incompleta. Segundo o jornal Gazeta do Povo.

Muitas reportagens do Jornal Gazeta do Povo mostraram casos de funcionários fantasmas na Assembleia no passado. Mas, a partir da série de reportagens, ficou evidente que se tratava de uma prática institucionalizada. E eram muitos. Sem lista precisa de servidores e sem outras formas de controle, a brecha estava aberta para a prática.

Situação: dezenas de funcionários apontados como fantasmas foram demitidos;

-Empregou na secretaria de Meio Ambiente um funcionário comissionado que tem sua esposa empregada no Cisvir, onde Beto Preto é o atual presidente em 2013, fato gerou estranheza para a Promotoria Pública do Patrimônio Público no ato de admissão;

-Segundo boletim do Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana, seus primeiros seis meses de gestão já nomeou mais de duzentos funcionários comissionados, e vai contratar mais 300 professores em regime de urgência sem realizar concurso público em Julho de 2013;

-Moradores do Jardim Novo Horizonte ficaram mais de trinta dias sem recolhimento de lixo pela Prefeitura de Apucarana em Julho de 2013. Beto Preto prometeu realizar asfalto no bairro e melhorar as condições dos moradores e aumentar a infraestrutura;

-Seu Secretário de Saúde está com dificuldades em sua pasta, pois apresenta vários problemas durante estes primeiros seis meses de mandato, as filas nos postos aumentaram, e faltando também remédios e médicos para os atendimentos;

-No Rio Barra Nova no quilômetro 10 na Zona Rural de Apucarana, a população pede ajuda para conter a infestação de borrachudos. A Secretaria de Meio Ambiente já foi comunicada desde Junho e até o momento ninguém da Prefeitura resolveu o problema em 2013;

-Fez nomeação dos parentes do vice-prefeito JR da Femac (PDT) tanto na Prefeitura de Apucarana como a prima do vice-prefeito, como também no Cisvir onde é presidente atual, lá na entidade de Saúde que pertence ao Vale do Ivaí, o presidente-prefeito nomeou o irmão do vice-prefeito para ser chefe do departamento jurídico da instituição com um salário de chamar a atenção de qualquer comissionado;

-Vetou um projeto importante para a cidade de Apucarana, o qual foi aprovado por unanimidade pelos Vereadores, e quando foi levado para sua sanção o projeto 63/2013 que cria o “Cidade Limpa”, de autoria da Vereadora Telma Reis (PMDB). O veto causou a maior polêmica sobre a limpeza da cidade que está complicada com a falta de varredores e que foi promessa de campanha em 2012. O veto segundo o Prefeito seria por inconstitucionalidade; já a vereadora alega retaliação política por ser de oposição e pertencer ao grupo do ex-prefeito Valter Pegorer (PMDB) maior rival de Beto Preto (PT);

-Desativou o antigo módulo da Guarda Municipal na praça Walmor Giavarina (Praça da Cascata). O local está abandonado virando abrigo para os moradores de rua e depósito de materiais inservíveis;

-Fez a nomeação de alguns parentes de comissionados em primeiro escalão da Prefeitura, um dos exemplos está no Cisvir de Apucarana, caso constatado em Março de 2013 da nomeação do filho do chefe de comunicação da Prefeitura que está no Cisvir. A prática de nomear parentes continua em seu primeiro ano de mandato;

-Até Julho de 2013 sua administração não conseguiu ligar a maioria das Câmeras de Segurança da Prefeitura, monitoradas pela Guarda Municipal, sendo que um grave acidente que matou duas crianças na Rua José Ferreira na esquina do Colégio Estadual Isidoro Luiz Ceravolo no dia 16/07/2013, foi o ápice para ser questionado na Imprensa e pela população sobre a segurança da cidade através do monitoramento; Meses antes foi até a Imprensa dizer que herdou câmeras desligadas das administrações que lhe antecederam. O detalhe da cobrança destas Câmeras de Segurança é que no dia do acidente bem na esquina onde aconteceu a tragédia, uma câmera existente no local não estava ligada, infelizmente não registrando como acontecerá o acidente fatal para ajudar a Polícia Civil a elucidar como foi o trágico acidente;

-Apucarana perdeu os recursos para a construção da penitenciária no terreno doado para a gestão passada, fato gerou controvérsias em Julho de 2013 e sua administração não conseguiu reverter o quadro com o Governo do Estado, com isso, o Minipresídio de Apucarana continua em estado deplorável com a superlotação;

-Fechou alguns Cmeis em Julho de 2013 pelo período de férias deixando algumas Mães preocupadas pelo fato de deixarem seus filhos em algum lugar para ficarem. A atitude foi motivo de críticas por parte da oposição ao seu Governo. Segundo sua assessoria CMEIs entram em recesso e 3 manterão plantão de atendimento, onde os pais puderam escolher entre as unidades localizadas na Vila Regina, Jardim Colonial e no Jardim América, que ficarão abertas das 7 às 18 horas;

-Foi cobrado pela população da Zona Norte da cidade, mais precisamente na Rua México sobre a precariedade do asfalto, fato registrado na Imprensa no final de Julho de 2013;

-Foi confirmado nestes primeiros sete meses de gestão duas mortes na UPA de Apucarana. Familiares das vítimas alegam falta de atendimento ou agilidade na prestação de socorro. O Prefeito disse que já encaminhou uma reunião com o Secretário da Saúde para solucionar o atendimento na UPA que está sobrecarregada;

-O pagamento dos estagiários do CIEE neste mês de Agosto/13 não foi depositado, e ninguém da Prefeitura de Apucarana deu uma satisfação para os estagiários. Uma ouvinte ligou no Jornal Fala Cidade da 98 FM e cobrou a administração;

-Vários Pais estão reclamando das condições precárias que se encontram os Parques de Diversão para as crianças. No Lago Jaboti e nas demais praças existem parquinhos que estão sucateados, abandonados pelas administrações anteriores e a atual precisa dar uma manutenção nos mesmos. Reclamação feita em Agosto de 2013;

-Foi cobrado no Jornal Fala Cidade da 98 FM a recuperação da Rua Natividade, localizada na Vila Regina em Agosto de 2013;

-Foi cobrado o recapeamento da Rua Capanema pelos moradores no final de Agosto de 2013. A Rua está em situação lastimável pela falta de manutenção da Prefeitura;

-O transporte coletivo não teve até o momento a abertura de edital de licitação com nova meses da atual administração, apucaranenses questionam este detalhe que foi prometido mudar a empresa que detém a concessão de explorar o transporte coletivo de Apucarana. Na campanha Beto Preto (PT) malhou o adversário João Carlos abordando assuntos polêmicos no Jornal Manchete, e até denuncias foram feitas no MP de Apucarana. O fato foi levantado no programa do radialista Ciro Domingues em Setembro de 2013;

-Moradores do jardim Interlagos cobram recape asfáltico nas Ruas do bairro, principalmente nas últimas Ruas do local. Inclusive algumas moradoras fizeram denúncias dizendo que alguns moradores estão colocando materiais de construção e batendo massa no meio da Rua. Denuncia feita em Setembro no Jornal Fala Cidade da 98 FM com Luiz Magalhães.

-O Jornal Fala Cidade da 98 FM apresentado pelo Vereador e radialista Luiz Magalhães (PT), foi bastante movimentado nas ligações desta sexta-feira (13/09/13). A população resolver ligar reclamando da Saúde e de imediato o Prefeito Beto Preto (PT) resolveu cobrar das pessoas os nomes dos funcionários públicos que estariam fazendo pouco caso no atendimento.
O principal problema segundo os ouvintes da emissora seria a UPA 24 horas de Apucarana. Segundo uma Mãe a mesma acabou perdendo um bebê por negligência médica há três meses atrás. O Prefeito Beto Preto do (PT) abrirá uma sindicância para apurar o que aconteceu neste caso. Outras ligações são referentes aos postos de Saúde com movimentação elevada e com falta de médicos. Já outros ouvintes ligaram para agradecer a atual administração pelo bom atendimento na Saúde. Segundo o Prefeito Beto Preto (PT) mais de 70% das filas nos Postos de Saúde de Apucarana já foram diminuídas;

-O povo no Rádio não esquece das promessas e voltam a cobrar o alcaide de Apucarana como é o caso do Jardim Interlagos. O bairro que fica na Zona Sul de Apucarana e foi bem visitado na campanha foi asfaltado por João Carlos de Oliveira (PMDB) no final de seu mandato em 2012, e Beto Preto assumiu o compromisso de terminar o asfalto no bairro. Nove meses de mandato e as cobranças estão vindo com força, pois até o momento não foi feita o recape nas Ruas finais do bairro. As cobranças foram feitas na semana passada ao vivo no Rádio. Alguns ouvintes exageram nas cobranças, outros defendem o Prefeito que pegou a Prefeitura numa situação complicada, mas o médico e Prefeito Beto Preto tem por obrigação de colocar a máquina para funcionar e correr contra o tempo. Beto Preto conseguiu na semana passada trazer o Governador Beto Richa (PSDB) em Apucarana, mais precisamente no Jardim Marissol onde lá vai sair o asfalto prometido em campanha, mas está com muita morosidade para resolver em outros lugares com urgência;

-Uma reclamação que se tornou em indignação e revolta de um Pai que teve seu filho uma lesão grave na cabeça (traumatismo craniano no mês de Setembro de 2013) e que o levou até a UPA 24 Horas de Apucarana, e teve um péssimo atendimento. O cidadão ligou no Jornal Fala Cidade da 98 FM para reclamar da forma como seu filho em estado grave foi atendido. A Prefeitura de Apucarana abriu uma sindicância para averiguar os fatos narrados pelo reclamante, e as autoridades prometem resolver o problema. O secretário de Saúde de Apucarana Drº Hélio Kissina prometeu dar uma resposta em breve para solucionar as várias reclamações da população sobre a UPA de Apucarana. Outro problema foi na semana passada onde uma senhora com suspeita de um AVC, não teve atendimento correto no Hospital da Providência de Apucarana. O Secretário também comentou sobre este fato;

-Por causa de uma bomba que a Prefeitura de Apucarana demorou em adquirir o Distrito de Caixa de São Pedro está vivendo com a falta d’água aos moradores. Conforme o diretor da Asserfa de Apucarana Francislei Poim, a bomba foi comprada e um transformador foi instalado no Distrito, mas a demora foi devido a parte burocrática de comprar o equipamento. Poim disse que nesta próxima terça-feira (08) o Distrito vai voltar a ter o abastecimento de água normalizado. Os moradores do Distrito vêem reclamando constantemente do descaso das nossas autoridades, pois o Distrito é grande e precisa ser mais bem cuidado pela administração.Desde o início deste ano a falta de água por lá é registrada. Outros bairros de Apucarana na Zona Leste também estão sofrendo com a falta d’água no Colonial, Aviação e Santos Dummont;

-Novamente ouvintes do programa Fala Cidade da 98 FM de Apucarana voltaram a cobrar o Prefeito Beto Preto (PT) para agilizar o asfalto em vários bairros da cidade. Os ouvintes aproveitam que o Vereador Luiz Magalhães (PT) que faz parte da base da administração, sirva de elo de ligação dos ouvintes e eleitores de Beto Preto através do Programa líder de audiência no horário. Magalhães prometeu levar ao conhecimento do Prefeito e sua assessoria dos vários problemas que a cidade vem enfrentando neste primeiro ano de mando do Prefeito Beto Preto. O AN Notícias trouxe há alguns meses atrás uma entrevista exclusiva com o Secretário de Obras de Apucarana e vice-prefeito Junior da Femac (PDT), que a cidade de Apucarana teria que investir mais de R$ 56 milhões de reais em asfalto novo, para solucionar todo o problema dos buracos e Ruas sem asfalto em Apucarana;

-Na última terça-feira (01/10/13) na Câmara Municipal de Apucarana as funcionárias dos Cmeis de nossa cidade, foram até a sessão cobrar um parecer dos vereadores sobre a manobra que a Prefeitura de Beto Preto (PT) vai realizar no final do ano no revezamento de funcionárias nas aberturas dos Cmeis nas férias. O fato revoltou as funcionárias que procuraram Vereadores de oposição para tentar intervir no caso. A Sindicalista Elisabete Costa que é a presidente do SINDSPA e está aniversariando nesta quinta-feira (03), falou com o AN Notícias sobre a mobilização que foi feita na terça-feira com a maioria das funcionárias dos Cmeis. Um fato perguntado pelo AN Notícias para o SINDSPA foi que se a Prefeitura fecha os Cmeis no final do ano é ruim para os Pais, e se abre é ruim para os funcionários. Ouça o que disse a presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana. O presidente da Câmara José Airton de Araújo Deco (PR) recebeu as servidoras e comentou ao AN Notícias sobre o pedido das mesmas para os Vereadores serem porta-voz dos servidores junto ao Prefeito Beto Preto (PT). Ouça as entrevistas com todos os envolvidos nesta polêmica da administração municipal;

-Enquete: cerca de 70% dos internautas deram nota baixa para o atendimento da Saúde em Apucarana em Outubro de 2013 no AN Notícias;

-Por causa de uma bomba que a Prefeitura de Apucarana demorou em adquirir o Distrito de Caixa de São Pedro está vivendo com a falta d’água aos moradores em Setembro e Outubro de 2013. Conforme o diretor da Asserfa de Apucarana Francislei Poim, a bomba foi comprada e um transformador foi instalado no Distrito, mas a demora foi devido a parte burocrática de comprar o equipamento. Poim disse que nesta próxima terça-feira (08) o Distrito vai voltar a ter o abastecimento de água normalizado. Os moradores do Distrito vêem reclamando constantemente do descaso das nossas autoridades, pois o Distrito é grande e precisa ser mais bem cuidado pela administração. Desde o início deste ano a falta de água por lá é registrada. Outros bairros de Apucarana na Zona Leste também estão sofrendo com a falta d’água no Colonial, Aviação e Santos Dummont;

-Novamente ouvintes do programa Fala Cidade da 98 FM de Apucarana voltaram a cobrar o Prefeito Beto Preto (PT) para agilizar o asfalto em vários bairros da cidade. Os ouvintes aproveitam que o Vereador Luiz Magalhães (PT) que faz parte da base da administração, sirva de elo de ligação dos ouvintes e eleitores de Beto Preto através do Programa líder de audiência no horário. Magalhães prometeu levar ao conhecimento do Prefeito e sua assessoria dos vários problemas que a cidade vem enfrentando neste primeiro ano de mando do Prefeito Beto Preto. O AN Notícias trouxe há alguns meses atrás uma entrevista exclusiva com o Secretário de Obras de Apucarana e vice-prefeito Junior da Femac (PDT), que a cidade de Apucarana teria que investir mais de R$ 56 milhões de reais em asfalto novo, para solucionar todo o problema dos buracos e Ruas sem asfalto em Apucarana. Até o momento a Prefeitura fez o possível em dar seqüência ao programa tapa-buracos, que seria uma medida paleativa da administração para sanar os graves problemas de asfalto na cidade de Apucarana. No seu Plano de Governo disponível no AN Notícias no Betômetro - Infraestrutura nos itens 1, 2 e 15, Beto Preto está deixando em andamento, mas muito aquém do esperado para quem iria solucionar logo de cara esses problemas de buracos e falta de asfalto;

-Terá que assumir em Outubro de 2013 a responsabilidade de cuidar do Lar Sagrada Família de Apucarana, após decisão de encerramento de participação do Grupo Soma na instituição educacional. A Prefeitura foi notificada da decisão da diretoria que faz a manutenção e investimentos para as crianças carentes do município que ficam no Abrigo;

-Aterro de Apucarana será interditado porque não cumpre lei ambiental. O local é gerenciado pela Sanepar, que pretende abrir outro aterro em nova área. Ministério Público investiga o caso. E a Prefeitura também foi notificada sobre o assunto em Outubro de 2013;

- O Promotor Vilmar Fonseca, da promotoria de meio ambiente de Apucarana, notificou a Secretária Municipal do Meio Ambiente de Apucarana (SEMA) para tomar as providências com respeito aos depósitos de lixos recicláveis que estão em desacordo com a legislação em Outubro de 2013. O secretário municipal de meio ambiente Itamar Gomes de Oliveira designou a equipe comandada pelo supervisor de meio ambiente da Secretária Éverton Pires, que fez as vistorias nos locais indicados. A vistoria na JL Recicláveis, instalada a rua Brasília ao lado do posto V. Brambila. Nesta vistoria, foram constatadas diversas irregularidades, ausência de licença ambiental válida, acumulo de materiais em céu aberto, lixo mal acondicionado, acumulo de água, resíduos perigosos, lâmpada florescente na calçada, isopor, lixo obstruindo a calcada e funcionários trabalhando sem as devidas proteções, Poluição do solo, funcionários em Moradia complicada mal instalados em situação degradante no lixo e ainda com trabalho indígena e trabalho escravo e reclamação dos moradores vizinhos de roedores e andarilhos. A empresa JL Recicláveis foi notificada e dando o prazo de (sete dias) para regularizar todos os problemas e limpar o local. Joana Aparecida Machado Dias Leite, proprietária da empresa, não quis gravar entrevista, mas disse que a empresa solicitou doação de terreno no Parque Industrial Galan no contorno norte e que pretende mudar a empresa assim que formalizar a doação. É visível que a empresa esta em local inapropriado e se ocorrer incêndio, poderá causar uma catástrofe, pois o local é muito próximo aos tanques do Posto de combustíveis e na frente a agencia de veículos e ainda esta numa região residencial. A Secretária Municipal de Meio Ambiente, poderia ate ter interditado o local, mas preferiu notificar a empresa, dando oportunidade para que seja resolvido o problema. A segunda empresa notificada foi a do Armando Diadosk Junior, pelas irregularidades constatadas, o proprietário manteve contato com a secretária e agendou reunião para solicitar prazo para regularização dos problemas existentes em sua empresa de reciclagem. E as empresas mesmo regularizando todos os problemas, podem ainda sofrerem multas e serem responsabilizadas criminalmente pelas irregularidades.

-Mais uma grave reclamação de ouvintes do Jornal Fala Cidade da 98 FM de Apucarana, apresentado pelo radialista e Vereador Luiz Magalhães (PT), contra a UPA 24 Horas de Apucarana administrada pela gestão do médico prefeito Beto Preto (PT). A reclamação que vai virar denuncia no Ministério Público de Apucarana, seria de que um garoto de apenas 11 anos, sofreu uma fratura no pé e a família humilde o encaminhou para a UPA 24 Horas de Apucarana e não foi constatada a fratura pelo médico de plantão. Segundo a Tia que procurou a Imprensa nesta quinta-feira (10/10/13), seu sobrinho não foi atendido corretamente pelo médico Drº Edivaldo que estava atendendo na UPA no dia em que o garoto deu entrada no Pronto Atendimento Municipal. O médico teria receitado apenas um remédio para dor e não verificou o inchaço que a perna da criança estava ficando. Dias depois o garoto ficou ruim, e teve que ser encaminhado para o Hospital da Providência onde está internado na UTI com suspeita de uma trombose, tétano e embolia pulmonar que se deu por conta da trombose na perna desta criança. Toda esta complicação na Saúde da criança de 11 anos se deu pela negligência médica do Drº Edivaldo, segundo a família que vai processar a administração de Beto Preto (PT) pelo caso ocorrido. A criança corre sérios riscos de ter seqüelas se sobreviver, pois seu estado é gravíssimo. Uma parte do lado do corpo do garoto está totalmente paralisada, e sem chances de recuperação. Um Posto de Saúde não quis fazer a ultrassonografia da perna da criança, alegando que o clínico-geral que o atendeu, não poderia pedir o exame e quem deveria pedir o exame, seria um ortopedista que não estava na UPA no dia do atendimento ao menino. A criança não consegue nem ter seu sangue colhido para fazer exames médicos, informou a médica do Hospital para a família. A Mãe está revoltada com o episódio que aconteceu na UPA de Apucarana. O AN Notícias ligou no telefone do Prefeito Beto Preto (PT) o qual é médico, e não fomos atendidos, para sabermos qual o procedimento que a Prefeitura irá tomar com relação a este caso grave. O telefone do Prefeito Beto Preto só cai na caixa postal. Até o celular do Secretário de Saúde de Apucarana estava desligado nesta tarde de quinta-feira (10).


Outro caso foi denunciado no Fala Cidade nesta quinta-feira (10)


Outro Pai ligou na sequência da denunciante para falar que seu filho também passou pelo mesmo problema na UPA de Apucarana, e veio a falecer no Hospital da Providência dias depois de sofrer um acidente e não ser constatado uma fratura em sua perna. Estes relatos não são os primeiros e pelo jeito não serão os últimos na administração municipal do médico Beto Preto (PT). Beto Preto terá que abrir mais uma sindicância para apurar essas atitudes irresponsáveis na Saúde de Apucarana. A incompetência no atendimento da Saúde de Apucarana esta cada dia aumentando. Nesta última segunda-feira (07) um Pai quebrou o Posto de Saúde do Dom Romeu Alberti, por não ter tido o seu filho de 03 anos, o atendimento médico para medicar a garganta da criança. Um dentista foi quem olhou a criança que estava passando mal, e agravado seu estado. Neste primeiro ano da administração de Beto Preto (PT) já tivemos dois óbitos dentro da UPA 24 Horas de Apucarana. Outros casos envolvendo mal atendimento de pacientes que resultaram em internamentos na UTI do Providência, também aumentaram com relação ao ano passado. Outro caso divulgado aqui no AN Notícias foi de um Pai que ligou na 98 FM no Jornal Fala Cidade, relatando que o seu filho sofreu um traumatismo craniano que não foi detectado na UPA 24 Horas de Apucarana. Somente no Hospital da Providência os médicos constataram a fratura, após a vítima passar mal dois dias e vomitando que o atendimento para salvar sua vida foi dado. Pelo que estamos vendo a Saúde de Apucarana piorou no atendimento médico, pois os relatos das reclamações da população na Imprensa são assustadores. A administração municipal não se manifestou sobre os fatos denunciados nesta quinta-feira em nota de sua Assessoria;

-A Prefeitura de Apucarana está terminando um estudo que tem por objetivo colocar radares de velocidade nas Avenidas Minas Gerais e Governador Roberto da Silveira. Também devem ser instalados dispositivos em alguns semáforos para registrar motoristas que ‘furarem’ o sinal. No pacote de medidas de trânsito, duas importantes vias centrais também terão estacionamento proibido em um dos lados, permitindo duas faixas de rolamento e melhorando a fluidez do trânsito. De acordo com o vice-prefeito, secretário de Obras e diretor do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan), Júnior da Femac, um extenso estudo está sendo realizado para levantar os pontos mais críticos das duas avenidas que receberão os radares. “Já coletamos todos os dados e estamos na fase de análise e elaboração do termo de referência, que é o documento que indica os locais onde serão instalados os equipamentos”, disse em Outubro de 2013;

-Parece brincadeira do Dia das Crianças, mas não é. O assunto realmente chama a atenção e envergonha quem trabalha no Conselho Tutelar de Apucarana. Conforme informações passadas para a Imprensa em (11/10/13), véspera do Dia das Crianças e de Nossa Senhora Aparecida feriado Nacional, as funcionárias do Conselho Tutelar de Apucarana não deverão trabalhar no período noturno, devido à falta de motorista para levar as conselheiras aos locais de grande movimentação noturna. O fato foi comunicado para as autoridades competentes que não sabem o que fazer com relação a este grave problema. O Conselho Tutelar não teria um motorista para guiar o veículo da instituição numa véspera de feriado nacional, onde a juventude aproveita para curtir o feriado prolongado. As funcionárias do Conselho estão reunidas na Prefeitura de Apucarana nesta tarde de sexta-feira (11), para saber o que fazer neste caso. Com a palavra a Prefeitura de Apucarana que é responsável pelo órgão que fiscaliza a entrada de menores em boates e bares na cidade;

-É os “aliados” da administração do Prefeito Beto Preto (PT) o médico que cuida da “saúde nuclear de Apucarana”, começou a ter algumas baixas no seu escalão do meio. Esse escalão é aquele que é o pára-choque dos Secretários. Infelizmente depois da morte de seu fiel escudeiro, o cara que ouviu e sabia de tudo sobre Beto Preto, Roberto Dias que estava até então na recepção do gabinete municipal, outros começaram a deixar o governo do petista. Nesta semana saiu à exoneração de um dos caras mais polêmicos da política de Apucarana. Fernando Garcia Algarte (PSDB) que apoiou Sérgio do Cristma na eleição passada deixou o seu cargo na Secretaria de Agricultura com o cargo de Supervisor de Agricultura Familiar, CC4, no dia 01 de Outubro de 2013, segundo o Diário Oficial do Município. Fernando Garcia falou sobre sua saída do Governo de Beto Preto (PT). Outro que também foi cogitado a saída nesta última semana, e que estaria na função de assistente de secretário no Gabinete do Prefeito Beto Preto, José Dirceu de Almeida. A nota foi divulgada na 98 FM de Apucarana nesta última segunda-feira da saída de Dirceu. Outros comissionados foram exonerados de suas funções nos últimos dias da atual administração. Houve também outras nomeações de comissionados e uma a manobra prática da maioria dos Prefeitos em trocar de funções secretários e chefes de repartições, como foi o caso do Secretário Marcelo Machado e de seu companheiro Nikolai Cernescu JR no dia 01 de Outubro de 2013;

-Conforme o AN trouxe nesta quinta-feira (10/10/13) a denuncia do programa Fala Cidade da 98 FM de Apucarana, apresentado pelo radialista e vereador Luiz Magalhães (PT), que ouviu o relato de familiares que não foram atendidos corretamente na UPA de Apucarana, por três médicos que não detectaram uma fratura no pé do garoto Roberto Camargo Almeida Filho, 11 anos, morador no Núcleo Afonso Alves de Camargo na Rua Guarantã 63. O garoto quebrou o seu pé na Escola onde estuda no bairro, e teve que ser encaminhado para a UPA na madrugada do último sábado, onde o médico de plantão não constatou a fratura no garoto e nem pediu um raio-x. A situação do menino se agravou no dia seguinte, sendo que a Mãe Valacir Aparecida de Oliveira levou o garoto novamente na UPA. Um segundo médico também não constatou a fratura do garoto e receitou o remédio Nimesulida, dizendo que a criança não tinha aparentemente nada na perna. O segundo médico pediu uma ultrassonografia da perna da criança a ser feita no Posto de Saúde do Afonso Alves de Camargo. A Mãe desconfiada e vendo que o filho queixava-se muito das dores, procurou o seu vizinho que é enfermeiro na UPA de Apucarana. No terceiro dia de fratura em seu pézinho, a família retornou ao UPA de Apucarana com o enfermeiro, e uma médica atendeu a criança, e também não constatou a lesão de fratura em seu pé, e da mesma maneira receitou a Nimesulida ao menino Roberto. Conforme a Mãe conta a criança já estava tendo a trombose na perna pelo inchaço e pelo cansaço que o mesmo aparentava. Foi ai que a família correu com o garoto para a casa do vizinho enfermeiro que levou a criança para o Hospital da Providência. A criança foi internada em estado grave no Hospital da Providência, pois acabou sofrendo uma infecção por não ter tido o tratamento feito logo de cara, está com trombose na perna, embolia pulmonar e parte do corpo paralisado e em coma induzido. Os médicos do Hospital da Providência informaram para a família que o quadro clínico de Roberto Oliveira, 11 anos, é muito grave. Ouça a entrevista exclusiva da Mãe desta criança que teme pela vida de seu filho por mais uma negligência médica ocorrida na UPA 24 horas de Apucarana, administrada pelo Prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT). O Prefeito que prometeu em campanha eleitoral em 2012 solucionar os problemas da Saúde de Apucarana, não foi encontrado pela reportagem do AN Notícias na quinta-feira (10). Os médicos acusados pela negligência médica pela família são: Dr Edivaldo Souza, Dr. Rodrigo do Nascimento, e a Dra.Cristiane Oliveira;

-O AN Notícias infelizmente não gostaria de dar esta terrível e triste notícia no Dia das Crianças. Como trouxemos o caso desde o início da negligência médica na UPA 24 Horas de Apucarana, onde três médicos não detectaram uma fratura no pé do garoto Roberto Camargo Almeida Filho, 11 anos, no Sábado (05) e a Mãe Valacir Aparecida de Oliveira correndo com o garoto por 04 dias seguidos e ninguém da Saúde Municipal deu o atendimento correto a esta criança. O pior veio a acontecer neste sábado (12), onde Robertinho morreu na UTI do Hospital da Providência por volta da 01 hora da manhã. O garoto estava com seu quadro clínico agravado, sendo que sofreu uma infecção generalizada, trombose, embolia pulmonar e estava em coma induzido, porque não foi socorrido corretamente pelos três médicos da UPA de Apucarana que não detectaram a fratura em seu pé. Os médicos Dr. Edivaldo Souza, Dr. Rodrigo do Nascimento, e a Dra.Cristiane Oliveira foram os que atenderam a criança de maneira casual na UPA de Apucarana administrada pela gestão do Prefeito Beto Preto. A Mãe da criança deu entrevista ao AN Notícias com exclusividade nesta sexta-feira (11), e com muito custo o AN Notícias conseguiu falar com o Secretário de Saúde de Apucarana, depois de várias tentativas tanto no celular do Prefeito Beto Preto (PT) que não nos respondeu tanto como de Hélio Kissina que após cair na caixa postal, fizemos um plantão na frente da UPA de Apucarana e conseguimos encontrar por acaso o Secretário de Saúde de Beto Preto. A criança Roberto Almeida está sendo velada na Capela Mortuária de Apucarana, e será sepultada neste domingo (13), às 09 horas no Cemitério Cristo Rei de Apucarana.

Repercussão

O caso ganhou grande repercussão nas redes sociais depois que o AN Notícias trouxe a notícia dada no Jornal Fala Cidade da 98 FM de Apucarana na última quinta-feira (10). A família do garoto Roberto Almeida Filho vai procurar o Ministério Público nesta segunda-feira (14), e processar a Prefeitura de Apucarana na gestão do Prefeito médico nuclear Beto Preto (PT). O Secretário de Saúde Dr. Hékio Kissina falou que “seria prematuro dizer que os médicos tinham errado no diagnóstico do garoto, antes da criança falecer neste sábado (12). Kissina não quis polemizar mais o caso que é mais um nas estatísticas da UPA de Apucarana. Para o secretário de Beto Preto a UPA não está conseguindo dar o suporte aos pacientes que procuram o Pronto Atendimento de urgência.Apucarana tem somente uma UPA e um Hospital na cidade. Só neste ano de 2013 pelo que a nossa reportagem apurou foram quatro óbitos por negligência médica registrados na Imprensa pela população de Apucarana. Os fatos ocorreram nos dois centros de Saúde: na UPA e no Hospital da Providência;

-O AN Notícias único órgão de Imprensa de Apucarana presente no velório do garoto Roberto de Almeida Filho, 11 anos, falou com amigos e parentes da criança que faleceu na madrugada deste sábado (12), dia Das Crianças na UTI do Hospital da Providência de Apucarana. O AN Notícias que trouxe desde o princípio desta situação delicada ao ar na última quinta-feira (10) ouviu a Mãe, o Secretário de Saúde de Apucarana Hélio Kissina, e trouxe a reclamação do Jornal Fala Cidade da 98 FM de Apucarana que na quinta-feira (10), parentes ligaram no Jornal apresentado pelo radialista e Vereador Luiz Magalhães (PT), para denunciar o fato e que foi o único a cobrar as autoridades de Apucarana no ar, sobre o descaso dos médicos da UPA de Apucarana. Conforme fomos até a residência da família no Núcleo Afonso Alves de Camargo, na Rua Guarantã 63 na tarde de quinta-feira (10), e falamos com a Senhora Valacir Aparecida de Oliveira que é a Mãe da criança falecida, a mesma contou e mostrou as guias da UPA passadas pelos médicos Dr. Edvaldo Souza, Rodrigo Nascimento e Cristiane Oliveira que todos não constaram a fratura no pé da criança que foi encaminhada por três vezes ao UPA, e por último em estado grave para o Providência de Apucarana. A Mãe que estava apreensiva na quinta-feira (10), já temia pelo pior no quadro clínico de seu filho. O menino havia quebrado o pé na Escola Estadual Tadashi Enamoto o do seu bairro, e foi levado no sábado (05) para a UPA, depois disto foi conduzido por mais duas vezes e os médicos não constataram a fratura em seu pé, o que mostrou total despreparo e erro médico. No Hospital da Providência a criança ficou internada por três dias, e veio a óbito neste sábado de madrugada e está sendo velada na Capela Mortuária de Apucarana. O sepultamento será às 09 horas da manhã deste domingo (14) no Cemitério Cristo Rei. A Mãe Valacir Aparecida de Oliveira falou com exclusividade ao AN Notícias sobre a tragédia que vitimou seu filho. Culpou os médicos e a administração pública de Beto Preto (PT), e cobrou Justiça. Até a emissora PRC/TV de Londrina, afiliada da Rede Globo de televisão estava no local, após ler a matéria do AN Notícias nesta sexta-feira (11/10/13) e neste sábado (12), depois da divulgação do AN Notícias da morte do garoto Roberto Almeida em primeira mão. Lembramos que todo este assunto foi abordado primeiramente pelo Vereador Luiz Magalhães em seu programa de Rádio na 98 FM, e depois repercutido pelo AN Notícias que conseguiu ouvir do Secretário de Saúde de Beto Preto (PT), Dr. Hélio Kissina que uma investigação seria feita na UPA para saber o que realmente aconteceu no atendimento de Roberto Almeida Filho, 11 anos, morto neste sábado (12).Pelo que o AN Notícias foi informado um dos médicos já teria sido demitido pelo Prefeito Beto Preto (PT) neste sábado, pela negligência médica apurada pela Secretaria de Saúde. Beto Preto que também é médico especialista na área nuclear deverá cancelar os demais contratos com os outros médicos envolvidos no atendimento do garoto que faleceu. O Ministério Público de Apucarana será procurado pela família nesta segunda-feira (14), para providências no caso. A Mãe não descartou processar a Prefeitura para ser indenizada, e reclamou que nem o Prefeito de Apucarana e muito menos seus funcionários da Saúde lhe procuraram para dar os pêsames da morte de seu filho. A criança recebeu somente uma coroa de flores no seu velório, cedidas pela Escola Estadual Tadashi Enamoto onde estudava. O clima era de tristeza e muita revolta no velório do pobre Roberto Almeida Filho, 11 anos, de Apucarana. Ouça a entrevista da Mãe da criança falando com exclusividade ao AN Notícias;

-É parece que o descaso no atendimento da Saúde de Apucarana é notório, visível e alarmante. As omissões, erros, negligências, ou seja, lá qual for o substantivo para isto, vem acontecendo com muita frequência na cidade, e o pior são as mortes registradas. Nem a Justiça ou nossas autoridades competentes estão fazendo algo para sanar esse grave problema na Saúde de Apucarana. O que estaria acontecendo com a categoria médica da cidade alta? Relatos sérios de negligência médica disparam na cidade, Pais que estão enterrando seus filhos antes do tempo por culpa do péssimo atendimento em nosso município, seja ela na UPA ou no Hospital da Providência de Apucarana. Até o momento o Ministério Público não está atuando nos casos, mas as famílias prometeram entrar na Justiça contra o poder público e contra os médicos. É o caso do senhor Vandeir Resende morador da Rua Prestes Maia, 62 no centro de Apucarana. Seu Vandeir contou ao AN Notícias sobre a morte de seu filho Tiago Resende, 23 anos, que morreu na UTI do Hospital da Providência há cerca de 45 dias aproximadamente. Seu Vandeir Resende ligou no Jornal Fala Cidade da 98 FM apresentado pelo radialista e Vereador Luiz Magalhães (PT), para contar sua história que foi parecida com a da família de dona Valacir Oliveira que perdeu seu filho neste sábado (12) na UTI do Providência. Magalhães cobrou as autoridades pelos erros médicos que estão custando às vidas de jovens como a de Roberto que fraturou o pé, e de Tiago Resende que sofreu acidente de motocicleta em Apucarana, e teria fraturado em dois locais sua perna, sendo que no Hospital da Providência somente a fratura exposta é que foi tratada e detectada, a outra fratura no fêmur, conforme o relato do Pai Vandeir Antonio Resende não foi detectado e dias depois seu filho que estava de casamento marcado morreu em Apucarana. Seu Vandeir e dona Valacir temem procurar o sistema de Saúde de Apucarana, por terem tido a pior experiência de suas vidas neste ano de 2013;

-O AN Notícias tentou falar neste domingo (13/10/13) com o médico e Prefeito de Apucarana Carlos Alberto Gebrim Preto o Beto Preto (PT), sobre a maior polêmica vivida até agora em seu mandato, a morte do Garoto Roberto de Almeida Filho, 11 anos, no último sábado (12/10/13) dia Das Crianças na UTI do Hospital da Providência. O Prefeito não quis gravar entrevista com o AN Notícias, sendo um direito que lhe cabe. Beto Preto que prometeu na campanha eleitoral sanar os problemas da Saúde de Apucarana das gestões passadas, esta vendo que o buraco é mais embaixo e vai ter que ter atitude de líder para colocar o sistema falho de Saúde de Apucarana nos trilhos. O médico Prefeito comentou com o AN Notícias que não demitiu os médicos Edvaldo Souza, Rodrigo Nascimento e Cristiane Oliveira, conforme uma fonte nos passou a informação no sábado de manhã após a morte da criança. Este não seria o primeiro caso registrado na UPA de Apucarana por negligência médica em 2013. Outra denuncia neste domingo (13) foi de um Pai que falou ao AN Notícias de um caso parecido com o do garoto Roberto de Almeida Filho, sendo que seu filho Thiago Resende morreu dias atrás no Hospital da Providência pelo mesmo procedimento que a criança sofrerá. Beto Preto diz que vai abrir sindicância para apurar as irregularidades na Saúde de Apucarana. Na semana passada dia (07), um Pai entrou num Posto de Saúde do Dom Romeu Alberti na Zona Norte de Apucarana e quebrou o estabelecimento, por falta de atendimento médico ao seu filho de 03 anos. A promotoria de Apucarana na 2º promotoria da Saúde na competência do Promotor Drº Vilmar Fonseca, disse ao AN Notícias que vai instaurar um inquérito de investigação sobre os fatos denunciados, e pediu para que se familiares quiserem comparecer no MP que a Justiça estará de prontidão para cuidar do caso. “O MP vai apurar os fatos nesta segunda-feira (14) e vamos ouvir todas as partes envolvidas para descobrir aonde tivemos o erro que causou as mortes”. Os casos denunciados nesta semana em Apucarana ganharam repercussão estadual na Imprensa;

-NOTA OFICIAL

Diante do lamentável caso do estudante Roberto Camargo Almeida Filho, 11 anos, que foi a óbito no sábado (12/10/13), após uma entorse de tornozelo, oito dias antes, na Escola Estadual Tadashi Enomoto, a Autarquia Municipal de Saúde tem a informar, preliminarmente, o seguinte:

1 - É cedo e até temerário dizer que houve erro médico ou negligência neste caso, considerando que foram feitos exames de Raio X na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e também no Hospital da Providência, e nenhum deles apontou fratura.

2 - Os prontuários da UPA e do Hospital da Providência estão sendo avaliados e, por enquanto, nem o médico vascular que atendeu o paciente na UTI sabe explicar o que fez o quadro evoluir tão rápido, ocasionando o óbito por trombose venosa profunda, embolia pulmonar e septicemia (infecção generalizada).

3 - O secretário de saúde, Dr. Hélio Kissina, informa que já na quinta-feira (10/10) o prefeito Beto Preto determinou a abertura de uma sindicância para apurar minuciosamente o caso. E a Autarquia Municipal de Saúde já baixou portaria indicando profissionais para atuar na sindicância. Ao mesmo tempo, de acordo com procedimento padrão, os três médicos que prestaram atendimento ao paciente ficarão afastados de suas funções, até a conclusão da sindicância.

4 – O poder público municipal está solidário com a família de Roberto Camargo Almeida Filho e consciente de que, nesta hora, nada pode aplacar a dor da família pela perda do estudante que, segundo amigos e professores, era bastante tranquilo e tinha uma conduta exemplar. É um momento de muita tristeza, mas a Saúde Pública assegura que todos os procedimentos médicos realizados serão rigorosamente investigados.

Apucarana, 14/10/2013;

-O caso envolvendo a criança Roberto de Almeida Filho, 11 anos, morto no dia 12 de Outubro na UTI do Hospital da Providência por embolia pulmonar, infecção generalizada e trombose em sua perna por não ter sido constatado uma fratura em seu pé na UPA de Apucarana, gerou controvérsias nesta segunda-feira (14/10/13) após nota da Prefeitura de Apucarana informando que o garoto não havia fraturado o pé, conforme a família vem dizendo. Acontece que a criança morreu e o caso agora vai parar na Justiça. A família de Roberto Filho procurou o Ministério Público na manhã desta segunda-feira (14) para denunciar o caso e pedir providências contra os médicos que atenderam o garoto depois da Mãe Valacir Almeida Oliveira procurar a UPA de Apucarana por três vezes, e não ter o atendimento corretamente ao seu filho, sendo que somente no Hospital da Providência que o menino foi atendido com urgência e seu quadro agravou vindo a óbito no Sábado (12). O promotor público da 2º Promotoria da Saúde de Apucarana Vilmar Fonseca, falou ao AN Notícias do caso que terá uma resposta, e os responsáveis pela negligência médica ou erro médico terão que responder pelo fato ocorrido. Vilmar vai pedir os laudos apontados pelos médicos que atenderam a criança na UPA, e do Hospital da Providência e saber se a criança teria fraturado o pé ou não. Para o promotor não há dúvidas que alguém errou, devido à morte do garoto. Além do Caso Robertinho que ganhou repercussão estadual, o promotor vai ouvir também a família do jovem Thiago Resende que morreu da mesma maneira no Hospital da Providência há cerca de 45 dias. Para Vilmar a Saúde de Apucarana tem que ser mais bem assistida pelo poder público, e que o município faça por melhorar o atendimento da população, pois o MP começará a realizar visitas nos Postos de Saúde a partir de agora. Depois que as reclamações foram feitas no AN Notícias e na 98 FM de Apucarana, a promotoria informou que vai estar em alerta máximo contra os descasos na Saúde de Apucarana;

-A Sindicalista Marli de Castro presidente do Sindicato da Saúde de Apucarana e membro do Conselho Municipal da Saúde debateu nesta quarta-feira (16/10/13), o atendimento dos profissionais de Saúde em Apucarana. Marli de Castro lamentou a morte da criança Roberto de Almeida Filho, 11 anos, por uma negligência médica na UPA de Apucarana no último sábado (12). Marli disse que o Sindicato que atua no setor privado está atento as denuncias feitas contra o Hospital da Providência, e que para ela “falta investimentos em material humano, e em estrutura hospitalar”. “Temos apenas um Hospital na cidade, cerca de quinze anos atrás tínhamos mais de dez Hospitais e precisamos ter mais um ou dois Hospitais na cidade. A demanda é grande para uma cidade de 130 mil habitantes, e precisa ter um investimento em mais profissionais contratados para solucionar os problemas que estão ocorrendo no Brasil, no Paraná e em Apucarana”, disse a sindicalista ao AN Notícias; ouça a matéria realizada com a mesma;

- Técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente encontraram ontem (quarta-feira – 16/10/13) uma capivara morta no Parque Ecológico Jaboti. O animal silvestre, com aproximadamente 70 quilos, estava sob a ponte no vertedouro da represa. Não foram constatados sinais de agressão ao animal, o que indica morte natural. “Pode ter sido uma intoxicação, já que o corpo não tinha nenhum ferimento”, diz o secretário de Meio Ambiente, Itamar Gomes de Oliveira. O animal foi encaminhado para o aterro sanitário. Esta é a segunda capivara morta nos últimos dois meses. Apesar desta última não ter sido abatida, o secretário alerta a comunidade para que não cace estes animais. “A legislação ambiental é bastante rígida e pode resultar em prisão de até três anos”, adverte Oliveira. Em Apucarana famílias de capivaras vivem nos parques Jaboti e Raposa e podem ser vistas facilmente pelos visitantes. “Estes animais se adaptaram bem nos nossos parques, então todos devemos ajudar a preservá-los”, finaliza o secretário;

-O AN Notícias ouviu nesta quinta-feira (17/10/13), uma mulher que denunciou a UPA 24 Horas de Apucarana por negligência médica. Esta é a terceira denúncia grave contra o sistema de atendimento municipal envolvendo médicos ligados a UPA e o Hospital da Providência. A vítima desta vez é uma senhora que fraturou a perna num acidente de moto no dia 06 de Outubro em Apucarana. Ela foi conduzida pelo Siate de Apucarana até a UPA 24 Horas, e teria passado por dois médicos que não constataram uma fratura na sua perna esquerda, após ver o raio-x tirado na Unidade de Pronto Atendimento de Apucarana. A senhora Maria Aparecida Leite teve que ficar com a perna sem gesso por quatro dias, sendo que o membro estaria já com princípio de trombose. Assustada a paciente foi procurar um médico no Hospital da Providência que detectou a fratura grave na perna da vítima. Os médicos denunciados pela negligência seriam José Rui conde Alves e Flávia Mantine que trabalham na UPA de Apucarana. Segundo a vítima os médicos receitaram somente remédios e disseram que ela não teria nada em sua perna, mas as fotos tiradas pela vítima não mostraram isso e as dores constantes deixaram a mesma preocupada. O médico que constatou a fratura e que provavelmente terá que fazer uma cirurgia na perna da paciente é o Dr. Edson Miashiro que atende no Hospital da Providência. Ela informou ao AN Notícias que está assustada com o descaso da Saúde de Apucarana na gestão do médico e Prefeito Beto Preto (PT), principalmente depois das duas mortes registradas por negligência médica em Apucarana. O primeiro caso foi do jovem Thiago Resende, 23 anos, que sofreu acidente de moto no Contorno Norte de Apucarana, e da criança Roberto de Almeida Filho, 11 anos, falecido no último sábado dia (12) na UTI do Hospital da Providência. A paciente informou que irá realizar a denuncia no Ministério Público de Apucarana na 2º Promotoria da Saúde na competência do promotor Vilmar Fonseca;

-Na última semana o AN Notícias colocou a enquete sobre a Lei 133/2013 criada pelo atual Prefeito de Apucarana médico Beto Preto (PT), que revogava a Lei 103/2007 de 26/06/2007 de autoria do ex-prefeito Valter Pegorer (PMDB) a qual criava o título “Apucarana Cidade Educação”, a qual foi aprovada por unanimidade na Câmara Municipal. O AN Notícias quis saber qual a opinião dos milhares de leitores do portal mais visitado de Apucarana, se eles concordavam ou não com a atitude do atual Prefeito Beto Preto (PT) em extinguir o slogan que foi adotado pelas últimas administrações do PMDB de Apucarana. A maioria foi contrária (clique na imagem abaixo), sendo que o ex-prefeito de Apucarana comentou e lamentou o feito pelo atual prefeito Beto Preto;

-O Instituto Médico Legal de Apucarana (IML) está passando por um momento vergonhoso. O Governo do Estado que não investe em IMLs no Paraná, esquece de dar manutenção em equipamentos essenciais para o funcionamento do órgão e dar mais segurança aos funcionários. Acontece que o IML de Apucarana está com o motor da Geladeira quebrado há vários dias. A geladeira está desativada e preocupa o IML de Apucarana, devido a situação de ocorrer algum crime, acidente e algum corpo der entrada no IML de Apucarana, o cadáver não poderá ficar a disposição de familiares ou do órgão por este grave problema. Apucarana é uma das poucas cidades do Paraná que tem um dos melhores IMLs do Estado, mas ultimamente está sofrendo com a falta de investimento em maquinários e equipamentos;

-Novamente a população está descontente com a Saúde em Apucarana ministrada pelo médico e Prefeito Beto Preto (PT), que prometeu a melhor Saúde Pública do Sul do Mundo na campanha de 2012. Neste dia 18 de Outubro que é comemorado o Dia do Médico, a população apucaranense não tem muito que comemorar. O que seria para ser uma das datas mais importantes do calendário, principalmente para aqueles que realizam o sonho de se formar na Faculdade mais difícil de todas as profissões que é a medicina, vimos que o descontentamento, falta de carinho, atenção, ética, condições de trabalhos, falta de medicação e superlotação nos Postos, deixam a classe médica como vilã nesta história. Médico hoje é comparado igual a político, e é a área mais questionada para sanar os problemas vitais do ser humano. Nesta semana ouvimos relatos de pessoas que acreditavam numa Saúde melhor em Apucarana, só que agora, começam a duvidar da credibilidade de quem está respondendo por ela. Em uma semana três casos idênticos mostraram que a classe médica foi apontada como culpada por erro ou negligência médica, tendo que o Ministério Público de Apucarana, abrir procedimentos de investigação apurando as graves denuncias. Mais uma sindicância foi aberta pela Prefeitura de Apucarana para apurar os fatos divulgados, sendo que um deles houve a confirmação por parte do poder público que não aconteceu fratura no garoto Roberto de Almeida, 11 anos, que entrou em óbito no dia (12) na UTI do Providência. Nesta semana as mulheres voltaram o foco para o Outubro Rosa, que está sendo divulgado constantemente em toda a Imprensa da cidade, com matérias da assessoria da Prefeitura de Apucarana, e que em alguns casos também teve falhas, segundo relatos de ouvintes do Jornal Fala Cidade da 98 FM que você vai ouvir agora aqui no AN Notícias. Lembramos que essas reclamações partem por parte de nossa população, e não são induzidas pela Imprensa como muitos políticos pensam e agem contra os veículos de comunicação. O papel da Imprensa é ajudar o poder público a melhorar suas atitudes, pois está mexendo com vidas e para não haver falhas, somos obrigados a trazer os relatos narrados pela população que nos procura diariamente. Os relatos narrados nesta semana apontam que a Saúde de Apucarana precisa de uma dose diária de precaução, para não cometer erros absurdos no passado, e que haja mais investimentos e não só em construção de paredes de ambulatórios, mas investimentos no profissional que tem por obrigação, retribuir com um bom atendimento para os contribuintes de nosso sistema de único de Saúde. Reclamações na maioria são por falta de remédios, falta de médicos, falta de especialistas na UPA e negligência médica em Apucarana. Outros elogiam o sistema da atual administração, principalmente por ter colocado atendimentos em Postos que estavam esquecidos;

-São inúmeras as demandas de asfalto na cidade de Apucarana, e a Prefeitura de Beto Preto (PT) vai ter que se virar nos trinta até o final do ano para sanar os problemas mais críticos na malha viária da cidade alta. Acontece que o povo reclama no Rádio e bota a boca no mundo ao cobrar o chefe do poder executivo de Apucarana, que prometeu deixar a cidade já no primeiro ano um verdadeiro tapete em nossas Ruas. Um ano praticamente já está fechando da atual administração e o povo cobra mesmo. Você vai ouvir agora moradores de diversas áreas da cidade reclamando dos buracos, do asfalto que foi feito na Vila Regina na Rua Natividade em menos de quarenta dias atrás e que agora esta derretendo. Outra a ser cobrada pelos Apucaranenses é a empreiteira da Sanepar que faz reparos em diversos bairros da cidade, e esquece-se de tapar os buracos e valetas deixadas nas Ruas da cidade, um verdadeiro descaso com aqueles que pagam seus impostos e não estão tendo o retorno desejado. Nesta segunda-feira (22) o Prefeito de Apucarana Beto Preto (PT) disse na Imprensa que vai abrir ordem de serviço de recape asfáltico no Jardim Marissol e no Novo Horizonte, sendo promessas de campanha, mas e o resto que está por fazer será feito quando? É o que perguntam os ouvintes do Jornal Fala Cidade da 98 FM de Apucarana. O Correio de Freitas que é um distrito importante de Apucarana está sofrendo com a falta de asfalto no local. Segundo a moradora que reclamou no ar, pediu uma providência do Prefeito Beto Preto. No Jardim Aviação a situação está calamitosa, mais uma moradora ligou reclamando sobre o descaso do bairro. No Dom Romeu Alberti os buracos estão demais segundo moradores, uma das ouvintes do Jornal Fala Cidade pede providências, pois a Rua São Miguel é uma das mais movimentadas do bairro. No Parque Industrial Oeste em frente à entrada do Núcleo João Paulo as crateras são demais, segundo um empresário que ligou na Rádio para reclamar. O mesmo pede providências por parte da Prefeitura de Beto Preto (PT). No Bairro Andorinhas e no Jardim Cidade Alta mais reclamação sobre a buraqueira, e a Sanepar também foi cobrada pelos moradores;

-O promotor público do Patrimônio Público de Apucarana, Eduardo Cabrini, protocolou na Vara Cível da Comarca de Apucarana a uma Ação Civil Pública de Improbidade Administrativa contra o vereador afastado Alcides Ramos Júnior (DEM), e o ex-vereador e atual vice-prefeito Sebastião Ferreira Martins Júnior (PDT), o Júnior da Femac. Os dois estão sendo acusados de terem utilizado serviços de servidores do Legislativo em benefício próprio durante a campanha eleitoral de 2012. Também foram indiciados na ação por improbidade os funcionários Rachel Michele Weckverth, Thiago Henrique Camotti, Hensei Rocha Burihan e Thaís Angélica Pepato Oliviere. A ação é resultado de dois inquéritos instaurados pelo Ministério Público. O primeiro refere-se a eventuais irregularidades no exercício das funções dos servidores comissionados da Câmara de Apucarana, bem como possíveis irregularidades relativas aos pagamentos de vencimentos desses servidores. O segundo inquérito foi instaurado visando apurar irregularidade em razão do desvio de finalidade dos serviços prestados pelos servidores comissionados da Câmara. Segundo o promotor, as investigações efetuadas no curso dos inquéritos comprovaram as irregularidades, tanto no que se refere ao desvio de finalidade das funções dos comissionados em favor dos vereadores durante a campanha eleitoral. Os gastos com a remuneração desses servidores somaram R$ 348.346,42, o que chamou a atenção da Promotoria de Apucarana. Outra constatação do MP mostra que a prima de JR da Femac Thaís Angélica Pepato Oliviere atuou como assessora de campanha do vereador, deixando de cumprir suas atribuições ordinárias no Legislativo. O que não poderia ter acontecido durante o pleito municipal;

-O Conselho Tutelar de Apucarana está largado às traças na atual gestão do Prefeito Beto Preto (PT). Segundo reclamações no Jornal Fala Cidade da 98 FM nesta terça-feira (29/10/13), a entidade está sofrendo com o descaso da Prefeitura que não fez sua parte em dar uma estrutura conforme as demais administrações estavam realizando. No dia 11 de Outubro deste ano, o AN Notícias trouxe em primeira mão uma matéria conforme relatos de funcionárias que não quiseram se identificar por medo de represálias da Prefeitura, de que o órgão não tinha nem motorista para dirigir na véspera de feriado do dia 12 de Outubro, e por isso as conselheiras não poderiam trabalhar em conjunto com a Polícia Militar de Apucarana. (veja a matéria anterior). Nesta terça-feira (29) a emissora trouxe a informação que o Conselho Tutelar está sem estrutura para funcionar, não possuindo motorista, telefonista, e até gasolina para as Conselheiras que se arriscam em dirigir o carro oficial, nas vistorias de casas noturnas e bares da cidade nos finais de semana e feriados;

-O Prefeito Beto Preto (PT) que fez um empréstimo na semana passada de R$ 15 milhões de reais para serem pagos nos próximos 24 anos, o maior da história de Apucarana nos últimos anos, terá que fazer a máquina romper as fronteiras dos bairros castigados pela buraqueira em que se encontram. O Prefeito que falou nesta semana que Apucarana inteira será recapeada, não sabe do tamanho da cobrança que lhe aguarda, caso num cumpra o que prometeu. Já está sendo cobrado pelo que disse na campanha e nesta semana vários ouvintes ligaram no Jornal Fala Cidade da 98 FM para questionar os buracos que se encontram as Ruas dos bairros Belvedere, Recanto do Lago, Osmar Guaraci, Jardim Interlagos, Jardim Aviação, Jardim Itália entre outros. Um levantamento feito pelo AN Notícias mostrou que a cidade de Apucarana que teria que gastar cerca de R$ 55 milhões de reais para ter asfalto novo, igual ao que foi feito em Jandaia do Sul pelo ex-prefeito Borba que foi considerada a melhor malha viária do Norte do Paraná com apenas R$ 19 milhões de reais, já esta deixando uma dúvida na população Apucaranense;

-Um ouvinte do Jornal Fala Cidade da 98 FM ligou nesta semana para reclamar do estacionamento rotativo de Apucarana. Acontece que desde o início da gestão do Prefeito Beto Preto (PT) que mandou apreender vários documentos da empresa responsável pelo Parquímetro a Lapaza, até os dias de hoje não foi mais tocado no assunto sobre a multa aplicada pela Prefeitura, nem de uma posição do Ministério Público e da Câmara de Vereadores sobre as cobranças prejudiciais do aparelho, e muito menos das multas aplicadas pelos agentes aos motoristas que não tem para quem recorrer. Os ouvintes estão descontentes pelo atendimento prestado dos funcionários da empresa do cabo Zanetti da PM de Apucarana, e muitos estão comentando que o novo sistema de engolir moedas está lesando o bolso dos Apucaranenses. Numa soma rápida mais de R$ 1 milhão de reais por mês é arrecadado pelo estacionamento rotativo de Apucarana;

-Os Apucaranenses estão na bronca mesmo com a Sanepar de Beto Richa (PSDB). A empresa que é responsável por abastecer, tratar a água potável e tratar o esgoto na maioria das cidades do estado do Paraná, pode ser alvo de vandalismo nesta semana em Apucarana. Várias reclamações no Ministério Público, na Câmara Municipal de Apucarana e na Prefeitura de Beto Preto (PT) já não surtem mais efeito. O negócio agora é parar nas redes sociais, nos protestos feitos na cidade, igual ao do ano passado em que moradores lavaram as escadas da Igreja Matriz em protesto a Sanepar. A imprensa virou a maior ouvidoria dos reclamantes, haja vista que, nem o telefone 115 da empresa funciona na cidade de Apucarana, um verdadeiro descaso e compromisso com aqueles que pagam seus talões de água. Nesta terça-feira (05/11/13) ouvintes de duas emissoras de Rádio de Apucarana, e internautas do AN Notícias foram avisados que o povo vai fazer manifesto enfrente a Sanepar de Apucarana, e promete até quebrar o local se o abastecimento de água não voltar ao normal na cidade. Ouça algumas reclamações dos moradores de bairros afetados pela falta d’água na cidade de Apucarana, que reclamam com razão, tanto das obras que a entidade faz e não asfalta, e da falta de abastecimento diário nos bairros;

-Uma moradora do Jardim América na Zona Norte de Apucarana está um veneno contra a Copel e a Prefeitura de Apucarana. Segundo a moradora Cleuza da Rua Ouro Preto 299, depois que um forte vendaval passou por Apucarana, uma árvore caiu na fiação de sua residência e a mesma ficou sem energia elétrica. Acontece que a moradora estava sem o padrão na sua casa que é alugada, e a mais de quinze dias ninguém resolveu o problema dela. Ela ligou no Jornal Fala Cidade da 98 FM de Apucarana na apresentação do Vereador Luiz Magalhães (PT), e disse que a Prefeitura foi até a residência tirou a foto da árvore e não voltou para retirar a mesma do local. A Copel deu um prazo para restabelecer o fornecimento de energia elétrica na residência, porém ninguém fez o serviço até o momento. Esta seria a segunda ligação da moradora no programa da emissora. Cleuza ainda falou mal do Prefeito Beto Preto (PT) e culpou todos pelo descaso que está vivendo;

-Ratazanas, baratas, lagartos, aranhas e escorpiões é assim que o morador da Rua Manoel Gonçalves Neto, 927 no Jardim Interlagos na Zona Sul de Apucarana está vivendo todos os dias pela falta de limpeza por parte da Prefeitura de Apucarana. O morador Leandro Lander entrou em contato com o AN Notícias. O morador Leandro Lander entrou em contato com o AN Notícias e ligou também no Jornal Fala Cidade da 98 FM para fazer a reclamação no ar sobre os bichos peçonhentos que está encontrando na porta de sua casa. Leandro cobra o Prefeito de Apucarana Beto Preto (PT) para mandar uma equipe de roçagem para limpar o matagal que se encontra no final do Jardim Interlagos. Leandro que tem uma filha pequena quer providências urgentes por parte do Prefeito Beto Preto, que visitou sua Rua na época da eleição em 2012. Leandro disse nesta terça-feira (05) ao AN Notícias que se a Prefeitura não realizar a limpeza no local, o mesmo vai procurar o MP de Apucarana e denunciar a administração de Beto Preto. O Prefeito se encontra em Brasília e deve voltar na quinta-feira (07) e terá que tomar uma providência urgente no local;

-A Escola Municipal de Apucarana Bento Fernandes Dias que é em homenagem aos Senadores Osmar Dias e Alvaro Dias foi alvo de uma denuncia séria no Jornal Fala Cidade da 98 FM de Apucarana, e segundo a Mãe Alexia Ferraz seu filho estaria correndo riscos de se machucar e chegando muito sujo em casa pelo matagal e terras que possuem no terreno da Escola. A Mãe falou sobre os espinhos de uma planta que está no Jardim da Escola, e sobre a ausência da diretora da Escola no seu horário de serviço. Como o portal AN Notícias gosta da verdade e de forma clara e responsável busca ouvir os dois lados da denuncia, fomos nesta semana até a Escola Municipal verificar se realmente era verdadeiro a denuncia da Mãe que mora na Vila Nova, bairro ao lado da Escola onde seu filho estuda. Segundo relato da diretora Silmara Alves a denuncia não condiz com a verdade. O parque ao qual a Mãe disse está cercado e com pedrisco, já com relação ao terreno nas administrações anteriores não foi utilizado todo o local para a construção de uma quadra de esportes que foi aproveitada o piso atual da mesma. Sobre o Jardim ao qual há uma planta com espinhos nas pontas, a diretora informou que mandou um jardineiro cortar os espinhos para não machucar as crianças. A diretora concordou com relação ao matagal que se encontra a Escola, devido a Prefeitura não ter no momento um Jardineiro disponível e ter que contratar um Jardineiro terceirizado para fazer o serviço, e que não está encontrando. A diretora ainda falou sobre sua permanência dentro da Escola diariamente, rebatendo a informação dada pela Mãe. Vamos acompanhar a denuncia da Mãe no primeiro áudio da matéria e depois ouvir a entrevista do AN Notícias com a diretora Silmara. Um único detalhe que nossa reportagem constatou na Escola Bento Fernandes Dias é que a Prefeitura de Apucarana precisa dar uma manutenção com urgência na quadra da Escola, pois a cobertura que é feia por telhas de amianto precisam ser trocadas; o alambrado da quadra está perigoso para os alunos, pois várias pontas de arame podem furar alguma criança desavisada do perigo; e o matagal onde era o antigo parque precisa de uma roçagem urgente, pois está perigoso da maneira que se encontra;

-O Ministério Público ajuizou, na última terça-feira (05/11/13), ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra o ex-presidente da Câmara de Vereadores de Apucarana, Alcides Ramos Júnior, e também contra três advogados: o ex-procurador-geral do legislativo municipal, além de outros dois, que são servidores efetivos da Casa de Leis. De acordo com a Promotoria de Justiça de Proteção do Patrimônio Público, os advogados, mesmo sendo funcionários da Câmara, teriam promovido orientação jurídica a Alcides Ramos Júnior e a servidores públicos, durante investigações realizadas pelo Ministério Público. O vereador, atualmente licenciado, responde a duas ações penais e a cinco ações por ato de improbidade administrativa, propostas entre novembro de 2012 e outubro de 2013. Nelas, a Promotoria aponta que Alcides teria desviado dinheiro público e utilizado serviços de funcionários públicos para fins pessoais. “No período em que a Promotoria estava investigando o vereador, os advogados da Câmara fizeram orientações a servidores, a fim de burlar e retardar as diligências para apuração dos fatos. Desta forma, promoveram, ainda que indiretamente, a defesa pessoal do vereador, em prejuízo aos interesses da Câmara e da própria sociedade”, explica o promotor de Justiça Eduardo Augusto Cabrini. Segundo a ação apresentada à Justiça esta semana, os advogados também teriam prestado serviços particulares de advocacia, a pedido do ex-presidente da Câmara, a potenciais eleitores do vereador, o que teria ocorrido durante o período eleitoral de 2012. O Ministério Público pede à Justiça que aplique a Alcides e aos três advogados as sanções da Lei de Improbidade Administrativa, como a perda da função pública, a suspensão dos direitos políticos, a proibição de contratar com o poder público e multa. O advogado citado na questão é o Secretário de Governo de Beto Preto (PT), Petrônio Cardoso;

-A eleição do Partido dos Trabalhadores (PT) em Apucarana ficou marcada por um bate-boca daqueles, entre a candidata a presidência do partido no município e sindicalista Elisabete Costa e o Prefeito Beto Preto (PT) que apóia Luis Carlos Caramori. Segundo a candidata que disputou a presidência neste domingo (10), o alcaide apucaranense e ela se estranharam de maneira bem ríspida e com acusações graves. Segundo a sindicalista e candidata, o Prefeito de Apucarana que apóia a chapa concorrente da de Bete, estaria usando a máquina da Prefeitura para levar vantagem e eleger seu candidato. Bete Costa acusou o Prefeito de estar manipulando o resultado da eleição municipal do partido com uso de carros, o uso do prédio da Prefeitura para reuniões antes da eleição, e disse que irá tomar suas medidas judiciais nesta segunda-feira (11/11/13), independentemente do resultado da eleição;

-Depois das declarações polêmicas do Secretário de Governo da Prefeitura de Apucarana, Advogado Petrônio Cardoso nesta semana entrou numa dividida com o Promotor Cabrini que o investiga por ter assessorado o ex-presidente da Câmara de Apucarana Alcides Ramos JR (DEM), quando o mesmo era presidente do legislativo local, refletiu no paço municipal que seu cargo estaria chegando ao fim na administração petista. Dois jornais de Apucarana divulgaram nesta semana pequenas notas do caso, dizendo que o advogado que é concursado na Câmara de Apucarana poderia estar voltando para seu cargo de origem, assim que o mesmo for exonerado por Beto Preto (PT). Petrônio Cardoso que respondeu a outras investigações polêmicas pelo Ministério Público de Apucarana na Promotoria do Patrimônio Público, disse que “está tranqüilo com relação a estas denuncias e investigações, feitas pelo Promotor Cabrini”, ao qual criticou o trabalho do promotor em um jornal da cidade. Basta saber agora se o Prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT) vai se manifestar deste assunto de mexer ou não, em seu secretariado, pois alguns nomes já balançam negativamente em seu governo. O último que foi exonerado, mas que está quase todos os dias na Prefeitura e em eventos oficiais (só nesta semana foram dois) e visto publicamente com Beto Preto, é o ex-vereador Jacks Dias (PT) de Londrina, aquele que teve problemas no Ministério Público de Londrina e acusado de recebimento de propina na “máfia das merendas”, na gestão de Nedson Michelleti (PT). Segundo o Jornal Portal do Paraná neste domingo (10), o Prefeito de Apucarana deverá começar a fazer suas mudanças de secretários, para tentar melhorar sua imagem perante a cidade;

-O AN Notícias divulgou durante esta semana a enquete voltada ao aumento do IPTU em Apucarana, já que o Prefeito e médico Nuclear Beto Preto (PT), deverá dar um susto no contribuinte Apucaranense em uma “mordida” de quase 20% no imposto. Beto Preto mandou durante esta semana seu secretário de Fazenda Marcello Machado falar na Imprensa que a Prefeitura tem por obrigação em aumentar o imposto que é exigido por Lei, mas que estaria light em ouvir a população em uma audiência pública para definir o valor que pode chegar de 18 a 20% no aumento do IPTU. Para o início de 2014 o Apucaranense que terá vários impostos para pagar, vai ter esse presente de ano novo. Em Arapongas nesta segunda-feira (11) o Prefeito Vigário Beffa (PHS), viu que seu projeto que visava aumentar em 7% o valor do IPTU de 2014 na cidade, foi retirado de pauta na sessão de ontem (11), porque os vereadores que são a maioria oposição, derrubariam seu intento. Já em Londrina moradores de condomínios horizontais entraram em uma batalha judicial contra a Prefeitura de Londrina para reaver valores pagos de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Com a construção de casas e o fracionamento dos lotes, principalmente na zona sul da cidade, o valor do imposto subiu até 50%, o que levou muitos proprietários à Justiça para questionar a legalidade da cobrança. A matéria foi divulgada nesta terça-feira (12) no Jornal de Londrina;

-Várias reclamações na área da Saúde de Apucarana na administração do médico nuclear e petista Beto Preto, voltaram a ser pauta no Jornal Fala Cidade da 98 FM. Falta de remédios e médicos em Postos são as mais cobradas pela população que precisa de pelo menos do mínimo que é ser atendida pelo carro-chefe da campanha de Beto Preto. Duas Mães reclamaram da falta de remédios gratuitos nos Postos de seus bairros, inclusive um caso sério que quase foi parar no Ministério Público de Apucarana pela falta de uma vacina que ficou há mais de setenta dias sem ser dada para uma paciente que tinha feito uma cirurgia grave em Apucarana. Em contato com a família na tarde desta última segunda-feira (11), o AN Notícias foi informado pela Mãe Sonia, que sua filha tomou a medicação que seria para ser dada há setenta dias, nesta última quarta-feira (06). Outra Mãe cobrou de Beto Preto um remédio que sua filha que é criança precisa tomar, e está em falta no Posto de Saúde de seu bairro. Vamos ouvir como foram às reclamações dos ouvintes do Jornal Fala Cidade nos últimos dias, e de outros Pais que pediram melhorias no atendimento de médicos que não estão nos Postos de Saúde, conforme prometido e falado pelo Prefeito de Apucarana. Como tem aqueles que criticam e estão no direito e que são a maioria dos ouvintes, tem a minoria que defendem a Saúde de Beto Preto (PT) também, como é o caso de uma das ligações nesta matéria que fala sobre hospitais. Outras reclamações são de falta de atendimento no Posto de Saúde do Dom Romeu Alberti na Zona Norte de Apucarana, no mesmo posto de Saúde onde um Pai recentemente quebrou a unidade de Saúde na “pancada”, devido a falta de atendimento a seu filho;

-Uma polêmica na manhã desta quinta-feira (14/11/13) na Rua Natividade na Vila Regina Zona Oeste de Apucarana, deu o que falar nas Rádios da cidade pela reclamação e proibição dos moradores da maior Rua do bairro, que não aceitam mais o pó de pedra jogado pela Prefeitura de Apucarana que teve que refazer o trabalho em alguns pontos da Rua Natividade que teve seu asfalto derretido pelo calor. Várias pessoas não deixaram a equipe de obras de asfalto da Prefeitura realizar o serviço. Os moradores indignados com o Prefeito e médico Beto Preto (PT), mandaram um recado para o alcaide petista. “Não queremos comer poeira senhor prefeito, preferimos ficar com os buracos a este pó de pedra aqui na Vila Regina”, disse um reclamante que teve seu recado lido pelo radialista Ciro Domingues nesta quinta-feira na Rádio Nova AM. Na foto o Prefeito Beto Preto no dia da inauguração da Rua Natividade ladeado de Vereadores e Imprensa. Três meses depois asfalto começou a derretar, segundo os moradores;

-Foi por pouco que um pedestre não foi atingido na Praça do Redondo na tarde desta terça-feira (19/11/13) em Apucarana, por um tronco de árvore Guapuruvu de quase duas toneladas. A sorte da pessoa que passava no local foi que ela viu a árvore ceder e correu. O subsecretário de meio ambiente da Prefeitura de Apucarana falou com o AN Notícias sobre o ocorrido, e acompanhou a remoção de parte da árvore gigante que está na Praça do Redondo, a qual é ponto de encontro de traficantes, prostitutas e fica no ponto comercial de Apucarana. Segundo Everton Pires o Prefeito Beto Preto (PT) que voltou de Curitiba, passou rapidamente no local para ver os estragos. A árvore fica ao lado de uma banca que pertencia ao atual secretário de Cultura de Beto Preto Edinei Mansano ano passado. O guapuruvu (Schizolobium parahyba) é uma árvore da família das fabáceas, notável pela sua velocidade de crescimento que pode atingir 3 metros por ano. A árvore é também conhecida como guarapuvu, garapuvu, guapiruvu, garapivu, guaburuvu, ficheira, bacurubu, badarra, bacuruva, birosca, faveira, pau-de-vintém, pataqueira, pau-de-tamanco ou umbela. Foi inicialmente descrita por J. M. C. Vellozo em 1825 sob o nome de Cassia parahyba;

-Mais um grave acidente na manhã de (19/11/13 )de trânsito puxado na cidade de Apucarana. Desta vez outra colisão envolvendo motocicleta na entrada do Núcleo João Paulo I, o maior bairro de Apucarana. Uma entrada errada de um motorista causou a colisão de uma moto que vinha de Cambira para Apucarana e bateu violentamente. Os veículos envolvidos foram um Fiesta de Apucarana, conduzido por Luis Takarima e uma Honda CG de Cambira, conduzida por Adilson Domingues que foi encaminhado para a UPA de Apucarana com fortes dores lombares, e várias escoriações. O local está sendo alvo de vários acidentes, e muitos que moram no João Paulo ligou na 98 FM de Apucarana com uma reclamação ao vivo no Jornal Fala Cidade de Apucarana. Ouça como foi à reclamação de uma moradora do bairro e que trabalha no Parque Industrial Oeste, pedindo melhorias por parte da Prefeitura ou da concessionária da Viapar que é responsável pelo trecho para ser colocado um sinaleiro para evitar os acidentes;

-Após o Vereador José Eduardo Antoniassi (PSDB) vir a público e dizer que seria contrário na votação do projeto de Lei do executivo n 162/2013 que visa mudar as regras de contratação no Conselho Tutelar de Apucarana, foi à vez do Promotor Público da Infância e Juventude Gustavo Marinho falar sobre o caso. Em entrevista a uma emissora AM de Apucarana nesta segunda-feira (18/11/13), o promotor classificou como temerária a decisão aprovada pela Câmara de Vereadores de mudar as regras para a formação do Conselho Tutelar. O projeto de lei prevê o fim da exigência de curso superior para os postulantes a vaga de conselheiro tutelar. Gustavo Marinho repudiou tal atitude do Prefeito Beto Preto (PT) e acredita que quem perde com isso é a entidade e a cidade de Apucarana. O Conselho Tutelar de Apucarana na gestão de Beto Preto está totalmente abandonado, conforme funcionárias estão denunciando o descaso da Prefeitura com a entidade em 2013;

-A enquete desta semana abordou um assunto que gerou polêmica na cidade, após o Prefeito Beto Preto (PT) ir até Brasília e firmar um empréstimo milionário com o Governo Federal pelo programa PAC2, para pagar em 24 anos os R$ 15.800.000,00 mil reais que o Prefeito de Apucarana garantiu que será usado na recuperação da malha viária e construção de novas Ruas com asfalto novo. O AN publicou a enquete durante está semana que teve seu fechamento nesta terça-feira (19), e viu que a maioria foi contrária a tática usada por Beto Preto (PT). Recentemente Beto Preto publicou que iria fazer as obras em vários bairros que não possuem o recurso do asfalto e que necessitam do mesmo. Um levantamento feito pelo AN Notícias mostrou ao vice-prefeito e secretário de Obras JR da Femac (PDT), que Apucarana teria que ter em caixa mais de R$ 55 milhões de reais, só para o asfalto em 04 anos de mandato. Isso é impossível sem ser feito empréstimos pela a administração municipal, pois a Prefeitura não dispõem deste luxo de ter em caixa toda esta dinheirama, mas o problema esta na qualidade do material usado pela Prefeitura de Apucarana, conforme mostra o vídeo do programa apresentado pelo vereador e radialista Paulo Farias da RTV de Apucarana. Na última semana o vereador da base e apresentador de Televisão Paulo Farias (DEM), mostrou em seu programa a situação calamitosa da Rua Natividade na Vila Regina de Apucarana, que foi inaugurada por Beto Preto em menos de 70 dias atrás e teve o asfalto derretido naquele local. Lá o asfalto que está derretendo tem uma das piores qualidades de lama asfáltica. Se a Prefeitura de Apucarana usar este recurso de R$ 15 milhões para asfaltar a cidade por um todo, terá seu dinheiro jogado fora e isso a população deverá questionar e cobrar da atual legislatura. O asfalto que Beto Preto (PT) terá que usar, tem que ter garantias de qualidade e durabilidade, e não igual ao que foi feito aos moradores da Rua Natividade. Veja o resultado da enquete do AN Notícias clicando na galeria de Imagens. Cerca de 64% dos internautas foram contrários ao empréstimo feito por Beto Preto;

-Preparem os bolsos, pois a Prefeitura de Apucarana vai aumentar as taxas do IPTU e autorizou os taxistas a aumentarem suas corridas em 19,5% a partir de Dezembro de 2013. O Prefeito e médico Beto Preto (PT), enviou para a Imprensa nesta semana as alterações de valores das taxas do Táxi na cidade de Apucarana autorizando a categoria a cobrar mais pelos serviços prestados (veja o decreto assinado por Beto Preto na galeria de Imagens da matéria). O aumento que entrará em vigor em Dezembro de 2013 para os taxistas, inclui aumentos na corrida que iria de R$ 4,60 para R$ 5,50. O aumento que não é necessário por enquanto se fará devido à correção inflacionária que a categoria exigiu do Petista e médico Beto Preto, por ser uma reivindicação de campanha em 2012.

IPTU

Já para o seu segundo ano de mandato Beto Preto quer dar um aumento no caixa da Prefeitura. Ele irá dar um presente de ano novo de 18,5% no IPTU de Apucarana. Os carnês já serão confeccionados em Dezembro de 2013, e encaminhados em Janeiro de 2014 para os proprietários de terrenos e residências. Beto Preto quer aumentar a arrecadação que segundo ele “estaria defasada”, sendo que nos mandatos de Valter Pegorer e João Carlos ambos do (PMDB) não foram cobrados este aumento no IPTU. Se colocado na ponta do lápis o aumento de 18,5% nas taxas do IPTU, é considerado ínfimo pela Prefeitura, mas no bolso de quem tem várias casas ou terrenos já começam a pesar. Quem pagaria hoje R$ 50,00 reais de IPTU, vai pagar em 2014 o valor de R$ 59,25 reais. Além disto, as distorções serão revistas e corrigidas para que todos paguem os mesmos valores. Por exemplo, uma casa que paga R$ 50 reais de IPTU, e tem um vizinho que paga R$ 30 reais, terá o valor reajustado em igual para que todos paguem na mesma proporção, sendo sempre para mais e não para menos;

-A prefeitura de Apucarana fez em definitivo o corte da árvore Guapuruvu na Praça do Redondo de Apucarana nesta semana. Em nota a Prefeitura comunicou em seu site que a derrubada de um Guapuruvu, com 40 anos e 10 metros de altura, na Praça Interventor Manoel Ribas (Redondo), em Apucarana, foi necessária. A árvore ficou rachada, após um de seus galhos, com peso aproximado de 2,5 toneladas e 1,5 metro de diâmetro na base, cair sozinho no começo da tarde de terça-feira, (19). O abate da frondosa árvore causou indignação em algumas pessoas, que inclusive entraram em contato com a prefeitura para protestar. Mas a medida foi necessária por causa do risco de queda da própria árvore, que colocaria transeuntes em perigo. O prefeito Beto Preto frisa que é preciso cuidar do meio ambiente, mas, sobretudo zelar pela segurança dos apucaranenses. Em entrevista nesta quinta-feira (21/11/13) em uma emissora de Rádio, o Prefeito petista falou que as criticas seriam por parte da oposição de seu mandato. “Nós vamos fazer uma reforma na Praça do Redondo, pois forças da oposição estão dizendo que nós não estamos tomando conta das Praças da cidade, devido à sujeira, vamos melhorar a iluminação nas Praças”, frisou Beto Preto em respostas as críticas que recebeu na última terça-feira (19) na sessão da Câmara de Apucarana pela Vereadora Telma Reis (PDMB) a qual foi líder do ex-prefeito João Carlos na legislatura passada;

-Para que a tal audiência pública que o Prefeito e médico Beto Preto (PT) teve recentemente em Apucarana, para questionar com moradores sobre a retirada de parte do estacionamento nas Ruas Nagib Daher, Osório Ribas de Paula, Professor João Candido Ferreira e Osvaldo Cruz vai dar o que falar entre empresários e alguns Vereadores, como é o caso do Vereador Gilberto Cordeiro de Lima (PMN). Gilberto apresentou nesta última sessão de terça-feira (26/11/13) um requerimento de número 164/2013 pedindo informações ao Prefeito Beto Preto (PT) sobre a retirada das vagas de estacionamento da Praça Rui Barbosa dos taxistas do ponto 2. Gilberto que já foi chefe da Ciretran de Apucarana está indignado com a falta de vagas para estacionamento na área central de Apucarana. O vereador chegou o “bambu” no Prefeito Beto Preto e no Departamento Idepplan que é dirigido pelo vice-prefeito de Apucarana JR da Femac (PDT). O problema é que Beto Preto retirou os estacionamentos das principais Ruas comerciais da cidade, e criou um caos para os empresários e aos motoristas. O problema constatado pela reportagem do AN Notícias que foi convidada para ouvir empresários, é que os clientes não estão mais achando lugar para estacionar, e com isso, deixam de gastar nas lojas destas Ruas afetadas pela regra aplicada em Apucarana. Sobre o sinaleiro instalado na Rua Ponta Grossa com a Clóvis da Fonseca, Gilberto Cordeiro de Lima disse que quem trabalha no Idepplan não tem ideia do transtorno que causou na Rua Ponta Grossa. “O sinaleiro não deveria estar neste ponto e sim na Galdino Gluck JR, que fica na esquina do Corpo de Bombeiros de Apucarana, é ali que está o maior fluxo de veículos para quem vai pegar a Ponta Grossa ou descer para a Rua Nagib Daher”, frisou o vereador. “Quem está no Idepplan não sabe absolutamente de nada como nós vereadores que estamos nas Ruas, vendo o que está acontecendo no trânsito da cidade, e não precisamos ser formado em faculdade para resolver este problema”. Ouça a entrevista de Gilberto do Trânsito com exclusividade ao AN Notícias.

Prefeitura fez a tal reunião no sábado e levantou polêmica

Até o final da primeira semana de dezembro, o trânsito terá alterações nas ruas Nagib Daher e Osório Ribas de Paula. As duas vias passarão a dispor de duas pistas de tráfego e estacionamento apenas na margem direita. O objetivo da Prefeitura de Apucarana é viabilizar maior fluidez no trânsito, neste setor da área central. As intervenções planejadas foram discutidas na tarde de sábado, no salão nobre da prefeitura. Cerca de 60 pessoas, incluindo comerciantes, profissionais liberais e moradores das ruas Nagib Daher e Osório Ribas de Paula atenderam à convocação feita pela Prefeitura de Apucarana. Antecedendo ao debate, o Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan) apresentou um vídeo que mostrou o tráfego nas ruas Clotário Portugal, Munhoz da Rocha e João Cândido Ferreira, antes e depois das intervenções realizadas. O Superintendente de Trânsito, Silnei Bolonhese, informou que, no caso da Nagib Daher e da Osório Ribas, as alterações podem ser feitas em apenas dois dias, trabalhando durante a madrugada. Acho positivo a prefeitura ouvir as pessoas que vivenciam diariamente a cidade, mas não concordo com essa mudança. Acho que vai reduzir a possibilidade de estacionamento e que, com a Rua Nagib Daher transformada em via rápida podem ocorrer mais acidentes”, criticou o advogado César Vidor;

-UPA inaugurado pelo prefeito João Carlos, no inicio de 2012, já na época pacientes esperavam até 5 horas por atendimento, obra que custou R$ 2 milhões, em local aparentemente inapropriado. Inaugurado com a promessa de melhorar na área da saúde de Apucarana, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), logo após a inauguração, já chamava atenção, das filas imensas e pessoas esperando atendimento, sentadas na calçada o que refletiam a situação no local.O promotor Vilmar Fonseca, do ministério publico de Apucarana, vai investigar a demora no atendimento do UPA em Apucarana, muitas pessoas reclamam da demora do atendimento no UPA, uma paciente fez denúncia ao Ministério Público, depois de ficar por 10 horas para ser atendida. O Ministério Público abriu um procedimento investigatório para apurar o caso, “O que a gente quer investigar é se existem profissionais suficientes, tanto médicos, quanto auxiliares, pro atendimento a população”. Declarou Vilmar Fonseca. O prefeito Beto Preto disse que “Quatro médicos estão afastados numa sindicância, que apura alguns acontecimentos de cerca de 40 dias atrás, isso diminui a possibilidade da nossa escala medica, mesmo assim, nos continuamos dando retaguarda, muitas das reclamações, que vem ocorrendo nos últimos dias, são relacionadas a consultas sem urgência, que deveriam estar sendo realizadas nos postos de saúde”. A UPA tem 34 médicos que dividem em plantões, mas nem todos estão trabalhando, as pessoas que chegam a UPA, deveriam passar por uma triagem, com os devidos encaminhamentos, para que as pessoas que realmente necessitam de um “Pronto Atendimento”, possam serem atendidas com maior rapidez. O prefeito Beto Preto esta sendo muito cobrado pela população, devido às promessas feitas nas campanhas na área da saúde e ainda mais por ser médico;

-Enquanto os moradores de vários bairros agonizam pela falta d'água na cidade por parte da Sanepar, o Prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT), fez uma reunião com a diretoria da Companhia Sanepar no seu gabinete nesta última sexta-feira (29) para tratar de dois assuntos que não tiveram nada haver com as constantes reclamações da população que é o mais básico e importante: A ÁGUA. O prefeito de Apucarana, Beto Preto, recebeu nesta sexta-feira (29/11) membros da diretoria estadual da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). Na oportunidade, foi discutida a situação atual do aterro sanitário e a possibilidade de novas parcerias, como a disponibilização de um equipamento para fazer a trituração e correta destinação de lâmpadas fluorescentes. De acordo com a Sanepar, estão sendo investidos mais de R$ 1 milhão no aterro, em obras de adequação e de implantação de uma nova célula. Participaram do encontro, realizado no gabinete municipal, Emilia Belinati, diretora comercial, Péricles Weber, diretor de meio ambiente, Domingos Budel, gerente de resíduos sólidos e Luiz Carlos Jacovassi, coordenador de clientes da agência regional da Sanepar, além do secretário municipal de Gestão Pública, Nikolai Cernescu Júnior, e do engenheiro Herivelto Moreno;

-Depois de uma séria de reportagens da RPC/TV afiliada da Rede Globo em Apucarana, sobre a demora no atendimento da UPA de Apucarana na administração do prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT) nesta semana na cidade, movimentou a promotoria de Apucarana a investigar o caso após denuncias na 2º Promotoria da Saúde do promotor Vilmar Fonseca que recebeu uma denuncia de que uma paciente, ficou cerca de dez horas para ser atendida em Apucarana. O caso ganhou grande repercussão na Imprensa de Apucarana, pois o Prefeito que prometeu acabar com as filas nos Postos de Saúde, está vendo a UPA inchada, sobrecarregada de pacientes que estão esperando em média 10 horas por atendimento, sejam elas crianças, idosos, mulheres ou homens. A reportagem da RPCTV é bem clara no assunto (clique aqui para assistir), pois fez com que o Promotor investigasse o descaso da administração do prefeito que é médico não solucionar os problemas na área da saúde. Beto Preto que falou que iria acabar com as filas nos postos nos três meses, está vendo seu primeiro ano de mandato na área da Saúde ser um fracasso. Além de reclamações, a falta de medicamentos, médicos e a negligência médica que acabou tirando vidas neste ano na Saúde de Apucarana geraram revolta, cobranças e comoção nos casos. (Relembre a morte do garoto Robertinho pela negligência médica na UPA de Beto Preto). Nesta segunda-feira (02/12/13) o Ministério Público de Apucarana na pessoa do Promotor Vilmar Fonseca, deve conceder uma entrevista coletiva para a Imprensa para falar do caso. Até a gestão do ex-prefeito de Apucarana João Carlos de Oliveira (PMDB), foi citada em comparação ao atendimento na UPA com relação ao tempo de espera dos pacientes. Segundo o site da RTV Canal 38 de Apucarana na gestão de João Carlos de Oliveira (PMDB), a demorar no atendimento da UPA de Apucarana ficavam em 05 horas, e na gestão de Beto Preto o tempo dobrou para 10 horas, o que para o Promotor Vilmar Fonseca é inadmissível. Procurado pela reportagem do AN Notícias o ex-prefeito João Carlos de Oliveira falou sobre a polêmica, pois sua administração foi citada e o mesmo garantiu que a demora na UPA não chegava em 05 horas, não faltavam médicos como falta neste ano, e os Postos de Saúde não ficavam sobrecarregando a UPA de Apucarana a qual sua finalidade é o atendimento de Urgência e Emergência. João Carlos falou que falta gestão administrativa por parte da atual administração na Saúde de Apucarana. Ouça a entrevista com o ex-prefeito de Apucarana e reveja as matérias envolvendo a UPA de Apucarana nos links em azul, e assista ao vídeo da RPC/TV de Apucarana que trouxe o levantamento dos fatos. Deixamos claro que o AN Notícias está repercutindo o que os demais órgãos de Imprensa trouxeram nesta semana, e deixamos o espaço aberto se caso achar necessário, ao Prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT) para responder a sociedade Apucaranense que está cansada de esperar por uma Saúde melhor, a qual o mesmo prometeu durante a campanha de 2012 que iria fazer na cidade de imediato;

-O presente de grego que a população de Apucarana está ganhando da atual administração petista na cidade para 2014, chamou a atenção da Imprensa nesta semana. A partir do próximo mês os apucaranenses vão ter uma surpresa ao receberem a conta de luz. O susto será relativo ao aumento repentino no valor total da fatura, fruto da ação autoritária e indiferente do atual prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT). Sem divulgar para a imprensa local e muito menos informar à população, o prefeito petista cancelou o desconto na taxa de iluminação pública que era concedido a todos os apucaranenses. A assinatura do cancelamento e a sua publicação em Ato Oficial foram realizadas no último dia 04/11/13. O desconto de 12% na taxa de iluminação pública que beneficiava o contribuinte apucaranense foi implantado em janeiro de 2007 pelo então prefeito Valter Pegorer (PMDB) que tinha como seu secretário da fazenda, o ex-prefeito João Carlos (PMDB), onde juntos realizaram um estudo e verificaram a possibilidade dessa redução. Para se ter uma ideia, até o final deste mês uma família que recebeu a fatura de luz no valor total de R$ 100,00, deve pagar em torno de R$ 9,00 de taxa de iluminação pública. Já a partir do próximo mês, com o cancelamento decretado pelo atual prefeito do PT, essa fatura do mesmo valor, será cobrada aproximadamente R$ 10,20 de taxa, o que representa um montante de cerca de R$ 14,40 a mais no período de um ano, isso de uma única residência ou barracão industrial. Um ganho para os cofres da prefeitura e um vazio a mais na carteira do apucaranense. Os moradores de Apucarana vão iniciar 2014 já conscientes que irão pagar a mais pelo IPTU, pela corrida do táxi e mais pela conta de energia elétrica, tudo isso só no primeiro ano do Prefeito Beto Preto que prometeu melhorar a cidade, visa aumentar as arrecadações na cidade sem ao menos consultar seus munícipes. Veja o decreto assinado por Beto Preto na galeria de Imagens;

-Após levar ao conhecimento da população que a partir deste ano de 2013, os novos conselheiros municipais do Conselho Tutelar de Apucarana não precisariam de formação para participar da eleição do Conselho Tutelar que é mantido pela Prefeitura de Apucarana, e nesta atual gestão do Prefeito Beto Preto (PT) que abandonou a entidade nestes primeiros meses de 2013 e conforme matérias anteriores mostradas aqui e na 98 FM, saiu a tão esperada lista de homologação dos que vão poder ter a chance de serem empregados no Conselho Tutelar de Apucarana. Na lista aparecem nomes que chamaram a atenção, por terem ligações políticas com a atual gestão que em vários órgãos de Imprensa, Beto Preto disse que visava à qualidade e oportunidade para aqueles que não teriam a formação escolar superior, a qual foi debatida por dois vereadores em questão que votaram contra a alteração da Lei municipal e repudiada pelo promotor público Gustavo Marinho da Infância e Juventude de Apucarana. Beto Preto autorizou à homologação em edital de número 001/2013 da qual seria esposa do atual secretário de Agricultura João do Carmo Fonseca, Marisa Moraes Veiga Fonseca, e da irmã da Vereadora e sua líder na Câmara de Apucarana Aurita Ferreira Bertoli, Iolanda Ferreira Nadin conforme mostra a publicação do Diário Oficial da Prefeitura de Apucarana no dia 29 de Novembro. Lembrando que a filha de Iolanda Nadin e sobrinha de Aurita Bertoli, Poliana Nadin é funcionária comissionada da Secretaria de Juventude da gestão de Beto Preto, sendo parente da Vereadora Aurita Bertoli empregada na Prefeitura de Apucarana. (clique na galeria de Imagens para ver). Se confirmadas às contratações das mesmas seus salários podem chegar a mais de R$ 2 mil reais mensais. Nos próximos dias, os apucaranenses vão conhecer a nova equipe que será responsável pelo Conselho Tutelar na gestão 2014/2016. Equipe esta que poderá ser composta por pessoas sem o grau de qualificação, como exigidos nos anos anteriores nas gestões de Valter Pegorer (PMDB) e João Carlos de Oliveira (PMDB). Serão empregados 05 novos membros para o Conselho Tutelar e mais 05 primeiros suplentes. A função no cargo terá 40 horas semanais, e o processo terá três fases. A escolha será por votação, e terá uma prova escrita aos candidatos a Conselheiros (as);

-Novamente o clima entre SINDSPA e a Prefeitura de Apucarana voltou a ficar pesado neste ano. A muvuca dentro da Prefeitura ocorreu nesta segunda-feira (09/12/13), após a sindicalista e presidente do SINDSPA Elisabete Costa não ser atendida novamente pelo Prefeito Beto Preto (PT), em audiência que seria realizada para discutir o reajuste salarial aos funcionários da Prefeitura de Apucarana. Beto Preto não atendeu a sindicalista e deixou o “pepino” na mão do ainda secretário Petrônio Cardoso, que não quis atender Elisabete Costa e o clima ficou tenso entre as autoridades. Bete Costa bateu-boca com o secretário Petrônio e a “turma do deixa disto”, teve que intervir dentro da sede do Paço Municipal. Bete disse ao AN Notícias que “quer uma reunião com o Prefeito de Apucarana que não a atende, e vai voltar agora em 2014 a fazer as manifestações contra o Prefeito de Apucarana que não cumpriu com o combinado em dar aumento do INPC que deveria ser dado neste primeiro ano de administração”, comentou. Beto Preto não fala com o Sindicato, pois sabe que não tem condições financeiras de pagar o que exigem os sindicalistas e pelo que foi comentado, o prefeito e médico especialista na medicina nuclear pode não conseguir entrar em acordo com o SINDSPA em 2014, onde o mesmo será cobrado pelos quase 8% que deverá ficar para o próximo ano de reajustes. Elisabete Costa prometeu entrar na Justiça se for o caso para cobrar o reajuste prometido e que será exigido pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana. Sobre o bate-boca com Petrônio, a sindicalista sabe que “Petrônio não tem mais clima dentro da Prefeitura, e que respeita o mesmo, mas que não está sendo atendida como deveria quando vai à Prefeitura de Apucarana”. “Não nos atendem quando vamos lá e marcamos, e isso é uma falta de respeito para conosco, se nos tratam assim, imagina a população”, disse a sindicalista. O AN Notícias tentou entrar em contato nesta segunda-feira via celular com o secretário Petrônio Cardoso, mas seu telefone está fora de área para saber de sua parte como ocorreu a situação envolvendo o SINDSPA;

-Foi nesta segunda-feira (09/12/13) nas dependências da Câmara Municipal de Apucarana, a posse do presidente eleito do PT, Luis Carlos Caramori que venceu a eleição tumultuada e que será anulada pelo TSE, segundo o atual e vigente presidente Natalício de Jesus que não compareceu ontem para dar a posse a Caramori. Os petistas estariam desconfiados da atual diretoria que irá assumir, e muitos não foram até a Câmara. Segundo a Rádio Nova AM a diretoria do PT de Apucarana pediu posse antecipada, o que deveria ocorrer em Fevereiro de 2014. A eleição está para ser anulada no TSE e nem a candidata que disputou Elisabete Costa e nem o próprio Presidente Natalício não compareceram. Quem deu a posse para Caramori foi o vice-presidente Narciso do Prado. Os comentários é que muitos petistas estão descontentes com o que aconteceu no dia da eleição, e depois da eleição, onde até Boletim de ocorrência foi registrado na 17º SDP de Apucarana entre petistas. Caramori teve apoio irrestrito do Prefeito e médico nuclear Beto Preto que viajou novamente para Brasília nesta segunda-feira (09), em menos de 48 horas depois de falar com Gleisi Hoffmann em Apucarana;

-Parece que a tal reforma administrativa ou do alto escalão do médico nuclear e Prefeito Beto Preto (PT), vazou na Imprensa e foi comentada pelo grande locutor Cironédio Domingues o “Ciro” Domingues da Nova AM. Ciro que não quis criar caso e ser banido da Prefeitura como este portal foi pelo Prefeito de Apucarana, resolveu jogar na loteria do achômetro e chutou alguns nomes que poderiam ser as novidades para 2014 na nova equipe “velha”, de Betão Preto, pois o alcaide visa trocar figurinhas do alto escalão, e exonerar o mínimo possível, devido a falta de quem escalar para assumir as broncas da administração petista. Por exemplo na Saúde, o radialista comentou e deixou claro que não seria oficial, mas que foi cogitado que o urologista Hélio Kissina, deve deixar a Secretaria da Saúde e quem assumirá em seu lugar provalmente, seria o dentista e eleito presidente do PT de Apucarana Luis Carlos Caramori, mas tem um porém nesta situação. A eleição do PT pode ser cancelada na próxima semana pelo TSE, mas se não o for, Caramori não poderá assumir o secretariado, a não ser que ele deixe a presidência do PT de Apucarana, pois segundo o estatuto do partido, cargo comissionado não pode estar na presidência do partido, somente com renuncia da presidência do PT local. Se ele fizer isso, quem assumiria seria o vice-presidente do partido que estaria de forma irregular dentro do PT de Apucarana, segundo denuncias feitas pela chapa rival de Elisabete Costa. Ai fica a dúvida de quem seria o novo secretário de Saúde de Apucarana? A pasta é a mais castigada da administração e quem sabe o maior fiasco prometido de Beto Preto que iria acabar com as filas, falta de médicos, remédios e negligências da Saúde Apucaranense. Infelizmente nada disto aconteceu, pelo contrário filas aumentaram, e mortes foram registradas na péssima Saúde de Apucarana. (reveja os casos). Segundo o radialista as secretarias de Esporte, Cultura, Governo, Educação, e Meio Ambiente devem ter as alterações, e dois novos nomes que estavam na gestão Scarpelini devem assumir suas respectivas secretarias. Dr.º Barroso delegado de Polícia deve vir para a Secretaria de Governo, o mesmo foi secretário de Educação na gestão Scarpelini, e Laércio de Moraes que também foi secretário deve ser cotado para o alto escalão a cargo a ser definido por Beto Preto;

-O projeto de autoria do Vereador Vladimir José da Silva do (PDT) e que foi aprovado na Câmara de Apucarana sobre a proibição do uso da Narguilé em locais públicos, não está sendo fiscalizado pelas autoridades competentes. O uso do instrumento que dá o prazer ao usuário de muito fumaça em algumas tragadas, está rolando solto nas praças Rui Barbosa, Praça do 28 de Janeiro e no entorno do Lago Jaboti. Todos os finais de semana, vários jovens usam a Narguilé para fumar e aí vem à questão: Quem vai fiscalizar a Lei aprovada do Vereador Vladimir? Ouça o que o edil falou a nossa reportagem ao saber que sua lei não esta sendo cumprida pela Prefeitura de Apucarana. O edil também comentou o resultado de nossa enquete, onde a maioria da população foi a favor de seu projeto polêmico;

-A bomba atômica com efeito de traque dessa semana saiu na Imprensa falada de Apucarana de que o Secretário de Indústria e Comércio, e que foi candidato em 2012 ao lado do Prefeito e médico nuclear e mais conhecido como Beto Preto (PT), é de que Laércio Costa seria o nome preferido do alcaide para ser candidato a Deputado Estadual pelo (PTN). Laércio que foi um dos nomes não muito bem aceitos quando Preto resolveu nomear seu secretariado no final de 2012, parece que está sendo cogitado e de maneira conclusiva dentro do grupo rachado de Preto para disputar a difícil eleição para a Assembleia Legislativa do Paraná. Muitos acreditam que seria piada de primeiro de Abril a candidatura do secretário, pois comenta-se que ele não tem voto, tanto é que mostrou na eleição de 2012 fazendo 319 votos, mas outros já comentam que o seu parente e empresário do ramo têxtil Felipinho do (PPS), esse sim, poderia ser um nome de consenso no grupo. Basta saber se realmente Beto Preto (PT) quer criar uma nova liderança para a ALEP em 2014, pois os nomes que tinham dentro do partido, já não têm mais interesse, como é caso do terceiro Vereador mais votado em 2012 e mais votado do partido Luiz Magalhães (PT), e de JR da Femac (PDT) atual Secretário de obras e vice-prefeito, que tenta correr por fora, mas já está bem desgastado por até perder poderes de Secretário que lhe era assegurado, foi tirado por Beto Preto. Vale lembrar que as convenções partidárias são no meio do ano que vem, e até lá a situação vai ter que mostrar trabalho, pois Pegorer virá forte nos bastidores e quem sabe até na ALEP, onde irá assumir sua vaga como suplente na próxima semana pelo PMDB. Hoje está mais fácil para a oposição ao prefeito e médico nuclear Beto Preto eleger dois deputados, do que o grupo do alcaide fazer um suplente tanto na Câmara Federal como na ALEP. Láercio Costa disse em uma emissora de Rádio que seu nome estará à disposição do grupo, se caso necessário disputar um pleito em 2014;

-É o clima é de total revolta entre os vereadores de Apucarana por falta de atendimento dos mesmos na Ação Social de Apucarana. Segundo o Vereador Gilberto Cordeiro de Lima do (PMN), os edis estão proibidos de serem atendidos pela assistência social de Beto Preto (PT). Conforme Gilberto Cordeiro disse nesta tarde de quinta-feira (12/12/13), antes da sessão extraordinária da Câmara Municipal, existe uma ordem de que os Vereadores não podem ser atendidos com pedidos, ou algo parecido na Ação Social. Gilberto comentou que uma funcionária mandou recados aos Vereadores, e realmente o negócio foi concretizado. Nenhum vereador consegue ser atendido pelo setor da Prefeitura de Apucarana, e o fato está deixando dez Vereadores irritados, pois só o presidente Deco (PR) teria o privilégio de ser assistido no órgão. Gilberto disse que se continuar desta maneira a administração de Beto Preto em retalhar os Vereadores sem sentido, o mesmo vai dar nomes aos bois e “vai pro pau com a base”. Eu até agora não sei o motivo real desta palhaçada que estão fazendo conosco vereadores, que damos apoio ao Prefeito Beto Preto (PT). O que está acontecendo com essa administração? Questionou o parlamentar do PMN. Recentemente uma funcionária desta pasta foi exonerada pelo Prefeito, devido a perseguições políticas. O ato sai em diário oficial no site da Prefeitura nesta semana. Pelo que se vê a situação está mais do que pessoal dentro da pasta de Assistência Social da Prefeitura de Apucarana. Se com Vereadores já está assim, imagina com a população que vai até o órgão pedir ajuda;

-Uma temporal foi registrado no início da tarde deste domingo (15/12/13) em Apucarana, e causou estragos na cidade. De acordo com o Instituto Tecnológico Simepar, a chuva começou por volta das 13 horas e durou cerca de uma hora. Neste período, foram registradas rajadas de ventos de 46 quilômetros por hora e acumulado de 60 milímetros de chuva. Segundo o Corpo de Bombeiros, houve registros de diversas quedas de árvores e destelhamentos em vários pontos da cidade. A chuva provocou o destelhamento de parte do Cine Teatro Fênix, localizado no centro da cidade. Por isso, uma formatura do Colégio Estadual Nilo Cairo, que deveria ocorrer nesta tarde, foi cancelada, segundo os bombeiros. A forte chuva desta tarde provocou a quebra de vidros do prédio da prefeitura, segundo a assessoria de imprensa. Até as 18h05 deste domingo (15), não havia informações sobre feridos. Na Zona Norte de Apucarana nos bairros Bela Vista e Novo Horizonte, as enxurradas causaram estragos e quase uma criança foi arrastada pela água. Crateras com mais de quatro metros foram abertas e a população se revoltou contra o Prefeito Beto Preto (PT), que havia prometido asfaltar o lugar ainda neste ano. Vários canais de televisão foram ao local e está marcado para esta segunda-feira (16) um manifesto contra a Prefeitura;

-A grande precipitação de água da chuva que atingiu Apucarana na tarde deste domingo (15/12/13) causou inúmeros problemas tanto para particulares quanto para o poder público. Em relação à malha viária, um dos bairros mais prejudicados, segundo a Secretaria de Obras, foi o Jardim América. O maior dano aconteceu em trecho da Rua Independência, onde a enxurrada arrancou boa parte do paralelepípedo em um trecho de cerca de 200 metros;

-Uma forte chuva registrada no início da tarde deste domingo (15/12) em Apucarana causou estragos na cidade principalmente na Zona Norte. De acordo com o Instituto Tecnológico Simepar, a chuva começou por volta das 13 horas e durou cerca de uma hora. Neste período, foram registradas rajadas de ventos de 46 quilômetros por hora e acumulado de 60 milímetros de chuva. Uma Rua inteira teve o asfalto destruído no Jardim Bela Vista, e outra teve que ser refeito uma obra de asfalto novo, já que o paralelepípedo foi arrancado com a força das águas no Jardim América. Veja o vídeo da reportagem de Narciso do Prado da RTV e a matéria da PRC/TV da Rede Globo que entrevistou os moradores do local, que cobraram a Prefeitura de Apucarana pelos estragos ocorridos;

-Saiu no edital do Diário Oficial da Prefeitura de Apucarana nesta segunda-feira (16/12/13), a lista com os aprovados para a segunda fase do Conselho Tutelar de Apucarana. Conforme amostragem e depois da polêmica participação da irmã da Vereadora Aurita Ferreira Bertoli do (PT), líder do Prefeito e médico nuclear Beto Preto e da esposa do secretário municipal da Agricultura João do Carmo Fonseca, Marisa Moraes Veiga Fonseca, saiu a lista com a reprovação das mesmas na disputa por uma vaga no quadro de Conselheiros Municipais de Apucarana. No edital mostra claramente que as mesmas foram reprovadas no teste escrito, depois de uma orientação administrativa do Ministério Público de Apucarana da Promotoria de Infância e Juventude encaminhar para a Prefeitura de Apucarana, a orientação 04/2013. O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Apucarana, através da Comissão de Processo Seletivo Público, acatou a orientação administrativa do MP. Sete candidatos foram aprovados na prova escrita e treze candidatos foram reprovados. O AN Notícias entrou em contato com o Ministério Público da Promotoria da Infância e Juventude, o promotor Gustavo Marinho disse que encontrou a irregularidade na prova com relação à pontuação. “Como foram vinte questões de muita dificuldade, houve a anulação de quatro questões, e com isso, houve a computação de quatro pontos para todos os candidatos, só que a média seria em cima de 20 questões e não dezesseis, conforme a comissão fez, e sendo assim o MP encaminhou a recomendação para correção do resultado, sendo que se não fosse acatado teríamos mais aprovados no concurso de maneira equivocada”, disse o Promotor Gustavo. A promotoria aguarda agora a segunda etapa do concurso, onde será realizada neste final de semana a eleição para a escolha dos cinco titulares do concurso, dos sete aprovados, e dois ficaram na suplência;

-A manobra de querer arrecadar mais em 2014, ano eleitoral e no seu segundo ano de mandato, fez com que o Prefeito “Perfeito” Beto Preto pelo (PT), anunciasse na Imprensa de Apucarana um aumentão generoso para os cofres da sua prefeitura no setor tributário do IPTU. Sua meta agora é elevar lá em cima, o Imposto do IPTU de Apucarana que está ser ter reajuste há mais de oito anos, já sendo um valor até que considerado alto por quem paga. O médico nuclear e prefeito petista que teve como carro chefe a Saúde que ainda anda doente na cidade anunciou um aumento de quase 20% para donos de imóveis na área central da cidade de Apucarana, um verdadeiro susto para os donos de imóveis, pois nas administrações de Valter Pegorer e João Carlos de Oliveira, ambos do (PMDB) este aumento não ocorreu. Foi mudar de Prefeito que os aumentos de Impostos na cidade de Apucarana já ocorreram. Além do IPTU, o aumento da taxa de iluminação também congelado na época de Pegorer e João Carlos, foi aumento por Beto Preto, sem esquecermos é claro da taxa do Táxi na cidade que também teve um aumento. O Prefeito Perfeito disse que vai dar um aumento de 6,5% na periferia da cidade. Outro detalhe que chama a atenção é que em bairros mais valorizados, como o Residencial Cazarin, Jardim Europa, Jardim Espanha, e condomínios fechados, os valores ainda serão definidos pela Prefeitura, mas ao que tudo indica, os percentuais poderão passar dos 20% para os proprietários de terrenos e residências. O caixa da Prefeitura arrecada anualmente com o imposto do IPTU cerca de R$ 6 milhões aproximadamente. O exemplo de arrecadação gera polêmica na cidade, pois quem paga hoje no Residencial Cazarin cerca de R$ 70,00 reais de IPTU vai pagar mais de R$ 750,00 reais em 2014. No Jardim Interlagos para quem paga R$ 26,79 de IPTU vai pagar em 2014 quase R$ 273,00 reais. Isso vai encarecer em outros setores, fazendo um efeito cascata irreversível, pois vão subir os valores de limpeza de terrenos, valores do pagamento de asfalto e o principal que são as casas de ALUGUÉIS, que já estão tendo prejuízos com esta atitude. O Prefeito Beto Preto (PT) disse que seu mandato “está fazendo uma Justiça fiscal”, e que vai processar Pegorer por não ter aumentado o IPTU. Esta é mais uma estratégia do petista em querer aumentar impostos na cidade. Beto Preto fez neste ano de 2013 o maior empréstimo da história de Apucarana para investir no asfalto, quase R$ 16 milhões para serem pagos em 24 anos. Este é o primeiro ano de mandato de Beto Preto (PT) e o presente para os seus munícipes são o aumento de impostos, que há mais de oito anos não se via em Apucarana;

-A Polêmica sobre o aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de Apucarana está dando o que falar neste final de 2013. O Prefeito “perfeito” e médico nuclear Beto Preto (PT), quer por que quer aumentar o IPTU da cidade na tal “Justiça fiscal” que ele determinou para tentar igualar os valores do Imposto na cidade. Beto Preto que informou que vai aumentar na periferia de 6,5%, 20% na área central e mais de 20% nos bairros nobres da cidade, pode faturar o dobro da arrecadação que hoje é arrecadada pela Secretaria de Fazenda do Município. Acontece que os valores vão quase que dobrar na arrecadação do imposto, devido à valorização venal do imóvel. Muitos comentários na matéria que o AN Notícias trouxe nesta semana sobre o aumento, feitos pelos internautas era como que a Prefeitura de Apucarana chegou aos valores do IPTU que dobrariam em questão, se era divulgado um aumento de 20%. Acontece que o valor venal do imóvel também será reajustado, por isso a valorização faz com que o imposto seja aumentado daquela maneira. O projeto pode ter rejeição na Câmara, haja vista que, alguns Vereadores já foram pressionados pelas suas bases eleitorais do efeito em cascata que o aumento do IPTU para 2014 vai gerar na cidade. Alguns corretores de imóveis já temem por crise no setor imobiliário, principalmente pelas casas de aluguéis na cidade que devem aumentar subseqüentemente o valor da locação, e com isso terem menor procura. Neste sábado (21) na Rádio Nova AM de Apucarana o ex-prefeito de Califórnia e atualmente advogado na cidade, Drº. Cirineu Dias falou sobre a manobra de Beto Preto em aumentar os impostos na cidade para gerar mais renda aos cofres públicos da prefeitura. Segundo o ex-prefeito e advogado o atual Prefeito Beto Preto (PT), esta mentindo sobre o reajuste, o valor segundo ele é de 46% na verdade, e não em 20% conforme a inflação. Não existem distorções em Apucarana, segundo ele em debate com o radialista Ciro Domingues. Para Cirineu Beto Preto deveria se preocupar em trazer mais indústrias para a cidade, ao invés de querer cobrar mais impostos. Ele prometeu mobilizar um manifesto na Câmara de Apucarana no dia em que os Vereadores forem votar o reajuste do IPTU que tem a data final até o dia 31 de Dezembro.
A presidência da ACIA também comentou sobre o reajuste do IPTU de Apucarana, e segundo Junior Serea o Prefeito deveria rever esta situação e estudar melhor o caso, não encaminhar no apagar das luzes o projeto de reajuste do IPTU para a Câmara aprovar. Pelo jeito o aumento do IPTU em Apucarana pode parar na Justiça.

PT também tentou aumentar o Imposto em São Paulo

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, negou nesta sexta-feira pedido feito pela Prefeitura de São Paulo para suspender decisão do Tribunal de Justiça do estado que barrou o aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) na capital paulista. A Prefeitura alegou que os recursos são essenciais para investimento em saúde e educação. O argumento não convenceu Barbosa. Ele afirmou que seria necessário um estudo mais aprofundado das finanças do município para comprovar o “risco de ruptura social ou de ruína institucional” alegado pela Prefeitura. “Não se questionam o propósito e a importância dos projetos e das ações que seriam beneficiadas pela arrecadação proveniente do tributo cuja exigibilidade está suspensa em caráter geral. Porém, para que se possa afirmar que os recursos provenientes do aumento do tribunal seriam absolutamente imprescindíveis, seria necessário analisar toda a matriz de receitas e de despesas do ente federado, bem como seus recursos disponíveis (‘em caixa’), contextualizados ao longo do tempo necessário para que o TJ-SP ultime o julgamento das ações diretas de inconstitucionalidade”, escreveu o presidente do STF. Barbosa afirmou que, se o aumento do IPTU for autorizado, “o risco imediato de consolidação de quadros irreversíveis pende em desfavor dos contribuintes”. A Câmara Municipal de São Paulo aprovou o aumento do imposto e, em seguida, o Tribunal de Justiça suspendeu o reajuste. Barbosa explicou que, antes de haver liminar do STF, o próprio TJ paulista precisa julgar o mérito da causa. Esse julgamento deve ocorrer em fevereiro de 2014. “A questão está sendo examinada pelo TJ-SP sem prognóstico de que haverá demora excessiva na apreciação do mérito, ao menos neste momento. Portanto, faz sentido reforçar a confiança na capacidade e no comprometimento do Tribunal de Justiça e dar célere desate ao processo”, escreveu o ministro.O próprio prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, esteve reunido nesta quinta-feira com o presidente do STF. Antes dele, Barbosa se encontrou com o presidente da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, favorável à manutenção da suspensão do aumento do imposto. A Fiesp e o PSDB ingressaram com duas ações de inconstitucionalidade (Adins) contra as pretensões do petista. Em nota, a Prefeitura de São Paulo disse que “lamenta a manutenção da liminar do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) que suspende os efeitos da lei aprovada pelo Legislativo e sancionada pelo Executivo, que reduz a alíquota do IPTU na cidade, promove o reajuste da Planta Genérica de Valores (por determinação da Lei 15.044/2009) e atualiza as regras de isenção e de cálculo de valor venal”. Diz o governo municipal paulistano que irá enviar os boletos de cobrança do imposto com correção pela inflação de 5,6% “para todos os contribuintes pagantes, sem diferenciação”. Caso o STF suspendesse a liminar, o reajuste do imposto se diferenciaria por tipo de imóvel (residencial, em média, 10,7% e comercial, 31,4%) e por localização. A nota acrescenta que bairros como o Parque do Carmo e o Campo Limpo, na periferia da capital paulista, “teriam reduções médias de 12,1% e 2,7%, respectivamente), o que beneficiaria a população mais pobre da cidade”. A majoração do IPTU de São Paulo virou uma novela jurídica e uma disputa política. A Câmara Municipal aprovou o reajuste - de até 20% para imóveis residenciais e 35% para os comerciais -, mas a Fiesp e o PSDB recorreram ao Tribunal de Justiça de São Paulo para suspender a cobrança. O TJ-SP concedeu liminar. A Prefeitura, então, recorreu ao STJ, que negou o pedido e manteve a suspensão do aumento. A Frente Nacional de Prefeitos (FNP) divulgou nota nesta sexta-feira, na qual afirma que a manutenção da proibição indica “crescente e indesejável judicialização da política e uma intromissão em assuntos do cotidiano das cidades”. A entidade defende que os governantes têm autonomia de mudar os tributos municipais, para fazer frente às obrigações que têm. A FNP reclama que são crescentes as demandas por ações de mobilidade urbana e que fica difícil fechar as contas. “Esse tipo de decisão levará vários municípios a graves colapsos financeiros”, afirma a entidade. “Além de cortar gastos e promover ajustes nas despesas, fazendo cada vez mais com menos, será necessário serenidade e muito debate para reverter essa tendência desastrosa para os governos municipais: mais responsabilidades versus menos recursos. Por isso, a FNP reafirma seu repúdio às decisões que intervém nas administrações locais, transformando o trabalho cotidiano e zeloso dos governantes numa gradativa judicialização”, sustentou;

-O projeto de Lei de autoria do executivo de Apucarana por parte do Prefeito e médico nuclear, o “prefeito perfeito” slogan de sua campanha em 2012, Carlos Alberto Gebrim Preto, o Beto Preto (PT) em aumentar o IPTU em mais de 18% na cidade de Apucarana, gerou revolta e polêmica durante esta semana entre autoridades e setor imobiliário em Apucarana. A Câmara votou em sessão extraordinária no fim de ano onde a população está ausente da discussão, este tema grave e que pode quebrar o setor imobiliário da cidade. Acontece que em bairros nobres o valor passará de 20%, no centro da cidade 18% e na periferia quase 6%. O problema é que em oito anos não acontecia o aumento do Imposto e o valor venal do imóvel também será reajustado, fazendo com que o valor que é cobrado hoje dobre na maioria das residências e terrenos. A votação foi de 08 votos a favor e 03 votos contrários, e terá mais duas sessões entre sexta e sábado (27-28). O observatório Social acompanhou a primeira votação e o resultado não agradou, mas sabe-se que, a população é contrária em sua maioria na manobra que Beto Preto (PT) está fazendo no final do seu primeiro ano de mandato. Parte da sociedade civil organizada que é defendido por alguns advogados, o caso vai parar na Justiça e pode acontecer o mesmo que aconteceu na cidade de São Paulo, onde o Prefeito petista Fernando Haddad tentou aumentar o IPTU e o caso parou na Justiça e o STF negou a autorização do aumento do Imposto na capital paulista. A Situação em Apucarana deve chegar aos extremos da Justiça, pois o projeto segundo o OSA seria inconstitucional. A oposição questionou o aumento que o “prefeito perfeito” está causando na cidade. A vereadora Telma Reis (PMDB) disparou esta contra Beto Preto (PT), “em perguntar o motivo do aumento do IPTU, da Taxa de Iluminação e do Táxi tudo neste final de ano para 2014, sendo que Beto Preto fez o maior empréstimo da história de Apucarana neste seu primeiro ano, para asfaltar a cidade, e não se sabe o porquê de tanto aumento de impostos sendo que nada foi feito até agora”, disse a parlamentar. Beto Preto falou antes do Natal em uma emissora de Rádio que o aumento não iria prejudicar o setor imobiliário, que teme uma quebradeira nos aluguéis de residências, pois isso vai aumentar os valores de aluguéis de casas, e o locatário vai ter este prejuízo em 2014. O prefeito e médico nuclear disse ainda que tinha o aval da ACIA, OSA, da Câmara Municipal e da maioria da população, pois ele processou o ex-prefeito João Carlos e Valter Pegorer ambos do PMDB por não terem dado o aumento na cidade, e que estava fazendo uma “justiça fiscal” na cidade. A Câmara Municipal de Apucarana não divulgou em seu site sobre a sessão extraordinária e nem a pauta em questão para votação, o que pode gerar mais polêmica ainda sobre a votação dos projetos de autoria do executivo. Os Vereadores que votaram favoráveis ao aumento são: Deco (PR), Gilberto Cordeiro (PMN), Magalhães (PT), Aurita Bertoli (PT), Ananias (PSDB), Molina (PMDB), Mauro Bertoli (PTB), Paulo Farias (DEM). Os contrários foram Vladmir José (PDT), Telma Reis (PMDB) e Antoniassi (PSDB). O projeto terá ainda mais duas votações para aprovação, sendo que se houver mais dois votos contrários o aumento do IPTU cai na Câmara e é reprovado, coisa que muitos que acompanharam a sessão não acreditam que vá acontecer. O AN Notícias trouxe a informação dias atrás que o setor imobiliário poderá quebrar na cidade, após o aumento do Imposto do IPTU dado de presente ao contribuinte Apucaranense pelo prefeito que se dizia “perfeito” na eleição de 2012 Beto Preto (PT). A perfeição de Beto Preto foi aumentar os impostos neste ano de 2013 para 2014 e conseguir empréstimo milionário parar a população pagar em 24 anos, onde a maioria das Ruas da cidade estão esburacadas. (veja a matéria anterior sobre o aumento do IPTU);

-Milhares de moradores da cidade de Apucarana ficaram a véspera e até no dia de NATAL numa seca danada. O diabo é que a empresa Sanepar cortou o fornecimento de água em vários bairros de Apucarana e a reclamação foi geral. Nenhuma nota sobre o caso foi enviada para a Imprensa e até o 115 da empresa não funciona. Acontece que a incompetência da empresa é tamanha em Apucarana que ninguém consegue resolver o problema antigo, e as autoridades “lavaram as mãos para o problema”, ao que tudo indica o réveillon também deve ser da mesma maneira. A Câmara de Apucarana instalou uma comissão para investigar a situação da falta d’água na cidade e o presidente da comissão é o Vereador Vladmir (PDT). Os moradores dos bairros Colonial, Dom Romeu, Ponta Grossa, Interlagos, Vila Regina, João Paulo I reclamaram da falta d’água na véspera da ceia de Natal e no feriado de ontem (25), uma total vergonha para a cidade de Apucarana;

-A Comissão Especial de Licitação suspendeu o processo licitatório da coleta de lixo, que estava transcorrendo nesta sexta-feira (27/12), no salão nobre da Prefeitura de Apucarana. Das quatro empresas que retiraram o edital, apenas uma compareceu. O processo estava na fase da abertura do envelope com a proposta de preço e foi suspenso pois a única empresa presente – a Sanetran – apresentou proposta de preço em desacordo com o edital. A Sanetran apresentou uma proposta de R$ 124,01 por tonelada de lixo coletado e transportado, enquanto o edital estabelece o valor máximo de R$ 85 para esse serviço.Diante do exposto, a Comissão Especial de Licitação decidiu suspender o processo licitatório para análise;

-Ao que tudo indica não vai ser neste ano de 2013 para 2014 que o Apucaranense que resolveu ficar na cidade para comemorar a virada do Réveillon terá alguma atração especial por parte de nossas autoridades no que diz a queima de fogos e show musical. Nenhum evento oficial foi marcado pela Prefeitura de Apucarana, só a aprovação dos projetos que aumentaram o IPTU de nossa cidade teve uma baita comemoração pelos aliados de Preto na Câmara de Apucarana. Novamente o poder público deixa a desejar neste quesito quando os mais abastados não podem viajar para o litoral, ou cidades mais atrativas que a nossa, onde na maioria pelo menos uma banda anima o Réveillon dos contribuintes. O presente de virada de ano que a administração do médico nuclear e prefeito perfeito vai deixar para o Apucaranense são os aumentos das taxas de Táxis, Iluminação pública e o temido IPTU para 2014. Na Saúde quem procurar os Postos vai precisar de muita sorte, pois neste final de semana em Apucarana a UPA estava sobrecarregada novamente, e muita reclamação sobre a falta de agilidade e competência da atual administração para com o munícipe foi feita. Já que a Câmara de Apucarana vai devolver quase dois milhões de reais para a Prefeitura, poderia ser um pouco sensível da parte do Prefeito e médico nuclear em contratar uma banda para alegrar passagem de ano daqueles que viram uma virada de administração ser omissa em quase seus 365 dias de Governo Pretista e petista na área da Saúde, onde mortes foram registradas e muito descontentamento foi registrado na Imprensa. Espera-se muito em 2014 da nova turma que Beto Preto vai escalar na Prefeitura, e dos investimentos que se prometeu muito e não foi visto na cidade neste primeiro ano. 2014 é ano de eleição, e o eleitor pode vir nas urnas mostrar sua insatisfação perante este governo que ainda não mostrou a que veio, mas foi o que gastou em diárias de viagens para Curitiba e Brasília na história de Apucarana, e o que maior empréstimo da história da cidade foi feito neste ano de 2013 para o asfalto que anda castigado nos quatro cantos do município. Torcemos por uma administração mais competente e complacente para todos, que venha a cumprir o Plano de Governo, conforme vendido na eleição de 2012, e que não venha a falar novamente neste segundo ano de mandato como fez neste primeiro ano, do assunto mais comentado por Beto Preto que foi a tal falta de transição de seu opositor João Carlos de Oliveira (PMDB);

==============================================================================================

2014

==============================================================================================

-O ano novo entrou e já começaram as reclamações na Imprensa por parte da população, ao setor da Saúde da administração do médico nuclear e tido como “Prefeito Perfeito” Betinho Preto do (PT). O médico nuclear que tem mais dois anos e meio para colocar a casa em ordem antes de tentar quem sabe, uma possível candidatura a reeleição na cidade, terá que mostrar que realmente entende de Saúde, pois o que se houve falar nas Rádios de Apucarana é que o Caos continua nos atendimentos que são precários, que a falta de remédios continuam, e que as cirurgias eletivas não estão sendo realizadas no único Hospital de Apucarana, o que é uma verdadeira VERGONHA, para os enfermos apucaranenses que pagam seus impostos para ter um atendimento descente na cidade. Promessas e mais promessas foram feitas, mas de blábláblá, o povo já está cansado. Beto Preto que não conseguiu dar conta do recado no primeiro ano da sua morosa e egocêntrica administração e terá que gastar a maior fatia de recursos recebidos dos Governos do Estado e Federal para colocar a Saúde nos trilhos, pois dinheiro em caixa a Prefeitura de Apucarana têm e não é pouco. Entre recursos dos Governos, empréstimos que Preto realizou neste seu primeiro ano de mandato, com os aumentos de impostos, e mais um empréstimo na área da Saúde, o petista terá cerca de R$ 4.200.000.00 milhões de reais de empréstimos do Cisvir para a Prefeitura de Apucarana gastar em 2014. Conforme edital publicado no site da Prefeitura de Apucarana, o ato foi sem necessidade de licitação. Mais voltando ao assunto das reclamações desta segunda-feira, diga-se, primeiro dia útil de 2014 para muitos Apucaranenses, o alvo das reclamações foi os dois setores do Hospital da Providência de Apucarana: o Hospital Materno Infantil e as cirurgias eletivas que não voltaram a ser realizadas pelos médicos, devido a um impasse no final de 2013 entre Providência e Prefeitura, sendo que o Hospital emitiu nota dizendo que não havia recebido dinheiro do SUS repassado pela Prefeitura, e dias depois, o mesmo Hospital emitiu nota dizendo que estava tudo certo nos recebimentos da verba para pagar os médicos, que não voltaram a fazer as cirurgias quase 45 dias depois do imbróglio. Outra reclamação dita numa emissora de Rádio de Apucarana foi com relação à UPA de Apucarana. Neste final de ano a Unidade de Pronto Atendimento esteve sobrecarregada além do normal, e muitas reclamações por falta de agilidade nos atendimentos médicos foi registrada na Imprensa. O carro-chefe da administração petista do médico nuclear vai ter que se virar nos trinta em 2014, para poder solucionar as graves reclamações que ficaram a ser resolvidas em 2013, e sabe-se lá por cargas d’água, Beto Preto não teve um primeiro ano condizente as suas promessas na Saúde em sua campanha eleitoral de 2012, ao qual o leitor pode acompanhar no BETÔMETRO do AN Notícias, as suas promessas para seu primeiro ano de mandato. Espera-se que neste ano, seja melhor para os enfermos de Apucarana que procuram a rede pública de Saúde administrada pelo primeiro médico prefeito da história da cidade. Nos próximos dias o Ministério Público de Apucarana volta das férias forenses e a Promotoria Pública da Saúde na competência do Promotor Vilmar Fonseca, vai apurar essas e outras reclamações no tocante a Saúde pública de Apucarana. O MP divulgou no final de 2013, que um paciente leva 10 horas para ser atendido na UPA de Apucarana na gestão de Beto Preto (PT), sendo que em 2012 na gestão de João Carlos de Oliveira (PMDB) eram de 05 horas de espera. O resultado deste processo ainda não foi divulgado pelo Promotor Vilmar Fonseca, que deverá falar a respeito do caso, assim que voltar de férias;

-Quando o AN Notícias trás informações das reclamações da população nas Rádios de Apucarana, sobre a Saúde da atual administração petista na cidade, que está pior do que ficou no ano anterior do prefeito João Carlos de Oliveira, mostramos a realidade vivida pelo Apucaranense, sem intenção alguma de denegrir a atual administração que tem feito o que pode para tentar solucionar os graves problemas enfrentados no dia-a-dia da Saúde doente da cidade, mas cabe enfatizar que falta um pouco mais de empenho e coragem na hora de resolver os problemas citados pela população que está no seu direito democrático de cobrar aquele que mexeu nos sonhos dos enfermos durante a campanha de 2012. Novamente a Saúde de Apucarana administrada pelo Prefeito “perfeito” e médico nuclear Beto Preto (PT), voltou a ser pauta no Rádio nesta primeira semana de Janeiro de 2014 em Apucarana. A reclamação foi nesta quinta-feira (09) na Rádio 98 FM no Jornal Fala Cidade. Como no ano passado a maioria da população acreditou que Beto Preto (PT) iria resolver as pendências da área da Saúde e revolucionar o setor mais cobrado e criticado em todo o nosso país, vimos que o Prefeito e expert na área ao qual ele milita ha anos como médicos nuclear, terá muito trabalho pela frente, e o pior que seu Secretário de Saúde já pediu o chapéu nesta semana pelo que foi divulgado por outros colegas de Imprensa em Apucarana. Essas cobranças já nesta primeira semana de 2014 na área da Saúde relatam que a situação está pior do que muitos imaginavam. Uma paciente de Apucarana ligou na 98 FM no Jornal Fala Cidade apresentado por Luiz Magalhães reclamou ao vivo no ar, por não estar tendo atendimento de consultas na rede do SUS de Apucarana. A mulher que está com problemas no Joelho, ligou para pedir às autoridades que cuidam da Saúde de Apucarana agilidade nas consultas e nas ressonâncias magnéticas que a mesma não consegue a consulta desde a metade do ano passado, no primeiro ano de gestão do médico e prefeito Beto Preto (PT), que prometeu em campanha solucionar todos os problemas de Saúde em Apucarana;

-A Coleta Seletiva do lixo reciclável em Apucarana está sendo falha e gera reclamações em diversos bairros em Janeiro de 2014. Tem sido comum os registros de cidadãos descontentes com o trabalho da Cocap, já que o material depositado na lixeira não está sendo coletado. As fotos são registros de moradores do centro e região do João Paulo que reclamam da coleta. A Cooperativa alega que os problemas estão relacionados ao aumento na demanda de lixo em virtude do final do ano, mas que o problema será equacionado;

-Moradores da Rua Carlos C. Netto no Residencial Ouro Fino pedem ajuda para resolver o problema da erosão que levou parte da rua. Moradores precisaram improvisar uma ponte de madeira no local para entrar em casa neste início de 2014. A prefeitura até agora não atendeu a reivindicação dos moradores;

-Já diz o ditado que “a política é a arte de enganar as pessoas”, e em Apucarana parece que ela é levada a risca por determinadas pessoas. Durante as eleições de 2012 em um Debate da Igreja católica de Apucarana, o então candidato Carlos Alberto Gebrim Preto o Beto Preto (PT), assinou uma plataforma com o Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana (SINDSPA) em cumprir suas exigências feitas pela entidade e a Prefeitura de Apucarana. No primeiro ano de mandato Beto Preto entrou em atrito com o SINDSPA e não deu o percentual de aumento almejado pelos servidores, ficando sobre o INPC. Agora em 2014 o Sindicato exigiu quase 15% de reajuste e o prefeito e médico nuclear não atende mais o Sindicato e seu corpo administrativo, e fará um reajuste até o final desta semana para ser aprovado em sessão extraordinária na Câmara em 6,78%, o que desagradou de vez com o Sindicato dos Servidores. Agora a guerra do Sindicato e a Prefeitura ganha corpo e voz nas Ruas novamente, só que desta vez Beto Preto terá que engolir as manifestações que vão pairar na porta da Prefeitura, pois não cumpriu com o que prometeu e assinou lá atrás com a presidente do Sindicato Elisabete Costa. A Bete do Sindicato dos Servidores disse que isso é de direito dos servidores em repudiar o pífio aumento dado pelo alcaide apucaranense, e defenestrou o que um órgão de Imprensa disse que seria por cunho político, onde a mesma teria interesses de ser candidata a deputada estadual, o que é uma inverdade e cômico, disse a Sindicalista ao AN Notícias. Em coletiva nesta última sexta-feira (10) a Sindicalista informou que vai voltar com as manifestações e chamou o Prefeito petista Beto Preto de cara-de-pau;

-Está cogitado nesta semana a troca de mais um secretário de Governo da administração petista de Beto Preto o médico nuclear que já deu baixa em duas Secretarias até o momento. A secretaria de Governo que está vaga, e a Secretaria de Saúde que com Roberto Kaneta como interino, deve ter novo companheiro no alto escalão nos próximos dias. Foi divulgado nesta segunda-feira (13) que o professor Denilto Laurindo, mais conhecido como “Dênis”, que é do PC do B, se reuniu por algumas horas com o prefeito Beto Preto no último sábado (11) por ser do partido do ministro dos esportes Aldo Rebelo no governo Dilma. Quem deve cair nos próximos dias e pedir o chapéu da administração de Beto Preto (PT) será a profissional titular da pasta desde Janeiro de 2013 Dione Gaspar.


Quem é o Professor Dênis futuro secretário de Beto Preto


Segundo informações do próprio Facebook do novo secretário de Beto Preto, o Professor Dênis Laurindo é membro do PC do B há vários anos, sempre militou na política, é defensor do movimento contra o racismo, sendo uma causa nobre e justa. Ele também é fã de Bob Marley e é músico nas horas vagas e sempre está participando de reuniões estudantis e nos movimentos da APP Sindicato na capital Curitiba e em Apucarana. Pela segunda vez esteve na campanha municipal apoiando o PT de Apucarana;

-É está à administração do Prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT) em Apucarana. Falta de médicos nos postos de Saúde, remédios e agilidade na UPA de Apucarana são as reclamações diárias da população que não agüenta mais o descaso e a falta de compromisso daquele que vendeu ilusões na eleição de 2012, ao falar que iria acabar com as filas dos Postos e ter a melhor equipe médica nos Postos de Apucarana. Nesta segunda-feira (13) mais uma reclamação foi falada nas emissoras de rádio de nossa cidade. Uma moradora entrou em contato com a Rádio Nova AM e pediu solução ao Prefeito municipal em colocar um médico ginecologista na UBS Osvaldo Damin na Vila Martins – Rua Rolândia, pois o profissional está sem atender na Vila Martins desde Julho de 2013, exatos sete meses. Na semana passada novamente médicos, a UPA e o Hospital da Providência foram os alvos das constantes reclamações na Imprensa de Apucarana. Pelo jeito, Beto Preto esqueceu-se da lição de casa e de seu juramento como médico profissional, apesar de sua área ser a medicina nuclear que é melhorar a Saúde pública da cidade;

-A Prova 28 de Janeiro de Apucarana realizada como uma das atrações e sempre tradicional no calendário esportivo mundial, desta vez não terá sua principal atração internacional, ou seja, os corredores africanos papa títulos, não foram convidados, segundo informações de uma emissora de Rádio da cidade. O fato chamou a atenção, pois sempre a mídia destaca a participação desses atletas tidos como favoritos, e neste segundo ano da gestão do Prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT), os pupilos do mestre Coquinho, não devem correr na cidade. O motivo pode estar ligado à premiação deste ano, mas não foi oficializada pela equipe do professor Coquinho. Informações dão conta que a Prefeitura de Apucarana poderá gastar até 90 mil reais para realizar somente a corrida. Secretaria de Esportes da Prefeitura de Apucarana definiu para o dia 1º de Fevereiro a realização da 52ª Edição da Prova Pedestre 28 de Janeiro. A prova terá largada às 20 horas da Praça Rui Barbosa, com percursos de 5 km e 10 km. A prova Vinteoitinha terá largada às 15h30. As inscrições tiveram início dia 2 de Janeiro e prosseguirão até 28 de Janeiro. Para a prova principal (10 Km) a premiação total deve chegar na casa dos R$ 22,7 mil reais;

-O AN Notícias no final do ano trouxe uma das enquetes que mais votação teve, e mostrou a insatisfação do Apucaranense com a atual administração egocêntrica e enfadonha de Beto Preto (PT), que aumentou os impostos no final do ano na cidade, e gerou revolta em vários setores por causa do IPTU que nem audiência pública existiu para saber se o povo era favorável ou contrária ao aumento do Imposto. Em nossa enquete mais de 80% dos internautas que votaram durante duas semanas, mostraram que o aumento é impróprio para 2014, pois há vários anos o preço estava congelado em Apucarana. (veja o resultado na galeria de Imagens). A Subseção da OAB de Apucarana deve entrar nos próximos dias com uma ação na Justiça para derrubar o aumento do IPTU em Apucarana, aprovado no final do ano passado as pressas pelo prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT). Tudo indica que a presidência da entidade em Apucarana quer que o Imposto Predial Territorial Urbano, seja discutido entre a população e o poder público de maneira ampla e sem prejudicar A ou B. O problema é que não houve uma audiência pública sobre o assunto, simplesmente por que o Prefeito da cidade quer aumentar o faturamento em caixa para ter neste seu meio de mandato, caixa para contrapartida em empréstimos que Preto pretendo fazer em Apucarana. Seguindo exemplos de demais cidades onde o IPTU foi aumentado significativamente, a OAB de Apucarana deve mover a ação não em retaliação ao que vem sendo pregado por esta administração enfadonha, mas sim para que a verdadeira justiça fiscal seja feita com auxílio da população. Fernando Gameiro disse que “vai ouvir seus colegas de profissão e membros da OAB para saber o melhor caminho a ser tomado, e repudiu os aumentos em final de ano sem a consultoria da população por parte da Câmara Municipal e Prefeitura”. Vale lembrar que se a OAB não fizer esta movimentação jurídica na Justiça de Apucarana, outra instituição que pode impetrar com uma ação de imediato é o Ministério Público de Apucarana. A OAB volta de suas férias no dia 20 de janeiro de 2014 em Apucarana;

-O inferno astral do prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT) em Apucarana já começou em 2014. Se o alcaide egocêntrico e enfadonho quase não fez nada em 2013, já tem muito trabalho para fazer neste primeiro mês de 2014. Beto Preto que sempre alega em suas entrevistas a falta de transição e de precariedade que atualmente vive a Prefeitura de Apucarana, não vai poder esconder o jogo dos Apucaranenses que votaram na maioria em seu nome nas eleições de 2012, no qual no ano passado fez o maior empréstimo da história de Apucarana para aplicar em asfalto na cidade, sendo mais de R$ 15 milhões de reais para serem pagos em 26 anos. Nesta segunda-feira (13) moradores do maior bairro e vizinhos do ex-prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB), resolveram fechar a Rua Rio Formoso com barricadas por causa dos buracos, e sentaram a borrachada no atual prefeito “perfeito” que prometeu uma coisa na eleição e não fez nada até agora. As broncas dos moradores com o atual prefeito são várias, principalmente asfalto, remédios no Posto de Saúde que já falta desde o ano passado, e o matagal. Na verdade o maior bairro de Apucarana está abandonado desde o ano passado, e os moradores já sentem saudades do ex-prefeito João Carlos de Oliveira que foi lembrado na reportagem ao AN Notícias da seguinte maneira – “se com o João Carlos estava ruim, com o Beto Preto está pior ainda, a situação que se encontra o Núcleo João Paulo I”, enfatizaram os moradores que estão irados com o tamanho das crateras que o bairro apresenta. Veja os buracos e ouça a população que votou em Beto Preto que nunca mais foi visto no bairro, desde a campanha de 2012 a qual nós mostramos aqui sua última aparição no João Paulo antes das eleições acabarem em 2012. Segundo os moradores nem Beto Preto e nem nenhum vereador foi verificar a situação lamentável em que se encontra o bairro que possui mais de 35 mil habitantes na Zona Oeste da cidade;

-É a coisa não anda fácil para o Apucaranense nos últimos tempos, que diga lá quem mora nos bairros onde Beto Preto só passou na campanha em 2012 e nunca mais foi visto por lá. É o caso do Núcleo João Paulo I o maior bairro de Apucarana (uma cidade do tamanho de Ivaiporã com 35 mil habitantes). A moradora Ana Paula da Rua Rio Pirapó, 617, ligou na 98 FM para reclamar do matagal onde a reportagem do AN Notícias foi chamada no final da tarde desta segunda-feira (13), para fazer as entrevistas com os moradores que fecharam a Rua Rio Formoso, e verificamos que a informação da moradora é verídica . Um matagal tremendo que dá para se esconder e encontrar bichos e mais bichos, e pelo que se vê, não é feito uma roçagem há muito tempo pela prefeitura do tido como Prefeito “perfeito”, o qual é o médico nuclear Beto Preto (PT), uma verdadeira vergonha como se encontra a nossa cidade;

-Na tarde desta segunda-feira (13) a presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana, Elisabete Costa conclamou a Imprensa para acompanhá-la até o gabinete do Prefeito Beto Preto (PT), onde seria lida uma ata entre a Prefeitura e o Sindicato que tentam negociar o aumento salarial prometido por Preto quando o mesmo havia assinado uma plataforma na época da eleição de 2012, se comprometendo em dar os reajustes solicitados pelo Sindicato dos Servidores Municipais e ficar em sintonia com o mesmo, mas na prática a coisa foi é outra praticada pelo alcaide apucaranense, e o que irritou a direção do SINDSPA. Beto Preto não atendeu o Sindicato e nem a Imprensa nesta segunda-feira (13), e evita a tocar no assunto desde o ano passado quando não cumpriu o primeiro aumento de sua administração, já neste segundo ano, novamente o médico nuclear não vai dar o aumento solicitado e o desgaste em sua imagem como “homem que não cumpre palavras”, aumenta. Bete do Sindicato agora vai para a Promotoria de Justiça de Apucarana, e alegou em entrevista coletiva no final da tarde de ontem (13), que “a Prefeitura não paga porque não quer, pois dinheiro em caixa tem, e Beto Preto disse que iria contratar 150 cargos comissionados, o que na prática hoje ele já possui mais de 300 comissionados e que ela vai entregar a lista ao Ministério Público de Apucarana nesta semana”.Esta lista é aguardada pelo Promotor Eduardo Cabrini que já estava de olho nas manobras praticadas por Beto Preto, com relação aos parentes e mais parentes nomeados em sua gestão, sendo que o atual prefeito criticava veementemente o seu rival João Carlos de Oliveira de praticar tais nomeações, e que hoje faz a mesma coisa. O sindicato não terá o aumento de 15% exigidos e vai ter que se contentar com os 6,78% que Beto Preto quer pagar. O procurador do município Paulo Vital advogado de Beto Preto (PT), falou com o AN Notícias sobre a situação e alegou que a Prefeitura está quebrada, e negou que o número de comissionados seja este, apontado pelo SINDSPA. O aumento salarial deve sair nos próximos dias, mas fontes da Imprensa revelaram que a situação está tão tenebrosa entre Prefeitura e Sindicato, que Beto Preto pode dar uma retaliação e aprovar o aumento de 6,78% só para Maio;

-Enquanto moradores do Núcleo João Paulo I de Apucarana fechavam a Rua Rio Formoso na Zona Oeste de Apucarana, o Prefeito “perfeito” Beto Preto (PT) estava curtindo os paraquedistas pularem no Aeroporto Capitão João Busse neste domingo (12), conforme a própria assessoria de Imprensa da Prefeitura divulgou nas redes sociais, o prefeito sorridente e curtindo a festa dos aviões. Os fatos aconteciam no mesmo horário em Apucarana, e os moradores revoltados pediam a presença do Prefeito petista que nem deu bola para o acontecido. Beto Preto foi se mexer com relação às borrachadas que levou nesta segunda-feira (13), depois que as reclamações caíram na Imprensa regional. Nesta terça-feira (14) o prefeito de Apucarana mandou fazer um tapa-buracos de urgência na Rua Rio Formoso, mas o bairro inteiro está castigado com a malha viária deteriorada. Veja como foi à reclamação dos moradores que já avisaram que Beto Preto que está sumido do bairro há mais de um ano e alguns meses, não terá mais voto no local. O fato ocorrido é quase uma quadra da casa do ex-prefeito de Apucarana João Carlos de Oliveira (PMDB), que foi lembrado ontem na reportagem do AN Notícias como o único que mandou fazer as coisas no bairro em 2012.

Veja a nota da matéria onde Beto Preto foi visto no Aeroporto, enquanto o protesto no João Paulo acontecia

Mesmo com o sol teimando em não brilhar no fim de semana, foi um sucesso o 1º Festival de Paraquedismo o realizado no Aeroporto Municipal Capitão João Busse. Segundo cálculos estimativos da Guarda Municipal (GM) o evento foi prestigiado por um público de aproximadamente 10 mil pessoas, na tarde de sábado e no domingo durante todo o dia. A aeronave da Sky Diver´s fez um total de sessenta decolagens para saltos simples e duplos, superando as expectativas mais positivas dos organizadores. O público presente vibrou com os saltos e pousos perfeitos dos atletas da Sky Diver´s. Muitas pessoas tiveram a oportunidade de sentir a emoção da queda livre, sendo sorteadas para saltos duplos, acompanhadas de instrutores. Um dos mais entusiasmados no festival foi o empresário “Carlinhos da Eletroforte”, que ficou até surpreso com a presença de grande público e do número significativo de pessoas que se dispuseram a saltar. O Festival de Paraquedismo foi incrementado com a doação de vôos panorâmicos pela ABS Indústria de Aeronaves e pelo show proporcionado pelo comandante Marcos Lira. Com seu monomotor RV7, que atinge velocidade de até 350 km/hr, Lira fez o público vibrar com várias acrobacias e vôos rasantes a um metro do solo. O prefeito Beto Preto também prestigiou o festival no sábado e no domingo, acompanhado de sua família. Ele fez questão de parabenizar os organizadores e, principalmente, o grupo Sky Diver´s, a ABS Aeronaves e o comandante Lira. “Foi uma belíssima festa para abrir a programação comemorativa aos 70 anos de Apucarana”, ressaltou Beto Preto;

-Na segunda-feira (13), integrantes da Prefeitura Municipal de Apucarana, reuniram no auditório do CREA, com engenheiros, arquitetos, imobiliaristas, para tratarem sobre a “Verticalização dos bairros de Apucarana”. O Canal 38 entrou em contato no CREA, mas não obtivemos informações da reunião, pois somente foi cedido o local à prefeitura. Segundo informações, os prédios podem começar a surgir em alguns bairros de Apucarana. Com acréscimos de novas áreas, para receber as edificações, conforme revisão do Plano Diretor. Na reunião ocorrida é para tratativas na revisão técnica do Plano Diretor. A prefeitura chama de verticalização, “Construção de prédios em regiões onde hoje não é permitida”, será apresentado proposta alterando o código de obras em alguns bairros da cidade, onde hoje são permitidos somente a construção de dois pavimentos e a ampliação do perímetro urbano do município. E sobre o agendamento de audiências públicas para discutir a revisão do plano diretor com a população. Nós do Canal 38, achamos que as audiências públicas não podem continuar ocorrendo por um pequeno número de pessoas e ainda compostos de correligionários e funcionários públicos. E o plano diretor, não pode vir de encontro com os interesses de algumas pessoas (investidores) que já adquiriram terrenos para construção de prédios, e agora fazem “lobby” para mudança do plano diretor, para obterem ganhos imobiliários, Milionários e caso venha se concretizar, pode vir a ser caracterizados alguns crimes. Existem certos empresários que são inescrupulosos, que tentam tomar o poder em todas as esferas, na base da corrupção, do suborno, enriquecem e prejudicam de todas as formas possíveis os menos favorecidos pela sorte;

-O bom e velho radialista e apresentador de TV em Maringá e Apucarana Pinga-Fogo deu um sermão nesta quarta-feira (15), na administração do prefeito “perfeito” e médico nuclear Beto Preto (PT) que ainda se acha o cara da eleição de 2012. O recado foi com relação aos reclames que Beto Preto vem tecendo na própria emissora Nova AM e em um jornal que mais parece assessoria da Prefeitura, onde Preto volta sempre a falar sobre a falta de transição, assunto este que já deu canseira em seu eleitorado, e sobre a suposta dívida que a Prefeitura de Apucarana herdou de seus antecessores, só que os valores não são revelados. Pinga-Fogo que participa em ocasiões especiais na emissora, pois seu foco é mais a Band de Maringá, disse que Beto Preto tem que pensar pra frente e parar de ficar choramingando por causa de situações financeiras, pois Beto Preto foi eleito para mudar a situação e não ficar reclamando de antecessores ou dívida maldita. Pinga-Fogo ainda comentou sobre os protestos e as reclamações sobre o IPTU que Beto Preto aumentou em 2013 em 18% em Apucarana, onde a maioria da população foi contrária e os internautas do AN Notícias na enquete mais de 86% repudiaram o aumento dado pelo prefeito “perfeito”;

-A Praça 28 de Janeiro no coração da cidade de Apucarana está largada as traças pela atual administração do prefeito “perfeito” Beto Preto (PT). O prefeitão de Apucarana que mora há duas quadras da Praça, nem se quer cuida do local como deveria. A Praça que é visitada diariamente por esportistas que fazem caminhadas e é ao lado do Clube 28 de Janeiro, é tida como ponto de encontro de usuários de drogas, e o seu banheiro virou motel, mocó de traficantes, e até bichos estão se procriando no local com uma caixa cheia de cachorrinhos. A denuncia foi feita novamente no Rádio Apucaranense pelos freqüentadores do local, que perguntam onde está a Guarda Municipal para cuidar da segurança do local, e onde está à equipe de limpeza da Prefeitura que não dá um suporte para limpar a praça, pintar e deixar o banheiro em condições de uso. Um verdadeiro desleixo da atual administração com uma das principais Praças públicas da cidade;

-A Prefeitura de Apucarana realiza na quinta-feira (16/01), às 20 horas, no salão nobre Michel Soni, audiência pública para discutir e debater a possibilidade de adotar fiscalização eletrônica de trânsito em Apucarana. Segundo vice-prefeito e diretor presidente do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan), Júnior da Femac, houve um grande aumento de acidentes na cidade, principalmente nas Avenidas Minas Gerais e Governador Roberto da Silveira. “É uma decorrência do elevado número de veículos em Apucarana, em torno de 70 mil, que se somam a outros cerca de 20 mil que passam por aqui diariamente. É uma frota de quase 90 mil veículos dividindo espaço no dia a dia com motociclistas, pedestres e ciclistas”, analisa Júnior. Diante da necessidade de se adotar instrumentos que tragam mais segurança no trânsito, o prefeito Beto Preto solicitou ao Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan), em meados de 2013, um estudo apontando os locais de maior incidência de acidentes na cidade. “Através de um levantamento realizado em parceria com a Polícia Militar, Guarda Municipal e Polícia Rodoviária Federal chegamos a um mapa com os pontos críticos. Com base nestes dados, o Idepplan elaborou uma proposta que vai ser apresentada na audiência pública sobre a adoção ou não de fiscalização eletrônica de trânsito, através de instrumentos de controle de velocidade, como radares e lombada eletrônica, e de controle de semáforo, com detectores de veículos que furam o sinal vermelho”, informa Júnior da Femac, reiterando que o foco é a segurança no trânsito e não a arrecadação. A audiência pública é aberta a todos cidadãos, que podem opinar sobre o tema.

Radares

Na gestão passada de João Carlos de Oliveira (PMDB), está ideia de instalar radares igual ao que o atual Prefeito Beto Preto (PT) quer e vai fazer, foi abortada pelo ex-prefeito, devido a polêmica de multas que seriam geradas, e sobre quem prestaria os serviços de monitoramente e manutenção dos equipamentos, pois a cidade tinha radares na extensão da Avenida Minas Gerais anteriormente, e foram desligados pela falta de manutenção e notificações indevidas. A solução segundo engenheiros para evitar-se acidentes nas duas Avenidas que saem em rodovias seria a instalação de mais semáforos, e até lombadas sem a necessidade de ter gastos com radares ou lombadas eletrônicas, devido o compromisso que a Prefeitura teria com a empresa que venceria a licitação para cuidar deste setor, haja vista que, muitas empresas abandonam os compromissos como se vê Brasil a fora;

-Novamente as farmácias públicas dos Postos de Apucarana estão deixando a desejar na administração do médico nuclear e petista Beto Preto, que já está sendo investigado pela Promotoria Pública de Apucarana na pasta da Saúde sobre estas falhas grotescas de seu mandato. Uma avó identificada como Elaine Miguel fez a reclamação em uma emissora de Rádio nesta quinta-feira (16) e pediu providências para a Autarquia municipal de Saúde, resolver o problema. A falta do remédio seria paracetamol e penicilina para sua neta, que estão em falta na Autarquia Municipal de Apucarana. A mulher teve que ir até uma farmácia para comprar o remédio receitado pelo médico que atendeu sua neta;

-A cada dia que se passa da administração do médico nuclear e intitulado na sua campanha em 2012 como prefeito “perfeito” Carlos Alberto Gebrim Preto (PT) de Apucarana, a população vai conhecendo o jeito da cidade ser administrada por ele e sua equipe. Denuncias e mais denuncias várias e várias reclamações diárias na Imprensa, na Promotoria Pública de Apucarana vão chegando ao conhecimento da população, que não aguenta mais as falhas na Saúde municipal de Apucarana. Beto Preto que mudou recentemente seu secretário de Saúde terá que se explicar próximo ao aniversário de Apucarana que fará dia 28 de Janeiro seus 70 anos, que não conseguiu resolver as filas nos Postos, as faltas de remédios, faltas de médicos e agora uma nova atitude de tentar deixar os pacientes do Posto de Saúde João Marioto na Vila Formosa área central de Apucarana, para fora da UBS durante a chegada dos mesmos nas madrugadas. A denuncia grave partiu por parte da moradora Fátima que mora na Rua Ítalo Ado Fontanini na Vila Formosa e é usuária do Posto de Saúde João Marioto que ligou na 98 FM no Jornal Fala Cidade (onde você ouvirá a participação dela), relatando que a Prefeitura mandou trancar com cadeado o portão para a população não adentrar na Unidade Básica de Saúde, para se proteger da chuva, vento e relento das madrugadas frias de Apucarana. O caso pode parar no Ministério Público de Apucarana que já receberam inúmeras denuncias nesta administração que não está agindo corretamente, e não vem cumprindo as promessas do médico e prefeito Beto Preto (PT), que vendeu ilusões para se eleger e não cuida da Saúde do povo como deveria. Lamentavelmente um prefeito que é médico e deixa a situação chegar a este ponto, mostra o descaso de sua gestão contra a população que confiou em seu projeto de eleição, e hoje age desta maneira com as pessoas mais humildes que necessitam de um atendimento digno nos Postos de Saúde, pois pagam seus impostos para terem um atendimento descente na cidade de Apucarana, mas infelizmente a Saúde está abandonada;

-A audiência pública realizada na sexta-feira (16), no salão nobre da prefeitura, foi marcada por um consenso entre as pessoas que manifestaram sua opinião. Por unanimidade, todos afirmaram ser favoráveis à proposta da administração municipal em adotar fiscalização eletrônica de trânsito na cidade. Não faltaram sugestões, em especial aos locais para a instalação dos equipamentos para disciplinar a circulação de veículos na cidade e, como conseqüência, reduzir o número de acidentes e mortes. Conforme dados levantados pelo Instituto de Planejamento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan), as estatísticas justificam medidas que venham trazer mais segurança no trânsito na área urbana. Conforme explanação do vice-prefeito, em 2012 foram registrados 1140 acidentes, provocando a morte de 16 pessoas e deixando 584 feridos. Os dados de 2013, no entanto, ficaram restritos, aos três primeiros meses do ano. Entre janeiro e março aconteceram 295 acidentes, duas mortes e 127 feridos. Para embasar a proposta de adoção de fiscalização eletrônica, Júnior da Femac apresentou um levantamento das vias como maior número de acidentes entre julho de 2012 e março de 2013. A campeã é a Avenida Minas Gerais, com 127 ocorrências, seguida da Avenida Curitiba (80), Avenida Governador Roberto da Silveira (63), Avenida Munhoz da Rocha (42), Avenida Ponta Grossa (39), ruas Gastão Vidigal e Nagib Daher (20 cada), Praça Rui Barbosa (18), Padre Severino Ceruti (17), e Rua Nova Uckânia (15). Já os cruzamentos mais perigosos têm na liderança dois pontos da Avenida Governador Roberto da Silveira: os que cortam as ruas Urânio e Cristiano Kusmaul, respectivamente com 8 e 7 acidentes, também dentro do período de julho de 2012 a março de 2013. A proposta do Idepplan é instalar três diferentes tipos de fiscalização eletrônica na cidade, entre radares, lombada eletrônica e controle de semáforo. Esta última detecta veículos que furam o sinal vermelho (Furão). Na gestão do ex-prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB) os radares ou lombadas eletrônicas não foram colocados, evitando um gasto desnecessário a Prefeitura de Apucarana, pois 30% da arrecadação das notificações seriam destinadas para a Polícia Rodoviária Federal, sendo que o problema poderia ser resolvido com mais semáforos nos pontos levantados;

-O número de cargos comissionados ocupados na Prefeitura de Ponta Grossa soma 257, dos 323 existentes - o que representa 79,5%. O valor total dos gastos mensais com os comissionados é de R$ 1.187.129,46, segundo levantamento realizado pelo Sindicado dos Servidores de Ponta Grossa (Sindserv). A pasta que mais tem cargos ocupados é a do gabinete do prefeito, com 25 nomes, seguido da Secretaria de Abastecimento, com 22, e Fundação Municipal de Cultura, com 16. Com isso, mensalmente, a Prefeitura desembolsa R$ 109.450,40 para pagar os funcionários do gabinete do prefeito Marcelo Rangel (PPS); R$ 76.126,55 para a pasta de Abastecimento e R$ 60.787,72 destinados à folha de pagamento da Fundação Municipal de Cultura.

Em Apucarana

Na tarde desta última segunda-feira (13) a presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana, Elisabete Costa conclamou a Imprensa para acompanhá-la até o gabinete do Prefeito Beto Preto (PT), onde seria lida uma ata entre a Prefeitura e o Sindicato que tentam negociar o aumento salarial prometido por Preto quando o mesmo havia assinado uma plataforma na época da eleição de 2012, se comprometendo em dar os reajustes solicitados pelo Sindicato dos Servidores Municipais e ficar em sintonia com o mesmo, mas na prática a coisa foi é outra praticada pelo alcaide apucaranense, e o que irritou a direção do SINDSPA. Beto Preto não atendeu o Sindicato e nem a Imprensa nesta segunda-feira (13), e evita a tocar no assunto desde o ano passado quando não cumpriu o primeiro aumento de sua administração, já neste segundo ano, novamente o médico nuclear não vai dar o aumento solicitado e o desgaste em sua imagem como “homem que não cumpre palavras”, aumenta. Bete do Sindicato agora vai para a Promotoria de Justiça de Apucarana, e alegou em entrevista coletiva no final da tarde de do dia (13), que “a Prefeitura não paga porque não quer, pois dinheiro em caixa tem, e Beto Preto disse que iria contratar 150 cargos comissionados, o que na prática hoje ele já possui mais de 300 comissionados e que ela vai entregar a lista ao Ministério Público de Apucarana nesta semana”. Apucarana possui 130 mil habitantes e Ponta Grossa tem atualmente 331 mil habitantes, ou seja, duas vezes maior que Apucarana, e com menos comissionados, se confirmada a informação do Sindicato dos Servidores de Apucarana;

-Os moradores do Jardim Interlagos na Zona Sul de Apucarana estão revoltados com a administração do Prefeito Beto Preto (PT) e médico nuclear. Beto Preto no ano passado fez o maior empréstimo da história de Apucarana em mais de R$ 15 milhões de reais para fazer asfalto novo e recapar lugares que estão em total abandono como é o Interlagos. Beto Preto resolveu dar um “migué” nos eleitores do Interlagos na época da eleição, onde ele nunca mais foi visto e agora é cobrado no ar no Rádio pela promessa de asfalto novo. Mais de um ano depois de assumir o seu cargo, Beto Preto não fez nada no Interlagos. O morador Edgar que reside aos fundos do Jardim Interlagos na Rua José Ferreira de Freitas e já cobrou no ano passado de 2013 o Prefeito egocêntrico Beto Preto (PT), o mesmo não obteve respostas. Ouça como foi o desabafo deste Pai de família que reclama do mato, dos bichos, e do péssimo asfalto que temos no Jardim Interlagos;

-A Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Apucarana está com um grande problema em mãos. Nos últimos anos, a secretaria recolheu milhares de lâmpadas queimadas para que houvesse a destinação correta. No entanto, desde o ano passado o município não consegue viabilizar a devida destinação, que tem provocado um grande acumulo de lâmpadas na Cooperativa dos Catadores, que cedeu um espaço para a armazenagem do material. O secretário do Meio Ambiente Itamar de Oliveira informou que atualmente 40 mil lâmpadas estão acumuladas no barracão da Cocap;

-O pároco da Catedral de Apucarana Roberto Carrara teria enviado uma carta ao executivo municipal, cobrando promessas feitas no início do ano passado. O chefe do executivo teria se comprometido em auxiliar a Catedral nos trabalhos sociais prestados pela comunidade da paróquia central. Através da Secretaria de Assistência Social o município repassaria recursos para ajudar a custear os serviços sociais prestados a cerca de duzentas famílias apucaranenses, no entanto o repasse de aproximadamente R$ 3 mil nunca ocorreu. A carta teria sido encaminhada pelo religioso na última quinta-feira;

-O descontentamento de prefeitos e secretários de saúde do Vale do Ivaí com o Consórcio Intermunicipal de Saúde é grande e um movimento para a substituição da atual diretoria já está sendo articulado. Em reunião realizada na última semana, os secretários debateram as dificuldades encontradas pelos pequenos municípios com a atual gestão e decidiram cobrar providências dos prefeitos, que podem iniciar uma briga para que a atual diretoria deixe seus postos. Já o secretário de saúde de Kaloré garantiu que a crise no Cisvir está instalada, já que muitos médicos não querem mais atender pelo consórcio e isso resultou na redução de 50% das consultas médicas nos últimos meses;

-A Autarquia Municipal de Saúde lançou processo licitatório para a compra de medicamentos. O certame está sendo acompanhado de perto pelo Observatório Social e Conselho Municipal de Saúde, já que o valor licitado pela Autarquia é quinze vezes maior que o gasto em todo o ano de 2013 com remédios. O edital prevê abertura de propostas no início do próximo mês. Segundo levantamento do Conselho de Saúde, o montante gasto com a compra de remédios no último ano foi de R$ 1,2 milhões, enquanto para este ano o valor licitado é de R$ 19 milhões. O fato que chama atenção e já é alvo de críticas é que o valor proposto para ser gasto com os medicamentos não figura no orçamento do município para este ano;

-A Catedral Nossa Senhora de Lourdes assumiu no último ano, a administração do Instituto de Promoção Humana do Paraná (Iprohpar) e Centro de Promoção Humana São Benedito (Ceprhusb) e decidiu recentemente encerrar as atividades das duas entidades até então comandada pelo ex-prefeito e ex-padre Valter Pegorer. A decisão da catedral é concentrar as atividades das duas instituições em uma única entidade, que já é administrada pela igreja e presta serviços sociais a famílias carentes. Segundo o Padre Roberto Carrara, a medida da prefeitura de não comprar mais pães para a merenda do Iprohpar, inviabilizou a continuação das duas entidades que historicamente sempre atenderam as famílias apucaranenses. Em carta encaminhada recentemente ao prefeito, o pároco reclamou que a ajuda financeira proposta em 2013 para os trabalhos sociais assumidos pela Igreja ainda não foi viabilizada e têm dificultado a continuidade dos atendimentos;

-Não é só na Saúde que Beto Preto está relaxado, é também no esporte. Um ouvinte do Jornal Fala Cidade da 98 FM cobrou nesta quinta-feira (23) sobre o descaso do Campo da Cavan na Zona Leste de Apucarana. Segundo o ouvinte e freqüentador do campo, a situação está precária e o campo ficou abandonado. O matagal toma conta do lugar. Ouça a reclamação sobre o esporte, que quando ouvimos este tipo de solicitação no ar, temos saudades do ex-secretário Molina na gestão de João Carlos de Oliveira (PMDB) que não deixava isso ocorrer;

-A presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana e região Elisabete Costa Souza falou com o AN Notícias na noite desta sexta-feira (24), sobre a audiência que o SINDSPA e a Prefeitura de Apucarana realizaram para discutir os valores que iriam ser para o reajuste salarial de 2014 para os quase 3 mil servidores municipais de Apucarana. O Sindicato que cobra no mínimo 10% de reajuste para este ano, foi recebido pelo secretário designado por Beto Preto Nicolai Cernesku e o que todos já estão cansado de saber, foi mantido por Beto Preto os 6,78% de reajuste salarial para 2014. A presidente do SINDSPA informou que não aceitará a proposta do prefeito e médico nuclear Beto Preto, e que a partir de agora o Sindicato volta a se manifestar para a população se atentar, ao que o prefeito de Apucarana está praticando com o servidor municipal em não cumprir o que ele se comprometeu em 2012 na eleição, em atender as reivindicações da classe sindical em seu mandato. Bete Costa também comentou que fez uma reunião nesta quinta-feira (23) na Câmara de Vereadores, e convidou os 11 parlamentares para debaterem o reajuste salarial, e somente os Vereadores Telma Reis e Luciano Molina ambos do (PMDB) compareceram na reunião;

-Até agora depois de mais de cem dias da vinda de Beto Richa (PSDB) que assinou os repasses de mais de R$ 800 mil reais para asfaltar as Ruas do Jardim Marissol em conjunto com a Prefeitura de Apucarana administrada por Beto Preto (PT), o alcaide está levando borrachadas todos os dias na Imprensa de Apucarana, em especial dos eleitores que acreditaram no médico nuclear. O jardim Marissol que fica na Zona Norte de Apucarana até agora em Janeiro de 2014, não recebeu se quer uma equipe de tapa-buracos da Prefeitura. Como é ano de eleição, com certeza Beto Preto (PT) e o seu vice-prefeito JR da Femac (PDT) vão lembrar onde moram os eleitores do Marissol que clamam por melhorias no bairro;

-O que estava despontando há alguns meses, agora passa ser evidente. O cidadão apucaranense já comentava, apontava e advertia, mas agora é nítido para todos, apucaranenses ou visitantes. Os bens públicos de Apucarana estão sem manutenção algum. A população se divide: para uns a administração do prefeito Beto Preto (PT) não está dando a importância devida, para outros, é a mais pura falta de competência administrativa. Matagal tomando conta das Unidades Básicas de Saúde falta de médicos, medicamentos, filas enormes, canteiros desmatados ao redor da Catedral, monumento do boné na entrada da cidade para quem vem de Londrina sem manutenção, entre outros, que o apucaranense se depara diariamente, seja indo para o trabalho ou retornando para a casa. Mas o que vem chamando a atenção ultimamente por pedestres que passam ao redor, da praça do Paço Municipal, é da bandeira do Brasil hasteada no Centro Cívico José de Oliveira Rosa, mais comumente conhecido com a praça da Câmara de Vereadores e da Prefeitura. A bandeira está rasgada em várias partes, faltando pedaços, gasta, com as cores já fracas, sem vida alguma. A bandeira do Brasil foi instituída em 19 de novembro de 1889. É um dos símbolos mais importantes do país, devendo ser respeitada por todos os brasileiros. A cor Verde simboliza as matas, florestas. A cor Amarelo simboliza o ouro e as riquezas. A cor Azul simboliza o céu. O Branco simboliza a paz. Nesta terça-feira (28) é Aniversário de emancipação política e administrativa de Apucarana, completando seus 70 anos, e o Apucaranense vive este drama por parte do poder público que nem a bandeira do país na Praça do Paço foi trocada;

-A moradora Silvana que reside na Avenida Zilda Seixas do Amaral na Zona Norte de Apucarana mais precisamente no Parque Industrial Zona Norte, está na bronca com a Prefeitura de Apucarana para uma limpeza na sua área. O matagal toma conta do lado de sua residência que fica encostada uma fábrica de velas, e pede providências sobre o matagal. O apresentador Luiz Magalhães comentou também de outra região que está com matagal e o qual recebeu uma ligação pedindo providências por parte da Prefeitura. O endereço seria na Rua Professor João Candido Ferreira bem no centro de Apucarana;

-Moradores próximos do Tropical Shopping na Zona Norte de Apucarana, estão reclamando do matagal e dos buracos. Os moradores residem nas casas da ALL na saída para Arapongas, e estão ligando todos os dias nas Rádios de Apucarana para exigirem uma providência do prefeito “perfect” e médico nuclear Beto Preto.

Ponte danificada gera reclamação na Estrada Santa Luzia

Uma moradora da Zona Rural Santa Luzia próxima ao Distrito de Vila Reis em Apucarana, esta na bronca com a Prefeitura de Apucarana que não foi checar os danos que está uma ponte de madeira que liga o Distrito a Santa Luzia. A estrada está em boas condições, mas a ponte está perigosa segundo uma moradora que ligou em uma emissora nesta terça-feira (22). A secretaria de Agricultura deve tomar uma providência, antes que comece as aulas;

-A Secretaria Municipal do Meio Ambiente flagrou na manhã de hoje (29) uma ação de crime ambiental, cometida pela empresa Coletudo Caçambas, que é especializada em destinação de resíduos de construção civil. Um caminhão da empresa foi flagrado quando despejava uma carga de entulhos em uma área de preservação nas proximidades do Núcleo da Fraternidade. “A ação pode até resultar na queda do secretário da pasta”. A fiscalização foi motivada por denúncia recebida pelo Ministério Público, que solicitou apoio à Polícia Militar, que autuou o representante da empresa no local. A área utilizada pela empresa para o despejo é um local de preservação ambiental, pois está situado em uma área de nascentes. A vegetação do local e o terreno úmido denuncia que o local faz parte do fluxo d’água que desemboca no Rio Pirapó;

-Uma série de reclamações no Recanto do Lago onde mora a Vereadora e líder do Prefeito médico nuclear Beto Preto (PT), Aurita Bertoli estão cobrando a edil que antes de ser vereadora colocava sempre no Jornal Radar, a buraqueira que tinha seu bairro, na gestão de João Carlos de Oliveira (PMDB), mas agora que virou vereadora, Aurita esqueceu-se de cobrar seu Prefeito para tapar os buracos do bairro que fica na Zona Leste de Apucarana. A reclamação foi lida no Rádio na semana passada.

Reclamação no João Paulo I

A moradora do núcleo João Paulo I Patrícia Caliman reclama da Rua Rio da Bulha, próxima a casa do ex-prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB), que não foi recapeada pela administração, e que segundo a moradora pode ser devido à rivalidade política de Beto Preto (PT) contra João Carlos. A moradora que mandou uma carta da reclamação para uma emissora de Rádio pede providências para a Prefeitura resolver o descaso, logo assim que os moradores fizeram um manifesto bloqueando a Rua Rio Formoso;

-A Delegacia da Mulher da 17º SDP de Apucarana está à míngua no Governo Richa, e o pior que a Prefeitura de Apucarana que ajuda nos custeios da DP feminina na cidade, não sabe como vai resolver o sério e grave problema da falta de uma profissional da área de psicologia que atenderia, casos extremos como abusos de crianças e violência doméstica. Segundo informações apuradas nesta semana que antecede o aniversário de Apucarana, a Delegacia Feminina a partir de agora não terá a profissional que fica responsável de obter informações dos casos de abusos que a maioria das crianças sofrem e relatam para psicóloga responsável na Delegacia. A psicóloga que atua em Apucarana está deixando o cargo, e segundo informações não houve um planejamento para repor outro profissional ao seu lugar, mas cogitasse que a Prefeitura de Apucarana ficou de remanejar algum profissional da área para atuar no lugar da profissional que pediu desligamento do cargo na DP feminina de Apucarana;

-Nesta véspera de feriado de Aniversário de Apucarana que completa 70 anos nesta terça-feira (28), algumas servidoras da Prefeitura de Apucarana que acompanharam a votação do reajuste salarial aos 3 mil servidores em menos de 1% na Câmara de Apucarana, e lá protagonizaram um fato que chamou a atenção dos presentes, ao citarem que estavam com saudades da administração do ex-prefeito e ex-padre Valter Aparecido Pegorer do (PMDB) o maior algoz do atual Prefeito Beto Preto (PT). As servidoras que não eram simpatizantes da administração do ex-padre comentaram no final da sessão, que nunca na história de Apucarana, foi dado um reajuste tão sem vergonha como o que Beto Preto (PT) mandou aprovar nestes últimos três dias de sessão extraordinária na Câmara de Apucarana, que volta do recesso na próxima semana. Ouça o que disse a servidora do Natta de Apucarana que era aliada de Beto Preto Cláudia Simplício sobre o reajuste anual que Preto concedeu por conceder. O projeto foi aprovado nesta segunda-feira por 08 votos a 1 e debaixo de protestos na Câmara de Apucarana;

-Considerado pelo SINDSPA de Apucarana como ditador e nefasto, Beto Preto (PT) prefeito e médico nuclear de Apucarana mandou para a Câmara neste final de semana, no sábado, domingo e nesta segunda-feira (27) o projeto de Lei do executivo que dá o reajuste salarial aos servidores de Apucarana em menos de 1%, pois Beto Preto está cumprindo o reajuste da inflação e se não fosse isso o que é obrigatório pelo gestor público, o mesmo não daria é nada para os 3 mil servidores públicos de Apucarana”, é o que alega a presidente do Sindicato dos Servidores de Apucarana em entrevista logo após a aprovação do projeto na Câmara de Apucarana. Bete do Sindicato alega que Beto Preto (PT) é um homem sem palavras, pois assinou a plataforma de 2012 em um debate se comprometendo a cumprir as exigências dos Servidores Municipais de Apucarana via Sindicato e deu o maior “balão” no salário daqueles que carregam sua administração que não decola. O petista que já é tido como ditador por parte de muitos, principalmente por parte do Sindicato dos Servidores, pois nunca mais atendeu pessoalmente o SINDSPA, mandou o projeto para aprovação da Câmara às 17 horas do último sábado (25), tanto é que nesta sessão extraordinária final, três vereadores faltaram na votação, sendo Luciano Molina, Telma Reis e Eduardo Antoniassi. No próximo pagamento os servidores de Apucarana terão o reajuste de 7%, sendo que o IPCA foi de 6,78%, e o Sindicato exigia os 3% de 2013 que Preto prometeu e não deu, e mais 6% para compensação da plataforma assinada por Beto Preto. A presidente do Sindicato Elisabete Costa disse que a partir de agora, Beto Preto vai sentir a força do Sindicato nas Ruas, e ela fez um denuncia Gravíssima sobre um suposto assédio dentro da Guarda Municipal de Apucarana que tem como comandante o servidor de carreira Ataíde Pantaleão. As denuncias serão levadas para o conhecimento do Ministério Público de Apucarana na Promotoria de Eduardo Cabrini que volta de férias na próxima semana, e a lista dos comissionados que já passam de 300 nomes, número superior ao da cidade de Ponta Grossa que teria menos de 300 servidores e com uma população duas vezes maior que a de Apucarana. Ouça o desabafo de Elisabete Costa do SINDSPA de Apucarana, após a sessão que aprovou o reajuste vergonhoso para os servidores de Apucarana;

-A moradora do Parque das Araras Sueli Silva, que reside na Rua Periquito próximo do Recanto do Lago na Zona Leste de Apucarana, disse que os moradores estão sofrendo barbaridade com a poeira, buraqueira e barro nos dias de chuva. A moradora cobra a Prefeitura de Beto Preto que foi ao bairro na época da eleição de 2012, e prometeu asfaltar o local que até agora está abandonado pela gestão de Beto Preto.

Morador cobra poda de mato no Interlagos

Um terreno que mais parece uma selva está dando o que falar no Jardim Interlagos de Apucarana. O morador Lucas Eduardo entrou em contato com o AN Notícias e enviou as fotos de um terreno ao lado de sua casa que mais está parecendo uma selva no bairro nobre de Apucarana. Ele disse que já entrou em contato com o proprietário e nada foi feito, então pediu na Prefeitura de Beto Preto e também não foi atendido, ai o morador resolveu entrar em contato com a Imprensa para ver se a situação é resolvida ou não, já que a Prefeitura deu um prazo de 15 dias para os proprietários de terrenos baldios fazerem suas limpezas, ou a mesma vai mandar podar o mato e cobrar em multa os proprietários. O terreno ao lado da casa do denunciante fica na Rua Liberato Noli aos fundos do Jardim Interlagos. Está já é a segunda reclamação nesta semana contra a falta de limpeza no Jardim Interlagos de Apucarana, que nunca mais viu o prefeito eleito Beto Preto passar no local;

-O Secretário de Meio Ambiente de Apucarana Itamar Gomes de Oliveira foi na Imprensa nesta terça-feira (28), no aniversário de Apucarana para falar que a cidade de Apucarana não consegue coletar mais que 150 toneladas de lixo reciclável, através da empresa Cocap de Apucarana que recebe por tonelada do município. Itamar Gomes que ficou a frente da Cooperativa dos catadores de lixo reciclável por longos anos, e agora virou o secretário de Meio Ambiente, disse que hoje a Cooperativa precisa de mais investimentos e tenta arrecadar mais do município. As reclamações da Cocap são de cunho financeiro, e da população de Apucarana é da falta de agilidade de serviço por parte da Cooperativa que não está dando conta do recado. Na administração de João Carlos de Oliveira, a Cooperativa teve atritos com a Prefeitura, mais por causa de questões políticas, mas agora tento o ex-diretor como atual secretário o discurso mudou. Cerca de treze bairros de Apucarana, antes atendidos pela coleta seletiva, não contam mais com os serviços. Uma mudança na rota deixou moradores dos bairros descontentes, e já é uma prova que a parceria com a Prefeitura de Beto Preto não está dando certo. O discurso do secretário é desafiador, pois disse que a Cooperativa vai tentar aumentar para 400 toneladas, e o lixo que não é coletado vai parar no lixão de Apucarana pela Sanetran de Apucarana ligada a Sanepar. Ao que tudo indica o Ministério Público de Apucarana deve averiguar o que realmente está ocorrendo entre a Cooperativa e a Secretaria de Meio Ambiente, pois a cobertura de coleta na cidade diminuiu e preocupa a população que tem reclamado em demasia, pois a população paga por esta coleta que a Prefeitura cobra mensalmente. Uma lei prevê que em Agosto deste ano pelo menos 55% do lixo reciclável terá que ser coletado obrigatoriamente em todas as cidades. Apucarana paga para a Cocap cera de R$ 21 mil reais por mês, e os gastos no ano passado foram de R$ 57 mil reais. Só para registrar o que está sendo divulgado na Imprensa, o Secretário Itamar Gomes de Oliveira deve ser um dos nomes que vão cair nos próximos dias na administração de Beto Preto na nova troca de secretários;

-O Prefeito Beto Preto médico nuclear do PT de Apucarana, fez mais um pérola em sua administração voltada na área da Saúde, que anda agonizando em Apucarana nas mãos de uma administração mumificada. Um morador e usuário do Posto de Saúde Bolivar Pavão no Jardim América na Zona Norte de Apucarana, denunciou um caso sério determinado pelo prefeito de Apucarana que é médico especialista em medicina nuclear, e como ele mesmo dizia na Imprensa que foi o melhor secretário de Saúde da história de Apucarana na gestão de Carlos Scarpelini, inventou mais um problema pra quem depende dos Postos de Saúde de Apucarana. Depois de mandar colocar cadeado em algumas UBSs da cidade, agora Beto Preto manda realizar num dos Postos mais importantes da cidade as marcações de consultas somente as segundas-feiras pela manhã, e limitado a doze consultas por semana, sendo que o Posto ultrapassa de 50 usuários atrás de uma bendita consulta médica. É assim que o médico nuclear que prometeu em 2012 na eleição, acabar com as filas dos Postos de Apucarana nos três primeiros meses de sua gestão, pregando a maior mentira na história de Apucarana nos eleitores. O fato veio a irritar o morador Denilson que ligou na 98 FM para denunciar o descaso na Saúde administrada pelo prefeito e médico nuclear. O cidadão diz que na administração passada não existia tal feito, e que as filas passam de mais de cinqüenta pessoas, para apenas doze vagas e somente as segundas-feiras para as marcações de consultas, um total absurdo que deve ser investigado pelo Ministério Público de Apucarana. No site da Prefeitura de Apucarana diz que Beto Preto (PT) fez um balanço nesta semana no Observatório Social e o mesmo confirmou que acabou com 90% das filas dos Postos de Saúde de Apucarana. Seria desta maneira acabar com as filas dos Postos ao marcar apenas um dia da semana a consulta no Posto, e mandar trancar as UBS de madrugada com cadeado para que a população não entre para guardar fila ou lugar? Será que é isso que ele considera acabar com as filas em 90% em Apucarana?;

-Chamou a atenção da Imprensa de Apucarana nesta segunda-feira (27) véspera de feriado municipal na Câmara de Apucarana, onde era votado em sessão extraordinária e última votação, o aumento salarial de menos de 1% de reajuste que o prefeito Beto Preto (PT), deu para os cerca de 3 mil servidores municipais neste ano de 2014, uma foto que o ex-secretário de Governo Petronio Cardoso que saiu no final do ano passado do cargo, após pedir exoneração da Prefeitura tirar da faixa que carregava o SINDSPA protestando contra o atual Secretário da Fazenda Marcello Machado, o “Machadão”, marido da também Secretária da Pasta da Mulher na Prefeitura de Beto Preto Denise Canesin. A foto que Petronio Cardoso tirou foi deste banner do Sindicato dos Servidores Municipais que deixou o seguinte recado para o atual Secretário de Fazenda:

Fora Secretário de Finanças! Não passe o Machado em nosso Salário!

Dizia à faixa que foi feita pelo Sindicato dos Servidores de Apucarana. Dias atrás em seu Facebook, o Pai de Petronio Cardoso, também exonerado da Câmara de Apucarana João Batista Cardoso, publicou que Beto Preto teria um braço forte e mentor dentro da Prefeitura de Apucarana, que teria sua mulher empregada em uma secretaria, este homem seria Marcello Machado secretário de Fazenda;

-Agora parece que o edil Vladmir José da Silva (PDT) partido do vice-prefeito de Apucarana JR da Femac, está rachado com o Prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT). O motivo foi visível quando o vereador resolveu dar um bolo de 70 metros para comemorar o aniversário de 70 Anos de Apucarana, e nem Beto Preto, seu vice Jr da Femac e nenhum secretário foram para prestigiar o evento, mostrando que o clima entre vereadores e prefeito anda azedo em Apucarana, é o efeito egocêntrico de ser de Beto Preto. O engraçado é que em anos anteriores e sem mandato o edil eleito na base de Beto Preto, chamava o ex-prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB) para ir ao Jardim Ponta Grossa cortar o bolo de aniversário, e tinha a presença do ex-prefeito no local (conforme foto de arquivo do AN Notícias). O edil que ultimamente está votando contrário aos projetos polêmicos de Beto Preto (PT), tem mostrado maturidade e independência na Câmara de Apucarana. Vladmir votou contrário ao aumento do número de vereadores, e se ausentou na votação do reajuste de apenas 1% dado (fora o índice da inflação de 6,78%) ao salário proposto pelo Prefeito de Apucarana aos servidores municipais. Vladmir convidou o deputado Reinhold Stephanes Junior (oposição ao PT no Paraná) para cortar o bolo na Zona Norte de Apucarana. Com a vinda do Deputado Estadual, mostra que Vladmir não vai apoiar o presidente de seu partido e vice-prefeito de Apucarana JR da Femac nas eleições de 2014 para Deputado Estadual. Fora Vladmir que pode deixar a base de Beto Preto, outro vereador que anda cabreiro com o Prefeito Beto Preto é o edil Gilberto Cordeiro do (PMN), pois Gilberto disse que não está sendo atendido pela administração municipal, e seu filho Ricardo Lima que poderia ir para a Secretaria de Governo, já não deve mais ser chamado para o alto escalão da Prefeitura. Vários vereadores estão tento problemas de relacionamento com o alcaide egocêntrico, e se realmente confirmar este fato, Beto Preto pode ter de cinco a seis vereadores de oposição neste ano de 2014 na Câmara e ter o maior número de oposição também na disputa eleitoral que provavelmente terá o vice JR da Femac como candidato. Alguns Vereadores já estão acordando para a realidade vivida por muitos na administração petista em Apucarana;

-Os moradores do Jardim Milani estão cobrando a administração de Beto Preto (PT) que prometeu fazer um asfalto de qualidade ao bairro e até agora nada foi feito. Os moradores entraram em contato com a Rádio Nova AM e fizeram o reclame para que o Prefeito faça o asfalto no bairro que foi promessa de campanha do prefeito em 2012. Com isso as Ruas ficam em péssimas condições no bairro e nem mais o caminhão da Sanetran passa para recolher o lixo no local, devido ao estado critico que se encontra o asfalto no bairro.

Caçamba para lixo não é colocada nas proximidades do terminal e lixo acumula

Uma denuncia feita nesta quarta-feira (29) em Apucarana chamou a atenção devido às caçambas de lixo que não estão sendo colocadas próximas ao terminal urbano de Apucarana, e está ocorrendo o acumulo de lixo. Segundo as reclamações dos moradores um odor forte de lixo podre está deixando a região infestada de bichos e cachorros. A prefeitura de Apucarana não deu uma solução ao local nesta quinta-feira (30);

-O Prefeito de Apucarana e médico nuclear do (PT) Carlos Alberto Gebrim Preto o “Beto Preto” fez nesta quinta-feira (30) uma reunião às pressas na Prefeitura para anunciar o que já havíamos anunciado aqui no AN Notícias dias atrás. A sua primeira reforma administrativa, mais parece uma troca de figurinhas de álbum repetidas do que um pacotinho de figurinhas inéditas, uma verdadeira frustração para quem acreditava numa equipe prumada e preparada para uma verdadeira revolução na Prefeitura de Apucarana. Os remanejamentos que Beto Preto vai fazer mostra que ele não tem muitas opções, pois as escolhas são fracas e o profissionalismo de seu secretariado vai muito aquém do esperado. Seria como um time treinado por um técnico sem expressão, sem entrosamentos e de fôlego limitado. O jogo de egos dentro da Prefeitura de Apucarana falou mais alto nos últimos meses, e começando pelo líder que é néscio começa as mudanças já esperadas e sem perspectiva de melhoras. O Prefeito não quis adiantar nesta quinta-feira os nomes que devem ser mudados, mas um cargo deve permanecer inalterado, ou seja, seu sogro Jaime Gonçalves deve continuar na boa no cargo de Secretário de Serviços Públicos. Quem mudou ou quem saiu nesta quinta-feira foi somente a professora e atual secretária de Educação Superior Marli Fernandes, que vai para a Secretaria de Educação lugar do Professor Fernando Freitas, que vai ocupar o lugar de Marli, uma troca de figurinhas para tentar recuperar o prestígio de Beto Preto entre as professoras, mas essa troca não deve surtir efeito esperado, pois Beto Preto investiu pouco na Educação municipal, e a tal escolha em eleição para diretoras não agradou as profissionais de educação de Apucarana;

-A empresa VAL pode sofrer seus primeiros atentados em Apucarana, caso a ela não realize suas promessas de melhorias na linha que transporta os passageiros da Zona Norte de Apucarana. O recado foi dado pelo líder de bairro do Conjunto Eder Domingues da Cruz que recebeu a informação de populares que estão descontentes com a Viação de Apucarana. O ataque que podem ocorrer iguais aos que estão acontecendo nas grandes cidades deixa um alerta para as autoridades agirem antes de o fato acontecer. A reivindicação dos moradores do Jardim Cidade Educação é antiga, e os mesmos querem melhorias urgentemente e cumprimento do acordado da empresa com a comunidade local. Ouça a entrevista de Eder nascimento ao AN Notícias nesta quinta-feira (30);

-O Prefeito de Apucarana e médico nuclear Beto Preto (PT), está mais perdido na sua administração do que o elenco do famoso seriado americano Lost. A comparação é devido à novela que tem partes inexplicáveis neste mandato enfadonho. Nos bastidores da política Apucaranense todo mundo sabe que esta conversa fiada de colocar os cargos a disposição, nada mais foi que um adeus ao grupo que se desfragmenta aos poucos, pois Preto por ser egocêntrico ao extremo, tem minado o campo de seus secretários, e dificultando os trabalhos daqueles que deram o sangue em sua campanha para aproveitar quem estava do lado de lá. Toda a população sabe que com baixos salários não se pode contratar a melhor equipe prometida em campanha, pois uma empresa que tem um orçamento de mais de R$ 200 milhões ao ano, não pode ser administrada com baixos salários e nem por comissionados amadores, mas infelizmente esta realidade em Apucarana acontece. A troca ou remanejamentos de secretários como está ocorrendo, e o pior, é anunciar que vão ser exonerados e depois dar férias, é uma prática de amadorismo, pois só mostra o despreparo de quem não sabe o que fazer com aquela pessoa indesejada no cargo que não surtiu o efeito no primeiro ano de gestão, e é o que ocorre em Apucarana. Primeiro foi Petronio Cardoso que foi frito no final do ano passado, ao ser anunciado sua saída, depois tentou negociar a permanência, mas a ciumeira derrubou o braço esquerdo daquele que prometia fazer uma equipe profissional ao extremo e revolucionar o Paço Municipal. A administração de Beto Preto se arrasta e não decola, e olha que tem o apoio do Governo Federal. Trocar secretários requer grupo e isso o PT de Apucarana não tem. Agregar secretarias como está nos planos do Prefeito para conter gastos pode ser uma solução, mas a escolha desses nomes deve ter critérios. Nesta segunda-feira foi anunciado em uma emissora de Rádio que a Secretária de Esportes Dione Gaspar teria sido exonerada, mas no final da noite foi confirmado que Beto Preto daria férias para Dione Gaspar e Itamar Gomes de Oliveira do Meio Ambiente, sendo assim a velha prática de deixar na geladeira por 30 dias os titulares, e preparar o caminho para os reservas. Foi isso que ocorreu na Saúde de Apucarana, saindo Kissina titular e entrando Kaneta o suplente. Na secretaria de Governo nada confirmado ainda, sendo uma pasta vazia, e não tendo gente de total confiança a ser colocada no lugar. Pelo jeito o Prefeito de Apucarana que já não sabia o como seria tão difícil montar uma equipe, pode recorrer a antigos servidores de outras administrações para tapar o buraco que está ocorrendo em suas secretarias. Exemplo disto foi convidar o ex-secretário de Obras do ex-prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB) para assumir no lugar de seu vice JR da Femac, e ter como resposta um sonoro NÃO. Isso mostra que sua vaidade atrapalha e muito na convivência dentro do Paço Municipal. Um líder néscio não pode mostrar tanto egocentrismo como vem ocorrendo, pois perde o fio da meada faltando dois anos e dez meses para findar um mandato que ainda não diz a que veio em sua primeira troca de secretariado;

-Uma Mãe ligou no Jornal Fala Cidade da 98 FM e detonou a secretaria de Educação de Apucarana, devido ao CMEI de sua região estar em curso na tal semana pedagógica que veio para tirar o sono das Mães. Os CMEIS voltaram na semana passada e já tiveram que entrar em recesso de três dias para participarem seus funcionários da semana pedagógica que se encerra nesta quarta-feira (05), numa duração de três dias. O CMEI que a Mãe ligou no Rádio para reclamar deste calendário absurdo é da Vila Nova. Segundo a Mãe o curso deveria ser feito durante as férias dos funcionários dos CMEIS, e essa programação que a Prefeitura de Apucarana na gestão de Beto Preto (PT) que disse que iria mudar muita coisa na Educação de Apucarana, a qual é a segunda maior pasta em recursos do Governo Federal e Estadual, deixa com que as Mães tenham que pagar para alguém cuidar de seus filhos, correndo o risco até de perderem o emprego por falta, pois algumas não têm condições de pagar para alguém cuidar. Beto Preto (PT) mudou de secretário nesta última semana na Prefeitura de Apucarana, mas pelo jeito, esqueceu de mudar algumas falhas de calendários de Apucarana. Quem arca com estas desorganizações na Educação de Apucarana infelizmente são as Mães carentes que não podem pagar escolas particulares, creches ou afins para terem tranqüilidade de poderem trabalhar;

-Mais uma falta grave da autarquia municipal de Saúde em uma das UBSs mais importantes da cidade a da Vila Nova na Zona Leste. Uma médica que era aguardada por vários pacientes desde a madrugada de ontem (04), ficaram esperando por várias horas e pela falta de respeito e de comunicação dos funcionários do Posto de Saúde, foi avisado em cima da hora que a Doutora não iria atender seus pacientes e que talvez na quinta-feira (06) deva atender os mesmos. Isso gerou uma revolta aos usuários da UBS da Vila Nova que cobraram um cartaz por parte da Prefeitura, para avisar em 24 horas se a médica vai ou não atender;

-Nos últimos seis meses, o Paraná confirmou 705 casos de dengue, sendo que a maior parte foi registrada em municípios da região Norte, Noroeste e Oeste. Jandaia no Vale do Ivaí, tem 65 caso notificados, Arapongas, 78, Apucarana, 58 e Ivaiporã 4. Os dados são da Secretaria estadual da Saúde, que divulgou terça-feira (04) um relatório completo sobre a situação da dengue no Estado. O relatório aponta ainda que 55 cidades registram altos índices de infestação do mosquito da dengue, o que aumenta o risco de epidemia da doença nesses municípios. Além disso, 125 cidades se encontram em situação de médio risco e 22 ainda não informaram seus índices. As informações fazem parte do levantamento de índice rápido de infestação, realizado nos meses de dezembro/2013 e janeiro/2014. A pesquisa é feita por 275 municípios paranaenses considerados infestados pelo mosquito da dengue. Segundo o superintendente de Vigilância em Saúde, Sezifredo Paz, os dados mostram que a situação está sob controle, mas que a população deve se manter alerta porque o período mais crítico da doença é a partir de fevereiro. A recomendação é que todos façam a sua parte e intensifiquem o combate à doença a partir de agora. “Sem a água parada, o mosquito não se reproduz. Por isso, temos que eliminar todo e qualquer recipiente que possa acumular água e se tornar um criadouro do Aedes aegypt”, afirmou Paz. No período de agosto de 2013 até esta terça-feira (4), o Paraná já conta com três municípios em situação de epidemia: Nova Londrina, Marilena e Alvorada do Sul. A população de Santo Antônio do Caiuá e Itaúna do Sul também deve ficar alerta, já que a incidência de casos atingiu índices elevados no último mês;

-Todo santo Dia em Apucarana e principalmente aos Sábados e Domingos, a cidade de Apucarana vem sofrendo com o descaso da Sanepar, que está cortando o abastecimento de água rotineiramente, e não é só no verão escaldante que o racionamento pode ocorrer, mas durante anos a falta d’água em Apucarana é gritante. Quem mora no Distrito do Pirapó está sofrendo com a falta d’água da Sanepar. O descaso revolta os moradores que pagam o raio do talão de água em dia. Aos finais de semana quando o cidadão precisa de água para lavar roupa, louça, beber água e até tomar o sagrado banho de sábadão, os apucaranenses estão passando este desrespeito no maior Distrito de Apucarana;

-Nesta última semana em Apucarana o prefeito e médico nuclear do (PT) Beto Preto, conseguiu eleger a esposa de seu futuro secretário de Meio Ambiente Ewerton Pires o qual foi nomeado nesta última terça-feira como secretário interino de Meio Ambiente, e sua esposa Letícia Bento que é servidora do Cisvir, onde tem Beto Preto como presidente da entidade foi eleita para o Conselho Municipal de Saúde, uma grande coincidência ou grande competência do casal, pois Ewerton foi professor de Geografia na UEL na década de 2000. Letícia Bento vai responder pela presidência de um conselho de grande importância para a administração municipal. O resultado deixou claro que o gestor Beto Preto tem total interesse de manter alguém de sua confiança na presidência do setor que mais arrecada verbas do Governo Estadual e Federal, a maior fatia dos quase R$ 200 milhões de reais vai para a Secretaria de Saúde, e é exatamente esta pasta que mais preocupa Beto Preto pelo péssimo desempenho que vem realizando como prefeito de Apucarana. Inúmeras reclamações, denúncias no Ministério Público de Apucarana quase que diárias, muitas queixas da população na Imprensa e muitas promessas que não foram cumpridas até o momento por Beto Preto estão no descontentamento de todos. O objetivo do Conselho nada mais é que fiscalizar os investimentos de saúde realizados pelo município. A presidência anterior deu maior trabalho para Beto Preto em não aceitar as imposições feitas pelo alcaide egocêntrico, e por isso o mesmo conseguiu eleger a presidência de seu agrado com a ajuda da Sindicalista Marli de Castro do (PT), que votou favorável ao nome de Letícia, pois Marli sempre viu a administração de Beto Preto de outra maneira, mais ligada à oposição do que situação como ela mesma falou ao AN Notícias. Uma nova polêmica envolvendo o Conselho de Saúde e a atual administração de Beto Preto deve ocorrer nos próximos dias, pois segundo divulgações uma compra de medicamentos deve chamar a atenção do Ministério Público, do Observatório Social, além da Câmara de Apucarana, pois números revelaram que em 2013 Beto Preto gastou cerca de R$ 1,2 milhões em remédios e este ano o município lançou uma licitação de R$ 19 milhões. Para o promotor de Saúde pública Vilmar Fonseca que acompanhou a eleição informou que a atribuição do Conselho de Saúde é de fiscalizar o emprego dos recursos necessários para a manutenção da saúde pública no município, e que a nova diretoria não seja refém da administração municipal em que a mesma presidência não faça politicagem com o cargo conquistado, pois sabe-se que ações desta natureza serão vigiadas de perto pelo Ministério Público de Apucarana com rigor. Sobre a nomeação da última terça-feira (04) do geógrafo Ewerton Pires, o mesmo estava já na equipe de Meio Ambiente de Beto Preto desde o início do ano passado, onde o titular Itamar Gomes de Oliveira foi indicado por Aurita Bertoli vereadora e líder do (PT) na Câmara de Apucarana. Beto Preto nomeou interinamente por 30 dias Ewerton Pires ao cargo, pois deu férias ao ex-secretário antes de mandá-lo embora da Prefeitura, uma prática que vem sendo questionável por todos em Apucarana, pois na secretária de Governo, de Esportes e de Saúde foi assim com os secretários titulares. Segundo informações divulgadas Ewerton Pires que veio de Marília-SP, seria filho de um militante do PT no interior do Estado de São Paulo, e por isso foi nomeado para tal cargo na Prefeitura de Apucarana. Além de ser muito competente, Ewerton Pires tem visão no seu ramo e é um dos poucos nomes, ou poderíamos dizer que é o único a ter pedigree dentro do alto escalão de Beto Preto. Se ele vai dar conta do recado como secretário de Meio Ambiente teremos que esperar o futuro dizer, pois todos os secretários de Beto Preto estão trabalhando sob muita pressão, devido à vaidade do Prefeito que fala mais alto, segundo um ex-secretário exonerado dias atrás ao AN. Além de Ewerton Pires e sua esposa Letícia Bento que fazem parte da administração de Beto Preto, e ela como servidora do Cisvir e presidente do Conselho de Saúde, Beto Preto tem ainda nomeados em sua administração o casal Denise Canezin e Marcello Machado, ela na secretaria da Mulher e ele na Secretaria da Fazenda no alto escalão, e o outro casal o secretário de Gestão Nicolai Cernesku e sua esposa na área da Educação;

-Moradores do Núcleo Afonso Alves de Camargo na Rua Pinho Araucária Zona Norte de Apucarana, estão na bronca com o Prefeito Beto Preto (PT), que não manda a equipe de limpeza no bairro desde Setembro de 2013, um verdadeiro descaso com os pagadores de IPTU daquele bairro. Conforme a reclamação feita em uma emissora de Rádio nesta terça-feira (04), os moradores dizem que o matagal está tão grande no canteiro que separa está Rua que já está virando ninho de bichos peçonhentos;

-Na semana passada o AN Notícias publicou uma enquete que mostrava algumas das exigências dos eleitores de Apucarana para com a administração do PT em nossa cidade, pois muito trabalho ha de ser feito na cidade alta, e agora tento o médico nuclear Beto Preto (PT) no poder, no seu segundo ano de mandato colocamos algumas opções na enquete que bombou sobre o que eles gostariam que a Prefeitura de Apucarana desse de presente de 70 anos de Apucarana para eles. Veja como foi à votação que mostra novamente que o quadro mais agravado e preocupante de todos os Apucaranenses é a Saúde. Esta pasta que é dirigida interinamente por Roberto Kaneta e a que mais recebe recursos financeiros de impostos e do Governo Federal e Estadual, está sofrendo com as filas nos Postos de Saúde, falta de remédios em Apucarana e de médicos nos atendimentos. A segurança na cidade também foi alvo da enquete que teve a segunda maior votação pelos internautas. Muitos crimes ocorreram no mês de Janeiro de 2014 na cidade de Apucarana, e isso preocupou e muito a população que estava temerosa aos assassinatos ocorridos na cidade. Para ver o resultado da enquete basta clicar na galeria de imagens abaixo do texto para ver como foi à votação;

-Conforme o AN Notícias trouxe na matéria anterior sobre a situação deplorável que se encontra a Praça do 28 de Janeiro bem no coração de Apucarana, a duas quadras da casa do prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT) e a uma quadra de um Jornal da cidade, moradores do bairro e frequentadores viram na manhã desta sexta-feira (07) um verdadeiro lixão a céu aberto. Quem usa a praça para descansar, fazer academia ao ar livre, ir a biblioteca municipal, ou aquela caminhadinha básica diária, já não agüenta mais ver o chiqueiro que se encontra a Praça do 28. As fotos foram postadas na rede social Facebook e os apucaranenses chegaram a borduna na Prefeitura, que nem se quer manda uma equipe de garis ao local para limpar, e fiscalizar os porcinos de plantão que emporcalham uma das praças mais bonitas da cidade. Uma verdadeira vergonha para os turistas que visitam a área central de Apucarana em deparar-se com esse lixo jogado da maneira que está sendo diariamente;

-A prefeitura de Apucarana tenta de maneira paliativa fazer um asfalto no Jardim Novo Horizonte que foi novamente cobrado na Imprensa nesta semana. Duas Ruas precisam urgentemente de recape e não estão nos planos de Beto Preto (PT) para serem consertadas. Dois motoqueiros caíram no local, sendo um no sábado (01) e outro na segunda-feira (03).

Dom Romeu Alberti está em situação calamitosa

As Ruas São Lucas e São Sebastião estão em situação vergonhosa com asfalto todo arrebentado. Essas duas Ruas foram as mais visitadas por Beto Preto na campanha de 2012, conforme o AN Notícias registrou em 2012 a presença do então candidato que viria a se eleger no bairro, após vender aos seus eleitores que seria o melhor prefeito para os moradores do núcleo Dom Romeu Alberti na Zona Norte de Apucarana. As duas Ruas onde moram lideranças do Núcleo não têm condições de tráfego de veículos. Buracos e mais buracos são encontrados no bairro e a população já está ligando no Rádio e enviando emails a nossa redação para cobrar o alcaide que não foi mais visto no Dom Romeu depois da eleição de 2012;

-Para o Vereador da base de Beto Preto (PT) Gilberto Cordeiro de Lima (PMN) a empresa Lapaza está utilizando no momento de fazer suas notificações, Guardas Municipais da Prefeitura de Apucarana, e isso segundo o edil é ilegal. Para ele está atitude não deveria ocorrer, pois os agentes da Lapaza não precisam de nenhum GM da Prefeitura de Apucarana para aplicar notificações, e quem deveria realizar esta notificação seria um Polícia Militar do Trânsito, que legalmente seria autorizado para este feito;

-Uma atitude que deve deixar vários pais e principalmente as Mães em estado de alerta com a Prefeitura de Apucarana. A primeira mudança da nova secretária de Educação nomeada na semana passada as pressas por Beto Preto (PT) Marli Fernandes, o Tempo Integral que deveria começar nesta semana, foi atrasado para o dia 10 de Março e com isso, vai custar mais caro para as Mães e prejudicar o calendário escolar de Apucarana. Preto que não entende nada de Educação, pois sua área é a medicina nuclear, colocou a nova secretária que foi diretora do Colégio Estadual Nilo Cairo para tentar melhorar a imagem do poder executivo com as professoras, mas com as Mães dos milhares de alunos da rede pública municipal parece que a coisa é bem diferente, e não o preocupa de momento. A mudança foi explicada nesta semana pela Secretária, pois no dia 10 de fevereiro começam as aulas em Apucarana, e o contra-turno não vai começar no mesmo dia, tendo a primeira mudança feita por Beto Preto que determinou começar no dia 10 de Março, sendo que Beto Preto quebrou a primeira promessa de Educação dele com os seus eleitores. As Mães teram que pegar seus filhos mais cedo nas creches e escolas, e não foi isso que Preto falou na campanha. A nova Secretária disse que as Mães já estão acostumadas a está prática. Quem estiver na dúvida é só olhar o Betômetro na área de Educação e ver que essa mudança, contraria o que Beto Preto pregou na campanha de 2012. Novamente Beto Preto erra na pasta da Educação em não se organizar, ou ser questionada a sua competência e de sua equipe que não programou o edital para contratação de veículos escolares para o transporte dos Alunos da rede pública. Sabe-se que Beto Preto vai usar da velha tática que é de contratar sem licitação, ou fazer os contratos emergenciais para colocar o transporte escolar na rota que deve ser feita na cidade. As Mães que trabalham fora e não tem com quem deixar seus filhos no período da tarde, onde deveria ser nas Escolas com o Tempo Integral, terão que se sacrificar nestes primeiros 30 dias de aulas, devido à mudança que o Prefeito Beto Preto (PT) resolveu dar de presente em 2014 para os alunos da rede pública e suas famílias, sem uma explicação plausível para esta atitude;

-Enquanto Beto Preto (PT) não cumpriu o prometido no Jardim Marissol na Zona Norte de Apucarana, de mandar fazer o asfalto já liberado pelo Governo Beto Richa no final de 2013, moradores da Rua Mario Alves estão com problemas no local que foi recentemente visitado pela equipe da Sanepar. Ouça a reclamação do ouvinte que ligou no Jornal Fala Cidade da 98 FM.

Várias reclamações foram registradas nesta semana na Imprensa de Apucarana

Moradores do Distrito do Pirapó na Rua José Antonio Dantes estão na bronca com o Prefeito nuclear Beto Preto (PT) que não enviou a equipe de tapa-buracos no bairro. Lá enormes crateras estão dando estragos nos carros dos moradores do Distrito.

Lixo reciclável não está sendo recolhido pela Prefeitura

Moradores da Jefferson Boiça no Jardim Catuaí reclamam que desde o final do ano passado o lixo reciclável não passa no local. Na gestão de João Carlos de Oliveira (PMDB) este serviço era feito sem problemas, mas na gestão de Beto Preto está cada dia mais comum estas falhas de coletas. Os moradores fazem a separação, mas infelizmente a Cocap não tem equipe para fazer a coleta. Este lixo acaba sendo deslocado para o aterro sanitário de Apucarana e a perda está sendo grande para a cidade de Apucarana;

-Nesta última sexta-feira dia (07) de Fevereiro, uma cerimônia marcou a entrega de Certificado para os integrantes da gloriosa Guarda Municipal (GM), de Cruzmaltina. Criada numa ousadia do ex-prefeito Mauricio Bueno e vice José Maria, hoje é mantida pelo vice que foi eleito prefeito. A instituição tem colaborado e muito com a segurança do Município. O curso foi ministrado por alguns professores e entre eles o Major Arduim, de Arapongas, que estava presente e disse que a Guarda Municipal de Cruzmatina passa a ser um modelo para a região Vale do Ivaí. Foram formados cerca de 09 GMs para uma cidade que tem uma população de 3.185 habitantes, e se for comparado a cidade de Apucarana que tem 131 mil habitantes e conta com uma GM de 30 Guardas, os salários dos GMs é praticamente iguais. Um GM de Cruzmaltina poderá ganhar até R$ 1.500,00 reais, como os de Apucarana terão um aumento de salário para regularizar o repasse por periculosidade de 15%, mas o ideal seria 30% as comparações salariais são inevitáveis e chega-se a conclusão que as duas cidades praticamente pagam a mesma quantia. Segundo informações passadas ao AN Notícias o salário de um GM de Apucarana gira em torno de R$ 1.500 a 2.300,00 reais, e se for comparado com o salário de Arapongas onde um GM ganha aproximadamente R$ 3.500,00 reais, fica claro que a disparidade entre Cruzmaltina e Apucarana é inevitável. O mais vergonhoso para Apucarana que chega a ser 42 vezes maior que a cidade de Cruzmaltina no Vale do Ivaí, é que lá foram nove GMs formados na semana passada, e Apucarana mantém desde a instalação de seu efetivo, exatamente 30 GMs, e até agora o Prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT) não cumpriu com sua promessa de campanha em abrir um concurso público para a contratação de mais 50 GMs para Apucarana, pois está falhando com o seu plano de Governo na Segurança da cidade. Nesta semana a GM de Apucarana foi duramente criticada e com razão no Jornal Portal do Paraná, ao ser comparada com um função de fabricar várias multas de trânsito aos seus munícipes, conforme apresentada pela edição do último domingo (09) em Apucarana;

-Moradores do Núcleo Parigot de Souza estão reclamando na gestão de Beto Preto (PT) que está faltando remédios no Posto de Saúde do bairro. Além do descuido devido do prefeito e médico nuclear petista em Apucarana, não só isso está faltando no bairro, mas também à água da Sanepar. A população do bairro questiona que há vários meses já foi feito o pedido na Imprensa de Apucarana, para que a Prefeitura faça a reposição dos remédios aos pacientes carentes. Beto Preto deverá abrir a licitação para a compra de remédios nos próximos dias em Apucarana, num valor astronômico de R$ 19 milhões para repor todos os medicamentos faltosos nos Postos de Saúde da cidade. No ano de 2013 Beto Preto gastou somente em remédios para serem dados aos pacientes da rede pública municipal, somente R$ 1,2 milhão de reais na cidade;

-A moradora Claudia do Dom Romeu Alberti na Zona Norte de Apucarana está na bronca com a Prefeitura administrada pelo médico nuclear Beto Preto (PT), que não aparece no bairro há mais de um ano e quatro meses. Segundo a moradora da Rua São Simão a coleta de lixo não está passando nas terças-feiras, e fica uma semana praticamente sem a coleta, e já está causando transtornos para os moradores do bairro. Além de cobrar a administração por mais coleta de lixo, ela questionou o tapa-buracos e as limpezas de terrenos baldios do Núcleo;

-Mais uma reclamação pedindo melhorais no asfalto do bairro Michel Soni na Zona Leste de Apucarana foi feita nesta semana no Jornal Fala Cidade. Segundo um morador do bairro a Rua Liberato Souza Sardinha está um verdadeiro queijo suíço. O reclamante cobra que a Prefeitura de Beto Preto vá até o local para verificar a situação precária que se encontra o local, haja vista que, nas administrações passadas também havia cobranças de melhorias, e Beto Preto foi o único que deu esperança de melhorar o local, mas depois de um ano e dois meses o bairro continua a mesma coisa;

-Foi levado ao conhecimento da Imprensa de Apucarana nesta última quarta-feira (12) na Rádio Nova AM de Apucarana, que Mães foram entregar um dossiê que mostra o descaso da administração de Beto Preto (PT) médico nuclear e néscio junto com sua secretária de Educação Marli Fernandes, nomeada recentemente às pressas pelo alcaide, e que mostram falta de competência para solucionar um problema que deveria ter sido visto no final do ano letivo de 2013 que era a contratação do transporte Escolar e afins. Segundo a nota lida na emissora seria que as crianças não estão tendo segurança e sendo transportadas conforme as administrações anteriores junto com as Mães que foram proibidas por Beto Preto em poderem acompanhar seus filhos até a APAE de Apucarana. Segundo a nota na emissora o Prefeito não determinou aos motoristas que levam crianças especiais até a APAE, que suas Mães possam ir juntas com os mesmos, conforme acontecia normalmente nas gestões de Valter Pegorer e João Carlos de Oliveira (PMDB). A ida das Mães juntas com os filhos seria mais para um cuidado melhor durante o trajeto e menos estress as crianças. Em 2013 uma Van fazia o transporte exclusivo destas crianças e agora em 2014 não existe mais este transporte, e sim misturado com outras crianças de outras escolas municipais, ficando mais perigoso para as crianças deficientes com as crianças normais. Isso gerou certo desconforto e muitas Mães ficaram na bronca com o prefeito egocêntrico. Outra denuncia seria que uma criança não teria sido transportada para o Colégio Estadual Nilo Cairo de Apucarana, pois teria uma pendência da Prefeitura com o motorista contratado para pegar a criança que é moradora da Zona Rural de Apucarana. Segundo a Mãe que fez a denuncia o motorista teria que receber parte do pagamento de 2013 que não foi feito por Beto Preto, e por isso, o motorista se recusou desde a última segunda-feira (10) a levar a criança para o Colégio Estadual Nilo Cairo. O valor seria de R$ 2.500,00, e o responsável disse à família que enquanto não recebe-se da Prefeitura de Apucarana, ele não levaria a criança que mora nas proximidades da Estrada rural quilômetro onze e meio. A Secretária Marli Fernandes foi ouvida pela emissora, mas não deu uma explicação plausível do fato dizendo que desconhece esta pendência da Prefeitura com este tal motorista. Como se percebe tanto Beto Preto como sua nova Secretária de Educação Marli Fernandes nomeada recentemente em cima da hora, em menos de uma semana do início das aulas, que não há conhecimento de como anda a educação municipal da cidade. Segundo a Secretária o transporte escolar foi prorrogado até o final de fevereiro de 2014, pois haveria uma abertura de licitação para tentar contratar novos motoristas para transporte dos alunos. A secretária não soube explicar também sobre este atraso na licitação do transporte escolar em Apucarana, uma total ingerência de sua parte, pois a atual secretária já deveria estar por dentro dos fatos ocorridos na sua pasta para tentar resolver os problemas denunciados em Apucarana neste início de ano letivo;

-Os moradores do Núcleo Recanto do Lago na Zona Leste de Apucarana estão clamando por calçadas no bairro. Igualmente a outros bairros que ficaram na mesma situação, e prometidos por Beto Preto em campanha, os munícipes que tem a líder do Prefeito Aurita Bertoli (PT) com vizinha, pois a mesma mora no bairro, mas está deixando a desejar pelas melhorias em seu próprio bairro. Ligações nas rádios de Apucarana mostram que o descontentamento é grande e os moradores pedem uma calçada nas proximidades da Escola Brasil Camargo.

Moradora lembra Prefeito de Apucarana que prometeu em 2012 calçadas no bairro

A moradora Olinda da Rua Rio dos Patos do Núcleo João Paulo I na Zona Oeste de Apucarana, ligou no programa Fala Cidade da 98 FM para cobrar o atual Prefeito de Apucarana Beto Preto (PT), que foi na rua de sua casa em 2012 pedir votos, e prometeu se eleito fosse uma calçada no local, que é tido pelos moradores como perigoso, devido ao grande movimento de carros que existe na Rua. Segundo ela a movimentação está perigosa demais, e até o momento ninguém da Prefeitura foi ao local, principalmente o alcaide nuclear que não pisou mais no bairro do seu rival João Carlos de Oliveira (PMDB);

-Uma Mãe ligou no Jornal Fala Cidade da 98 FM nesta semana denunciando mais uma falha grave no Transporte Escolar de Apucarana. Conforme matéria desta quinta-feira (13) que deu início a série de reclamações do Transporte Escolar que Beto Preto (PT) na sua falha grave como gestor, pois não conseguiu resolver a licitação para o ano letivo de 2014, sendo que crianças estão correndo risco de morte no transporte público conforme denunciou uma Mãe na 98 FM. Segundo a Mãe Marisa que é moradora no Núcleo Djalma Mendes na Zona Norte de Apucarana, o Transporte Escolar da Prefeitura de Apucarana não possuiu um monitor ou monitora para acompanhar as crianças abaixo de cinco anos, um verdadeiro absurdo onde Pais estão ressabiados com esta atitude. O Prefeito néscio e médico nuclear Beto Preto, além de sua novata Secretária Marli Fernandes na Educação, podem ser responsabilizados e até investigados no Ministério Público de Apucarana por mais está péssima notícia que foi divulgada na Imprensa de Apucarana, mostrando que Beto Preto mexeu na hora errada, e está sendo um exemplo de administrador no Paço Municipal.

Mandato de Beto Preto está perdido na Educação

Isso mostra que tanto Beto Preto como sua nova Secretária estão absolutamente perdidos para resolver os problemas críticos na Educação do município. Primeiro que Beto Preto nomeou a sua nova secretária em cima da hora para começar as aulas; segundo que não abriu licitação em tempo hábil para o Transporte Escolar já estar em pleno vigor; terceiro que as Mães foram proibidas de acompanharem seus filhos nas Vans que levam os alunos especiais da APAE de Apucarana neste ano, um ato desumano da parte de Beto Preto, conforme divulgado na Rádio Nova AM; e quarto que o Tempo Integral que já deveria ter começado nesta semana dia (10-02), terá começo no dia (10-03), uma verdadeira anarquia está vivendo a Educação Municipal na gestão de Beto Preto. A promotoria pública de Apucarana precisa investigar estas denuncias apresentadas nesta primeira semana de aula em Apucarana, pois quem é prejudicado nesta história toda são os Pais e os pobres alunos da Rede Pública Municipal de Ensino;

-O Jornal Portal do Paraná de Apucarana fez uma série de reportagens na última edição de domingo dia (10) sobre a atitude da Guarda Municipal de Apucarana, que estaria realizando uma verdadeira fábrica de multas aos motoristas da área central de Apucarana. Depois de romper o contrato com a Lapaza que era a empresa responsável pelo arrecadamento do rotativo municipal, a Prefeitura de Apucarana autorizou os seus Guardas Municipais nesta primeira semana sem rotativo, a notificar os motoristas de Apucarana. As multas aplicadas nos blocos da GM chamaram a atenção pelo grande volume de notificações feitas, por aqueles motoristas que ultrapassam uma hora de estacionamento no local. Um dos problemas que a população em especial o motorista que conseguir achar uma bendita vaga no anel central de Apucarana, durante o dia todo é depois se deparar com uma multa da Guarda Municipal de Apucarana, que pode estar fazendo ou arrecadando só em notificações, mais do que a empresa Lapaza faturava por dia em Apucarana. Se a informação do Jornal Portal foi investigada pela Promotoria de Apucarana, pode-se chegar a cifras exorbitantes, e revoltar a população que aprovou a principio, o rompimento do contrato feito entre o município de Apucarana e a empresa Lapaza. Beto Preto (PT) ainda não informou qual modelo será usado e qual empresa deverá disputar a licitação deste rotativo, mas se continuar da maneira que estamos vendo diariamente em Apucarana, a situação pro lado do motorista será a das piores. Se a cidade possuísse um transporte público de qualidade, alguns motoristas ou a maioria poderia até se arriscar em pegar um busão ao invés de levar uma multa de presente para casa;

-Mais um problema grave foi denunciado na saúde pública de Apucarana nesta semana por uma moradora do Jardim Orlando Bacarin em Apucarana. Segundo a esposa que ligou na 98 FM para informar que seu marido estava com uma fratura em seu pé, e que infelizmente na UPA e no Providência ninguém conseguiu engessar o pé fraturado, ela resolveu ligar na Imprensa para denunciar mais um descaso na saúde pública de Apucarana. O homem procurou socorro e não foi atendido por falta de um ortopedista especialista na área de fraturas, e não foi constada na UPA a fratura em seu pé, somente no Hospital da Providência, igual ao caso do garoto Robertinho (relembre a tragédia em 2013 que foi o primeiro caso de morte na administração do médico nuclear e prefeito Beto Preto do PT). O fato teria ocorrido com o esposo no sábado pela manhã (08). O homem foi orientado a ir embora quando foi atendido na UPA, e somente nesta segunda-feira (10) que ele foi ao Hospital da Providência e não teve o seu pé engessado, mas constatado a fratura óssea. Antes de acabar o programa Fala Cidade da 98 FM, a esposa voltou a ligar para reclamar novamente do caso. Segundo a ouvinte nem no Hospital da Providência o homem conseguiu um médico para atendimento, e somente nesta sexta-feira (15) que algum médico vai conseguir atender o paciente. Ouça como foi mais este descaso na Saúde de Apucarana, sendo mais uma bronca para a Promotoria Pública de Apucarana apurar essa situação grave que se encontra a Saúde em Apucarana;

-Uma lista de material escolar divulgada na última quarta-feira (12) em sessão ordinária na Câmara Municipal de Vereadores em Apucarana, gerou o maior futrica entre edis da oposição e situação. Acontece que a Vereadora de oposição Telma Reis (PMDB), apresentou em plenário uma lista que continha vários pedidos de material escolar e de higiene pessoal das crianças da rede pública municipal, em especial da Escola Municipal da Vila Regina Zona Oeste da cidade, Papa João 23. Após a divulgação e cobrança da Vereadora com relação a tal lista, que seria enviada para os Pais providenciarem esses materiais nesta semana, colocando assim, em xeque a divulgação feita pela Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Apucarana, que em seu portal informou que o prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT), havia dado materiais escolares e uniformes aos milhares de alunos da rede pública de Apucarana, gerou desconfiança na promessa de campanha feita pelo alcaide. Vereadores questionarem a veracidade da informação e a parlamentar Telma Reis (PMDB), trouxe a notícia que a lista deveria ser investigada para não ocorrer à quebra de promessa do Prefeito, pois a Câmara Municipal no final de 2013 fez a devolução de quase dois milhões de reais para a Prefeitura realizar a compra dos materiais escolares e dos uniformes, sobrando assim dinheiro em caixa desta devolução;

-Mais uma denuncia na Imprensa de Apucarana e está deixando os pais em estado de alerta na cidade, e muitos questionam as falhas que o Transporte Escolar está sofrendo neste início de ano letivo na administração do petista e médico nuclear Beto Preto do (PT). Ao invés de ter feito a licitação anteriormente ou, diga-se de passagem, no final de 2013 para que os Pais e principalmente as Mães ficassem mais tranquilas com relação ao Transporte Escolar, Beto Preto vai realizar contratos de urgência com Vanzeiros, conforme sua secretária de Educação Marli Fernandes anunciou na Imprensa, mas o problema que foi ventilado na nesta semana, não seria só este quiproquó da licitação, e sim que um ônibus não passou para pegar alunos da rede municipal de educação na Zona Norte de Apucarana. Conforme o ouvinte líder comunitário Eder “Perninha” do bairro Cidade Educação, um pai foi atrás dele para comunicar que o mesmo teve que faltar do serviço na última sexta-feira (07) e segunda-feira (10), pois os ônibus não passaram para pegar os alunos e este Pai teve que levar seus filhos na Escola;

-O informativo da Rádio Nova AM de Apucarana nesta quinta-feira (13) apresentado pelos radialistas Eli Macedo e Ciro Domingues, uma reclamação de moradoras do Jardim Colonial II, que há meses durante esta gestão de Beto Preto (PT) o qual é médico nuclear e prefeito que faltam medicamentos de várias finalidades no Posto do bairro. Conforme a nota lida pelo competentíssimo jornalista e radialista Eli Macedo, a situação no bairro é grave, e já está num ponto insustentável. Ouça como foi a denuncia que pode gerar mais um processo de investigação na Promotoria Pública da Saúde em Apucarana, a qual compete o Promotor Vilmar Fonseca;

-A primeira semana de aula das crianças que frequentam as escolas municipais de Apucarana e que utilizam o Transporte Escolar gratuito do município, já virou um verdadeiro descaso e que vai virar mais um processo investigatório na Promotoria de Apucarana. Em dois dias várias ligações na Imprensa de Apucarana relataram o descaso que está vivendo os Pais que precisam do Transporte Público de Apucarana. O Prefeito de Apucarana e médico nuclear Beto Preto (PT) que não abriu a licitação em tempo hábil para resolver o problema de locomoção ou com ônibus ou Vans, terá que se virar nos trinta, antes que o Promotor Público abra uma ação judicial sobre este caso gravíssimo em Apucarana. Mais uma Mãe relatou o drama vivido por ela logo nesta primeira semana de Transporte Escolar para seus filhos. A Mãe que é moradora da Zona Rural na Água do Xaxim, disse que ninguém quer levar seus três filhos que estudam no Premem e das três Kombis que passam em seu sítio, ninguém quer levar os alunos, e nenhum motivo foi dado para a Mãe que já ligou para o servidor comissionado Airtinho que cuida do Transporte Escolar de Apucarana;

-Neste sábado (15) ao vivo no informativo da Rádio Nova AM de Apucarana, um cidadão foi reclamar no Jornal de Ciro Domingues sobre uma multa da Guarda Municipal de Apucarana que notificou o cidadão que parou na frente da agência bancária do Itaú na Praça Rui Barbosa e levou uma multa de R$ 53,00. A bronca do cidadão repercutiu quando o senhor Adriano Oliveira do Núcleo João Paulo disse que ficou dois minutos no banco e levou a multa. Ouça como foi a participação dele ao vivo na Nova AM. O AN Notícias procurou o comando da Guarda Municipal de Apucarana no mesmo dia, e conseguimos falar com o GM Ataíde Pantaleão que não quis gravar entrevistas, mas concedeu algumas informações sobre o que poderia ter ocorrido no centro de Apucarana, e principalmente das denuncias feitas na Imprensa de Apucarana e da investigação que a promotoria do consumidor poderá abrir nesta semana, já que a Prefeitura não está com uma empresa licitada para assumir o Estacionamento Rotativo de Apucarana. Pantaleão falou que provavelmente o motorista deva ter estacionado em vaga de idoso ou deficiente, não possuindo a carteirinha que é feita na Prefeitura de Apucarana, e por isso foi notificado. Este caso foi comentado também pelo Promotor Vilmar Fonseca que disse que se motoristas não estiverem em dia e com a documentação exigida pela GM de Apucarana, no caso estas carteirinhas que são feitas pela Prefeitura, nada pode ser feito e a notificação é válida, agora se não for desta maneira o motorista deve procurar a promotoria pública do consumidor para resolver o problema;

-Foi divulgado na Imprensa de Apucarana que a permanência de Alcides Ramos JR (DEM) que foi cassado no final do ano pela Câmara de Apucarana, após a CPI que era presidida pela Vereadora e líder do Prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT), acabou tendo que reconduzir o Vereador Alcides Ramos ao cargo após sua defesa conseguir uma liminar autorizando o edil a voltar ao seu cargo. Pois bem, os Vereadores que votaram na cassação de Alcides foram induzidos ao erro por parte da Assessoria Jurídica da Câmara e principalmente pelo presidente Vereador Deco (PR) e pela vereadora Aurita Bertoli presidente da CPI que determinaram a votação para cassação de Alcides em plenário, pois foram orientados pelos advogados da Câmara que não viram ou sabe-se lá Deus o que ocorreu, em não darem chances de Alcides à defesa da decisão no dia da cassação. Mas de toda esta polêmica, a promotoria do Patrimônio Público de Apucarana questionou nesta semana, a maneira que o departamento Jurídico da Câmara conduziu os trabalhos embasados na CPI que cassaria Alcides Ramos, sem se dar conta da falha ou vício dentro do processo investigatório, o que chamou a atenção da Promotoria que acredita num erro bizarro e de muito amadorismo, ele não quer acreditar que houve certo conluio para Alcides Ramos ter o direito a ingressar com sua defesa na Justiça e voltar ao mandato como ocorreu. Cabrini falou ao AN Notícias sobre o caso e repudiou a maneira que tudo isso terminou, mas para o promotor isto não afeta em nada suas investigações sobre Alcides Ramos. Tanto é que da decisão judicial do departamento jurídico da Câmara de Apucarana não deverá recorrer, sendo somente feita uma contestação sobre o caso, e o prazo será de 60 dias para isso ocorrer;

-Conforme o AN Notícias publicou a denuncia de uma moradora de Apucarana que ligou na 98 FM nesta última semana, sobre seu esposo ter tido uma suposta fratura em seu pé e ter sofrido uma negligência médica na UPA de Apucarana e no Hospital da Providência, o Promotor Vilmar Fonseca da área da Saúde disse que deve apurar os fatos, haja vista que, a família ainda não procurou o MP e que somente o fato foi comunicado na Imprensa. Vilmar Fonseca não quis dar opinião sem verificar os fatos, mas disse que vai apurar se o fato foi registrado em documentos para não haver erros ou conclusões precipitadas. O promotor público disse que quando acontecer um fato desta natureza, que as vítimas procurem o Ministério Público de Apucarana;

-A escola municipal Papa João XXIII na Zona Oeste de Apucarana na Vila Regina viveu uma polêmica nesta semana, principalmente na Câmara Municipal onde a Vereadora Telma Reis (PMDB) apresentou a lista dada por uma Mãe que questionou a legalidade da doação dos materiais escolares dados pelo Prefeito egocêntrico Beto Preto (PT). Segundo a Diretora Rosilene a lista não teria sido feita pela Escola, pois não foi encaminhado para os Pais comprarem nada, pois tudo seria dado aos mesmos pela Prefeitura. Segundo a diretora a lista foi feita por um Pai que a procurou na semana passada, pois ele queria ajudar com o fornecimento de material, sendo tudo considerado por ela, um mal entendido. Na próxima terça-feira (18) a Vereadora Telma Reis deverá cobrar informações do executivo sobre a veracidade das informações, e saber como foi feita a lista para o Pai que procurou a diretora da Escola, sendo que o material foi divulgado como dado pela Prefeitura, e não teria a necessidade de Pais darem contribuição de material a Escola se já seria dado de graça;

-A polêmica sobre as notificações de trânsito que a Guarda Municipal de Apucarana está realizando nesta primeira semana sem a Lapaza, que era a empresa responsável pelo Estacionamento Rotativo no centro de Apucarana, e que teve seu contrato suspenso com a Prefeitura de Apucarana por ordem do Prefeito Beto Preto (PT), veio à tona depois de uma séria de denuncias na Imprensa de Apucarana mostrando que GMs estariam notificando em demasia motoristas que estavam levando um tempo maior na área central de Apucarana, ao estacionarem seus carros e chamou a atenção pela fábrica de multas que estaria sendo criada na gestão municipal, fez com que o promotor público do Consumidor Vilmar Fonseca se pronunciasse a respeito do caso. Vilmar Fonseca que falou com exclusividade ao AN Notícias sobre o caso polêmico, disse que a Guarda Municipal de Apucarana teria o total direito de notificar os motoristas que estão irregulares, ou estacionando em vagas proibidas, e sem a tal documentação que daria o direito de parar em vagas de idosos e deficientes. Vilmar Fonseca disse que se não for aplicada multas desta maneira, que as pessoas que foram lesadas, procurem a promotoria pública para denunciar os casos. Para ele o Estacionamento Rotativo é necessário em Apucarana, mas deve ter seus procedimentos coerentes e sem exageros sem ser um verdadeiro caça níquel na cidade. Caso as multas forem aplicadas de maneira equivocadas a Promotoria informa que a Prefeitura de Apucarana deveria cancelar as notificações, para que não haja uma abertura de investigação na sua promotoria, e que o bom senso seja praticado nestes casos de erros, mas somente nestes casos avaliou o Promotor;

-Devido à greve de funcionários da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT), a Superintendência de Tributação da Prefeitura de Apucarana comunicou nesta semana que o vencimento do Imposto Predial e Territorial Urbano de 2014 será o dia 10 de abril. Quem pagar em cota única vai receber no ato um desconto de 10%. Para este exercício, o valor global lançado em Apucarana é de R$14 milhões. Aprovados pela Câmara de Vereadores, os reajustes do IPTU neste ano variaram de 5,58% a 18%, de acordo com a localização e valorização dos imóveis. Mais informações pelo telefone 3422-4000;

-O prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT) está desleixado com a reposição de medicamentos nos postos de Saúde de Apucarana, e isso está deixando a Promotoria da Saúde em observação aos fatos narrados pela população na Imprensa e na própria promotoria pública. Quase que semanalmente Apucarana está sofrendo com a falta de remédios, e cerca de quase cem procedimentos estão sendo analisados na promotoria da Saúde onde Vilmar Fonseca é o responsável. Para ele, a atual administração não consegue repor os remédios básicos da cesta básica nos postos, e mesmo abrindo uma licitação milionária, a Prefeitura deveria cuidar melhor deste ponto, pois a distribuição nos Postos é precária, e pelo que se sabe os 38 Postos de Saúde de Apucarana não existe a viabilidade de ter um profissional responsável que seria um farmacêutico em cada posto para a entrega destes medicamentos, e informação de faltas de remédios. Sobre as filas dos Postos de Saúde estar acima do normal, e que denuncias na Imprensa falam de somente um dia da semana para pacientes marcarem médicos, como foi o caso do Posto Bolivar Pavão no Jardim América de Apucarana na Zona Norte, Vilmar Fonseca disse que já recebeu denuncias sobre médicos que não estão cumprindo suas cargas horárias em seus postos, e isto ocorre em crime grave de enriquecimento ilícito e ele vai abrir os procedimentos na Promotoria Pública de Saúde, sendo mais um bambu para Beto Preto resolver na fraca administração de Saúde Pública que seu mandato vem desempenhando em Apucarana. Sobre a licitação de remédios que seria em torno de R$ 19 milhões e para não haver problemas com o MP a Prefeitura baixou os valores da compra de remédios para R$ 6,8 milhões, Vilmar Fonseca disse que este caso será analisado pelo Promotor Público Eduardo Cabrini nesta semana;

-A licitação que a Prefeitura de Apucarana na administração do petista e médico nuclear Beto Preto (PT) fez para a compra de uniformes escolares doados para os alunos da rede municipal de ensino mostrou o descontentamento dos empresários de Apucarana que fabricam uniformes escolares e que não houve ampla divulgação da tal licitação que foi vencida por empresas de fora da cidade, sendo gastos quase um milhão de reais na compra dos uniformes e seus respectivos kits. Segundo informações na Imprensa falada de Apucarana, alguns empresários donos de facções de uniformes escolares estavam chateados com a administração de Beto Preto que não divulgou amplamente na Imprensa local, que a Prefeitura de Apucarana iria licitar a compra de uniformes escolares do tamanho que foi pago a duas empresas que venceram a licitação fora de Apucarana. A doação de uniformes escolares foi uma das promessas de campanha de Beto Preto em 2012, porém foi dado os uniformes com um atraso de um ano e dois meses na semana passada por Beto Preto, justamente na Escola Municipal Papa João XXIII da Vila Regina, dois dias após uma suposta lista de material escolar vazar da escola e ir parar nas mãos da vereadora Telma Reis (PMDB) que questionou o fato em sessão da Câmara. Beto Preto (PT) disse nesta semana que a licitação foi vencida por empresas de fora e que foi gasto mais de um milhão de reais na aquisição dos uniformes, mas que ele não teria controle sobre a disputa das empresas na licitação, tentando amenizar uma provável crise entre empresários donos de facções de uniformes locais de Apucarana. Está foi uma das poucas promessas cumprida até o momento por Beto Preto, com atraso, mas foi feita conforme você verifica no Betômetro do AN Notícias clicando (aqui). O site da Prefeitura de Apucarana informa que a licitação dos uniformes escolares foi em Setembro de 2013, como edital abaixo:

AUTARQUIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE APUCARANA
AVISO DE LICITAÇÃO
PREGÃO PRESENCIAL - SRP Nº 23/2013
TIPO: Menor preço – por item
Objeto: Registro de preços visando a aquisição de uniformes para as crianças do 1º ao 5º ano da rede municipal de ensino.
Valor Máximo Estimado: R$ 1.029.659,00 (um milhão, vinte e nove mil seiscentos e cinquenta e nove reais)
Data de realização: 18 de setembro de 2013 às 14:00 horas
O edital estará disponível no portal de compras: compras.apucarana.pr.gov.br, a partir do dia 06/09/2013.
Esclarecimentos: das 13:00 às 18:00 horas, telefone: (43) 3162-4218.
Autarquia Municipal de Educação de Apucarana, 04 de setembro de 2013.
FERNANDO JOSÉ DE FREITAS
Diretor Presidente
Segundo o site da Prefeitura de Apucarana na assessoria de Imprensa, o Prefeito Beto Preto (PT), fez a entrega dos uniformes escolares nesta última semana. Simultaneamente, a distribuição está acontecendo nas demais 35 escolas da rede municipal de ensino e nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs). Ao todo, a Autarquia Municipal de Educação (AME) investiu mais de R$ 1 milhão na aquisição dos materiais, recursos oriundos das sobras do exercício de 2013 da Câmara de Vereadores e que foram devolvidos ao Município. O kit escolar beneficia 10.400 estudantes, abrangendo os CMEIs, as escolas municipais e a Educação de Jovens e Adultos (EJA). “Se as professoras passarem mais tarefa e os alunos utilizarem mais caderno, vamos repor. Não vai faltar para ninguém”, tranquiliza o prefeito. De acordo com ele, dos R$ 260 mil investidos, existe uma cota de reserva que foi adquirida para eventuais reposições. O kit é composto, basicamente, por cadernos (caligrafia, aritmética, linguagem e desenho), lápis, canetas, borrachas, apontadores, réguas, lápis de cor e frascos de cola. Já o uniforme escolar atenderá cerca de 7 mil alunos, do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental ao custo de R$760 mil. “O uniforme identifica a escola e evita que alunos sejam tratados, dentro da própria unidade de ensino, de forma diferente”, observa. Cada aluno está recebendo duas camisetas de manga curta e uma comprida, além de uma bermuda, agasalho completo e boné.

Segundo informações foram confeccionados (7.482 peças de bonés) sendo fornecido pela empresa Master Ind. Com. de Brindes LTDA de Apucarana, ao valor de R$ 2,87 a unidade. A empresa vai faturar R$ 21.473,34.
Já as camisetas de manga curta (19.037 unidades) e manga longa (7.482 unidades) foram feitas fornecidas pela empresa Galeria dos Esportes de Maringá, ao custo de R$ 6,38 a unidade de Manga Longa e R$ 5,18 a manga curta. A empresa faturou R$ 146.346,82.
Já as Jaquetas, calças e bermudas foram feitos pela empresa Hebrom Distribuidora e Confecções de Campo Mourão, que vendeu 7.482 unidades de conjunto (jaqueta e calça) no valor de R$ 55,00 reais cada e 7.482 bermudas num valor de R$ 15,00 reais cada. O total faturado foi de R$ 523.740,00.

O total da compra teria ficado num valor de R$ 691.560,16;

-Uma jovem senhora que está grávida de cinco meses procurou a Imprensa nesta semana para relatar mais um descaso na Saúde de Apucarana, e um fato grave que quase tirou a vida de sua bebê, deixou claro que a Saúde Pública em Apucarana é caso de Polícia, Ministério Público e entregue na Mão de Deus por final. A Mãe que procurou a Imprensa de Apucarana se identificou como Vani Cristina Vieira, moradora do Núcleo Dom Romeu Alberti na Zona Norte de Apucarana, na Rua São José 185. Segundo ela no último sábado dia (15), ela passou mal com uma cólica renal e procurou o Hospital Materno Infantil de Apucarana que pertence ao Hospital da Providência, o qual é bancado pela Prefeitura de Apucarana com um repasse mensal de aproximadamente R$ 35 mil reais. A Mãe grávida disse que a médica identificada como Bethania Oliveira não quis atendê-la, e a mesma começou a ter contrações e dores fortes, e se não fosse ela pagar um médico particular que estava de plantão no Hospital Materno Infantil de Apucarana, ela poderia ter perdido a sua bebê. Para ela houve negligência médica por parte da médica que não a quis atender, pelo motivo informado que só seria atendida se a mesma tivesse em princípio de parto, ou com alguma hemorragia. O caso deve ser mais uma a ter investigação na Promotoria de Apucarana. Nesta terça-feira (18) o Promotor Público da Saúde o qual investiga estas denuncias graves em Apucarana, Dr. Vilmar Fonseca falou com o AN Notícias sobre outro caso de negligência médica, mas na UPA de Apucarana. (veja) Pelo jeito a promotoria de Apucarana terá muito trabalho pela frente neste ano de 2014, por falta de gerência e competência de nossas autoridades e da classe médica que está deixando a população nos casos relatados, a mercê da medicina a qual foi feita para salvar vidas, e não dar um fim melancólico na mesma;

-Olha como anda a Secretaria de Saúde da administração de Beto Preto (PT). Se não é a Imprensa e o Ministério Público de Apucarana, a administração de Beto Preto que prometeu a melhor Saúde em 2012 durante a campanha eleitoral, e depois de eleito são vários absurdos que estamos vendo diariamente que a coisa não anda mesmo em seu mandato. Ao invés de abrir mais Postos ou minipostos em Apucarana, simplesmente a administração de Beto Preto (PT) está fechando esses locais e gerando revolta nos usuários que dependem de remédios para seus tratamentos. Uma denuncia feita na Rádio Nova AM nesta sexta-feira (21) mostra a realidade nua e crua de que a Saúde de Apucarana está totalmente largada na administração do médico nuclear, e na verdade está se tornando a pior administração na área da Saúde na história de Apucarana, quando não é grávida sendo mal tratada em Hospital, crianças perdendo a vida na UPA por negligência médica, e filas nos Postos que não acabam, cadeados nos Postos de Saúde, consultas somente em um dia da semana, falta de remédios nos Postos, médicos não cumprindo suas cargas horárias, e tudo isso sendo apurado pela Promotoria de Apucarana, vemos que a Secretaria de Saúde de Apucarana que tem um interino cuidando da pasta, não poderia esperar coisa melhor da administração de Beto Preto. Beto Preto mandou fechar um miniposto na Rua Capanema ao lado da Vila Regina, e acabou gerando a maior polêmica e ficou o registro da senhora Clarice de Jesus dos Santos moradora no Residencial Franca ligou no Jornal informativo da Nova AM e fez um apelo ao médico nuclear e prefeito. Beto Preto já está batendo os recordes de processos no Ministério Público da Saúde de Apucarana, devido a denuncias apresentadas pela população na Imprensa. Ouça como foi o apelo da moradora;

-O promotor público de Apucarana da pasta da Infância e Juventude Gustavo Marinho fará uma reunião com o alcaide e médico nuclear Beto Preto (PT) dia 06 de Março, após receber várias denuncias sobre o Transporte Escolar da rede municipal de ensino onde várias Mães foram até a Imprensa na semana passada denunciar o descaso como a administração de Beto Preto está cuidando deste assunto em Apucarana. Beto Preto teria a audiência no dia 27 de Fevereiro, mas por detalhes de agenda resolveu alterar a agenda para o dia 06 de Março. A promotoria já estava investigando algumas denuncias antes das novas surgirem na semana passada, e apresentadas aqui no AN Notícias com os áudios das reclamações. Gustavo Marinho que falou com o AN Notícias nesta semana, mas não quis gravar entrevistas antes do caso, comunicou que vai apurar com afinco as irregularidades apresentadas nas denuncias e quer saber informações da Secretaria de Educação os reais motivos que estão deixando as Mães preocupadas, principalmente as Mães dos alunos da APAE de Apucarana, devido ao simples fato de Beto Preto proibir que as mesmas acompanhassem seus filhos no Transporte Escolar, e o pior, Beto Preto não colocou nenhum monitor e ônibus exclusivos para transportarem os deficientes, e acabou misturando os alunos da APAE com os alunos normais. Este fato deixou a promotoria preocupada e atuante no caso, pois seria um equívoco que pode custar caro para a administração de Beto Preto, pois nas outras administrações este tipo de transporte era liberado e não tinha problemas. A secretária de Educação de Apucarana não soube explicar o que aconteceu para o Prefeito egocêntrico tomar tal atitude;

-Um quiproquó danado nesta quarta-feira (19) na 98 FM foi questionado por Mães que tem seus filhos estudando na rede municipal de ensino, sobre as doações dos uniformes escolares que o Prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT) fez na semana passada na Escola Municipal Papa João XXIII na Vila Regina. Acontece que algumas Mães informaram no Rádio que seus filhos ganharam somente uma camisa e um boné da escola, e que na verdade a Prefeitura divulgou que foi dado um kit completo conforme matéria da Assessoria do alcaide Beto Preto;

-Um questionamento foi feito na Rádio Nova AM de Apucarana na quarta-feira (19) para a turma de Beto Preto da área de Educação responder, pois a população está ligada e cobrando as promessas feitas pelo alcaide egocêntrico Beto Preto (PT), que entregou na semana retrasada o tão falado uniforme escolar depois de um ano de dois meses de atraso, sendo está uma promessa de campanha na eleição de 2012 em Apucarana, e que vários Pais, Mães e Avós estão na dúvida de que será que Beto Preto vai dar também uniformes completos para as crianças que frequentam os CMEIs de Apucarana, igualmente as Escolas Municipais. Esta e outras perguntas estão sendo feitas nesta semana pela população Apucaranense. Até o momento está confuso esta situação das doações dos uniformes escolares de Beto Preto (PT), devido o fato de que, sua Secretaria de Educação que anda perdida nas declarações na Imprensa, não deu explicações ainda e contundentes sobre o Transporte Escolar; sobre a lista apresentada por Telma Reis na sessão da Câmara do dia (11) do material escolar da Escola Municipal Papa João XXIII; sobre a licitação do Uniforme Escolar que deixou dúvidas em empresários locais que fazem uniformes escolares; e sobre o uso dos uniformes antigos do ano passado, que muitos alunos guardaram os mesmos para serem utilizados neste ano, e não sabem se poderão utilizá-los ou não em sala de aula neste ano letivo de 2014. Com a palavra a Secretária de Educação de Apucarana Marli Fernandes que está no cargo em menos de 21 dias, e deve ter as respostas que estão sendo questionadas na Imprensa falada, escrita e televisionada de nossa cidade;

-A presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana e região, Elisabete Costa do (SINDSPA) convocou uma coletiva nesta última segunda-feira (24) para cobrar o médico nuclear e prefeito Beto Preto (PT) sobre a contratação de 25 garis a partir do dia 10 de Março, data marcada para começar os serviços dos novos varredores de Rua através da empresa Costa Oeste que deve pagar aos funcionários o valor mensal de R$ 1.050, mais vale alimentação e receber da Prefeitura por KM varrido o equivalente a R$ 48,47. Uma das dúvidas sobre este contrato que vai ser fiscalizado pelo MP de Apucarana são os valores cobrados e como será feito a fiscalização por parte da administração municipal de como e quantos metros foram varridos pelos novos contratados da Costa Oeste Serviços de Limpeza Ltda em Apucarana. Bete Costa informou que “Beto Preto não está cumprindo o que prometeu o que já não é novidade para ninguém, e que o mesmo deveria ter aberto concurso público para contratar garis e não terceirizado que vão receber através de uma empresa que estaria recebendo recursos da prefeitura bem acima do que seria por um concurso público”, enfatizou Bete. Beto Preto em afogadilho e indo contra ao que pregou na eleição, não abriu o concurso público para a contratação de garis ou margaridas, e assinou nesta segunda-feira (24) no gabinete da Prefeitura o contrato com a empresa Costa Oeste. Contrato este que será analisado pela Promotoria Pública do Patrimônio Público de Apucarana pelo promotor Eduardo Cabrini. Bete levou ao conhecimento nesta segunda-feira para a Imprensa e para a Promotoria desta manobra praticada pelo Prefeito Beto Preto (PT), e agora o MP quer saber também o porquê não foi feito um concurso público para contratar servidores de carreira, ao invés de uma empresa terceirizada que vai ganhar um bom dinheiro pelo contrato com a Prefeitura de Apucarana.

Veja a matéria da Assessoria de Beto Preto na Prefeitura de Apucarana nesta segunda-feira (24), ao assinar o contrato com a Costa Oeste:

O serviço de varrição de Rua em Apucarana começa no dia 10 de março. A data foi anunciada hoje pelo prefeito Beto Preto na solenidade de assinatura do contrato de prestação de serviço com a empresa vencedora da licitação, a Costa Oeste Serviços de Limpeza Ltda. O início dos trabalhos vai colocar nas ruas de Apucarana 25 garis, mas caso seja necessário à empresa vai ampliar o quadro de funcionários já que precisa cumprir o cronograma de varrição estabelecida em contrato. Na área central da cidade a limpeza das ruas será diária, nas regiões adjacentes, duas vezes por semana, e nos bairros, uma vez por semana. “A população vinha pedindo esse serviço. A limpeza das ruas vai amenizar também os casos de entupimento de bueiros provocado principalmente pelo lixo jogado no chão”, observou o prefeito. Beto Preto lembrou que há 17 anos a prefeitura não contratava garis. “Em 1997, eram 150 varredores de rua, agora temos apenas 13, que no momento concentravam suas atividades na área central”, detalha. Segundo Beto, os 13 servidores que desempenhavam essa atividade agora vão ser destinados a trabalhos fixos, em praças, como as do 28 de Janeiro, na do cemitério da Saudade e Praça Rui Barbosa, entre outras. A Costa Oeste vai receber da prefeitura R$ 48,75 por quilômetro varrido. “Vamos realizar constantemente avaliação da qualidade do nível técnico dos trabalhos e dos resultados”, informa o prefeito. Estão contemplados no contrato de varrição a área central, Barra Funda, Vila Formosa e Jardim São Pedro, Região do Clube 28 e Jardim Apucarana, região do Colégio São José, Núcleo Habitacional João Paulo, Vila Regina, Núcleo Afonso Camargo, pátio de máquinas, Sanches dos Santos, jardins América e Ponta Grossa, Núcleo Recanto do Lago, Jardim Tibagi e Núcleo Adriano Correia, Jardim Interlagos, Jardim Europa, Loteamento Parque da Raposa, distritos de Pirapó, Caixa de São Pedro, Vila Reis e Correia de Freitas. O prazo do contrato, no valor de R$1.078.740,00, entre a prefeitura e a Costa Oeste, é de 12 meses. A empresa também assume o recolhimento e a correta destinação dos resíduos resultantes do serviço de varrição;

-Deu no site da Folha de Londrina desta segunda-feira (24) que o ex-chefe de gabinete de Beto Preto nomeado no ano passado pelo Prefeito de Apucarana, e ex-vereador em Londrina e também ex-presidente do PT de Londrina Jacks Dias foi condenado à prisão por caixa dois e poderá pegar uma pena branda, segundo o MPE de Londrina de um ano e cinco meses de prisão. Jacks Dias que foi exonerado da administração de Beto Preto no ano passado, depois que o MP da pasta da Promotoria do Patrimônio Público questionou a permanência do mesmo no cargo, acabou sendo exonerado pelo Prefeito de Apucarana, mas Jacks Dias é visto constantemente no Paço Municipal de Apucarana. Sua nomeação repercutiu e muito na Imprensa de Apucarana como negativa para o mandato de Preto.

Veja a matéria publicada nesta segunda-feira (24), pelo site da Folha de Londrina na íntegra:

O ex-presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) em Londrina, Jacks Dias, foi condenado pela 41ª Zona Eleitoral acusado de operar um caixa dois na cidade em 2004, durante a campanha para a reeleição de Nedson Micheleti à Prefeitura de Londrina. A decisão do juiz Alberto Júnior Veloso é do mês passado. Dias foi condenado a um ano e cinco meses de prisão, mais pagamento de multa e um salário mínimo a uma instituição de caridade. O petista também fica proibido de exercer cargo diretivo em partidos políticos por um ano e cinco meses. O Ministério Público Eleitoral (MPE) considera a pena muito branda. A promotora Cláudia Rodrigues Piovezan protocolou um recurso de apelação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) na última semana solicitando que a punição seja reformada. Ela adiantou que se a pena for mantida, o processo vai prescrever e Jacks Dias escapará impune da condenação. Em caso de pena de até dois anos de prisão, a denúncia perde efeito em quatro anos. Vale lembrar que o caso veio à tona em 2005, quase dez anos atrás. É por isso que o MPE solicita a pena máxima ao acusado, de cinco anos de reclusão. Neste caso, a denúncia só prescreveria após doze anos. "Nós pedimos motivo, circunstâncias e consequências do crime e apenas uma delas o magistrado reconheceu como aplicável no caso. Em razão disso, nós pedimos para que o TRE reconheça as demais circunstâncias e assim possa aumentar a pena que foi aplicada", argumentou a promotora em entrevista à rádio CBN Londrina. A denúncia de caixa dois foi feita pela ex-assessora financeira da campanha de Nedson, Soraya Garcia. Na época, ela acusou o PT de declarar receita de R$ 1,3 milhão ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas utilizar mais de R$ 6,5 milhões durante a campanha. Foram denunciados Dias, que já foi vereador em Londrina, e o ex-prefeito Nedson Micheleti. O segundo, no entanto, teve o nome retirado do processo por não haver fato objetivo contra ele. Para a promotora, não há dúvidas de que o caixa dois existiu e foi operado por Jacks Dias, presidente do PT em Londrina na época do suposto esquema. "Tanto houve que ele foi condenado pela prática deste crime. Foi reconhecido pelo magistrado." O advogado de Dias, João Gomes Filho, rebateu os argumentos do Ministério Público e destacou que a denúncia de Soraya Garcia foi motivada por questões políticas. O defensor garantiu, ainda, que todas as contas da campanha prestadas pelo PT foram aprovadas pela Justiça Eleitoral. "Esse caixa dois nunca existiu. O que existe é a presunção de responsabilidade do Jacks pela sua assinatura em uma conta que foi aprovada. Existe uma série de desencontros e desinteligências que são frutos de equívocos que nas contas prestadas nós esclarecemos. O mesmo Judiciário que diz que houve um caixa dois é o mesmo poder que diz que as contas estão certas. Acho difícil entender", argumentou Gomes Filho, que já recorreu da condenação no TRE. (com informações da rádio CBN Londrina);

-Moradores estão na bronca com o Prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT) sobre as promessas de campanha de 2012 que Preto fez ao falar que iria realizar várias obras de asfalto nos bairros visitados durante a campanha. O povo reclama, pois já se foram mais de um ano e dois meses de mandato e pouco se foi feito na cidade. O asfalto de Apucarana que é uma verdadeira porcaria está deixando os motoristas e os moradores de vários bairros revoltados com a demora das ações que Preto não está realizando. Em 2012 Beto Preto (PT) fez o maior empréstimo da história de Apucarana para realizar os tapa-buracos e os novos recapes. Os bairros Santos Dummont 3, Jardim Aviação e Jardim Milani tiveram seus moradores cobrando Preto no Jornal Fala Cidade da 98 FM nesta semana. Pelo jeito Beto Preto que fez o empréstimo de quase R$ 16 milhões para serem pagos em 26 anos, terá que se virar nos trinta para dar conta das promessas que fez e não está cumprindo;

-O Departamento de Tributação da Secretaria da Fazenda da Prefeitura de Apucarana já realizou o lançamento do ISS Fixo, ISS Estimado, Alvará de Licença para Funcionamento e Alvará de Vigilância Sanitária do exercício de 2014. Ao todo são 9 mil empresas, entre comércio em geral e prestadores de serviço, que têm até o dia 10 de abril para saldar as taxas e ficar em dia com o fisco municipal. Ao todo, o valor global lançado é de cerca de R$3,5 milhões. A novidade para este ano, alerta o secretário da pasta, Marcello Augusto Machado, é que os contribuintes de Apucarana terão que imprimir o boleto para pagamento pela internet. “Até o ano passado eram emitidos e enviados os clássicos carnês. A partir de agora, implantamos o sistema online, para dar mais agilidade ao processo”, comunica. Segundo o superintendente de Tributação, Anderson Tonin, o acesso ao sistema é simples e rápido. “O primeiro passo é acessar o site oficial da prefeitura, no endereço http://www.apucarana.pr.gov.br e, já na página principal, na galeria “Serviços Online”, clicar no ícone “ISS Emissão de Carnê”. Feito isto, na tela seguinte vai ser solicitada a seleção do tipo de cadastro. A escolha deve ser pelo “Mobiliário”. A partir daí o contribuinte vai escolher o tipo de carnê (taxa), o exercício e a opção de impressão (parcela, carnê completo, parcelas vencidas ou a vencer)”, detalha Tonin. Apesar da tecnologia já estar bastante democratizada, o superintendente diz que o contribuinte que por ventura não tenha acesso a um computador conectado à internet pode solicitar impressão junto ao setor de tributação, que fica localizado no térreo do prédio administrativo central da prefeitura.
Fiscalização – Contados 10 dias do vencimento das taxas municipais, a Superintendência de Tributação comunica que vai fazer um pente fino nos inadimplentes. “Realizaremos uma fiscalização e, além de ter que recolher ao cofres municipais o imposto devido, o inadimplente deve estar ciente de que estará sujeito a pagar juros e multa de 1 a 100 UFM (Unidade Fiscal do Município)”, esclarece Anderson Tonin, responsável pelo setor. De acordo com ele, o valor atual de uma UFM corresponde a R$56,59. Mais informações sobre o novo método para pagamento das taxas em Apucarana podem ser obtidas de segunda a sexta-feira, das 12 às 18 horas, pelo telefone 3422-4000;

-Uma fonte ligada ao PC do B de Apucarana informou nesta quarta-feira (26) que o partido e seus membros estão rachados com o prefeito egocêntrico e médico nuclear Beto Preto (PT). Segundo a informação o motivo maior foi à gelada que o professor Denis Denilton levou de Beto Preto ao nomear o secretário de Juventude Paulo Kisner ao cargo de Secretário de Esportes de Apucarana. Como era um acordo de Brasília entre os grandes do PT e o PC do B o caldo engrossou e a carroça empinou nesta semana, tanto é verdade, que o presidente do PC do B de Apucarana esteve contando o racha para o Secretário Ratinho JR (PSC) que estava na última sexta-feira (21) no Salão Nobre da Prefeitura de Apucarana;

-O diretor do Departamento de Cultura de Apucarana, Ednei Rosina Mansano considerado o ouvido esquerdo de Beto Preto (PT), deve deixar o seu cargo nos próximos dias. Um dos motivos seria a volta dele para os bastidores da política, mas agindo na Imprensa, ou seja, voltar com o Jornal Manchete àquele que só foi usado na eleição para apoiar Beto Preto contra João Carlos de Oliveira (PMDB). Mansano também teria colocado o cargo a disposição por outros motivos pessoais, sendo que corre o boate que ele foi defenestrado pelo alcaide egocêntrico Beto Preto (PT). Uma decisão judicial teria sido um dos motivos de sua iniciativa em colocar o cargo a disposição depois de falar com Beto Preto e seus colegas de trabalho. Não vamos entrar no mérito do processo judicial, mas já se sabe que isso seria um dos fatos novos. Conforme divulgado na Rádio Nova AM de Apucarana nesta terça-feira (25), Mansano já estava de malas prontas do Departamento de Cultura. Fica a pergunta clara de quem seria o novo comissionado a assumir o Departamento de Cultura de Apucarana?;

-Mais uma denuncia grave na Imprensa de Apucarana e na Promotoria Pública da Saúde de Apucarana mostra como anda a UPA dirigida pelo Prefeito Beto Preto (PT). Devido às falhas na Pasta de Saúde da Prefeitura de nossa cidade que ainda não é dirigida por um Secretário titular e sim um interino, a população sofre com o descaso dos profissionais contratados pela Prefeitura de Apucarana que é administrada pelo médico nuclear Beto Preto (PT), aquele que prometeu a melhor Saúde da história de Apucarana na eleição de 2012 e hoje bate os recordes de processos no Ministério Público de Apucarana principalmente na Promotoria da Saúde. Segundo a senhora Cleide de Souza que é Mãe de quatro filhos, trabalha como diarista, é separada e mora no Núcleo João Paulo na Rua Rio Floriano 407, na Zona Oeste de Apucarana, sua filha de dois anos e sete meses, não foi examinada pelo médico de plantão na UPA no dia 11 de Fevereiro de 2014, sendo identificado o médico Evalmir Evangelista que não prestou um atendimento digno para a criança. A Mãe dona Cleide de Souza teve que pagar R$ 180,00 reais por uma consulta particular no Hospital Materno Infantil de Apucarana para ter um atendimento de urgência para sua criança, que foi diagnosticada com Estomatite e ficou internada três dias. A Mãe procurou o Ministério Público na semana passada e fez a denuncia contra a UPA de Apucarana. O Promotor Público substituto Ricardo Bevenhu está apurando o caso e já marcou uma audiência com o profissional citado no processo e o caso deve ser finalizado pelo titular da pasta Vilmar Fonseca que está de férias. Cleide de Souza levou todas as receitas para contar como prova do péssimo atendimento prestado pela equipe de Beto Preto, sendo está mais uma das várias denuncias narradas na Imprensa de Apucarana pela população de Apucarana que dão nota zero para o atendimento na Saúde de Apucarana;

-A assessoria de imprensa do médico nuclear e prefeito néscio Beto Preto (PT), divulgou nesta última semana em seu site duas matérias um tanto curiosas da saída de seu secretário de Saúde Drº. Hélio Kissina e do resultado da sindicância feita pela equipe de Beto Preto da morte da criança de 11 anos do Núcleo Afonso Alves de Camargo, Roberto Almeida que morreu de forma trágica no Hospital da Providência de Apucarana, ao passar por várias vezes na UPA de Apucarana. O ex-secretário Hélio Kissina pediu sua exoneração um dia depois de divulgar o resultado da sindicância que havia afastado três médicos da UPA de Apucarana. (reveja o caso da morte desta criança que gerou comoção e indignação em Apucarana, no primeiro ano do mandato de Beto Preto (PT). Acontece que quem deveria dar o resultado seria o responsável pela presidência da sindicância Drº. Elton Ayres Guerios, o que não ocorreu chamou a atenção dos presentes no dia da divulgação do resultado da sindicância na primeira reunião do Conselho de Saúde de Apucarana. Segundo o site da Prefeitura de Apucarana o parecer da Comissão de Sindicância, presidida pelo Drº. Elton Marcos Ayres Guerios, e tendo como membros o Drº. Fabrício Marques Leme, Draº. Luciane Paiva de Salles e Lauro Alberto Vieira dos Santos, indica que “não houve negligência médica nos atendimentos prestados, considerando que todos foram realizados no tempo adequado, ou seja, de 15 a 30 minutos após a chegada do paciente na UPA”. Conforme concluiu a comissão, os médicos procederam exames clínicos – conforme relato de testemunhas – e solicitaram exames complementares (raio-x e ultrassonografia), além de prescrever a medicação pertinente ao caso. “Não houve fratura, conforme apontou o Laudo Pericial, e não foi comprovada trombose ou embolia pulmonar, de acordo com os exames realizados pelo Hospital da Providência”, explicou o secretário. Ao saber do resultado divulgado pela equipe de Beto Preto (PT), a família de Robertinho Almeida repudiou o laudo e prometeu seguir com o processo contra a administração do médico nuclear Beto Preto (PT), e buscar mais informações na Promotoria Pública de Saúde de Apucarana que também está cuidando do caso. A nota da Prefeitura de Apucarana foi questionada pela família que não acredita nesta versão dada pela assessoria jurídica de Beto Preto. Já o Secretário Hélio Kissina que foi em uma emissora de Rádio na semana passada, disse que ficaria no cargo como secretário, mas um dia depois reviu o seu conceito e pediu para deixar a pasta como secretário de Beto Preto (PT).

Veja a nota divulgada pela assessoria da Prefeitura de Apucarana da saída de Kissina

Após atender hoje (28) o pedido de exoneração do secretário municipal da saúde, Hélio Kissina, o prefeito Beto Preto, em ato contínuo, nomeou interinamente para o cargo Roberto Youiti Kaneta, que até então ocupava a função de diretor da Autarquia Municipal da Saúde. Kissina justificou a decisão alegando dificuldade de conciliar a função pública com a profissão de médico.
Beto Preto destacou a grande contribuição de Kissina no processo de reestruturação da saúde no município. “Agradeço a dedicação, lealdade e desprendimento que exerceu o cargo. É um médico capacitado, reconhecido que teve que se doar para nos ajudar. Ele acreditou no grupo e nas ações deste mandato participativo”, disse Beto.
“Kissina continua no grupo, nos apoiando na relação com o Hospital da Providência, em especial com o corpo clínico, tendo em vista a liderança, o respeito e a credibilidade que possui no setor”, acrescentou Beto.
Hélio Kissina disse que deixa o cargo com a sensação de tranquilidade. “Assume uma pessoa capacitada e experiente, que com certeza vai continuar nosso projeto de melhorar o serviço oferecido tanto na quantidade como qualidade”, afirmou. Além de secretário municipal de saúde, Roberto Kaneta assume outros dos cargos que eram ocupados por Kissina, o de diretor presidente da Autarquia Municipal de Saúde e de presidente do Fundo Municipal da Saúde. “Kaneta é um servidor com 29 anos de carreira, um dos primeiros funcionários da AMS. A saúde passa para as mãos de um planejador por excelência”, afirma Beto.
Kaneta agradeceu a confiança do prefeito Beto Preto e do Hélio Kissina na escolha do seu nome. “É uma grande responsabilidade desempenhar o papel de gestor do sistema de saúde. Vamos buscar garantir a qualidade dos serviços”, anunciou Kaneta.

Num balanço das ações da saúde nos 14 meses da gestão de Hélio Kissina ganham destaque a reestruturação do Programa Saúde da Família (PSF); extinção das filas de espera durante a madrugada nos postos de saúde; priorização do funcionamento do sistema do SUS; reestruturação do funcionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA); realização de mutirão para cirurgias eletivas; reestruturação do Programa Municipal da Saúde Mental; residência médica para o Hospital da Providência; liberação de mais recursos para o Hospital da Providência, que praticamente dobrou de valor; novo prédio do Cisvir; a luta para a vinda de uma Faculdade de Medicina; aquisição de mais 10 veículos para o PSF; disponibilização de mais ambulância para o SAMU; reforma nos postos de saúde Fouad Salomão e Valdecir de Paula; construção do posto de saúde no Centro Social Urbano; Academia da Saúde na UBS da Vila Nova; construção do novo prédio para farmácia municipal em terreno localizado na esquina das ruas Clotário Portugal e Miguel Simeão; e a redução do tempo de espera para consultas de oftalmologia, de um ano para 3 ou 4 meses, entre outras conquistas.

Veja a nota completa sobre o resultado da Sindicância que livrou de culpa os médicos da UPA na morte de Robertinho

Médicos são inocentados e sindicância arquivada
Família alegava que morte de criança teria sido provocada por negligência e erro médico

O resultado da investigação que apurou as circunstâncias do falecimento do menor Roberto Camargo de Almeida Filho, 11 anos, ocorrida em outubro de 2013, após atendimentos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e encaminhamento ao Hospital Materno Infantil do Providência, foi divulgada ontem pela Autarquia Municipal de Saúde.

O secretário municipal de saúde, Hélio Kissina, lembrou que, como medida preventiva, os três médicos que prestaram atendimento a Roberto, nos dias 6, 7, 8 e 9 de outubro foram afastados de suas funções, durante o transcorrer da sindicância.

O parecer da Comissão de Sindicância, presidida pelo Dr. Elton Marcos Ayres Guerios, e tendo como membros o Dr. Fabrício Marques Leme, Dra. Luciane Paiva de Salles e Lauro Alberto Vieira dos Santos, indica que “não houve negligência médica nos atendimentos prestados, considerando que todos foram realizados no tempo adequado, ou seja, de 15 a 30 minutos após a chegada do paciente na UPA”.

Conforme concluiu a comissão, os médicos procederam exames clínicos – conforme relato de testemunhas – e solicitaram exames complementares (raio-x e ultrassonografia), além de prescrever a medicação pertinente ao caso. “Não houve fratura, conforme apontou o Laudo Pericial, e não foi comprovada trombose ou embolia pulmonar, de acordo com os exames realizados pelo Hospital da Providência”, explicou o secretário.

Segundo ele, os servidores indiciados (médicos) foram considerados inocentes das acusações que lhes foram imputadas, não cabendo qualquer responsabilidade ou penalidade aos mesmos, ficando arquivado o processo sindicante, pela improcedência da denúncia.

Concluindo, Hélio Kissina fez questão de ratificar que a sindicância foi instaurada como forma de sanar dúvidas em relação ao atendimento prestado, e que foi conduzida com total transparência e abertura às partes interessadas. “O Ministério Público e o Conselho Regional de Medicina tiveram acesso aos prontuários e todas as demais informações solicitadas”, frisou o secretário.

Kissina ponderou ainda a necessidade de reconhecer que nenhum procedimento que for feito, trará de volta a vida do menor Roberto Camargo de Almeida Filho que, infelizmente, teve um quadro com uma evolução bastante atípica. “E, diante destas circunstâncias, reiteramos nossa solidariedade à família e, em especial, à mãe da criança, Valacir Aparecida de Oliveira”, finalizou;

-Mais um partido que apoiou o Prefeito e médico nuclear Beto Preto nas eleições de 2012 deve rachar com a base de sustentação ao seu mandato nos próximos dias. A informação foi passada ao AN Notícias por um membro do partido do PRTB de Apucarana, que não está sendo prestigiado da maneira combinada com Beto Preto neste seu segundo ano de mandato. Após saber do desligamento de Ednei Mansano da Fundação Cultural e de Turismo de Apucarana (FUNCAP), o partido teria exigido na semana passada a pasta da Cultura a um membro do partido que é presidido hoje pela presidente da Adefiap de Apucarana Emilia Cretuche. Sabe-se que a conversa foi parar na executiva estadual em Curitiba e o clima ficou tenso. Diretores do partido teriam ligado para a executiva municipal para saber dos detalhes, pois o fato é que este caso seria igual ao que aconteceu com o PC do B dias atrás em Apucarana, onde um dos membros do partido teria sido rifado por Beto Preto na Secretaria de Esportes, a qual foi assumida pelo Secretário da Juventude Paulo Kisner, que por sinal, pode assumir a Fundação Cultural de Apucarana nos próximos dias, e acumular a terceira secretaria na administração do médico nuclear Beto Preto. Pelo jeito, a batata vai assar nos próximos dias entre o PRTB e o Prefeito Beto Preto (PT), pois se confirmada a pasta para o seu secretário que já tem duas secretarias, a executiva do partido deve rachar de vez com a administração petista em Apucarana e apoiar a oposição no pleito deste ano. Outra secretaria que foi prometida por Beto Preto ao partido e que depois foi assumida pela esposa de seu secretário de Finanças Marcelo Machado, Denise Canesin foi a Secretária da Mulher, que também está dando o que falar entre os membros do PRTB;

-O Prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT) nomeou recentemente para chefe de Gabinete em seu segundo ano de mandato, o professor Olavo Guides do Platão, seu amigo de infância e de muitos carnavais. Até ai tudo ok, o que achávamos que seria na Secretaria de Governo, cargo este que foi para Mario Santos até então devido à saída de Petrônio Cardoso que foi para a Câmara de Apucarana. Olavo Guides está assumindo o cargo que era de outro grande amigo de Beto Preto, o petista londrinense Jacks Dias que foi condenado à prisão recentemente em Londrina por caixa dois. O fato da nomeação de Olavo Guides chamou a atenção da Promotoria Pública do Patrimônio Público conduzida pelo competente Promotor Eduardo Cabrini que ao investigar as nomeações feitas na semana passada pelo médico nuclear e prefeito Beto Preto (PT), considerou prática de Nepotismo, pois a mulher de Olavo Guides que estava em cargo comissionado na gestão de Beto Preto com cargo de CC2, foi nomeada para CC1 igualmente ao marido. Jossuela Martins Pirelli Pinheiro foi nomeada por Beto Preto (PT) como Superintendente de Juventude. Jossuela estava com o cargo de Diretora do Centro da Juventude CC02, e com a nomeação de seu esposo como chefe de Gabinete, a prática feita por Beto Preto caracteriza Nepotismo. Segundo o promotor Eduardo Cabrini o MP encaminhou ao Prefeito Municipal um termo de exoneração de um dos dois servidores, que seria mais um casal na administração petista em Apucarana. Os salários do casal somados podem passar dos R$ 12 mil reais aproximadamente. Esta não é a primeira fez que Beto Preto nomeia casais em sua administração. Outros casais estão em alto escalão da Prefeitura de Apucarana e vem chamando a atenção, pois os negócios administrados no Paço Municipal são em família;

-O ex-prefeito Valter Pegorer (PMDB) terá uma audiência no final do mês de Março em Apucarana contra o advogado criminalista e conceituado João Batista Cardoso, contra o prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT) e o contra o Jornal Tribuna do Norte. Os processos estão no Juizado Especial Cível de Apucarana. O ex-prefeito de Apucarana move contra seus desafetos estas ações de indenização devido à publicação no ano passado de uma matéria ligada aos Diários do Além, a qual Pegorer foi citado como responsável na sua gestão de ter gastos dinheiro público com o Diário Oficial do município, e na gestão de Beto Preto foram descobertos sobras dos jornais da época dentro da Asserfa de Apucarana. A denuncia foi arquivada no Ministério Público de Apucarana que comprovou que Pegorer era inocente neste caso, e não houve irregularidades. Pegorer deve ser pré-candidato do PMDB nestas eleições de 2014, e um dos fatos de continuar com o processo, é que sua imagem foi arranhada no caso que repercutiu em todo o estado do Paraná, principalmente na rede Globo RPC/TV;

-Um fato curioso foi registrado nesta noite de terça-feira (04) em Apucarana, envolvendo o ex-diretor do Procon de Apucarana na gestão de João Carlos de Oliveira (PMDB), Jornalista Rafael Silva e o Hospital da Providência de Apucarana, Autarquia Municipal de Saúde e Unimed. Rafael Silva que chegou a levar um tombo e ficou com suspeita de fratura na clavícula direita neste Carnaval, foi encaminhado ao Hospital da Providência e ficou algumas horas na fila de espera, pois o movimento era intenso na unidade hospitalar que tinha apenas um médico de plantão, segundo ele que chamou a Polícia Militar para registrar um B.O sobre o descaso. Rafael Silva que procurou a reportagem do AN Notícias para alegar o fato, disse que iria até a promotoria pública denunciar o caso, pois além dele, outras pessoas ficaram horas e horas dentro do Providência sem atendimento médico de urgência. Ele que é cliente da Unimed vai entrar com uma ação contra a empresa, disse que irá mover uma ação contra a Autarquia Municipal de Saúde e contra o Hospital da Providência. O boletim de ocorrência foi feito pela PM de Apucarana e não foi divulgado na Imprensa;

-Nesta segunda-feira (10) a Rádio Nova AM voltou a tocar no assunto do Transporte Escolar Municipal de Apucarana, que novamente não está pegando os alunos especiais para conduzir até as Escolas que atendem alunos especiais em nossa cidade. Segundo a nota lida na emissora da Mãe de uma aluna especial que mora no Distrito de Correa de Freitas, na Rua Esteves Passiones, 13, não estaria sendo pega pelo ônibus que a levaria em duas instituições de ensino em Apucarana. A Mãe informou que a sua filha especial estuda na Escola Municipal Braga Cortes de manhã e no Sesc pela tarde. Segundo a nota a jovem senhora não foi levada em nenhum dia de aula até o momento. Recentemente Beto Preto teve várias reclamações na Imprensa por parte dos pais de alunos, dizendo que o Transporte Escolar está sendo falho, inclusive tendo a Promotoria da Infância e Juventude marcado uma reunião com Beto Preto (PT) na semana passada. O AN Notícias irá entrar em contato com o Promotor Gustavo Marinho para saber como foi o teor da reunião com o Prefeito e médico nuclear sobre este assunto;

-As nomeações de parentes de funcionários do alto escalão da prefeitura de Apucarana não param. O prefeito petista e médico nuclear Beto Preto está sabendo agradar seus fiéis escudeiros e cumprindo com as "promessas de ajuda" pós-eleição com várias nomeações de parentes na prefeitura de Apucarana, um verdadeiro cabide de empregos. Quem se beneficiou dessa vez foi à filha do Diretor de Comunicação da prefeitura, Maurício Borges, pessoa de total confiança do prefeito que foi trabalhar na Prefeitura ano passado. Além de empregar sua filha na Prefeitura com o cargo de Assessora de Saúde Física junto a Autarquia de Saúde, com o salário de R$ 2.200,00, Mauricio Borges tem um filho que trabalha desde o ano passado no Cisvir presidido por Beto Preto. A filha do diretor de Comunicação da Prefeitura de Apucarana foi Miss Apucarana há alguns anos atrás. Veja a nomeação de Nayra Vendrametto Borges na Prefeitura de Apucarana. Foi acabar o Carnaval que Beto Preto começou a mostrar como será o seu segundo ano de mandato em Apucarana, uma verdadeira farra com nomeações de parentes de seus comissionados;

-O prefeito de Apucarana e médico nuclear Beto Preto (PT), e presidente do Cisvir que engloba vários municípios do Vale do Ivaí, não vem pagando o aluguel do Cisvir desde o ano passado e o caso estaria sendo questionado na Justiça de Apucarana. O prédio da sede do Cisvir em Apucarana que fica na Rua Osório Ribas de Paula, é alugado e na administração passada não tinha esse atraso como está agora na gestão do médico nuclear, atrasava-se sim o aluguel, mas não como ficou com Beto Preto na presidência da sede, e isso fez com que o petista viesse essa semana na Imprensa cobrar Richa e colocar a culpa no Governo do Estado que não vem repassando a verba da Saúde, segundo palavras de Beto Preto. Beto Preto não vem agradando como prefeito em Apucarana e muito menos como presidente do Cisvir. Vários prefeitos já comentam que esta presidência que deve trocar até o final de 2014, não mostrou a que veio, e até a obra da sede está atrasada, sendo uma promessa de Beto Preto em 2013 que iria conseguir os recursos para ter o novo prédio pronto no ano passado, e já se arrastou para este ano e quem sabe até 2015. Beto Preto que é o presidente do Cisvir deve mais de R$ 270 mil reais em aluguéis do Consórcio na sua gestão, e já teria informações de uma suposta ordem de despejo feita pelos donos do prédio a entidade do Cisvir;

-Uma ligação que vai mexer com você, caro leitor do AN Notícias. Uma ouvinte do Jornal Fala Cidade resolveu na semana passada abrir seu coração e protestar contra a atual administração de Beto Preto o prefeito que prometeu melhorar a Saúde e conseguiu por incrível que pareça piorar em todos os sentidos na cidade de Apucarana. Sem falar é claro que o médico nuclear que ainda não definiu a titularidade de seu secretário de Saúde (uma vergonha para nós Apucaranenses), tem mais um pepino para resolver com relação aos vários desempregados que ele fez vítimas nos últimos dias na cidade, ao romper o contrato com a Lapaza que cuidava do rotativo em Apucarana, e até o momento não resolveu a situação do estacionamento e muito menos quem vai assumir o rotativo da cidade. Aqueles que trabalhavam na empresa Lapaza foram demitidos, e a ouvinte do Jornal Fala Cidade, chorou ao cobrar no ar o Prefeito de Apucarana que deixou sua família numa situação complicada, pois o filho dela estava entre os funcionários do rotativo que foram demitidos e agora procura um novo emprego. A ouvinte Maria do Bairro Osmar Guaraci Freire chorou ao vivo no ar do Fala Cidade, e cobrou Beto Preto por não ter melhorias na Saúde. Ouça como foi a bambuzada em Beto Preto;

-O Observatório Social de Apucarana (OSA) cobrou nesta quarta-feira (12) as promessas do Plano de Governo do médico nuclear Beto Preto (PT) que venceu as eleições de 2012, e havia prometido uma instalação de uma ouvidoria em sua gestão para que a população cobrasse a administração municipal em suas reivindicações. Para o presidente do OSA Mauro Carlos, o prefeito de Apucarana Beto Preto não está cumprindo esta promessa, e isso dificulta cada vez mais o acesso do munícipe com o Paço Municipal. “Está na hora do Prefeito de Apucarana começar a colocar a ouvidoria do município em prática, pois foi prometido para nós do OSA essa proposta de Governo que não está sendo honrada”, disse Mauro Carlos;

-Um ouvinte do Jornal Fala Cidade da 98 FM de Apucarana ligou no programa para cobrar o prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT), sobre os recapes asfálticos que foi promessa do prefeito no bairro e até agora, mais de um ano e três meses a Prefeitura não fez a melhoria devida. O bairro questionado pelo morador Natal seria o Vale Verde na Zona Norte de Apucarana. Ouça como foi à reclamação deste cidadão no Jornal Fala Cidade;

-Mais uma reclamação na Imprensa de Apucarana foi registrada nesta quarta-feira (12) na Rádio Nova AM. Segundo informou a emissora cerca de vinte alunos não foram transportados pelo Transporte Escolar da Prefeitura de Apucarana. Os alunos ficaram esperando na manhã desta quarta-feira chuvosa na cidade, e ninguém da Prefeitura deu uma satisfação aos Pais dos jovens alunos que ficaram ser ir as aulas. O descaso ocorreu na Zona Rural de Vila Reis de Apucarana e seria mais uma denuncia grave contra a administração de Beto Preto que está falando bizarramente no Transporte Escolar. Segundo o responsável pelo Transporte Escolar de Apucarana na gestão de Beto Preto (PT), um motorista que é o responsável pela linha da Zona Rural, ficou doente e a Prefeitura não tinha ninguém substituto para colocar no lugar do motorista. Ou seja, se a prefeitura não se organizar com relação as falhas do Transporte Escolar de Apucarana, os alunos vão pagar o pato novamente, uma vergonha para a administração de Beto Preto que não consegue resolver este problema que já se arrasta a dias, desde o primeiro dia de aula em Apucarana;

-Parece que o ex-diretor de Cultura de Apucarana e ligado ao Prefeito Beto Preto (PT), Ednei Rosina Mansano que foi exonerado recentemente, pode voltar a militar na política com um baita cargo dentro da Câmara de Apucarana. Fontes revelaram ao AN Notícias que no último dia (07) na vinda de Gleisi Hoffmann em Londrina, Mansano que estava na comitiva de Apucarana que recepcionou a pré-candidata ao Governo do Estado do Paraná, teria acertado sua ida para a Câmara. Mansano sofreu uma condenação judicial há cinco anos e dez meses de prisão em regime semiaberto e deve recorrer da sentença judicial. Se sua nomeação ocorrer de fato, o presidente da Câmara d Apucarana terá que dar explicações aos demais pares da casa, e cumprir com a Lei da Ficha Limpa aprovada na própria Câmara. O AN Notícias deixa o espaço aberto para o presidente José Airton de Araújo o Deco do (PR), confirmar ou negar esta possível e polêmica nomeação na Câmara de Apucarana;

-A administração de Beto Preto prefeito e médico nuclear de Apucarana do (PT), cometeu um suposto favorecimento conforme mostram documentos dos atos oficiais com relação ao seu novo Superintendente de Gabinete Olavo Cesar Guides Pinheiro, recém-nomeado na Prefeitura de Apucarana no dia 01 de fevereiro de 2014. Olavo Guides que é professor no Colégio Platão de Apucarana, e amigo de infância de Beto Preto ao qual participou da campanha de Beto em 2008 foi nomeado como CC-01 com salário mensal de aproximadamente R$ 6 mil reais, além de ter tido sua mulher nomeada também no dia 01 de Fevereiro de 2014 no Cargo de Superintendente da Juventude com o mesmo CC-01 do seu marido com salário igual. Jossuela Martins Pirelli Pinheiro que foi nomeada primeiramente em Janeiro de 2013 como Diretora Geral do Departamento do Centro da Juventude como CC-02 está sendo investigada junto com seu marido na promotoria pública do Patrimônio Público de Apucarana, na competência do promotor Eduardo Augusto Cabrini como prática de Nepotismo feita na administração de Beto Preto (PT). O que chamou a atenção das nomeações foi que mais uma evidência de favorecimento ao seu Superintendente, seria que a empresa que está no nome de Olavo Guides aparece com um contrato anual com a Prefeitura de Apucarana no primeiro ano de gestão. Documentos estes que já estão sendo analisados na Promotoria Pública de Apucarana. Olavo Guides é sócio-proprietário da empresa Pinheiro e Bertoncelo Ltda de Apucarana. A empresa que tem sede na Rua Osório Ribas de Paula, 455 no Centro de Apucarana é mais conhecida como Laboratório CenterLab que presta serviços a Prefeitura de Apucarana desde Abril de 2013, o qual já recebeu praticamente todo o valor do contrato no final de Dezembro do ano passado, conforme mostra o site Portal da Transparência da Prefeitura de Apucarana. A empresa de Olavo Guides foi contratado pelo valor de R$ 84 mil reais pela Prefeitura de Apucarana para a realização de exames constantes da tabela unificada SUS – grupo 2 – subgrupo 2, por um período de 12 (doze) meses. O contrato também foi feito sem licitação, o que daria margem de questionamentos por parte do Ministério Público de Apucarana. Beto Preto (PT) não poderia ter nomeado seu Superintendente antes de findar o contrato da empresa Pinheiro e Bertoncelo Ltda , e muito menos nomear sua esposa no mesmo dia conforme mostra o edital dos Atos oficiais das nomeações do casal. Segundo o Jornal Portal do Paraná neste último domingo (09), Olavo Guides teria uma cunhada empregada também na Prefeitura de Apucarana. Pelo jeito as notícias que estão surgindo em torno do nome de Guides na administração de Beto Preto são sérias e devem ser apuradas nos próximos dias pela Promotoria. Veja os documentos que mostram as nomeações, e o contrato da empresa de Olavo Guides com a administração de Beto Preto, e sua polêmica nomeação que já está favorecendo o casal Pinheiro em Apucarana;

-Mais uma reclamação na Imprensa de Apucarana foi registrada nesta quarta-feira (12) na Rádio Nova AM. Segundo informou a emissora cerca de vinte alunos não foram transportados pelo Transporte Escolar da Prefeitura de Apucarana. Os alunos ficaram esperando na manhã desta quarta-feira chuvosa na cidade, e ninguém da Prefeitura deu uma satisfação aos Pais dos jovens alunos que ficaram ser ir as aulas. O descaso ocorreu na Zona Rural de Vila Reis de Apucarana e seria mais uma denuncia grave contra a administração de Beto Preto que está falando bizarramente no Transporte Escolar. Segundo o responsável pelo Transporte Escolar de Apucarana na gestão de Beto Preto (PT), um motorista que é o responsável pela linha da Zona Rural, ficou doente e a Prefeitura não tinha ninguém substituto para colocar no lugar do motorista. Ou seja, se a prefeitura não se organizar com relação as falhas do Transporte Escolar de Apucarana, os alunos vão pagar o pato novamente, uma vergonha para a administração de Beto Preto que não consegue resolver este problema que já se arrasta a dias, desde o primeiro dia de aula em Apucarana;

-O informativo da Rádio Nova AM trouxe a informação das danças de cadeiras na administração de Beto Preto (PT), médico nuclear que está vivendo um momento turbulento em seu segundo ano de mandato, pois até agora, não conseguiu montar seu grupo e equipe de trabalho na Prefeitura de Apucarana. Como tudo na administração de Beto Preto pode ser considerada interina o seu novo Secretário Interino Ewerton Pires do Meio Ambiente, que foi nomeado para ocupar o lugar de Itamar Gomes de Oliveira também pode rodar nos próximos dias no cargo. É que uma militância dentro do PT de Apucarana quer o cargo e o sindicalista Hermes Gonçalves pode ser um dos cotados, e para não haver um tumulto generalizado e se comprometer com a esposa de Ewerton Pires que está a frente do Conselho de Saúde de Apucarana, Beto Preto poderá fazer um remanejamento de secretaria e incluir a secretaria de Meio Ambiente com a Secretaria de Agricultura, hoje assumida pelo Secretário Joãozinho da Emater (PV). A notícia dada na emissora caiu como um raio na Secretaria de Meio Ambiente de Apucarana, e gerou mal estar entre os comissionados de Beto Preto (PT). O cargo da Secretaria de Meio Ambiente de Apucarana é indicado pela Vereadora Aurita Bertoli que é líder do Prefeito na Câmara de Apucarana. Os petitas estão ansiosos para saber quem vai ficar com a vaga, e o que Beto Preto irá fazer com este interino que vem desempenhando um bom trabalho desde o ano passado, ao lado de Itamar Gomes de Oliveira que foi exonerado do cargo. Pelo jeito, falta experiência ao alcaide Beto Preto que anda perdido nos últimos meses com seus cargos em alto escalão;

-Pais de alunos da Rede municipal e estadual de Apucarana reclamaram nesta semana na Imprensa de Apucarana, que os alunos não estão mais sendo transportados na Vila Rural Nova Ucrânia de Apucarana. Segundo informações, o motivo seria pela falta de manutenção na Estrada Rural que deveria ser feita pela Prefeitura Municipal, mas infelizmente o Prefeito de Apucarana se esqueceu do local, segundo os moradores. A informação para os Pais de alunos da Vila Rural é que a partir desta semana, devido à deficiência de trafego na estrada rural daquele local, os alunos não serão mais transportados pelos motoristas que não conseguem andar com os ônibus para pegarem os alunos. Pais de alunos querem uma posição da Prefeitura de Apucarana sobre está polêmica, pois o Transporte Escolar de Apucarana está sofrendo com várias reclamações ultimamente na Imprensa de Apucarana;

-Uma reclamação feita na última sexta-feira (14) em Apucarana mostrou que a Prefeitura de Apucarana está desleixada com as Escolas Municipais dos Distritos. Acontece que na Caixa de São Pedro moradores e Pais de alunos da rede pública, informaram que na última quinta-feira (13) uma cobra foi encontrada no matagal ao lado da Escola Nilson de Azevedo e quase picou uma criança. Segundo informações um mutirão de limpeza estava para ser realizado na sexta-feira (14) no local;

-Uma polêmica envolvendo a administração de Beto Preto (PT) o qual é prefeito e médico nuclear em Apucarana teria sido cogitada em uma emissora de Rádio de Apucarana, que o atual prefeito deverá deixar seu cargo caso a Presidente Dilma consiga sua reeleição em 2014 para ocupar uma vaga no Ministério da Saúde, ou seja, como Ministro da Saúde de Dilma já que Preto administra a maior cidade paranaense a frente do PT. Veja o resultado da enquete onde a maioria dos internautas do AN Notícias acredita que Beto Preto não teria competência para tal cargo no Governo Dilma Rousseff;

-Quem foi na manhã deste domingo (16) buscar o tradicional Jornal Portal de Apucarana, o qual é distribuído gratuitamente todos os domingos na Praça Rui Barbosa em frente à curva do Itaú na Avenida Curitiba, ficou de cara com o constrangimento que funcionários do Jornal passaram ao serem proibidos de ficarem no corredor feito por cones pelo próprio Jornal que uma viatura do comando da Guarda Municipal de Apucarana, proibiu os trabalhos que foram feitos apenas na calçada do Banco Itaú de Apucarana. Dois GMs foram designados pelo comando da Guarda Municipal de Apucarana para fazerem o acompanhamento da distribuição do Jornal Portal de Apucarana, que sempre é entregue aos motoristas que passam pela Avenida Curitiba na frente do Itaú. A reportagem do AN Notícias tentou falar com os GMs que informaram que estavam proibidos de falarem com a Imprensa, somente o comando da GM que é feita pelo servidor Ataíde Pantaleão, e que as ordens seriam para tirar os funcionários do Jornal que estariam atrapalhando o fluxo de veículos na Avenida Curitiba. Com esta informação fica a pergunta de que o porquê antes não era proibido está prática de distribuir na Avenida Curitiba, e somente agora no mandato do egocêntrico Prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT), esta arbitrariedade ocorreu. Segundo o funcionário do Jornal Portal Carlinhos que faz as entregas de mãos em mãos aos motoristas Apucaranenses, o Jornal estava proibido de fazer a entrega, tanto é que uma senhora estava entregando um jornal de Jandaia do Sul no mesmo lugar, coisa que nunca ocorreu antes. Leitores costumeiros que vão as bancas no domingo pela manhã em Apucarana, acharam a atitude da GM de Apucarana um tanto quanto truculenta, pois estava tirando o direito de ir e vir do cidadão Apucaranense, com esta determinação do Prefeito de Apucarana que pelo jeito anda desesperado com as notícias que o Jornal vem trazendo todos os domingos contra a sua administração;

-Começou na semana passada mais precisamente no dia 10 de Março de 2013, o Tempo Integral nas Escolas Municipais de Apucarana, neste segundo ano de gestão do médico nuclear e Prefeito Beto Preto (PT) de Apucarana. Beto Preto determinou no mês de Fevereiro na troca de sua secretaria de Educação, que as aulas do Tempo Integral que deveriam ter começado de imediato no início do ano letivo normal, foi adiado por questões que não foram divulgadas pela assessoria da Prefeitura de Apucarana. Na semana passada começou as aulas adiadas o que causou durante 30 dias, o maior transtorno para os Pais e Mães dos alunos que precisam do Tempo Integral em funcionamento correto em Apucarana. A maioria dos internautas não gostou da manobra de Beto Preto. Veja o resultado clicando na galeria de Imagens do AN Notícias abaixo;

-Mais um reclamação de falta de remédio do Posto de Saúde Osvaldo Damin o Posto da Vila Martins está deixando os moradores da região do Lago Jaboti, na bronca com a administração do petista Beto Preto e médico nuclear. Segundo informações do morador Leodenis Aparecido de Souza, o mesmo foi até o Posto de Saúde Osvaldo Damin pegar remédio para pressão alta, e foi negada a medicação para este cidadão que teve que ligar na Rádio Nova AM para fazer a reclamação lida no ar. Funcionárias do Posto de Saúde tiveram que informar que a medicação não é liberada, antes de o enfermo procurar saber mais dados da medicação que ele vai usar, por isso que foi negado o repasse do remédio para o reclamante;

-Ratos, baratas cascudas, escorpiões, mosquito da dengue e muito matagal. É assim que se encontra o terreno da Rua Clotário Portugal que nasce o Rio Pirapó. O local que é de preservação ambiental está tirando o sono de moradores em frente a UPA e aos vizinhos da nascente que ficam nos prédios ao lado. Segundo reclamações na Imprensa de Apucarana nesta segunda-feira (17), ratazanas estão escalando as paredes dos prédios, e os moradores pedem providencias para as autoridades competentes para uma roçagem no local, mas o MP do Meio Ambiente de Apucarana pode negar a limpeza no terreno, e a polêmica deve ganhar maior repercussão em Apucarana;

-Pacientes marcam consultas no Cisvir de Apucarana, prédio na área central o qual o aluguel está em atraso por parte do Consórcio administrado pelo presidente e prefeito Beto Preto (PT) de Apucarana, e nesta terça-feira (18) vários pacientes surtaram no prédio por causa da demora no atendimento e falta de informações por parte da equipe de ouvidoria do Cisvir. O médico que deveria atender nesta manhã não foi, e os pacientes não foram avisados. O Dr. Francisco Licinio Camargo não apareceu para dar o expediente, e vários pacientes que estavam há horas na fila, não foram informados e o tumulto começou dentro do Cisvir. Indignados com o descaso os pacientes procuraram a Imprensa para relatar o fato nesta terça-feira em Apucarana. Não foi informado o motivo pela falta do médico nesta terça-feira pela direção do Cisvir;

-Quando não é Dipirona, Cataflan, Nimesulida, ou Remédio de pressão alta, de Diabetes é o remédio que combate o mal de Parkinson que está virando polêmica na cidade de Apucarana. Um ouvinte que ligou no Jornal Fala Cidade da 98 FM, cobrou o prefeito de Apucarana Beto Preto que é médico nuclear sobre a distribuição gratuita do remédio que seu Pai, conseguiu através de uma decisão judicial o direito de pegar nos Postos de Apucarana a medicação que está em falta há mais de trinta dias. O morador do Jardim Capanema, na Rua Jardinópolis, nº 10, cobrou a administração de Beto Preto (PT) para que o mesmo volte a colocar o remédio de uso continuo de seu Pai para ser entregue gratuitamente no Posto de Saúde. O caso pode parar na Justiça de Apucarana e o cidadão que está sendo prejudicado pela falta desta medicação no mandato de Beto Preto, poderá ir até a Justiça para garantir a distribuição normalmente como vinha ocorrendo. Pelo jeito, o descaso com a falta de remédios em Apucarana deve ganhar um novo capítulo nos próximos dias;

-Moradores da região da Zona Rural do São Pedro do Taquara estão na bronca com o Transporte Escolar de Apucarana. Alunos não estão sendo conduzidos por Vans, Kombis ou ônibus. Segundo informações dos reclamantes a administração municipal cancelou os contratos com alguns prestadores de serviço do Transporte Escolar, e os motoristas foram contatados pelos Pais, e a informação é que a Prefeitura não renovou o contrato, e por isso, muitos deixaram de ser transportados. Só nesta semana, já é a terceira reclamação da mesma prática, e pelo que se ouviu falar a Prefeitura de Apucarana não resolveu o problema do Transporte Escolar. Na Semana passada mais de vinte alunos ficaram sem ir para a Escola também da Zona Rural, devido a falhas de Transporte por parte da Prefeitura;

-Nem a Copel e nem o Setor de Serviços Públicos Municipal, resolveram o problema de suas responsabilidades, do Matagal na Rua Augusto Moreira Duarte no Parque Bela Vista, conforme haviam se comprometido em fevereiro. O canal 38, vinculou matéria de reclamação dos moradores, nos dias 19 de fevereiro e no dia 20 de fevereiro, tanto a Copel como setor de Serviços Públicos, se comprometeram cada um em resolver o problema, na qual ;e responsável, a Copel pelo domínio da rede de alta tensão e a Prefeitura do matagal, mas ate a presente data, já passados quase um mês, o matagal aumentou ainda mais. Segundo informações de um morador que não quis se identificar, no matagal da Rua Augusto Moreira Duate, no parque Bela Vista, atrás IBC, tem Bichos, drogados, no matagal agora tem até Barraca de lona, que utilizam para prostituição. E que no final se semana a situação fica mais caótica, pois quem depende de passar pela Rua correm sérios riscos e constrangimento. A Sra. Gisele Aparecida dos Santos, já havia reclamado do matagal, conforme matéria postada em (19/02). Paulo Reis, fiscal do setor de serviço públicos, disse em (20/02), que à Rua Augusto Moreira Duarte, no Parque Bela Vista, estava prevista para os próximos dias. E a Rakelly Calliari Schacht, do setor de comunicação da Copel da Regional Norte, informou que a Copel enviou uma equipe no local, “A equipe que esteve no local, apenas identificou árvores que estão encostando à rede de baixa tensão, e elas serão podadas”. Mas infelizmente, os serviços não foram efetuados, e os moradores do Parque Bela Vista, pedem uma solução com urgência. As imagens (foto) falam por si própria do problema existente;

-É o povo tá ligado que a administração de Beto Preto (PT) que é médico nuclear e prefeito eleito em 2012 que seria o Pai da Saúde em Apucarana está virando alvo de chacota na cidade alta. O prefeito que está sendo cobrado diariamente na Imprensa de Apucarana pela população que está revoltada com o descaso na Saúde, informa que está faltando médicos, remédios e respostas na Saúde de Apucarana. A ouvinte Nice fez uma reclamação que assustou o apresentador Luiz Magalhães da 98 FM. Segundo ela a situação da Saúde em Apucarana está pior do que antes, pois ela está sendo obrigada a comprar remédios na Farmácia, porque a administração de Beto Preto está deixando faltar a medicação básica na Saúde de Apucarana. Isso é vergonhoso e deve ser apurado pela Promotoria de Apucarana que está morosa as soluções da falta de medicação na cidade. Diariamente são várias as cobranças pela falta de remédios entre eles os mais cobrados e utilizados pela população de Apucarana. Remédios como de pressão e de Diabetes não são encontrados nos Postos de Apucarana. Ouça como foi a denuncia da ouvinte que está no seu direito de cobrar o médico nuclear que há um ano e três meses, não melhorou a Saúde Pública de Apucarana, pelo contrário, piorou e muito a Saúde nos Postos de Apucarana;

-Quem mora na Zona Rural de Apucarana e tem seus filhos como estudantes e dependem do Transporte Escolar da Prefeitura de Apucarana, está literalmente no bico do corvo com esta atual administração de Beto Preto (PT). Em menos de 24 horas várias reclamações na Rádio Nova AM foram feitas sobre o Transporte Escolar que não resolve o problema de condução dos alunos. Segundo a nota desta quarta-feira (19) alunos ficam esperando horas no ponto uma condução passar para pegar os alunos e levar as suas respectivas escolas, mas isso não está ocorrendo e a Prefeitura de Apucarana não dá nenhuma satisfação aos Pais dos Alunos que pedem providências. Na Câmara o assunto foi comentado entre os Vereadores e um deles Mauro Bertoli (PTB) aliado de Beto Preto (PT), disse que o problema estava solucionado, mas nesta quarta-feira a reclamação voltou na Imprensa como não resolvida. Veja a matéria de ontem (19);

-Um ouvinte do Jornal Fala Cidade da 98 FM ligou recentemente na emissora para fazer uma denuncia grave que deve ser apurada e até respondida pelo Prefeito Beto Preto (PT). O ouvinte que se identificou como Robson disse que moradores do Sumatra I, bairro novo recém-inaugurado em Apucarana pela Prefeitura na gestão de Beto Preto (PT), foram beneficiados sem precisão com casas populares. O ouvinte disse que no centro social urbano de Apucarana os funcionários da Prefeitura de Apucarana estão sendo grossos com os munícipes e mostrou descontentamento com a situação. Ouça como foi a denuncia do cidadão;

-Os moradores do Distrito de Vila Reis em Apucarana cobraram nesta semana dentro da Prefeitura o Prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT). A cobrança foi no gabinete do Prefeito que atendeu alguns moradores da Rua Nossa Senhora do Bom Conselho, que foi prometida pelo Prefeito na campanha em solucionar o problema. Acontece que Beto Preto mandou fazer uma parte no ano passado, e depois a obra foi paralisada sem justificativa. A Rua que está deixando moradores e motoristas irritados estão na bronca com a atual administração que não terminou a obra e não deu uma satisfação para os moradores. Ouça como foi à cobrança da moradora da Vila Reis ao radialista Ciro Domingues da Nova AM de Apucarana;

-A moradora da Rua Ícaro, 549, no Bairro Vila Nova de Apucarana dona Neusa Mariano ligou no Jornal Fala Cidade de Apucarana, e cobrou a Prefeitura de Apucarana com relação às enormes crateras no asfalto da Rua de sua casa e da falta de sinalização no local que já está gerando preocupação aos moradores, que temem por motoristas irresponsáveis que abusam da velocidade, e que para desviarem dos buracos estão se arriscando no volante e uma tragédia pode acontecer. A moradora que estava revoltada com a situação cobrou também a Câmara de Vereadores de Apucarana, pois lá perto de sua casa, mora o presidente José Airton de Araújo (PR) o Deco que nem visitar os moradores do bairro ele fez depois da eleição. A reclamante também pediu um quebra molas no local, mas foi avisada pelo também Vereador e radialista Luiz Magalhães (PT) que muito dificilmente, o OSA de Apucarana deixará a Prefeitura instalar um quebra-molas no local;

-Um requerimento que deixou Beto Preto (PT) sem sono nesta terça-feira (18) em Apucarana. A Câmara de Apucarana aprovou em sessão ordinária um requerimento de autoria do Vereador Antoniassi (PSDB) que Beto Preto não está cumprindo sobre a eleição das novas diretoras de escolas municipais de Apucarana, que foi promessa de Campanha de Beto Preto e você acompanha na íntegra no BETÔMETRO do AN Notícias. A votação que foi de 06 votos a 04 favorável a aprovação do requerimento, e deixou claro que a base de Beto Preto (PT) rachou na Câmara de Apucarana, e o pedido de informação de Antonisassi mexeu na ferida que estava sangrando lentamente na Prefeitura de Apucarana, pois Beto Preto não quer fazer a tal da eleição de diretoras. O motivo do médico nuclear não mexer nesta questão de eleição dentro das escolas municipais, é que ele não tem tato com os professores, sua secretária de Educação não decola, as falhas no Transporte Escolar são diárias na Imprensa, e os uniformes escolares viraram um problema para a atual administração, e tudo isso pode pesar na hora dos Pais e profissionais da Educação escolherem os diretores (as), por isso que Beto Preto está na miúda com relação a este assunto, e foi Antoniassi tocar nisto que a Câmara rachou nesta terça-feira (18). Por enquanto o alcaide esta indicando as diretoras, e se for feita a eleição, Beto Preto pode levar pau nas escolhas, e a maior fatia de votos dentro da Prefeitura de Apucarana são dos professores municipais. Durma-se com um barulho deste, pois foi promessa de Campanha. Relembre este fato aqui no AN;

-A Clínica da Criança de Apucarana foi à bola da vez na reclamação de uma Apucaranense. Uma Mãe levou seu bebê nesta quarta-feira (19), e disse que a médica não examinou corretamente sua criança. Segundo a denuncia na Rádio Nova AM, a Mãe Juliana de Melo dos Santos que mora no residencial Ouro Fino, denunciou a médica Luciane de Sales que não examinou corretamente seu filho de 25 dias. O bebê apresenta refluxo e estava com febre alta, e segundo a nota da emissora a médica não chegou a relar no recém-nascido e isso gerou a maior indignação na Mãe que procurou a emissora para denunciar este descaso;

-Uma moradora do Núcleo Dom Romeu Alberti na Zona Norte de Apucarana, precisou ligar no Rádio para pedir pelo amor de Deus, para a Prefeitura de Apucarana desentupir um bueiro que está dando o que falar no bairro. A moradora Cecília da Rua Santo Inácio, número 50, disse que já foi na Prefeitura e pediu para o próprio Prefeito Beto Preto e o seu vice JR da Femac que é o secretário de Obras de Apucarana, que o bueiro que já faz um ano que está entupido não foi limpo pela Prefeitura;

-O experiente, competente e conceituado engenheiro Apucaranense Erivelton Moreno que foi ex-secretário de Obras nas gestões de Valter Pegorer e João Carlos de Oliveira, informou ao AN Notícias que deve deixar suas funções dentro do Idepplan de Apucarana na atual gestão de Beto Preto (PT) rival de seus sucessores e que não aceitou o convite de Preto para ser seu secretário de Obras, e ficará somente meio expediente no seu cargo deferido na Prefeitura de Apucarana. Erivelton Moreno que já queria sair da Prefeitura de Apucarana nesta atual gestão, disse que sua contribuição para a Secretaria de Obras onde JR da Femac (PDT) e atual vice coordena, já foi reconhecida e seu tempo está no fim, tanto é que ele já pensa em pendurar as chuteiras e cuidar de seus negócios particulares. Erivelton Moreno comentou que não quer ser secretário devido as responsabilidades impostas no cargo, e o tempo que o faz perder com seus negócios que são mais rentáveis do que o valor pago a um secretário municipal, o que já viemos a comentar sobre este assunto em matérias anteriores aqui no AN, pois acreditamos que um secretário ganha pouco para a responsabilidade que o cargo detém numa cidade como a de Apucarana. Fora os problemas extracampo que a atual administração vem sofrendo, Eriveton disse que não iria entrar em divididas e que não comentaria algumas polêmicas envolvendo sua antiga pasta, pois muitas são as cobranças diárias em cima da Secretaria de Obras que tem que cuidar da cidade, mas que faltam mais profissionais para a função, por isso que ele já pensa em parar, pois já contribuiu e muito para a cidade, independentemente do administrador;

-O atraso nas obras do Jardim Marissol está deixando os moradores do bairro cabreiros com o Prefeito Beto Preto (PT), o qual prometeu o asfalto e já está com a ordem assinada e o prazo da Prefeitura já se expirou para os moradores. O asfalto já foi licitado e anunciado por Beto Preto e até pelo Governador Beto Richa (PSDB). Além do asfalto em atraso, a moradora Neusa disse que no bairro está faltando iluminação pública;

-O Jornal Portal do Paraná do Jornalista Marsio Domingues que circulou com sua edição deste domingo (23) de maneira gratuita e no mesmo ponto de distribuição, voltou a enfrentar a presença da Guarda Municipal de Apucarana, que ficou durante toda a semana no mesmo local para organizar o trânsito em frente à agência Itaú de Apucarana na Praça Rui Barbosa. Uma fila enorme se fez no período desta manhã na hora da distribuição do Jornal, parecendo que mais leitores se interessaram pela polêmica do Jornal e da atual administração. Outro Jornal foi também distribuído próximo ao Jornal Portal, igual na semana passada onde um Jornal de Jandaia do Sul o Espaço Aberto foi entregue com notícias positivas da administração de Beto Preto. O dono do Jornal de Apucarana Tribuna do Ivaí também trouxe informações positivas de Beto Preto neste domingo, já que o Jornal de Jandaia não circulou neste domingo, e muitas criticas pessoais ao diretor do Jornal Portal de Apucarana foram levadas na edição, sendo que o Jornalista Marsio Domingues do Portal do Paraná disse ao AN Notícias que vai mover uma ação contra a direção do Jornal Tribuna do Ivaí;

-A Vereadora e líder do PT na Câmara de Apucarana e chegada de Beto Preto prefeito e médico nuclear, Aurita Bertoli que mora no Recanto do Lago, vai ter que dar os pulos dela lá na Prefeitura para pedir uma roçagem no seu bairro que anda largado na atual administração, uma verdadeira selva num dos bairros mais visados pela bandidagem em Apucarana. A moradora Ariane que ligou na 98 FM no Jornal Fala Cidade, disse que o matagal está acima dos dois metros de altura, e que já teve sua residência arrombada por três vezes, e ninguém faz nada;

-Foi divulgado nesta semana que a maioria das Escolas Municipais de Apucarana está com déficit de zeladoras. As atuais servidoras que estão no batente, são obrigadas a trabalhar por três servidoras, “uma só tem que fazer o trabalho de três”, foi o que noticiou o jornalista Eli Macedo. A denuncia foi feita na Rádio Nova AM desta segunda-feira (24), e segundo a informação a Prefeitura de Apucarana não fez o chamamento das pessoas que passaram no concurso público, e até o momento várias servidoras estão preocupadas com a falta de mais zeladoras para realizar os serviços de limpeza das Escolas Municipais. O Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana deve se manifestar a respeito do caso na próxima semana;

-Após ter entrado na polêmica da Guarda Municipal estar na frente do Banco Itaú na Praça Rui Barbosa de Apucarana no último domingo (16) na hora em que a equipe do Jornal Portal de Apucarana fazia a entrega do Jornal semanário de Apucarana, o comandante Ataíde Pantaleão foi alvo de uma denuncia no Jornal Portal deste domingo (23), e depois deste alvoroço publicado parece que o alcaide Beto Preto (PT) e médico nuclear terá que mexer no comando da GM. A edição do Jornal trouxe um caso envolvendo o passado de Pantaleão na Polícia Rodoviária Estadual, e o fato caiu como uma bomba na credibilidade da GM de Apucarana. Lembrando que Pantaleão foi aprovado em concurso público da Prefeitura de Apucarana na gestão de Valter Pegorer (PMDB), o qual criou a GM de Apucarana em seu mandato. Segundo informações na Imprensa falada de Apucarana nesta segunda-feira (24), o atual comando deve ser substituído pelo Coronel Mario Sérgio Nicolau (PT) que já disputou uma eleição pelo partido em Apucarana, e já está aposentado da Polícia Militar no Estado do Paraná. Mário Sérgio que é colunista do Jornal Apucarana Notícias foi cogitado no início do mandato de Beto Preto para assumir a vaga de comandante, porém o prefeito preferiu dar a oportunidade ao servidor de carreira Ataíde Pantaleão para desenvolver um trabalho mais transparente e harmônico dentro da GM. Pantaleão estava conduzindo até que bem o seu trabalho dentro da GM de Apucarana, mas depois da matéria do Jornal Portal a sua permanência como comandante sofre desgastes, tanto para ele como ao Prefeito Beto Preto, foi o que disse um radialista nesta segunda-feira em Apucarana. O AN Notícias tentou entrar em contato com o comandante da GM de Apucarana para falar sobre o caso, mas o seu celular estava na caixa postal;

-Uma ouvinte do Jornal Fala Cidade fez uma denuncia Grave nesta semana envolvendo a Escola Monsenhor Beltrame no Jardim Colonial na Zona Leste de Apucarana. Segundo a moradora do bairro a escola municipal está em total abandono, com falta de professores, segurança, alambrados todos destruídos, falta de zeladora e assim não pode ficar. A moradora Maria Lucia disse que a Escola esta até sem o portão. O vereador Luiz Magalhães (PT) disse que vai pedir explicações para a Secretária de Educação tomar ciência da situação que se encontra a Escola;

-É o inferno astral que vive o Prefeito e médico nuclear Carlos Alberto Gebrim Preto o Beto Preto (PT) em Apucarana, deve continuar e de forma cada vez mais contundente. Desta vez, a administração de Preto parou na rede Globo de Televisão no Estado do Paraná, mas é claro que de forma negativa para não perder o costume. A denuncia da Rede Globo Paranaense foi num tema que o AN Notícias vem trazendo há quase 30 dias atrás: o Transporte Escolar de Apucarana, calcanhar de Aquiles da administração petista em Apucarana. A matéria da Rede Globo mostrou a realidade que vivem os pobres alunos da cidade, ao pegarem a condução que deveria ser segura, e não é, para chegarem até as Escolas com conforto e tranquilidade. Beto Preto que recebeu recentemente vários ônibus novos do Governo Federal, deixa no Pátio da Prefeitura ônibus novos parados, sem ter a capacidade de enviá-los para transportar alunos que vão em apenas um ônibus com mais de 100 crianças, uma verdadeira vergonha descabida da atual administração que não preza pela segurança das crianças de nossa Apucarana. Veja a matéria completa neste link e tire suas conclusões do descaso do Transporte Público Escolar da administração de Beto Preto (PT);

-Além de sair na Imprensa de Apucarana que terá novamente um novo cargo na Prefeitura de Apucarana, assim que saiu sua condenação de cinco anos e dez meses de prisão em regime semiaberto, o ex-presidente da (Funcap) na Secretaria de Cultura Ednei Rosina Mansano divulgou em seu Facebook nestes últimos dias que terá um novo desafio na atual gestão de Beto Preto (PT). A verdade é que o médico nuclear e alcaide Beto Preto (PT) terá que cumprir com o seu ex-presidente da Funcap, os compromissos de campanha que deve ao seu subordinado, pois o mesmo foi quem orquestrou toda a divulgação do Jornal Manchete, aquele que foi usado na Eleição de 2012 para desmoralizar a administração de João Carlos de Oliveira (PMDB). Segundo fontes de dentro do Paço Municipal a nomeação de Ednei Mansano deve ocorrer em breve, e terá ligação ao gabinete de Beto Preto, tanto é que Mansano já é visto semanalmente no Paço Municipal. Quem deve assumir a vaga de Mansano na (Funcap) é o atual Secretário de Esportes, Juventude e agora Cultura, Paulo Kisner ficando com três secretárias como responsável. O advogado de Mansano na sua causa jurídica é o ex-diretor da Câmara de Apucarana João Batista Cardoso, Pai do ex-secretário de Governo Petrônio Cardoso, segundo informações divulgadas na Imprensa, JB deve recorrer da sentença que Mansano sofreu dias atrás. Veja o que Mansano publicou no seu Facebook dias atrás sobre sua nova nomeação;

-A Imprensa de Apucarana começa a eleger seus candidatos favoritos ao pleito de 2014 na cidade alta. Exemplo disto foi o Jornal Correio do Vale na edição deste final de semana que trouxe uma matéria mostrando que somente o pré-candidato Sérgio do Cristma (PSDB) teria chances reais de ser eleito Deputado Estadual por Apucarana. O Jornal lembrou que nenhum candidato fez mais votos numa disputa contra o grupo Pegorer como foi Cristma, que deverá deixar seu cargo na Cohapar no início de Abril conforme antecipamos aqui no AN Notícias. Sérgio seria um candidato apoiado por qual grupo em Apucarana, haja vista que, Beto Preto (PT) já sinalizou apoio ao ex-vereador, e o grupo de Pegorer também se solidariza com o tucano. O AN Notícias trouxe uma enquete durantes estes últimos dias sobre uma provável aliança entre Beto Preto e Sérgio do Cristma. A maioria dos internautas não apoiaram esta aliança que pode provocar mais um fiasco eleitoral na cidade. Será que Apucarana vai ficar sem Deputado Estadual mais uma vez? Acredita-se que de cinco a seis candidatos vão disputar a eleição na cidade, o que vai inviabilizar o pleito vitorioso de qualquer um dos nomes da disputa. Além de Sérgio do Cristma (PSDB) teremos outros nomes para a disputa da eleição de 2014. Valter Pegorer (PMDB), Mauro Bertoli (PDT), Luiz Magalhães (PT), e Val da Gráfica são os nomes cogitados para a disputa eleitoral deste ano;

-Uma ligação nesta segunda-feira (24) vai chacoalhar o bambu dentro da Secretaria de Educação de Beto Preto (PT), uma verdadeira desorganização que estamos acompanhando na Educação de Apucarana em 2014. Com as mudanças de Secretários parece que a administração municipal parou no tempo da pedra e o Tempo Integral que nas administrações anteriores andava, está estacionado na gestão de Beto Preto. Não que Beto Preto seja o culpado diretamente por mais esta falha da sua administração, mas a sua Secretária Marli Fernandes deveria dar explicações na Imprensa de Apucarana e falar a verdade do que está ocorrendo na Educação Municipal, pois tanto são as falhas do Transporte Escolar como está agora do Tempo Integral que ficou só naquela de “tarefinhas” para os alunos. Sem contar que Beto Preto deu um tiro de bazuca no pé, ao começar o Tempo Integral em 2014 um mês depois do calendário normal, o que deveria começar em 10 de Fevereiro começou somente 30 dias depois, e ai que começou o tormento dos Pais dos alunos da rede municipal. Além desta denuncia a moradora do Núcleo Osmar Guaraci Freire de Apucarana, fez uma denuncia grave sobre a vacinação para as adolescentes do Colégio Heitor Furtado do Núcleo João Paulo. Segundo a nota da Assessoria de Beto Preto (PT), o Departamento de Vigilância Epidemiológica da Autarquia de Saúde de Apucarana divulgou nesta sexta-feira (21/03) uma parcial dos resultados já obtidos localmente dentro da campanha de introdução da vacina contra o HPV (Papiloma Vírus Humano) no calendário nacional. Seguindo recomendação do Ministério da Saúde, Apucarana está fornecendo imunização gratuita a meninas de 11 a 13 anos. Na rede privada, uma única dose pode custar mais de R$300. Desde o dia 10, quando teve início os trabalhos, a primeira dose da vacina – de um total de três - já chegou a 1.100 adolescentes, o que corresponde a pouco mais de 37% da meta de atender a 2.960 meninas. “As ações estão sendo desenvolvidas na modalidade de busca ativa, com as nossas equipes da Saúde indo a todas as escolas da cidade, seja do ensino público ou particular, onde existam alunas dentro da faixa etária alvo”, frisa o prefeito Beto Preto. Nesta sexta-feira, as unidades atendidas foram às escolas estaduais São Bartolomeu e Izidoro Luiz Cerávolo. Ouça como foi a sua participação no Jornal Fala Cidade;

-Veja essa caro internauta do AN. Se a gente conta ninguém acredita, mas aquela máxima de que mais vale uma imagem do que mil palavras, realmente a premissa é verdadeira. Nesta semana a reportagem do AN Notícias flagrou um Urubu (mascote do Flamengo) numa das janelas da Prefeitura de Apucarana. A ave que está reinando no prédio do Paço Municipal há alguns meses, pode ser um presságio para o chefe do executivo municipal que ultimamente está sendo destaque na Globo do Paraná. Além de ter a ave, é claro, seu habitat natural invadido pelo homem elas migram para a área central da cidade. O mascote do time do Flamengo, está em alta pelo título da taça Guanabara do Rio na semana passada. Lembrando que Beto Preto é torcedor do Fluminense eterno rival do Flamengo, e depois deste registro do mascote rubro-negro perto da janela de seu gabinete, deveria ficar receoso por este presságio;

-Enquanto a população denuncia na Promotoria Pública da Saúde de Apucarana, na Imprensa com ligações diárias sobre a falta de médicos e remédios nas Unidades Básicas de Saúde, o prefeito e médico nuclear que teve com principal bandeira de campanha em 2012 melhorar a Saúde de Apucarana, acabando com as filas nos três primeiros meses de sua administração, coisa que não ocorreu, agora Beto Preto (PT) resolveu cobrar o Governo Federal sobre o programa Mais Médicos para Apucarana. Beto Preto havia dito na Imprensa que a vinda dos médicos seria feita num prazo de 90 dias, e este prazo está chegando ao seu final. Apucarana está no aguardo dos médicos prometidos do Programa Mais Médicos do Governo Federal, pois a falta de médicos nos Postos e na UPA são visíveis e alarmantes. Preto foi na Imprensa nesta semana reclamar dos atrasos dos médicos, e prometeu novamente ir até a capital Brasília resolver o problema de falta de médicos na cidade de Apucarana. Nas cidades do Vale do Ivaí como Lidianópolis, Mauá da Serra, Jardim Alegre, Iviaporã e até Arapongas, já receberam os médicos estrangeiros para aumentar o atendimento nas Unidades Básicas de Saúde, só em Apucarana os médicos ainda não vieram, o que deixa a população preocupada com o descaso que vem ocorrendo;

-O Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) obra de mais de R$1,5 milhão com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) continua fechado. A obra começou a ser edificada em 2012, com planos de ser entregue no mesmo ano. O centro, localizado no Jardim América, permanece cercado. A população não tem acesso ao local, há um segurança que impede a entrada de pessoas. No fim de 2013 eram realizadas reuniões no local, semanalmente, para apresentar a praça a comunidade. A inauguração era prevista para janeiro de 2014, na época do aniversário da cidade, mas não aconteceu. Segundo a secretaria da Fundação Cultural e de Turismo de Apucarana, responsável pelo local, o principal motivo para atraso na inauguração foi não ter ainda equipamentos disponíveis para o local – Como móveis e equipamentos de esporte – que devem ser fornecidos mediante licitação. Um edital chegou a ser aberto, mas não apareceram empresas participantes. De acordo com o diretor presidente da Fundação Cultural e de Turismo de Apucarana, Ednei Mansano, houve também um replanejamento do cronograma do centro. Após as obras já terem sido iniciadas, o Ministério da Cultura (MiNC) exigiu que todos os municípios beneficiados pelo PAC fizessem adequações no formato das licitações. O que gerou mais atraso. A ordem do Prefeito é que a obra seja completa o mais rápido possível, mas, não há data definida para entrega do local;

-Enquanto a população denuncia na Promotoria Pública da Saúde de Apucarana, na Imprensa com ligações diárias sobre a falta de médicos e remédios nas Unidades Básicas de Saúde, o prefeito e médico nuclear que teve com principal bandeira de campanha em 2012 melhorar a Saúde de Apucarana, acabando com as filas nos três primeiros meses de sua administração, coisa que não ocorreu, agora Beto Preto (PT) resolveu cobrar o Governo Federal sobre o programa Mais Médicos para Apucarana. Beto Preto havia dito na Imprensa que a vinda dos médicos seria feita num prazo de 90 dias, e este prazo está chegando ao seu final. Apucarana está no aguardo dos médicos prometidos do Programa Mais Médicos do Governo Federal, pois a falta de médicos nos Postos e na UPA são visíveis e alarmantes. Preto foi na Imprensa nesta semana reclamar dos atrasos dos médicos, e prometeu novamente ir até a capital Brasília resolver o problema de falta de médicos na cidade de Apucarana. Nas cidades do Vale do Ivaí como Lidianópolis, Mauá da Serra, Jardim Alegre, Iviaporã e até Arapongas, já receberam os médicos estrangeiros para aumentar o atendimento nas Unidades Básicas de Saúde, só em Apucarana os médicos ainda não vieram, o que deixa a população preocupada com o descaso que vem ocorrendo;

-A ouvinte Noemia moradora do Residencial Sabia na Zona Leste de Apucarana, ligou nesta semana no Jornal Fala Cidade da 98 FM para reclamar sobre o atendimento no Posto de Saúde do Jardim Colonial, alegando estar com pneumonia e não foi atendida pela falta de médicos tanto no UPA e no Jardim Colonial. A ouvinte disse que a Saúde de Apucarana está pior no mandato de Beto Preto do que no mandato de João Carlos de Oliveira. Ela disse ainda que Beto Preto fez a inauguração do Residencial Sumatra e esqueceu de planejar um Posto de Saúde para atender esta região que está crescendo e terá mais o lançamento de dois novos bairros. Nesta semana Apucarana foi notícia na Imprensa por parte dos moradores que procuram os Postos de Saúde nos bairros, e não encontra os médicos prometidos por Beto Preto. Nesta segunda-feira foi anunciado que Apucarana terá cerca de 13 médicos do Programa Federal Mais Médicos para solucionar este tipo de reclamação na cidade;

-Parece que o Prefeito de Apucarana e médico nuclear Beto Preto (PT), deverá mexer novamente em seu alto escalão e fazer uma grande reformulação no elenco que compõem seu secretariado. Segundo informações divulgadas nesta segunda-feira (31), o alcaide pretende trocar ao menos quatro secretários, mas não divulgou nomes e nem cargos para não causar polêmica na equipe. Percebe-se que Preto terá dificuldades de colocar nomes experientes e com vasta competência para fechar nova equipe, o motivo é um detalhe ao qual já viemos a trazer no AN Notícias dias atrás, questão salarial é o principal fator que Preto terá dificuldades em colocar novas peças em seu tabuleiro. Já está se passando quase dois anos desta administração e pouco se viu de mudanças até o momento, a principal falha do mandato de Beto Preto é a Saúde, onde ainda mantém um Secretário como interino. Outro assunto que também desgasta cada dia que passa a administração de Beto Preto é a Educação. Muitas reclamações no Tempo Integral e no Transporte Escolar ainda vão render criticas a sua administração que não está decolando;

-Uma polêmica ganhou a Imprensa de Apucarana nesta terça-feira (01) dia da Mentira. O fato que é verdadeiro deixou o pintor profissional que possui deficiência física na bronca com a Agência Cosmos Medicina do Trabalho em Apucarana, em especial com o Dr. Cesar Mussi que reprovou o Pintor Valdeci Baré Olímpio do Jardim Ponta Grossa de poder trabalhar na Prefeitura de Apucarana, após aprovação em concurso Público da Prefeitura. Baré que foi um dos primeiros a ser aprovado no concurso público aberto dias atrás pela Prefeitura de Apucarana, ficou indignado com o fato de não poder trabalhar pela Prefeitura, após passar no concurso que tinha vaga para deficiente físico, e mais de cinquenta candidatos e ser discriminado conforme ele relatou na Rádio Nova AM de Apucarana. Segundo o pintor, o mesmo sofreu racismo e preconceito por ser negro, pobre e deficiente físico, quando foi fazer o exame na empresa que alegou que o mesmo é inapto para exercer sua profissão devido a suas condições físicas de não ter um dos braços. Baré disse que vai procurar a Justiça e o Ministério Público para denunciar o caso, já que ele está proibido de exercer sua função após ser chamado para trabalhar pela Prefeitura de Apucarana. “Estão querendo tirar o meu direito como deficiente físico de trabalhar e por o pão na minha mesa, não estou pedindo esmolas, e sim exigindo um direito meu como cidadão negro e deficiente, pois fui um dos primeiros a passar no concurso da Prefeitura, mas agora o exame do médico quer me privar de exercer minha profissão que é digna e toda a Apucarana sabe que sempre fiz isso”, desabafou o pintor. Baré disse que já realizava trabalhos para a Prefeitura e vai procurar seus direitos;

-Um boletim divulgado ontem (31) pela Autarquia Municipal de Saúde coloca Apucarana na condição de alto risco de desenvolver uma epidemia da dengue. O levantamento, realizado entre os dias 17 e 21 de março, indica que área urbana da cidade está com um índice de infestação de 5,1% do mosquito transmissor da doença. Isso significa que de cada 100 casas visitadas 5,1 estão com focos do Aedes aegypti. No último levantamento, realizado em janeiro, o município estava com índice de 3,8%. Tendo como parâmetro o índice de infestação preconizado pela Organização Mundial da Saúde de até 1%, autoridades de saúde de Apucarana lidam com regiões da cidade em situações bem mais crítica do que a média geral do município. É o caso da área que compreende os parques Bela Vista, de Exposição, do Perdigão e das Araucárias; núcleos habitacionais Afonso Camargo, Marcos Freire, Vale Verde e Dom Romeu; Jardim Ponta Grossa; e região do clube de campo Água Azul, onde a incidência de foco do mosquito da dengue chega a 8,2%. Preocupante também está a parte da cidade que compreende o Parque Santo Expedido, cemitérios da Saudade e Cristo Rei, jardins das Flores e Esperança, Vila Formosa e área próxima à Prefeitura. Nestes locais o percentual de infestação é de 9%. O levantamento do índice da dengue mostra a região urbana com praticamente o dobro da incidência da zona rural do município. A média de infestação entre os quatro distritos apucaranenses está em 2,58%, o que os colocam no padrão “risco médio” de epidemia. A situação mais agravante está no distrito de Caixa de São Pedro, que detém 3,8% de focos do mosquito Aedes aegypti. Pirapó apresenta percentual de 2,69%, Vila Reis, 2,48% e Correia de Freitas, 2,43%. “Não queremos que um surto de epidemia ocorra em nosso município. O trabalho diário dos agentes de endemias continua, mas só o poder público não conseguirá resolver o problema. Precisamos que cada um faça a sua parte. A melhor estratégia para evitar o surto da doença é a prevenção”, afirmou Takeshi Mutta, supervisor da Divisão de Controle de Endemias. Nos mandatos anteriores das administrações de Valter Pegorer e João Carlos de Oliveira, a Prefeitura de Apucarana realiza campanhas contundentes para alertar a população de Apucarana através dos órgãos de Imprensa televisionados, falados e escritos o que nestes últimos meses não foi feita pela atual administração de Beto Preto (PT), uma campanha para orientar o cidadão contra o mosquito da Dengue. Vale lembrar que muitos brasileiros deixam de dar a importância devida ao combate desta praga chamada Dengue, e muitos se incomodam quando a equipe de endemias vão até suas casas fazer o levantamento e orientação. A Prefeitura de Apucarana deve por obrigação divulgar mais o combate contra a Dengue, pois em municípios vizinhos de menor expressão, vemos nos Jornais e sites grandes campanhas contra o Aedes aegypti. Beto Preto deve como prefeito de Apucarana, a maior cidade do Vale do Ivaí e região de Arapongas, se atentar para este caso, pois a vizinha Arapongas também está batendo os recordes de infestação da doença, tendo registrado números alarmantes conforme divulgamos na semana passada aqui no AN Notícias. Se Apucarana seguir os mesmos passos que a cidade vizinha de Arapongas, podemos num futuro não muito distante estaremos dando notícias tristes com relação à epidemia de Dengue com óbitos na cidade, pois o mosquito já bate na porta dos cidadãos Apucaranenses. É preciso conscientização por parte de todos;

-Uma Mãe ligou nesta última segunda-feira (31) na 98 FM no Jornal Fala Cidade para reclamar sobre o Transporte Escolar da Prefeitura de Apucarana, que ainda mantém as falhas em não conduzir os alunos da área rural para as Escolas e Colégios de Apucarana. A senhora Edimara Santos de Lima da Caixa de São Pedro, disse que as kombis que anteriormente transportavam os alunos, parou desde a última sexta-feira e nesta segunda-feira os alunos não foram transportados. Segundo informações nesta última semana vários condutores que tinham contratos com a Prefeitura de Apucarana, tiveram seus contratos cancelados ou finalizados. Muitos vanzeiros aguardam a abertura de licitação para poderem participar e atuar no Transporte Escolar de Apucarana. Há um mês o problema continua e a Prefeitura de Beto Preto (PT) não soluciona os problemas. Outras localidades também foram reclamadas na Rádio Nova AM a Terra Rural Prometida e Água do Xaxim tiveram problemas no Transporte dos alunos que não foram para as Escolas;

-O Grupo do Movimento Negro Macone de Apucarana enviou uma nota ao AN Notícias nesta quarta-feira (02), mostrando indignação no caso do Pintor Baré Olímpio que passou em um concurso público da Prefeitura de Apucarana, e no exame admissional feito na Agência Cosmos Medicina do Trabalho foi considerado inapto pelo médico César Mussi de Apucarana. O caso ganhou uma enorme repercussão na Imprensa, nas redes sociais e pode parar na Justiça.

Veja a nota na íntegra do Macone falando a respeito do caso Baré:

COMUNICADO À IMPRENSA APUCARANENSE

Apucarana, 02 de abril de 2014.

O Movimento Apucaranense da Consciência Negra, Macone, vem por meio de seu Diretor-Coordenador Geral REPUDIAR a administração pública municipal, que de forma preconceituosa proibiu o cidadão Valdeci Olímpio, o Baré , de assumir vaga de pintor, em concurso no qual ele passou em primeiro lugar. Trata-se de um profissional, reconhecidamente competente, com 35 anos nesta atividade, que inclusive trabalhou na Prefeitura de Apucarana. A decisão é carregada de preconceito, na verdade duplamente preconceituosa: Por o referido ser deficiente físico e por ser negro. Exigimos imediata retratação e que o cidadão Valdeci Olímpio seja admitido para as funções para as quais passou no concurso. Acompanharemos este caso e se preciso for iremos juntamente ao nosso amigo Baré até as últimas conseqüências na forma da Lei.

“O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons.”
Martin Luther King Jr.

Atenciosamente,

Paulo Sérgio Rodrigues Pesce
Coordenador-Geral Macone

-Um ouvinte ligou no Fala Cidade da 98 FM de Apucarana para cobrar o atual Prefeito Beto Preto (PT) sobre o asfalto no Jardim Marissol, licitado há alguns meses, e com atraso no início das obras há mais de 60 dias, gerou revolta aos moradores do bairro que estão comendo poeira, e pisando no barro constantemente. O AN Notícias flagrou várias manilhas nas Ruas sem asfalto no bairro, e a empreiteira não começou as obras no local;

-O prefeito de Apucarana e aliado de primeira hora do deputado federal André Vargas (PT), defendeu seu “guru político” na última sexta-feira (05) em coletiva de Imprensa na Prefeitura Municipal na saída de JR da Femac dos cargos o qual possuía para disputar o pleito de 2014 a deputado estadual. Vargas que já trouxe recursos importantes para Apucarana, representando a cidade em Brasília vive o seu pior momento político de sua vida, e como não poderia ser diferente, o seu companheiro e aliado Beto Preto (PT) fez sua defesa solidária na Imprensa. Beto Preto que terá o compromisso de apoiar Vargas em Apucarana para a reeleição a Deputado Federal pelo PT, disse que “o Deputado Federal que está sendo bombardeado nas principais mídias do país, por uma suposta parceria com o doleiro de Londrina preso pela PF Alberto Youssef, e está sofrendo com isso”. Vargas pode ser cassado por quebra de decoro parlamentar e findar sua carreira política de maneira trágica. Beto Preto lembrou que “Vargas ajudou e muito a cidade de Apucarana e que ele Beto Preto só tem a agradecer o parlamentar”. Ouça como foi esta parte da coletiva do Prefeito Beto Preto defendendo André Vargas na última sexta-feira (05) em Apucarana;

-O departamento jurídico da Prefeitura de Apucarana na responsabilidade do competente advogado Paulo Sérgio Vital, veio a público nesta semana informar que a Prefeitura de Apucarana que realizou um concurso público dias atrás para pintor e outras profissões, não reservou vaga para deficiente no concurso. Com isto, o pintor Valdeci Baré Olímpio que passou em primeiro lugar no concurso e é deficiente físico foi reprovado em exame médico nesta última semana por inaptidão, conforme laudo do médio César Mussi Filho da empresa Cosmos Medicina do Trabalho. O caso ganhou repercussão estadual devido ao fato de Baré ser pintor há mais de 35 anos, e já ter realizado trabalhos para o município como pintor, mas para trabalhos mais “leves”, ou seja, pinturas de meio-fio, postes e faixas. Segundo o procurador Paulo Vital o caso será analisado na esfera jurídica, haja vista que, o aprovado disse que sofreu racismo e preconceito por parte do médico. O médico César Mussi negou que tenha feito qualquer tipo de preconceito ou racismo. Segundo Vital “o laudo médico que mostra a deficiência física do concursado que pode se ferir no trabalho, daria a responsabilidade total da Prefeitura e o próprio médico que o aprovou, arcar com o ônus caso o concursado se ferir no trabalho”, enfatizou. O grupo Movimento Negro de Apucarana falou na Imprensa esta semana sobre o caso na 98 FM, analisando que não existiu racismo neste caso polêmico, e sim uma perícia médica por parte da empresa contratante. Baré falou que iria procurar a Justiça e seus direitos, pois passou no concurso público e quer sua vaga. Veja o resultado da enquete do AN Notícias desta semana abordando este assunto polêmico do pintor Baré, onde a maioria dos internautas foram ao seu favor;

-A Escola Municipal Monsenhor Beltrame no Jardim Colonial na região Leste de Apucarana foi novamente alvo de reclamações na Imprensa de Apucarana. A rádio Nova AM trouxe a reclamação da Mãe Elaine Aparecida Freitas moradora do bairro e que tem uma filha de 06 anos, e estuda no local que segundo a Mãe, o prédio é um verdadeiro “lixo”;

-O caso Baré ganhou uma nova página nesta quarta-feira (09), onde o pintor disse na Imprensa que o promotor Sérgio Salomão encaminhou recomendação administrativa à Prefeitura de Apucarana pedindo o cumprimento da lei que determina a reserva de vagas para deficientes físicos nos concursos públicos realizados pela administração. A Prefeitura de Apucarana realizou um concurso público recentemente e não reservou vagas para deficientes, conforme o procurador Paulo Vital havia informado na Rádio Nova AM. Com isso, a solicitação ocorre em revisão do laudo médico que acabou reprovado em exame de aptidão física Valdeci Baré. Para a promotoria o pintor Baré deveria ter passado por estágio probatório de dois anos e não poderia ter sua contratação rejeitada. O promotor tomou a medida após receber a reclamação do pintor no Ministério Público (MP). Ele recomendou também que o Pintor deveria ser incluído nos 5% de vagas destinadas aos deficientes no concurso, conforme decreto-lei federal. Ele não descarta entrar com ação contra a Prefeitura;

-Nos últimos dias na 98 FM de Apucarana no Jornal Fala Cidade uma ouvinte ligou reclamando das falhas grotescas do Transporte Escolar da Prefeitura de Apucarana, que ainda não conseguiu corrigir o problema em pleno início de ano letivo. Vários alunos estão sendo deixados de serem transportados pelos veículos contratados pela Prefeitura de Apucarana, e muitos vanzeiros ficaram com contratos cancelados por parte do Prefeito Beto Preto (PT). Durante a reclamação a moradora da Zona Rural lembrou que na gestão do ex-prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB), a situação do Transporte Escolar estava normal, inclusive no primeiro ano do mandato de Beto Preto (PT) que estava usando os aditivos dos contratos de João Carlos de Oliveira, Beto Preto não estava tendo problemas, mas desde então, a situação está insustentável. O AN Notícias procurou o ex-prefeito de Apucarana que comentou a situação, e informou como era feito em sua gestão o Transporte Escolar em Apucarana que era tido como exemplar, sem reclamações como está ocorrendo em 2014. João Carlos alertou que a Prefeitura de Apucarana deveria ter aberto a licitação com antecedência e fazer um planejamento, antes de interromper os contratos dos motoristas que estava transportando os alunos, e que a atual gestão não deveria realizar o transporte em superlotação como mostrou a Rede Globo em Apucarana e com dois ônibus novos parados no pátio da Prefeitura de Beto Preto;

-Em menos de trinta dias está já é a segunda aparição da cidade de Apucarana em rede Estadual. Novamente a cidade de Apucarana, ou melhor, a administração de Beto Preto (PT) foi destaque negativo na RPC/TV afiliada da Rede Globo no Paraná. A situação desta vez mostrada pela equipe da Globo em Apucarana é sobre o Complexo Esportivo Lagoão que está abandonado em Apucarana. Promessa de campanha do Prefeito Beto Preto (PT), o ginásio que era tido como referência, já não é mais o mesmo, e interditado há mais de um ano nenhuma obra começou, conforme prometido pela administração petista em Apucarana. Veja no link a matéria do competente repórter Fidel Alvarenga, correspondente da Globo em Apucarana;

-Conforme trouxe a Rádio Nova AM da baixaria entre os secretários de Beto Preto (PT) médico nuclear, que não consegue controlar os ânimos dentro da Prefeitura de Apucarana acabou exonerando do cargo o seu secretário de Indústria e Comércio de Apucarana, o empresário e que foi candidato a vereador ao lado de Beto Preto Laércio Costa, após o mesmo quase sair nas vias de fatos com o outro secretário Marcello Machado da Fazenda. Segundo informações divulgadas nesta sexta-feira (11), o clima azedou entre os dois na frente de servidores, quando um acabou sendo intimado pelo outro. O entrevero foi contido pela turma do deixa disso, mas fontes dentro do Paço Municipal contam que os dois já vinham se estranhando há certo tempo. A treta entre os dois seria por de cobranças pessoais e por cobranças de diárias, conforme divulgou um órgão de Imprensa nesta manhã de sexta-feira. Laércio falou a Rádio Nova AM e agradeceu a oportunidade que estava tendo na emissora em se defender, pois foi defenestrado pelo Prefeito sem ouvir sua versão. Está não seria a primeira discussão acirrada que partia para a vias de fato dentro da Prefeitura de Apucarana na gestão de Beto Preto. No ano passado o Jornal Portal do Paraná trouxe informações que uma briga também havia sido registrada por testemunhas dentro do gabinete do alcaide Beto Preto. Come esta baixa no secretariado de Beto Preto (PT) seu governo vai desmanchando, pois vários cargos em alto escalão estão ficando pendentes de seus titulares. Nenhum nome foi divulgado para a substituição de Laércio Costa na Prefeitura;

-Depois da discussão e quase vias de fato dentro da Prefeitura de Apucarana na última quinta-feira (10), entre Laércio Costa e Marcello Machado, ambos secretários de Indústria e Comércio e da Fazenda, o Prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT) que exonerou Costa pelo episódio pode ter um novo substituto para a vaga de Costa. Trata-se do ex-secretário da Indústria e Comércio na gestão de Zé Scarpelini o advogado criminalista e pessoal do atual Prefeito Emerson Luz. Emerson Luz que apoiou Beto Preto em três eleições foi cogitado seu nome por uma fonte ligada ao alcaide nesta sexta-feira (11) ao AN Notícias. Ele que é advogado de defesa de Beto Preto contra um processo que o ex-prefeito de Apucarana Valter Pegorer (PMDB) move contra Beto Preto, João Batista Cardoso e o Jornal Tribuna do Norte, deverá ser convidado a exercer o cargo a partir de agora. Emerson Luz falou com o AN Notícias nesta sexta-feira (11) e disse ter ficado surpreso com a discussão áspera entre os Secretários de Beto Preto, e informou que também soube da exoneração, mas que não tratou de ser substituto de Laércio Costa com o Prefeito Beto Preto (PT). Emerson Luz disse que vai se pronunciar a respeito do caso se realmente for convidado pelo Prefeito municipal.

Possível recondução ao cargo

Já neste domingo (13) houve a informação que Beto Preto (PT) pode rever o caso da discussão ácida entre seus secretários, e voltar atrás da exoneração verbal que Laércio Costa sofreu. Beto Preto que não quer se comprometer com este ato, analisa o que seria melhor para o seu pequeno grupo, mas se voltar atrás pode ser alvo de chacota e ficar “queimado” por não ter pulso firme, pois uma quase vias de fatos ocorreu dentro do Paço Municipal, pega muito mal para o chefe do executivo que tem que dar exemplos para a população, principalmente seus subordinados. Beto Preto que está em Curitiba nesta segunda-feira (14), deve resolver o caso nesta terça-feira;

-O pintor Valdeci Baré que procurou a Imprensa e o Ministério Público para resolver seu problema na contratação entre ele e a Prefeitura de Apucarana, no cargo de pintor não deverá acontecer conforme o pintor falou depois que recebeu uma recomendação do Ministério Público. O MP deu a recomendação através do promotor Salomão que a Prefeitura de Apucarana, contrata-se o pintor Baré que é deficiente físico e que foi reprovado no exame médico, como vaga de deficiente físico, só que a Prefeitura de Apucarana não reservou vaga para deficiente físico de pintor no concurso. Com isto, a procuradoria da Prefeitura de Apucarana informou que não deverá cumprir tal recomendação do MP, devido a não ter reservas do concurso para deficiente físico na profissão de Pintor, justificou o advogado Paulo Vital. A situação de Baré agora deve parar na Justiça e se arrastar por alguns meses, até a Justiça dar uma parecer final sobre o caso. Já o juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública deferiu o Mandado de Segurança, interposto por Valdeci Olímpio, o Baré, que impede a contratação de candidatos aprovados em concurso público para o cargo de pintor. Baré procurou tutela judiciária para garantir seu direito de trabalhar após ser considerado inapto na avaliação médica, devido a sua deficiência física. O pintor profissional, que perdeu a mão direita em acidente aos 7 anos de idade, foi aprovado em 1º lugar entre 59 inscritos, com nota 97,50. O documento foi encaminhado à Procuradoria Jurídica do Município;

-Uma dor de cabeça para os donos de terrenos que querem construir suas casas na cidade de Apucarana vai ganhar forma e obrigatoriedade na cidade de Apucarana, caso a Câmara de Vereadores aprove a ideia do executivo (diga-se de passagem, JR da Femac e Beto Preto) e já gera polêmica entre alguns vereadores e engenheiros da cidade. Acontece que a Câmara deve levar a votação nos próximos dias da alteração do Plano Diretor da cidade, e que pode trazer sérios problemas para quem sonha em construir sua residência, e dar um prazo para aquele que adquiriu o lote e obrigá-lo a construir com certa rapidez a obra dentro dos novos limites que querem a atual administração petista de Apucarana. Prédios com quatro andares terá elevador, de sete andares serão dois elevadores, e lotes a partir de 15 metros de frente, menos de quinze não será feito a subdivisão e é ai que entra a polêmica. Loteamentos e condomínios serão obrigados a ter rede coletora de esgoto. Ficou definida a expansão do perímetro urbano da cidade e construção de prédios na região do bairro nobre 28 de Janeiro de Apucarana. Alguns engenheiros que participaram da reunião neste final de semana, não gostaram da ideia de JR da Femac (PDT) vice-prefeito o qual é engenheiro e ex-secretário de Obras, pois deverá ser feita mudanças e cuidados em alguns pontos do Plano Diretor, principalmente no entorno da Universidade Federal de Apucarana, e das subdivisões de lotes que muda a regra para aqueles que possuem terrenos comprados em parceria para fazerem em um mesmo terreno duas residências. Prédios populares com os novos elevadores como querem a Prefeitura, vai encarecer demais os valores, devido à manutenção dos elevadores, o que ficaria inviável a ideia da atual administração caso aprovado na Câmara de Apucarana. A Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Apucarana (AEAA) apresentou várias propostas na audiência pública. Apesar de ser favorável a expansão da verticalização, a AEAA considera ampla a abrangência das novas áreas que passam ter permissão para construir prédios. A entidade de classe propôs também a “definição e construção vias de interligações de bairro; definição de área para o novo Centro Administrativo do município; a criação de novos centros nos bairros; formalização e definição de critérios para pavimentação dos novos loteamentos; definição de critérios para construções geminadas; e a criação de mecanismos para construção de quitinetes próximas às faculdades. Você ouve o comentário dos engenheiros e do Vereador Luiz Magalhães que já disse que vai votar contra o projeto, caso não haja a modificação exigida pelos engenheiros que participaram da reunião que discutiu o Plano Diretor;

-A discussão que quase acabou em vias de fatos entre os secretários da Indústria e Comércio respondida por enquanto pelo ex-candidato a vereador Laércio Costa, e o secretário da Fazenda pupilo de Beto Preto (PT) Marcello Machado será ao que tudo indica, investigada pela Promotoria Pública do Patrimônio Público de Apucarana. Segundo informações da assessoria do promotor público Eduardo Cabrini, o MP ficou sabendo dos fatos nesta segunda-feira (14), logo após o episódio ganhar destaque na Imprensa de Apucarana e o fator culminante do entrevero ser o pagamento de diárias entre os secretários e servidores da Prefeitura de Apucarana pode gerar abertura de investigação. O promotor Eduardo Cabrini não foi localizado pela nossa reportagem, mas seu assessor informou que medidas devem ser tomadas por parte do MP. A Câmara de Apucarana também pode ser investigada sobre as diárias, após uma notícia do Jornal Portal sobre uma viagem para Curitiba de um vereador que teria recebido diária além do previsto e não prestado contas. Beto Preto (PT) não exonerou de fato o seu secretário de Indústria e Comércio em ato oficial, somente verbalmente e o atrito entre seus secretários pode levar o MP a ter a real situação de gastos com as viagens do poder executivo;

-O secretário se ainda podemos chamá-lo assim, da Indústria e Comércio Laércio Costa comentou ao AN Notícias nesta terça-feira (15), após acompanhar a vinda dos médicos cubanos para o atendimento aos postos de Saúde em solenidade no Salão Nobre da Prefeitura no final da fila como expectador que vai sair de férias nesta quarta-feira (16). O secretário da Indústria e Comércio que quase saiu nas vias de fato com o afilhado político e secretário da Fazenda de Beto Preto, Marcello Machado, na semana passada dentro da Prefeitura, numa discussão ácida por causa de Diárias, disse que tentou falar com o alcaide nesta terça-feira, porém não conseguiu trocar meia dúzia de palavras com o Prefeito Beto Preto e médico nuclear do (PT). Laércio Costa disse que vai fazer uma viagem ao exterior com a esposa e deve ficar ausenta do cargo por alguns dias. Está prática de dar férias por 30 dias ou mais aos seus secretários do primeiro escalão já virou rotina na Prefeitura de Apucarana nesta administração petista. Beto Preto havia exonerado verbalmente Laércio Costa 24 horas depois mudou de ideia e não oficializou a saída do secretário. A pasta deve ficar vazia até então, e prejudicar os trabalhos que vinha sendo realizado. De duas uma, ou Beto Preto bate no peito e exonera o secretário Laércio Costa, e coloca a casa em ordem mantendo o respeito dentro da Prefeitura de Apucarana, ou ao que tudo indica, abrirá precedentes para novas discussões acaloradas dentro do Paço Municipal. Está não foi à primeira discussão que quase acabou na pancada, dentro da Prefeitura de Apucarana na gestão de Beto Preto. Em 2013 houve conforme divulgou o Jornal Portal de Apucarana outra discussão ácida dentro do gabinete do prefeito de Apucarana;

-Foi visto no Salão Nobre da Prefeitura de Apucarana nesta terça-feira (15), o ex-secretário e ex-vereador de Londrina do PT e condenado a prisão em regime semiaberto pela Justiça Londrinense, Jacks Dias (PT) que foi ex-chefe de gabinete de Beto Preto e amigo pessoal do deputado federal André Vargas (PT). Jacks Dias chamou a atenção dos presentes que acompanhavam a solenidade dos médicos cubanos que atenderam em Apucarana a partir de agora, pois o mesmo foi exonerado do cargo e sempre é visto em solenidades importantes na Prefeitura de Apucarana. Além de Jacks Dias o assessor do presidente do PT do Paraná Niltinho foi visto na solenidade e falou com a reportagem do AN Notícias, que Ênio Verri deve ser pré-candidato a Deputado Federal pelo PT e não mais a Deputado Estadual como vem atuando na ALEP. Niltinho disse que representava a presidência do partido na solenidade dos Mais Médicos em Apucarana;

-Enquanto o marido, Paulo Bernardo (Comunicações) tenta salvar o coro de André Vargas (PT-PR) na Câmara dos Deputados, Gleisi Hoffmann (PT-PR) repetiu na segunda-feira (14) em Curitiba o mantra que Vargas “tem que responder por seus atos” e pela primeira vez, admitiu que “é ruim para o PT” as denúncias envolvendo o petista, o doleiro Alberto Yousseff e o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto da Costa. “Nesse caso (o de Vargas) não se pode fazer julgamento nem absolvições. Acho que tanto a Câmara quanto o PT tem o seu processo para fazer as averiguações e apurações. Eu não tenho dúvida de que, obviamente, é uma situação que para o Partido dos Trabalhadores é ruim. Sempre é mais uma denúncia, uma pessoa que está envolvida”, disse Gleisi. “Tem que ter serenidade, esperar. O deputado tem fazer essas explicações. Já está vindo à público para isso. E responder por seus atos”, completou. Na foto o prefeito de Apucarana Carlos Alberto Gebrim Preto o Beto Preto (PT) foi visto ao lado do Deputado Federal André Vargas, e da Senadora Gleisi Hoffmann;

-A presidente do Sindicato dos Servidores de Apucarana e região Elisabete Costa Souza falou com o AN Notícias sobre o novo aumento que o Prefeito de Apucarana e médico nuclear Beto Preto (PT) irá dar para os servidores da Guarda Municipal, motoristas do Samu e gerou a revolta da sindicalista, pois Beto Preto só irá privilegiar estes servidores e o resto não. Bete falou que deve ir até a Câmara Municipal de Apucarana para protestar contra a votação deste projeto que vai passar pelos vereadores aprovarem a partir da próxima terça-feira (23) em Apucarana. Bete comentou que uma nova turma ligada ao Prefeito de Apucarana quer tirá-la do Sindspa e ela também comentou sobre este assunto;

-A Rua Cristiano Kussmaull que corta os bairros Interlagos, Menegazzo e Espanha está deixando os moradores e motoristas irados com o médico nuclear Beto Preto (PT). Acontece que há nove meses atrás a Prefeitura de Apucarana fez um remendão na Rua Cristiano Kussmaull, mas como a Rua não foi projetada corretamente no passado, o asfalto casca de ovo tem que ser refeito direto, e as crateras no local são de caber carros inteiros, uma verdadeira vergonha e descaso do poder público. Beto Preto prometeu resolver em definitivo a questão desta Rua, mas a promessa só ficou no discurso. Ouça como o ouvinte do Jornal Fala Cidade da 98 FM reclamou sobre está situação;

-Um motorista do Vale do Ivaí foi notificado na semana passada em Apucarana, e acabou levando a bronca ao ar na 98 FM. A empresa Explora Parking de Brasília e que foi contratada pelo médico nuclear e Prefeito de Apucarana Beto Preto (PT), já esta sendo chamada de fábrica de multas na cidade. O reclamante ficou na bronca por não encontrar novos agentes para auxiliar, e foi multado e chamou o sistema de “máfia” em Apucarana. Beto Preto assinou um contrato de seis meses com esta empresa que já teve problemas em Santa Catarina e já deixa motoristas cabreiros na cidade. A empresa Explora Parking está há duas semanas atuando na cidade de Apucarana e já não é a primeira reclamação na Imprensa contra ela. O cidadão em questão levou uma multa de R$ 53 reais e perdeu três pontos na carteira. O AN Notícias trouxe uma matéria dias atrás sobre apenas uma atendente da empresa Explora Parking atender na Avenida Curitiba em mais de 02 quilômetros com as raspadinhas e não dar conta do atendimento. Veja a matéria anterior clicando aqui;

-Vinte municípios respondem por cerca de metade da arrecadação do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) prevista para 2014 no Paraná. Apucarana é a última do ranking. O grupo é responsável pelo recolhimento estimado de R$ 2,647 bilhões - ou 49,55% do total que deverá ser arrecadado ao erário estadual com o tributo (veja tabela). À frente está Curitiba, com uma arrecadação de R$ 730,3 milhões (13,67% do total). Os dados constam de instrução da Diretoria de Contas Estaduais do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR). O documento compõe a análise dos cálculos das quotas do ICMS devidas aos municípios, homologados no último dia 20 de março pelo Pleno da Corte. A arrecadação total do imposto deverá chegar a R$ 5,3 bilhões no atual exercício. Na ocasião, o relator do processo (nº 679449/13), conselheiro Ivan Bonilha, acolheu recomendação da DCE, propondo, em seu voto, "que seja estabelecido um modelo aos municípios a fim de que o processo (de cálculo) contenha a relação de todos os valores impugnados, detalhados individualmente, em uma única petição". A sugestão atende a norma emitida pela Coordenação da Receita Estadual.

Valores

Logo depois da Capital, as duas maiores arrecadações de ICMS são de municípios da Região Metropolitana de Curitiba: São José dos Pinhais - com R$ 387 milhões, ou 7,24% - e Araucária - com R$ 331,6 milhões, ou 6,21%. Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Foz do Iguaçu, Cascavel, Toledo e Pinhais fecham a lista dos dez maiores recolhimentos previstos para o atual exercício.

Os 20 municípios com maior participação nos Índices do ICMS

Municípios


Índice - 2014 - %


Receita Prevista - R$ 1 milhão

Curitiba


13,67


730,3

S. José dos Pinhais


7,24


387,0

Araucária


6,21


331,6

Londrina


2,67


142,8

Maringá


2,47


132,0

Ponta Grossa


2,36


126,1

Foz do Iguaçu


1,96


104,5

Cascavel


1,83


97,9

Toledo


1,27


67,7

Pinhais


1,14


60,7

Paranaguá


1,12


59,7

Guarapuava


1,09


58,3

Arapongas


0,92


49,3

Telêmaco Borba


0,91


48,4

Colombo


0,89


47,5

Castro


0,84


44,9

Campo Largo


0,84


44,7

Cambé


0,78


42,0

Piraquara


0,74


39,8

Apucarana


0,61


32,6

TOTAL


49,55


2.647,0

Fonte: Decreto nº 8.817/2013

Serviço:

Processo nº: 679449/13

Acórdão nº: 1106/14 - Tribunal Pleno

Assunto: Homologação de ICMS

Entidade: Secretaria de Estado da Fazenda

Interessado: Luiz Carlos Jorge Hauly

Relator: Conselheiro Ivan Lelis Bonilha

Autor: Diretoria de Comunicação Social Fonte: TCE/PR;

-Uma situação delicada vai deixar o Prefeito de Apucarana sem sono nos próximos dias para tentar resolver o que prometeu aos milhares de Pais de Alunos da rede municipal de ensino no tocante aos uniformes escolares de frio. Beto Preto não deu nenhuma resposta ainda sobre a entrega, se é que vai haver entrega dos uniformes escolares de frio para as crianças. A prefeitura gastou com duas empresas de fora da cidade na confecção dos uniformes quase R$ 2 milhões que a Câmara de Apucarana deu de presente no final do ano passado. Uma Mãe resolveu cobrar o alcaide ao vivo no Fala Cidade e fez questão de lembrar que ele prometeu entregar os uniformes de frio aos alunos, e até agora nada. A previsão para os próximos dias é de temperaturas baixas, e o uniforme que não veio completo dado por Beto Preto (PT) não chegou. Beto Preto só entregou segundo a Mãe, uniforme curtos para o Verão, mas para o inverno nada foi entregue e nem nas lojas que fazem uniformes existem, porque Beto Preto não autorizou nenhum estabelecimento a confeccionar o tal uniforme da administração petista, e os pais já começam a ficar na bronca;

-Novamente as reclamações contra a fraquíssima administração petista em Apucarana ganha destaque nas Rádios da cidade alta. Ouvintes do Jornal Fala Cidade da 98 FM chegaram a “chincha” no médico nuclear Carlos Alberto o Beto Preto (PT) pela buraqueira que várias localidades da cidade se encontram. São tantas as reclamações por causa do asfalto precário de Apucarana, que Prefeitura está fazendo recape aonde não precisaria como urgente, e os reclames são de Norte a Sul, Leste-Oeste na cidade. Ouça as reclamações dos moradores dos bairros Santos Dummont, Parque Industrial Zona Norte, e Jardim Itália. Foi aprovado nesta semana na Câmara de Apucarana um projeto de abertura de crédito adicional para que a Prefeitura usasse quase R$ 1 milhão de reais para asfalto na cidade. Mas fica a pergunta para o Prefeito de Apucarana responder com espaço gratuito em nossa página, sobre o que aconteceu com o maior empréstimo que Beto Preto (PT) fez ano passado em Brasília no PAC 2 de quase R$ 16 milhões de reais que para pagar nos próximos 24 anos que seriam usados para o asfalto???;

-Novamente a Rua Cristiano Kussmaull na Zona Oeste de Apucarana e que vai até a BR-376 no Contorno Sul, está deixando moradores mais do que intrigados com a frágil administração petista em Apucarana, que resolveu deixar a Rua largada às traças, bibocas e muito descaso. Em menos de nove meses a atual administração é cobrada para fazer uma manutenção decente na Rua que tem grande movimentação e importância para os moradores da região que mais cresce na cidade nos últimos tempos. Uma das lideranças do Residencial Interlagos resolveu cobrar e com autoridade o atual Prefeito Beto Preto (PT) que recentemente fez uma reunião no bairro, e prometeu resolver os problemas daquela região, mas passado alguns meses depois da nova promessa do médico nuclear, os moradores que estão revoltadíssimos atacaram novamente na Imprensa, o marasmo de Preto em resolver mandar tapar a Rua que mais está parecendo um campo minado de tamanhas crateras que você vê aqui no AN Notícias, o único órgão de Imprensa que mostra a realidade nua e crua da castigada cidade de Apucarana. Com certeza, depois desta divulgação no AN Notícias o Prefeito de Apucarana deve se mexer e agilizar a Operação Tapa-buracos nessa Rua. Vamos ver quantos dias levará para a solução deste problema;

-Conforme repercutiu e muito as declarações do ex-presidente da Funcap de Apucarana, Edinei Mansano ao AN Notícias nesta última semana, sobre as tratativas de Beto Preto atual prefeito do (PT) em Apucarana, com relação aos seus aliados, ex-aliados e comissionados, o ex-vereador e ex-comissionado da Câmara de Apucarana em 2013 Laércio de Moraes do (PP), foi literalmente rifado por Beto Preto (PT) no início deste ano em sua nomeação como chefe de gabinete, reforçou o coro de Moraes sobre o assunto de lealdade política da atual administração. Beto Preto vem ganhando a cada dia que passa no seu segundo ano de mandato, mais desafetos e menos aliados que o ajudaram no pleito de 2012. Laércio de Moraes que estava na Câmara de Apucarana, informou que não foi cumprido o acordo entre ele e Beto Preto que visava o cargo de assessor Chefe de Gabinete, informou ele ao AN Notícias. Este cargo que seria para Moraes assumir neste ano de 2014, já foi ocupado por Jacks Dias (PT) de Londrina condenado a prisão naquele município neste ano de 2014, e atualmente assumido por Olavo Guides Pinheiro que tem sua esposa trabalhando na Prefeitura de Apucarana e Guides possui um contrato de prestação de serviços de seu Laboratório com a Prefeitura de Apucarana atualmente. Laércio de Moraes disse que não fala com Beto Preto há mais de dois meses, e informou que se sentiu traído pelo alcaide, pois ele foi exonerado da Câmara para ir para a Prefeitura de Apucarana, e nem sabe o motivo da não nomeação, pois Beto Preto não lhe deu satisfação alguma sobre isso. Ele ressaltou a nossa reportagem que para ele, o petista está fazendo um mandato razoável, sendo orientado por três ou quatro cabeças que não conhecem de política, pois vários aliados foram deixados de lado, e muitos ligados a administração de Pegorer, João Carlos e até Sérgio do Cristma estão empregados na Prefeitura de Apucarana. Laércio de Moraes disse que deverá apoiar a candidatura de Carlos Scarpelini (PP) para Deputado Federal nesta eleição de 2014, caso Carlos saia candidato;

-O ex-vereador Valdir Frias (PSD) que disputou a reeleição ao lado de Beto Preto (PT) e perdeu, resolveu cobrar o alcaide e médico nuclear que deixou o Distrito de Vila Reis no ostracismo de seus quase dois anos de mandato. Beto Preto que está com vários problemas para resolver e não consegue, é cobrado constantemente na Imprensa por parte de ex-aliados, ex-vereadores, e principalmente moradores que votaram no petista querendo mudanças, mas elas não vieram conforme esperado e prometido por Preto. O ex-vereador Frias disse na Imprensa falada que o Distrito está esquecido pela administração de Beto Preto que foi bem votado por lá em 2012. Para ele fata o básico no Distrito como: asfalto, limpeza, coleta de lixo, ônibus circular com mais horários, mais casas populares, e o carro chefe da campanha de Beto Preto que é médico que foi a saúde;

-A Viação Apucarana Ltda (VAL) entregou nesta quarta-feira (30/04) 12 ônibus zero-quilômetro. A solenidade ocorreu em frente à Prefeitura de Apucarana e contou com a presença do prefeito Beto Preto e do administrador executivo da empresa, Roberto Jacomelli. Cada veículo tem um custo aproximado de R$ 270 mil e o investimento total é de cerca de R$ 3,2 milhões. O ato foi prestigiado por diversos secretários municipais, além dos vereadores José Airton Deco de Araújo, Luciano Molina, Gilberto Cordeiro de Lima e Luiz Magalhães. Beto Preto destacou o valor do investimento, especialmente pelo fato da VAL deter atualmente apenas a permissão da exploração do transporte coletivo urbano. “A empresa é somente uma permissionária e o processo de licitação para exploração do serviço ainda vai acontecer. É um investimento pesado, mostrando que a empresa acredita no potencial da cidade”, frisa, observando que todos os ônibus serão emplacados em Apucarana. “Isso reverterá em arrecadação de IPVA para o Município”, reforça. Na foto que mostra a apresentação dos novos ônibus, faltou a presença ilustre do "guru político" de Beto Preto (PT), o Deputado Federal André Vargas (ex-PT). Sempre quando iria fazer qualquer solenidade, seja ela da parte do município ou de parceiros da administração, Beto Preto trazia a tiracolo o deputado federal que está no olho do furacão, devido a ligações com o Doleiro Alberto Yousseff preso pela PF na Operação Lava Jato no maior esquema fraudulento do país. Nesta semana a Rede Globo RPC/TV de Londrina que tem seu correspondente em Apucarana o jornalista Fidel Alvarenga, entrevistou o promotor público de Apucarana Eduardo Cabrini sobre a polêmica licitação do Transporte Coletivo da cidade, o qual Beto Preto usou durante a Campanha de 2012 o Jornal Manchete para atacar a administração de João Carlos, que tinha atrasado a licitação do Transporte Coletivo e depois foi cancelada pelos participantes na Justiça. Hoje no poder, Beto Preto não fez ainda a abertura da licitação e pode responder na Justiça por isso. Veja a entrevista de Cabrini para a Rede Globo RPC/TV sobre este assunto. Atualmente a empresa disponibiliza 21 linhas e transporta diariamente cerca de 21 mil pessoas em Apucarana. O aumento das linhas, segundo Jacomelli, dependerá de estudos a serem desenvolvidos pela empresa. “Sabemos que existem regiões de Apucarana que estão crescendo muito, com a construção de novos conjuntos habitacionais”, afirma, citando como exemplo o Residencial Sumatra, localizado na região do Jardim Colonial;

-O Prefeito de Apucarana Carlos Alberto o Beto Preto (PT) que resolveu aprovar no ano passado o aumento do Imposto Predial, Territorial Urbano (IPTU), enviou através dos Correios nesta semana os carnês de IPTU para os Apucaranenses. O atraso de cinco meses nos cálculos do imposto gerou desconfiança para o contribuinte que terá que arcar com um aumento significativo de 18% em 2014. Várias reclamações do atraso da entrega do Imposto, já são feitas na Imprensa de Apucarana. A cobrança que deveria ser parcelada em maior tempo, também foi afetada e terá menos meses para o contribuinte pagar, e ai que vem a bronca da maioria dos donos de imobiliárias da cidade alta. A conta ficou salgada, e os clientes já estão nos reclames, tendo cliente até cancelando contratos, devido ao aumento tanto do aluguel como também no aumento do Imposto. Segundo informações apuradas pela reportagem do AN Notícias, o IPTU deste ano não poderia ter sido entregue com todo este atraso para o contribuinte quitá-lo, mas com menores parcelas a Prefeitura de Apucarana vai ter problemas com a arrecadação, e o caso pode parar na Justiça, tanto por parte do poder público, como pela Justiça que deve acionar o alcaide pela manobra feita por este atraso, pois caberia um processo por parte da Promotoria Pública de Apucarana por ato de Improbidade, segundo um advogado ouvido pela nossa reportagem. Nesta semana, um ouvinte do Jornal Fala Cidade da 98 FM resolveu reclamar no seu direito, de ter que pagar o imposto com data em cima da hora, e com valor alterado. Ouça como foi esta participação que deixa a população em alerta com a cobrança do IPTU em Apucarana;

-Nesta última semana após ser veiculado as reclamações de vários motoristas e moradores da região do Interlagos e do Menegazzo, com relação a Rua Cristiano Kussmaull que estava mais parecendo um campo minado, pelo descaso de nove meses por parte da prefeitura em não asfaltar com qualidade o local, deixou alguns empresários e moradores intrigados pela operação ordenada pelo médico nuclear e prefeito de Apucarana Carlos Alberto Preto. A Rua que teve um investimento de R$ 60 mil reais para ter três quadras apenas com tapa-buracos, fez alguns empresários ficarem divididos sobre o serviço. Para alguns a obra foi bem-vinda, mas para outros a coisa poderia ter sido feita de uma vez por todas, sem tom eleitoreiro ou paliativo, como o atual prefeito de Apucarana costuma mencionar em suas entrevistas. Ouça e veja pelo registro do AN Notícias como foi à opinião dos comerciantes da Rua que querem a proibição de veículos pesados no local. Beto Preto (PT) não definiu quando é que vai fazer a obra de recape total da Cristiano Kussmaull, e provavelmente terá que aguentar mais reclamações nos próximos meses. Até a entrada do Interlagos o tapa-buracos não havia sido realizado;

-Enquanto dezenas de municípios paranaenses travam desde janeiro uma verdadeira guerra contra o mosquito aedes aegypt, transmissor da dengue, registrando dezenas e até centenas de casos da doença, Apucarana apenas neste quinto mês do ano, próximo da entrada do clima frio, registra os primeiros casos. A confirmação de que três apucaranenses contraíram a doença foi divulgada nesta quinta-feira (08/05) pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica da Autarquia de Saúde de Apucarana. Segundo detalhou o superintendente de Vigilância Sanitária, Aguinaldo Aparecido Ribeiro, o resultado positivo vindo do Laboratório Central do Paraná (Lacen) chegou na terça-feira. São dois casos importados, onde as pessoas contrairan a doença fora de Apucarana, e um caso autóctone, em que a dengue foi contraída no próprio município. Os casos importados são de moradores do Núcleo João Paulo e do Núcleo Dom Romeu. “Um deles é um jovem de 15 anos e outro uma mulher de 33 anos, sendo que um contraiu a dengue em Uraí e outro em Sarandi, cidade que vive uma epidemia da doença. Já o caso em que a pessoa foi contaminada pela dengue em Apucarana, envolve um morador de 53 anos do Jardim Ponta Grossa”, diz Aguinaldo. Acompanhados de perto desde a notificação da suspeita junto ao posto de saúde, todos já estão devidamente medicados e fora de qualquer risco de morte. “Também em todas as localidades onde há notificação de suspeita, antes mesmo da resposta do Lacen, uma equipe de agentes de endemias inicia imediatamente o bloqueio, com pulverização (fumacê) em um raio de 200 metros da residência onde a pessoa com suspeita da doença reside. Neste ano, graças a uma intensa atuação, tivemos apenas 170 notificações de suspeitas, com somente estes três casos confirmados pelo Lacen”, destaca o superintendente;

-Um empresário resolveu enviar para o AN Notícias nesta semana, fotos da situação em que se encontra a Rua de sua empresa no Parque Industrial Zona Norte da cidade. Uma cratera que caberia um carro popular está aberta e não foi arrumada pela atual administração do médico nuclear Beto Preto (PT). Uma tragédia esta anunciada no local que fica na Rua Adélia Barreto. A administração petista começou a interditar o local, mas não consertou e o resultado são essas fotos que você amigo e internauta do AN Notícias conferia agora na nossa galeria de Imagens. Com a palavra o prefeito de Apucarana que “nunca mais foi visto na região, depois que ganhou a eleição de 2012”, disse o empresário que enviou as fotos;

-O Ministério Público Federal (MPF) em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, entrou, nesta sexta-feira(9), com uma ação civil pública pedindo a anulação do cronograma de obras de duplicação da BR-376, no trecho entre Ponta Grossa e Apucarana, e da PR-151, no trecho entre Jaguariaíva e Piraí do Sul. Segundo a ação do MPF, a mudança no cronograma de obras do Departamento de Estradas e Rodagem do Paraná (DER) antecipa a duplicação de 11 km da BR-376, mas atrasa as obras de duplicação em um trecho de 49 km da PR-151. De acordo com o documento, a concessionária responsável pelo trecho, a Rodonorte, vai deixar de investir R$ 42 milhões na duplicação da PR-151 para aplicar menos de R$ 20 milhões na BR-376. O início das obras de duplicação do trecho foi previsto em acordo da concessionária Rodonorte e o Governo do Estado em 2002. Na ação, a promotoria pede que o Departamento de Estradas e Rodagem do Paraná (DER), apresente os documentos relativos às modificações contratuais sigilosas. “O MPF não se opõe a essa troca, mas o que nós entendemos como absurda, e eu diria até vergonhosa, é trocar 41km, que era o trecho que era para ser feito inicialmente, por 11km . O que a gente não se conforma é a diferença dos valores investidos entre uma rodovia e outra”, explicou o procurador da república que propôs a ação, Osvaldo Sowek Júnior. Em nota, a Rodonorte afirmou que ainda não foi notificada sobre a ação do MPF e, por isso, ainda não vai se manifestar sobre o assunto. Contudo, a empresa alegou que R$ 1 bilhão deve ser investido nas obras de duplicação da BR-376 nos próximos anos e que a duplicação da PR-151 também já começou, com a obra de entroncamento de Jaguariaíva. Ainda conformea nota, o investimento no entroncamento é de R$ 21 milhões e a previsão é de que a obra seja concluída no início de 2015. O DER-PR também disse, en nota, não foi notificado da ação, mas entende a importância da duplicação da BR-376 devido ao movimento na rodovia ser três vezes maior que o da PR-151. A nota dizia ainda que governo vai duplicar a PR-151, no entanto a construção do entroncamento em Jaguariaíva, que vai integrar a duplicação da rodovia, já estava autorizada anteriormente;

-Para tirar a responsabilidade e a imagem negativa da GM de Apucarana, que recentemente recebeu aumentos salariais do prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT), a Câmara de Apucarana aprovou com dois votos contrários da criação de cargos de Agentes de Trânsito em Apucarana para os próximos dias. Serão 20 cargos e total autonomia para os novos cargos de Beto Preto que só visa arrecadação em seu governo moroso, para os Agentes aplicarem multas aos motoristas de moto, carros e demais veículos no trânsito caótico de Apucarana. Como a GM de Apucarana aplica mais de 15 multas diárias no trânsito de nossa cidade, o projeto que foi aprovado em sessão extraordinária e deveria ser votado em sessão ordinária, acabou passando sem a população saber e futuramente o resultado poderá vir no bolso do motorista. Antoniassi e Gilberto Lima foram os únicos vereadores a votarem contra o projeto, que não sofreu emendas. Os agentes passaram por um treinamento antes de suas contratações. O projeto é de número 61/2014 que DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CARGO DE AGENTE DE TRÂNSITO MUNICIPAL, ALTERA A LEI Nº 58/1997, DE 10 DE JULHO DE 1997, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS;

-É o clima entre Apucarana e Arapongas no tocante a saúde chegou a ser debatido na Câmara de Arapongas nesta segunda-feira (12), no pronunciamento do vereador e líder do prefeito Beffa (PHS), Evangelista P. da Silva o Litta que resolveu cobrar o prefeito de Apucarana o qual é presidente do Cisvir nas melhorias do atendimento da entidade que Arapongas faz parte em conjunto com outras 16 cidades do Vale do Ivaí. Acontece que Arapongas é a segunda maior cidade da região e uma das que mais recebe recursos na área da Saúde, sendo um exemplo para a os demais municípios, mas o atendimento que a cidade dos pássaros vem recebendo da entidade administrada pelo petista e médico nuclear Beto Preto, deixou o vereador na bronca. “Tivemos nos últimos dias que fazer uma reclamação na ouvidoria da entidade do Cisvir, e até fazer uma vaquinha para pagar uma cirurgia que um Araponguense não conseguiu, se não fosse buscar a nossa ajuda, pois o atendimento de Arapongas no Cisvir que tem sede em Apucarana está péssimo”, disparou o vereador. “Recursos não faltam, repasses de nossa cidade também não, pois o consórcio pelo que eu saiba está em dia por nossa parte, e a entidade recebe e muita verba, só não está dando atendimento necessário para os municípios vizinhos, o que é uma pena, pois precisamos usar de ouvidoria para exigir o que é de nosso direito", desabafou Litta. O presidente do Cisvir que é prefeito de Apucarana e médico nuclear Beto Preto ainda não resolveu o problema do pagamento dos aluguéis atrasados do prédio onde se encontra instalada a entendida na Rua Osório Ribas de Paula no centro de Apucarana, conforme divulgado na Imprensa escrita. O caso está na Justiça de Apucarana que pode decretar o despejo do Cisvir no prédio alugado;

-A situação está tão desleixada no prédio da Prefeitura Municipal de Apucarana que vários funcionários já estão com medo de serem infectados pelo mosquito da Dengue em pleno início de inverno. Pois bem, a denuncia foi feita na Imprensa de Apucarana nesta quarta-feira (14) e enquanto o prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT), mais vive em Brasília e Curitiba, o mosquito da Dengue vai reinando no Paço Municipal e atacando os contribuintes que vão no andar térreo pegar senha para o atendimento na Prefeitura de Apucarana;

-Interditado desde o início do ano passado pelo Corpo de Bombeiros, que após vistoria vetou a realização de atividades que reúnam mais de 100 pessoas, o Complexo Esportivo José Antônio Basso (Lagoão) começou a receber obras de melhorias e readequações estruturais por parte da Secretaria de Esportes e Lazer. Entre as principais intervenções estão a reforma dos banheiros, construção de saídas de emergência, reparos elétricos e hidráulicos, obras de acessibilidade para atender a pessoas com necessidades especiais e ampliação das dimensões da quadra poliesportiva para 40 metros por 20 metros, padrão oficial. A expectativa é de que a principal praça poliesportiva da cidade possa obter a liberação de uso e ser reativada para grandes eventos já no mês de agosto, quando Apucarana deve sediar a fase Final B dos Jogos da Juventude do Paraná (JOJUP’s). O andamento dos trabalhos, realizados por operários da prefeitura, foi acompanhado de perto nesta quinta-feira (15/05) pelo prefeito Beto Preto (PT) e pelo secretário interino do Esporte e Lazer, professor Paulo Aparecido Kisner (Paulão). “Tenho o compromisso com a população de devolver o Lagoão em condições de uso e é neste sentido que estamos dedicando todos os esforços para que possamos retornar podendo oferecer mais escolinhas esportivas, fortalecendo verdadeiramente o esporte amador. Lamentavelmente o descaso das últimas três gestões que me antecederam deixaram esta missão bastante dolorosa. Para entender o meu sentimento de tristeza todas as vezes que entro aqui (Lagoão), convido a cada apucaranense a perder pelo menos meia hora de um dia para presenciar a real situação que estas administrações deixaram esta praça esportiva. Eu, que fui atleta nas décadas de 70 e 80, tenho a lembrança deste ginásio conservado. Dói muito ver o estado de abandono completo que estes ex-prefeitos deixaram o Lagoão”, desabafou Beto. Veja a matéria da Globo sobre o nosso querido Lagoão, dias atrás com Beto Preto. (click no link);

-Enquanto Beto Preto viaja quase que semanalmente para Curitiba e Brasília e a sua administração fica só no discurso, o Transporte Escolar da cidade vai se arrastando para o descaso há alguns meses na sua fraca administração. Novamente uma Mãe voltou a cobrar a solução definitiva da promessa que Beto Preto prefeito e médico nuclear do (PT), que não está cumprindo com sua obrigação enquanto prefeito da cidade de Apucarana, pois como a rede Globo mostrou o Transporte Escolar da Prefeitura de Apucarana é um relaxo, perigoso e moroso. Crianças tomam chuva, ficam sujas de barro, e comem poeira para irem até a Escola, pois o Transporte Escolar que é obrigação da Prefeitura de Apucarana não vai mais buscar desde quando começou o período escolar, uma verdadeira vergonha da atual administração que brinca com essas pobres crianças. Ouça o que disse esta senhora que cobrou no ar uma solução, pois deve levar o caso ao conhecimento da Justiça. Veja a matéria da Globo dias atrás sobre o perigoso e lotado Transporte Escolar na gestão de Beto Preto (PT);

-Mais uma cobrança sobre o asfalto do Jardim Marissol nesta administração de Beto Preto (PT) em Apucarana. Passados quase nove meses da vinda de Richa ao bairro ao lado de Beto Preto (PT), a prefeitura não começou as obras de asfalto que fica na Zona Norte, e a empreiteira que irá realizar a obra não é vista nas ruas sem asfalto, o que deixa os moradores indignados com a falta de respostas. Promessa de campanha de Beto Preto que já está gerando desconfiança do seu eleitorado, o bairro é ponto estratégico em campanhas eleitorais, com as promessas de asfalto, iluminação e segurança. Uma ouvinte do Jornal Fala Cidade cobrou na 98 FM o alcaide sobre uma resposta do asfalto prometido;

-O Prefeito de Apucarana e médico nuclear Beto Preto (PT) que nomeou seu sogro para o cargo de Secretário de Serviços Públicos no ano passado e as cobranças começam a aparecer em 2014. Jaime Gonçalves foi duramente cobrado nesta semana no Jornal Fala Cidade da 98 FM, tudo por conta da empresa Coletudo que não está fazendo um serviço de qualidade na Avenida Jaboti na Zona Sul de Apucarana. O morador da casa de número 18 chegou a “borduna” no Prefeito e no seu sogro, pois o cidadão já pediu várias vezes na Prefeitura, uma fiscalização no trabalho que está sendo realizado pela Coletudo. Ouça como foi à participação do denunciante que está cansado de marasmo por parte de Beto Preto, seus comissionados e parentes empregados na Prefeitura;

-O secretário da Fazenda, Marcello Augusto Machado, anunciou na final da tarde de ontem a prorrogação do vencimento do IPTU de Apucarana, para o próximo dia 26 de maio, segunda-feira. “Devido a problemas na entrega dos carnês e longas filas para a retirada dos mesmos no setor de tributação da prefeitura, decidimos prorrogar o prazo para pagamento à vista com desconto de 10% e quitação parcelada em oito vezes”, explicou Machado. Segundo ele, os Correios devolveram à prefeitura um bom volume de carnês, cujos endereços não foram encontrados. “Em entendimento com o prefeito Beto Preto, concluímos que seria necessária e justa essa prorrogação. Porém, esse prazo é definitivo, considerando que a segunda parcela do imposto parcelado vence no dia 10 de junho”, acrescentou o secretário. Nesta quarta-feira sai o decreto da prorrogação e, ao mesmo tempo, os bancos e casas lotéricas serão notificados a respeito da mudança, visando o recebimento do IPTU até segunda-feira, dia 26 de maio. Até o dia 20 de maio, de um total de 53 mil carnês emitidos, o setor de tributação da Prefeitura de Apucarana recebeu apenas quatrocentos pedidos de revisão de valores lançados. Na maioria dos casos havia erros na cobrança de taxa de iluminação ou o valor estava alterado em função da cobrança por serviço de roçagem de terrenos. Em 2013, a prefeitura recebeu no pagamento do IPTU à vista - acumulado com a primeira parcela -, 34,5% do total lançado. “De um total de R$ 11 milhões, recebemos R$ 3,8 milhões”, lembrou o secretário da Fazenda. Já neste ano, de um total de R$ 15,5 milhões de impostos lançados, a prefeitura já havia arrecadado quase R$ 4 milhões até segunda-feira, dia 19;

-Uma moradora de Apucarana resolveu denunciar o Hospital Materno Infantil de Apucarana, que é ligado ao Hospital da Providência que tem parceria com a Prefeitura de Beto Preto (PT). Segundo a familiar de uma grávida que deu a luz recentemente, a sua irmã sofreu maus tratos de um médico que fez o seu parto, e a mulher quase morreu, segundo sua irmã que denunciou o caso na 98 FM. A denuncia foi feita nesta semana, pois a grávida teria sofrido com os pontos abertos da cirurgia, e a mesma recebeu alta sem condições, com febre teve que ir até a casa da gestante com a barriga praticamente aberta, correndo risco de vida, segundo sua irmã. Ouça mais esta reclamação que vai parar no Ministério Público de Apucarana;

-Conforme o AN Notícias havia informado no final de 2013 que o plano de Beto Preto (PT) em aumentar a toque de caixa, o imposto do IPTU em Apucarana iria trazer reclamações, reflexos negativos para a imagem do alcaide, e poderia quebrar donos de imóveis alugados, donos de terrenos e imobiliárias. Pois bem, o que prevíamos lá atrás, está se concretizando e pode parar na Justiça estas cobranças exageradas, e cerca de 4 mil carnês ainda estão engavetados na Prefeitura, e o prazo final de desconto para pagamento se encerra nesta terça-feira (20). Existem localidades em Apucarana que o contribuinte dono de imóvel, paga 100% do valor do imposto cobrado em 2013, e é ai que entra as reclamações na Imprensa de Apucarana. O aumento abusivo do IPTU ganhou os destaques da Imprensa escrita neste final de semana em Apucarana. Ouça as reclamações dos contribuintes do IPTU, e veja a matéria de 2013 quando o AN Notícias disse que Beto Preto iria quebrar o bolso do contribuinte. Dentro dos próximos dias, Beto Preto terá uma fábrica de multas para onerar os motoristas de Apucarana com a aprovação na Câmara Municipal com a contratação de Agentes de Trânsito na cidade. Pelo que se vê, o negócio de Beto Preto é aumentar a arrecadação da prefeitura para os próximos dois anos de final de seu mandato;

-Os bares ao redor da Faculdade Apucarana (FAP) foram alvo de reclamações nesta última semana na 98 FM de Apucarana no Jornal Fala Cidade. O motivo da reclamação e com razão, é a sujeira com que os frequentadores dos estabelecimentos deixam após beberem e comerem nesses bares. Várias garrafas, copos plásticos, maços de cigarros e bitucas, são encontrados por moradores da região. A ouvinte que ligou e reclamou já pediu providências por parte dos donos dos estabelecimentos, que não agilizaram o pedido, então a mesma resolveu ligar na Prefeitura de Apucarana para que a administração de Beto Preto (PT) fizesse uma fiscalização a contento para resolver o problema, mas infelizmente até agora, nada foi feito. Ouça como foi esta participação da denunciante que pede providências;

-Já pensou em trabalhar os 30 dias corridos do mês, e chegar na hora de receber o rico dinheirinho e ele não estar depositado na sua conta como deveria ser feito. É assim que a Prefeitura de Apucarana na gestão de Beto Preto está fazendo, uma situação grave que não foi sanada, e pelo jeito o prefeito que mais viaja no Paraná não está preocupado com a repercussão disto na Imprensa. Estagiários resolveram colocar a boca no trombone e reivindicar seus direitos, e o caldo engrossou, quando a Prefeitura foi cobrada e servidores comissionados resolveram fazer lobby para o alcaide de Apucarana no Rádio. Ouça mais está situação acometida no segundo ano da gestão de Beto Preto (PT), que está em São Paulo nesta terça-feira (20), e até o momento não se sabe dos pagamentos dos salários dos pobres estagiários que ganham uma merreca na cidade de Apucarana. Duas ligações nesta semana podem dar mais um revés para Beto Preto na Justiça, pois os estagiários já prometeram entrar com processos contra a Prefeitura de Apucarana, o clima está tenso em Apucarana e não há resposta do paço municipal em esclarecer isto;

-Parece piada, mas não é caro leitor do AN Notícias. Nesta quinta-feira (22) o médico nuclear e presidente do Cisvir, prefeito de Apucarana Beto Preto (PT) que vai mal das pernas no mandato, recebeu em seu gabinete o ex-líder do prefeito Beffa (PHS) de Arapongas, Evagelista da Silva o popular vereador Lita (PHS) o qual chegou a borduna em Beto Preto na sessão da Câmara de Arapongas na semana passada. (veja matéria). E não é que Beto Preto (PT) resolveu receber no gabinete do Paço Municipal o Vereador de discurso afiado. Só um detalhe nos chama a atenção, o alcaide nuclear não está fazendo o dever de casa para com os seus vereadores, pois nesta semana, tanto o Vereador Ananias e Vladimir resolveram cobrar o prefeito de Apucarana na Imprensa. Vladmir comentou com a reportagem do AN Notícias que Beto Preto está deixando a Câmara de Apucarana de lado, principalmente em honrar seus compromissos firmados com a sua base, tanto é verdade, que nesta semana o vereador tucano Ananias (PSDB) foi “pro pau” com Beto Preto na Rádio Nova AM, e disse que não é atendido pelo prefeito há mais de seis meses. Pelo que se vê o vereador Lita está com mais moral do que os vereadores de Apucarana. Veja a nota da assessoria de Beto Preto (PT):

Vereador de Arapongas visita gestores de Apucarana

O prefeito Beto Preto (PT) e o vice-prefeito Júnior da Femac receberam nesta quinta-feira (22/05) uma visita de cortesia do vereador araponguense Evangelista Pereira da Silva, popular Lita (PHS). Ligado à comunicação católica, Lita é há 12 anos presidente da Comunidade Santa Cruz e, como vereador mais votado nas últimas eleições, está no seu primeiro mandato. “Estava de passagem pela cidade e não podia deixar de dar uma passada para conversar com o prefeito e seu vice, para parabenizá-los pelo trabalho que estão fazendo pela cidade e tendo reconhecimento em toda a região”, afirmou Lita. Ele considerou o momento uma oportunidade para também trocar ideias e experiências administrativas. “Apucarana e Arapongas são duas potências entre Londrina e Maringá. Juntas têm cerca de 250 mil habitantes e penso que está mais do que na hora de trabalharmos mais em grupo. Hoje as lideranças de ambas cidades já têm uma boa relação, mas temos que estreitarmos ainda mais”, disse o vereador. Segundo ele, este também é um pensamento do prefeito Padre Beffa. “Ele vê esta relação de proximidade com muita alegria e também está aberto para receber lideranças de Apucarana”, pronunciou-se Lita, que já colocou seu nome como pré-candidato a uma vaga de Deputado Federal no pleito de outubro. “A nossa paróquia faz parte da Diocese de Apucarana, por isto tenho uma ligação muito forte com Apucarana, tendo grande amizade com o Padre Pedrinho, da Paróquia Cristo Rei, e com o Júnior da Femac, que congrega nesta paróquia”, concluiu o visitante. O prefeito Beto Preto agradeceu ao vereador pela disponibilidade de parcerias. “Lita tem uma história muito bonita ligada à igreja católica. Foi o mais votado na última eleição e também tem bastante atuação com a comunicação, com programas religiosos na rádio e televisão. É uma liderança comunitária e ficamos muito contentes pela visita e pela troca de ideias de gestão pública que tivemos”, considerou o prefeito. Durante a visita, também entrou na discussão informações sobre o atual panorama político estadual e nacional;

-O PT entrou com uma ação no Tribunal Superior Eleitoral nesta sexta-feira (23) pedindo a perda do mandato do deputado federal André Vargas (sem partido-PR) por infidelidade partidária. Flagrado em diálogos com o doleiro Alberto Youssef, pivô da Operação Lava Jato, Vargas foi pressionado pela cúpula do partido a se desfiliar para evitar desgaste para a legenda. O autor do pedido é o advogado do PT, Marcio Silva. Os motivos sustentados pelo PT são quebra das diretrizes partidárias e abandono da legenda pelo deputado. O fundamento do pedido é baseado na resolução 22/610 de 2007, que trata de infidelidade partidária. "A resolução lista hipóteses de justa causa e não foi nenhuma delas que ele arguiu para sair do partido", disse Silva à reportagem. O processo tem a ministra Luciana Lóssio como relatora. Há um mês, no dia 25 de abril, Vargas pediu afastamento do partido para se defender das denúncias de seu suposto envolvimento com o doleiro. Youssef é acusado de comandar um esquema de lavagem de dinheiro que teria movimentado R$ 10 bilhões. Procurado, o deputado Vargas criticou o partido: "O PT só me prejulgou neste processo, foi mais duro comigo que os demais partidos com seus filiados. Aliás, foi mais duro comigo do que com parlamentares da oposição que já são investigados pelo Supremo". Se o pedido for aceito, assumirá o suplente da coligação. Vargas ainda será notificado do processo. André Vargas é o guru político de Beto Preto (PT) de Apucarana;

-O bruxo curitibano e considerado o bambambã da política Paranaense em suas previsões, aceitou falar com o AN Notícias nesta semana na capital Curitiba e fez previsões bombásticas para a política local, estadual e federal. Chik Jeitoso comentou sobre a disputa eleitoral do Paraná, onde a eleição promete ser a mais acirrada deste ano, podendo ter três candidatos na disputa. Para a sucessão presidencial também poderemos ter surpresas, segundo o bruxo Jeitoso. Chik Jeitoso fez uma previsão para o atual prefeito de Apucarana Beto Preto (PT). O vidente disse que o Prefeito de Apucarana pode passar por um ano tenebroso, já que sua administração não vai nem com reza brava, Beto Preto pode ser investigado pela Polícia Federal e Ministério Público, segundo o Bruxo. Chik Jeitoso também comentou sobre um novo empresário do Paraná que terá muito destaque, com investimento alto no litoral e seguindo para o interior do Paraná. Veja a entrevista exclusiva de Chik Jeitoso ao AN Notícias. Chik Jeitoso é visto diariamente com as nossas autoridades da política do Estado, e tem grande espaço no Blog do Esmael Moraes que é do Vale do Ivaí e está em Curitiba falando de política. Chik Jeitoso deverá fazer futuras previsões para os próximos dias;

-Como o AN Notícias vem trazendo constantemente e único órgão de Imprensa a divulgar os reclames da população que anda “cabreira” com o mandato enfadonho do médico nuclear e petista Beto Preto, o negócio azedou neste domingo (25) entre moradores do Jardim Interlagos (Zona Sul) e o prefeito petista que chegou ao final da reunião para discutir as cobranças exageradas do IPTU de 2014, o qual o médico nuclear mandou aumentar na Câmara de Apucarana no final de 2013. Várias reclamações dos donos de terrenos e casas no Interlagos que foi um dos bairros mais afetados pelo tarifaço petista em Apucarana. Muitos engrossaram a voz ao ver o médico nuclear que não deu uma posição sobre os aumentos, e deixa tudo para o seu jurídico resolver, aliás, é o maior departamento jurídico das prefeituras do interior do Paraná, a equipe de advogados de Apucarana na gestão de Beto Preto. Moradores do Jardim Interlagos avisam na Imprensa de Apucarana que vão “pro pau” se for necessário, contra o prefeito de Apucarana que já prepara mais aumentos para os próximos dias a ser enviados para a Câmara aprovar. Os moradores que pagavam valores considerados baixos por Beto Preto no IPTU na gestão de Valter Pegorer e João Carlos de Oliveira (ambos PMDB), agora terão que pagar valores com mais de 100% de aumento na sua administração, o que deixou a maioria indignada com as taxas que vieram atrasadas e com parcelas curtas para o pagamento do Imposto cobrado pela Prefeitura de Apucarana. O IPTU de Apucarana é considerado o mais caro do Paraná, e já tem uma ação correndo no Ministério Público de Apucarana. Lugares onde o proprietário pagava na gestão de João Carlos de Oliveira, por exemplo, que era de R$ 28 reais mensais, agora paga taxa de R$ 240 reais, reclamou um proprietário do Jardim Interlagos, e o caso pode parar na Justiça de Apucarana, conforme já trouxemos aqui em nossas matérias;

-E não é que o Conselho Tutelar de Apucarana, órgão de extrema importância na fiscalização de nossos menores e responsáveis por denuncias contra a criança e o adolescente está virando motivo de piada na cidade alta, nesta atual administração de Beto Preto (PT). Acontece que nesta segunda-feira (26) em seu programa de Rádio, o competente radialista Bellini JR da Nova AM, resolveu cutucar a ferida aberta do Conselho Tutelar de Apucarana que está mais largado do que nunca na gestão de Beto Preto. O discurso do prefeito é bonito para ele, quando fez o concurso e contratou mais conselheiros no final do ano passado, mas para a população que precisa do Conselho Tutelar estar em ordem para cumprir seu papel, não consegue andar, tanto é verdade que quando não é falta de veículo, motorista, gasolina e outras situações já publicadas aqui no AN Notícias, o Conselho Tutelar neste final de semana não foi acompanhar as operações da Polícia Militar e foi aí que o radialista Bellini JR foi feliz em seu comentário nesta segunda-feira (26);

-Conforme o AN Notícias trouxe nos últimos meses a prefeitura de Apucarana é morosa para resolver os problemas de Educação das nossas pobres criancinhas, que precisam do tão desejado ônibus escolar para irem assistir suas aulas. Acontece que já se passaram quatro meses de aulas nas Escolas do Estado e do município, e até agora Beto Preto não resolveu o problema da ida e da volta das crianças da Zona Rural para a sala de aula, uma verdadeira vergonha para aquele que prometeu ser o melhor prefeito da Educação do interior do Paraná, superando o seu algoz Valter Pegorer que é o Pai do Tempo Integral em Apucarana. São tantas as reclamações dos Pais que o promotor Gustavo Marinho não sabe mais o que fazer, pois cada dia que se passa, e principalmente nos dias de chuva e frio, a criançada fica na bota para ir até as Escolas. Uma Mãe resolveu botar a boca no trombone e cobrar o alcaide e médico nuclear Beto Preto (PT) que sabe andar de avião, de ônibus escolar é só na foto, como você vê nesta matéria. E os alunos Beto Preto, como ficam senhor Prefeito??? Esta reclamação vem da Vila Reis que elegeu Beto Preto em 2012, e é este o tratamento que os alunos recebem desta administração. Ouça a reclamação desta ouvinte da 98 FM;

-Parece que Beto Preto o médico nuclear do PT de Apucarana, vai passar seus dezoito meses dos quarenta e oito que lhe restam ouvindo as cobranças de suas promessas da campanha de 2012 ecoarem na Imprensa de Apucarana, pela população que está descontente com o atendimento na Saúde. Se antes eram a falta de médicos com a reposição dos cubanos, agora é o atendimento que virou o problema, diga-se de passagem, em quase todos os setores de sua administração. O prefeito de Apucarana não responde mais a população na Imprensa sobre as falhas na Saúde, pois para ele está tudo legal, tudo dez, mas será que o Apucaranense concorda com isso? A UPA de Apucarana que vive bombada está passando por problemas de gestão e é ai que as reclamações estouram, ou vão para a Imprensa, ou vão parar na mesa do promotor Vilmar Fonseca do Ministério Público. Nesta semana várias ligações no Jornal Fala Cidade da 98 FM de Apucarana, mostraram como andam a Secretaria de Saúde de Apucarana, que persiste na mão de um secretário interino, tendo um médico como prefeito, inacreditáveis dezoito meses que está secretaria não decola voo. O maior problema da UPA de Apucarana é o tempo de espera daqueles que frequentam aquele lugar, que poderia ser referência na cidade, acaba sendo questionado como o inferno de Apucarana. Ouça as variadas reclamações dos ouvintes do Jornal radiofônico Fala Cidade. Agora com o inverno se aproximando, a UPA de Apucarana é o lugar aonde o Apucaranense não vai querer se aproximar, pois pode ser o último lugar que você caro leitor que lê está reclamação, queira estar com algum parente seu propriamente dito. Idosos e crianças estão sofrendo com o descaso no atendimento na UPA de Beto Preto (PT), que não melhorou em nada no quesito atendimento. Ouça as denuncias graves nesta semana, enquanto o Prefeito de Apucarana está viajando quase toda semana para fora do estado, estamos vendo que a coisa é mais crítica do que se possa imaginar na Saúde doente de Apucarana;

-E não param os reclames do “plinplin” em rede estadual da querida e gélida Apucarana. Mais uma vez o mandato enfadonho de Beto Preto o médico nuclear do (PT), voltou a ser pauta na Rede Globo RPC nesta semana. Como o AN Notícias vem divulgando as reclamações dos contribuintes de Apucarana que estão pagando mais de 1.000% de aumento da tarifa do IPTU, o plano de Beto Preto em fazer sua “correção fiscal”, vai quebrando o bolso do pobre contribuinte. Se já não bastassem os impostos federais, estaduais e outros encarecidos nesta administração municipal, o IPTU bateu recorde esta semana de arrecadação, mas é claro, que quem não pagasse iria ser protestado judicialmente no Fórum de Apucarana. Beto Preto arrebentou com o bolso daqueles proprietário de terrenos e casas de aluguéis na cidade alta, um verdadeiro presente de grego naqueles que confiaram o voto no médico prefeito em 2012. A RPC TV afiliada da Rede Globo, mostrou nesta semana que quem pagava anteriormente R$ 25,00 de cada parcela do imposto durante os meses de cobrança em 2013, agora pagam mais de R$ 250 reais mensais em 2014. Tem gente que não pagou e nem vai pagar o IPTU de Beto Preto e o caso agora seguirá para os tramites legais na Justiça. Assista a matéria da Rede Globo sobre o IPTU mais caro do Paraná que é o de Apucarana, aprovado pelos nobres vereadores ligados ao petista;

-O AN Notícias foi procurado por alguns Pais de alunos do Colégio particular Glorinha (o mais tradicional de Apucarana) para comunicar que o Colégio não teria organizado o grupo de dança que iria se apresentar no final de semana passado. Acontece que algumas alunas que estudam no Colégio teriam de própria atitude organizado um novo Grupo de Dança para se apresentar neste último final de semana no Cine Teatro Fênix. Sendo assim, a direção do Colégio não teria participação alguma na situação ocorrida no último final de semana, sendo um fato isolado. Onde ratificamos a informação, após os pais nos comunicarem.

Entenda o caso

No último final de semana algumas alunas do Colégio Glorinha organizaram um grupo de Dança chamado Carazoni, em homenagem à professora Betinha, a qual foi ex-professora de Ballet da Prefeitura de Apucarana. Acontece que este grupo teria sido proibido por servidores do Cine Teatro Fênix, em se apresentar no dia e hora marcados no último final de semana. A atitude da proibição seria uma retaliação política, o que deixou alguns pais revoltados com isso. O AN Notícias deixa claro que procurou os envolvidos deste episódio lamentável, porém não fomos respondidos, tanto é que a as alunas entraram em contato conosco novamente nesta tarde de sexta-feira (30), informando corretamente que o Colégio não teve participação na apresentação das mesmas. Caso a assessoria de Imprensa da Prefeitura queira dar sua versão deste fato ocorrido, teremos interesse em informar os nomes dos servidores envolvidos no entrevero com este grupo de Dança que foi vetado de se apresentar no final de semana passado;

-Final de mês, véspera de Copa e sem o apoio do seu guru político em Brasília André Vargas (ex-PT), o médico nuclear e prefeito de Apucarana Beto Preto (PT) vai novamente para Curitiba neste mês, sendo mais uma viagem de avião do chefe do executivo. A viagem marcada para hoje (30) chama a atenção por ser final de semana e o assunto não ser divulgado. Somando desde o início do mantado de Beto Preto em 2013 até hoje, calcula-se que o alcaide já viajou mais do que qualquer prefeito do Paraná para os destinos Curitiba e Brasília. Sem sombra de dúvidas, Beto Preto já é o prefeito que mais viajou na história de Apucarana. Segundo informações de dois vereadores da Câmara de Apucarana, “é mais fácil você encontrar Beto Preto em Curitiba e Brasília do que em Apucarana propriamente dito”, pois parte de sua base não é atendida. Se for contar as milhas aéreas de bônus no CPF do Prefeito de Apucarana, o mesmo está batendo os recordes, pois viaja constantemente e as suas diárias não são divulgadas com transparência no portal de Transparência da Prefeitura de Apucarana o que já é uma irregularidade, segundo o MP de Apucarana. Quem poderia fornecer a informação das viagens do Prefeito seria a Secretária da Fazenda do município, mas segundo vereadores este fato não ocorre porque não há interesses de divulgarem os dados, pois dizem que a prestação de contas é feita no Tribunal de Contas do Estado, e lá é muito difícil ser informado o quanto o alcaide de Apucarana já gastou nas viagens. A prestação de contas seria anual e nem o Ministério Público de Apucarana, consegue os dados com facilidade. O portal de Transparência da Prefeitura de Apucarana não apresenta os gastos com tais viagens, e nas prestações de contas do executivo nem é apresentado tais relatórios de dias, quantidades e gastos com as viagens, para a Imprensa e Vereadores. Uma fonte dentro da Câmara de Apucarana comentou que cada viagem do Prefeito pode ser custeada pelos cofres públicos de Apucarana em mais de R$ 1.500,00 para Curitiba, e podendo ultrapassar este valor para Brasília em R$ 3 mil reais. Falta agora a Prefeitura de Apucarana apresentar realmente os valores destas viagens, se são estes valores e quanto já foram gastos desde a primeira viagem até a última que será feita na próxima semana, para deixar tudo às claras. Já na Câmara de Apucarana os gastos com as diárias dos servidores e dos vereadores, aparecem no site do portal de Transparência do legislativo, o que torna mais fácil as apurações do MP que também está analisando as viagens do poder legislativo. Beto Preto vai para se encontrar com a senadora Gleisi Hoffmann (PT) em Curitiba nesta sexta-feira (30). Na próxima segunda-feira ele viaja para Brasília onde ficará na terça e quarta-feira (03 e 04/06) na capital Federal para receber a premiação do Sebrae como prefeito empreendedor;

-Quem não acreditava que Edinei Rosina Mansano aquele que foi a mão direita de Beto Preto (PT) nas eleições de 2012 fosse exonerado do cargo, acabou vendo que o médico nuclear resolveu interromper seus laços com o ex-diretor da Funcap de Apucarana, por enquanto. O que isto pode significar para o restante do mandato do prefeito petista? Pergunta esta que só Edinei Mansano deverá responder, haja vista, que o mesmo é visto diariamente no gabinete municipal, mesmo sendo exonerado pode até assumir outro cargo de menor expressão, mas ligado ao gabinete do chefe do executivo. Mansano no mês passado disse ao AN Notícias que não ficaria mais no cargo dado a ele, já que estava sendo fritado por Beto Preto, mas uma fonte ligada ao Paço nos revelou que ele deve continuar nos bastidores do mandato de Beto Preto, se vai receber honorários é outra situação, pois seu salário girava em torno dos R$ 6 mil reais mensais. Edinei Mansano foi condenado à prisão em regime semiaberto pela Justiça do Paraná, e o mesmo está recorrendo da sentença, e isso foi um dos motivos que acabou tendo sua exoneração divulgada nesta última semana. A exoneração de Mansano de seus cargos foi divulgada no Diário Oficial da Prefeitura de Apucarana em seu site, conforme o leitor vê na nossa Galeria de Imagens;

-Esta reclamação vai ficar na história do mandato do médico nuclear e prefeito petista Beto Preto (PT). Com certeza a oposição vai usar o áudio na próxima campanha, que mostra o relaxo que é a administração de Beto Preto nestes dezoito meses de mandato, faltando trinta meses para acabar. Um fiasco, uma lástima, uma verdadeira vergonha para uma cidade bonita como Apucarana que não merece ser tratada desta maneira pela Prefeitura do médico petista Beto Preto. A estrada rural Volvero Bertoli no Distrito de Correio de Freitas em Apucarana, já virou motivo de indignação por parte dos moradores daquela Zona Rural de extrema importância na cidade de Apucarana. A Prefeitura de Apucarana não deu um “trato” na estrada que dá acesso a cidade, e moradores estão na bronca, pois a buraqueira e o barro estão tirando o sono de quem mora lá. Em sessenta dias a ouvinte Gleisi que não é a ministra do PT, mas leva jeito de liderança, resolveu ligar duas vezes no Jornal Fala Cidade e colocar a sabugada no ar, e alertar o prefeito de Apucarana que já é taxado de néscio pelos seus eleitores. A estrada rural está caótica e infelizmente Beto Preto nunca mais foi visto até o local, depois de ir pedir voto como em 2012. Ouça como foi o desabafo desta moradora do Distrito Correia de Freitas, que disse que "Beto Preto sabe só pintar Ruas em Apucarana, e consertar as estradas que é bom, nada". Beto Preto tem que se benzer, pois a situação de seu mandato está terrível e o povo já está cansado de suas promessas não cumpridas. A Prefeitura foi até o local, mas não fez um trabalho decente, conforme relato da moradora do Correio de Freitas;

-A Prefeitura de Jardim Alegre entregou os prêmios do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) 2014. Este ano pela primeira vez, a administração municipal promoveu uma ação com o objetivo de premiar os contribuintes que pagaram os impostos à vista. Segundo a prefeita Neuza Pessuti, a ação foi positiva e muito bem recebida pela população. O Departamento Municipal de Tributação informou que o valor do imposto no município está defasado e, há vários anos, não tem reajuste. “A arrecadação é muito baixa, por isso, os benefícios para a população são poucos”, disse Neuza Pessuti. Para a prefeita de Jardim Alegre a iniciativa foi uma forma de conscientizar a população sobre a importância do pagamento em dia do IPTU. “Fiquei muito feliz por entregar a premiação juntamente com o vice-prefeito, Beto Rohling, e os vereadores que aprovaram a medida”, disse. Recentemente a cidade de Apucarana na administração do médico nuclear Beto Preto (PT), apareceu na Rede Globo como o mais caro IPTU do Paraná, e o prêmio é uma ação judicial para quem não pagar os mais de 1.000% do aumento dado por Beto Preto (PT).

Veja os prêmios que foram dados pela Prefeitura de Jardim Alegre:


TV Plasma 50
Antônio Pedro da Silva – Rua Londres

Microondas
Ivo Bueno de Camargo – Rua Bandeirantes

Tablet
Pedro Camara de Farias – Jardim Florestal

Sanduicheira
Edília Siqueira Benetão – Rua dos Estudantes
Luiza Santini Primon – Rua Bandeirantes
Inês Dalacosta Silva – Avenida São Sebastião;

-Mais uma séria reclamação eclodiu na Imprensa de Apucarana nesta quarta-feira (04) no Jornal Fala Cidade da 98 FM. Um morador foi levar seu sogro durante a madrugada na UPA de Beto Preto (PT) o médico nuclear que prometeu ajeitar a Saúde de Apucarana durante a campanha de 2012, e a família que reclamou desta vez mandou um recado acalorado ao prefeito de Apucarana. O atendimento durante a madrugada está o caos e novamente a UPA está deixando a desejar com os servidores que foram contratados. Se a vítima não tivesse dinheiro poderia ter ido a óbito, disse o ouvinte que falou da realidade de nossa Saúde em Apucarana. A UPA é o verdadeiro calvário para quem está doente em Apucarana, sem gerência por parte da atual administração, os atendimentos se arrastam para o abismo e se a coisa não funciona no particular, caro leitor, você vai ouvir mais histórias tenebrosas como está e quem sabe até casos de óbitos podem ocorrer. Ouça como foi a denúncia que vai parar na mesa do promotor Vilmar Fonseca no Ministério Público de Apucarana;

-O PC do B de Apucarana que não foi prestigiado na fraca administração do médico nuclear e petista Beto Preto sofreu uma baixa que vai dar insônia aos membros do partido e principalmente no grupo do atual prefeito de Apucarana. O professor Sebastião Barbagalo o famoso Tião (de óculos abraçado na foto Facebook) que ajudou Beto Preto em duas campanhas seguidas tendo a última a vitória em 2012, entrou em contato com o AN Notícias nesta quinta-feira (05) para contar a novidade que pegou todo mundo de surpresa no meio político de Apucarana. “O partido do ministro Aldo Rebelo está sem líder e fora da administração atual”, comentou ele. Descontente com a falta de palavra do alcaide petista, o Professor Tião que estava à frente do partido na cidade pediu sua saída logo após o partido perder a chance de ter a secretaria de Esportes na Prefeitura de Apucarana, e ver o cargo ser acumulado por um secretário que pouco está agradando os esportistas na cidade. Tião disse que pra ele “Beto Preto, nunca mais”, comentou. Tião disse que “faltou camaradagem por parte do atual prefeito, que nunca imaginava que o mesmo fosse pisar na bola com os que lhe ajudaram a chegar ao poder, e que a administração não decolou e pelo jeito nem vai vingar mais faltando dois anos para acabar este mandato”, frisou ao AN Notícias. Professor Tião como é mais conhecido na cidade de Apucarana, disse que “já foi procurado pelo PMDB de Valter Pegorer (PMDB) para se filiar e quem sabe até disputar o próximo pleito”. Tião que é tido como esquerdista e que faz um papel de militante importante por onde vai com sua turma, disse “estar desiludido com a atual administração”. “A cidade de Apucarana está pagando o preço com o Complexo Esportivo Lagoão estar parado sem obras, e trancado desde que ele (Beto Preto) assumiu o poder”. O esporte na cidade está desprestigiado e quem paga o preço somos nós da população, infelizmente”, finalizou o ex-PC do B;

-Conforme o AN Notícias vem trazendo as informações e a realidade nua e crua deste mandato engessado do Prefeito de Apucarana o médico nuclear Beto Preto (PT), que não decolou em quase dois anos de mandato na cidade, resolveu tirar a prova dos nove e contratar uma empresa caríssima para realizar uma pesquisa na cidade. A pesquisa visava saber quais os órgãos de Imprensa com melhor credibilidade entre a população, quais os meios mais vistos e saber como anda a avaliação do mandato dele em Apucarana. Ao ver o resultado o prefeito de Apucarana resolveu chamar as pressas sua equipe para uma reunião de emergência na Prefeitura de Apucarana. Como já estávamos sabendo do fato, e aguardávamos a tal pesquisa ser divulgada, coisa que não irá acontecer, devido ao fato das coisas estarem “russa” pro lado da administração petista em Apucarana, Beto Preto tende agora a lançar a petista e sua líder na Câmara Municipal Aurita Bertoli do (PT), conforme trouxemos em primeira mão na última semana para medir o poder de fogo nas urnas do PT em Apucarana. Uma enquete do AN Notícias dias atrás mostrou que se Beto Preto resolver apoiar qualquer candidato a Deputado Federal ou Estadual, terá uma surpresa desagradável na sua inicial carreira política que já pode ter data certa para se findar em 2016. Mais de 80% dos internautas rejeitaram votar num candidato apoiado pelo atual Prefeito de Apucarana que não vingou com o maior cargo lhe dado em 2012. Beto Preto bate os recordes de rejeição até do anterior Prefeito de Apucarana que nos dois primeiros anos de mandato do ex-prefeito João Carlos de Oliveira ia mal das pernas, mas Beto Preto está pior do que seu rival. A decadência do mandato de Beto Preto (PT) que tem por obrigação cumprir seu plano de Governo foram os seguintes fatos até o momento: traiu a maioria dos seus correligionários e não honrou com seus compromissos com os mesmos, tanto é que vem perdendo apoios de ex-aliados que sempre lhe ajudaram; delegou poderes a subordinados com passagens policiais e probelmas na Justiça; empregou cargos comissionados ligados a Sérgio do Cristma e Valter Pegorer; fez a maior contratação de advogados na Prefeitura de Apucarana sem concurso público; tem como seu maior cabo eleitoral o ex-presidente da Câmara de Apucarana e preso por crimes apontados no Ministério Público de Apucarana, vereador Alcides Ramos JR (DEM) que voltou ao cargo fazendo parte de sua base em 2014; atrasou o Tempo Integral neste ano de 2014; não resolveu até agora o problema do Transporte Escolar dos alunos de Apucarana; nomeou vários parentes de comissionados do alto escalão e médio; não prestou contas no site da Prefeitura de Apucarana no Portal de Transparência das diárias de suas viagens para Curitiba e Brasília, sendo o Prefeito que mais viajou no Paraná até agora para estes dois destinos, quase uma viagem por semana; está ligado ao Deputado Federal André Vargas (ex-PT) seu guru político até como testemunha no caso da Operação Lava Jato da Polícia Federal que prendeu o doleiro Alberto Yousseff de Londrina, Vargas arrolou Beto Preto como sua testemunha no caso; não exonerou seu Secretário de Indústria e Comércio que brigou dentro da Prefeitura com outro Secretário de Fazendo por causa dos valores de Diárias da Prefeitura para Brasília e Curitiba; não resolveu os acordos assinados em campanha com o Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana até o momento, entrando em atrito com a presidente Bete Costa; vem perseguindo funcionários ligados a outras gestões e fazendo transferências de funções nos últimos meses; mandou prender duas funcionárias inocentes no caso das merendas em 2013, fato este que vai custar para os cofres da Prefeitura de Apucarana mais de R$ 1 milhão de reais de indenização para cada servidora presa sem culpa no caso; Não acabou com as filas dos Postos de Saúde no tempo determinado em Horário Eleitoral na campanha de 2012, sendo que as filas continuam nos Postos de Saúde; teve uma morte de um garoto por negligência médica dentro da UPA de Apucarana, a criança morreu dias depois no Hospital da Providência em 2013; Beto Preto também não atende sua base na Câmara, sendo que Vereadores já foram para a Imprensa reclamar do péssimo atendimento que sofrem por parte do Prefeito; aumentou o IPTU de Apucarana em mais de 1.000% em alguns bairros da cidade, e dobrou para o resto da população sendo matéria na Rede Globo como o IPTU mais caro do Paraná; os buracos continuam na cidade, vários bairros ainda estão sem asfalto conforme prometido em campanha; as estradas rurais da cidade estão um caos, sendo cobrado quase que semanalmente na Imprensa pelos moradores da Zona Rural; Beto Preto administra seus secretários na maioria como interinos. Estas são algumas das situações que esta administração vem vivendo até agora nos seus 18 meses de mandato. Fraca gestão que está com uma baita rejeição em todos os setores e preocupa o desenvolvimento da cidade. A pesquisa contratada de Beto Preto não foi divulgada na Imprensa, somente para avaliação interna. Dizem os mais chegados do alcaide que ele não ficou nada satisfeito, e se irritou com o resultado negativo. O Jornal Portal do Paraná deste último domingo divulgou matéria a respeito deste assunto também. O plano de Governo de Beto Preto você pode conferir aqui no Betômetro do AN Notícias que está à disposição para o eleitor ver o que o Prefeito fez ou deixou de cumprir até o momento de sua enfadonha administração. Pelo jeito, a sua reeleição fica mais distante a cada dia. A notícia desta pesquisa de avaliação já está circulando em vários meios de comunicação de Apucarana;

-A grave denúncia de um ato insano de dois GMs da Guarda Municipal de Beto Preto (PT) de Apucarana, chocou a cidade de Apucarana nesta sexta-feira (20). Dois Guardas Municipais que deveriam dar exemplo de cidadania, agiram de foram brutal e acabaram agredindo sem motivos aparentes um mendigo que estava nas proximidades do Parque Santo Expedido de Apucarana. A atitude dos Guardas Municipais foi denunciada na Rádio Nova AM de Apucarana nesta sexta-feira, e repercutiu na cidade de forma repudiante. Os dois GMs não foram identificados, mas a situação foi registrada por populares e terá desdobramentos em breve. A GM de Apucarana que deveria estar dando exemplo, agora age de maneira incorreta e revoltante. Em Apucarana nesta manhã a temperatura estava na marca dos 14 graus e segundo fontes, o mendigo agredido estaria passando frio e estava até descalço no momento da surra. O comando da Guarda Municipal e o atual Prefeito de Apucarana não se manifestaram no caso. Nenhuma nota foi divulgada pela assessoria de Imprensa da administração do médico nuclear Beto Preto (PT);

-A vitória do grupo do Senador Roberto Requião (PMDB) na convenção do partido na tarde desta sexta-feira (20), entra para a história política do estado do Paraná, e em especial para o grupo de Valter Pegorer (PMDB) de Apucarana que apoiou a candidatura de Requião contra Richa (PSDB) neste pleito e votou a favor do mesmo. Pegorer foi decisivo na reeleição de Requião em Apucarana e isso o credenciou a ser o homem de confiança de Requião na cidade alta. De todos os fatores desta sexta-feira (20) um já soa como um alerta ao PT de Apucarana. Requião detesta o prefeito de Apucarana e médico nuclear Beto Preto (PT), tanto é que o mesmo não declinou apoio na primeira candidatura em Apucarana, quando o vice de Beto Preto (PT) era o seu ex-secretário de Governo Petrônio Cardoso que era tido como o homem de Requião na cidade, pois seu Pai João Batista Cardoso, advogado renomado da cidade era na época o advogado de Requião no Paraná. Requião não conversa com Beto Preto e já disse que em Apucarana o seu grupo PMDB é Valter Pegorer e João Carlos de Oliveira. Como Beto Preto não vem fazendo um mandato coerente e cumprindo seu plano de Governo, tanto é que semana passada uma pesquisa contratada e paga ao um valor altíssimo por Beto Preto, mostrou um índice de rejeição recorde de seu atual mandato entre os munícipes nestes 18 meses, chegando a ser a maior rejeição da história dos prefeitos de Apucarana. Beto Preto acabou tendo uma avaliação negativa maior do que a de João Carlos de Oliveira em 2010. Valter Pegorer (PMDB) já informou que não seria candidato a Deputado Estadual pelo partido em Apucarana, e o negócio dele é 2016 contra o seu desafeto Beto Preto, e ao que tudo indica virá com a faca nos dentes se Requião levar a eleição pela quarta vez no Paraná contra Beto Richa (PSDB) que tenta sua reeleição e agora sem o apoio maior da bancada do PMDB. O grupo de Valter Pegorer recupera aos poucos o espaço perdido na eleição de 2012, e Valter sai fortalecido da convenção partidária desta sexta-feira (20) em Curitiba. Telma Reis, André Pegorer, Valter Pegorer e Beto Reis votaram a favor da eleição de Requião nesta tarde de sexta-feira em Curitiba;

-A diretoria da Cooperativa dos Catadores de Apucarana (COCAP) na representatividade de Itamar Gomes de Oliveira, (ex-secretário de Meio Ambiente da Prefeitura de Apucarana0, rasgou o verbo neste sábado contra o prefeito de Apucarana e seu ex-chefe no Rádio, ao comentar a crise instalada entre a Prefeitura de Apucarana e a Cooperativa, tudo depois que o caminhão da COCAP foi apreendido pela Polícia Militar de Apucarana. Itamar anunciou na Imprensa de Apucarana que está suspensa por tempo indeterminado a coleta seletiva do lixo na cidade. A decisão é um protesto contra a Prefeitura, que não renovou o contrato de prestação de serviço, conforme combinado entre as partes (diga-se Beto Preto e Itamar Gomes) que teve seu vencimento no mês de Março de 2014. Itamar Gomes de Oliveira confirmou que a apreensão co caminhão no Informativo Nova AM, pois ocorreram atrasos na documentação do veículo, provocado pela falta de recursos em virtude da não renovação do contrato com o município, colocando a culpa na fraca administração de Beto Preto. Agora a Cooperativa tem um único caminhão para fazer as coletas seletivas na cidade, e o resultado é que isso não comporta a realização dos serviços. Todos os dias são mais de 05 toneladas de lixo reciclado retirados das ruas da cidade. Itamar Gomes resolveu cobrar o grupo do Prefeito petista e deu um ultimato para que a Prefeitura decida logo esta crise, pois se não for resolvido, quem vai pagar o pato é a população, frisou o ex-secretário de Beto Preto (PT);

-Desta feita, mais um “fecha” ocorreu dentro da Prefeitura de Apucarana entre figurões do alto escalão, conforme o Jornal Portal de Apucarana trouxe na última edição desta semana em suas páginas. O quiproquó tem motivos para deixar a administração de cabelo em pé, depois da pesquisa catastrófica da maior rejeição da história de Apucarana, o prefeito que se cuide, pois sua imagem não está nada boa perante os Apucaranenses. Tanto é que Beto Preto fez outra reunião, a segunda com todos os seus comissionados de primeiro e segundo escalões para dizer “paz” na Prefeitura de Apucarana. Esta reunião foi diferente da primeira, pois a primeira foi quando o médico nuclear levou um baque que derruba peão ao ver o resultado da pesquisa encomendada pelo Paço Municipal e ter a rejeição recorde em 18 meses de mandato. Mandato este que ainda não ocorreu, pois muito se falou na eleição de 2012 e pouco foi feito, tanto é que o seu Plano de Governo está a disposição de quem quiser conferir no Betômetro do AN Notícias. A coisa anda feia dentro da Prefeitura de Apucarana que nesta segunda reunião, o papo foi ter disciplina na vida particular para não queimar o filme da atual administração que já anda enfadonha. Já é sabido na cidade, que quase todos os dias algumas autoridades estão sendo vistas juntas com alguns comissionados da Prefeitura em um café popular da cidade, sempre aos risos e abraços, e isso andou irritando o alcaide de Apucarana. Segundo o site da RTV de Apucarana nesta sexta-feira (20), o Prefeito de Apucarana realizou mais uma reunião com os seus secretários e diretores, e recomendou lisura de caráter e conduta ética e moral, evitando frequentar bares e bebedeiras, expondo a administração pública. Determinação direcionada especialmente há alguns de seus comandados, que tem desempenhos até razoáveis, e tem dificuldade de postura e conduta. Beto Preto, ainda cobrou a melhor presença dos comandados, em eventos no município. E disse que não irá mais admitir desentendimentos entre integrantes de sua equipe. O prefeito foi enfático em suas recomendações, quem não se enquadrar, será cortado da administração. Os envolvidos nesta segunda briga dentro da Prefeitura de Apucarana, não tiveram os nomes revelados pelo Jornal Portal de Apucarana. Na primeira briga os Secretários Marcello Machado e Laércio Costa foram os protagonistas do entrevero, tanto é que Laércio chegou a ser exonerado por Beto Preto verbalmente, mas não foi defenestrado definitivamente, tanto é que continua no cargo até hoje, dando Beto Preto um péssimo exemplo de gestor para sua equipe que vive se engalfinhando;

-Mais um quiproquó e este quase acaba em prisões na manhã desta segunda-feira (23/06), no pátio de máquinas da prefeitura de Apucarana. É a terceira confusão séria envolvendo funcionários da administração de Beto Preto (PT). Quando o assunto não é dentro do prédio da prefeitura, a confusão é fora dela, uma vergonha para a cidade de Apucarana que já é mal vista na região por grandes entreveros políticos dentro da Prefeitura ou envolvendo servidores dela. O fato ocorrido na manhã desta segunda-feira foi no pátio de máquina da prefeitura de Apucarana, que fica na Zona Norte da cidade no Jardim Diamantina. Uma discussão envolveu sindicalistas e servidores da Prefeitura de Apucarana (comissionados e efetivos) que partiram para um acalorado bate-boca e com dedo na cara, e que só parou quando a Polícia Militar chegou ao local para apaziguar os ânimos exaltados. Segundo a Rádio Nova AM que esteve no local, a Sindicalista Elisabete Costa do Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana acabou batendo boca com outro presidente da associação dos funcionários da prefeitura de Apucarana José Benedito Luiz, mais conhecido como Zézão. Elisabete Costa diz que os servidores comissionados ligados ao Prefeito Beto Preto (PT) foram até a reunião marcada nesta manhã de segunda-feira no pátio de máquinas, tumultuar a reunião que ela (Bete) do Sindspa havia organizado. Um dos motivos da reunião foi devido ao corte do café da manhã aos servidores do pátio de máquinas da Prefeitura de Apucarana nesta atual gestão. O Sindspa quer levantar as principais reivindicações dos trabalhadores para futura negociação com o executivo (Beto Preto) a voltar a servir um café da manhã aos operários, que deixaram de receber o benefício recentemente. Ouça como foi mais este entrevero envolvendo servidores da prefeitura de Apucarana e sindicalistas. Zézão é ligado a Beto Preto (PT) prefeito e médico nuclear de Apucarana, e Elisabete Costa do Sindspa que também é do (PT), é a principal oposição deste mandato. O áudio é do repórter Ciro Domingues da Rádio Nova AM;

-A vereadora de oposição Telma Reis do (PMDB) levantou uma polêmica na sessão da Câmara de Apucarana nesta terça-feira (24), ao contar relatos de mulheres apucaranenses que foram aos postos de Saúde da cidade e que estão sendo constrangidas por fazerem exames de coletas preventivas contra o câncer de útero, e são obrigadas a passaram por um enfermeiro nas unidades básicas ao invés de enfermeiras. A Prefeitura de Apucarana não esclareceu o fato, pois o Prefeito Beto Preto (PT) que é médico nuclear deveria rever este fato lamentável. Segundo o radialista Ciro Domingues o constrangimento não é somente em um posto de Saúde da cidade. Os fatos foram registrados nos Postos de Saúde Centro Social Urbano e Jardim Trabalhista. Telma Reis disse que isto é lamentável e que a Prefeitura e Autarquia Municipal de Apucarana, deve urgentemente rever o caso, pois enfermeiros estarem realizando um exame íntimo nas pacientes é descabido e quem deveria fazer esta função seria uma enfermeira;

-A reivindicação do comando da Polícia Ambiental do Paraná chamou a atenção da Imprensa de Apucarana nesta semana, após o acordo entre a Prefeitura de Beto Preto e a Polícia Ambiental (PA-PR) não ter sido comprido em momento. Beto Preto prometeu ceder o espaço para a instalação do Pelotão da Polícia Ambiental em Apucarana no Lago Jaboti, na famosa Toca do Lago, onde motociclistas da cidade tem o local como sua sede, mas como o imóvel pertence a Prefeitura de Apucarana o lugar ainda não foi desocupado e está gerando o impasse entre a PA e a administração de Beto Preto (PT). Segundo informações da Rádio Nova AM, os patrulheiros que trabalham em Apucarana estão descontentes com o prometido pela gestão petista, pois o prazo dado já foi expirado, e deixa cada dia mais a equipe em Apucarana sem local definido;

-Clima tenso durante a reunião da AMUVI realizada na última sexta-feira (27), em Lidianopolis no Vale do Ivaí. Durante seu discurso, o Prefeito de Ivaiporã e presidente da entidade, Carlos Gil (PMDB), criticou duramente o atual prefeito de Apucarana Beto Preto (PT), médico nuclear que já é tido como traidor do Vale do Ivaí pelos mais de 18 prefeitos da região. Segundo Gil, Beto teria virado as costas para o Vale do Ivaí, na questão do traçado da ferrovia Norte-Sul. “Temos informações desfavoráveis e vamos ver de que maneira vamos nos mobilizar, pois as informações que temos é que Apucarana largou o Vale do Ivaí de lado e a ferrovia vai dali para Campo Mourão, sendo que diversos dos Prefeitos que aqui estão, foram até Brasília, na luta para que a nossa região pudesse ser incluída. Esta semana, inclusive os Jornais publicaram uma informação, que este traçado, só irá beneficiar a cidade de Apucarana” lamentou Carlos Gil. Durante sua fala, Gil perguntou a assessoria da AMUVI se Beto Preto é convidado às reuniões, pois nunca participa e só aparece quando tem interesse. Disse que a secretária da Amuvi, Key está mais ligada nos assuntos do que o prefeito de Apucarana. Gil intimou Beto Preto para que o mesmo participe da próxima reunião da Amuvi e não abandone mais o Vale do Ivaí, pois sua atitude com os demais municípios foi muito desagradável. Enquanto falava, Carlos Gil foi interrompido por uma salva de palmas dos prefeitos (veja o vídeo). Já no final da tarde, o atual vice-prefeito de Apucarana Junior da Femac participou do Encontro com os demais prefeitos, pediu desculpa pelo atraso e informou que o prefeito estaria com outros compromissos na cidade. Beto Preto (PT) só teria tempo para viajar para Curitiba e Brasília, e para as reuniões ordinárias entre os prefeitos do Vale do Ivaí, ele falta constantemente, tanto é que já terá outra viagem para a capita federal dia 02/07 na próxima semana, segundo fontes ligadas ao enfadonho prefeito de Apucarana;

Conquistas no mandato até o momento:

-Conseguiu até o momento dar reparos as estradas rurais de Apucarana;

-Conseguiu recursos para asfaltar os bairros Colonial e Aviação em Maio de 2013 com o Deputado Federal Abelardo Lupion (DEM);

-Conseguiu se eleger como presidente do Cisvir (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ivaí) em 2013;

-Reativou a Mini-usina de asfalto de Apucarana parada na gestão de Valter Pegorer (PMDB);

-Terá novas obras de ampliação do sistema de coleta e tratamento de esgoto do município. O investimento do Governo do Estado, através da Sanepar, foi de R$ 9 milhões. As obras incluem a execução de 45,3 km de redes coletoras, três Estações Elevatórias de Esgoto e 2.191 novas ligações prediais. Também serão assinadas Ordens de Serviço no valor de R$ 20,38 milhões para a ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto Biguaçu, execução de 136 km de novas redes coletoras, construção de três Estações Elevatórias de Esgoto – Colonial, Juruba e Adriano Correia – e 7.242 novas ligações prediais;

-Conseguiu duas novas viaturas para reforçar a segurança pública, serão contemplados o Instituto Médico Legal (IML) e a 17ª Subdivisão da Delegacia da Polícia Civil;

-Informou em Julho de 2013 a reforma da cobertura do complexo esportivo Lagoão – no valor de R$644.581,43 – tem previsão de ser licitada na segunda quinzena de agosto, com projeção de que as obras iniciem já na segunda quinzena de outubro. Os recursos vêm do Ministério do Esporte, através de emenda do deputado federal André Vargas (PT), sendo R$575.250,00 pelo convênio e R$69.331,43 da prefeitura. Além disto firmou outro convênio na ordem de R$ 3 milhões de reais cuja proposta já está cadastrada no sistema de convênios do Governo Federal para remodelar o Lagoão; O projeto está sendo aguardado para 2013;

-O mercado municipal de Apucarana vai passar por uma ampla reforma e agregar diversas melhorias. O projeto já está sendo formulado em Agosto de 2013 pelo Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento (IDEPPLAN), após a conquista de recursos junto ao Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), assegurados em emenda apresentada pelo deputado federal Abelardo Lupion (DEM). “O parlamentar garantiu R$ 500 mil – a fundo perdido - para a reforma e melhorias no prédio do mercado municipal”, anuncia o prefeito Beto Preto (PT), lembrando que a contrapartida de investimento do Município será de apenas 2% do valor da emenda (cerca de R$ 10 mil);

-Marcada pelo anúncio do reconhecimento oficial dos cursos oferecidos pela instituição, foi realizada em (29/09/13), no Cine Teatro Fênix, a formatura de 54 acadêmicos dos cursos de Filosofia, Letras e Pedagogia, da Faculdade Apucarana Cidade Educação (Faced). Na cerimônia, o prefeito Beto Preto também informou que irá apresentar, nos próximos dias, ao Conselho Estadual de Educação, o pedido de renovação do credenciamento da Faced, mantendo as atividades da faculdade;

-O prefeito Beto Preto anunciou ontem a entrega do primeiro dos nove novos ônibus escolares que irão reforçar o transporte escolar em Apucarana. Ao custo de R$ 1,9 milhão, os veículos, todos zero quilômetro, estão sendo repassados ao município pelo governo federal. Adquiridos pelo Ministério da Educação em diferentes concessionárias em Setembro de 2013, através de licitação nacional, a nova frota vai continuar chegando a Apucarana, gradativamente. Dois ônibus, por exemplo, estão com a entrega prevista para dentro de um mês. Beto Preto adiantou que o município vai iniciar nos próximos dias os procedimentos para realização de concurso para contratação de motoristas para conduzir os novos ônibus;

-O velho piso de madeira, que estava cedendo e oferecia riscos aos estudantes, foi substituído na Escola Municipal Vereador José Ramos de Oliveira, no Distrito de Pirapó. No dia (09/08/13), o prefeito Beto Preto verificou o resultado da obra, feita em parceria pelo Município e a Associação de Pais, Mestres e Funcionários (APMF). O prefeito de Apucarana anunciou, na oportunidade, novos investimentos na escola. O pátio externo será revestido com concreto usinado, a área de estacionamento ganhará uma camada de emulsão asfáltica e o passeio, no muro lateral da escola, na Avenida André Hernandes, também será concretado;

-O prefeito de Apucarana, Beto Preto, repassou no dia (03/10/13) duas vans para a Secretaria Municipal de Assistência Social. O investimento é de R$ 204 mil, oriundos de recursos vinculados ao Ministério do Desenvolvimento Social. Os veículos – que são da linha Transit da Ford e têm capacidade para 16 passageiros – foram fornecidos pela Konrad Paraná Comércio de Caminhões Ltda, de Maringá, que venceu o pregão eletrônico nacional;

-O governador Beto Richa assinou no dia (07/10/13) a autorização para contratação de mais 210 bombeiros militares. Eles foram aprovados em concurso público e serão chamados já nos próximos dias para iniciarem a formação do Corpo de Bombeiros do Paraná. O anúncio foi feito durante a entrega de 38 UTIs Móveis para o Siate (Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência), coordenado pelo Corpo de Bombeiros. A corporação também recebeu um novo caminhão-pipa. Uma das UTIs foi liberada para o município de Apucarana;

-Depois de quase 90 dias de negociação, o prefeito Beto Preto e seu vice e diretor do Idepplan, Junior da Femac, conseguiram consolidar a vinda da ABS-Indústria de Aeronaves para Apucarana. O ato oficial que irá selar o acordo para a instalação da empresa na cidade acontece neste domingo, a partir das 10 horas, no Aeroporto Municipal Capitão João Bussi. “A ABS, que estava instalada no Aeródromo Clube do Céu, junto ao Autódromo de Jacarepagua, no Rio de Janeiro, é hoje a segunda maior indústria de aeronaves de pequeno porte no mercado brasileiro e vem para Apucarana com a garantia de obter uma área maior e viabilizar a ampliação de sua linha de produção”, anuncia o prefeito Beto Preto. Conforme avalia ele, a empresa deve gerar de início cerca de 60 empregos diretos, mas com o desenvolvimento de dois novos projetos de aeronaves de asa baixa e de quatro lugares, esse número deve crescer de maneira significativa. Junto com a indústria de aeronaves virão uma escola de aviação (pilotagem) e uma oficina de manutenção. Três dos aviões de fabricação da ABS já estão taxiados num hangar do aeroporto de Apucarana. Os aviões monomotores, do tipo esportivo, com dois lugares e autonomia de vôo de 5 horas ou 1.000 quilômetros estarão em exposição neste domingo. O diretor comercial da ABS Indústria de Aeronaves, Milton Hossaka, informa que os aviões da empresa, tem custo estimado de R$ 250 mil a R$ 350 mil e são utilizados por executivos, fazendeiros e profissionais liberais. “As aeronaves também são largamente utilizadas de forma esportiva em vôos panorâmicos”, revela. Hassaka relata que no Rio de Janeiro já não havia mais espaço para ampliar a linha de produção e, somado a isso, a construção de um complexo esportivo, que será utilizado nas Olimpíadas do Rio, acabou desapropriando áreas da ABS. “As nossas aeronaves ficaram ainda mais conhecidas nos últimos meses, com exibições de variadas cenas da novela Flor do Caribe mostrando o nosso avião anfíbio, do tipo triciclo”, conta o diretor da ABS. A partir da segunda quinzena de novembro a ABS começa a produzir em Apucarana, ocupando de início dois hangares para montagem, manutenção, pintura, acabamento final e testes de vôo. Até o início de 2014 a empresa deve dispor de mais três estruturas Prémoldadas para instalar setores de formas, tornos, acabamento de solda e desenvolvimento de novos projetos;

-O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma e Emergência (Siate) do 4º Subgrupamento de Bombeiros Independente (SGBI) de Apucarana recebeu hoje (24), em solenidade realizada no quartel da Vila São Carlos, uma ambulância nova (UTI móvel) repassada pelo governo do Estado do Paraná. A viatura da marca Mercedes Benz é destinada a atendimento de pessoas feridas ou com problemas clínicos e custou cerca de R$ 130 mil ao governo do Estado. O veículo junta-se a outros dois dos Bombeiros e três do Samu que prestam esse tipo de atendimento em Apucarana. A entrega simbólica das chaves ocorreu nesta quinta-feira, no quartel localizado na Vila São Carlos e contou com a presença do vice-prefeito de Apucarana, Sebastião Ferreira Martins Júnior, e do deputado estadual Pedro Lupion;

-Foi assinada na tarde desta terça-feira (05/11/13) pelo Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a portaria que destina recursos para os hospitais do Bloco da Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar, do Norte do Paraná. O dinheiro é basicamente dividido em duas etapas. Uma para custeio mensal, e outra um aporte único para investimentos. “É um anúncio fundamental para o Norte do Paraná, para toda a regional de saúde que vai de Ivaiporã até Jacarezinho, passando por Apucarana, Cornélio e também Londrina. São investimentos de R$ 21 milhões na adequação dos Prontos Socorros de sete hospitais”, explica André Vargas, deputado federal e primeiro-vice-presidente da Câmara, um dos articuladores junto ao ministério. Os hospitais atendidos foram sugeridos pela Comissão Intergestores Bipartite, que aprovou o Plano de Ação da Rede de Atenção às Urgências e Emergências da Macrorregião Norte;

-Do Vale do Ivaí, alguns prefeitos participaram do evento, entre eles, Beto Preto de Apucarana e Ademar do Laticínio, de Rosário do Ivaí. O Prefeito Ademar, também recebeu uma máquina. Eles foram a londrina que sediou neste sábado, 09/11 pela manhã, a entrega de 40 motoniveladoras oriundas do governo federal destinadas a municípios do Norte Pioneiro, Vale do Ribeira, Vale do Ivaí e Vale do Iguaçu. Esta é sétima etapa da entregas das máquinas no Estado e todos os 367 municípios com até 50 mil habitantes já têm sua retroescavadeira e estão recebendo as motoniveladoras e os caminhões com caçamba;

-A Mollificio Lombardo, empresa italiana de alta tecnologia especializada na produção de molas, anunciou a instalação de uma unidade em Apucarana. O empreendimento será consolidado em duas etapas. A primeira começa em janeiro e terá duração de quatro meses, prevendo análise de mercado e a instalação de um escritório de vendas. Já a segunda etapa consiste na implantação de uma planta industrial, com transferência de equipamentos e de tecnologia da Itália para Apucarana. O anúncio dos investimentos foi feito nesta quarta-feira (13/11/13) pelo proprietário da empresa, Emilio Longoni, que se reuniu no gabinete municipal com o vice-prefeito, Sebastião Ferreira Martins (Junior da Femac), e com o secretário municipal de Indústria e Comércio, Laércio Costa. Longoni esteve acompanhado por Arnaldo Fontana, responsável pelo controle de qualidade e pela capacitação de profissionais da Mollificio Lombardo, e pelo consultor Mauro Martini, que mantém um escritório na Suíça;

-Ao lado do prefeito Beto Preto (PT), a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann (PT), juntamente com o vice-presidente da Câmara, deputado federal André Vargas (PT), participam neste sábado (07/12/13) de diversas atividades em Apucarana, entre elas a entrega das 486 moradias do Residencial Sumatra I, do Programa Minha Casa Minha Vida;

-Ministério do Esporte investe R$ 46,8 milhões em 17 Centros de Iniciação ao Esporte no Paraná, entre eles Apucarana, Londrina e Maringá. O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, anunciou na tarde desta terça-feira, 10/12/13, os municípios selecionados para a construção dos Centros de Iniciação Esportiva (CIE). Em todo o Paraná, 14 municípios foram selecionados para esta etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2);

==============================================================================================

2014

==============================================================================================

-Apucarana está executando atualmente, trinta obras públicas nas áreas de saúde, assistência social, educação, habitação, cultura, esporte, lazer e de infra-estrutura urbana. Os custos remontam a mais de R$ 13 milhões, com recursos oriundos do Governo Federal, Governo do Estado e contrapartida da prefeitura, por meio de terrenos e recursos do caixa próprio. Deste pacote de obras, vinte delas estão em andamento em várias fases, e outras dez licitadas ou conveniadas e devem ser iniciadas em breve, dependendo apenas de formalidades legais. “Este volume de obras em execução demonstra o resultado prático do trabalho que vem sendo desenvolvido neste governo municipal, buscando atender a população em todas as áreas”, avalia o prefeito Beto Preto;

-O Programa Mais Educação é uma estratégia do Governo Federal para indução da construção de uma agenda e organização curricular da educação integral nas escolas públicas que existe desde 2008, mas está chegando à rede municipal de Apucarana somente neste ano graças ao empenho da atual administração, por intermédio da Autarquia Municipal de Educação (AME). As gestões anteriores não tiveram interesse em habilitar a cidade para receber o programa, que auxilia as escolas não só no aspecto pedagógico, através de oficinas junto aos alunos, mas também na aquisição de equipamentos, materiais didáticos e de consumo. A informação foi revelada nesta terça-feira (06/05) pelo prefeito Beto Preto (PT) ao anunciar que a partir de agora todas as 35 escolas municipais de Apucarana, com turmas de 1º ao 5º ano do ensino fundamental, vão contar com o desenvolvimento do Programa Mais Educação. “Os esforços de gestão, concentrados desde o início do mandato, culminaram em mais esta grande conquista para a Educação. É assim, com muito trabalho e sem demagogias, que vamos de fato construir um sistema educacional de qualidade e transformador de vidas”, disse Beto;

-Em audiência mantida ontem em Brasília, no Ministério das Cidades, com a secretária nacional de habitação, Inês Magalhães, o prefeito Beto Preto (PT) e seu vice, Junior da Femac (PDT), asseguraram a conquista de mais 1.020 unidades do Programa Minha Casa Minha Vida para Apucarana. “Os contratos com duas construtoras devem ser assinados nos próximos dias, com a Caixa Econômica Federal”, anunciou Beto Preto. No encontro, Inês Magalhães anunciou autorização para a construção imediata da primeira etapa do Residencial Fariz Gebrin (Juruba), com 520 unidades do faixa um, destinadas a famílias com renda de até R$ 1.600. E mais 200 casas para faixa dois (renda de até 5 salários mínimos), com início em janeiro de 2015. Os empreendimentos serão executados pela Construtora Cantareira, de Maringá. Ao mesmo tempo, foi liberada a primeira etapa do Residencial Solo Sagrado, na região do Clube de Campo Água Azul, com 500 unidades, de um total de 1.300 que estão planejadas. As obras serão de responsabilidade da Construtora Prestes, de Ponta Grossa. “Os dois novos residenciais que o governo federal autoriza agora para Apucarana representam um investimento de aproximadamente R$ 65 milhões, incluindo recursos para a construção de equipamentos comunitários”, anunciou o prefeito, comemorando a conquista que irá contemplar centenas de famílias que sonham com a casa própria. Na audiência com as autoridades apucaranenses, técnicos do Ministério das Cidades elogiaram o desenvolvimento das obras dos residenciais Sumatra 2 (515 casas) e Jaçanã (300 casas), pelo cumprimento do cronograma. “A secretária nacional de habitação até manifestou seu desejo de participar da entrega do Sumatra 2 e Jaçanã”, revelou Junior da Femac. Com relação ao perfil das casas dos novos residenciais, o prefeito Beto Preto fez questão de informar que serão construídas em lotes de 180 metros quadrados . “Exigimos construções individuais – abolindo o sistema geminado -, com laje e uma boa infra-estrutura urbana, incluindo calçadas, asfalto de primeira linha em CBUQ e drenagem pluvial”, explicou. Na mesma audiência Beto e Junior apresentaram reivindicação à Secretaria Nacional de Habitação, chancelada pela União por Moradia Popular do Paraná (UMPP), no sentido de que o Residencial Arquiteto Celso Marchi, seja viabilizado na modalidade Minha Casa Minha Vida Entidades. O residencial, que terá 350 casas, está previsto para a região próxima do Parque Industrial Norte. Após a audiência no Ministério das Cidades, o prefeito Beto Preto fez questão de agradecer o vice-prefeito Junior da Femac. “Os projetos foram concebidos no âmbito do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento (Idepplan) e na Secretaria de Obras, sob a direção do Junior”, destacou o prefeito. Ele manifestou sua alegria pelas novas conquistas de Apucarana junto ao Governo Federal, com a ajuda do deputado estadual Ênio Verri (PT) e do deputado federal Edmar Arruda (PSC). “Sobretudo precisamos reconhecer e agradecer o empenho da senadora Gleisi Hoffmann e de toda a sua equipe de assessores”, frisou Beto Preto. Ainda com relação ao residencial Fariz Gebrin, o prefeito lembrou que na aquisição desta grande área de terras, foi possível um acordo com a Construtora Cantareira, garantindo espaço para implantação do Parque Industrial Sul (Juruba);

-


-


-


-O secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano do Paraná (Sedu), João Carlos Ortega, esteve nesta sexta-feira (01/08/14) em Apucarana, quando autorizou a liberação de R$ 2,3 milhões para Apucarana. Os recursos, financiados pelo Paraná Urbano, serão utilizados na aquisição de 3 caminhões caçambas, 2 pás-carregadeiras, uma retroescavadeira, uma motoniveladora e uma miniescavadeira (Bob Cat). O anúncio foi feito durante reunião de trabalho coletiva, que contou com a presença dos prefeitos de Apucarana, Beto Preto, de Rio Bom, Moisés Andrade, de Califórnia, Ana Lúcia Mazeto, de Cambira, Maurílio dos Santos e de Novo Itacolomi, Roberto Munhoz (Polaco da Pá);

Polêmicas no mandato:

-Mandou prender e afastar duas servidoras municipais que cuidavam da merenda escolar de Apucarana no início de seu mandato com suspeita de desvios de merenda escolar na atual gestão, fato este que ainda esta sendo investigado na Justiça;

-Sua assessoria Jurídica não conseguiu comprovar fraudes no processo apresentado no MP de Apucarana, contra a gestão de Valter Pegorer (PMDB) que lançou o Diário Oficial do Município em 2008, e pelas sobras do Jornal Oficial do município foram encontradas na Asserfa de Apucarana vários fardos de jornais que foram usados para forrar caixões e o fato ficou conhecido Nacionalmente como "Diários do Além". A denuncia foi arquivada no Ministério Público de Apucarana e viu seu desafeto ser inocentado no MP de Apucarana em Maio de 2013;

-Não está conseguindo cumprir o acordo assinado com o Sindspa de Apucarana na Campanha de 2012, onde um termo assinado entre candidato e a presidência do Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana e CUT, Elisabete Costa visava dar aumentos salariais e melhorar as condições do funcionalismo público de Apucarana, fato que gerou protestos na Câmara de Apucarana em Junho de 2013;

-Registrou boletins de ocorrência na 17ºSDP de Apucarana, após a Prefeitura receber um disparo de arma de fogo numa das janelas do Departamento Jurídico do prédio da Prefeitura; Outro fato que chamou a atenção foi a invasão do gabinete do Prefeito que foi registrada num sábado à noite e que gavetas foram abertas, não ficou constatado ainda se foi arrombamento ou se algum espião quis levar documentos do gabinete oficial da Prefeitura, fato ainda está sendo apurado pela Polícia;

-Decretou moratória de quase cem dias de Governo em Apucarana no início de Janeiro de 2013;

-Teve um de seus servidores detido pela Polícia a pedido do Ministério Público do Meio Ambiente, após denuncia que foi apurada pelo Promotor Vilmar Fonseca de adulteração em Nascente na área central de Apucarana; O servidor não foi demitido e liberado após pagar fiança;

-Beto Preto já gastou com o Jornal Diário Oficial do município mais de R$ 210 mil reais nos primeiros seis meses de administração em 2013, conforme o Portal de Transparência da Prefeitura de Apucarana;

-Acabou registrando na Delegacia de Apucarana um Boletim de Ocorrência contra o ex-vereador Carmelo Ribeiro (PR) que o desacatou no final de Junho/2013 em um Posto de Saúde do Jardim Ponta Grossa, e mandou prender o ex-vereador;

-Vai fazer a contratação em sistema de PSS para 300 professores na rede pública municipal. O correto seria abertura de concurso conforme o prometido, o problema desta abertura de contratação PSS é igual a que o ex-prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB), tentou realizar em seu mandato 2009/2012 e que foi derrubada pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana. Sindspa prometeu entrar com ação na justiça contra as contratações sem o devido concurso assinado por Beto Preto na Plataforma da CUT na eleição de 2012;

-Participou de uma reunião Conselho Municipal de Saúde em Julho de 2013 e acusou a oposição de tumultuar a Saúde de Apucarana que não vai bem em seu primeiro ano de mandato. Na reunião ele disse que Apucarana levou mais uma multa de R$ 2 milhões de recolhimentos de INSS na gestão passada, segundo Beto Preto;

-Sua administração apoiou e ajudou na realização de um rodeio no final de Julho de 2013, segundo nota da assessoria de Imprensa no site da Prefeitura Apucarana promove de 26 a 28 de julho o 1º Rodeio Profissional. O evento será realizado nas dependências da Sociedade Rural e terá ainda shows musicais, praça de alimentação, queima de fogos, prova de laço e voo panorâmico de helicóptero. O rodeio é uma promoção da Caravana da Alegria e conta com o apoio da Prefeitura de Apucarana. O organizador do rodeio foi o mesmo que fez a campanha de Beto Preto em 2012; Nos últimos anos ou nas últimas administrações, nunca a Prefeitura de Apucarana ajudou em um evento como este; Até o momento no site do Diário Oficial da Prefeitura de Apucarana não foi divulgado o gasto da Prefeitura com a realização deste evento particular;

-No final de Julho de 2013 na última reunião da AMUVI em Califórnia, o Prefeito Beto Preto discordou do pronunciamento do ex-Governador do PR, Orlando Pessuti (PMDB) sobre a instalação da Unifrango em Apucarana. Segundo Pessuti a empresa estaria em pleno funcionamento e tudo isto graças ao ex-prefeito Valter Pegorer (PMDB) que em seu último mandato se empenho para a instalação da empresa em Apucarana. Beto Preto questionou a falta de geração de empregos da empresa em Apucarana e comentou a CPI que foi instalada pela Câmara de Apucarana, e outro detalhe que ficou nos questionamentos foi o desvio que a empresa ALL fará na região de Apucarana no projeto da Ferrovia Norte Sul até a cidade de Guarapuava;

-A Secretaria de Fazenda da Prefeitura de Apucarana esclareceu em (31/07/13) o motivo pelo qual os servidores municipais enquadrados no benefício, não receberam o abono salarial do Pasep neste mês de julho. “A prefeitura é apenas intermediária em todo este processo de pagamento. A lista com o nome dos funcionários, valores e o aporte financeiro é enviado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e pago via agência do Banco do Brasil. Realmente havia previsão de que o abono fosse pago via folha salarial neste mês de julho. Da parte da prefeitura estava tudo pronto, inclusive com o arquivo de remessa gerado, mas o crédito não entrou e, mediante comunicado com esclarecimentos oficializado pelo Banco do Brasil, precisamos cancelar a operação”, explica Marcello Augusto Machado, secretário Municipal da Fazenda;

-A Autarquia de Serviços Funerários proibiu as empresas de prepararem corpos para velório, venderem caixões, embalsamar cadáveres e até mesmo realizar o transporte para funeral. O diretor da Autarquia Francisley Preto de Godoy (Poim) disse que a medida seria uma determinação do Executivo Municipal, que está fazendo se cumprir uma lei da década de 80;

-O Ministério Público de Apucarana arquivou denúncia contra duas servidoras municipais que em fevereiro deste ano foram acusadas de desvio de merenda escolar. O arquivamento ocorreu em Agosto de 2013 e para o MP o fato é passivo de no máximo um procedimento administrativo, e não criminal;

-Há cerca de 5 meses, a Autarquia de Serviços Funerários de Apucarana (Aserfa) vem realizando de forma exclusiva o atendimento funeral na cidade, mantendo o padrão de qualidade que os planos privados ofereciam até aquela data. A medida foi adotada pela atual administração municipal em cumprimento a lei municipal 01/89, de 1989, a qual determina que a Aserfa seja o único órgão legal para atuar nesta área, atendendo ao objetivo de socializar o serviço funerário no município;

-Foi questionado sua administração de tirar as logos das administrações anteriores da Cidade Educação, sendo pintados com as cores do brasão da cidade, fato gerou polêmica por parte de eleitores da oposição ao seu mandato em Agosto de 2013;

-A Procuradoria Jurídica do Município de Apucarana abriu em (23/08) uma sindicância para apurar suspeitas de irregularidades de conduta na Guarda Municipal (GM). “Fomos informados de que integrantes da GM estariam percorrendo o comércio da cidade, em horário de expediente, solicitando a doação de recursos para custear um evento denominado Marcha Azul-marinho Paranaense”, informou o procurador jurídico do município, Paulo Sérgio Vital. Segundo o advogado, além de percorrer a cidade angariando recursos, trajados com a farda da corporação, as mesmas pessoas estão utilizando indevidamente um endereço no Facebook. Nas postagens constam o nome da Guarda Municipal de Apucarana e símbolos oficiais do Município, como o brasão.

-Conforme acordado com a Secretaria de Fazenda da Prefeitura de Apucarana, a agência local do Banco do Brasil (BB) repassou neste mês de agosto o pagamento do abono salarial do Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) aos servidores municipais. Contudo, foram beneficiados apenas os funcionários da Autarquia Municipal de Saúde (AMS). Para os demais servidores que têm direito ao benefício e que estão lotados na Prefeitura e na Autarquia Municipal de Educação (AME), a agência enviou um ofício à Secretaria de Gestão Pública informando que os valores monetários não serão repassados para serem pagos mais via folha salarial de agosto, e que agora deverão ser sacados diretamente na agência bancária;

-O prefeito Beto Preto se manifestou preocupado no final de Agosto de 2013 com a grande repercussão que gerou a notícia da presença de uma cobra na Secretaria Municipal do Meio Ambiente, na Rua Lapa, próximo à prefeitura. O réptil foi interceptado pelos Correios, em Londrina, quando estava sendo remetido de Guarulhos-SP para Itaguagé, na região de Porecatu (Vale do Paranapanema).O Município, por meio da Secretaria do Meio ambiente, atendeu uma solicitação do escritório regional de Londrina do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama). O secretário Itamar Gomes de Oliveira explicou que o Município recebeu o réptil como fiel depositário, até que se decida qual a destinação será dada pelo órgão;

-O prefeito Beto Preto assinou o decreto de exoneração do ex-diretor de gabinete Jacks Aparecido Dias em 02/09/2013;

-O prefeito Beto Preto visitou no início de Setembro as instalações do centro municipal de educação infantil Jandira Scarpelini, no Jardim Ponta Grossa e, novamente, ficou indignado com as irregularidades constatadas na obra. Ele lembrou que a empreiteira Londriterras Construções Ltda já havia sido notificada extra-judicialmente, para que providenciasse diversos reparos no prédio. “Constatamos que o piso do tipo paviflex de várias salas foi substituído, mas continua se soltando. Também observamos banheiros sem portas, trincas em paredes, pias com fixação improvisada e muitas inconformidades no acabamento”, relatou Beto Preto.

-A Procuradoria Jurídica do Município de Apucarana protocolou em Setembro de 2013, no fórum da Comarca, ação civil de responsabilização por ato de improbidade administrativa, contra o ex-prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB) e o comerciante Claudenor França. Na ação, o Procurador Geral Paulo Sérgio Vital e demais advogados do Município sustentam que, a 23 dias do final de seu mandato – no dia 7 de dezembro de 2012 -, o ex-prefeito firmou um termo de autorização de uso de uma área pública de 2.500 metros, na Gleba Pirapó, em favor da empresa Tanaby Comércio Varejista de Cereais Ltda. Neste ato, conforme aponta o procurador, o ex-gestor público incorreu e várias irregularidades. “A cessão de uso da área foi concedida, mesmo com parecer contrário da Procuradoria Jurídica e sem a autorização do Legislativo”, avalia Paulo Sérgio Vital;

-Conforme a administração do Prefeito e médico Beto Preto (PT) vai passando, novos comissionados vão surgindo. Exemplo era a cogitação no início deste ano que o ex-vereador e derrotado nas urnas em 2012 rumo a reeleição Marquinhos do Bicho (PTC), aliado de primeira hora ao ex-prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB), foi visto neste final de semana (13/09/13) trabalhando na Prefeitura de Apucarana. O cargo comissionado está em quase todas as aparições do Prefeito Beto Preto, e neste final de semana conforme traz o site da própria Prefeitura de Apucarana, Marquinhos do Bicho aparece numa foto tirada no Departamento de Tributação da Prefeitura de Apucarana ligada a Secretaria de Fazenda;

-Prefeitura de Apucarana suspendeu a audiência para definição da licitação que prevê a compra dos uniformes escolares para a rede municipal de ensino que seria realizada em Setembro de 2013. A suspensão se deu após um questionamento do Observatório Social (OSA) que encontrou irregularidades no símbolo que seria impresso nos uniformes. Segundo os observadores, a lei prevê que o símbolo a ser usado deva ser o brasão do município ou a marca “Apucarana Cidade Educação”, slogan usado pelas administrações anteriores. O município divulgou um parecer jurídico de sua assessoria, que decidiu suspender o pregão até que se resolva o problema;

-Um homem foi detido pela Polícia Militar do 10ºBPM de Apucarana na manhã desta segunda-feira (07). Luis Fernando foi contido no Posto de Saúde do Dom Romeu Alberti, ele que foi encaminhado para a Delegacia de Apucarana reclamou do atendimento no Posto de Saúde ao seu filho, de 03 anos. A criança de 03 anos, não foi atendida segundo o Pai corretamente e estava com dores de garganta. O menino passou por uma avaliação no sábado (05) por um médico que nem olhou corretamente a criança, segundo o Pai em entrevista na Imprensa. Já nesta segunda-feira (07) um dentista acabou atendendo a criança que recebeu um medicamento, e não teria resolvido o problema. Com esta atitude o Pai revoltado veio a quebrar vidros da porta do Posto de Saúde, os balcões, algumas cadeiras e ainda quase agrediu as funcionárias do estabelecimento. O fato chama a atenção devido aos problemas que alguns Postos de Saúde de Apucarana estão passando. O Pai revoltado Luis Fernando foi liberado por danos ao patrimônio público na Delegacia de Apucarana;

-A rivalidade política em Apucarana só está começando neste ano de 2013 até 2016. O atual prefeito da cidade Beto Preto (PT), enviou para a Câmara Municipal aprovar na sessão desta terça-feira (08) a Lei que proíbe o uso do famoso slogan da era Pegorer, o “Apucarana Cidade Educação”. A Lei de autoria do prefeito Beto Preto é a de número 133/2013 que revoga a Lei 103/07, de 26/06/2007, que oficializa o termo "Apucarana Cidade Educação" e sua respectiva marca, conforme específica. Com apenas um voto contrário os edis aprovaram em primeira votação a lei do executivo e a partir de hoje (09), o slogan que deixou a cidade conhecida até o ano passado como a Cidade Educação, passará a ser proibido na cidade alta. Oposição ao Prefeito Beto Preto (PT) a Vereadora Telma Reis (PMDB), falou em plenário que lamentava a atitude da atual administração, pois o ato teria mais cunho político e perseguição aos ex-prefeitos da cidade do que a ideia de proibir o slogan que foi usado pelas gestões anteriores. Telma falou que a Prefeitura na atual gestão poderia até usar o mesmo slogan e aperfeiçoar o nome “Apucarana Cidade Educação”, pois quem perde é a cidade com isso. Ela citou ainda matérias de Jornais de circulação nacional destacando ‘Apucarana como a Cidade Educação do Tempo Integral’, que fora implantado por Pegorer cerca de onze anos atrás na cidade. “Se a cidade de Arapongas é chamada de cidade dos Pássaros, e Maringá é chamada de cidade Canção, por que Apucarana não pode ser chamada de Cidade Educação?”, questionou a parlamentar de oposição. O fato deve gerar muita polêmica na cidade, pois não se sabe qual slogan ou marca que a cidade vai usar nesta gestão, e se poderá usar algo semelhante ao que as anteriores administrações vinham usando. A vereadora de situação e líder do Prefeito na Câmara de Apucarana Aurita Bertoli do (PT), comentou que o slogan usado na gestão de Pegorer e João Carlos era uma mentira. “Se gastou milhares de reais em propaganda enganosa com esse slogan, e lembro que fiz uma matéria em minha coluna no Jornal Radar com um Pai de um aluno do Tempo Integral, que disse que ali era um verdadeiro depósito de alunos que não aprendiam nada”, rebateu a Vereadora do PT. Você concorda com o que o Prefeito Beto Preto fez ao mandar para a Câmara a Lei 133/2013, proibindo o uso do slogan “Apucarana Cidade Educação”? Deixe seu comentário abaixo e vote em nossa nova enquete que terá o resultado na semana que vem;

-Foi votado em primeira discussão na sessão da Câmara de Apucarana no dia (08/10/13), o projeto de Lei 133/2013 do executivo, que revoga a Lei municipal 103/07 de 26/06/2007 onde oficializa o termo “Apucarana Cidade Educação”. A vereadora Telma Reis (PMDB) foi o único edil a votar contra. Na visão do contador, empresário e ex-prefeito João Carlos (PMDB), o executivo não deve perder tempo em se preocupar com símbolos ou marcas. “O objetivo tem de ser a qualidade da educação de Apucarana, buscando sempre o aprimoramento de novas técnicas, investir na capacitação dos profissionais envolvidos e traçar metas a médio e longo prazo”, analisa. Ainda segundo João, o mérito do alto nível da educação municipal de hoje e os prêmios conquistados, não deve ser creditado pelo trabalho de uma única pessoa ou um político. “Todos os pontos positivos alcançados pela Educação Integral deve-se ao trabalho de várias mãos, de uma geração de educadores que se empenharam em transformar a atual educação pública de Apucarana em educação de qualidade e referência para todo o país”, avalia;

-O presidente da Câmara Municipal de Apucarana, José Airton de Araújo, o Deco, promulgou nesta sexta-feira (11/10/13) a lei aprovada pelo legislativo que proíbe o consumo de bebidas alcoólicas nos postos de combustíveis do município. O projeto havia sido aprovado em plenário no mês de março, em seguida foi encaminhado ao Executivo que não vetou e nem sancionou o projeto, devolvendo a competência ao Legislativo. Deco se reuniu com demais membros da mesa executiva e decidiu pela promulgação, destacando que desde o princípio esteve a favor desta lei. Por sua vez a vereadora Aurita Bertoli disse que o projeto de lei foi apresentado atendendo ao pedido do Conselho Municipal de Segurança, das igrejas católicas e evangélicas, Lions Club e outras entidades;

-A presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana e região, e petista desde 1992 no partido de Lula, colocou seu nome a disposição do partido local para disputar a presidência do PT local no próximo mês. Acontece que Bete informou que o seu adversário Luis Carlos Caramori, o qual seria candidato ligado ao grupo do atual Prefeito Beto Preto (PT), estaria irregular sua situação para disputar a eleição da presidência do partido vermelho. Bete disse que Caramori e sua chapa estariam com atraso de pagamentos da mensalidade partidária, filiados para votarem irregulares, e funcionários com cargo em comissão que não podem votar. A petista disse que vai entrar com ação judicial para anular a chapa adversária e cancelar a eleição do partido. “Vamos impugnar a chapa ligada ao Prefeito Beto Preto, e vou até o fim para cumprir o estatuto interno do PT”;

-Na última semana o AN Notícias colocou a enquete sobre a Lei 133/2013 criada pelo atual Prefeito de Apucarana médico Beto Preto (PT), que revogava a Lei 103/2007 de 26/06/2007 de autoria do ex-prefeito Valter Pegorer (PMDB) a qual criava o título “Apucarana Cidade Educação”, a qual foi aprovada por unanimidade na Câmara Municipal. O AN Notícias quis saber qual a opinião dos milhares de leitores do portal mais visitado de Apucarana, se eles concordavam ou não com a atitude do atual Prefeito Beto Preto (PT) em extinguir o slogan que foi adotado pelas últimas administrações do PMDB de Apucarana. A maioria foi contrária (clique na imagem abaixo), sendo que o ex-prefeito de Apucarana comentou e lamentou o feito pelo atual prefeito Beto Preto;

-A presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana e região, e petista desde 1992 no partido de Lula, colocou seu nome a disposição do partido local para disputar a presidência do PT local no próximo mês. Acontece que Bete informou que o seu adversário Luis Carlos Caramori, o qual seria candidato ligado ao grupo do atual Prefeito Beto Preto (PT), estaria irregular sua situação para disputar a eleição da presidência do partido vermelho. Bete disse que Caramori e sua chapa estariam com atraso de pagamentos da mensalidade partidária, filiados para votarem irregulares, e funcionários com cargo em comissão que não podem votar. A petista disse que vai entrar com ação judicial para anular a chapa adversária e cancelar a eleição do partido. “Vamos impugnar a chapa ligada ao Prefeito Beto Preto, e vou até o fim para cumprir o estatuto interno do PT”;

-A Sindicalista Marli de Castro presidente do Sindicato da Saúde de Apucarana e membro do Conselho Municipal da Saúde debateu nesta quarta-feira (16), o atendimento dos profissionais de Saúde em Apucarana. Marli de Castro lamentou a morte da criança Roberto de Almeida Filho, 11 anos, por uma negligência médica na UPA de Apucarana no último sábado (12). Marli disse que o Sindicato que atua no setor privado está atento as denuncias feitas contra o Hospital da Providência, e que para ela “falta investimentos em material humano, e em estrutura hospitalar”. “Temos apenas um Hospital na cidade, cerca de quinze anos atrás tínhamos mais de dez Hospitais e precisamos ter mais um ou dois Hospitais na cidade. A demanda é grande para uma cidade de 130 mil habitantes, e precisa ter um investimento em mais profissionais contratados para solucionar os problemas que estão ocorrendo no Brasil, no Paraná e em Apucarana”, disse a sindicalista ao AN Notícias; ouça a matéria realizada com a mesma;

-Parece que o primeiro desgaste entre a atual situação política em Apucarana aconteceu. O grupo de Beto Preto (PT) rachou nesta semana, depois que os projetos de aumento de Vereadores e reeleição na Câmara foram retirados de pauta pelo presidente do poder legislativo de Apucarana, Vereador José Airton de Araújo o (Deco do Hot Dog do PR). Nesta quarta-feira (23/10/13) o presidente de Câmara deu declarações polêmicas e diretas ao Prefeito Beto Preto na Rádio Nova AM. Isso deixou o grupo de Beto Preto irritado com as declarações e a líder do Prefeito Beto Preto (PT), vereadora Aurita Bertoli (PT) comentou o motivo que a Câmara retirou o projeto de pauta nesta última terça-feira (22/10/13). A reeleição seria o maior motivo para que o presidente da Câmara fizesse a retirada da pauta, pois iria perder o projeto de sua autoria que previa a reeleição para presidente. Deco está revoltado com o grupo do Prefeito que não vai votar favorável a reeleição, e por isso retirou de pauta o projeto que já foi aprovado em primeira votação de aumentar de 11 para 19 cadeiras em Apucarana na última terça-feira. Segundo os Vereadores o projeto deve voltar a pauta na próxima sessão ou em ordinária ou extraordinária, não teria nada haver a ida do Observatório Social na Câmara na última sessão, que pressionou os Vereadores sobre o aumento de cadeiras na Câmara. O Prefeito Beto Preto (PT) deve ter uma reunião com sua base nesta quinta-feira (24), pois chegou de Brasília ontem à noite e quer saber como andam as coisas na Câmara, apesar de já saber o que fazer Beto Preto teria sua posição formada com relação à reeleição na Câmara e o aumento de Vereadores;

-O presidente da Câmara de Apucarana vereador José Airton de Araújo o “Deco do Hot Dog” (PR), falou com exclusividade ao AN Notícias que não rachou ainda com o Prefeito Beto Preto do (PT). As rusgas começaram quando Beto Preto não sancionou o projeto de autoria da sua líder na Câmara Vereadora Aurita Bertoli (PT), sobre a proibição de bebidas alcoólicas nos postos, e sobrou o “bambu” para o presidente da Câmara sancionar a Lei a pedido do Ministério Público. Se não acatasse o pedido do MP, o presidente da Câmara poderia responder por ato de Improbidade, sendo que os Vereadores estão sendo cobrados pelos donos de Postos por este projeto ter sido aprovado. Durante esta semana o prefeito Beto Preto (PT) foi para Brasília e não acompanhou a sessão ordinária da última terça-feira (22), quando os Vereadores iriam votar o aumento de Vereadores de 11 para 19 cadeiras em 2016, e o projeto de autoria da presidência que queria a aprovação da reeleição. Deco ficou sem apoio na maioria para aprovar o seu projeto da reeleição e por isso tirou o projeto do aumento de Vereadores de pauta, pois não teve apoio da maioria aliada do Prefeito Beto Preto do (PT), o que originou um princípio de racha entre os dois poderes. Deco foi nesta quarta-feira (23) na Rádio Nova AM e fez declarações polêmicas, mostrando o descontentamento com o Prefeito Beto Preto (PT). Em resposta a Vereadora Aurita Bertoli (PT) falou nesta quinta-feira (24) do quiproquó entre os Vereadores e o Prefeito. Pela manhã no 10º BPM de Apucarana o edil falou com o AN que espera o Prefeito retornar de Brasília para acertar os detalhes desta votação. Deco desmentiu o fato do racha com o Prefeito Beto Preto (PT), mas disse que vai procurá-lo para um diálogo;

-O Prefeito de Apucarana Beto Preto (PT) disse na Imprensa de Apucarana que é a favor do aumento de Vereadores na Câmara Municipal de Apucarana. O alcaide deixou claro que 11 Vereadores na cidade é prejudicial para o poder legislativo e acredita que o projeto que altera a Lei orgânica do município vai ser aprovada nesta terça-feira (29) sem problemas. Beto Preto não quis comentar sobre a questão da reeleição para presidente do poder legislativo e deixou em aberto para a Câmara Municipal de Apucarana, decidir na votação que também terá decisão nesta terça-feira entre os Vereadores. A base do Prefeito que é a maioria está dividida neste projeto, haja vista que, quatro votos derrubam o sonho do atual presidente de poder disputar novamente a reeleição do legislativo. O presidente da Câmara de Apucarana José Airton de Araújo o Deco do Cachorro Quente do (PR), tirou de votação em cima da hora, o projeto na sessão passada, pois tinha certeza que teria problemas para ser votado, e aguardava um aval do Prefeito Beto Preto em interferir na votação. Quatro Vereadores já garantiram que o projeto deve cair nesta terça-feira (29/10/13). O ex-presidente Mauro Bertoli (PTB), o atual vice-presidente da Câmara Luiz Magalhães (PT), a líder do Prefeito Beto Preto na Câmara Aurita Bertoli (PT), e o ex-secretário de esportes de Apucarana Luciano Molina (PMDB), garantiram que vão votar contrário ao projeto;

-A petista e presidente do Sindicato da Saúde de Apucarana Marli de Castro, falou na Imprensa de Apucarana nesta terça-feira (29/10/13) sobre a eleição do PED no PT de Apucarana no próximo mês de Novembro. Uma das chapas pode ficar anulada e proibida de disputar a eleição. Esta chapa da CNB encabeçada pelo dentista Luis Carlos Caramori que é a chapa ligada ao Prefeito de Apucarana médico nuclear Beto Preto (PT), que a situação da mesma estaria totalmente irregular. O caso foi parar na Justiça que deve impugnar a chapa de Caramori. O diretório estadual também deverá intervir em Apucarana e as irregularidades foram constatadas entre filiação dupla dentro do PT, a falta de pagamentos de mensalidades no partido por parte dos filiados, e situação financeira que não foi quitada pelos membros da chapa impugnada. O diretório nacional terá até o dia 04 de Novembro para dar uma parecer no caso, e provavelmente Apucarana terá apenas uma chapa na disputa, tendo a presidente do Sindicato dos Servidores de Apucarana, Elisabete Costa como presidente do Partido dos Trabalhadores de Apucarana. Bete Costa terá que ter ao menos para ser eleita presidente do PT de Apucarana, um quorum de 25% dos filiados no dia da votação que será em 10 de Novembro deste ano. Na próxima semana haverá uma lista nacional com os nomes corretos dos filiados de Apucarana aptos a votarem na eleição. O levantamento foi feito pela Comissão eleitoral do Partido dos Trabalhadores de Apucarana;

-O Ministério Público realizou na manhã de ontem (29/10/13) em Apucarana, uma apreensão de documentos na Autarquia Municipal de Saúde e na Prefeitura de Apucarana. A busca feita pelo Promotor Público da 4º Promotoria do Patrimônio Público de Apucarana, Drº Eduardo Cabrini visa apurar possíveis irregularidades apontados numa denuncia feita ao MP de Apucarana, de que estaria havendo a liberação de consultas e exames pelo SUS de Apucarana, para pacientes que estariam ligados a autoridades e servidores públicos da Autarquia Municipal de Saúde de Apucarana. Cabrini vai investigar a conduta dos servidores públicos que estariam envolvidos neste suposto esquema de tráfico de influências. Os documentos apreendidos começarão a ser analisados e várias pessoas devem ser convocadas para depor no MP de Apucarana a partir desta quarta-feira (30). As denúncias dão conta que as consultas com médicos especialistas (pediatras, ortopedistas, cardiologistas, oftalmologistas) estavam sendo liberadas mais facilmente para pessoas que tinham indicação de autoridades locais, o que configura o tráfico de influência. Caso seja apontada a irregularidade e configurada, a pena para o delito é de dois a cinco anos de reclusão e multas. A Vereadora Telma Reis (PMDB) comentou sobre a ação do MP e diz que vai pedir informações para a Prefeitura sobre o ocorrido. Ouça a fala dela ao AN Notícias e para a Rádio Nova AM;

-Um abaixo assinado foi feito nesta semana por parte de moradores do Jardim Colonial de Apucarana na Zona Leste da cidade, pedindo a suspensão da cobrança dos talões de água dos moradores desta região que estão sofrendo diariamente com a falta de água nos bairros de Apucarana. Segundo informações dos Vereadores de Apucarana que tiveram a visita na última terça-feira (05), na Câmara Municipal durante a sessão ordinária do Diretor da Sanepar Carlos Roberto Pinto que apresentou dados para os edis e para moradores que foram acompanhar o que a direção da empresa teria de resposta com relação à falta d’água na cidade alta. Os investimentos na cidade foram poucos no passado, e todos os dias moradores reclamam da falta de água, e muitos já até pensam em fazer um protesto na frente do escritório da empresa nesta semana, para ter uma solução nos problemas de abastecimento na cidade. Alguns Vereadores questionaram o diretor regional e pensam em até enviar para o Prefeito Beto Preto (PT), um pedido de revisão no contrato com a empresa que tem o direito de explorar o abastecimento na cidade e tratamento de esgoto caso não seja solucionados os problemas de imediato na cidade de Apucarana. O contrato pode ser cancelado e o próprio município ter a missão de assumir os serviços de abastecimento na cidade. O Prefeito de Apucarana que está em Brasília deverá ser comunicado pela Câmara dos problemas que continuam a assolar os munícipes que estão cobrando uma resposta por parte da Prefeitura de Apucarana, em solucionar os problemas junto ao Governo Beto Richa (PSDB);

-A primeira parte da extensa audiência criminal envolvendo o ex-presidente da Câmara de Apucarana, e atual vereador mais votado da cidade de Apucarana em 2012, mas afastado pela CPI da Câmara que o investiga Alcides Ramos JR (DEM), falou com a reportagem do AN Notícias sem gravador ligado, pois na hora que o AN foi perguntar para o mesmo ele não quis gravar. Acontece que Alcides Ramos JR passou um dos piores momentos de sua carreira política na tarde desta terça-feira (12) no Fórum Desembargador Clotário Portugal de Apucarana. Várias testemunhas foram ouvidas pelo Promotor Público do Patrimônio Público Eduardo Cabrini e pelo Juiz da 2º Vara Criminal José Roberto Silvério. Como foram arroladas mais de 30 testemunhas na audiência, a sequência dos depoimentos ficou para esta quarta-feira (13). Alcides Ramos disse ao AN Notícias que está “arrependido de tudo que aconteceu, pois se sente sozinho e que os amigos ou aqueles que o mesmo ajudou o abandonaram neste momento difícil que vem passando”. O edil ainda falou que depois da prisão se sente outro homem, e que hoje mora até de favor na casa da sogra. Ele só pensa na família e se desculpou pelas desavenças com este portal. O parlamentar ainda falou que vai provar a inocência e que quer voltar para a Câmara de Apucarana. Alcides completou ainda que só depende do prefeito Beto Preto (PT) e da presidente da CPI Vereadora Aurita Ferreira Bertoli (PT) para voltar ao cargo que está afastado. “Se depender de mim e a justiça deixar, volto para meu cargo de direito, agora tenho que falar com o Prefeito Beto Preto”. O advogado de Alcides Ramos Jr de Londrina Drº Guilherme Gonçalves, falou com a Imprensa e acredita na inocência de seu cliente;

-O vereador que fazia parte da base aliada até então do Prefeito Beto Preto (PT), resolveu votar contrário a uma alteração no projeto de lei do executivo, que trata de mudar algumas regras para o Conselho Tutelar de Apucarana a partir de agora. O prefeito e médico Beto Preto (PT) que está vendo as reclamações constantes na entidade Conselho Tutelar em sua administração, voltou a gerar polêmica na manobra que irá empregar qualquer cargo comissionado de seu interesse, ao trocar os formados especialmente em Serviço Social para cargos sem formação e com salários na faixa de R$ 2.500,00 reais. Antoniassi (PSDB) falou na Imprensa de Apucarana que a manobra do Prefeito Petista Beto Preto vai ao desencontro da realidade que os Conselhos Tutelares passam, e que são obrigados a fazer o correto ao empregar funcionárias com formação superior, e não dar emprego de cargo de confiança a qualquer pessoa que a Prefeitura quiser. O vereador disse que está preocupado com o atendimento do Conselho Tutelar de Apucarana e com as crianças menores. Uma nova eleição estará marcada para o Conselho Tutelar em 2014. O projeto de Beto Preto visa à mudança do tempo de formação de chapa para a presidência do Conselho Tutelar de 60 para 30 dias, e o fator que gerou o racha de Antoniassi (PSDB) ao atual executivo, foi a mudança polêmica e radical que mudará a forma de contratação dos Conselheiros (as), de nível superior para nível médio. Para concorrer ao cargo no CT o candidato não precisará ter mais a formação profissional para o cargo exigido, e isto gerou a revolta do vereador José Eduardo Antoniassi (PSDB) que votou contrário na primeira sessão extraordinária na Câmara. O projeto é de número 162/2013 de 13/11/2013 de autoriza do poder executivo. A Ementa: ALTERA A LEI Nº. 92/2013, QUE DISPÕE SOBRE A CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS SOBRE A POLÍTICA MUNICIPAL DE ATENDIMENTO DOS DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, CONFORME ESPECÍFICA. “A qualificação profissional neste projeto ficou a desejar”, segundo o Vereador tucano Antoniassi. Recentemente o AN Notícias trouxe duas matérias mostrando como está o Conselho Tutelar na administração de Beto Preto (PT), onde a entidade estaria sofrendo com a falta de estrutura dada pela Prefeitura de Apucarana;

-A derrubada de um Guapuruvu, com 40 anos e 10 metros de altura, na Praça Interventor Manoel Ribas (Redondo), em Apucarana, foi necessário. A árvore ficou rachada, após um de seus galhos, com peso aproximado de 2,5 toneladas e 1,5 metro de diâmetro na base, cair sozinho no começo da tarde de terça-feira, (19/). O abate da frondosa árvore causou /indignação em algumas pessoas, que inclusive entraram em contato com a prefeitura para protestar. Mas a medida foi necessária por causa do risco de queda da própria árvore, que colocaria transeuntes em perigo;

- O médico e Prefeito de Apucarana pela primeira vez do PT Carlos Alberto Gebrim Preto o nosso querido Beto Preto, está para entrar na história política de Apucarana. O chefe do executivo deve entrar até o final do ano de 2013, primeiro ano de seu mandato como o Prefeito de Apucarana que mais viajou para Curitiba e Brasília. Beto vai bater os recordes de Pegorer e João Carlos que também viajaram com frequência em seus mandatos, mas perdem para o petista nos gastos de passagens aéreas. Para quem achava que Beto Preto iria ficar dentro do gabinete sentado na cadeira máster, caiu do cavalo, pois o mesmo anda viajado e sempre com a cúpula petista no roteiro. Na semana passada o prefeitão Beto Preto estava em Curitiba e foi para Brasília se encontrar com a ministra Gleisi Hoffmann e com o Deputado André Vargas seu guru político, e nesta segunda-feira (18) o alcaide foi novamente para Curitiba aos interesses da população de Apucarana e do PT de Dilma. Na semana passada a assessoria política do PT-PR divulgou uma reunião secreta entra petistas em Brasília, já providenciando alianças para a campanha de Governo do Estado da ministra Gleisi, e lá estava Beto Preto como mostra a foto dele ajeitando sua camisa de maga longa no detalhe em amarelo. Os reflexos das viagens de urgência de Beto Preto podem ser vistas na área da saúde que está em frangalhos, e na área do asfalto, onde estamos vendo o nosso líder máximo que é médico sempre ausente nas horas mais críticas, deixando a batata assar na mão de seus secretários, pois assim não se desgasta com os eleitores. Acreditamos que o Prefeito Beto Preto que já conseguiu numa destas viagens um empréstimo de quase R$ 16 milhões de reais para o asfalto e que será quitado em 24 anos pelos futuros prefeitos, mostrar que tem força de vontade para melhorar a cidade de Apucarana que segundo ele são 20 anos em quatro que sua administração quer fazer. Pelo jeito, essa conta terá que ser revista, pois um ano já se passou praticamente e pouco se viu do seu plano de Governo entrar em ação para ser cumprido. Só falta agora Beto Preto implantar em sua administração um gabinete móvel em Curitiba e outro em Brasília, onde muitos deputados e Senadores fazem desta prática no interior nas suas bases eleitorais. As viagens do Prefeito devem estar na próxima prestação de contas do executivo, e os valores gastos por elas, com hotel, táxis, alimentação e passagens aéreas.

Polêmicas antes da viagem para a Capital

Antes de viajar novamente para a capital do estado nesta segunda-feira (18), Beto Preto falou na Imprensa que vai aumentar os investimentos na área de Saúde em Apucarana para sanar as reclamações e deverá realizar em breve uma audiência pública para a população decidir sobre os estacionamentos das principais Ruas da cidade. Beto Preto foi questionado sobre a manobra praticada por ele no Conselho Tutelar que gerou a maior polêmica na cidade nesta segunda-feira (18). O prefeito disse que está fazendo isso igual ao que acontece em Maringá, tendo as contratações do Conselho Tutelar na maioria de cargos de nível médio, e não o superior conforme vinha sendo feito nas administrações anteriores. Nesta segunda-feira (18) a Promotoria da Infância e Juventude se mostrou contrária a esta atitude da Câmara aprovar em sessão extraordinária, essa mudança nas regras do Conselho Tutelar de Apucarana. Beto Preto não quis comentar a posição do promotor Gustavo Marinho;

-Até o final da primeira semana de dezembro, o trânsito terá alterações nas ruas Nagib Daher e Osório Ribas de Paula. As duas vias passarão a dispor de duas pistas de tráfego e estacionamento apenas na margem direita. O objetivo da Prefeitura de Apucarana é viabilizar maior fluidez no trânsito, neste setor da área central. As intervenções planejadas foram discutidas na tarde de sábado, no salão nobre da prefeitura. Cerca de 60 pessoas, incluindo comerciantes, profissionais liberais e moradores das ruas Nagib Daher e Osório Ribas de Paula atenderam à convocação feita pela Prefeitura de Apucarana. Antecedendo ao debate, o Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan) apresentou um vídeo que mostrou o tráfego nas ruas Clotário Portugal, Munhoz da Rocha e João Cândido Ferreira, antes e depois das intervenções realizadas. O Superintendente de Trânsito, Silnei Bolonhese, informou que, no caso da Nagib Daher e da Osório Ribas, as alterações podem ser feitas em apenas dois dias, trabalhando durante a madrugada.“Trata-se de uma área de muitas clínicas, laboratórios, hospital, farmácias, prestadores de serviços e de comércio, que recebe um volume significativo de veículos”, argumenta o prefeito Beto Preto. Ele diz ainda que outro fator que complica o trânsito nesta região são os ônibus do transporte coletivo urbano e outros que vêm do Vale do Ivaí trazendo pacientes;

-O Tribunal de Justiça do Paraná decidiu através de seus desembargadores que compõe a 4ª Câmara Cível por unanimidade, que o mandado de segurança impetrado pela Câmara Municipal de Apucarana que pretendia tornar ilegal a prorrogação do contrato entre o município e a empresa Lapaza, administradora do estacionamento regulamentado da área central da cidade, fosse revisto tornou-se negado pelo TJ. Os magistrados decidiram manter a decisão em primeira instância que negou as alegações do legislativo de Apucarana. Os vereadores questionaram sobre a renovação ocorrida em 2011 na forma automática, alegando que um ano antes o legislativo aprovou uma emenda à lei do estacionamento que obrigava a discussão passar pela Câmara Municipal. Com isso, a lei passou a vigorar com os seguintes dizeres “o prazo da concessão do parquímetro será de cinco anos podendo ser renovável por igual período, após autorização legislativa, contado da assinatura do contrato a ser firmado com a empresa detentora da concessão”;

-O AN Notícias obteve a informação que o atual Secretário de Governo do médico petista Beto Preto (PT), estaria afastado do cargo a partir desta terça-feira (26/11/13). A informação correu os bastidores da política Apucaranense e segundo o próprio secretário, foi feito um pedido de afastamento de trinta dias para tirar umas férias e poder ficar mais tranquilo para o início de 2014. Alguns jornais da cidade teriam publicado recentemente que o mesmo seria exonerado do cargo, mas não falaram sobre o motivo, e que Petrônio poderia voltar ao seu cargo de origem na Câmara Municipal de Apucarana onde é concursado e atua na área da procuradoria do poder legislativo. O secretário Petrônio Cardoso foi defendido recentemente pelo seu Pai o advogado renomado João Batista Cardoso ex-procurador geral da Câmara de Apucarana em uma emissora de Rádio, devido ao fato do mesmo estar se desgastando em cargo público comissionado, ao invés de voltar para a advocacia que é o seu feeling e onde o mesmo criou uma boa carteira de clientes;

-O presidente da Câmara de Apucarana Vereador José Airton de Araújo o Deco (PR), falou rapidamente antes da sessão ordinária desta terça-feira (26/11/13) ao AN Notícias que a Câmara de Apucarana vai respeitar o que a Justiça determinar, e que falou pessoalmente com o Promotor Eduardo Cabrini de Apucarana, após saber da Ação impetrada pela Procuradoria Geral de Justiça de Apucarana que determina a revogação das Leis 032/2010 e 084/2010 que favorece o Jornal Tribuna do Norte de Apucarana com exclusividade nos direitos de ser o Diário Oficial de Apucarana. Deco comentou que a Justiça tem seus meios de requisitar via judicialmente, e a Lei é para ser cumprida. “A Câmara de Apucarana vai obedecer a Lei, eu como presidente honesto, não vou prejudicar o poder legislativo, se tivermos que abrir licitação, vamos fazer”, disse o presidente ao AN Notícias. O AN Notícias tentou contato com a assessoria de Imprensa da Prefeitura de Apucarana, porém não fomos atendidos;

-O Jornal Folha de Londrina o qual é considerado o maior Jornal de circulação no interior do Paraná, conforme informou sua diretoria ao AN Notícias nesta terça-feira (26/11/13), está contente com os procedimentos legais que a Promotoria Pública de Apucarana aplicou em conjunto com a Procuradoria Geral de Justiça do Paraná, que protocolou na última sexta-feira (22/11), uma ação direta de inconstitucionalidade (ADIN) para anular as leis municipais que instituíram o Jornal do Grupo Tribuna do Norte que é o Diário Oficial do Município neste primeiro ano da Gestão da Prefeitura Municipal de Apucarana e da Câmara Municipal de Apucarana em 2013, com direitos exclusivos de realizar este serviço na cidade de Apucarana nos atos oficias dos dois poderes. Um dos executivos da Folha de Londrina senhor Marcos Roberto falou ao AN Notícias que vê esta atitude da Promotoria de Apucarana como louvável. O executivo da Folha de Londrina disse que o Jornal vai participar da licitação em Apucarana, como já faz em outras cidades do interior do Paraná, e em Apucarana depois desta ação da Procuradoria, abre-se o mercado para a concorrência sadia entre os veículos de comunicação, o que não ocorria antes na cidade. “A Folha de Londrina tem grande alcance de abrangência no território paranaense, temos um dos parques gráficos mais importantes do Brasil. Atendemos várias cidades e suas respectivas Câmaras Municipais e Prefeituras, um exemplo foi à disputa deste ano na cidade de Arapongas”, frisou Marcos Roberto. “Estamos aguardando a abertura das Licitações tanto da Prefeitura de Apucarana e da Câmara Municipal para podermos concorrer com qualquer outro Jornal. Não temos acordos com outros veículos de comunicação, pois somos independentes e não temos medo de disputar licitações no Estado. Ficamos felizes em poder disputar a licitação na cidade de Apucarana”, finalizou Marcos Roberto;

-O promotor público da 4º Promotoria de Defesa do Patrimônio Público de Apucarana, Drº Eduardo Augusto Cabrini informou nesta semana que a Procuradoria Geral de Justiça do Paraná protocolou na última sexta-feira (22/11), uma ação direta de inconstitucionalidade (ADIN) para anular as leis municipais que instituíram o Jornal do Grupo Tribuna do Norte que é o Diário Oficial do Município neste primeiro ano da Gestão da Prefeitura Municipal de Apucarana e da Câmara Municipal de Apucarana em 2013. Para o MP e para a Procuradoria Geral do PR as leis são ilegais em Apucarana, pois beneficiam exclusivamente o jornal Tribuna do Norte neste quesito. Os contratos feitos pelas duas instituições estão sendo analisados pela Promotoria de Apucarana que verificou um aumento nos valores pagos neste ano sem licitação. As leis criada em 2010 de número 032/2010 e 084/2010 devolvia ao Jornal Tribuna do Norte o direito de “também” ser o Diário Oficial do município, que havia sido cessado anteriormente no governo de Valter Aparecido Pegorer (PMDB) no seu último mandato como Prefeito de Apucarana, o qual cancelou o contrato com o Jornal e fez as publicações na internet no próprio site da Prefeitura e em jornais de atos oficiais da própria Prefeitura de Apucarana, onde Pegorer conseguiu uma economia de mais de R$ 700 mil reais na época. “A lei criada dá o direito exclusivo do Jornal Tribuna do Norte ser o Diário Oficial da Prefeitura de Apucarana”, segundo o promotor Cabrini. O Jornal Tribuna do Norte venceu todas essas publicações nos últimos anos, e neste ano verificou-se que a empresa foi contratada sem licitação tanto por parte da Prefeitura Municipal como da Câmara Municipal de Apucarana. Para o promotor Eduardo Cabrini “tanto o Prefeito de Apucarana Carlos Alberto Gebrim Preto o Beto Preto (PT), e o presidente da Câmara de Apucarana José Airton de Araújo o Deco (PR), devem responder por ato de Improbidade Administrativa, e a Promotoria vai solicitar judicialmente a devolução deste dinheiro pago para o Jornal que se aproximará até o final de Dezembro de quase R$ 850 mil de reais contando os dois contratos”, conforme investigação feita por Eduardo Cabrini. Como os vereadores apucaranenses ignoraram a recomendação da promotoria local para a revogação das leis, a Procuradoria Geral protocolou a ação na Justiça nesta última sexta-feira, e obrigatoriamente os dois poderes terão que abrir licitação para outros Jornais de grande circulação participarem da concorrência pública contra o Jornal Tribuna Norte e acabar com a exclusividade do Jornal, afirmou o Promotor.

Saiba mais sobre as referidas Leis 032/2010 e 084/2010

A primeira lei 032/2010 devolvia ao Jornal Tribuna do Norte o direito de “também” ser o Diário Oficial do município, que havia sido cessado anteriormente no governo de Valter Aparecido Pegorer, que instituiu o Diário Oficial do Município. Desta forma, além do jornal da Prefeitura, a Tribuna também poderia ser utilizada como jornal para publicações legais. A segunda lei (084) retira o termo “também” da lei anterior e devolve à Tribuna o direito de ser o diário oficial do município sem a necessidade de concorrer em processo licitatório com outros jornais diários que circulam no município e podem ter interesse em participar de concorrência.

Promotor Cabrini compara a situação vivida neste ano no município de Arapongas

O Promotor Eduardo Cabrini compara o caso vivido na cidade de Arapongas neste ano de 2013, ao que vai acontecer em Apucarana a partir de agora. Segundo o promotor na cidade de Arapongas a Promotoria Pública do Patrimônio Público, entrou com uma recomendação exigindo a obrigatoriedade de abertura da Licitação por parte da Prefeitura de Arapongas. Com isso, o Jornal Tribuna do Norte teve que concorrer em licitação contra o todo poderoso Jornal Folha de Londrina que é o maior jornal de circulação no interior do Estado do Paraná, o qual participou da licitação criando um leilão legal que abaixou os valores dos serviços contratados. Cabrini disse que em Arapongas o Jornal Tribuna do Norte cobrava aproximadamente R$ 17 reais o valor do espaço em centímetros. Com a disputa de licitação contra a Folha de Londrina este valor caiu aproximadamente para R$ 2,80 gerando uma grande economia ao município. Para ele “os valores aplicados em mercado geram gastos abusivos aos cofres públicos, sendo que com a licitação os valores caem mais, e assim o município pode aplicar em outras áreas como asfalto, educação e saúde”, frisou Cabrini. Cabrini comparou os preços pagos pelas Prefeituras de Apucarana e Arapongas, e das Câmaras Municipais respectivamente ao Jornal Tribuna do Norte. Os valores de uma cidade para a outra são bem diferentes, tendo quase R$ 200 mil reais de cada órgão de Arapongas com Apucarana;

-O AN Notícias obteve a informação nesta quarta-feira (27) em menos de 24 horas do pedido de exoneração do Secretário de Governo da Prefeitura de Apucarana Petrônio Cardoso, que ontem mesmo antes de entregar o pedido disse ao AN Notícias que seria um pedido de afastamento para férias, o que na verdade são férias definitivas. O secretário de Governo deverá deixar o cargo nos próximos dias e com ele outros nomes podem estar na lista de exonerações da Prefeitura de Apucarana. Beto Preto não quis confirmar na Imprensa e não atende a reportagem do AN Notícias para comentar o caso. Sabemos que dois nomes podem engrossar a lista do alto escalão da Prefeitura de Apucarana. Mais dois secretários seriam os próximos a deixarem o seus cargos em Janeiro de 2014. A informação não foi confirmada pela assessoria da Prefeitura, mas fonte ligada ao Paço municipal nos informou que isto poderá acontecer. O prefeito de Apucarana deverá fazer uma reforma em seu secretariado em 2014. A atitude deve-se por questões políticas e oxigenar sua administração que esta sendo bastante criticada pela população neste primeiro ano em Apucarana. O próximo a ser nomeado na gestão de Preto e substituir quem sabe Petrônio Cardoso, é o ex-vereador e braço direito da gestão de Carlos Scarpelini Laércio de Moraes (PP). Laércio foi exonerado da Câmara de Apucarana cerca de duas semanas atrás, e deverá ser a bola da vez na Prefeitura de Apucarana;

-O ex-prefeito de Apucarana por três mandatos e suplente de Deputado Estadual em 2013 e também Colunista do AN Notícias, Valter Aparecido Pegorer (PMDB) disse nesta quarta-feira (27/11), sobre a Ação da Procuradoria de Justiça do Paraná e das investigações do Ministério Público de Apucarana contra as duas Leis do município que favorecem o Jornal Tribuna do Norte como Diário Oficial da Prefeitura e Câmara Municipal de Apucarana respectivamente. Ao saber da atitude do Promotor Público da 4º Promotoria do Patrimônio Público Drº Eduardo Cabrini que falou com exclusividade ao AN Notícias que vai enquadrar Beto Preto (PT) e José Airton de Araújo Deco (PR) por ato de Improbidade Administrativa e pedir a devolução do montante pago ao Jornal, Pegorer achou importantíssima a Ação da Justiça Paranaense que visa a partir de agora em Apucarana, abrir licitação pública na disputa do Diário Oficial de Apucarana. Pegorer comentou que quando rompeu o contrato com o Jornal Tribuna do Norte no último ano de seu mandato, fez uma economia de aproximadamente R$ 600 mil reais que foram aplicados em asfalto, saúde, educação e lazer na cidade de Apucarana. Tanto os ex-prefeitos João Carlos de Oliveira (PMDB) e o atual Prefeito Beto Preto (PT), devem responder por atos de Improbidade administrativa, e o Jornal terá que restituir os cofres públicos pelos contratos pagos sem licitação, conforme apurou a Promotoria Pública de Apucarana. Pegorer disse que “a justiça tarda, mas não falha, no caso de ter que a partir de agora na cidade, a disputa sadia entre jornais para atos oficiais, e para ele a Lei estadual é inconstitucional”. Para ele “a sua ação de deixar somente na internet e em jornal próprio do município os atos oficiais da Prefeitura de Apucarana, deveriam ter sido seguidos por João Carlos e Beto Preto, que não tiveram bom senso e gastaram dinheiro que poderia ser usado em outras áreas”, finalizou;

-É quem lê a mensagem já entende o recado dado do advogado renomado e ex-procurador da Câmara Municipal de Apucarana, exonerado dias atrás na cidade alta, Drº João Batista Cardoso o qual fez um desabafo na rede social Facebook e sentou a borduna no Prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT) de Apucarana. JB que não tem medo de ninguém e não leva desaforo pra casa, mostrou que o grupão do Prefeito Beto Preto está desgastado e mais do que rachado. Inclusive na última semana o Prefeito de Apucarana tirou poderes do seu vice-prefeito JR da Femac (PDT) em um decreto publicado no Diário Oficial e que foi divulgado pelo Jornal Portal no último domingo (24), mostrando que a coisa esta feia mesmo na Prefeitura de Apucarana conduzida por Preto (PT). O Pai de Petrônio Cardoso cobra de Beto Preto a exoneração de seu sogro nomeado no início deste ano, e falou que Beto Preto é mentiroso em sua conta particular do Facebook. Veja como foi o texto:

O Prefeito "PRETO" de Apucarana, vai iniciar uma reforma no secretariado. Vai uma sugestão pra ele....INICIEI pela DEMISSÃO SUMÁRIA de seu SOGRO......
JB advogado.



Depois disto o Pai de Petrônio Cardoso que vestiu a camisa vermelha de Beto Preto (PT) na campanha de 2012, fez um desabafo nervoso no seu Facebook nesta quarta-feira (27). O advogado João Batista Cardoso o famoso “JB”, disparou o seguinte texto que está muito comentado na rede social:

Certa vez... num passado não muito distante, pessoalmente falei ao então Governador Roberto Requião, a fala foi pessoal, franca e aberta no plenário do Museu Oscar Niemayer em Curitiba.

Naquela oportunidade pedi ao Governador seu apoio a candidatura do "PRETO" em Apucarana, que iria disputar a eleição tendo como vice meu filho Petrônio Cardoso.

Requião me respondeu . NÃO JB este eu não apóio pois ele não é sincero e não acredito em nada do que ele fala. Ele mente demais disse-me o Governador.

Sabe de uma coisa ! Passaram-se alguns anos e confesso.

REQUIÃO TINHA RAZÃO....

JB advogado.

Depois desta publicação o Prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT), fez uma coletiva (não convidando o AN Notícias para esta entrevista) na Prefeitura de Apucarana. Beto Preto (PT) disse que Petrônio Cardoso estará fazendo parte do grupo dele ou na Prefeitura ou na Câmara de Apucarana. Beto Preto esqueceu-se de dizer que Petrônio Cardoso não tem como fazer parte de seu grupo na Câmara, pois lá é cargo efetivo e não comissionado, e esta gafe não foi engolida por João Batista Cardoso nesta quinta-feira (28) que continuou seus comentário picantes na rede social. Veja as publicações de JB no seu Facebook na galeria de Imagens desta matéria. O Facebook do Advogado João Batista Cardoso é este aqui;

-O quiproquó envolvendo a eleição do PT de Apucarana que parou na Justiça ganhou novo capítulo nesta quinta-feira (28), quando o presidente do PT Natalício de Jesus foi a público comentar que o TSE anulou algumas filiações que não estavam corretas e que participaram da eleição de Apucarana. A chapa de Luis Carlos Caramori que levou a eleição e elegeu 19 membros, apresentou irregularidades e caiu para 14 membros, e pode ter ainda outros desdobramentos. Natalício disse que provavelmente teremos a nova eleição e que 48 que votaram estavam irregulares, e isso deve fazer com que a eleição seja anulada, e disputada novamente. Elisabete Costa marcou uma coletiva nesta sexta-feira (30) para falar sobre o assunto, pois segundo ela as denuncias de filiações irregulares antes da eleição, se confirmou com este documento do TSE apresentado pelo presidente Natalício de Jesus;

-O ex-servidor público da Prefeitura de Arapongas na gestão de Beto Pugliesi (PMDB), Edmar Camparoto que foi destaque na edição passada do Jornal Portal de Apucarana por ter sido nomeado na Prefeitura de Apucarana no Departamento de Licitações de Beto Preto (PT), falou com exclusividade ao AN Notícias neste sábado (30) e disse que não teve condições de ficar no cargo nomeado pelo Prefeito de Apucarana.O araponguense que está morando atualmente em Maringá e gerenciando uma empresa voltada a materiais elétricos, disse que ficou estarrecido com a matéria publicada no Jornal Portal do Jornalista Marsio Domingues que deu a atender que ele teria má intenção no cargo e “costa quente” por ter seu irmão Juiz na cidade de Arapongas. Edmar Camparoto falou que a publicação do Jornal Portal foi desonesta e maldosa com o mesmo, e que não entendeu a intenção da divulgação que o deixou com ar de suspense na sua nomeação. Edmar frisou que não é ficha suja, nunca teve problemas com a justiça, nunca foi envolvido com corrupção, esquemas ou acertos dentro de repartição pública quando era da Prefeitura de Arapongas. Ouça a entrevista de Edmar Camparoto que é atualmente membro da diretoria do Clube Campestre de Arapongas, que realizou o tradicional Baile do Havaí que teve a cobertura do AN Notícias neste sábado (30);

-A ex-comissionada da Prefeitura de Apucarana e a qual foi candidata a vereadora pelo PT em 2012, ao lado do Prefeito eleito Beto Preto (PT) Priscila Ozaki falou com a reportagem do AN Notícias sobre sua polêmica demissão da Prefeitura de Apucarana, depois da mesma ter participado sem intenções como fiscal da eleição do PT. Priscila que foi fiscal na eleição disse que foi perseguida por comissionados do médio e alto escalão da Prefeitura, e que o próprio prefeito de Apucarana Beto Preto (PT), demitiu a mesma sem razão alguma. Conforme a petista que agora está lotada no Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana e região, presidido pela Sindicalista Elisabete Costa, o prefeito de Apucarana não cumpriu com o que combinou com ela. Priscila era uma das aliadas de Beto Preto que já pularam fora do barco, depois de sentir como está o clima dentro da Prefeitura de Apucarana. Na semana passada foi a vez do advogado JB falar sobre as atitudes de Beto Preto, e o qual teve seu filho Petrônio Cardoso pedido a sua exoneração para o Prefeito Beto Preto (PT), que ainda está tentando avaliar a situação;

-A cassação do ex-presidente da Câmara de Apucarana vereador reeleito em 2012 como o mais votado na chapa que ajudou e muito o prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT) a chegar ao poder, viu ontem sua carreira política ir para o “vinagre”. Alcides Ramos JR (DEM) foi cassado em plenário pelos dez Vereadores de maneira rápida e determinante. O edil que recentemente foi preso na PEL2 de Londrina, renunciou no final do ano passado há exatos doze meses, seu mandato como presidente da Câmara, esteve foragido da Justiça por alguns meses, e respondeu a vários processos neste ano de 2013, viu ontem que não teria chances de permanecer como Vereador mais votado na Câmara de Apucarana. Alcides que em rápido comentário com este portal em dia de sua audiência no mês passado em Apucarana, disse que estava numa situação complicada e sem amigos. Nem mesmo o Prefeito Beto Preto seu aliado de longas campanhas e amigo de primeira hora, esteve ontem na sessão ou se quer ligou para a base para saber como estava o caso de Ramos. Alcides e Beto Preto foram durante a campanha pedir voto a voto nas Ruas de Apucarana, como amigos a retribuição veio numa das primeiras nomeações na Prefeitura em recompensa pelo esforço de ter ajudado o médico nuclear a chegar ao Paço Municipal, sua irmã seria nomeada em cargo de comissão e meses depois, após aparecer mais escândalos envolvendo Alcides Ramos JR, ela seria exonerada. Alcides Ramos JR como ele mesmo disse que não teria mais amigos, principalmente aqueles o qual ajudará a nomear, eleger e prestar ajudas como Vereador o abandonará. Até uns três empresários da comunicação que eram ligados a Ramos, deixaram de falar bem do edil e viraram uma espécie de oposição ao político que estava afastado pela CPI da Câmara e tido como o pior de todos. A volta do destino amargo de Alcides Ramos mostrou que na política as maiorias das situações são de totais interesses. Ele disse estar arrependido, e até morando de favor e sabe que sua carreira política a partir de hoje, encerra-se um ciclo que poderia ter tido outro caminho. O caminho da vitória, de cargos mais importantes, e até quem saberia de um líder forte para chegar ao Paço Municipal. Ontem a Câmara de Apucarana mostrou que ao ser comparada como a pior Câmara de todos os tempos, deu a volta por cima e mostrou para a sociedade Apucaranense, que a transparência deve prevalecer no poder público. Resta saber agora se Ramos teria algo mais para contar a respeito do que foi acusado, e se teria mais pessoas envolvidas entre empresários, Imprensa e políticos que o acompanhavam durante estes últimos tempos. Ramos Júnior foi denunciado pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR), acusado de praticar diversos delitos de peculato e concussão. De acordo com a denúncia do MP, o ex-vereador exigia que os servidores dividissem seus salários com ele, na proporção de 50%. Segundo a promotoria, Ramos teria recebido aproximadamente R$ 177,9 mil somente com a divisão dos vencimentos dos servidores.

-Parece que o Prefeito de Apucarana Carlos Alberto Gebrim Preto o famoso Beto Preto (PT), o “Betão” resolveu estreitar os laços de amizade com o poderoso e conceituado empresário Apucaranense, e um dos homens que mais vende venenos no país, senhor Humberto Amaral dono da Nortox de Arapongas ao ser aprovado nesta quinta-feira um projeto que seria irrelevante, se não fosse importante para quem vai pousar no Aeroporto Municipal de Apucarana. Sem aparições públicas ou trocas de elogios depois da campanha de 2008, o empresário Humberto Amaral que foi o candidato a vice-prefeito de Apucarana ao lado de Beto Preto, não quis mais saber de candidaturas em eleições, e preferiu ficar neutro na última passada em 2012, vendo seu colega Preto ser eleito com outro vice. A empresa que mais gera lucros através de impostos para a cidade de Arapongas, terá uma licença especial para poder colocar seus jatinhos em um dos hangares do Aeroporto Capitão João Busse de Apucarana. O que é salutar para o magnata Amaral, pois é da cidade e gera muitos empregos na região, nada mais justo a nosso ver, e não é todo mundo que tem aviões. Mas o fato não é isso, e sim que, a Câmara de Apucarana aprovou em sessões extraordinárias, o projeto de Lei do executivo, ou seja, feito por Preto, de número 178/2013 concedendo permissão de uso do patrimônio municipal no Aeroporto Capitão João Busse para hangar a empresa Nortox S.A. Humberto Amaral dono da Nortox e outros empresários vão poder usar os hangares para estacionarem suas aeronaves. Lembrando que este projeto não dá só o direito de Amaral, mas como outros projetos do mesmo intuito dão o direito dos mesmos de usarem os hangares do Aeroporto as seguintes empresas: Petro Sapper (projeto 177/2013), MH Kuriki Assessoria e Consultoria (projeto 179/2013), Empresa Husr Investimentos e Participações S/A (projeto 180/2013) e Alpha Bravo Escola de Aviação Desportiva e de Recreio LTDA (projeto 181/2013), farão o uso dos hangares.

-É a situação da saúde pública de Apucarana já era preocupante, e ficou ainda mais nesta tarde desta quinta-feira (19/12). Um fato inadmissível foi comunicado pela direção do Hospital da Providência de Apucarana para a Imprensa, e deixa como alerta toda a população de nossa cidade e Vale do Ivaí. Os médicos e anestesistas do Hospital da Providência de Apucarana paralisaram suas atividades, devido a um desleixo da administração do médico nuclear e Prefeito de Apucarana, Carlos Alberto Gebrim Preto, o Beto Preto do (PT) que agravou o atendimento da Saúde de Apucarana neste ano com relação ao mandato passado de João Carlos do (PMDB). Novamente o Ministério Público vai entrar com uma ação investigatória contra sua administração que está sendo omissa na questão de manter a Saúde em perfeito atendimento. Desta vez não é a UPA que é o foco das atenções, mas o único Hospital da cidade de Apucarana o da Providência que quer providências urgentes por parte da atual administração que não paga os médicos e anestesistas para fazerem as cirurgias eletivas. O caso é mais grave do que as negligências apontadas na UPA de Apucarana neste primeiro ano de sua administração. Segundo a nota do Hospital da Providência e em entrevista ao site AN Notícias, a direção do Hospital suspendeu todos os atendimentos com relação a cirurgias ligadas ao SUS, por falta do pagamento que não está sendo feito pela Prefeitura. As cirurgias eletivas estão proibidas pela direção do Hospital da Providência, e conforme informados deste fato grave, a situação pode ficar ainda pior nos próximos dias em Apucarana. Os valores não foram divulgados pela direção do Hospital da dívida do gestor público com a prestadora de serviços, mas os médicos não estão nada contentes com as atitudes do Prefeito de Apucarana. Não está tendo diálogos, pois Beto Preto não deu nenhuma satisfação para a sua própria classe profissional, e muito menos chamou o Hospital para uma negociação. De forma geniosa e truculenta, o alcaide pode estar cometendo um dos erros mais graves da história da medicina de Apucarana. Ouça como foi à entrevista com o porta-voz do Hospital da Providência Carlos Eduardo Pirani que recebeu a reportagem do AN Notícias, e deixou claro do que está para acontecer entra o desgaste do Hospital da Providência e a Prefeitura de Apucarana;

-O Hospital da Providência que usou a Imprensa nesta semana para cobrar o Prefeito e médico nuclear de Apucarana Beto Preto do (PT), sobre uma suposta dívida de atrasos com os repasses aos médicos e anestesistas do único Hospital da cidade através de verba do SUS oriunda do Governo Federal e que são repassados mensalmente da Prefeitura de Apucarana que paga o Hospital, veio encaminhar uma nota neste sábado (21), depois de fazer alarde falso e brincar com uma notícia tão séria que a população ficou apreensiva sobre os cancelamentos das cirurgias eletivas. Conforme trouxemos a nota e a entrevista com a assessoria de Imprensa do Hospital, estamos aqui como órgão de Imprensa sério e responsável na informação, e como a notícia foi veiculada e a verdade tem que ser prevalecida, vamos mostrar a nota feita pela Assessoria do Providência, que no último sábado realizou uma reunião para tratar do caso e desmentir a falha cometida com a administração de Beto Preto, o que mostrou total despreparo em tratar o assunto polêmico e sério com a Imprensa e Ministério Público. O papel da Imprensa séria e de credibilidade como é o do AN Notícias é ouvir os dois lados da informação, só que não admitimos erros como foi o da Assessoria do Hospital que disse uma coisa, e depois voltou atrás e pregou outra. Isso mostrou um amadorismo sem tamanho do Hospital da Providência, pois fez uma coisa sem necessidades, já que os pagamentos estariam corretos, não haveria necessidade de usar a Imprensa escrita e falada para tal cobrança se a mesma não existisse. O prefeito de Apucarana Beto Preto (PT) veio através de emissoras de Rádio rebater as acusações que sofrerá por parte do Hospital e chamar de mentirosos a direção do Hospital e sua assessoria, informando ainda que iria processar o Hospital e denunciar a entidade ao Ministério Público de Apucarana. O Hospital da Providência jamais poderia mencionar na Imprensa, como de fato o fez, atos inexistentes de dívida entre Prefeitura e Hospital, pois colocou sua credibilidade em xeque, por uma notícia fantasiosa e nefasta criada pelo mesmo Hospital, o que repudiamos como Imprensa de grande repercussão esta atitude impensada. Veja a nota do Hospital da Providência de Apucarana sobre o caso e reveja a entrevista da semana passada sobre o assunto para que fique bem claro, que não foi o AN Notícias ou outros órgãos de Imprensa que inventou fatos, e sim trouxemos a notícia que foi divulgada pela assessoria do Hospital da Providência. (clique aqui);

-É as cobranças contra a administração de Beto Preto prefeito "perfeito" e médico nuclear do PT de Apucarana não param de surgir neste final do primeiro ano de sua administração. Segundo o Jornal Portal do Paraná divulgou neste domingo (22), a entidade CISVIR que é o (Consórcio Intermunicipal da Saúde do Vale do Ivaí) que abrange mais de 17 municípios estaria na gestão de Beto Preto que é o presidente da entidade em atraso. A informação que uma ação de despejo pode ser apresentada nesta semana pelos proprietários do prédio que cobram Beto Preto presidente do CISVIR. Se não bastassem as cobranças da população pela falta de remédios nos postos de Saúde de Apucarana, da falta de médicos na UPA de Apucarana, das cobranças que o Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana o (SINDSPA) fez sobre o combinado no aumento do reajuste salarial dos servidores que não aconteceu, das cobranças dos médicos e anestesistas do Hospital da Providência de Apucarana que nesta semana decretaram greve ao atendimento das cirurgias eletivas por falta de pagamentos por parte da Prefeitura de Beto Preto, agora temos mais está lamentável notícia de que a entidade CISVIR que é presidida por Beto Preto estaria com os aluguéis em atraso neste ano de 2013. O AN Notícias entrou em contato com um dos proprietários do prédio onde fica a sede do CISVIR em Apucarana na Rua Osório Ribas de Paula com a Nagib Daher, e foi confirmada a veracidade dos fatos. Segundo o médico e laboratorista de Apucarana, Fernando Darram, o CISVIR não pagou ainda os aluguéis deste ano, sendo que o seu advogado Drº Edson Carlos Pereira estaria com uma ação pronta, só que o mesmo tenta um acordo com Beto Preto para ser sanada a dívida sem ação, o que poderia causar um desgaste entre proprietário e cliente do prédio CISVIR, pois na administração de outros presidentes, havia atrasos, mas não igual a este de 2013, informou Darram. Em conversa com um dos engenheiros da prefeitura de Apucarana que está por dentro do projeto de construção da nova sede do Cisvir no Jardim Ponta Grossa em Apucarana na Zona Norte, a obra do prédio do Cisvir pode ser realizada em meados de Julho de 2014 até o final do próximo ano, devido a partes burocráticas de licitação, sendo que a entidade pode também optar por uma locação mais barata no prédio do Hospital do Coração na ACEA;

-O Secretário de Governo do Prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT), Petronio Cardoso que tinha pedido as contas alguns dias atrás da Prefeitura, estaria tendo participações na Rede de Rádios 94 FM de Apucarana, conforme o próprio Pai e Colunista do AN Notícias advogado João Batista Cardoso nos informou. O secretário de Beto Preto comenta alguns fatos abordados pelo âncora do Jornal e defende a atual administração no ar. Petronio Cardoso ainda permanece no cargo presente, e pode ser remanejado para outra pasta na administração de Beto Preto.

Dono da emissora pode ser candidato com apoio de Beto Preto

Segundo informações de bastidores na cidade, é de que no ano que vem o proprietário da Rede de Rádios Valderci Silva o famoso “barba”, que é uma das referências no Paraná em comunicação, estaria pensando em sair candidato pelo PT de Apucarana a Deputado. Não se sabe se seria a estadual ou a Federal com o apoio de Beto Preto, pois em algumas solenidades, o empresário de comunicação está aparecendo ao lado do alcaide apucaranense e teria sido feito um convite ao mesmo. Houve também a informação que Valderci Silva poderá coordenar os festejos de Aniversário de Apucarana nos 70 anos agora em Janeiro de 2014. Valderci Silva é muito ligado ao Prefeito e médico nuclear Beto Preto;

-Foi aprovado em sessão extraordinária no último sábado (21/12/13) na Câmara de Apucarana pelos Vereadores, o abono natalino dado pelo prefeito “perfeito” Beto Preto o médico nuclear alcaide de Apucarana, que deu um abono de R$ 60 reais para os servidores públicos de Apucarana. A atitude “bondosa” do petista é fazer uma média e ter uma avaliação positiva por aqueles que carregam o piano da sua administração que não está lá aquelas coisas. No primeiro ano deste mandato, o Betômetro foi pouco cumprido com o seu plano de governo, pois mais pontos negativos e polêmicas Beto Preto conquistou neste primeiro ano.Muitos funcionários disseram ao AN Notícias que este abono de R$ 60 reais, é “dinheiro de pinga” para a Prefeitura de Apucarana. Seria mais bonito ganhar uma cesta bem recheada do que todo este trâmite que a Prefeitura fez logo agora perto do Natal, disse uma servidora que não quis se identificar por medo de represálias. O projeto aprovado na Câmara é o de número 188/2013. Ementa: CONCEDE ABONO NATALINO AOS SERVIDORES MUNICIPAIS DO QUADRO DE PESSOAL EFETIVO E CARGOS DE PROVIMENTO EM COMISSÃO, CONFORME ESPECIFICA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Autor: Executivo Municipal;

-A coisa descambou de vez em plenário da Câmara de Apucarana na manhã desta sexta-feira (27/12/13), quando os onze Vereadores colocaram em discussão a segunda votação do projeto de lei por parte do executivo municipal que reajusta o IPTU em mais de 20% em Apucarana. O projeto que foi votado em sessão extraordinária e aprovado em primeira votação nesta quinta-feira (26), foi aprovado em segunda votação por 7 votos a 3, e um ausente. A terceira e última votação será neste sábado (28) e precisaria de mais dois votos contrários para cair de vez em plenário, mas pelo que se percebeu nesta sexta-feira isso pode não acontecer, e as rusgas foram registradas entre as Vereadoras Aurita Ferreira Bertoli (PT), líder do Prefeito “perfeito” e médico nuclear Beto Preto (PT) e a Vereadora de oposição Telma Reis do (PMDB). Aurita Ferreira Bertoli foi pra cima de Telma Reis no discurso em plenário, questionando os mandatos passados da parlamentar, que estaria votando contrária ao aumento dado por Beto Preto por ser oposição, e na época quando Vereadora aprovou reajustes das administrações passadas, mas vale lembrar que o projeto não tinha a polêmica que este está tendo, devido ao aumento venal que Beto Preto vai reajustar e causar o dobro ou até o triplo na cobrança do Imposto. Aurita Bertoli ainda questionou que Telma Reis que mora no prédio da onça no centro de Apucarana na Praça da Cascata, estaria pagando o mesmo valor do IPTU que um morador do Sanches dos Santos ou núcleos considerados periféricos, e ai a situação descambou para o ridículo na sessão da Câmara, pois não estão sendo analisado o projeto nos prós e contras, e sim lados partidários em ação na Câmara de Apucarana. Uma emenda da Vereadora Aurita Bertoli foi aprovada no projeto com um voto contrário da Vereadora Telma Reis (PMDB). Quem paga R$ 70 reais numa área nobre, vai pagar em 2014 R$ 700,00 aproximadamente. A Vereadora Telma Reis disse que Aurita Bertoli (PT), estava preocupada em fazer politicagem e não esclarecer para a população o real do aumentaço no Imposto criado na gestão de Beto Preto. Beto Preto quer aumentar a fatia dos impostos na cidade, devido a uma jogada política para aumentar as contrapartidas do seu mandato para contratações com o Governo do Estado e Federal. O Prefeito pronunciou-se nesta sexta-feira em uma emissora de Rádio que o município de Apucarana precisa ter mais dinheiro em caixa para serem realizadas algumas obras que precisam de contrapartida do município. Algumas obras desta natureza contam com empréstimos milionários, e o município teria que ter a entrada para ser liberada a verba e por isso que o Prefeito de Apucarana quer aumentar os impostos, pois sua tendência é obter mais recursos principalmente do Governo Federal. Beto Preto fez neste final de ano o maior empréstimo da história da cidade de Apucarana, com verba de quase R$ 16 milhões de reais para realizar o asfalto na cidade, e ter um prazo de 25 anos para pagamento, sendo questionada pela Vereadora Telma Reis (PMDB), por isso o entrevero entre ela a Vereadora Aurita Bertoli nesta sexta-feira. Vereadores entraram em debate que levaram quase uma hora de muita discussão sobre a aprovação do projeto, e muitos questionavam que os bairros mais pobres estariam pagando o mesmo valor que bairros mais nobres, mas no final das contas o Imposto vai aumentar para todo mundo, e principalmente na área central e bairros mais renomados, e é ai que o problema vai chegar com relação ao boom que o setor imobiliário vai sofrer, pois quem tem residência de aluguel e paga hoje R$ 50 reais ou mais de IPTU, vai ter que pagar quase R$ 500 reais, e isso vai afetar o bolso do locatário, que se tiver interesse no imóvel independente do local que seja na cidade, vai ter que pagar o Imposto, e caso não pague, o proprietário do imóvel pode arcar com a despesa, e se aumentar o valor do aluguel a procura será menor, sendo assim o setor pode quebrar em 2014. A base de Beto Preto diz que este problema será solucionado com as construções de quase 4 mil residências prometidas em campanha pelo Prefeito, mas e quem possui suas casas e quer viver de aluguel. Como ficaria? São esses questionamentos que foram abordados nesta aprovação polêmica do aumento do IPTU por algumas autoridades que acompanharam a votação na Câmara de Apucarana. O Observatório Social de Apucarana deu a entender em seu pronunciamento que o valor venal do imóvel seria sim reajustado e de total importância, mas fazer uma justiça fiscal sem planejamento seria cometer injustiças na cidade de Apucarana. A questão é saber agora se o caso vai parar na justiça comum ou não, pois muitos advogados questionaram a situação e podem jogar a disputa com o apoio da OAB de Apucarana. Durante a sessão desta sexta-feira a presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana (SINDSPA), foi até o plenário da Câmara acompanhar a sessão e acabou batendo boca com vereadores do PT, e foi pedido a sua retirada de dentro do plenário, e a mesma informou que vai neste sábado levar um balde com água sanitária e sabão em pó com vassouras, para lavar as escadarias da Câmara de Apucarana, e ainda pediu a presença da população na última sessão que vai reajustar o valor do IPTU em Apucarana;

-O Projeto de Lei do executivo de Apucarana 192/2013 que aumenta o IPTU em Apucarana quase não foi aprovado na Câmara de Apucarana, se tivesse mais um voto contrário pelos Vereadores. Acontece que a partir de Janeiro de 2014 na próxima semana, o Prefeito perfeito Beto Preto médico nuclear, vai aumentar o Imposto em mais de 20% na cidade, e a tal justiça fiscal criou um protesto na porta da Câmara neste sábado (28). Segundo a presidente do Sindicato dos Servidores de Apucarana Elisabete Costa do (SINDSPA), a movimentação na Câmara foi mais para mostrar que no final do ano, o Prefeito de Apucarana apunhalou a população com a aprovação do IPTU, mas ela vê que este ato pode beneficiar os Servidores de Apucarana, se Beto Preto cumprir com sua palavra em dar o aumento para os servidores municipais. O AN Notícias ouviu a procuradoria da Prefeitura na pessoa do advogado Paulo Vital procurador do município que disse que o projeto é constitucional e que não vai trazer malefícios para a cidade. Perguntado ao mesmo sobre a crise que pode ocorrer no setor imobiliário de Apucarana, Vital disse que seria notícia fantasiosa. Já a Vereadora Telma Reis (PMDB) que manteve sua posição contrária ao projeto, viu que a Câmara de Apucarana vai entrar 2014 com a imagem arranhada perante a sociedade. A Vereadora que teve problemas na sexta-feira com a outra Vereadora petista e líder do Prefeito na Câmara Aurita Ferreira Bertoli, disse que a parlamentar ágil de maneira sorrateira e deselegante, sendo que em momento algum ela falou a verdade sobre Telma Reis. Veja o Projeto na íntegra aprovado pelos Vereadores de Apucarana e o quanto você irá pagar de IPTU, principalmente os bairros Cazarin e Interlagos que tiveram o valor venal aumentado em grande proporção, e que o Imposto vai gerar milhões de reais a mais nos cofres da Prefeitura de Apucarana, sendo a garantia para Beto Preto fazer mais empréstimos conforme seu mandato vai mostrar;

==============================================================================================

2014

==============================================================================================

-É como o AN Notícias tinha informado na primeira vez que o então secretário de Governo Petrônio Cardoso na administração de Beto Preto (PT) de Apucarana, quis sair de sua função de secretário e respirar novos ares, o mesmo definitivamente encerrou seu ciclo na Prefeitura de Apucarana nesta sexta-feira (03). O edital de exoneração saiu no decreto Nº 587/2013, datado de 30 de dezembro de 2013 e publicado nesta sexta (3) no Diário Oficial. Petronio Cardoso pode ser o primeiro a puxar a fila dos desligamentos da Prefeitura do médico nuclear e tido como o “Prefeito Perfeito”, que prometeu fazer um reforma administrativa e nos próximos dias poderemos ter outras exonerações polêmicas. O bem da verdade é que, dificilmente qualquer secretário que for trabalhar nesta gestão de Beto Preto vai dar conta do recado como o Prefeito realmente exige de seus comissionados. Não há estômago que agüente agradar uma administração egocêntrica, mesmo nas horas boas ou ruins, ficando um misto de frustração e utopia praticada por aqueles que são o verdadeiro pára-choque da administração pública. A família Cardoso fica fora do poder definitivamente na gestão de Beto Preto (PT), sendo que anteriormente foi seu Pai advogado e Colunista do AN Notícias João Batista Cardoso que saiu da Câmara Municipal de Apucarana, após seu pedido de desligamento de suas funções como procurador do legislativo. Petronio Cardoso segue agora para seu cargo de concursado na Câmara de Apucarana;

-Engana-se quem pensa que o ex-secretário de Governo da administração egocêntrica de Beto Preto (PT), está sem ter laços com o alcaide de Apucarana. O ex-secretário que demorou em sair do cargo voltou nesta segunda-feira (06) ao seu posto de origem na política apucaranense. Petronio Cardoso ainda tem ligações com a administração, pois vai ajudar a conduzir na Câmara, pareceres em projetos que possam ajudar a administração de Beto Preto com posição favorável ao que tudo indica neste 2014. Ele está na procuradoria da Câmara Municipal cargo este que lhe é aferido a um concurso público que o mesmo passou anos atrás como advogado do poder legislativo de Apucarana. Petronio Cardoso não comentou sobre sua saída em definitivo da administração do médico nuclear Beto Preto, e não concedeu entrevista para a Imprensa.

Outra baixa na Prefeitura está prestes a acontecer

Outro secretário que está praticamente com um pé fora da administração de Beto Preto o “prefeito perfeito” e médico nuclear é o urologista Hélio Kissina da Secretaria de Saúde de Apucarana. O Secretário que foi moído ano passado por falta de médicos nos Postos, por não ter sanado as filas prometidas nos primeiros três meses de mandato e por não afastar de imediato três médicos acusados de negligência na morte de um garoto que havia falecido na UTI do Providência (só depois do fato cair na Imprensa), depois de ter seu quadro agravado por não ter sido atendido na UPA de Apucarana, deve pedir o chapéu também nos próximos dias da administração egocêntrica de Preto. Hélio Kissina deve voltar suas atenções a família e a seu consultório em Apucarana, pois como médico renomado na cidade, pegou uma batata quente e só está tendo prejuízo profissionalmente, conforme ele mesmo alegou ao AN Notícias meses atrás. O cotado para tentar arrumar a casa é o superintendente Roberto Caneta, aliado de outros carnavais de Beto Preto (PT);

-Seguindo sugestões colhidas durante audiência pública, a Prefeitura promoveu mudanças viárias na Rua Nagib Daher. O serviço foi realizado na madrugada desta quarta-feira (08/01) pela empresa contratada pelo Município, com o objetivo de não atrapalhar o trânsito. Agora, a via conta com duas faixas de rolamento e o estacionamento ficou restrito ao lado direito da rua. De acordo com o superintendente de Trânsito, Silnei Bolonhese, as intervenções executadas foram discutidas no final do ano passado, durante audiência pública realizada no salão nobre da Prefeitura. “Cerca de 60 pessoas participaram dos debates, incluindo comerciantes, profissionais liberais e moradores das imediações”, afirma Bolonhese, destacando que o serviços não foram feitos antes por causa da situação climática. “Programamos por duas vezes com a empresa a realização do serviço, mas tivemos que adiar por causa da chuva”, observa. As duas faixas de rolamento foram implantadas no trecho entre as ruas Galdino Gluck Junior e Rua Guarapuava, totalizando 8 quadras. “Trata-se de uma área de muitas clínicas, laboratórios, hospital, farmácias, prestadores de serviços e de comércio, que recebe um volume significativo de veículos”, argumenta o prefeito Beto Preto. Ele diz ainda que outro fator que complicava o trânsito nesta região são os ônibus do transporte coletivo urbano e outros que vêm do Vale do Ivaí trazendo pacientes.Beto Preto salienta ainda que a “Nagib Daher” é a quinta via onde foram implantadas duas pistas de rolamento, melhorando a fluidez do trânsito na área central da cidade. As demais ruas abrangidas pelas mesmas intervenções são a Clotário Portugal, Osório Ribas de Paula, João Cândido Ferreira e Guarapuava. “Estamos ouvindo a população e discutindo as mudanças em audiências públicas antes de executá-las. O trânsito está fluindo melhor, com benefícios para motoristas e pedestres, e as intervenções terão sequência”, frisa o prefeito de Apucarana;

-O portal AN Notícias trouxe no final do ano passado uma enquete que abordava a tal reforma administrativa que Beto Preto (PT) prometerá realizar nos primeiros dias de 2014 em seu segundo ano de governo. Pois bem caro leitor, até agora somente um comissionado do alto escalão foi exonerado, e até ai nenhuma novidade, pois todos sabiam do pedido do ex-secretário de Governo Petrônio Cardoso que tinha vontade de sair da Prefeitura de Apucarana. Beto Preto disse que vai trocar a maioria das secretarias, e quem sabe diminuir os gastos com comissionados, o que acreditamos que seria bem-vindo em seu segundo ano de mandato, já que no primeiro ano pouco se viu fazer pelos seus liderados, e muito gasto com a folha de pagamento detectada. Vejam as opões que a maioria dos internautas votou em nossa enquete que visa ajudar o alcaide a melhorar sua equipe de Governo que deve ter poucas mudanças ao que tudo indica;

-O Hospital da Providência de Apucarana informa, através de sua assessoria de imprensa, que após reunião realizada na noite de ontem, entre a Direção da Instituição, os médicos anestesistas e a Autarquia Municipal de Saúde, firmou-se um acordo sobre o valor pago pelos plantões de atendimento dos procedimentos cirúrgicos de urgência, emergência e eletivos. Com isso, as cirurgias eletivas do SUS – Sistema Único de Saúde - voltarão a ser realizadas na próxima segunda-feira, 13 de Janeiro,tanto no “Providência”, como na unidade Materno Infantil. A Instituição reitera que não faltaram esforços de ambas as partes para que esta situação fosse resolvida. Lembramos ainda que a negociação só foi concluída graças ao aumento dos repasses do Ministério da Saúde, que foram obtidos através do empenho da Autarquia Municipal de Saúde;

-O AN Notícias no final do ano trouxe uma das enquetes que mais votação teve, e mostrou a insatisfação do Apucaranense com a atual administração egocêntrica e enfadonha de Beto Preto (PT), que aumentou os impostos no final do ano na cidade, e gerou revolta em vários setores por causa do IPTU que nem audiência pública existiu para saber se o povo era favorável ou contrária ao aumento do Imposto. Em nossa enquete mais de 80% dos internautas que votaram durante duas semanas, mostraram que o aumento é impróprio para 2014, pois há vários anos o preço estava congelado em Apucarana. (veja o resultado na galeria de Imagens) . A Subseção da OAB de Apucarana deve entrar nos próximos dias com uma ação na Justiça para derrubar o aumento do IPTU em Apucarana, aprovado no final do ano passado as pressas pelo prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT). Tudo indica que a presidência da entidade em Apucarana quer que o Imposto Predial Territorial Urbano, seja discutido entre a população e o poder público de maneira ampla e sem prejudicar A ou B. O problema é que não houve uma audiência pública sobre o assunto, simplesmente por que o Prefeito da cidade quer aumentar o faturamento em caixa para ter neste seu meio de mandato, caixa para contrapartida em empréstimos que Preto pretendo fazer em Apucarana. Seguindo exemplos de demais cidades onde o IPTU foi aumentado significativamente, a OAB de Apucarana deve mover a ação não em retaliação ao que vem sendo pregado por esta administração enfadonha, mas sim para que a verdadeira justiça fiscal seja feita com auxílio da população. Fernando Gameiro disse que “vai ouvir seus colegas de profissão e membros da OAB para saber o melhor caminho a ser tomado, e repudiu os aumentos em final de ano sem a consultoria da população por parte da Câmara Municipal e Prefeitura”. Vale lembrar que se a OAB não fizer esta movimentação jurídica na Justiça de Apucarana, outra instituição que pode impetrar com uma ação de imediato é o Ministério Público de Apucarana. A OAB volta de suas férias no dia 20 de janeiro de 2014 em Apucarana;

-Depois das férias forenses a promotoria pública de Apucarana na competência do Promotor Eduardo Augusto Cabrini deve voltar sua pauta para um assunto que é de extremo interesse dos Apucaranenses: a contratação do Diário Oficial da Prefeitura de Apucarana e a administração do médico nuclear e petista Beto Preto com o Jornal Tribuna do Norte. Um contrato feito entre a Prefeitura de Apucarana e o Jornal da cidade acabou chamando a atenção do promotor por se tratar de contrato sem licitação e envolver uma série de fatores que vão ser corrigidas neste ano de 2014. Beto Preto (PT) que contratou o Jornal Tribuna do Norte ano passado sem exigência de licitação, vai responder a este processo que culminará em outro poder o legislativo o qual segundo consta na Promotoria de Apucarana, cometeu a mesma irregularidade no ano passado, seguindo os passos de Alcides Ramos JR (DEM). Tanto a Prefeitura de Apucarana como a Câmara Municipal juntas pagaram ano passado mais de R$900 mil reais em publicações de atos e propaganda sem a licitação exigida por Lei, o que fez a promotoria investigar os gastos exagerados no órgão de Imprensa, e determinar que os dois poderes cumpram a Lei de abertura de licitação para que demais órgãos de Imprensa possam participar da licitação agora em 2014, onde teremos concorrências e derrubada nos preços cobrados atualmente. O promotor Eduardo Cabrini não escondeu ano passado que a Prefeitura de Apucarana e a Câmara possam continuar sem ter a obrigação de pagar um veículo de comunicação como Diário Oficial, se manter em seus sites os atos oficiais conforme vem acontecendo, e isto acarretaria em um economia significativa para os cofres públicos da cidade. Medida esta que foi tomado na gestão do ex-prefeito Valter Pegorer (PMDB) que economizou mais de R$ 800 mil reais com tais publicações;

- A audiência pública realizada ontem (16), no salão nobre da prefeitura, foi marcada por um consenso entre as pessoas que manifestaram sua opinião. Por unanimidade, todos afirmaram ser favoráveis à proposta da administração municipal em adotar fiscalização eletrônica de trânsito na cidade. Não faltaram sugestões, em especial aos locais para a instalação dos equipamentos para disciplinar a circulação de veículos na cidade e, como conseqüência, reduzir o número de acidentes e mortes. Conforme dados levantados pelo Instituto de Planejamento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan), as estatísticas justificam medidas que venham trazer mais segurança no trânsito na área urbana. Conforme explanação do vice-prefeito, em 2012 foram registrados 1140 acidentes, provocando a morte de 16 pessoas e deixando 584 feridos. Os dados de 2013, no entanto, ficaram restritos, aos três primeiros meses do ano. Entre janeiro e março aconteceram 295 acidentes, duas mortes e 127 feridos. Para embasar a proposta de adoção de fiscalização eletrônica, Júnior da Femac apresentou um levantamento das vias como maior número de acidentes entre julho de 2012 e março de 2013. A campeã é a Avenida Minas Gerais, com 127 ocorrências, seguida da Avenida Curitiba (80), Avenida Governador Roberto da Silveira (63), Avenida Munhoz da Rocha (42), Avenida Ponta Grossa (39), ruas Gastão Vidigal e Nagib Daher (20 cada), Praça Rui Barbosa (18), Padre Severino Ceruti (17), e Rua Nova Uckânia (15). Já os cruzamentos mais perigosos têm na liderança dois pontos da Avenida Governador Roberto da Silveira: os que cortam as ruas Urânio e Cristiano Kusmaul, respectivamente com 8 e 7 acidentes, também dentro do período de julho de 2012 a março de 2013. A proposta do Idepplan é instalar três diferentes tipos de fiscalização eletrônica na cidade, entre radares, lombada eletrônica e controle de semáforo. Esta última detecta veículos que furam o sinal vermelho (Furão).

PONTOS DE FISCALIZAÇÃO

Foram apresentados também os 13 pontos da cidade que, por sugestão da prefeitura, seriam os mais indicados para receber os equipamentos, sendo 5 deles na extensão da Avenida Minas Gerais, 2 na Avenida Governador Roberto da Silveira, 2 na Avenida Brasil,1 na Avenida São João, 1 na Avenida Mato Grosso, 1 na Rua Manoel Pereira e um Rua Cristiano Kusmaul. Para cada local foi definido o equipamento mais adequado, dentro da finalidade de trazer mais segurança no trânsito. A lombada eletrônica, por exemplo, seria instalada em dois pontos da Avenida Minas Gerais, após a entrada do Contorno Sul e na entrada da Fecea, bem como na Avenida Brasil, próximo ao residencial Araucárias, e na Avenida Governador Roberto da Silveira, na altura da Avenida Alcides Plácido de Oliveira. Já na Avenida Minas Gerais, nas proximidades da Multividros, a proposta é instalar um radar. Os equipamentos que registra os motoristas que avançam no sinal vermelho (Furão) e param sobre a faixa de pedestre têm previsão de instalação na Avenida Minas Gerais, perto da Fiat Marajó; na Avenida Mato Grosso, na altura do Muffato: na Avenida Brasil, entrada do Núcleo Habitacional Afonso Camargo; e ainda na Rua Cristiano Kusmaul, perto do Fujiwara. Outros três pontos devem receber simultaneamente os três tipos de fiscalização (radar+furão+faixa): Avenida Minas Gerais, próximo ao Posto Matrix e ao Muffato, e Avenida Governador Roberto da Silveira, na região do Fujiwara. “Estamos aqui para ouvir de vocês se vale a pena ou não instalar os equipamentos de fiscalização eletrônica de trânsito e se os locais são adequados ou não”, afirmou o vice-prefeito e diretor presidente do Idepplan, Júnior da Femac, durante a explanação do estudo realizado pelo Idepplan;

-O vereador Gilberto Cordeiro de Lima do (PMN) gerou polêmica nesta quarta-feira (15) em Apucarana, após dar uma entrevista na Rádio Nova AM e concluir que votará com tudo aquilo que o Prefeito Beto Preto (PT), mandar para a Câmara sobre o aumento de 6,78% para os servidores municipais de Apucarana. A polêmica gerada sobre sua declaração desagradou o SINDSPA de Apucarana, que disse durante a semana que vai se manifestar na votação extraordinária que será feita na Câmara Municipal de Apucarana para aprovar o aumento que a Prefeitura vai realizar. Bete Costa do Sindicato dos Servidores promete repudiar a atitude contra os Vereadores que fizerem lobby para o Prefeito de Apucarana. Nesta semana o Sindicato tentou um acordo com o Prefeito Beto Preto (PT) que não atendeu o Sindicato e nem a Imprensa para falar sobre o assunto;

-O ex-prefeito de Apucarana e ex-deputado Federal Carlos Scarpelini (PP), é o pai político do atual Prefeito Beto Preto (PT) que foi seu secretário da Saúde em sua última gestão, disse que analisa o atual mandato com atenção. Carlos Scarpelini disse que não pretende sair candidato neste ano para Deputado Estadual ou Federal, mas que o Partido Progressista o convidou a ser candidato para Deputado Federal por Apucarana. Carlos informou que o negócio dele é disputar o pleito de 2016 contra a atual administração de Beto Preto, pois ele comentou com a nossa reportagem que o mandato ainda não mostrou a que veio, e pouca coisa está sendo melhorada na cidade. “É por isso que eu pretendo ser candidato em 2016, não tenho nenhum obstáculo que me impeça de sair candidato a Prefeito, estou com minha situação política em dia, um partido forte e não falo mais com Beto Preto (PT)”, disse o ex-prefeito que não falou o motivo do rompimento com sua cria política. Carlos finalizou com o AN Notícias que seu grupo político não é ligado a atual administração, como muitos comentaram na época da campanha;

-Ontem o AN Notícias trouxe a informação divulgada em uma emissora de Rádio do Vereador Gilberto Cordeiro de Lima (PMN), que faz parte da base aliada do médico nuclear Beto Preto (PT), que votaria tudo que o Prefeito mandasse a favor, com relação ao Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana (SINDSPA). Gilberto gostaria de aprovar o reajuste salarial de 6,78% que é o que Beto Preto quer dar aos servidores, e aprovar o projeto em sessão extraordinária o mais rápido possível. Com essas declarações a presidente do Sindicato dos Servidores de Apucarana ficou na bronca e pediu espaço ao AN Notícias e criticou a atitude do Vereador. Bete Costa mandou um recado inflamado ao edil e desafiou o mesmo em dar uma coletiva lado a lado dela sobre as declarações sobre os aumentos dos servidores. Ouça como foi a entrevista com o AN Notícias;

-Beto Preto está cabreiro em mudar alguns nomes da sua administração de alto escalão, e criar um baita problema lá na frente. Os bastidores da política em Apucarana estão em alta nas apostas de quem deve dar lugar para novos secretários na administração do prefeito “perfeito” e médico nuclear Carlos Alberto Gebrim Preto (PT). Beto Preto que foi na Imprensa na última semana falar que vai trocar seis secretarias, na verdade pode estar num dilema que nem ele sabe por onde começar, pois não tem nomes de peso para agregar na sua administração que é mais cobrada na área da Saúde, onde várias denuncias e reclamações são diárias. Beto Preto pode manter Roberto Kaneta na secretaria de Saúde e efetivá-lo como titular, sendo um nome de confiança do médico nuclear e ligado a Hélio Kissina que já deixou a pasta pelo baixo salário. Na secretaria de Educação deve ter um remanejamento, sendo que o atual secretário Professor Fernando José de Freitas deve dar lugar para a Professora Marli Regina Fernandes, atual secretária de ensino superior. Beto Preto deve manter seu sogro a frente da Secretária de Serviços Públicos Jaime Gonçalves, onde é lembrado nas redes sociais e muito criticado por esta prática. Na Secretaria de Meio Ambiente deve assumir o superintendente Everton Pires no lugar do atual secretário Itamar Gomes de Oliveira, sendo que já teria um desgaste entre Preto e Itamar homem forte de Aurita Bertoli, conforme publicações na Imprensa, sendo este outro remanejamento. O atual secretário Paulo Kisner da Juventude pode assumir a Secretaria de Esportes, sendo outro cargo a ser remanejado no lugar de Dione Gaspar que deve ser rifada da administração de Preto. Na Funcap deve sair Ednei Mansano, aquele que dirigiu o Jornal Manchete na época da campanha de 2012 e que foi oposição ao ex-prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB), dizem que Mansano teria outra função no Governo de Beto Preto, mas fora do cargo, atuando novamente numa emissora de Rádio a qual o mesmo tinha uma participação em um programa de notícias e voltaria a atuar com o tal Jornal Manchete. Ainda não está confirmada a sua saída, mas foi um nome a ser lembrado pelo prefeito Beto Preto. Outras três pastas ficam a deriva na Prefeitura de Beto Preto, sendo a Secretaria de Obras (Beto Preto tentou trazer o ex-secretário de João Carlos de Oliveira Herivelton Moreno que disse não ao Prefeito neste final de semana), a Secretaria de Governo (que seria almejada por Ricardo Lima, filho do atual Vereador que foi eleito na oposição e hoje faz parte da base de Beto Preto pelo PMN, Gilberto Cordeiro) e a Secretaria de Juventude que pode ter um nome a ser indicado pelo PC do B que teria a frente o professor Dênis, que estava cotado para assumir a Secretaria de Esportes. Dizem que estas trocas devem ocorrer até o dia 28 de janeiro de 2014. Então vamos esperar para ver se estas mudanças ocorreram no mandato de Beto Preto, e se vai aumentar sua popularidade na cidade de Apucarana, que anda em baixa por não ter feito muito coisa no seu primeiro ano de mandato, principalmente em acabar com as filas nos Postos de Saúde nos três primeiros meses que ele prometeu na campanha;

-A Prova Pedestre XXVIII de Janeiro contará neste ano novamente com atletas de ponta oriundos do continente africano. A secretária municipal de Esporte e Lazer, Dione Gaspar, confirmou nesta terça-feira (21/01) a participação de Fikadu Seboka Dinbushe, da Etiópia, e de Sara Ramadhani Makera, da Tanzânia. Os africanos se juntam aos mais de 1.700 atletas que já se inscreveram para a 52ª edição da prova. Conforme Dione, Sara já tem um histórico de participação e de conquistas em várias provas no Brasil. No ano passado, ela venceu a Meia Maratona de Brasília, a Meia Internacional de São Paulo e a Corrida das Pontes de Recife, além de ter ficado em segundo lugar na Volta da Pampulha e na Meia Maratona das Cataratas de Foz do Iguaçu. Sara também participou da última edição da Prova São Silvestre, em São Paulo, e ficou em 4º lugar. No masculino, a atração será o atleta da Etiópia, Fikadu Seboka Dinbushe, de apenas 19 anos. “É uma jovem promessa e que está sendo preparado pelo Coquinho (Moacir Marconi), que é técnico e agente do atleta”, frisa Dione. A Secretária Municipal de Esporte e Lazer destaca o potencial dos atletas africanos, lembrando que Mark Korir - vencedor da Prova XXVIII de Janeiro em 2013 – ficou em segundo lugar na última Prova São Silvestre e que Nancy Kripron – vencedora da prova apucaranense – sagrou-se campeã da última edição da prova paulistana. “Infelizmente, esses dois atletas não renovaram o visto de permanência no Brasil e, com isso, não vão correr em Apucarana”, observa. De acordo com Coquinho, a jovem revelação da Etiópia também participou da última São Silvestre, mas Fikadu Seboka Dinbushe se sentiu mal e acabou abandonando a prova. “É um atleta com um talento claríssimo e acredito que, dentro de um ano, ele chegará forte para disputar provas como a São Silvestre”, afirma. Na última segunda-feira, Fikadu Seboka Dinbushe participou da Corrida de São Sebastião, no Rio de Janeiro, e ficou em quarto lugar;

-O prefeito Beto Preto (PT) participou, na noite de ontem, de reunião ordinária do Observatório Social de Apucarana (OSA). Realizado na sede da Associação Comercial e Empresarial de Apucarana (Acia), o evento teve a pauta aberta para o chefe do executivo municipal explanar os temas de maior vulto na administração. Os debates foram acompanhados por membros de entidades representativas da cidade. O prefeito falou sobre a preocupação de sua equipe com a transparência no gerenciamento dos recursos públicos. Falou, por exemplo, em efetivar a divulgação dos gastos da administração no dia-a-dia e não apenas dos balanços. “Também precisamos aprimorar o uso das audiências públicas, que estão aumentando”, disse. Beto Preto também fez um breve balanço a respeito de seu primeiro ano de mandato. “Apertamos o cinto e fechamos o ano em dia. Conseguimos saldar todas as folhas de pagamento”, afirmou o prefeito. “Na Saúde, aumentamos o número de consultas, principalmente na Atenção Básica e diminuimos em 90% as filas de madrugada nos postos”, completou o chefe do Executivo Municipal, que participou pela segunda vez de uma reunião do Observatório Social;

-Após discussão pública e outros momentos de mal estar com diretores do Conselho de Saúde, o prefeito Beto Preto conseguiu eleger a nova presidente da entidade. Letícia Bento é funcionária do Cisvir (presidido por Beto Preto) e foi escalada para ser a representante do poder público, que vem enfrentando dificuldades com o Consórcio, que vem denunciando ao Ministério Público vários procedimentos da Autarquia de Saúde. Recentemente houve um desgaste entre a administração municipal e o conselho, após o ex-presidente da entidade (também servidor público, só que não tão ligado ao prefeito) ter sido punido com o desconto em folha de pagamento dos dias em que se ausentou da cidade para um encontro de conselheiros. O caso foi parar no Ministério Público que recomendou a reversão da punição. Outro embate público envolvendo conselheiros e o prefeito foi durante reunião do Observatório Social, quando houve uma ligeira discussão entre ambos após algumas críticas quanto ao desempenho da Saúde Pública no município. Beto chegou a afirmar que alguns conselheiros eram seus adversários políticos, revelando seu descontentamento com a situação. Com a eleição de Letícia, a administração ficará em uma condição mais confortável, já que ela é esposa de um servidor do primeiro escalão da Prefeitura. O promotor da saúde pública Vilmar Fonseca acompanhou a eleição e garantiu que irá acompanhar de perto o trabalho desenvolvido pelo Conselho, que tem como atribuição fiscalizar o emprego dos recursos necessários para a manutenção da saúde pública no município;

-Foi divulgado neste sábado (01) de fevereiro de 2014, que o Prefeito e médico nuclear do PT de Apucarana, Carlos Alberto Gebrim Preto o Beto Preto o qual revelou a alguns amigos meses atrás, que tem o sonho de ser Ministro da Saúde no Governo Federal do PT, mas para isso Dilma Rousseff teria que ser reeleita, e assim que acabar as eleições de 2014, o mesmo iria para Brasília. Segundo informações apuradas no ano passado pelo AN Notícias, teria sim fundamento o comentário feito neste sábado no Jornal Fala Cidade da 98 FM. Primeiro que Beto Preto é prefeito da maior cidade no Paraná administrada pelo Partido dos Trabalhadores; segundo que ele é médico e sua formação é na medicina nuclear; e terceiro que ele já teve passagens no Ministério da Saúde em Brasília na década passada. O apresentador Luiz Magalhães comentou que Beto Preto pode ir sim para Brasília ao que foi revelado a ele, que uma fonte de Brasília do PT, confirmou que Beto Preto que tem ligações com o Deputado Federal André Vargas o qual é o vice-presidente da Câmara Federal, teria o aval do parlamentar. Se não for Ministro caso Dilma se reeleja, Beto Preto pode renunciar ao cargo de Prefeito e ir para um cargo de grande importância dentro do Ministério da Saúde. Beto Preto foi o prefeito que mais viajou para Brasília no ano passado na história de Apucarana, e é amigo do ex-ministro Padilha, mas quem pode indicar seria Lula como indicou recentemente o cargo a ser ocupado pelo Secretário de Saúde de São Bernardo do Campo ao ministério da Saúde na nova troca de ministro de Dilma. Quem está vibrando com essa possibilidade, é o vice-prefeito JR da Femac do (PDT);

-Conforme a reportagem do AN Notícias vem trazendo nos últimos dias, a troca de secretariado que o Prefeito de Apucarana Beto Preto (PT) o médico nuclear está fazendo, após surgir à queda de Petrônio Cardoso no final do ano passado também divulgada em primeira mão pelo AN Notícias na Imprensa de Apucarana, caiu agora o terceiro secretário de governo de Preto, (o segundo foi Hélio Kissina que pediu para sair, e Roberto Kaneta assumiu a pasta), e neste sábado ficou confirmado que Itamar Gomes de Oliveira vai deixar seu cargo na Secretaria de Meio Ambiente, e na próxima segunda-feira teremos ao que tudo indica mais uma exoneração, sendo a quarta no alto escalão da administração petista. Quem acabou sendo exonerado neste final de semana foi o secretário do Meio Ambiente Itamar Gomes de Oliveira que estava cotado para assumir o pátio de máquinas do município, mas foi desmentido pelo próprio Prefeito Beto Preto e Itamar Gomes pode voltar para a Cocap já nesta próxima semana. O motivo da queda de Itamar seria pelo rendimento do serviço do mesmo, ao não prestar contas aos subordinados de Beto Preto, que mais ficam bisbilhotando o que os secretários fazem para o chefe do poder executivo. Casos também como o desta semana onde denúncias de poluição no Rio Pirapó em Apucarana, ajudaram a pesar o negativismo em cima de Itamar. Quem deve assumir em seu lugar ao que tudo indica, será o superintendente da Secretaria de Meio Ambiente, Professor Ewerton Pires (traremos na semana que vem mais detalhes de sua provável nomeação). Quem poderá cair na segunda-feira (03) será a atual secretária de Esportes Dione Gaspar, conforme trouxemos dias atrás aqui no AN. A exoneração de Itamar Gomes foi repercutida neste sábado nas Rádios de Apucarana, e deve sair em edital do Diário Oficial da Prefeitura de Apucarana;

-Estão chamando à atenção na Prefeitura de Apucarana as novas licitações que a administração do médico nuclear e prefeito petista Beto Preto, terá que abrir nos próximos dias para dar andamento ao seu segundo ano de administração, e quem sabe, não ter problemas com a Justiça. Beto Preto ainda não autorizou a abertura de duas licitações de três polêmicas no início do ano, que são do Diário Oficial do município, da Agência que cuidará da publicidade legal da Prefeitura e a da compra de remédios para as UBSs de Apucarana. Essas novas licitações são demoradas para formulação de editais, e cuidam de um montante significativo da administração, e sem a abertura de licitação para a contratação das empresas para as respectivas áreas o gestor que no caso seria o Prefeito de Apucarana, pode ter sérios problemas no Ministério Público e na própria Câmara de Vereadores. A diretoria da Agência Pixel informou ao AN Notícias no final de 2013, que não iria mais atender a administração petista em Apucarana em 2014, que o contrato tinha terminado no final de 2013, e não teria interesses em disputar uma nova licitação com a Prefeitura. Neste caso, até o momento não foi informado em diário oficial quando é que a Prefeitura de Apucarana vai contratar uma nova agência de publicidade, e pelo que é de Lei, o município não pode fazer propagandas institucionais na Imprensa, seja elas Rádios, Sites, Jornais, e TVs, sem a tal agência de Publicidade o que é proibido por Lei. Já a do Diário Oficial corre no Ministério Público de Apucarana um pedido de nova licitação por parte da Prefeitura de Apucarana, em contratar um novo órgão de Imprensa escrito com circulação diária na região de Apucarana, para trazer os atos oficiais, mas a Prefeitura faz se achar necessário, pois tem o seu próprio site, e conforme a Promotoria do Patrimônio Público informou no final de 2013, o município poderia voltar com os jornais próprios iguais aos que o ex-prefeito Valter Pegorer (PMDB) tinha feito no final de seu terceiro mandato, onde economizou mais de R$ 750 mil reais na época. Atualmente é o Jornal Tribuna do Norte que detém este direito de publicar os atos oficiais em suas páginas, mas está sendo investigado na gestão de Beto Preto por ter sido contrato sem licitação em 2013. A outra licitação e esta com um recurso milionário é a compra de remédios para as UBSs de Apucarana pela Prefeitura neste ano de 2014. Pelo que foi divulgado nesta semana, o Prefeito médico nuclear Beto Preto (PT), vai gastar quase 18 vezes o valor que foi investido no ano passado para a compra de remédios, e o que despertou o interesse da promotoria da Saúde de Apucarana e do Observatório Social, pois o valor é muito alto, e terá que ser bem analisado pelos órgãos competentes para ver se a prefeitura não irá comprar em demasia, já que em 2013 o valor foi de R$ 1,2 milhões em compra de remédios por parte da administração de Beto Preto. A licitação da compra de remédios vai girar em torno de R$ 19 milhões de reais;

-A nova iluminação da Praça Interventor Manoel Ribas a Praça do Redondo na área central de Apucarana, gerou indagações na Imprensa da cidade durante esta semana, aos internautas da rede Social Facebook questionarem por que a Prefeitura de Apucarana não tinha colocado anteriormente no início de 2013, as novas lâmpadas que estão lá agora, iluminando com claridade a Praça que concentra um grande número de usuários de entorpecentes, mendigos e desocupados que usam o local para praticarem orgias dentro de um banheiro. Acontece que a nova iluminação não é nova e nem foi comprada, conforme algumas pessoas estão divulgando. Um servidor da Prefeitura de Apucarana informou que a nova iluminação nada mais é do que as lâmpadas que estavam no Cemitério Cristo Rei de Apucarana, que durante a noite parece uma iluminação de estádio pela potência de claridade das lâmpadas. Segundo este servidor as lâmpadas do Cristo Rei foram remanejadas para a Praça Rui Barbosa no final do ano passado, com autorização do Prefeito Beto Preto, que mandou retirar algumas lâmpadas do cemitério que foram colocadas na gestão do ex-prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB). A população aprovou a nova prática, porém, tem que ser comunicado que as novas lâmpadas vieram do Cemitério de Apucarana, e não adquiridas neste ano de 2014, conforme uma autoridade veio a comunicar nesta semana em uma emissora de Rádio;

-Os imóveis que ficam nas proximidades das ruas Urânio e Noboru Fukushima, onde o Município está construindo o Parque do Canal, deverão ser dotados de calçada. O Departamento Municipal de Fiscalização já notificou 66 proprietários de imóveis e concedeu um prazo de 30 dias para que a benfeitoria seja providenciada. Caso contrário, a Prefeitura vai executar o serviço e lançar o valor no IPTU de 2015. O Parque do Canal é um espaço de lazer que está sendo implantada em área que fica nos fundos do Senac e do Colégio PLGD, onde passa o Córrego Jaboti. O local está passando por um processo de revitalização e contará com vários atrativos, como pista de caminhada e academia de ginástica. De acordo com o superintendente municipal de Tributação, Anderson Henrique Brasil Tonin, a Prefeitura também pretende fazer notificações em outras regiões da cidade, convocando os proprietários a construir calçadas. A medida tem por principal objetivo melhorar a mobilidade urbana;

-O Observatório Social de Apucarana (OSA) anunciou em sua prestação de contas, que a partir deste ano as promessas de campanha do prefeito Beto Preto serão acompanhadas pela entidade. Através de seu site (www.nossaapucarana.com.br) o Observatório vai avaliar se o prefeito está cumprindo o compromisso de campanha assinado com o OSA. No último ano os observadores avaliaram o desempenho dos vereadores de Apucarana, que por sinal não foi bom, e a partir deste ano as atenções também estarão voltadas para o executivo municipal;

-A Autarquia Municipal de Saúde fechou na quarta-feira (5) o processo licitatório, na modalidade de registro de preço (pregão presencial). Dezenove empresas se habilitaram para serem potenciais fornecedoras durante um período de 12 meses. O registro de preços de medicamentos abrange um total de 235 itens e o valor global da licitação atingiu, ao final de diversas sessões de lances, o total de R$ 6.836.688,42 (seis milhões, oitocentos e trinta e seis mil, seiscentos e oitenta e oito reais e quarenta e dois centavos). Segundo o prefeito Beto Preto, diferente do que foi apregoado em denúncia de cunho político, ou seja, de que estávamos comprando um valor absurdo de medicamentos, o resultado final da licitação demonstra lisura, transparência e defesa do interesse público. “Algumas pessoas de má fé tentaram atingir a idoneidade da nossa gestão com denúncias descabidas. Sempre estarei aberto a questionamentos e ao diálogo, mas não posso aceitar campanhas sórdidas, patrocinadas pelo anonimato”, desabafa Beto Preto;

-Em ato realizado no final da tarde de ontem, o prefeito Beto Preto (PT) assinou os decretos, nomeando como secretários interinos o professor Paulo Aparecido Kisner, na pasta de Esportes; e o geógrafo e especialista em Direito Ambiental, Éwerton de Oliveira Pires, na Secretaria do Meio Ambiente. O secretário de gestão Pública, Nikolay Cernescu Junior também assinou os documentos. Dione Gaspar, titular do Esporte, e Itamar Gomes de Oliveira (Meio Ambiente), cumprem período de férias. Com relação ao professor “Paulão”, o prefeito Beto Preto afirmou que é seu amigo de longa data. “Chegamos a atuar juntos em escolinhas de basquete no Ginásio Lagoão, na categoria infanto juvenil. Tenho certeza que, neste período de interinidade, o Paulão irá conduzir com eficiência as políticas já implantadas pela secretária Dione Gaspar”, comentou. Quanto a Éwerton Pires, Beto Preto disse que é um técnico respeitado na discussão das questões do meio ambiente em todo o Paraná. “Da mesma forma, confio que irá dar andamento nos projetos iniciados pelo secretário Itamar Gomes de Oliveira”, avaliou. Ao secretário interino de Esportes, Beto Preto determinou de imediato o fechamento de um Pré-orçamento, junto ao secretário de obras, para iniciar o mais rápido possível a reforma da cobertura do Ginásio de Esportes Adildo Mecenas, no Jardim Ponta Grossa. A mesma providência foi solicitada em relação ao Ginásio de Esportes Gérson Chagas, do Pirapó. Ao secretário Paulo Kisner o prefeito solicitou ainda um contato com a Secretaria de Serviços Públicos, para um “pente-fino” em todos os campos de futebol do município, visando a poda de grama, limpeza e reparos necessários. E no caso do Ginásio de Esportes Antônio Basso (Lagoão) Beto Preto pediu um contato com o gabinete do vice-presidente da Câmara Federal, deputado André Vargas, no sentido de agilizar a liberação dos recursos de emenda de sua autoria, destinados à reforma da cobertura dessa praça esportiva. “As obras já foram licitadas e o contrato já está assinado com a Consvale, só falta a liberação do dinheiro”, explicou.
MEIO AMBIENTE – Ainda em relação à Secretaria do Meio Ambiente, Éwerton Pires revelou que já se reuniu com toda a equipe e solicitou relatório de cada setor. “O prefeito Beto Preto nos pediu urgência no acompanhamentos dos Termos de Ajuste de Conduta (TAC) dos cemitérios, bem como a notificação da Sanepar no caso do Rio Pirapó, e ainda um esforço visando a reabertura imediata do Bosque Municipal”, informou Pires;

-Era esperado o anuncio do Professor Denis Denilton mais conhecido como Professor Denis do PC do B de Apucarana como secretário de Esportes da administração do médico nuclear Beto Preto (PT), e vendo que ia entrar numa furada, o professor Denis resolveu falar o motivo: Beto Preto não cumpriu com o combinado. Denis Denilton comunicou o PC do B do Paraná em Curitiba nesta semana, que não tinha nenhuma vontade de participar da administração do prefeito egocêntrico, pois o motivo foi à nomeação de Paulo Kisner como interino da Pasta, e Beto Preto que de companheiro quase não tem nada, jogou água no Chopp na pasta que era tida como garantida pelo Ministro dos Esportes Aldo Rebelo que gostaria de ter alguém de seu partido a frente em Apucarana. Denis foi confirmado por um jornal de Apucarana que o mesmo seria diretor de Esportes na administração de Beto Preto, mas o professor resolveu correr da friagem que iria se meter, e desmentiu o jornal em entrevista ao repórter Ciro Domingues, ou seja, seria queimar o filme de quem pode estar num futuro não tão distante em uma posição melhor do que iriam jogá-lo neste ano;

-O prefeito de Apucarana, Beto Preto (PT), anunciou hoje (7) o rompimento do contrato de concessão do parquímetro (estacionamento regulamentado), com a empresa Lapaza Empreendimentos Ltda. “O Município estava sendo lesado em seus direitos e estamos atuando em defesa do interesse público”, justificou o prefeito. O estacionamento rotativo foi instituído em dezembro de 2005, na área central de Apucarana. Já o contrato com a Lapaza foi firmado no início de 2006, para vigorar por cinco anos; em 2011 o contrato foi aditivado para mais cinco anos. Ao oficializar a caducidade da concessão, com a conseqüente extinção da mesma e rescisão do contrato, o prefeito Beto Preto também adiantou que, por alguns dias a cidade deve ficar sem o estacionamento regulamentado. “Já estamos estudando a contratação de serviços emergenciais e, ao mesmo tempo, vamos preparar uma nova licitação para gestão do estacionamento regulamentado em Apucarana”, informou. Conforme explicou o Procurador Jurídico do Município, Paulo Sérgio Vital, em fiscalização tributária na Lapaza ficou constatado que a empresa deixou de cumprir cláusulas do contrato. “A empresa foi autuada por recolhimento a menor do ISS e não estava repassando ao município o percentual de 7% do faturamento bruto, previsto no contrato”, argumentou Vital. A mesma fiscalização resultou em execução fiscal contra a Lapaza no valor de R$ 864 mil, referente a multas contratuais e diferenças de repasse na receita do estacionamento rotativo. “Enquanto que em Foz do Iguaçu, Joinvile e Florianópolis é praticado um repasse de 8 a 14% aos municípios, em Apucarana o percentual era de apenas 7%, mas nem isso estava sendo cumprido. O rotativo conta com 970 vagas e durante todo o ano de 2013 a Lapaza repassou somente R$ 19 mil à Prefeitura de Apucarana”, comentou o prefeito Beto Preto.

CRONOLOGIA DO CASO LAPAZA
2006- O contrato de concessão – para administrar o estacionamento rotativo - foi firmado com a Prefeitura de Apucarana no ano de 2006, quando ficou estabelecido o valor inicial de R$ 2.608,200,00.
2006– O contrato previa que a administradora do estacionamento rotativo deveria repassar ao Município o equivalente a 7% da arrecadação bruta do parquímetro. Também estava previsto multa de 10% sobre o valor atribuído ao contrato, em caso de irregularidades.
Março/2013- A Prefeitura de Apucarana, por meio do Departamento de Tributação e da Procuradoria Jurídica, decidiu realizar uma fiscalização na Lapaza, em decorrência de constantes reclamações de usuários, em relação aos serviços prestados.
Março/2013- Também pesou na decisão da Prefeitura de Apucarana em fiscalizar a Lapaza, a constatação de que os valores repassados ao Município (R$ 27 mil em 2012 e R$ 18 mil em 2013) eram insignificantes, comparados à movimentação financeira do sistema de estacionamento rotativo.
Março/2013– Em fiscalização do Departamento de Tributação da Prefeitura de Apucarana, realizada no dia 21 de março de 2013, foram recolhidos talonários de multas, anotações de venda de bottons, livros-caixa, comprovantes de depósitos bancários e registros de toda a movimentação financeira da Lapaza.
Abril/2013– Após minuciosa análise de todo o material recolhido na Lapaza, o Departamento de Tributação da Prefeitura de Apucarana e a Procuradoria Jurídica constataram várias irregularidades e autuaram a Lapaza, que foi notificada para apresentar defesa no prazo de cinco dias.
Abril/2013– Como as justificativas da Lapaza não foram consideradas satisfatórias, o prefeito Beto Preto decidiu acatar o parecer da Procuradoria Jurídica e manter a notificação da Lapaza Empreendimentos Ltda.
Abril/2013– O Departamento de Fiscalização Tributária explica que, deste total, R$ 313 mil são referentes à diferença do repasse na receita do estacionamento rotativo, no período de janeiro de 2008 a março de 2013. A Lapaza deve ainda multa contratual – conforme a cláusula 11.4 – no valor de R$ 378 mil. A empresa também foi autuada por recolhimento a menor do ISS, no período de janeiro de 2008 a dezembro de 2012, conforme auto de infração de Nº 006/2013, no valor de R$ 129 mil; além de mais R$ 43 mil, pelo descumprimento do artigo 1º da Lei Municipal Nº 089/2012.
Maio/2013– A Procuradoria Jurídica do Município promoveu a execução fiscal contra a Lapaza, cobrando da empresa o valor do crédito de R$ 864 mil apurado na fiscalização tributária.
JULHO /2013– Parecer jurídico Nº 296/2013 da Procuradoria Jurídica aponta descumprimentos de cláusulas contratuais por parte da Lapaza. Avaliando a cláusula 11.5 a Procuradoria Jurídica entende que deve ser declarada a extinção da concessão. A partir daí o Município poderá promover a imediata assunção dos serviços.
FEVEREIRO/2014– O prefeito Beto Preto assina a decisão, declarando a caducidade da concessão e a conseqüente extinção da mesma, e rescisão do contrato nº 190/2006. Ao mesmo tempo, o prefeito assina o decreto Nº 53/2014, oficializando com a sua publicação a caducidade da concessão do serviço de estacionamento rotativo em Apucarana;

-Uma nova polêmica em Apucarana está girando em torno do Observatório Social de Apucarana (OSA) e a Câmara Municipal de Apucarana no tocante as Câmeras de Segurança do município. Segundo o diretor do OSA Rogério Ribeiro o qual também é diretor da Fecea de Apucarana, ele enviou para o poder legislativo uma sugestão para que a Câmara abra uma CPI para investigar a falta de manutenção e funcionamento das Câmeras de Segurança que não estão funcionando desde o final do mandato de Valter Pegorer (PMDB). Segundo o diretor do OSA este pedido foi para que os vereadores apontem pela CPI aonde é que não estão funcionando as Câmeras de Segurança principalmente no centro de Apucarana, pois a onda de violência aumento e muitas Câmeras de Segurança não funcionam. O vereador e vice-presidente da Câmara de Apucarana Luiz Magalhães do (PT), disse que vai estudar a sugestão da CPI pelo pedido do OSA, mas já foi feito um requerimento no ano passado para saber quantas Câmaras Apucarana possui, quantas estão em funcionamento e quantos Câmeras que gravam, todos os vereadores aprovaram e aceitaram, mas o ex-diretor do Idepplan na gestão de João Carlos de Oliveira (PMDB), José Luis Miguel não compareceu para esclarecer os fatos na época devido a um problema de família, mas depois disto a Câmara de Apucarana não obteve mais respostas. As Câmeras de Segurança que está sendo questionadas pelo Observatório Social, seriam aquelas compradas no Rio de Janeiro na gestão de Valter Pegorer (PMDB), pois a empresa que venceu a licitação que foi alta na época, e tinha a obrigatoriedade de dar manutenção para as Câmeras de Segurança, infelizmente não ocorreu conforme o contrato exigia;

-O novo Assessor Técnico de gabinete do prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT) já foi escolhido. Beto Preto terá um reforço em seu segundo ano de mandato com a ida do servidor de carreira da Câmara de Apucarana, Julio Cesar Ravazzi que já esteve envolvido em várias polêmicas na Câmara de Apucarana, sendo a última com o vereador Vladmir (PDT) que faz parte da base aliada de Beto Preto. Julio Cesar vai tentar aplicar sua experiência que possui de lei orgânica e os caminhos das pedras para Beto Preto (PT), tentar salvar o seu mandato que não decola. Um fato que chama a atenção foi que Julio Cesar era cotado para ser o novo Secretário de Governo, cargo este vago desde a saída de Petronio Cardoso, justamente algoz de Julio Cesar quando Petronio foi presidente da Câmara e afastou Ravazzi. Se Beto Preto queria alfinetar Petronio Cardoso chamando um antigo desafeto para quem sabe substituí-lo ele o fez, mas outras fontes dizem que este cargo pode ficar com um professor ligado ao vereador Luciano Molina do (PMDB). Julio Cesar pode optar em receber seu pagamento salarial pela Câmara de Apucarana, e assim a Prefeitura não teria gasto em seu salário;

-Até o final deste mês (fevereiro) a Prefeitura de Apucarana pretende reativar o estacionamento regulamentado na área central da cidade. O anúncio foi feito na tarde de ontem pelo prefeito Beto Preto, ao assinar ofício autorizando a contratação, em caráter emergencial, de empresa operadora do sistema de estacionamento rotativo. O vice-prefeito e diretor-presidente do Idepplan, Junior da Femac, explica que a contratação será por um período breve. “Estimamos que o serviço em caráter emergencial terá duração de 90 dias, tempo necessário para que a prefeitura possa adotar todos os procedimentos legais visando uma nova licitação de concessão para administrar o rotativo”, informa Junior. Segundo ele, a partir de agora serão contatadas várias empresas deste segmento. “Vamos solicitar orçamentos para operacionalização do sistema de estacionamento rotativo, exigindo como condição uma remuneração mínima ao município de 10% do faturamento bruto, mais impostos”, revela o diretor-presidente do Idepplan. Junior pondera que a Lapaza, que teve seu contrato interrompido devido a irregularidades, vinha remunerando o Município com apenas 2% do faturamento bruto do parquímetro e, durante 2013, repassou apenas R$ 20 mil à prefeitura. A partir de agora, seguindo a conduta de outras cidades, Apucarana vai exigir uma participação mínima de 10%. “O recurso obtido será reinvestido na sinalização vertical e horizontal, melhoria do sistema viário municipal, projetos vinculados a programas de trânsito e educação para o trânsito, além da manutenção de equipamentos como os semáforos sincronizados”, argumenta. Reinvestir o valor arrecadado na. A princípio, neste período de funcionamento temporário – com dispensa de licitação – o estacionamento rotativo terá cerca de novecentas vagas. “Para agilizar o atendimento dos usuários vamos contratar uma empresa que opere com o uso de cartões (talão), conforme funciona em Londrina, Maringá e Curitiba”, adianta o vice-prefeito. Os critérios definidos para a contratação temporária prevêem que a empresa deverá disponibilizar aos usuários, em todo o comércio, a venda de talões do estacionamento regulamentado. “Esperamos que num prazo de dez dias, o sistema seja reativado em toda a área central de Apucarana”, avalia Junior da Femac. A principal motivação para a contratação emergencial é proporcionar a rotatividade das vagas de estacionamento nas áreas tarifadas, com determinação do tempo máximo de permanência por vaga, oferecendo a igualdade do direito de todos a estacionar nas vagas públicas oferecidas. Na licitação futura, para a contratação de uma nova operadora do sistema, a prefeitura irá exigir mais recursos tecnológicos no funcionamento do rotativo;

-Dentro do objetivo de tornar o processo mais participativo possível, a prefeitura de Apucarana promoveu ontem a segunda reunião técnica para discutir mudanças no plano diretor do município, desta vez voltada principalmente a imobiliaristas. Há cerca de um mês, o tema foi debatido tecnicamente com engenheiros, arquitetos e construtores e nas duas oportunidades não faltaram sugestões em torno dos principais alterações propostas pelo estudo do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan). Uma delas diz respeito à verticalização, ou seja, a construção de prédios em regiões onde hoje não é permitido. Outra proposta é a ampliação do perímetro urbano, visando habilitar novas áreas para receber recursos do Governo Federal, através do Ministério das Cidades;

-O servidor de carreira da Câmara Municipal de Apucarana Julio Cesar Ravazzi que foi convidado para ser assessor de Gabinete de Beto Preto dias atrás, o qual ainda não foi nomeado seria por causa da declinação do mesmo ao prefeito e médico nuclear. Julio Cesar Ravazzi que é tido como um mestre dos magos dentro da Câmara de Apucarana sabe muito de Leis e era tido como o “cara” para salvar o mandato de Beto Preto, pois o alcaide não consegue fazer seu mandato decolar e gostaria de contar com o conhecimento de Ravazzi, que segundo corre os boatos nos corredores da Câmara de Apucarana, Ravazzi provavelmente não vá para a Prefeitura e ficará no seu cargo até se aproximar a aposentadoria na Câmara de Apucarana. Beto Preto (PT) não falou ainda sobre o convite de Ravazzi, pois a conversa do convite seguia sobre sigilo que vazou na semana passada na Imprensa de Apucarana. Julio Cesar comentou com o AN Notícias que não poderia falar nada a respeito do caso, mas se aceitasse o convite do Prefeito de Apucarana daria preferência para receber da Câmara de Apucarana onde seu salário seria maior, mas pelo jeito, ele deve continuar onde está;

-O Prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT) de Apucarana que não tem quase um grupo, ao contrário de seus rivais que tem um grupão fechado, Beto Preto está tentando a todo custo trazer seus amigos de infância para a sua administração. Como a maioria dos cargos de alto escalão de seu mandato são administrados por casais, Beto Preto que não conseguiu emplacar ninguém para o cargo vago deixado por Petronio Cardoso no final de 2013, foi procurar o professor do Colégio Platão e muito amigo do vereador Luciano Molina (PMDB), professor Olavo Guides para assumir o abacaxi que lhe espera na administração de Preto. Olavo Guides falou com exclusividade ao AN Notícias sobre sua ida para a Prefeitura, que antes era tida somente como especulação e que agora irá se confirmar, ao que tudo indica deve ser a Secretaria de Governo, um cargo mais de confiança absoluta do alcaide ao seu novo subordinado do que um assistente de gabinete. O salário dele deve ser o mesmo que é pago a um secretário e Olavo Guides não quis dar muitos detalhes comprometedores, antes de assumir a pasta tão visada, que era prometida para o servidor Julio Cesar Ravazzi que declinou ao convite, conforme informações passadas ao AN Notícias na Câmara Municipal nesta semana;

-Acontece nesta terça-feira (25) na UTFPR de Apucarana a primeira conferência da Defesa Civil de Apucarana. Todos os agentes do poder público, defesa civil e sociedade civil organizada podem participar da conferência que prioriza facilitar o combate e a prevenção de desastres naturais. Além de falar desta conferência a presidente do CONSEG de Apucarana, Ana Maria Schimidt falou sobre o estacionamento rotativo de Apucarana. Segundo informações apuradas pelo AN Notícias o CONSEG de Toledo assumiu o estacionamento rotativo naquele município Paranaense e lá o sistema tem dado resultados positivos. Perguntando para Ana Maria sobre se o CONSEG de Apucarana teria condições de assumir o rotativo de Apucarana para ter uma transparência melhor, Ana Maria disse que em Telêmaco Borba funciona normalmente, mas que em Apucarana teria restrições. O assuntou ganha repercussão devido ao cancelamento do contrato da Lapaza com a Prefeitura de Apucarana, determinados pelo alcaide Beto Preto (PT). Até o momento, Beto Preto informou que uma empresa deverá assumir o rotativo de maneira interina e que vai pedir conselhos sobre qual empresa ou entidade assumir no lugar da Lapaza. Ana Maria também comentou sobre as multas e como seria se o CONSEG assumisse o trânsito de Apucarana. Ouça como foi a coletiva dela para a Imprensa de Apucarana;

-Jornal Portal do Paraná deste domingo (23) trouxe em sua página que a advogada e atual namorada do Juiz e Diretor do Fórum de Apucarana, Elaine Caliman que foi advogada de Pegorer quando o mesmo era investigado pela Câmara Municipal de Apucarana na época que Alcides Ramos JR (DEM) aliado de primeira hora de Beto Preto na CPI da dívida pública de Apucarana, foi contratada nesta semana para ser diretora do Departamento Jurídico da Prefeitura de Apucarana na gestão do médico nuclear e prefeito Beto Preto (PT). Elaine já está no cargo alguns dias, e foi vista pela reportagem do AN Notícias na vinda de Ratinho JR na última sexta-feira (21) em Apucarana no Salão Nobre da Prefeitura. Elaine não quis comentar sua nomeação para a nossa reportagem. O salário de Elaine deve girar em torno dos R$ 6 mil reais aproximadamente e comandará um pelotão de advogados nomeados na gestão de Beto Preto desde 2013 no DP Jurídico da Prefeitura;

-A presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana e filiada ao Partido dos Trabalhadores de Apucarana, Elisabete Costa a Bete do SINDSPA fez uma denuncia grave nesta semana, informando com exclusividade ao AN Notícias que a atual presidência do PT abandonou o partido e não está mais residindo em Apucarana. O dentista Luis Carlos Caramori que foi eleito na polêmica eleição pela presidência do PT de Apucarana com o apoio irrestrito de Beto Preto médico nuclear e Prefeito de Apucarana pediu licença do cargo ao qual é dentista e diretor dentro da Autarquia Municipal de Saúde da Prefeitura de Apucarana, passou em um concurso público em Santa Catarina e foi embora para aquele estado, conforme denuncia da presidente do Sindicato dos Servidores e segunda colocada na eleição que quer a destituição da presidência e do diretório local do PT Apucarana. A eleição que foi parar na Justiça deve ganhar este novo e polêmico capítulo, após a segunda colocada das eleições denunciar este fato grave, que no estatuto do PT não permite que um presidente fique ausente da cidade no cargo, sendo que o vice-presidente eleito junto com Caramori e que assumiu o partido, não teria legitimidade em continuar no cargo e responder pelo partido, a não ser se fosse feita uma nova eleição e mesmo assim, este vice não poderia disputar o pleito do diretório local do PT de Apucarana. Segundo a petista Elisabete Costa o atual presidente teria tirado férias do seu cargo na AMS, logo após ter sido comunicado de sua passagem em um concurso público na região de Itapema no litoral catarinense. O AN Notícias tentou entrar em contato via celular com o atual presidente do PT, para saber sobre estas informações denunciadas pela sua concorrente, mas seu celular só dava caixa Postal;

-O Departamento de Tributação da Secretaria da Fazenda da Prefeitura de Apucarana já realizou o lançamento do ISS Fixo, ISS Estimado, Alvará de Licença para Funcionamento e Alvará de Vigilância Sanitária do exercício de 2014. Ao todo são 9 mil empresas, entre comércio em geral e prestadores de serviço, que têm até o dia 10 de abril para saldar as taxas e ficar em dia com o fisco municipal. Ao todo, o valor global lançado é de cerca de R$3,5 milhões. A novidade para este ano, alerta o secretário da pasta, Marcello Augusto Machado, é que os contribuintes de Apucarana terão que imprimir o boleto para pagamento pela internet. “Até o ano passado eram emitidos e enviados os clássicos carnês. A partir de agora, implantamos o sistema online, para dar mais agilidade ao processo”, comunica. Segundo o superintendente de Tributação, Anderson Tonin, o acesso ao sistema é simples e rápido. “O primeiro passo é acessar o site oficial da prefeitura, no endereço http://www.apucarana.pr.gov.br e, já na página principal, na galeria “Serviços Online”, clicar no ícone “ISS Emissão de Carnê”. Feito isto, na tela seguinte vai ser solicitada a seleção do tipo de cadastro. A escolha deve ser pelo “Mobiliário”. A partir daí o contribuinte vai escolher o tipo de carnê (taxa), o exercício e a opção de impressão (parcela, carnê completo, parcelas vencidas ou a vencer)”, detalha Tonin. Apesar da tecnologia já estar bastante democratizada, o superintendente diz que o contribuinte que por ventura não tenha acesso a um computador conectado à internet pode solicitar impressão junto ao setor de tributação, que fica localizado no térreo do prédio administrativo central da prefeitura.

Fiscalização – Contados 10 dias do vencimento das taxas municipais, a Superintendência de Tributação comunica que vai fazer um pente fino nos inadimplentes. “Realizaremos uma fiscalização e, além de ter que recolher ao cofres municipais o imposto devido, o inadimplente deve estar ciente de que estará sujeito a pagar juros e multa de 1 a 100 UFM (Unidade Fiscal do Município)”, esclarece Anderson Tonin, responsável pelo setor. De acordo com ele, o valor atual de uma UFM corresponde a R$56,59. Mais informações sobre o novo método para pagamento das taxas em Apucarana podem ser obtidas de segunda a sexta-feira, das 12 às 18 horas, pelo telefone 3422-4000;

-A Prefeitura de Apucarana comunica aos internautas do site AN Notícias e do Programa Fala Cidade, da Rádio 98,3 FM, que assim como nos demais exercícios, o carnê do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) deste ano vai ser enviado ao contribuinte via agência dos Correios. O vencimento para pagamento à vista, com desconto de 10%, será para o dia 10 de abril. O esclarecimento se faz necessário, sobretudo, devido participação do contribuinte que se identificou como “Claudinei”, veiculado pelo programa radiofônico desta sexta-feira, e replicado no site, no qual o mesmo emitiu comentário acreditando ser necessária a impressão do IPTU pela internet. A informação correta, conforme divulgação do Departamento de Tributação da Secretaria da Fazenda é que apenas as taxas municipais inerentes a comércios e prestadores de serviço (boletos do ISS Fixo, ISS Estimado, Alvará de Licença para Funcionamento e Alvará de Vigilância Sanitária) é que deverá ser emitida pelo contribuinte com auxílio da rede internet. O IPTU 2014 em Apucarana será enviado via Correios como todos os anos e chegará na casa do contribuinte com endereço atualizado junto à prefeitura. No mais, antecipamos agradecimentos e a compreensão da importância de levarmos sempre a mais precisa e correta informação à sociedade;

-O Conselho Municipal da Saúde realizou ontem (26) a segunda plenária do ano com destaque para a prestação de contas da Autarquia Municipal de Saúde (AMS), referente ao terceiro quadrimestre de 2013. Também constou na pauta, o resultado do processo licitatório da compra de medicamentos, bem como a conclusão da sindicância aberta pela saúde do município, a qual inocenta os médicos no caso da morte de um menino de 11 anos atendido na UPA com uma lesão no tornozelo, em outubro do ano passado. Todos os questionamentos foram prontamente esclarecidos por funcionários dos vários departamentos da saúde presentes na plenária, que também se colocaram à disposição para prestar explicações mais detalhadas em reunião já agendada. O departamento financeiro contábil, por exemplo, marcou para 10 de março, a partir das 9 horas, encontro com a comissão de finanças do Conselho Municipal de Saúde para voltar a discutir o relatório da prestação de contas. De acordo com balanço financeiro, a receita da AMS no 4º quadrimestre somou R$ 19 milhões e 780 mil, contra R$ 21 milhões e 964 mil em pagamentos efetuados no período. Com um saldo de R$ 5.969.631,68 do quadrimestre anterior, a AMS fechou 2013 com saldo de R$ 3.748.493,79 em caixa. Esses valores cobriram o total de 852.165 atendimentos, atividades e procedimentos envolvendo a saúde nos últimos 4 meses de 2013. Somente na UPA passaram neste período 33.639 pessoas, uma média de 280 pessoas ao dia. A recente licitação que envolveu 20 empresas para o fornecimento de 238 itens de medicamentos, ao custo de R$ 7 milhões e 164 mil, à autarquia de saúde, também foi detalhada para plenária, sem maiores questionamentos;

-Após atender hoje (28) o pedido de exoneração do secretário municipal da saúde, Hélio Kissina, o prefeito Beto Preto, em ato contínuo, nomeou interinamente para o cargo Roberto Youiti Kaneta, que até então ocupava a função de diretor da Autarquia Municipal da Saúde. Kissina justificou a decisão alegando dificuldade de conciliar a função pública com a profissão de médico. Beto Preto destacou a grande contribuição de Kissina no processo de reestruturação da saúde no município. “Agradeço a dedicação, lealdade e desprendimento que exerceu o cargo. É um médico capacitado, reconhecido que teve que se doar para nos ajudar. Ele acreditou no grupo e nas ações deste mandato participativo”, disse Beto. “Kissina continua no grupo, nos apoiando na relação com o Hospital da Providência, em especial com o corpo clínico, tendo em vista a liderança, o respeito e a credibilidade que possui no setor”, acrescentou Beto. Hélio Kissina disse que deixa o cargo com a sensação de tranquilidade. “Assume uma pessoa capacitada e experiente, que com certeza vai continuar nosso projeto de melhorar o serviço oferecido tanto na quantidade como qualidade”, afirmou. Além de secretário municipal de saúde, Roberto Kaneta assume outros dos cargos que eram ocupados por Kissina, o de diretor presidente da Autarquia Municipal de Saúde e de presidente do Fundo Municipal da Saúde. “Kaneta é um servidor com 29 anos de carreira, um dos primeiros funcionários da AMS. A saúde passa para as mãos de um planejador por excelência”, afirma Beto. Kaneta agradeceu a confiança do prefeito Beto Preto e do Hélio Kissina na escolha do seu nome. “É uma grande responsabilidade desempenhar o papel de gestor do sistema de saúde. Vamos buscar garantir a qualidade dos serviços”, anunciou Kaneta. Num balanço das ações da saúde nos 14 meses da gestão de Hélio Kissina ganham destaque a reestruturação do Programa Saúde da Família (PSF); extinção das filas de espera durante a madrugada nos postos de saúde; priorização do funcionamento do sistema do SUS; reestruturação do funcionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA); realização de mutirão para cirurgias eletivas; reestruturação do Programa Municipal da Saúde Mental; residência médica para o Hospital da Providência; liberação de mais recursos para o Hospital da Providência, que praticamente dobrou de valor; novo prédio do Cisvir; a luta para a vinda de uma Faculdade de Medicina; aquisição de mais 10 veículos para o PSF; disponibilização de mais ambulância para o SAMU; reforma nos postos de saúde Fouad Salomão e Valdecir de Paula; construção do posto de saúde no Centro Social Urbano; Academia da Saúde na UBS da Vila Nova; construção do novo prédio para farmácia municipal em terreno localizado na esquina das ruas Clotário Portugal e Miguel Simeão; e a redução do tempo de espera para consultas de oftalmologia, de um ano para 3 ou 4 meses, entre outras conquistas;

-O resultado da investigação que apurou as circunstâncias do falecimento do menor Roberto Camargo de Almeida Filho, 11 anos, ocorrida em outubro de 2013, após atendimentos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e encaminhamento ao Hospital Materno Infantil do Providência, foi divulgada ontem pela Autarquia Municipal de Saúde. O secretário municipal de saúde, Hélio Kissina, lembrou que, como medida preventiva, os três médicos que prestaram atendimento a Roberto, nos dias 6, 7, 8 e 9 de outubro foram afastados de suas funções, durante o transcorrer da sindicância. O parecer da Comissão de Sindicância, presidida pelo Dr. Elton Marcos Ayres Guerios, e tendo como membros o Dr. Fabrício Marques Leme, Dra. Luciane Paiva de Salles e Lauro Alberto Vieira dos Santos, indica que “não houve negligência médica nos atendimentos prestados, considerando que todos foram realizados no tempo adequado, ou seja, de 15 a 30 minutos após a chegada do paciente na UPA”. Conforme concluiu a comissão, os médicos procederam exames clínicos – conforme relato de testemunhas – e solicitaram exames complementares (raio-x e ultrassonografia), além de prescrever a medicação pertinente ao caso. “Não houve fratura, conforme apontou o Laudo Pericial, e não foi comprovada trombose ou embolia pulmonar, de acordo com os exames realizados pelo Hospital da Providência”, explicou o secretário. Segundo ele, os servidores indiciados (médicos) foram considerados inocentes das acusações que lhes foram imputadas, não cabendo qualquer responsabilidade ou penalidade aos mesmos, ficando arquivado o processo sindicante, pela improcedência da denúncia. Concluindo, Hélio Kissina fez questão de ratificar que a sindicância foi instaurada como forma de sanar dúvidas em relação ao atendimento prestado, e que foi conduzida com total transparência e abertura às partes interessadas. “O Ministério Público e o Conselho Regional de Medicina tiveram acesso aos prontuários e todas as demais informações solicitadas”, frisou o secretário. Kissina ponderou ainda a necessidade de reconhecer que nenhum procedimento que for feito, trará de volta a vida do menor Roberto Camargo de Almeida Filho que, infelizmente, teve um quadro com uma evolução bastante atípica. “E, diante destas circunstâncias, reiteramos nossa solidariedade à família e, em especial, à mãe da criança, Valacir Aparecida de Oliveira”, finalizou;

-Após atender hoje (28) o pedido de exoneração do secretário municipal da saúde, Hélio Kissina, o prefeito Beto Preto, em ato contínuo, nomeou interinamente para o cargo Roberto Youiti Kaneta, que até então ocupava a função de diretor da Autarquia Municipal da Saúde. Kissina justificou a decisão alegando dificuldade de conciliar a função pública com a profissão de médico. Beto Preto destacou a grande contribuição de Kissina no processo de reestruturação da saúde no município. “Agradeço a dedicação, lealdade e desprendimento que exerceu o cargo. É um médico capacitado, reconhecido que teve que se doar para nos ajudar. Ele acreditou no grupo e nas ações deste mandato participativo”, disse Beto. “Kissina continua no grupo, nos apoiando na relação com o Hospital da Providência, em especial com o corpo clínico, tendo em vista a liderança, o respeito e a credibilidade que possui no setor”, acrescentou Beto;

-O Prefeito Beto Preto assinou decreto ontem (05) instituindo uma Comissão de Avaliação de Lançamentos Tributários. O grupo, sob a presidência do secretário municipal da Fazenda, Marcello Augusto Machado, também terá a missão de promover uma revisão do Código Tributário do Município num prazo de 180 dias. A comissão vai se encarregar de analisar os lançamentos de impostos e taxas, incluindo a taxa de vigilância sanitária, a taxa de licença de verificação e funcionamento regular (alvará de licença) e o Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS Fixo). “Vamos avaliar todas as taxas e impostos e o novo lançamento está previsto para o dia 10 de junho”, anuncia Machado;

-Sem candidatura própria do PT em Apucarana e ao que tudo indica, e sem ter uma opção de seu grupo, o médico nuclear e Prefeito de Apucarana Carlos Alberto Gebrim Preto o Beto Preto (PT), está de paparicos com o ex-vereador e pré-candidato a Deputado Estadual do (PSDB) em Apucarana Sérgio do Cristma. Segundo informações de um órgão de Imprensa, os dois políticos estariam formalizando uma provável aliança que poderá ser discutida nos próximos dias entre os dois partidos na cidade. Uma que Sérgio do Cristma teria cargos comissionados na administração de Beto Preto desde o ano passado; dois é que Sérgio do Cristma se reuniu na semana passada antes do Carnaval com o prefeito de Apucarana; e três que Beto Preto fez questão de ir até Curitiba no ano passado com Sérgio do Cristma e até fotos tiraram juntos na reunião da AMUVI em Apucarana. Se formalizado o possível apoio Sérgio pode ser uma pedra no sapato de Valter Pegorer (PMDB) nesta eleição, sendo exatamente isto que Beto Preto quer que aconteça, segundo rola nos bastidores da política Apucaranense;

-A empresa Explora Participações em Tecnologia, escolhida pela prefeitura para assumir o estacionamento rotativo da área central de Apucarana enfrenta problemas com o mesmo serviço na cidade de Tubarão em Santa Catarina. A empresa detém a concessão do estacionamento da cidade e no mês passado a assessoria jurídica do município orientou o prefeito para reincidir o contrato com a mesma pois não teria resolvido uma série de problemas no serviço prestado. Segundo informações do jornal Diário do Sul, o documento da Procuradoria jurídica da prefeitura de Tubarão apontou diversas falhas no sistema do consórcio Extran, administrado pela Explora Participações. As falhas encontradas foram número insuficiente de monitores para orientação e venda de vagas; insuficiência de pontos de venda; ausência de autorização para fixação dos postes nos passeios públicos e falta de controle eletrônico das vagas de motociclistas. A prefeitura notificou a empresa e após 120 dias, a Explora não concluiu a implantação e foi multada. O prefeito de Tubarão Olavio Falchetti decidiu “dar mais uma chance” a empresa, para não prejudicar o trânsito da cidade que naturalmente ficaria tumultuado devido ao fim do sistema rotativo de estacionamento. A Explora foi contratada pelo município pelo prazo de 120 dias para operar através do sistema de talões, diferente do sistema de Tubarão e vai começar a operar nos próximos dias;

-A Prefeitura de Apucarana vai começar a parceria com a empresa Explora Participações em Tecnologia no dia 07 de Abril com o novo parquímetro na cidade. O trânsito de Apucarana está um caos desde Fevereiro deste ano, quando a Prefeitura rompeu o contrato com a Lapaza de Apucarana. Segundo informações na Imprensa de Tubarão Santa Catarina, a empresa que vai conduzir os trabalhos em Apucarana por 120 a 180 dias, tem queixas de reclamações na Prefeitura da cidade Catarinense. A empresa que é de Brasília vai ficar com contrato temporário em Apucarana, e deve repassar os 10% da arrecadação ao município. O sistema será via cartão e deve custar R$ 1,40 a hora em Apucarana. Nesta segunda-feira (24) o Juiz Fernando Andreoni Vasconcellos da 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Apucarana, negou o pedido de liminar da empresa Lapaza que decidiu contestar judicialmente o cancelamento do contrato do estacionamento da área central por parte da prefeitura de Apucarana;

-O prefeito e médico nuclear de Apucarana Beto Preto (PT) que não decidiu se vai a reeleição em 2016, anunciou nesta quarta-feira (02) que o vice-prefeito JR da Femac do (PDT) será provável candidato a deputado estadual pelo grupo da atual administração contra a oposição na cidade. Jr da Femac que não decolou como Secretário de Obras e chefe do Idepplan e entrou em algumas polêmicas no ano passado, uma delas seria nos estacionamentos na Praça da Cascata denunciada pelo Jornal Portal, onde carros da família do vice eram estacionados em locais onde a guarda municipal não aplicavam multas; entre outras polêmicas o vice empregou seu irmão no departamento jurídico do Cisvir de Apucarana, onde tem Beto Preto como presidente do Consórcio Intermunicipal, e também sua prima na Prefeitura de Apucarana, e a outra seria sobre os atrasos nas aprovações de projetos de construtores de Apucarana, que gerou também um embate na Câmara de Vereadores será um provável candidato do grupo de Beto Preto a Assembleia Legislativa do Paraná. Jr da Femac que tem seu pai o empresário Tião da Femac anunciou recentemente que não gostaria de ver seu filho disputando um cargo para deputado estadual por Apucarana, mas pelo jeito, o discurso deve mudar nos próximos dias. JR da Femac ficará somente na vice dentro da Prefeitura de Apucarana, confirmou o atual prefeito Beto Preto (PT). Se confirmada até as convenções seu nome como candidato, Apucarana aumenta o número de concorrentes em 2014 já tendo confirmados Valter Pegorer (PMDB), Sérgio do Cristma (PSDB), Mauro Bertoli (PDT), Val da Gráfica (PSC) e agora o de JR da Femac (PDT), podendo surgir mais nomes ainda;

-O ex-secretário de Obras de Apucarana Erivelton Moreno que está atualmente em meio expediente na Prefeitura de Apucarana, confirmou com exclusividade ao AN Notícias neste sábado (05), que não acertou sua ida para as pastas que JR da Femac (PDT) deixou nesta sexta-feira (04) para sair candidato em 2014 para Deputado Estadual. Erivelton Moreno garantiu que tanto o Prefeito como a Imprensa, se equivocaram em divulgar a nota afirmando que ele seria o substituto de JR da Femac, pois não falou nada com o alcaide Beto Preto (PT) e que não tem mais pique para assumir um compromisso tão atarefado como cuidar de uma secretaria de Obras, do Idepplan e do Trânsito de Apucarana. Se fosse a outras épocas, até que pensaria sim, mas como disse anteriormente ao AN Notícias que ficaria em meio expediente na Prefeitura, digo que não passa de especulação o que foi divulgado nas Rádios, Jornais, e sites deste final de semana que eu iria assumir os cargos de JR da Femac, desabafou Moreno;

-A bola da vez na política brasileira é o Deputado Federal André Vargas (PT), que recentemente foi polêmica em Apucarana por ter tido um título de cidadão honorário aprovado na Câmara de Apucarana, o qual a promotoria do Patrimônio Público vetou a entrega para o parlamentar neste ano de 2014. Vale lembrar que este caso aconteceu bem antes de explodir o caso de Vargas com o doleiro Alberto Youssef de Londrina, preso na Operação Lava Jato da PF. Vargas disse que ficou contente pela Câmara de Apucarana lembrar de seus serviços prestados em Brasília em favorecimento da cidade. Tendo o seu maior aliado o Prefeito Beto Preto (PT) de Apucarana, Vargas conseguiu nestes dezesseis meses de mandato petista na cidade, muitos repasses do governo federal para a cidade alta. O Deputado Federal cumpriu com sua obrigação com a cidade até então, mas a sua idoneidade foi afetada pelo bombardeamento midiático sofrido nos últimos dias pelas revistas Época e Veja, sendo alvo da Imprensa que mostrou sua aproximação com o doleiro que está sendo investigado por supostas fraudes aos cofres públicos do país como foi comprovado pela PF. Com relação ao título aprovado na Câmara de Apucarana, o presidente Deco (PR) informou que vai acatar o pedido da Promotoria Pública em não conceder o título por enquanto ao parlamentar. “Precisamos ter cautela neste momento, pois André Vargas passa por uma situação delicada na sua carreira política, e contribuiu com o desenvolvimento e vinda de várias casas para a cidade de Apucarana, não podemos julgar uma pessoa que está ajudando a cidade, vamos esperar a poeira abaixar e ver qual atitude o Deputado Vargas vai tomar com sua decisão com relação ao seu mandato. Isso não quer dizer que ele não mereça o título de nossa cidade, mas vou acatar o pedido do promotor”, disse Deco na Imprensa de Apucarana nesta semana;

-O partido PC do B aliado de primeira do PT do Deputado Federal André Vargas, da Senadora Gleisi Hoffmann e da presidente Dilma Housseff deve pular de barco no Paraná, conforme publicação da Imprensa curitibana nesta segunda-feira (14). O presidente do partido em Apucarana Professor Sebastião Barbagalo falou ao AN Notícias desta aliança a nível estadual, e também disse que em Apucarana o partido que apoiou o prefeito e médico nuclear Beto Preto (PT), não foi prestigiado como combinado e assim deve tomar novos rumos se depender da executiva estadual. Se confirmado o apoio ao ex-governador Roberto Requião (PMDB), o partido em Apucarana deverá apoiar o ex-prefeito Valter Pegorer (PMDB) na eleição deste ano para Deputado Estadual;

-A Prefeitura de Apucarana fará um novo contrato e com um aumento considerável para a próxima semana com a Cocap de Apucarana, que é a cooperativa responsável pela coleta seletiva na cidade. A cooperativa conta agora com o ex-secretário de meio ambiente de Apucarana, Itamar Gomes de Oliveira que voltou ao seu cargo de origem, antes de ingressar na Prefeitura. Segundo informações o contrato aumentará o repasse da Prefeitura para a entidade e a cooperativa terá 60 dias para fazer os recolhimentos na cidade inteira. A planilha de custo aumenta em 30 cooperados e mais três caminhões. O valor deste novo contrato não foi divulgado pela Prefeitura e pela Cocap. Atualmente a empresa não está fazendo a coleta como prevista em contrato com a prefeitura de Apucarana. Uma lei que está prevista para entrar em vigor no dia 03 de agosto deste ano, proibirá que lixo orgânico se misture com reciclável, “e a cooperativa terá que cumprir a nova lei e para isto, segundo o presidente Itamar Gomes a Prefeitura faça o investimento do novo contrato para que tudo de certo”, destacou;

-Parece que Beto Preto médico nuclear (PT) começará a fazer seus remanejamentos novamente na próxima semana. Foi publicado em Diário Oficial na última semana a exoneração de Orisvaldo César do Cargo que o mesmo vinha ocupando na Funcap, e em conversa com o AN Notícias nesta quarta-feira (23), o atual presidente da Funcap Edinei Rosina Mansano que ocupa o cargo deve deixar a pasta em definitivo, pois além de ter cumprido férias dadas pelo Prefeito petista, o comissionado Mansano deve não voltar mais para o cargo e Orisvaldo César deve assumi-lo. Edinei Mansano disse que o cargo está à disposição do Prefeito de Apucarana, pois Mansano tinha pedido exoneração, após Beto Preto começar a fazer sua tal reforma administrativa. O ex-editor do Jornal Manchete comentou que não fala com Beto Preto há alguns dias e que provavelmente não terá compromisso político para os próximos anos com Beto Preto (PT), pois Beto Preto está realizando em seu mandato remanejamentos e exonerações que não estavam combinadas, e isso está gerando uma crise em seu governo e com seus aliados e pode se já ser chamados de ex-aliados políticos. Mansano comentou que muitos que ajudaram Beto Preto na eleição de 2012, não devem estar na sua possível candidatura à reeleição em 2016, pois para Mansano o atual Prefeito de Apucarana pode não estar preocupado em momento em concorrer ao cargo na próxima eleição municipal. Beto Preto (PT) está indo para seu segundo ano de mandato e infelizmente não decolou e cumpriu com seu plano de governo como era esperado, e até o momento suas secretarias estão estagnadas, sendo a maioria com mandato interino ou remanejado de última hora. O último episódio envolvendo crise no seu mandato foi à briga entre os secretários de Fazenda Marcello Machado, e o secretário de Indústria e Comércio Laércio Costa que está afastado do cargo por férias recomendadas pelo Prefeito. Muitos nos bastidores, dizem que Costa pode não voltar ao cargo após o final de suas férias daqui a três semanas;

-A ACIA de Apucarana realizou nesta última segunda-feira (07), uma reunião para definir quem era a favor ou contra a inclusão das obras da retirada dos trilhos da ALL do centro de Apucarana, onde o Governo Federal poderá incluir a façanha nos quase R$ 230 milhões de reais. A maioria dos participantes foi favorável à ideia milionária, e já tem a adesão de encampar em Brasília o Deputado Federal Alex Canziani (PTB), o qual está com esta iniciativa para trazer os recursos do governo federal. Para os membros da ACIA de Apucarana esta obra teria uma importância muito relevante. A diretoria da ACIA quer incluir no esforço os clubes de serviço, sindicatos, associações, lojas maçônicas, para engrossar o caldo em cima desta meta. O prefeito de Apucarana Beto Preto que foi o pai da ideia em 2007 se pronunciou contrário dias atrás na Imprensa, pois segundo ele a dinheirama que seria gasta nesta obra poderia servir para outras áreas na cidade. Veja o resultado de mais uma enquete do AN Notícias desta semana que abordou este assunto polêmico;

-Nesta semana tivemos uma reunião no Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana (SINDSPA), e um tumulto foi gerado na reunião devido a questões políticas e sobre a nova eleição para presidente da categoria. O candidato a assessor do vereador Alcides Ramos JR (DEM) que foi eleito para representar a CUT em Apucarana e é servidor da Autarquia Municipal de Saúde de Apucarana, Aparecido Dias disse que vai querer disputar a eleição do SINDSPA contra Elisabete Costa. Aparecido disse que várias pessoas que gostariam de se filiar ao Sindicato, são barrados pela diretoria atual. Ele disse que vai buscar na Justiça o direito das filiações serem confirmadas. Aparecido que é ligado ao prefeito Beto Preto e a Alcides Ramos, disse que não teme a presidente Bete Costa, e que vai se organizar para a disputa para presidente do SINDSPA. A eleição não tem dada ainda para ser definida em Apucarana, e nesta última reunião a Imprensa não teve acesso;

-Um grupo de servidores da prefeitura de Apucarana procuraram o Ministério Público de Apucarana nesta quarta-feira (07), para denunciarem a presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Apucarana e região, Elisabete Costa por não atenderem os mesmo e filiarem ao sindicato. Segundo informações da Rádio Nova AM este grupo é ligado ao servidor Aparecido Dias, que pertence a Autarquia Municipal de Saúde e é ligado ao prefeito Beto Preto (PT). Dias disse na semana passada que gostaria de disputar a presidência do Sindicato, e foi acusado pela presidente Elisabete Costa de fazer tumulto na última reunião do SINDSPA. Dias é ligado também ao vereador Alcides Ramos JR, ex-presidente da Câmara de Apucarana. Os servidores da Prefeitura foram orientados ontem pelo Promotor Eduardo Cabrini a procurarem o Ministério do Trabalho de Apucarana. Os mesmos também foram orientados pelo Departamento Jurídico da Prefeitura de Apucarana. Na última semana, a presidente do Sindicato Elisabete Costa registro um Boletim de Ocorrência na Delegacia contra os servidores que fizeram agitação na sede do Sindicato;

-A Secretaria Municipal da Fazenda de Apucarana comunica que quem tem endereço atualizado junto à prefeitura vai receber o carnê via Correios. Os demais devem retirar os boletos em guichê especial na prefeitura ou ainda imprimir o carnê pela internet, no endereço www.apucarana.pr.gov.br. O vencimento para quem deseja pagar em cota única e receber o desconto de 10%, e da primeira parcela para quem optar pelo parcelamento, é dia 20 de maio. Neste ano foi lançado o imposto para mais de 53 mil imóveis. O valor global lançado atingiu R$ 15,5 milhões. O aumento é 19% maior do que os R$ 13 milhões registrados no ano passado. Um problema na impressão dos carnês atrasou o início da entrega dos boletos. Neste ano, com a revisão de valores, o IPTU teve reajustes de 5,58% até 18%. O objetivo da revisão de taxas e impostos é recuperar os anos de defasagem devido a não atualização do IPTU. Segundo recomendações, a prefeitura deve fazer reavaliação das taxas e impostos periodicamente. O IPTU ficou congelado por mais de 4 anos em Apucarana;

-Motoristas que transitam pela área central de Apucarana devem ficar atentos às mudanças realizadas pela Prefeitura Municipal. A logística do entroncamento das ruas Galdino Gluck Júnior, Ouro Branco e Nagib Daher foi alterada. Agora, a Rua Galdino Gluck Júnior terá mão única, com seu fluxo acontecendo somente sentido à Rua Nagib Daher, à direita. A conversão à esquerda para ingressar na Rua Ouro Branco está proibida. Além de perigosa, a manobra atrapalhava o trânsito devido o grande fluxo de veículos. Para sinalizar o ponto, foram instalados ilha com zebrado branco, taxas e placas refletivas indicando o novo sentido de tráfego. O trecho também ganhou uma faixa de pedestre. “Passou de um cruzamento perigoso para uma boa confluência de tráfego. Está 90% mais seguro”, afirma o superintendente de trânsito Silnei Bolonhesi. segundo ele, além de melhorar a trafegabilidade, com a alteração no sentido da Rua Galdino Gluck Junior, foi possível liberar o estacionamento em ambos os lados. O trecho possibilita o estacionamento de até 20 veículos;

-O ex-prefeito de Apucarana Valter Pegorer (PMDB) pré-candidato a Deputado Estadual foi novamente alvo de uma matéria polêmica em um jornal da cidade, e que fez o ex-prefeito de Apucarana retrucar na Imprensa o que já foi comprovado anos anteriores, que não existem volumes de dividas milionárias para a cidade de Apucarana pagar. A conversa que já virou monótona é sobre a dívida dos Bancos Santos Itamaraty, que provavelmente já foi tema de CPI em Apucarana, e devem já estar suspensas pela Justiça. A matéria traz menção de que Pegorer foi o que mais fez dívida nas administrações passadas, e estaria em quase R$ 200 milhões. Pegorer falou na Rádio Nova AM nesta segunda-feira (19), sobre este levantamento que seria equivocado, e estaria em desencontro com a real situação, pois a cidade não deve tal montante, e muito menos é uma das cidades mais endividadas do país. O fato ganha repercussão próximo as eleições e nesta segunda-feira o atual prefeito de Apucarana está participando até esta terça-feira de um fórum sobre municípios endividados. Pegorer desmentiu o Jornal o que é fato, e mostrou que a matéria teria cunho político, pois todos sabem do ranço entre o órgão de Imprensa contra o ex-prefeito. Pegorer disse ainda que Apucarana está com dinheiro sobrando em caixa, com tanto IPTU alto na cidade pela atual administração, o caixa da Prefeitura vai ficar mais do que positivo neste ano, pois as reclamações dos contribuintes são enormes e podem parar na Justiça. A cidade de Apucarana tem seu orçamento girado em torno de R$ 220 milhões ano;

-Num jogo de mistério o vice-prefeito de Apucarana JR da Femac (PDT), que jurou de pé junto que não seria candidato ao pleito de 2014, tanto é que seu Pai o Tião da Femac também iniciou a campanha “diga não JR, fique na Prefeitura”, acabou ganhando um novo capítulo desta novela que pode ter surpresas nos próximos dias. Acontece que o sonho de JR da Femac é ser Deputado Federal, pois o mesmo apostava na candidatura do líder maior de seu partido Osmar Dias a Câmara Federal, só que o mesmo não contava com a atitude de Osmar Dias, que freio sua saída do Banco do Brasil na vice-presidência e melou tudo. Sendo assim, Jr da Femac não terá escolha a não ser sair candidato a Deputado, ao que tudo indica a Estadual, dobrando com algum figurão ligado a Beto Preto, que provavelmente seja Enio Verri (PT), que atualmente é Deputado Estadual e presidente do PT no Estado. JR da Femac seria o novo na corrida para a ALEP? A oposição já prepara uma resposta nos próximos dias para dar um opositor de peso na eleição em Apucarana. Já temos confirmados quatro candidatos com o posicionamento de JR da Femac (PDT), sendo eles: Val da Gráfica (PSC), Mauro Bertoli (PTB), Sérgio do Cristma (PSDB) e JR da Femac (PDT). E o leitor pode estar indagando, mas e o Padre Valter (PMDB) como fica a sua situação? Segundo fontes, o ex-prefeito não quer disputar mais a eleição, e deve apoiar o seu ex-secretário de Meio Ambiente Joba Beltrame (PV) para Estadual, o que desagradou alguns pemedebistas em Apucarana, pois acreditava-se que o ex-prefeito iria botar a cara na disputa para quem sabe apimentar mais ainda a vida de Beto Preto (PT), atual prefeito de Apucarana que está com uma rejeição enorme na cidade. Na última enquete do AN Notícias sobre Beto Preto (PT), perguntamos aos nossos milhares de internautas se os mesmos votariam em um candidato apoiado pelo atual Prefeito de Apucarana, pasmem senhores, a maioria rejeitou esta possibilidade, o que vai dar margem a um grande investimento de marketing na campanha do seu vice-prefeito, se o mesmo tiver apoio do médico nuclear. JR da Femac tem até o final de junho para confirmar sua candidatura ou não;

-Acatando parecer da procuradoria jurídica, o prefeito de Apucarana, Beto Preto, determinou a rescisão do contrato celebrado com a Só Terra Construtora Civil Ltda. A empresa venceu o processo licitatório para executar serviços de manutenção e recuperação de cerca de 15 quilômetros de estradas rurais. A empreiteira teve, após assinatura da ordem de serviço, prazo de 90 dias para realizar as obras, que sequer foram iniciadas. “Após ser devidamente notificada para justificar o atraso, não restou outra alternativa ao Município senão a rescisão do contrato e aplicação de multa de 10% sobre o valor do contrato”, ressalta Beto Preto, lembrando que, com a medida jurídica, a empresa não poderá participar de licitações e será declarada inidônea para ser contratada pela administração pública pelo período de dois anos. Entre os serviços previstos estavam a limpeza lateral da estrada, suavização do talude, construção de lombadas, limpeza de caixas de retenção de água, corte e carregamento do cascalho, implantação de bueiros e compactação do cascalho. “Entre as especificações da obra constava ainda que o cascalho deveria ter espessura de 15 centímetros, em conformidade com normas técnicas e que garante maior qualidade aos serviços”, observa Beto Preto. O contrato de prestação de serviços, no valor de R$ 188 mil, foi assinado no dia 25 de novembro de 2013 e a ordem de serviço, expedida em fevereiro de 2014. “O responsável pela empresa percorreu os trechos, nas estradas do Tatuzinho e Ari Costa, e teve acesso ao projeto técnico. Por isso, ele não pode alegar desconhecimento do serviço que deveria ser executado”, frisa João Carmo Fonseca, secretário municipal de Agricultura;

-Em 2012, o Município fez uma obra de drenagem junto à ponte sobre o Córrego Jurema, na ligação entre o Jardim Gramado e o Núcleo Habitacional Papa João Paulo I, o que exigiu intervenções em área de preservação permanente. Para poder realizar a obra, a administração da época se comprometeu em restaurar a área com o plantio de 330 mudas de árvores nativas. “Mas o termo de compromisso para substituição e recomposição florestal foi simplesmente ignorado pela gestão anterior e agora eu fui notificado pelo IAP para providências imediatas”, afirma o atual prefeito, Beto Preto (PT). No documento endereçado ao atual prefeito, o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) reconhece que o compromisso foi assumido pela gestão anterior e ainda não havia sido informado ao novo secretário de meio ambiente. “Assim, estamos concedendo prazo de 30 dias para o plantio e de dois anos para os devidos tratos culturais. Solicitamos que, ao final do plantio, seja apresentado relatório fotográfico ao IAP para ser encaminhado ao Ministério Público”, consta no ofício, assinado por Raimundo Maia Campos Junior, chefe do escritório regional de Londrina. Beto Preto afirma que, além das dívidas no setor financeiro, a atual gestão também convive com heranças negativas em diversos outros setores. “Nesta semana, entregamos novamente à população um microônibus, que foi batido na gestão anterior e depois abandonado no pátio de máquinas. Assim como providenciamos o conserto do veículo, vamos também atender à notificação do IAP, lamentando que um acordo firmado com um órgão sério e de credibilidade tenha sido desrespeitado”, assinala Beto Preto. De acordo com Éwerton Pires, secretário municipal de Meio Ambiente, o termo de compromisso foi firmado como medida compensatória para que o IAP emitisse a Licença Ambiental Simplificada, sem a qual a obra não poderia ter andamento. “Na época, o Município informou que 24 árvores seriam cortadas e se comprometeu em plantar 330 mudas. O IAP emitiu a licença em julho de 2012, estabelecendo prazo de seis meses para que o termo fosse cumprido, o que acabou não acontecendo”, esclarece Pires;

-O PT de Apucarana iria realizar sua eleição para presidente neste sábado (14), mas devido a inclusão de um nome na disputa nesta tarde a eleição foi suspensa e adiada para 05 de Julho. Os candidatos que colocaram o nome a disposição do partido são: Marli de Castro (sindicato Saúde), Lafaite Luz é outro candidato, Rubens Moretti atual vice-presidente do partido e Marcos Barril foi o último nome que surgiu na tarde de hoje para a disputa da presidência do partido. Lafaite, Marcos e Rubens são os candidatos apoiados pelo atual prefeito petista de Apucarana Beto Preto. Apenas os integrantes do diretório municipal podem votar nesta eleição. Elisabete Costa está fora da disputa pela eleição do partido, sendo que a mesma perdeu a eleição para Luis Caramori que pediu afastamento da presidência, após ser aprovado em concurso público no Estado de Santa Catarina. Cerca de 27 membros do diretório devem votar no dia 05 de Julho no novo presidente do PT em Apucarana;

-O deputado André Vargas (ex-PT) arrolou o presidente do PT do Paraná, deputado Enio Verri, como testemunha no processo sobre a quebra de decoro parlamentar no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados. Além de Verri, Cargas indicou ainda os prefeitos de Apucarana, Beto Preto (PT) e de Alvorada do Sul, João Carlos Perez (PDT). O doleiro Alberto Youssef, preso na PF em Curitiba, também foi relacionado. Ao todo, são oito testemunhas, todas do Paraná. As informações são da Folha de Londrina. Julio Delgado (PSB-MG), relator do processo, afirmou que as primeiras oitivas devem ser realizadas nos dias 17 e 18 de junho, em Brasília, quando serão ouvidas as testemunhas elencadas pela acusação. Tanto as testemunhas da relatoria quanto da defesa não tem a obrigação de comparecer. Neste caso, o regimento manda que seja feito novo convite e, se houver nova recusa, o relatório final deverá ser finalizado sem todas as oitivas. Conforme Delgado, os depoimentos devem estar concluídos até o final do mês e o caso levado para votação em plenário antes do recesso parlamentar, apesar do “trabalho protelatório da defesa”. O relator se refere ao recurso dos advogados que pediram a suspensão do processo até que o STF se pronuncie a respeito da apuração sobre o envolvimento de Vargas com Youssef. “Essa questão já foi resolvida. Dos 21 deputados que compõem o conselho, os 13 que estavam presentes no dia dessa discussão votaram pela continuidade. O Conselho de Ética não tem que aguardar o STF”, alegou. Delgado disse que, após a instauração do processo, teve um encontro casual com Vargas no plenário. “Conversamos rapidamente, deixei claro que não há nada pessoal contra ele.” Para o deputado mineiro, até mesmo o pedido da vaga de Vargas pelo PT aparenta ser uma estratégia de salvamento do parlamentar. “Se o TSE cassar-lhe o mandato, o processo no conselho perde o objeto.” Caso seja cassado pelo conselho ou renuncie para escapar de eventual cassação, Vargas é enquadrado na Lei da Ficha Limpa e fica inelegível por oito anos;

-A eleição que não ocorreu do Diretório municipal do PT (Partido dos Trabalhadores) de Apucarana, no último sábado (14/06), para eleger o novo presidente, teve um desfecho nada satisfatório para o grupo do prefeito, com quatro inscritos para a disputa, das tendências, que juntaram compondo a maioria contra Beto Preto, teria deixado o prefeito muito insatisfeito com o Diretório. Segundo informações obtidas, junto a companheiros próximos do prefeito, o mesmo confidenciou que poderia afastar-se temporariamente do partido de Apucarana;

-O prefeito de Apucarana Carlos Alberto Gebrim Preto (PT) o Beto Preto, fez a nomeação da professora Maria Agar para a Funcap, após compromisso de campanha com a família da mesma que o apoiou em 2012, e agora, Agar substituiu de vez o ex-presidente da Funcap Edinei Rosina Mansano que foi exonerado do cargo dias atrás, porém, Mansano foi continua sendo visto diariamente no gabinete do alcaide. Sem citar uma vez se quer o nome de Mansano na substituição desta quarta-feira (25), a assessoria de Imprensa da Prefeitura de Apucarana fez uma matéria trazendo as qualidades que a nova comissionada de Beto Preto irá fazer nos próximos dois anos finais de sua gestão. Mansano foi condenado a prisão recentemente pela Justiça do Paraná e recorre da decisão judicial;

Publicações dos Atos Oficiais do Governo Municipal :

DIA 15/01/2013 

-NOMEAÇÃO DE ARIANE CARINE RAMOS NO DEPARTAMENTO JURÍDICO DA AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE


DIA 18/01/2013

-BETO PRETO NOMEOU E DEU REAJUSTE SALARIAL AOS FUNCIONÁRIOS DO CISVIR AO QUAL SE TORNOU PRESIDENTE.

-ABERTURA DE LICITAÇÃO PARA A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE MARMITEX VALOR QUASE R$ 190 MIL PARA O DIA 04/02

 
DIA 19/01/2013

DECRETO 24/2013 DEPARTAMENTO DE TURISMO FICOU DESIGNADO AO DO SECRETÁRIO DA CULTURA E ESPORTE

 
DIA 23/01/2013 
BETO PRETRO DEU AUMENTO AOS FUNCIONÁRIOS DO CISVIR 
 
 
DIA 24/01/2013
 
-PREFEITURA ABRE CONTRATAÇÃO DE EMPRESA LIGADA A ASSOCIAÇÃO DOS DESPORTISTAS POR R$ 91 MIL REAIS 1/2013


DIA 25/01/2013
-PREFEITURA REAJUSTOU AUMENTO NA COMPRA DE COMBUSTÍVEL DOS POSTOS ECO POSTO E AUTO POSTO APUCARANA 
 
 
-BETO PRETO NOMEOU PARA O CISMEL SUELY REGINA DE SOUSA 
 
-BETO PRETO NOMEOU PARA O CISMEL SUELY CEBRIAM KAMINSKI CARGO DE DIRETORA GERAL DA ASSISTÊNCIA SOCIAL 
 


DIA 26/01/2013

-SAIU AS NOMEAÇÕES DOS SECRETÁRIOS DE EDUCAÇÃO, TECNOLOIGIA E JUVENTUDE
 
 
-BETO PRETO CONTRATA A EMPRESA SOUZA E VALENTIM PARA FORNECER PÃES PARA A PREFEITURA NOS CMEIS SEM NECESSIDADE DE LICITAÇÃO DIA 29/01/203 LEI ADMINISTRATIVO 02/2013
 


DIA 30/01/2013
 
-PUBLICADO PELA PREFEITURA AS ENTIDADES A RECEBEREM REPASSES NA LEI 001/2013 CONSELHO ASSISTÊNCIA SOCIAL
 
 
 
DIA 02/02/2013
 
 
-BETO PRETO DEU AUMENTO PARA FUNCIONÁRIAS DO CISVIR DIA 02/02 100% CONFORME LEI DE PORTARIA 30/2013
 
 
-BETO PRETO CONTRATA A EMPRESA ROMANELLI EXPORTAÇÃO E IMPORTAÇÃO CNPJ 05453447000130 ASFALTO
 
 
DIA 03/02/2013

 
-BETO PRETO NOMEIA   SUELY CEBRIAM KAMINSKI  028/2013 PORTARIA 
 
 
-SECRETARIA DE EDUCAÇÃO RESOLVE REMOVER TODAS AS PROFESSORAS DE ESCOLAS E CMEIS DA PORTARIA 015/2013 ATÉ 84/2013
 
 
 
DIA 04/02/2013
 
 
 
-BETO PRETO DECRETA PROIBIÇÃO DE HORAS EXTRAORDINÁRIAS NA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL, LEI 037/2013
 
-BETO PRETO NOMEIA MARCOS VINICIUS BEFFA 48/2013 ASSESSOR EXECUTIVO 
 
-BETO PRETO NOMEIA EEDNEI ROBERTO ROSINA MANSANO COMO DIRETOR PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO CULTURAL E ESPORTIVA DE APUCARANA DIA 04/02 DECRETO 51/2013
A NOMEAÇÃO FICA CUMULATIVAMENTE DESDE O DIA 01 DE JANEIRO DE 2013 
 
-BETO PRETO NOMEIA O VICE-PREFEITO JR DA FEMAC COMO SECRETÁRIO DE OBRAS DECRETO 52/2013 
 
-BETO PRETO NOMEIA LUCAS LEUGI NOMEADO DIRETOR GERAL DO DEPARTAMENTO DO TRABALHO E RENDA LUCAS ORTIZ LEUGI DECRETO 53/2013 CUMULATIVAMENTE CC02
 
-BETO PRETO NOMEIA LUCIANE MARIA JONAS DIRETORA GERAL PEDAGÓGICA CC 02 AUTARQUIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DECRETO 55/2013
 
-SAIU A LISTA DE TODOS OS NOMEADOS DA ADMINISTRAÇÃO DE BETO PRETO DECRETO 046/2013
 
-AUTARQUIA DE EDUCAÇÃO DE APUCARANA APRESENTOU PROPOSTAS DE PAPELARIAS QUE VENCERAM LICITAÇÃO PARA FORNECIMENTO DE MATERIAL ESCOLAR PARA A PREFEITURA DE APUCARANA. LIBERAL PAPELARIA E COMERCIAL FARIAS R$ 40 MIL REAIS, CERCA DE R$ 11.989,75 LIBERAL E 28.986,30 COMERCIAL FARIAS LTDA
 

DIA 06/02/2013
 
 
-BETO PRETO NOMEU PARA CC02 NO IDEPPLAN ELISANGELA SILVA FIRMIANO POPOWICZ DECRETO 29/2013
 
 
-BETO PRETO DECRETA SINDICÂNCIA CONTRA AS SERVIDORAS ROANGELA MINEO E MAIANA BATISTA PORTARIA 21/2013
 
 
-BETO PRETO ABRIU LICITAÇÃO PARA A AMS 003/2013 VALOR DE R$ 188.436,00 PARA O DIA 21/02/2013
 
 
-BETO PRETO CONTRATA GRÁFICA APAE DE CALIFÓRNIA PARA ATOS FORMAL DE AUTORIZAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA SERVIÇOS GRÁFICOS EM 31 DE JANEIRO DE 2013
 
  
 
DIA 07/02/2013
 
 
 
-BETO PRETO CONTRATA A EMPRESA CASA DO ASFALTO EM R$ 420 MIL REAIS EM DOZE MESES PROCESSO ADMINISTRATIVO 03/2013
 
 
-BETO PRETO NOMEIA PARA DIRETOR DO CENTRO DA JUVENTUDE CRISTIANO MÁRIO MACHADO  CC-03 DECRETO 058/2013
 
 
-BETO PRETO NOMEIA SEU SOGRO COMO SECRETARIO DE SERVIÇOS PÚBLICOS DE APUCARANA, JAIME GONÇALVES DECRETO 049/2013
 
-BETO PRETO NOMEIA PARA A COMISSÃO DA DEFESA CIVIL DE APUCARANA ATAÍDE PANTALEÃO  DA SILVA DIRETOR OPERACIONAL E COMO SECRETÁRIO SILNEI BOLONHEZE
 
-PREFEITURA NOMEIA NA AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE EM PORTARIA 053/2013 COMISSÃO DE AVALIAÇÃO DE BENS INSERVÍVEIS ARIANE CARINE RAMOS CPF:047.569.289-60
 
-BETO PRETO NOMEIA EM CARGOS DE COMISSÃO NA AMS O MÉDICO DR LEONARDO MARCHI DECRETO 031/2013 CC1
 
 
-PREFEITURA CONTRATA COM INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO A EMPRESA VAL TRANSPORTE PARA AQUISIÇÃO DE VALES TRANSPORTES 01/2013
 
 
  
DIA 08/02/2013
 
-CISVIR CONTRATA POR DISPENSA DE LICITAÇÃO PARA SERVIÇOS GRÁFICOS APAE DE CALIFÓRNIA VALOR R$ 15.795 DISPENSA 01/2013
 
-BETO PRETO EXONERA DIRTORA DO DEPARTAMENTO DE ARTES CC3 VANESSA QUARTIM DECRETO 61/2013
 
-BETO PRETO NOMEIA DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE OBRAS CC2 RUBEM ORLANDO MOYANO DECRETO 59/2013
 
-BETO PRETO ABRE CRÉDITO ADICIONAL PARA AQUISIÇÃO DE ACADEMIA AO AR LIVRE  
 
 
 
DIA 09/02/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA FAZ REMOÇÃO DE DIRETORAS DE CMEIS CONTINUAÇÃO PORTARIA 86/87/88/89/2013 
 
 
 
 
DIA 14/02/2013
 
 
-BETO PRETO CONTRATOU O JORNAL TRIBUNA DO NORTE PARA FORNECIMENTO DIÁRIO DE JORNAL PARA A DIRETORIA ADMINISTRATIVA DA AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE. EXTRATO DO CONTRATO 8/2013 MODALIDADE INEXIGIBILIDADE N3/2013 SANCIONADO NO DIA 02/01/2013
 
 
 
DIA 15/02/2013
 
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA ABRIU LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE POSTO DE COMBUSTÍVEIS, VENCEU O POSTO CATUAÍ PROCESSO ADMINISTRATIVO 2/2013 PREGÃO 03/2013 VALOR TOTAL DE R$ 944.100,00 REAIS.
 
 
 
-CISVIR CONTRATOU A CLINICA DO DR HIRATA OFTALMO CHAMAMENTO PÚBLICO N 01/2013 POR UM ANO
 
 
 
 
DIA 16/02/13
 
 
-BETO PRETO NOMEIA SERVIDORES EM CARGO DE COMISSÃO NO IDDEPLAN IDEVAL DOS SANTOS FILHO CC01 DECRETO 57/2013
 
  
 
-PREFEITURA DE APUCARANA EXONERA A IRMÃ DE ALCIDES RAMOS JR DA  PROCURADORIA DA AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE. ARIANE CARINE RAMOS COMO SUPERINTENDENTE DE ASSUNTOS JURÍDICOS, CC-02 DECRETO 77/2013 FICA EXONERADA DESDE O DIA 14/02/13
 
 
 
 
 
DIA 19/02/2013
 
-BETO PRETO NOMEIA PARA  A AUTARQUIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO COMO SUPERINTENDENTE DE OPERAÇÕES ADAUTO VICENTE ALVES, DECRETO 67/2013
 
 
-BETO PRETO NOMEIA COMO SECRETÁRIA DA MULHER E ASSUNTOS DA FAMÍLIA MARCIA REGINA DE SOUSA DECRETO 68/2013
 
 
-BETO PRETO ABRIU CRÉDITO ADICIONAL SUPLEMENTAR NO VALOR DE R$ 300 MIL REAIS PARA A AUTARQUIA DE SAÚDE. DECRETO 72/2013
 
-BETO PRETO FEZ A NOMEAÇÃO EM DECRETO 62/2013 DE DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE COMPRAS, EDSON MÁRCIO BERTOLI
 


DIA 20/02/2013
 
 
 
-CISVIR DE APUCARANA CONTRATA EMPRESASA DE OFTALMO, DERMATOLOGISTA, NEURO IMAGENS, UROCLINICA PARA EXAMES GERAIS, LABORATÓRIO BIO CLINICO DE JANDAIA
 
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA CRIOU CONTA NO BANCO ITAU UNIBANCO AGÊNCIA 0974, CONTA 00692-E RESPONSÁVEL SERIA EDNA SUELY RIBEIRO DA SILVA TÉCNICA CONTABIL
 
 
 
-BETO PRETO CONTRATOU EMPRESA PARA AQUISIÇÃO DE PEÇAS SEM LICITAÇÃO PARANÁ EQUIPAMENTOS S.A PARA ROLO COMPRESSOR

 
-PREFEITURA DE APUCARANA ABRIU LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE CARTÓRIO DE TABELIONATO DE NOTAS PARA EXECUÇÃO DE SERVIÇOS NO VALOR DE R$ 200 MIL REAIS. PREGÃO 05/2013
 
 
 
DIA 22/02/2013
 
 
-BETO PRETO CONTRATA A EMPRESA VAL PARA TRANSPORTAR OS FUNCIONÁRIOS DO CISVIR
 
 
 
DIA 23/02/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA FEZ DISPENSA DE LICITAÇÃO N 02/2013 CONSUMO DE ÁGUA, SERVIÇO DE ESGOTO E SANEAMENTO NA AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE.
 
 
 
DIA 26/02/2013
 
 
 
-BETO PRETO NOMEIA NO CISVIR JOANA DARC PREVIATTI DIRETOR CARGO ADMINISTRATÍVO CC 10 PORTARIA 33/2013
 
 
-BETO PRETO NOMEIA RITA MARIA DA SILVA NO INSTITUTO DE ATENÇÃO A MULHER APUCARANENSE DECRETO 69/2013 DIRETORA DO DP DE ORIENTAÇÃO JURÍDICA
 
 
-BETO PRETO FAZ NOMEAÇÕES NO IDEPPLAN DE APUCARANA COM QUATRO CARGOS THAIS ANGÉLICA PEPATO OLIVIERE, PRISCILLA KEMPF BATISTA, CAROLINA ZANCHIN FONSECA E LAFAIETE DOS SANTOS LUZ DECRETO 82/2013
 
 
-BETO PRETO FAZ NOMEAÇÃO DO SEU ORLANDO DO TRÂNSTIO NO IDEPPLAN ORLANDO DE RUSSO MIRAS  CC04 DESDE O DIA 07 DE FEVEREIRO. DECRETO 81/2013
 
 
-BETO PRETO REAJUSTA TABELA DOS PROFESSORES DE MAGISTÉRIOS LEI 80/02 DE 01/01/2013 DECRETO 64/2013
 
 
DIA 28/02/2013
 
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA FARÁ REPASSES A ENTIDADES COM EXTRATO DE CONVÊNIO 01/05/2013 VALORES DE R$ 61.591,92 PARA ASSOCIAÇÃO CULTURAL E BENEFICENTE RESGATE DE DEUS, E AO SOMA SOMANDO AMOR PELA INFANCIA E ADOLESCÊNCIA
 
 
 
 
01/03/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA COM A AUTARQUIA MUNCIPAL ESTA CONTRATANDO EMPRESA PARA FORNECER MARMITEX NO VALOR DE 183.849, 00 FUNCIONÁRIOS DA UPA PREGÃO 02/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA FEZ A CONTRATAÇÃO COM A EDITORA TRIBUNA DO NORTE S/A DIA 02/01/2013 VALOR DE R$ 560,00 DISPENSA DE LICITAÇÃO CONTRATO 3/2013 ID 1458
 
 
DIA 02/03/2013
 

-CISVIR DE APUCARANA CONTRATA A EMPRESA ECOPOSTO PARA FORNECER COMBUSTÍVEL PARA A ENTIDADE NO VALOR DE R$ 65 MIL REAIS PREGÃO 01/2013
 
 
DIA 05/03/2013
 
 
-BETO PRETO NOMEIA NO CISVIR THIAGO BORGES COMO ASSESSOR ADMINISTRATIVO CC05 PORTARIA 36/2013
 
 
DIA 07/03/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA CONTRATA A GRÁFICA DO PLATÃO PARA IMPRIMIR PANFLETOS DA DENGUE PLATÃO GRAF GRÁFICA E EDITORA LTDA CNPJ 85086429/0001-04
 
 
 
DIA 08/03/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA NOMEIA CINIRA HELENA MARTINS WALDRICH PARA DIRETORA DO DEPARTAMENTO DE INCENTIVO A EQUIDADE DE GÊNERO, JUNTO A SECRETARIA DA MULHER DECRETO 99/2013
 
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA NOMEIA ELISANGELA CRISTINA HRUBA COMO ASSESSORA EXECTUVIO DERETO 94/2013 CC06 NA EDUCAÇÃO
 
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA NOMEIA FERANDO GREGÓRIO DE OLIVEIRA COMO ASSESSOR EXECUTIVO CC06 NA SECRETARIA DA FAZENDA DECRETO 96/2013
 
 
-PREFEITURA NOMEIA GRASIELE DOMINGOS DE SOUZA PARA COORDENADORA DE PROCURADORIA DECRETO 98/2013 CC05 PROCURADORIA JURIDICA
 
 
-PREFITURA DE APUCARANA CONTRATA A ADEFIAP PARA PRESTAR SERVIÇOS SEM INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO 07/2013
 

 
 
DIA 13/03/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA DECRETO Nº106/2013 ABRE CRÉDITO ADICIONAL SUPLEMENTAR NO VALOR DE R$ 44 MIL REAIS 08/03/2013
 
 

DIA 14/03/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA  DECRETO Nº 105/2013 FICA OFICIALIZADA A DENOMINAÇÃO DE CONDOMÍNIO ALTO DA BOA VISTA, 42 UNIDADES HABITACIONAIS
IMPLANTADAS O LOTE 2/E-REM DA GLEBA PTRIMÔNIO DE APUCARANA, PARA FINS DE ENDEREÇAMENTO POSTAL COMPLEMENTAR. 06/03/013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA DECRTETO 92/2013  NOMEAÇÕES

1- GABINETE DO PREFEITO FRANCISCO SOARES DIAS SOBRINHO: ASSESSOR EXECUTIVO CC-06 01/02/2013
MARLEIDE ADRIANA DE PAULA VANDRESEN PETA: ASSESSOR EXECUTIVO CC-06 18/02/2013
 
2- SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA
CELESTINO TADEU ROSS:ASSESSOR EXECUTIVO CC-06 02/01/2013
 
3- SECRETARIA DA FAZENDA
RUY ALVES MARTINS: SUPERVISOR DE LICITAÇÃO CC-04 19/02/2013 
ROGÉRIO TRINDADE: DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE TESOURARIA CC-03 20/02/2013
 
4- SECRETARIA DE OBRAS
JOSÉ CARLOS PEDRO: SUPERVISOR DE OBRAS CC04 01/02/2013
LUZIANE REPUKNA LOURENÇO: COORDENADOR DE ENGENHARIA CC05 01/02/2013
PRISCILA CRISTINA DE ARAUJO OZAKI: COORDENADORA DE PROJETOS CC05 01/02/2013
LICICLÉIA APARECIDA BERTACCO CRUZ : ASSESSOR EXECUTIVO CC 06 01/02/2013
PAULO CÉSAR MÔNACO ABALOS: SUPERVISOR DE PROJETOS CC04 01/02/2013
 
5- SECRETARIA DE SERVIÇOS PÚBLICOS
ADAUTO SANTOS DA SILVA: ASSESSOR EXECUTIVO CC06 19/02/2013
ANÉSIO MENDES: ASSESSOR EXECUTIVO CC06 01/02/2013
LUCIANO DOS SANTOS: ASSESSOR EXECUTIVO CC06 01/02/2013
MACELO CARDOSO DE AZEVEDO: COORDENADOS DE SERVIÇOS GERAIS NA ÁREA CENTRAL CC05 01/02/2013
NOEL CARDOSO DE SOUZA: SUPERVISOR DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA CC04 01/02/2013
 
6-SECRETARIA DA AGRICULTURA
GÉRSON JOSÉ SANTINO CANUTO: SUPERVISOR DE AGRICULTURA CC04 05/02/2013
EWERTON DE OLIVEIRA PIRES: DIRETOR GERAL DO DEPARTAMENTO DE AGRICULTURA CC02 01/02/2013
 
7- SECRETARIA DA JUVENTUDE
SILVANO FERREIRA DE SOUZA: COORDENADOR DO CENTRO DA JUVENTUDE CC05 25/01/13
ALESSANDRO FERREIRA:SUPERVISOR DO CENTRO DA JUVENTUDE CC04 01/02/2013
 
8- SECRETARA DA MULHER E ASSUNTOS DA FAMÍLIA
CLARICE DA SILVA BORGES CUNHA: COORDENADOR DE AUTONOMIA FINANCEIRA DA MULHER CC05 01/02/2013
ELLEN APARECIDA SANTOS SORRIBAS: DIRETORA DO DEPARTAMENTO DA MULHER E ASSUNTOS DA FAMÍLIA CC03 01/02/2013 
 
9-SECRETARIA DA INDUSTRIA E COMÉRCIO
OVÍDIO RECH:COORDENADOR DE FEIRAS CC 05 01/02/2013
FELICE GIOVANNI FACCHIANO:COORDENADOR DE CURSOS CC 05 01/02/2013
 
10-SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE E TURISMO
ALAN BARNEZE DE LIMA: : ASSESSOR EXECUTIVO CC06 01/02/2013
PEDRO ROSS: ASSESSOR EXECUTIVO CC06 01/02/2013
JÉSSICA CRISTINA PONTES RUTHES: ASSESSOR EXECUTIVO CC06 01/02/2013
LUIZ MARIO KOVALESKI: DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE PARQUES E PAISAGISMO CC03 01/02/2013
SUELI DUARTE:: ASSESSOR EXECUTIVO CC06 01/02/2013
 
11-SECRETARIA DE ESPORTES
MARIA CLARA DE ANDRADE: SUPERVISOR DE ESPORTES CC04 01/02/2013
 
12- SECRETARIA DE ASSISTENCIA SOCIAL
EULINA DA SILVA GONÇALVES VICENTINI: DIRETORA DO DEPARTAENTO DE PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA CC03 18/02/2013
MARJORIE AIRES REGIS: COORDENADORA DE GESTÃO SOCIAL DO CRAS 1 CC 05
ALINNE BARBOSA: COORDENADORA DE ATENÇÃO A PESSOA EM SITUAÇÃO DE RUA CC05 18/02/2013
 
13-SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO HUMANO
NEUZELI BENEDITA COSTA DE LIMA:SUPERINTENDENTE DO DESENVOLVIMENTO HUMANO CC01 13/02/2013
 
14-AUTARQUIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
LARYSSA KAPASI BONFIM: COORDENADORA DE MANUTENÇÃO CC05 01/02/2013
JOSÉ LOPES GASPAR:COORDENADOR DA FROTA DE TRANSPORTE ESCOLAR CC05 01/02/2013
ELIANA MARTINEZ DE FREITAS:ASESSORA JURIDICA CC03 15/02/2013
JOÃO MOREIRA: COORDENADOR DE EDIFICAÇÕES CC05 19/02/2013
MARLENE DE OLIVEIRA:DIRETORA DO DEPARTAMENTO DE MANUTENÇÃO DOS PRÉDIOS ESCOLARES 03 01/02/2013
LOURDES MARTINS SPACIARI:DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE ENSINO CC03 01/02/2013
CIBELE BARNEZE:DIRETOR GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS CC02 13/02/2013
MANOELA LEONEL PEREIRA:SUPERVISOR DE EDUCÇÃO FUNDAMENTAL CC04 01/02/2013
FABIANA JOSEMEIRE DE LIMA SOUZA: COORDENAOR DE CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL UNIDADE 1 CC05 01/02/2013
MÁRCIA TARELHO DE PAULA:COORDENAOR DE CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL UNIDADE 2 CC05 01/02/2013
01/03/2013
 
 
 
DIA 15/03/2013
 
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA DECRETO Nº 57/2013 FICAM NOMEADOS A PARTIR DE 1º DE JANEIRO DE 2013, PARA OCUPAREM CARGOS DE PROVIMETO EM COMISSÃO JUNTO AO IDEPPLAN...
IDEVAL DOS SANTOS FILHO: SUPERINTENDENTE DE PLANEJAMENTO CC-01
ANDERSON JOSÉ BELLINI: COORDENADOR DE GERENCIAMENTO DO SOLO CC-04
04-02-2013 ( REPUBLICADO POR INCORREÇÃO)
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA DECRETO Nº 82/2013 FICAM NOMEADOS A PARTIR DE 1º DE FEVEREIRO DE 2013, PARA OCUPAREM CARGOS DE PROVIMETO EM COMISSÃO JUNTO AO IDEPPLAN...
THAIS ANGÉLICA PEPATO OLIVIERE: COORDENADORA ADMINISTRATIVA CC-04
PRISCILLA KEMPF BATISTA: COORDENADORA DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA CC-04
CAROLINA FONSECA ZANCHIM:COORDENADORA DE PLANEJAAMENTO URBANO CC-04
LAFAITE DOS SANTOS LUZ: SUPERVISOR DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA CC-04
22/02/2013 ( REPUBLICADO POR INCORREÇÃO)
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA PORTARIA Nº 14/2013

ART.1º FICA DISPONIBILIZADO A PARTIR DO DIA 04 DE MARÇO DE 2013 O SERVIDOR DO MUNICÍPIO ATAÍDE PANTALEÃO DA SILVA, COMO REPRESENTANTE DA GUARD MUNICIPAL JUNTO AO CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SEGURANÇA DA REGIÃO METROPOLITANA DE LONDRINA.14/03/2013
 
 
DIA 19/03/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA NOMEIA A COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DIA 14 DE MARÇO DE 2013, PORTARIA 18/2013 SECRETÁRIO NIKOLAI CERNESCU JR E RELATOR HERIVELTO MORENO, PRESIDENTE MARCELO ELIEZER
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA NOMEIA O SECRETÁRIO DE AGRICULTURA JOÃO CARMO DA FONSECA DECRETO 111/2013
 
 
DIA 20/03/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA CONTRATA A APAE DE APUCARANA PELA AUTARQUIA DE SAÚDE 01/02/2013, VALOR R$ 756 MIL SEM INEXIGIBILIDADE  DE LICITAÇÃO NÚMERO 09/2013 CONTRATO 13/2013 ID 1470
 


DIA 21/03/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA COM A AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE CONTRATA A EMPRESA INSTITUTO DE RIM DE APUCARANA PARA SERVIÇOS DE PATOLOGIA COM VALORES DE R$ 3 MILHÕES, ASSINATURA DIA 31/01/2013 PERÍODO DE 36 MESES, MAS TEVE ALTERAÇÃO PARA PERÍODO DE 12 MESES.
 
 
DIA 26/03/2013
 
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA FAZ O DECRETO 95/2013 DECLARA DE UTILIDADE PÚBLICA TERRAS DO JARDIM INTERLAGOS NA RUA CRISTIANO KUSSMAULL PARA ALARGAMENTO DA AVENIDA
 
 
 
 
DIA 29/03/2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA REPASSARÁ PARA A COCAP DE APUCARANA VALOR DE R$ 120 MIL REAIS CONVÊNIO 6/2013 CONTRATO VÁLIDO PARA 12 MESES
 
 

DIA 02/04/2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA REPASSA PARA O COMANDO ANDERSON E DEFESA DO CIDADÃO O VALOR DE R$ 38.748,00 PELA CONCEDENTE. VISANDO A CONTINUIDADE O PROJETO "FORMANDO PARA A VIDA. VALIDO POR 1 ANO EXTRATO DE CONVÊNIO 010/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA REPASSA PARA CASA CENTRO E APOIO SOCIAL AO ADOLESCENTE R$ 57.648,00 PELO CONCEDENTE E R$ 165,00 PELO CONVÊNIO VÁLIDO POR 1 ANO, CONVÊNIO 002/2013.
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA REPASSA PARA O EDHUCCA VALOR DE R$ 57.648,00 VÁLIDO POR 1 ANO CONVÊNIO 003/2013.
 
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA REPASSA PARA A APAE VALOR DE R$ 58.848,00 VÁLIDO POR 1 ANO.CONVÊNIO 004/2013.
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA REPASSA PARA O CEPES VALOR DE R$ 58.800,00 VÁLIDO POR 1 ANO. CONVÊNIO 007/2013.
 



DIA 05/04/2013
 
 
-CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS D CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE APUCARANA, AUTORIZA O PAGAMENTO DO PROJETO WEB MARKETING, O PAGAMENTO DEVERIA SER DE R$ 3.870,00 PARCELADOS EM 12 VEZES, CONSTA NA PLENÁRIA QUE NO DIA 19 DE MARÇO DE 2013 FOI APROVADO O PAGAMENTO À VISTA NO VALOR DE R$ 3.600,00
RESOLUÇÃO: 002/2013
01/04/2013
 
 
 
-CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE APUCARANA AUTORIZA O PAGAMENTO DE R$ 4.000,00 PARA O GRUPO SOMA, SEM FINS LUCRATIVOS COM O FITO DE GARANTIR A EXECUÇÃO DO PROJETO JÁ APROVADO PELA COMISSÃO DE ANÁLISE E APROVAÇÃO DE PROJETOS.
RESOLUÇÃO:004/2013
02/04/2013
 
 
-CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE APUCARANA AUTORIZA O PAGAMENTO DE R$127.500,00 PARA O EDHUCA COM O FITO DE GARANTIR A EXECUÇÃO O PROJETO JÁ APROVADO  PELA COMISSÃO DE ANÁLISE E APROVAÇÃO DE PROJETOS.
RESOLUÇÃO: 003/2013
02/04/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA AUTORIZA  CRIAR O PROGRAMA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO DA CADEIA PRODUTIVA DA AGRICULTURA FAMILIAR, BEM COMO UTILIZAR RECURSOS NA PROMOÇÃO DE AÇÕES DE APOIO E INCENTIVO À ATIVIDADE.
LEI: 12/2013
30/03/2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA DISPÕE SOBRE A ATUALIZAÇÃO DO UFM (UNIDADE FISCAL DO MUNICÍPIO) DE ACORDO COM O INCP (ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR). FICA AFIXADO EM R$ 55,46 O VALOR DA UFM DO MUNICÍPIO A PARTIR DE 01 DE ABRIL DE 2013.
DECRETO N°108/2013
11/03/2013
 
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA NOMEIA PARA OCUPAR O CARGO DE PROVIMENTO EM COMISSÃO DE DIRETOR DE GABINETE O SR. JACKS APARECIDO DIAS, SÍMBOLO CC-03 A PARTIR DE 13 DE MARÇO.
DECRETO N° 133/2013



DIA 06/04/2013

 
 
-AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE APUCARANA COMUNICA QUE REALIZARÁ INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO-019/13 CHAMAMENTO PÚBLICO N° 010/13, VISANDO O CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA REALIZAÇÃO DE EXAMES DE APOIO DIAGNÓSTICO, POR UM PERÍODO DE 12 MESES
VALOR MÁXIMO R$ 540.000,00 MIL REAIS
 
 
 
DIA 09/04/2013
 
 
-AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE APUCARANA COMUNICA DISPENSA DE LICITAÇÃO N° 17/2013, CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA ACOMPANHAMENTO DE PUBLICAÇÕES DO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO E DO DIÁRIO DA JUSTIÇA DO PARANÁ.  PUBLIQUE- PUBLICAÇÕES DE EDITAIS S/S-ME
 
 
 
DIA 10/04/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA DESIGNA  À PARTIR DE 04-02-2013 A PROFESSORA DÉBORA APARECIDA MOREIRA ROSS PARA ATUAR NA DIREÇÃO DA ESCOLA MUNICIPAL DINARTE PEREIRA DE ARAÚJO
PORTARIA 151/2013
08/04/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA DESIGNA  À PARTIR DE 04-02-2013 A PROFESSORA EDNA APARECIDA ROSINA MANSANO PARA ATUAR NA DIREÇÃO DA ESCOLA JOÃO ANTONIO BRAGA CÔRTES
PORTARIA 158/2013
08/04/2013
 
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA DESIGNA  À PARTIR DE 04-02-2013 A PROFESSORA ADRINA DOS SANTOS VIEIRA DUBAS PARA ATUAR NA DIREÇÃO DA ESCOLA MUNICIPAL PRESIDENTE MÉDICI.
PORTARIA 169/2013
08/04/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA NOMEIA DECRETO N° 11/2013
 
GABINETE DO PREFEITO
SAMARA PRISCILA OSCAR- SUPERVISORA DE ARTES
 
SECRETARIA DE GOVERNO
ELTON LUIZ LEIROZ PIRES- COORDENADOR DE GOVERNO
 
SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
MARCELLE DELMASQUIO CARLETO BARBOSA- SUPERVISORA DO CRAS 1
 
SECRETARIA DE OBRAS
HELLINGTON GOMES MARTINS- COORDENADOR DE OBRAS
 
SECRETARIA DA JUVENTUDE
POLIANA APARECIDA FERREIRA NADIM- ASSESSORA EXECUTIVA
 
AUTARQUIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
MELISSA MAGALHÃES HOREVITCH- SUPERVISOR PEDAGÓGICO E GESTÃO ESCOLAR
25/03/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA,CONTRATA ASSOSSIAÇÃO ATIVA DE TRABALHOS DESPORTIVOS PARA A ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO DA 51ª PROVA PEDESTRE 28 DE JANEIRO, VALOR DE R$ 91.800,00
PROCESSO: PREGÃO N°001/2013
CONTRATO: 001/2013
22 DE JANEIRO DE 2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA CONTRATA HIGISERV SERVIÇOS LTDA PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA NAS UNIDADESDE ENSINO.
VALOR R$ 258.178,80
ASSINATURA: 21-03-2013
DISPENSA DE LICITAÇÃO:004/2013
CONTRATO : 06/2013
PRAZO DE EXECUÇÃO: 90 DIAS
 
-PREFEITURA DE APUCARANA CONTRATA LUCCA IMPORTAÇÃO EXPORTAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO LTDA, PARA AQUISIÇÃO DE OVOS DE PÁSCOA PARA DISTRIBUIÇÃO NAS ESCOLAS MUNICIPAIS
VALOR R$ 18.040,00
ASSINATURA: 25/03/2013
CONTRATO:007/2013
PRAZO DE EXECUÇÃO:3 DIAS
 
 
-AUTARQUIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE APUCARANA CONTRATA MM DUCATI MERCEARIA  PARA AQUISIÇÃO DE MERENDA ESCOLAR NO VALO DE R$ 274.705,45
ASSINATURA: 15/02/2013
DISPENSA DE LICITAÇÃO: 03/2013
CONTRATO 004/2013
PRAZO DE EXECUÇÃO: 60 DIAS
 
 
 
 
 
DIA 11/04/2013
 
 
-AUTARQUIA MUNICIPAL SAÚDE DE APUCARANA NOMEIA APROVADOS EM CONCURSO PÚBLICO 
VANESSA ANHAIA RIBEIRO- ASSISTENTE ADMINISTRATIVO
MILENA CAROLINE PANTAROTO- DENTISTA
FABÍOLA MARCELA MANTINE- DENTISTA
PORTARIA: 145/2013
27/03/2013
 
-AUTARQUIA MUNICIPAL SAÚDE DE APUCARANA NOMEIA APROVADOS EM CONCURSO PÚBLICO 
CARINA FERREIRA MARTINS FABIANO- ATENDENTE DE CONSUTÓRIO DENTÁRIO.
ODARLONE SANTOS DE SOUZA ORENTE- MÉDICO REGULADOR
PORTARIA: 172/2013
09/04/2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA CONTRATA A EMPRESA ECOWASH AUTOMOTIVOS LTDA PARA LAVAGEM DOS VEÍCULOS  VALOR TOTAL DE R$6.900,00. VÁLIDO POR 12 MESES. 
PROCESSO ADMINISTRATIVO: 39/2013
PREGÃO: 12/2013
10/04/2013
 
 
DIA 13/04/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA REPASSA PARA A SSOSSIAÇÃO DOS ENGENHEIROS E ARQITETOS DE APUCARANA O VALOR DE R$ 97.632,00  VISANDO VIABILIZAR O PROJETO "CASA FÁCIL" QUE VISA FACILITAR O ACESSO DA POPULAÇÃO DE BAIXA RENDA AS CONDIÇÕES NECESSÁRIAS PARA AQUISIÇÃO OU REFORMA DA CASA PRÓPRIA.
ASSINATURA: 22/03/2013
VIGÊNCIA: 31/12/2014
PRESTAÇÃO DE CONTAS 30 DE JANEIRO DE 2015
 
 
 
AUTARQUIA MUNICIPA DE EDUCAÇÃO DE APUCARANA REPASSA PARA A FACED  VALOR DE R$ 500.000,00 MIL REAIS
11 DE ABRIL DE 2013
VIGÊNCIA 31/12/2013
PRESTAÇÃO DE CONTAS? 30/01/2014
 
 
 
DIA 17/04/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA NOMEIA JUNTO A AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE
ADRIANA APARECIDA PETERES MENDES-SUPERVIOR GERAL DOA DIVISÃO DE SAÚDE DO TRABALHO 
CLAUDIA APARECIDA AMARAL MIRAS- SUPERVISOR DA ATENÇÃOÀ SAÚDE DA CRIANÇA 
FERNANDO AUGUSTO PEREIRA- SUPERVISOR DA DIVISÃO DO PATRIMONIO 
GISELE MARA DA SILVEIRA- SUPERVISOR GERALDADIVISÃO DA FARMÁCIA
HENRIQUE ALBERTO GOMES- ASSESOR EM CONTROLE, AVALIAÇÃO E AUDITORIA
JOSIANE APARECIDA DE FREITAS- ASSESSOR DO NÚCLEO DE APOIO À SAÚDE DA FAMÍLIA
LURDES IZIDORIO DE MELO- ASSESSOR DE ANÁLISES CLÍNICAS
MARIO BRANDINO FILHO- SUPERVISOR GERALDE PRESTAÇÃO DE CONTAS E AFINS
TALITA DOMINGUES RODRIGUES- SUPERVISOR EM AUDITORIAEM SAÚDE
DECRETO 118/2013   21-03-2013
 
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA NOMEIA JUNTO A AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE 
CHARLES FELIPETO- ASSESSOR DE PRONTO ATENDIMENTO
IDACIR RIBEIRO DE CALDAS- ASSESSOR DE GERENCIAMENTO EM COMUNICAÇÕES
DECRETO 90/2013
27/02/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCRANA ABRE CRÉDITO ADICIONAL NO VLOR DE R$ 27.893,00 A AUTARQUIA MUNICIPALDE SAÚDE.
DECRTETO 150/2013
05/04/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA NOMEIA JUNTO A AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE
DECRETO N° 71/2013
14 DE FEVEREIRO DE 2013
 
 
 
DIA 19/04/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA ABRE CRÉDITO ADICIONAL  DE ATÉ R$ 9.400,41 PARA RECAPE DO INTERLAOS II ETAPA
DECRETO140/2013
05/04/2013
 
 
DIA 20/04/2013
 
-AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAUDE DE APUCARANA CONTRATA EMPRESA CATUAÍ APUACARANA COM. DE COMBUSTÍVEIS LTDA, NO VALOR DE R$ 332.525,00 
PREGÃO: N°010/2013
PROCESSO: 042/2013
ATA DE REGISTRO : 009/2013 ID 1512
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA CONTRATA PARA O CARGO DE SUPERVISOR GERAL DA DIVISÃO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS O SR. RODRIGO SANDRIN 
DECRETO 143/2013
05/04/2013
 
 
 
DIA 23/04/2013
 
 
-DISPENSA DE LICITAÇÃO, AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE APUCARANA, CONTRATA KREB E KREB COMÉRCIO DE COMBUSÍVEIS LTDA.
DISPENSA DE LICITAÇÃO: 021/2013
05/04/2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA AVISO DE LICITAÇÃO, EMPRESA PARA A IMPLANTAÇÃO DE 4 ACADEMIAS AO AR LIVRE, VALOR ESTIMADO EM R$144.270,60.
TOMADA DE PREÇOS N° 1/2013
22/04/2013
 
-REPUBLICAÇÃO DE LICITAÇÃO, AUTAQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE APUCARANA
CONTRATAÇÃO DE INSTITUIÇÕ AGENCIADORA DE INTEGRAÇÃO DE ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS.
VALOR MÁXIMO: R$ 205.128,00
22/04/2013
 
 
DIA 24/04/2013
 
 
-PREFEITURA DE APUCARANA ABRE CRÉDITO ADICIONAL O VALOR DE R$ 11.000,00 PARA REFORÇO DE DOTAÇÕES ORÇAMENTÁRIAS 
DECRETO: 151/2013
12/04/2013.
 
 
-PREFEITO DE APUCARANA ESTABELECE OBRIGATORIEDADE E PRAZO DE EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA E ROÇAGEM DOS IMÓVEIS.



25/04/2013
-PREFEITURA DE APUCARANA ABRE CRÉDITO ADICIONAL NO VALOR DE R$ 100.000,00 PARA A SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL. DECRETO N° 163/2013
 
27/04/2013
-PREFEITURA DE APUCARANA ABRE CRÉDITO ADICIONAL NO VALOR DE R$ 10.150,00 PARA O GABINETE DO PREFEITO.  DECRETO N° 160/2013 - 10/04/2013
 
30/04/2013
-CISVIR ABRE CRÉDITO ADICIONAL DE R$ 846.854,62, PARA REFORÇO DE DOTAÇÕES ORÇAMENTÁRIAS. RESOLUÇÃO 08/2013- 23/04/2013
 
03/05/2013
-PREFEITURA DE APUCARANA NOMEIA CAROLINE ISIS DE AZEVEDO PARA O CARGO DE ASSESSORA EM SAÚDE DA CRIANÇA. DECRETO 174/2013- 01/04/2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA NOMEIA ILSE MARA PITELLI PEROZIN PARA O CARGO DE SUPERVISORA EM MEDICINA LEGAL. DECRETO 169/2013- 01/02/2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA NOMEIA TATIANE APARECIDA ZANCOPÉ PARA O CARGO DE SERVIDORA DO NÚCLEO DE APOIO À SAÚDE DA FAMÍLIA. DECRETO 170/2013 - 22/04/2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA NOMEIA VALTER VIEIRA FILHO PARA O CARGO DE ASSESSOR DE TERAPIA OCUPACIONAL. DECRETO 174/2013- 22/04/2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA NOMEIA SANDRA APARECIDA DE ALMEIDA PARA O CARGO DE ASSESSORA DE CONTROLE DE DISPENSAÇÃO DE MEDICAMENTOS. DECRETO 173/2013- 15/04/2013
 
 
 
04/05/2013
-PREFEITURA DE APUCARANA ABRE CRÉDITO ADICIONAL NO VALOR DE R$ 914.280,00
PARA AUTARQUIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E FUNDEB. DECRETO 189/2013- 02/05/2013
 
09/05/2013
-PREFEITURA DE APUCARANA DISPÕE SOBRE REAJUSTE DA TAXA DE SANEAMENTO. DECRETO 197/2013
 
10/05/2013
-PREFEITURA DE APUCARANA, AVISO DE LICITAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEL PARA ATENDER A FROTA DA AME POR 12 MESES, VALOR MÁXIMO ESTIMADO R$ 877.500,00.  PREGÃO PRESENCIAL 5/2013- 30/04/2013
 
11/05/2013
-PREFEITURA DE APUCARANA CONTRATA COCAP, ADITIVO PARA COLETA DE RECICLAVEIS EM APUCARANA. VALOR R$ 159.600,00- 21/01/2013- DISPENSA DE LICITAÇÃO 152/2011- CONTRATO 143/2011
 
-PREFEITURA DE APUCARANA NOMEIA LUCAS ANANIAS MARCIANO CARGO DE ASSESSOR EXECUTIVO CC06, JUNTO A SECRETARIA ESPECIAL DE ENSINO SUPERIOR. 01/04 À 30/04/2013-DECRETO 185/2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA, EXTRATO ADITIVO DE CONTRATO, SANETRAN SANEAMNTO AMBIENTAL. VALOR R$ 728,890,02. DISPENSA DE LICITAÇÃO 147/2012. CONTRATO 219/2012
 
-AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE. DISPENSA POR JUSTIFICATIVA 023/2013. LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA O HOSPITAL NOSSA SENHORA DA GRAÇAS - MATERNO INFANTIL. PROCESSO 061/2013- 02/05/2013
 
 
 
14/05/2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA DESIGNA A SERVIDORA HELEN PATRÍCIA DA SILVA PARA RESPONDER PELA CONTROLADORIA INTERNA DA AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE A PARTIR DE 04 DE ABRIL DE 2013. PORTARIA 142/2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA NOMEIA O SR. ROGER FERNANDO REIS SOUZA DA SILVA PARA EXERCER O CARGO DE COORDENADOR O CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL. DECRETO 192/2013- 03/05/2013
 
-PREFEITURA E APUCARANA ABRE CRÉDITO ADICIONAL NO VALOR DE R$ 10.500,00. DECRETO 201/2013- 09/05/2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA ABRE LICITAÇÃO PARA A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA A CONSTRUÇÃO DO IAMA, VALOR MÁXIMO R$ 276.100,00. TOMADA D PREÇOS 002/2013-10/05/2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA ABRE LICITAÇÃO PARA A AQUISIÇÃO DE MATERIAIS ELÉTRICOS PARA A MANUTENÇÃO DA ILUMINAÇÃO PÚBLICA POR 12 MESES, VALOR MÁXIMO R$ 184.811,10. PREGÃO 22/2013- 03/05/2013
 
15/05/2013
-PREFEITURA DE APUCARANA EXONERA A PARTIR DE 30 DE ABRIL ROGÉRIO TRINDADE DO CARGO DE DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE TESOURARIA. DECRETO 205/2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA NOMEIA A PARTIR DE 1° DE MAIO O SR. ROGÉRIO TRINDADE PARA OCUPAR O CARGO DE DIRETOR GERAL D ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS.DECRETO 206/2013
 
16/05/2013
-PREFEITURA DE APUCARANA ABRE CRÉDITO ADICIONAL NO VALOR DE R$ 590.000,00 PARA AUTARQUIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. DECRETO 208/2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA ABRE CRÉDITO ADICIONAL NO VALOR DE R$ 98.841,18 PARA SECRETARIA DA MULHER E ASSUNTOS DA FAMÍLIA. DECRETO 208/2013
 
17/05/2013
-PREFEITURA DE APUCARANA NOMEIA  PARTIR DE 01/04/13 EWERTON DE OLIVEIRA PIRES PARA O CARGO DE SUPERINTENDENTE DO MEIO AMBIENTE E TURISMO. DECRETO 186/2013.(DUPLICIDADE DE PUBLICAÇÃO)
 
22/05/2013
-PREFEITURA DE APUCARANA DESIGNA A SR.ª MARCIA REGINA DE SOUSA SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL PARA REPRESENTAR O MUNICÍPIO JUNTO A SECRETARIA NACIONAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE.PORTARIA 26/2013- 20/05/2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA ALTERA O VALOR CORRESPONDENTE AO ADIANTAMENTO PARA PAGAMENTO DE DESPESAS DE PEQUENO VALOR. FICA ALTERADO PARA R$ 800,00 O VALOR A DESPESA DE PEQUENO VALOR, SENDO QUE MENSALMENTE ESTE VALOR NÃO PODERÁ ULTRAPASSAR R$ 5.000,00. DECRETO 223/2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA ABRE CRÉDITO ADICIONAL DE ATÉ R$ 40.800,00 PARA AUTARQUIA MUNICIPAL D SAÚDE E PODER EXECUTIVO. LEI 25/2013
 
-PREFEITURA DE APUCARANA ABRE CRÉDITO ADICIONAL DE ATÉ R$ 76.000,00