Carregando...

Alerta!

logo PM de Marialva desarticula quadrilha que furtava agrotóxicos na região - Notícias - AN Notícias PM de Marialva desarticula quadrilha que furtava agrotóxicos na região - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 18 de Maio de 2021

SAIBA MAIS

09/04/2021 12h31

PM de Marialva desarticula quadrilha que furtava agrotóxicos na regiãoPMs do Choque de Apucarana participaram na prisão dos elementos

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
Policiais militares do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM), pertencente ao 3º Comando Regional da PM (3º CRPM), desarticularam uma quadrilha que furtava agrotóxicos e recuperaram diversas cargas, roubadas nos últimos dias. A ação policial aconteceu na quarta-feira (08/04) na cidade de Marialva, no Noroeste do estado, após um furto em uma Cooperativa no Distrito de São Luiz. Cinco homens foram presos.

Policiais militares do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM), pertencente ao 3º Comando Regional da PM (3º CRPM), desarticularam uma quadrilha que furtava agrotóxicos e recuperaram diversas cargas roubadas nos últimos dias. A ação policial aconteceu na quarta-feira (7) na cidade de Marialva, no Noroeste do Estado, após um furto em uma cooperativa no Distrito de São Luiz. Cinco homens foram presos.

De acordo com as informações repassadas pela oficial de Relações Públicas da unidade, tenente Maria Augusta Furlanetto Gazola, a situação começou após uma ocorrência na cooperativa, onde os homens confrontaram os policiais do Choque do 10º BPM.

As informações foram repassadas à equipe do Choque do 4º Batalhão, que iniciaram as buscas e conseguiram localizar os homens transferindo a carga de agrotóxicos que havia sido abandonada antes em meio a mata. Já em uma residência em Marialva, os policiais militares encontraram mais produtos de três furtos que aconteceram em cinco dias anteriores, em pelo menos três grandes empresas da região.

Ao todo, cinco homens foram presos, quatro veículos apreendidos e a carga de aproximadamente R$ 250 mil foi recuperada e encaminhada para as medidas cabíveis.

Fonte: AN Notícias com Sesp-PR

Galeria de Imagens