Carregando...

Alerta!

logo Augusto Melo é eleito o novo presidente do Corinthians  - Notícias - AN Notícias Augusto Melo é eleito o novo presidente do Corinthians - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 03 de Março de 2024

SAIBA MAIS

25/11/2023 06h59

Augusto Melo é eleito o novo presidente do Corinthians Candidato da oposição vence André Negão e assume após 16 anos de comando da chapa Renovação e Transparência

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
 Augusto Melo é o novo presidente do Corinthians. Em eleição realizada no Parque São Jorge neste sábado (25), o candidato da oposição foi eleito o mandatário do Timão pelos próximos três anos, de 2024 a 2026.

Ele recebeu 2.771 votos, contra 1.413 de André Negão, candidato da situação, que tinha o apoio do atual presidente Duilio Monteiro Alves e de Andrés Sanchez.

 A vitória foi muito comemorada pelos apoiadores de Augusto Melo, no Ginásio Wlamir Marques. O candidato recebeu mais votos do que o adversário derrotado nas 20 urnas usadas para a apuração. Ele assume a presidência no dia 1º de janeiro de 2024.

Esse grupo, chamado de Renovação e Transparência, estava no comando desde a virada de 2007 para 2008. Ele comandou o clube no período mais vencedor da história, com conquista de Libertadores e Mundial de Clubes. Nesse meio-tempo, o grupo emplacou seis vitórias presidenciais.

Mais de cinco mil pessoas estiveram presentes e fizeram suas escolhas no ginásio Wlamir Marques. O dia foi chuvoso em São Paulo, mas recebeu protestos da torcida corinthiana desde o início da manhã e até o fim da eleição.


 Quem é Augusto Melo?

Sócio do clube há 40 anos, disputou a eleição em 2020 e perdeu para o atual presidente, Duilio Monteiro Alves, por apenas 144 votos. Aos 59 anos, define-se como "empresário, empreendedor e visionário".

Em entrevista ao R7, ele contou os planos para comandar o clube, que não conquista um título desde 2019 e viu seus principais rivais levantarem taças importantes nas recentes temporadas.

A proposta mais mirabolante de Augusto envolve o aumento da capacidade da Neo Química Arena de 49 mil torcedores para mais de 65 mil lugares.

Ele garante que a obra é viável e que o Corinthians não vai colocar um centavo nem aumentará o custo de manutenção. Mas, no plano de mandato, Augusto não explica como esse processo se dará. "Eu sou louco, sim", brinca.
Fonte: AN Notícias com R7