Carregando...

Alerta!

logo Erro em horário de prova gera tumulto em concurso na UEL - Notícias - AN Notícias Erro em horário de prova gera tumulto em concurso na UEL - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 18 de Maio de 2021

SAIBA MAIS

08/06/2014 10h34

Erro em horário de prova gera tumulto em concurso na UELO cartão de inscrição de alguns candidatos indicava erroneamente o horário

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Candidatos do concurso estadual que vai contratar educadores sociais tiveram problemas para realizar a prova, na tarde deste domingo (8), em Londrina. Isto porque o cartão de inscrição de alguns deles indicava que o início da prova seria às 14 horas, quando na verdade era às 13 horas.

Ao chegarem à Universidade Estadual de Londrina (UEL) para a prova, os candidatos com os cartões errados encontraram os portões fechados, o que gerou tumulto.

Com a quantidade de concorrentes que alegavam estar no horário correto, a Coordenadoria de Processos Seletivos (Cops) identificou o erro e permitiu que fizessem a prova. Para a coordenadora da Cops, professora Cristina Simon, o problema foi isolado e envolveu poucos candidatos.

“As pessoas que acessaram o site e imprimiram os cartões no primeiro dia em que as informações foram publicadas vieram com esse erro no horário. Ainda não sabemos por que isso ocorreu”, disse a professora.

A coordenadora negou que alguns candidatos já estivessem deixando o local de prova enquanto outros ainda estavam entrando. “Isso não pode ter ocorrido porque era pelo menos 1h30 de prova. Quem começou a prova às 13 horas, só poderia sair depois das 14h40, porque o tempo só é contado depois das instruções, que duram entre 5 e 7 minutos.”

Como muitos candidatos voltaram para suas casas e podem entram com recursos por conta do problema nos horários, a coordenadoria do Cops vai se reunir com representantes da Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social para decidir o que será feito.

“Jamais iríamos querer que isso acontecesse. Vamos ver o que pode ser feito e, por isso, amanhã vamos nos reunir com o pessoal da secretaria para tomar a decisão que menos vai prejudicar e impactar os candidatos.”

O JL tentou entrar em contato com a Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social, que oferece as vagas, mas, até às 17 horas deste domingo (8), ninguém foi encontrado.

Fonte: AN Notícias com Jornal de Londrina

Galeria de Imagens