Carregando...

Alerta!

logo Mãe tirou selfie na delegacia ao depor sobre morte de Henry  - Notícias - AN Notícias Mãe tirou selfie na delegacia ao depor sobre morte de Henry - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 18 de Maio de 2021

SAIBA MAIS

10/04/2021 00h22

Mãe tirou selfie na delegacia ao depor sobre morte de Henry Na foto, Monique Medeiros aparece com leve sorriso após falar à polícia pela primeira vez sobre o caso, nove dias após ocorrido

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

A mãe de Henry Borel, Monique Medeiros, tirou uma selfie na 16ª DP (Barra da Tijuca), no dia do  primeiro depoimento à polícia sobre a morte do filho, que ocorreu nove dias depois do ocorrido.

Na foto, Monique aparece com as pernas em cima de uma cadeira e um leve sorriso. Na ocasião, Monique não revelou aos agentes que sabia das torturas que a criança sofria por parte do padrasto, o vereador Dr. Jairinho.
 

As investigações apontaram que a mãe de Henry foi avisada por meio de mensagens pela babá do menino, em fevereiro, sobre agressões praticadas pelo padrasto, quando o menino reclamou de dores na cabeça e joelho.

Segundo informações da Record TV, Monique foi a um salão de beleza no dia seguinte ao enterro do filho, onde teria feito o serviço de pés, mãos e cabelo, gastando cerca de R$ 240 nos procedimentos.

Monique e Jairinho foram presos temporariamente nesta quinta (8), sob acusação de atrapalharem as investigações da morte de Henry.

Para o delegado Henrique Damasceno, responsável pelo caso, 'não resta a menor dúvida' que a mãe e o padrasto da criança causaram a morte do menino. Segundo ele, o casal será indiciado por homicídio duplamente qualificado, com emprego de tortura e sem chances de defesa da vítima.

Após a prisão, ela foi exonerada do cargo no TCM (Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro), que assumiu após começar a namorar Jairinho, no qual recebia cerca de R$ 12 mil. Antes de se relacionar com o vereador, Monique era diretora de uma escola municipal, função que lhe rendia o salário de R$ 4.400. 

A mãe de Henry Borel está presa no Instituto Penal Ismael Sirieiro, em Niterói, onde passou a madrugada desta sexta-feira (9).

 

Fonte: AN Notícias com R7

Galeria de Imagens