Carregando...

Alerta!

logo Veja: prefeito de Apucarana fala em Live que falsa enfermeira é uma infiltrada e divulga fake news  - Notícias - AN Notícias Veja: prefeito de Apucarana fala em Live que falsa enfermeira é uma infiltrada e divulga fake news - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 17 de Junho de 2021

SAIBA MAIS

Dia do Serviço de Veterinária - Dia da Imprensa - Dia do Funcionário Público Aposentado - Dia Mundial da Desertificação -
18/05/2021 00h23

Veja: prefeito de Apucarana fala em Live que falsa enfermeira é uma infiltrada e divulga fake news Áudio da Câmara mostra que falsa enfermeira foi chamada a trabalhar pela prefeitura e JR da Femac é desmascarado

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
O Prefeito de Apucarana responsável por tudo que acontece na Prefeitura de Apucarana e suas autarquias, veio a falar nesta segunda-feira (17), sobre o caso da falsa enfermeira que foi presa no último sábado (15), em Apucarana pela Polícia Civil após cumprir mandado do Ministério Público de Apucarana que investiga os furtos das vacinas da Covid-19, e como a enfermeira foi autorizada pela Prefeitura de JR da Femac a trabalhar no local, alegou em sua live que a falsa enfermeira seria infiltrada.

A fala do prefeito de Apucarana que pregou uma fake news em sua Live foi desmentida horas depois na sessão da Câmara de Apucarana.


Em 72 horas essa é a segunda vez que a Prefeitura prega uma mentira para a população de Apucarana junto com o Prefeito JR da Femac, pois na sexta-feira um dia antes da falsa enfermeira ser presa, a Prefeitura de Apucarana divulgou uma nota alegando que a falsa enfermeira não havia furtado vacinas, o que foi desmentido pela Polícia e Ministério Público de Apucarana, agravando ainda mais a situação para o lado da atual adminsitração que tenta a todo custo, deixar o caso sob suspeita.

JR da Femac que era vice-prefeito do atual secretário de estado da Saúde do Paraná, Beto Preto, está há dois anos e cinco meses no cargo como atual prefeito reeleito. JR da Femac disse que baixou uma portaria proibindo contratação de voluntários, mas o que realmente acontece é que a própria prefeitura na gestão de JR da Femac, cometeu um crime de responsabiolidade ao não cumprir a Lei Complementar 01/2011 que no Artigo 3º diz que:  


O servidor público exercerá as atribuições do cargo público em que for provido, exceto quando designado para exercer cargo de provimento em comissão, função gratificada ou para integrar comissão ou grupo de trabalho, na forma da lei.

 Parágrafo único   É proibida a prestação de serviços gratuitos, salvo os casos previstos em lei.


Horas depois das declarações do prefeito de Apucarana, o vereador Lucas Leugi que era aliado do grupo e virou oposição neste mandato, soltou um áudio na sessão da Câmara de Apucarana, mostrando que o diretor da Vigilância Sanitária de Apucarana, exonerado no sábado (15) pelo Prefeito JR da Femac Luciano Pereira, tinha chamado a falsa enfermeira para trabalhar no DriveThru de Apucarana no Complexo Esportivo Lagoão. (ouça acima)


"Se o ex-diretor chamou a mesma, há mais de 30 dias para trabalhar no Lagoão, aplicando vacinas todos os dias, e furtando vacinas como ela fez, com certeza o prefeito de Apucarana que é quem contrata e exonera, assina e tudo mais, estava sabendo dessa situação, e é responsabilidade dele", comentou ao AN Notícias o vereador Lucas Leugi.


Caso agora continua sendo investigado pela Polícia Civil e Ministério Público de Apucarana. A Assembleia Legislativa do Paraná, vai instaurar investigação sobre esse caso também em Apucarana.
Fonte: AN Notícias

Galeria de Imagens